Você está na página 1de 2

Material disponível em: http://atelierdeducadores.blogspot.com/2010/12/almanaque-um-recurso-didatico.

html
ALMANAQUE assim dizer, palavra e palavra, os pequenos livros. (Chartier,
1990, p.159).

Século XIX – Chegam os primeiros almanaques ao Brasil,


vindos da França e de Portugal, como veículos de propaganda
de laboratórios, indústrias farmacêuticas ou produtos
agrícolas e da Igreja Católica.

Foram popularizados no Brasil a partir da década de 1950.


Tiveram grande nível de inserção nas classes populares.

Alguns almanaques popularizados no Brasil: Bertrand, Tico-


tico, Phymatosan, Capivarol, Maysena, Biotõnico.

03. Aspectos interessantes


 O Almanaque:
 É constituído por diferentes estilos literários,
atingindo uma diversidade de leitores (reúne uma
variedade de textos). A diversidade de temas
abordados desperta o desejo de continuar lendo;
 Atinge a um público diversificado;
01. O que é?  Não exige uma leitura seqüencial. Cada página é
Almanaque – sm – Publicação que, além do calendário do ano, um universo de leitura. Pode ser lido de maneira
contém indicações, trechos literários, poesias, anedotas etc. lúdica: leitura de trás para frente, de cabeça para
(Dicionário Melhoramentos, 1997). baixo etc;
 É uma produção relacionada ao cotidiano: pode
02. História partir das características de um grupo, de um
1794 – Fala-se de um tipo de leitura pega e repetida, uma lugar. É a leitura de todos os dias;
releitura que acaba fazendo com que se conheça, de cor ou  Não é necessariamente livro, pode ser mural etc;
quase, estes textos que se transformam em recitação. Como  É um subsídio rico para estimular a formação de
objeto de ler e constituindo leituras e leitores. (Park, 1998, leitores;
p.05).  Provoca uma leitura útil e lúdica, justapõem-se os
(...) qualquer um desses maus almanaques. Quanto às suas depoimentos, desenhos, atualidades, vida de
práticas de leituras, eles têm a mania de pegar vinte vezes santos, retratos, adivinhações, poesias, técnicas
nessas misérias, e, quando falam delas (...) receitam, por agrícolas, contos de fada, peças teatrais, anúncios,
Material disponível em: http://atelierdeducadores.blogspot.com/2010/12/almanaque-um-recurso-didatico.html
medicina, moda, culinária, romances completos ou A. Partilhar em grupo: os resumos e os textos produzidos
divididos em parte; e/ou pesquisados.
B. Planejar a organização do material.
04. Lista de alguns estilos literários C. Combinar a metodologia de exposição do material.
Adivinhação Provérbios D. Apresentar a organização e a proposta de exposição para o
Charges Ditos populares professor.
Anedotas Verbetes
Tiras de história em Jogos/ brincadeiras Etapa 03: Exposição.
quadrinhos Receitas A. Exposição de um ou dois temas por aula, de acordo com a
Frases breves Peças teatrais (partes) programação da disciplina.
Calendário Descobertas da ciência B. Após a exposição dos grupos, abrir espaço para discussão
Parlendas Remédios caseiros de idéias suscitadas pelos textos.
Trava-língua Letras de música
Poesias Curiosidades Critérios de avaliação
Contos Dicas de leituras + Relação dos textos produzidos e pesquisados com texto-
Velhas histórias Biografias base.
Trava-língua Figuras/Desenhos + Criatividade;
Atualidades Cordel + Participação;
Cruzadinha Bulas de remédio + Correção ortográfica;
Acróstico Dentre outros. + Assiduidade.

05. Orientações para elaboração do Almanaque Referências


A produção do Almanaque acontecerá a partir de várias
etapas, descritas a seguir: CHARTIER, Roger. A História Cultural: entre práticas e
representações. Tradução Maria Manuela Galhardo. Rio de
Etapa 01: Momento de produção individual Janeiro: Bertrand Brasil, 1990.
A. Leitura individual de um dos textos sobre História das
crianças no Brasil (texto-base); PARK, M.B. Histórias e leituras de almanaques no Brasil.
B. Elaborar resumo ou fichamento, apresentando a idéia Campinas: Mercado das Letras: Associação de Leitura do
principal do texto. Brasil: Fapesp, 1990.
C. Elaborar textos em gêneros textuais diversos, de maneira
criativa, e pesquisar textos produzidos por outros autores.
D. Reunir todo o material produzido individualmente e
apresentar ao educador.

Etapa 02: Momento de produção coletiva (pequenos


grupos/tema)

Você também pode gostar