Você está na página 1de 2

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA

Alunos: Thaíssa Fernanda; Maíra Teixeira; Diedro Souza.

Disciplina: Psicometria – Wanderson Souza

Lista de exercícios e relatório parcial do trabalho de criação de instrumento de


pesquisa

Exercícios livro

1. Poderíamos utilizar a escala nominal e dividir as possíveis médias em dois


grupos e então verificar se a média da turma se encontra no grupo 1 ou no grupo
2. Poderíamos utilizar também a escala intervalar caso decidíssemos dividir os
possíveis acertos em mais de 2 grupos com intervalos iguais e então verificar em
qual intervalo a média da turma se encontra.
Exemplo: Intervalo 1= de -19 a 0
Intervalo 2= de 1 a 20
Intervalo 3= de 21 a 40
Intervalo 4= de 41 a 60
Intervalo 5= de 61 a 80
Intervalo 6= de 81 a 100

2. Nos dão informação referente à posição que um objeto ocupa numa sequência
formulada através da mensuração de quanto cada objeto possui de determinada
característica.

9. Porque não existem instrumentos capazes de mensurar as variáveis psicológicas.


Sendo assim, só é possível mensurar variáveis que teoricamente estão associadas ao
objeto principal da investigação psicológica.

17. Uma escala que possui zero absoluto refere- se à quantificação de um atributo
que pode estar ausente no objeto estudado. Já o zero arbitrário é criado quando não
se pode afirmar que o objeto estudado não possui nenhuma quantidade daquele
atributo. O zero arbitrário serviria então como um meio de abstração para fins de
cálculo, que deve receber uma interpretação diferenciada quando se pensa no objeto
real. Exemplo do aluno que obteve nota zero na prova de matemática, o que não
significa que ele não conhece absolutamente nada sobre matemática.

43. Não há zero absoluto para variáveis como inteligência, introversão, extroversão,
paciência. Estas são variáveis psicológicas que, como dito, não possuem unidades de
mensuração adequadas, constituindo assim medidas derivadas.

Relatório parcial do processo de construção de instrumento avaliativo

O objetivo do nosso trabalho é criar um instrumento capaz de avaliar o nível de


satisfação dos usuários do serviço de psicologia da UFRRJ.

A primeira etapa para a construção deste instrumento, constitui- se em uma primeira


investigação sobre as principais expectativas dos alunos da Universidade em relação
a este serviço, o que optamos por fazer através de entrevistas abertas de curta
duração, e cuja aplicação ainda está em andamento.

Após esta etapa, teremos os resultados referentes às expectativas que os alunos


possuem sobre o serviço até o momento. Selecionaremos então, os aspectos que
foram citados o maior número de vezes no relato dos alunos, e eles servirão de base
para a escolha dos itens que serão criados para o instrumento.

Após a fase de criação, daremos início à aplicação do instrumento em alunos que


estão passando pelo processo terapêutico no serviço de psicologia e que se
disponham a participar da pesquisa, podendo mensurar então, o nível de satisfação
que os mesmos possuem acerca dos itens que julgam importante encontrar em um
serviço de psicologia na Universidade.