Você está na página 1de 20

CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 1

MORFOLOGIA BACTERIANA

Formas Básicas:

 Cocos – formas esféricas

 Bastonetes – formas cilíndricas

 Formas Espiraladas – espiras ao longo do corpo

 Formas Incomuns
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 2

COCOS:

Formam
 Esférica diferentes
agrupamentos

Morfologia Formam
 Rineforme diplococos
Individual (Neisserias)

Forman
 Lanceolada diplococos
(Pneumococos)
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 3

COCOS:
Agrupamentos de Cocos

1 Plano de Divisão 2 Planos de Divisão

3 Planos de Divisão Vários Planos de Divisão


CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 4

COCOS:

Estafilococos ≠ Staphylococcus

Cocos agrupados Gênero Bacteriano


em cachos de uva
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 5

Lembrete de Nomenclatura das Espécies

 Sistema Binominal: Gênero espécie


 Grafia: Staphylococcus aureus Staphylococcus aureus
Impresso = itálico Manuscrito = sublinhado

 Abreviação do Nome do Gênero:

Staphylococcus aureus é uma bactéria muito importante em


microbiologia médica e de alimentos, isto porque S. aureus ...

 Omissão do Nome da Espécie:

Staphylococcus Staphylococcus sp. Staphylococcus spp.


Indica o gênero sp. = uma espécie spp. = plural
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 6

COCOS:

Estreptococos ≠ Streptococcus

Gênero Bacteriano
Cocos agrupados
em cadeia S. pyogenes

S. pneumoniae
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 7

COCOS:

Neisseria

Pneumococo

Streptococcus pneumoniae Neisseria gonorrhoeae

Neisseria meningitidis
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 8

BASTONETES (bacilos  erudito):

Cocobacilo
Coliformes: Bactérias de
Importância Higiênico-Sanitária

Família Enterobacteriaceae

Patógenos: Salmonella,
Shigella
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 9

BASTONETES:

Estreptobacilo

Endosporo
Bacillus cereus

Resistência elevada para Clostridium botulinum


adversidades físicas e químicas Clostridium perfringens

Clostridium tetani
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 10

BACTÉRIAS ESPIRALADAS:

Típicas: longas e finas

Borrelia Leptospira Treponema

Método de Método de Método de


Coloração Impregnação Microscopia em
Histológica pela Prata Campo Escuro
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 11

BACTÉRIAS ESPIRALADAS:

Vibriões: curtos

Vibrião

Vibrio cholerae

Vibrio parahaemolyticus
Doenças Transmitidas por Água e Alimentos
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 12

Doenças em foco:
S. pneumoniae

Acomete principalmente crianças (<2 anos) e idosos (> 60 anos)

Artrite Conjuntivite
Formas Formas Não
Sepse Invasivas Otite média
Invasivas
Meningite Sinusite

Pneumonia

Prevenção: Vacinação

• Constituição: Polissacarídeo Capsular

mais de 90 tipos
imunológicos (sorotipos)
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 13

Doenças em foco:

N. gonorrhoeae

Classicamente: DST

Transmissão silenciosa
Conjuntivite gonocócica neonatal

Artrite gonocócica

Prevenção: uso de preservativos nas relações sexuais;


CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 14

Doenças em foco:

N. meningitidis

 Meningite meningocócica

 Meningococcemia

Prevenção Coletiva: Vacinação

• Constituição: Polissacarídeo Capsular

13 sorogrupos, sendo
prevalentes A, B, C, Y e W135
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 15

Doenças em foco:

Borreliose Borrelia burgdorferi

• Causa a Doença de Lyme-Símile;

• Transmitida por picada de carrapatos (No Brasil: Amblyomma cajennense);

Eritema em alvo
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 16

Doenças em foco:

Leptospirose Leptospira icterohaemorrhagiae

• Transmitida geralmente por contato com a urina de rato infectado;


CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 17

Doenças em foco:

Sífilis Treponema pallidum

• Forma Clínica: Sífilis Adquirida (DST);


Aorta

Sífilis Adquirida Tardia


Cancro Duro Roséola
Sífilis Adquirida Recente Cancro Duro Roséola
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 18

Doenças em foco:

Sífilis Treponema pallidum

• Forma Clínica: Sífilis Congênita; Dentes de


Fronte Hutchinson
Olímpica

Hepato-Esplenomegalia Nariz em
Aborto /
Natimorto Tíbia em Sabre Sela Ceratite
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 19

Doenças em foco:
Cólera Vibrio cholerae

•Pandemias
• Epidemiologia • Epidemias
• Endemias

• Transmissão hídrica (“água doce”)

Falta de Tratamento
de Água e Esgoto

Calamidade Pública

• Mecanismos de Patogenicidade:
 Aderência aos Enterócitos
 Produção da Enterotoxina Colérica;
CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS (Morfologia) 20

DTAs em foco: Atualmente: 20-30% das DTAs do Japão

V. parahaemolyticus

Tsunesaburo Fujino (1950)


descreveu um surto de DTA
com 272 casos e 20 mortes

Mecanismos de Patogenicidade:
 Urease (inibe a síntese de muco);
 Aderência aos Enterócitos;
 Citolisinas:
• TDH - hemolisina termoestável direta
Shirasu • TRH - hemolisina termoestável relacionada

Fenomeno de Kanagawa

Positivo