Você está na página 1de 12

Análise de Circuitos Elétricos

Atividade Prática no 3: Filtros Passivos

1. OBJETIVO

O filtro é um circuito que permite a passagem de sinais apenas em determinadas


frequências. Ele pode ser classificado em:

 Filtro Passa Baixas (F.P.B.)


 Filtro Passa Altas (F.P.A.)
 Filtro Passa Faixa (F.P.F.)
 Filtro Rejeita Faixa (F.R.F.)

Os filtros são considerados passivos quando são formados apenas por


dispositivos passivos, como resistores, capacitores e indutores. Outra característica
dos filtros passivos é o fato de o ganho de tensão ser sempre menor ou igual a 1
(ou 0db), já que não possuem nenhum dispositivo ativo capaz de amplificar os
sinais.

O objetivo desse experimento é montar e avaliar um filtro passa baixa com


capacitor.

2. MATERIAL UTILIZADO

Componentes
Número da Código
Quantidade Material Utilizado Kit
Caixa Uninter
0110018 a
vários Resistores Edison 5
0110038
0105039 a
vários Capacitores Edison 5
0103051
Equipamentos / Ferramentas (kit)
Número da Código
Quantidade Descrição Kit
Caixa Uninter
1 Multímetro Edison 1 0101001
1 Adaptador AC Edison 3 0101003
Adaptação de
1 Boole 11 0201124
Áudio
Placa de
adaptação de 0202125
1 Boole 11 0202126
áudio e terminal
conector 4 pinos.
Cabo Adaptador de
1 Boole 11 0202127
áudio stereo.
1 Osciloscópio Boole 7 0201071
1 Protoboard Edison 2 0101002
Fios diversos Edison 6 0101070

EaD-Lab3AC 1 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Termo de responsabilidade (Disclaimer):

Os danos que os dispositivos e componentes possam vir a sofrer por falta de


leitura dos documentos aqui indicados e pelos próprios manuais e cumprimento das
recomendações contidas nos mesmos são de total responsabilidade do aluno.

Fonte Ajustável Gerador de sinais


Alimentação: Adaptador AC
Alimentação: Transformador
Gerador: Adaptação de Áudio
Fonte: Fonte Ajustável
Montagem: Atividade Prática 3 -
Não precisa nesta atividade
Amplificador do gerador.pdf

EaD-Lab3AC 2 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

3. INTRODUÇÃO

Filtros Passivos

Filtros são circuitos utilizados quando se deseja que determinadas


frequências do sinal original sejam suprimidas.

Os filtros são classificados conforme sua característica de supressão (ou não)


de determinadas faixas de frequência (Fig. 1) e também quanto à sua montagem
(Ativo ou Passivo).

Figura 1: Resposta em frequência de filtros passivos ideais.

Caso o filtro seja composto por componentes ativos, como transistores e


amplificadores operacionais, os mesmos são chamados filtros ativos, e podem
apresentar uma parcela de ganho além do processo de filtragem. Caso o filtro seja
composto apenas por componentes passivos, como resistores, indutores e
capacitores, são chamados filtros passivos. Estes fornecem uma filtragem não tão
boa quanto os filtros ativos. Os filtros práticos, porém, não apresentam a resposta
idêntica à ideal, conforme pode ser visto na Fig. 2, onde é mostrada a resposta
ideal de um filtro passa-baixa e a resposta real do mesmo filtro.

EaD-Lab3AC 3 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Figura 2: Resposta em frequência de um filtro passa baixas ideal e de


um real.

Na figura 03 temos banda passante do filtro, a frequência de corte que é o


valor da frequência onde o filtro deixa de passar o sinal de entrada.

Figura 3: Banda passante e frequência de corte de um filtro passa


baixas ideal.

4. PROCEDIMENTOS EXPERIMENTAIS

EXPERIÊNCIA 1: Filtro Passa Baixas RC

1. Escolha um capacitor do seu kit de valor entre 10 nF (10.000 pF no seu kit) e


100 nF.
2. Para uma frequência de corte 𝑓𝑐 = 𝑚𝑎𝑖𝑜𝑟 𝑑í𝑔𝑖𝑡𝑜 𝑑𝑜 𝑅𝑈. 1000 [𝐻𝑧] calcule o
resistor usando o capacitor escolhido.

1 1
𝑓𝑐 = ⟹𝑅=
2𝜋𝑅𝐶 2𝜋𝐶𝑓𝑐

3. Escolha no seu kit o resistor de valor comercial mais próximo ao calculado.


4. Monte o circuito da Figura 4 no Multisim Blue como indicado na Figura 5.

EaD-Lab3AC 4 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Figura 4: Circuito RC.

Figura 5: Exemplo de montagem do circuito RC no MultisimLive.

5. Simule o mesmo e preencha a Tabela 1.


a. Fixe o valor de pico de tensão do gerador (entrada Vi) em 10 V.
b. Clique duas vezes no osciloscópio para aparecer a tela.
c. Varie a frequência do gerador como indicado na Tabela 1. Clique duas
vezes no gerador para variar a frequência.
d. Para medir a tensão de saída Vo posicione o cursor de tempo no pico do
sinal de saída (Canal B) como indica a Figura 6, e leia o valor de tensão
do Canal B.

EaD-Lab3AC 5 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Figura 6: Posicionamento do cursor (azul) para medição da tensão de


pico do sinal de saída.

e. Para cada valor de frequência meça a tensão de saída Vo e preencha a


Tabela 1.
f. Calcule Av (ganho ou função de transferência de tensão) usando a
seguinte fórmula:

𝑉𝑜
𝐴𝑉 =
𝑉𝑖

6. A frequência de corte do sistema acontece quando o ganho cai a 70% do valor


na banda passante. Neste caso, o ganho na banda passante é igual a 1,
portanto quando o ganho estiver em 0,7, o sistema estará na frequência de
corte (neste caso frequência de corte superior f H). Como o circuito é um filtro
Passa Baixas qualquer sinal com frequência acima desse valor será rejeitado.
a. Com os dados da Tabela 1, montar o gráfico de resposta em frequência
do sistema indicando a frequência de corte. O mesmo pode ser montado
no Excel seguindo o passo indicado no arquivo grafico resp freq.pdf
disponibilizado na Rota de estudo desta experiência.
b. O gráfico deverá ficar parecido ao apresentado na Figura 7.

EaD-Lab3AC 6 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Tabela 1: Resposta em frequência circuito RC (simulação MultisimLive).

f [Hz] Vi [V] Vo [V] Av


10 10
50 10
100 10
500 10
1000 10
1500 10
1800 10
1900 10
1950 10
2000 10
3000 10
6000 10
10000 10

FPB
1,2

0,8
fH
Av

0,6

0,4

0,2

0
10 100 1000 10000
f [Hz]

Figura 7: Resposta em frequência de um Filtro Passa Baixas RC.

7. Monte o mesmo circuito da Figura 4 usando o kit prático My Lab.


8. Leia toda a documentação referente ao osciloscópio na Aula 14.
9. Leia o documento Amplificador do gerador.pdf antes de começar o
experimento publicado nesta aula.
10. Ajuste o gerador de funções para obter um sinal senoidal com frequências a

EaD-Lab3AC 7 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

partir de 10Hz e ajuste a amplitude (amplificador de tensão) em 2 V.


11. Verifique a amplitude do sinal com o osciloscópio.
12. Preencha a Tabela 2 variando a frequência do sinal de entrada e medindo a
tensão do sinal de saída para cada uma das frequências indicadas na coluna
valores medidos. Atenção: O osciloscópio mostra o valor do sinal pico a pico.
13. A frequência de corte terá um valor similar ao da simulação da experiência
anterior.
a. Com os dados da Tabela 1, montar o gráfico de resposta em frequência
do sistema indicando a frequência de corte. O mesmo pode ser montado
no Excel seguindo o passo indicado no arquivo grafico resp freq.pdf
disponibilizado na Rota de estudo desta experiência.
b. O gráfico deverá ficar parecido ao apresentado na Figura 7.

Tabela 2: Resposta em frequência circuito RC (kit Mylab UNINTER).

f [Hz] Vipp [V] Vopp [V] Av


10 2
50 2
100 2
500 2
1000 2
1500 2
1800 2
1900 2
1950 2
2000 2
3000 2
6000 2
10000 2

EaD-Lab3AC 8 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

EXPERIÊNCIA 2: Filtro Passa Altas RC

1. Escolha um capacitor do seu kit de valor entre 1 nF (1.000 pF no seu kit) e 33


nF.
2. Para uma frequência de corte 𝑓𝑐 = 𝑠𝑒𝑔𝑢𝑛𝑑𝑜 𝑑í𝑔𝑖𝑡𝑜 𝑑𝑜 𝑅𝑈. 500 [𝐻𝑧] calcule o
resistor usando o capacitor escolhido (se o segundo dígito for 0 adotar 1, se o
segundo dígito for o maior escolher o terceiro dígito).

1 1
𝑓𝑐 = ⟹𝑅=
2𝜋𝑅𝐶 2𝜋𝐶𝑓𝑐

3. Escolha no seu kit o resistor de valor comercial mais próximo ao calculado.


4. Monte o circuito da Figura 8 no Multsim Blue como indicado na Figura 9.

Figura 8: Circuito RC.

Figura 9: Exemplo de montagem do circuito RC no MultisimLive.

EaD-Lab3AC 9 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

5. Simule o mesmo e preencha a Tabela 3.


a. Fixe o valor de pico de tensão do gerador (entrada Vi) em 10 V.
b. Clique duas vezes no osciloscópio para aparecer a tela.
c. Varie a frequência do gerador como indicado na Tabela 3. Clique duas
vezes no gerador para variar a frequência.
d. Para medir a tensão de saída Vo posicione o cursor de tempo no pico do
sinal de saída (Canal B) como indica a Figura 6, e leia o valor de tensão
do Canal B.
e. Para cada valor de frequência meça a tensão de saída Vo e preencha a
Tabela 3.
f. Calcule Av (ganho ou função de transferência de tensão) usando a
seguinte fórmula:

𝑉𝑜
𝐴𝑉 =
𝑉𝑖

6. A frequência de corte do sistema acontece quando o ganho cai a 70% do valor


na banda passante. Neste caso, se o ganho na banda passante é igual a 1,
portanto quando o ganho estiver em 0,7, o sistema estará na frequência de
corte (neste caso frequência de corte inferior f L). Como o circuito é um filtro
Passa Altas qualquer sinal com frequência abaixo desse valor será rejeitado.
a. Com os dados da Tabela 3, montar o gráfico de resposta em frequência
do sistema indicando a frequência de corte. O mesmo pode ser montado
no Excel seguindo o passo indicado no arquivo grafico resp freq.pdf
disponibilizado na Rota de estudo desta experiência.
b. O gráfico deverá ficar parecido ao apresentado na Figura 10.

Tabela 3: Resposta em frequência circuito RC (simulação MultisimLive).

f [kHz] Vi [V] Vo [V] Av


1 10
2 10
4 10
4,5 10
5 10
5,5 10
6 10
8 10
10 10
14 10
16 10
18 10
20 10

EaD-Lab3AC 10 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

FPA
1

0,9

0,8

0,7
fL
0,6
Av

0,5

0,4

0,3

0,2

0,1

0
1,00E+03 1,00E+04
f [Hz]

Figura 10: Resposta em frequência de um Filtro Passa Altas RC.

7. Monte o mesmo circuito da Figura 8 usando o kit prático My Lab.


8. Ajuste o gerador de funções para obter um sinal senoidal com frequências a
partir de 1kHz e ajuste a amplitude (amplificador de tensão) em 2 V.
9. Verifique a amplitude do sinal com o osciloscópio.
10. Preencha a Tabela 2 variando a frequência do sinal de entrada e medindo a
tensão do sinal de saída para cada uma das frequências indicadas na coluna
valores medidos. Atenção: O osciloscópio mostra o valor do sinal pico a pico.
11. A frequência de corte terá um valor similar ao da simulação da experiência
anterior.
a. Com os dados da Tabela 4, montar o gráfico de resposta em frequência
do sistema indicando a frequência de corte.
b. O gráfico deverá ficar parecido ao apresentado na Figura 10.

EaD-Lab3AC 11 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Tabela 4: Resposta em frequência circuito RC (kit Mylab UNINTER).

f [kHz] Vipp [V] Vopp [V] Av


1 2
2 2
4 2
4,5 2
5 2
5,5 2
6 2
8 2
10 2
14 2
16 2
18 2
20 2

Observações

Relatório e conclusões. O relatório deverá conter:

• Embasamento teórico sobre o assunto.


• Os valores das simulações efetuadas.
• Os valores medidos na prática.
• Telas salvas se forem relevantes.
• Conclusão dos resultados obtidos.

EaD-Lab3AC 12 Prof. Viviana R. Zurro