Você está na página 1de 11

Análise de Circuitos Elétricos

Atividade Prática no 1: Senoides e Fasores

1. OBJETIVO

Calcular e medir sinais senoidais e simular circuitos com resistores,


capacitores e indutores.

2. MATERIAL UTILIZADO

A Atividade Prática de Análise de Circuitos Elétricos será realizada com a


utilização do software de simulação gratuito MultisimLive. O aluno poderá se
registrar gratuitamente no próprio site Multisim.

https://www.multisim.com/

O aluno deverá simular e resolver os seguintes circuitos e entregar o relatório


em um ARQUIVO ÚNICO NO FORMATO PDF no AVA no ícone Trabalhos.

EaD-Lab1AC 1 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

3. INTRODUÇÃO

Enquanto resistores dissipam energia, os capacitores e indutores armazenam


energia que pode ser posteriormente recuperada. Portanto são chamados
elementos armazenadores. O comportamento destes componentes em corrente
contínua é diferente do comportamento em corrente alternada ou variável. Em
contínua o capacitor carrega-se com tensão e o indutor com corrente, e se mantém
carregados a menos que sejam forçados a descarregar. Com sinais variáveis, seu
comportamento depende da frequência e da forma de onda do sinal. São
dispositivos dependentes de frequência.

4. PROCEDIMENTOS EXPERIMENTAIS

EXPERIÊNCIA 1: Divisor de Tensão

Utilizando o MultisimLive, simular o circuito da Figura 1. Este circuito simula


uma ligação em série de dois resistores com uma fonte de tensão alternada, a
corrente é igual para os dois resistores.
1. Usando os dados da Tabela 1 simular o circuito para as três opções.
2. Colocar a ponta do canal 1 do osciloscópio na posição do terminal verde e a
ponta do canal 2 no terminal azul.
3. Mostrar para as três opções as tensões de entrada e saída conforme exemplo
da Figura 2 e verificar a defasagem angular entre a tensão de entrada e a
tensão em R2.
4. Para melhor visualização colocar cores diferentes nos canais.
5. Preencher 𝑉𝑅2 (pico) na Tabela 1.
6. Explicar brevemente a defasagem entre as ondas justificando porque
acontece isto.

Figura 1: Circuito divisor de tensão.

EaD-Lab1AC 2 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Tabela 1: Tensões (de pico) de entrada e saída para diferentes valores


de resistências.

𝑽𝒊 [𝑽] 𝑹𝟏 [Ω] 𝑹𝟐 [Ω] 𝑽𝑹𝟐 [𝑽]


10 Primeiro dígito do RU * 1000 Segundo dígito do RU * 100
35 Último dígito do RU * 100 Penúltimo dígito do RU * 1000
50 Segundo dígito do RU * 150 Último dígito do RU * 200

Nota: Se o dígito for igual a zero adotar o número 1.

Exemplo: RU 123450, para 35 [V] 𝑅1 = 1.100 = 100[Ω] e 𝑅2 = 5.1000 = 5[𝑘Ω]

Figura 2: Sinais de entrada e saída de um divisor de tensão. 𝑣𝑖 , 𝑣𝑜 .

EaD-Lab1AC 3 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

EXPERIÊNCIA 2: Circuito RC série

Utilizando o MultisimLive, simular o circuito da Figura 3. Este circuito simula


uma ligação em série de um resistor e um capacitor com uma fonte de tensão
alternada, a corrente é igual para os dois elementos.
1. Usando os dados da Tabela 2 simular o circuito para a três opções.
2. Colocar a ponta do canal 1 do osciloscópio na posição do terminal verde e a
ponta do canal 2 no terminal azul.
3. Mostrar para as três opções as tensões de entrada e saída conforme exemplo
da Figura 4 e verificar a defasagem angular entre a tensão de entrada e a
tensão em C.
4. Para melhor visualização colocar cores diferentes nos canais.
5. Preencher 𝑉𝐶 (pico) na Tabela 2.
6. Explicar brevemente a defasagem entre as ondas justificando porque
acontece isto.

Figura 3: Circuito RC série.

Tabela 2: Tensões (de pico) de entrada e saída para diferentes valores


dos elementos do circuito.

𝑽𝒊 [𝑽] 𝑪𝟏 [𝑭] 𝑹𝟏 [Ω] 𝑽𝑪 [𝑽]


10 1µ Primeiro dígito do RU * 250
35 100n Último dígito do RU * 1000
50 50µ Terceiro dígito do RU * 1000

Nota: Se o dígito for igual a zero adotar o número 1.

EaD-Lab1AC 4 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Figura 4: Sinais de entrada e saída de um circuito RC série. 𝑣𝑖 , 𝑣𝐶 .

EaD-Lab1AC 5 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

EXPERIÊNCIA 3: Circuito RL série

Utilizando o MultisimLive, simular o circuito da Figura 5. Este circuito simula


uma ligação em série de um resistor e um indutor com uma fonte de tensão
alternada, a corrente é igual para os dois elementos.
1. Usando os dados da Tabela 3 simular o circuito para a três opções.
2. Colocar a ponta do canal 1 do osciloscópio na posição do terminal verde e a
ponta do canal 2 no terminal azul.
3. Mostrar para as três opções as tensões de entrada e saída conforme exemplo
da Figura 6 e verificar a defasagem angular entre a tensão de entrada e a
tensão em L.
4. Para melhor visualização colocar cores diferentes nos canais.
5. Preencher 𝑉𝐿 (pico) na Tabela 3.
6. Explicar brevemente a defasagem entre as ondas justificando porque
acontece isto.

Figura 5: Circuito RL série.

Tabela 3: Tensões (de pico) de entrada e saída para diferentes valores


dos elementos do circuito.

𝑽𝒊 [𝑽] 𝑳𝟏 [µ𝑯] 𝑹𝟏 [Ω] 𝑽𝑪 [𝑽]


10 4,7 Terceiro dígito do RU * 250
35 100 Quarto dígito do RU * 1000
50 47 Quinto dígito do RU * 500

Nota: Se o dígito for igual a zero adotar o número 1.

EaD-Lab1AC 6 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Figura 6: Sinais de entrada e saída de um circuito RL série. 𝑣𝑖 , 𝑣𝐿 .

EaD-Lab1AC 7 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

EXPERIÊNCIA 4: Transformador

Utilizando o MultisimLive, simular o circuito da Figura 7. Este circuito simula


um circuito com transformador. Números de espiras do primário é igual a maior
dígito do RU e números de espiras do secundário é igual a 2.
1. Colocar a ponta do canal 1 do osciloscópio na posição do terminal verde e a
ponta do canal 2 no terminal azul. Mostrar as tensões e correntes de entrada
e saída conforme exemplo da Figura 8.
2. Medir a tensão do primário e do secundário e preencher a Tabela 4.
3. Verificar que a tensão do primário 𝑉𝑃 é maior do que a do secundário 𝑉𝑆 .
Quantas vezes a tensão do primário é maior do que a do secundário? Porque?
4. Medir a corrente do primário e do secundário e preencher a Tabela 4.

Figura 7: Circuito com transformador.

EaD-Lab1AC 8 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Figura 8: Sinais de entrada e saída de um circuito com transformador.


𝑣𝑖 , 𝑖𝑖 , 𝑣𝑜 , 𝑖𝑜 .

Tabela 4: Tensões e correntes num circuito com transformador.

𝑽𝑷 [𝑽] 𝑽𝑺 [𝑽] 𝑰𝑷 [𝒎𝑨] 𝑰𝑺 [𝒎𝑨]

EaD-Lab1AC 9 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

5. EXERCÍCIOS

Circuito RLC paralelo

Considerando o circuito da Figura 9 calcular:


𝑟𝑎𝑑
1. A frequência angular da fonte 𝜔 [ ].
𝑠
2. A impedância total do sistema.
3. A corrente total do sistema.
a. Fasor.
b. Corrente instantânea 𝐼𝑇(𝑡) = 𝐼̂𝑇 𝑐𝑜𝑠(𝜔𝑡 + 𝜑𝑖 ).
4. 𝑉𝑅𝑀𝑆 e 𝐼𝑅𝑀𝑆
5. A corrente em R1:
a. Fasor.
b. Corrente instantânea 𝑖𝑅1(𝑡) = 𝐼̂𝑅 𝑐𝑜𝑠(𝜔𝑡 + 𝜑𝑅 ).
6. A corrente em L1:
a. Fasor.
b. Corrente instantânea 𝑖𝐿1(𝑡) = 𝐼̂𝐿 𝑐𝑜𝑠(𝜔𝑡 + 𝜑𝐿 ).
7. A corrente em C1:
a. Fasor.
b. Corrente instantânea 𝑖𝐶1(𝑡) = 𝐼̂𝐶 𝑐𝑜𝑠(𝜔𝑡 + 𝜑𝐶 ).
8. A potência média dissipada pela carga.

Figura 9: Circuito RLC paralelo.

Capacitor

Um capacitor de 100 µF em paralelo com uma resistência de 80 Ω é ligado a


uma fonte de alimentação de 100 V, 600 Hz. Calcular a impedância do circuito e a
corrente fornecida pela fonte. Qual a defasagem entre a tensão e a corrente totais?
Calcular e montar o circuito no MultisimLive.

EaD-Lab1AC 10 Prof. Viviana R. Zurro


Análise de Circuitos Elétricos

Circuito

Utilizando o método que achar mais conveniente determine o fasor 𝑽.

EaD-Lab1AC 11 Prof. Viviana R. Zurro

Você também pode gostar