Você está na página 1de 2

4

CONTEÚDO

21 Resistência Cultural ao Regime Militar (com Cont.)


PROFº: NETO
A Certeza de Vencer
Fale conosco www.portalimpacto.com.br

KL 081008

PRODUÇÃO CULTURAL BRASILEIRA NA DÉCADA DE 1960: cultural que, por não estar a serviço da revolução popular,
colocava-se a serviço do capital internacional. Os
tropicalistas defendiam-se, alegando que não se
submetiam nem ao capital internacional nem a qualquer
outra forma de autolitarismo, inclusive aquela que
determinava o caminho que a produção artística deveria
seguir, que impedia a livre criação do artista, Em meio a
essa riqueza criativa, o governo baixou o Al5, que garantia
aos militares liberdade para perseguir os opositores do
regime Certamente, todos os artistas envolvidos na
chamada “arte engajada” sofreram perseguições. Muitos
foram presos, torturados e obrigados a sair do Brasil.
A censura tornou-se absoluta. Os agentes da
repressão invadiam as redações de jornais e revistas que
não se afinavam politicamente com o governo, invadiam
os teatros e prendiam os atares em meio ao espetáculo. A
O cineasta Michelangelo Antonioni do set de filmagens nos anos 1960. produção cultural foi sufocada ou enquadrada, o que
Foto: AFP. significava que o artista estava produzindo somente o que
os militares queriam Diante da impossibilidade de a cultura
A produção cultural brasileira na década de 1960 nacional continuar sendo produzida livremente, o espaço
ficou marcada pelo engajamento político dos artistas e culluial passou a ser cada vez mais ocupado por um tipo
pela busca da união entre arte e política. Essa tendência, de cultura de massa que se caracteriza pela
que começou no CPC — Centro Popular de Cultura da superficialidade e por uma emotividade infantil Essa
União Nacional dos Estudantes (UNE) —, atingiu vários construção cultural surgiu nos Estados Unidos e foi
segmentos artísticos: música, literatura, teatro, cinema e adaptada ao gosto dos brasileiros.
arquitetura.
A música popular brasileira passava por um A TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO:
período de intensa criatividade Os grandes festivais de
música brasileira lotavam os teatros, envolvendo a opinião
e a torcida das pessoas a favor de uma ou de outra
canção. As chamadas músicas de protesto, cujas letras
denunciavam as dificuldades enfrentadas pelos brasileiros,
faziam grande sucesso, revelando que uma boa parte da
população estava sensível aos problemas da época. Havia
na produção e no consumo cultural um grande interesse
por tudo o que era nacional. Na cinematografia, surgiu o
cinema novo, movimento que levou para as telas a
realidade da miséria e abandono da população brasileira.
Os cineastas engajados nessa nova linha
romperam com a produção típica da década de 1950 — as
revistas musicais denominadas de chanchadas — e
passaram a oferecer uma outra opção de arte
cinematográfica ao público, com obras que remetiam à
reflexão, em oposição aos filmes produzidos em
Holiywood, que invadiam as telas dos nossos cinemas e Karl Marx
seguiam a linha da cultura de massa.
A produção teatral engajada também floresceu, “Somente quando a Igreja brasileira, e latino
impulsionada pelos grupos Oficina e Arena. Teatrólogos, americana em geral, já acumulara uma larga experiência
entie os quais se destacavam Oduvaldo Vianna Pilho, de trabalho pastoral popular, através dos vários
Plinio Marcos e Gianfrancesco Guarnieri, escreviam textos movimentos que pudemos registrar, é que se formula
que tratavam de questões sociais e faziam sérias criticas teoricamente uma nova teologia, centrada na libertação
aos governantes e à elite em geral. social, e não mais na salvação eterna individual ‘A teologia
VESTIBULAR – 2009

Uma grande polémica se instalou no meio artístico surge só depois do meio-dia, na sesta’, comenta com bom
e intelectual em 1968, quando o tropicalismo tornou-se humor Frei Leonardo Boff, franciscano, nascido em Santo
conhecido Os defensores da música de protesto Catarina, o pioneiro e talvez o mais importante teólogo da
consideravam o movimento tropicalista alienado, palavra libertação no Brasil.
que na época, era sinónimo de despolitizado. O CPC da Os teólogos da libertação fazem uma releitura das
UNE foi o seu principal critico, e acusou os tropicalistas de Sagradas Escrituras, a partir do ponto de vista dos
entieguistas, ou seja, de terem se ligado a uma produção
FAÇO IMPACTO - A CERTEZA DE VENCER!!!
Fale conosco www.portalimpacto.com.br

oprimidos. E tudo o que diz respeito à libertação é 04. A Teologia da Libertação aproxima o marxismo e o
destacado e enfatizado: “O próprio povo, produtor dos cristianismo. Quais são os pontos comuns dessas duas
textos escriturfsticos, como povo oprimido e espremido doutrinas? Quais são os elementos dessemelhantes?
entre as grandes potências do Oriente Médio e Egito, a _______________________________________________
temática do êxodo, do exílio, da libertação messiânica, a
_______________________________________________
figura de Jesus de Nazaré como libertador a um tempo
histórico e trans-histórico, sua mensagem do Reino de _______________________________________________
Deus como total libertação dos homens e da criação, a
______________________________________________
cruz e a ressurreição como mistério pascal paradigmático
de todo processo de libertação autêntica, a opção
preferencial pelos pobres por parte do Jesus histórico e 05. (PUC-Campinas-SP) “Intensa radicalização
dos Apóstolos, a conversão como ruptura com um mundo política e cultural caracterizou o processo político brasileiro
que se basta a si mesmo e abertura para a novidade entre 1964 e 1968" Essa afirmação pôde ser observada:
libertadora do Reino”. a) nas manifestações artísticas e culturais, e no
Finalmente, o capitalismo é condenado movimento estudantil consubstanciado nas passeatas.
explicitamente como um sistema polltico-econômico anti- b) nos movimentos estudantis de apoio à revisão
humano e anticristâo A alternativa: o socialismo constitucional e ao novo regime.
‘Percebemos hoje em dia’, observa Frei Leonardo, ‘que o c) na formação da Frente Ampla, que abocanhava os
ideário cristão é mais afim com aquele socialista do que partidos de apoio ao Governo.
com aquele capitalista. Não se trata de criar um socialismo d) por meio da promulgação do Al-5, que liberalizou o
cristão, trata se de poder dizer que o ideário socialista, regime autoritário introduzido pelo Al-1.
quando cumprido e realizado, permite ao cristão melhor e) na radicalização da política externa, que se manifesta
viver os ideais humanitários e divinos de sua fé’. no afastamento em relação aos Estados Unidos.
O filósofo KarI Marx não mais encarna, como no
passado, a imagem do diabo. Ao contrário. Ele deve ser 06. (UFMG) O golpe politico-militar de 1964 acarretou
estudado, assimilado, como pretende Frei Betto, transformações na economia brasileira originadas das
dominicano, [...] outro representante da mais nova geração mudanças nas relações de trabalho, das novas
de teólogos: ‘Só a partir da prática dos oprimidos, das necessidades do desenvolvimento capitalista no pais e
lutas dos trabalhadores, podemos entender a estrutura das mudanças na conjuntura internacional. Todas as
interna desse sistema [...] que, para perpetuar-se, gera no alternativas apresentam indicadores correios das
oprimido sua própria negação. A via teórica desse transformações na economia brasileira pós-64, exceto:
entendimento é a concepção cientifica da história, a) a abertura do país às empresas multinacionais a partir
especialmente do modo de produção capitalista, da abolição das restrições á remessa de lucros para o
sistematizada nas obras de Marx’.” exterior.
Helena Salem, Dos palácios à miséria da periferia, em Brasil b) a adoçâo de uma nova política salarial e a implantação
hoje: A Igreja dos oprímidos, p 39-42. do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS),
substituindo o sistema de estabilidade no emprego.
EXERCÍCIO c) a consolidação do setor industrial nacional através da
elevação dos salários urbanos e do aumento da oferta e
01. A Teologia da Libertação estabelece uma nova prática do consumo de bens não-duráveis.
social e política para determinados setores da Igreja Que d) a elevação do volume de impostos e a consequente
prática é essa? falência de um grande número de pequenas e médias
_______________________________________________ empresas.
_______________________________________________ e) a expansão da indústria petroquímica, siderúrgica e do
alumínio, realizada sob o patrocínio do Estado, com a
_______________________________________________ participação de conglomerados nacionais e
______________________________________________ estrangeiros.

02. Como a Teologia da Libertação recupera a questão


messiânica do cristianismo?
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
______________________________________________

03. Do ponto de vista socioeconômico, como a Teologia


da Libertação classifica o sistema capitalista?


_______________________________________________
VESTIBULAR

_______________________________________________
_______________________________________________
2009

______________________________________________

FAÇO IMPACTO – A CERTEZA DE VENCER!!!