Você está na página 1de 12

Esquemas de instalação

dos DPS de acordo com a


ABNT NBR 5410:2004
Sumário
VCL Slim..................................................................................................................... 3
1. Quadros primário ou áreas rurais ........................................................................ 4
1.1) Sistemas TN-S (Terra e Neutro Separados) ................................................. 4
1.2) Sistema TN-C (Terra e Neutro Comuns) ....................................................... 5
1.3) Sistemas sem neutro ..................................................................................... 6
2. Quadros secundários ........................................................................................... 7
2.1) Sistemas TN-S (Terra e Neutro Separados) ................................................. 7
2.2) Sistemas TN-C-S (Terra e Neutro Comum e Separado) ............................... 8
2.3) Sistemas sem neutro ..................................................................................... 9
2.4) Sistema TN-C (Terra e Neutro Comuns) ..................................................... 10
3. Sistemas cc (corrente contínua) ........................................................................ 11
4. Uso de dispositivos de proteção (DP) ................................................................ 12
VCL Slim

Figura 1 - VCL Slim

3
1. Quadros primário ou áreas rurais

A proteção nos quadros primários ou áreas rurais deverão ser realizadas com DPS
classe I/II,, instalados de acordo com aABNT
a NBR-5410/2004.. Veja casos abaixo:
OBS: Quadros primários são quadros que alimentam outros quadros como, por exemplo,
exemplo
os quadros que ficam na entrada das edificações junto ao medidor de energia.

1.1) Sistemas TN-S


S (Terra e Neutro Separados)
OS DPS deverão ser instalados conforme o esquema de conexão 2 da ABNT NBR-
5410/2004.

Figura 2 – Esquema de conexão 2 (Sistema TN-S)

4
1.2) Sistema TN-C
C (Terra e Neutro Comuns)
Oss DPS deverão ser instalados conforme esquema de conexão 1 da ABNT NBR-
5410/2004.

Figura 3 - Esquema de conexão 1 (Sistema TN-C)

5
1.3) Sistemas sem neutro
Caso o seu sistema não possua neutro, os DPS deverão ser instalados conforme
esquema de conexão 1 daABNT
ABNT NBR-5410/2004.
NBR

Figura 4 - Esquema de conexão 1 (Sistemas sem neutro)

6
2. Quadros secundários
A proteção nos quadros secundários deverá ser realizada com DPS classe II,
instalados de acordo com aABNT
ABNT NBR-5410/2004.
NBR . Veja casos abaixo:

2.1) Sistemas TN-S


S (Terra e Neutro Separados)
Caso o seu sistema possua neutro e terra separados,, os DPS deverão ser instalados
conforme esquema de conexão 3 da ABNT NBR-5410/2004.

Figura 5 - Esquema de conexão 3 (Sistemas TN-S)

7
2.2) Sistemas TN-C-S (Terra e Neutro Comum e Separado)
Sistema no qual os condutores
condutor de proteção (PE) e de neutro são comuns até um
determinado quadro e, a partir desse quadro, seguem separados.
Os DPS deverão ser instalados conforme esquema de conexão 1 da ABNT NBR
5410/2004.

Figura 6 - Esquema de conexão 1 (Sistemas TN-C-S)

8
2.3) Sistemas sem neutro
Caso o seu sistema não possua neutro, os DPS deverão ser instalados
conformeesquema de conexão 1 daABNT
da NBR-5410/2004.

Figura 7 - Esquema de conexão 1 (Sistemas sem neutro)

9
2.4) Sistema TN-C
C (Terra e Neutro Comuns)
Oss DPS deverão ser instalados conforme esquema de conexão 1 da ABNT NBR-
5410/2004.

Figura 8 - Esquema de conexão 1 (Sistema TN-C)

10
3. Sistemas cc (corrente
orrente contínua)
Para sistemas em corrente contínua deve ser utilizado um DPS por polo, conforme figura
abaixo.

Figura 9 - Sistemas cc com o terra separado

OBS: Caso um dos polos esteja aterrado, deve ser utilizado apenas um DPS conforme a
figura abaixo:

Figura 10 - Sistemas cc com um dos polos aterrados

11
4. Uso de dispositivos de proteção (DP)
O uso de DP (fusíveis ou disjuntores backup em série com os DPS) é recomendado nos
casos em que o nível de corrente de curto circuito (Icc) seja superior a 5kA. Para fins
práticos, caso o disjuntor principal tenha capacidade ≥ 100A, deve-se instalar o DP.
A especificação de DP deve seguir os seguintes critérios:
• Fusível: tipo retardado de no máximo 100A gL/gG. O fusível deverá ser empregado
impreterivelmente se aIccfor superior à 10kA;
• Disjuntores: 25A curva C, para DPS com suportabilidade de até 45kA, ou 50A
curva C, para DPS com suportabilidade superior à 45kA, Icc máxima de 10kA. Os
disjuntores poderão ser empregados caso aIccnão seja superior à 10kA;
• Se utilizar disjuntor, deverá ser instalado um por fase.

12