Você está na página 1de 6

www.professorferretto.com.

br
ProfessorFerretto ProfessorFerretto

Equilíbrio Químico – Parte 1


ee
01 - (Ufpa) O gráfico abaixo se refere ao 03 - (Mackenzie) Considerando-se o equilíbrio químico
comportamento da reação " 𝐴! + 𝐵! ⇄ 2𝐴𝐵". equacionado por 𝐴(') + 2 𝐵(') ⇄ 𝐴𝐵!(') , sob
temperatura de 300 𝐾, a alternativa que mostra a
expressão correta da constante de equilíbrio em
termos de concentração em mols por litro é
["#! ]
a)
["]⋅[#]!

["]⋅[#]!
b)
["#! ]
["#! ]
c)
["]&[#]!

Pode-se afirmar que o equilíbrio dessa reação será ["]&[#]!


d)
alcançado quando o tempo for igual a ["#! ]
a) 𝑡" .
b) 𝑡# . ["#! ]!
e)
c) 𝑡! . ["]⋅[#]!
d) 𝑡$ .
e) 𝑡% .
04 - (Ufjf) Dada a expressão da constante de equilíbrio
em termos da concentração de produtos e reagentes:

[𝑆𝑂$ ]!
02 - (Ufrgs) A constante de equilíbrio da reação 𝐾) =
[𝑆𝑂! ]! ⋅ [𝑂! ]
CO(g) + 2H2(g) ⇌ CH3OH(g)
A qual equação de equilíbrio químico corresponde a
tem o valor de 14,5 a 500 K. As concentrações de expressão acima?
metanol e de monóxido de carbono foram medidas a) 𝑆𝑂$(') ⇄ 𝑆𝑂!(') + 𝑂!(')
nesta temperatura em condições de equilíbrio, b) 2 𝑆𝑂$(') ⇄ 2 𝑆𝑂!(') + 𝑂!(')
encontrando-se, respectivamente, 0,145 mol.L-1 e 1 c) 𝑆𝑂!(') ⇄ 𝑆𝑂$(') + 𝑂!(')
mol.L-1. d) 2 𝑆𝑂!(') ⇄ 2 𝑆𝑂$(') + 𝑂!(')
e) 2 𝑆𝑂!(') + 𝑂!(') ⇄ 2 𝑆𝑂$(')
Com base nesses dados, é correto afirmar que a
concentração de hidrogênio, em mol.L-1, deverá ser
a) 0,01.
b) 0,1. 05 - (Ufjf) Considere os seguintes equilíbrios que
c) 1. envolvem 𝐶𝑂!(') e suas constantes de equilíbrio
d) 1,45. correspondentes:
e) 14,5.
1
𝐶𝑂!(') ⇄ 𝐶𝑂(') +  𝑂!(') 𝐾#
2
2 𝐶𝑂(') + 𝑂!(') ⇄ 2 𝐶𝑂!(') 𝐾!

1
Marque a alternativa que correlaciona as duas Baseado nas informações fornecidas e nos conceitos
constantes de equilíbrio das duas reações anteriores. químicos, assinale a alternativa que melhor representa
# o valor de 𝐾+/ :
a) 𝐾! = (* )"
! *
a) 𝐾+/ = ! * ###
b) 𝐾! = (𝐾# )! ⋅*# ##

c) 𝐾! = 𝐾# *###
b) 𝐾+/ = (* )" ⋅*
# # ##
d) 𝐾! = *
! *
! c) 𝐾+/ = ! * ###
2*
e) 𝐾! = (𝐾# ) " # ##

*
d) 𝐾+/ = (* )"###
2*
# ##

06 - (Acafe) Considere os seguintes equilíbrios químicos


hipotéticos e suas respectivas constantes de equilíbrio
(𝐾) sob temperatura de 400 𝐾. 09 - (Pucsp) Durante uma transformação química as
concentrações das substâncias participantes foram
2  𝐴(') + 3 𝐵!(') ↔ 2 𝐴𝐵$(') 𝐾+ determinadas ao longo do tempo. O gráfico a seguir
𝐴𝐵$(') + 𝐵!(') ↔ 𝐴𝐵,(') 𝐾++ resume os dados obtidos ao longo do experimento.
2 𝐴(') + 5 𝐵!(') ↔ 2 𝐴𝐵,(')    𝐾+++

Assinale a alternativa que melhor representa o valor de


𝐾+++ :
a) 𝐾+++ = 2 ⋅ 𝐾+ ⋅ 𝐾++
b) 𝐾+++ = 2 ⋅ 𝐾+ + 𝐾++
c) 𝐾+++ = 𝐾+ ⋅ (𝐾++ )!
d) 𝐾+++ = (𝐾+ )! + 𝐾++

07 - (Mackenzie) Em um balão de capacidade igual a A respeito do experimento, foram feitas algumas


10 𝐿, foram adicionados 1 mol da espécie 𝐴!(') e 2 afirmações:
mols da espécie 𝐵!(') . Tais reagentes sofreram
transformação de acordo com a equação a seguir: I. 𝐴 e 𝐵 são reagentes e 𝐶 é o produto da reação
estudada.
𝐴!(') + 𝐵!(') ⇄ 2 𝐴𝐵(') II. A reação química estudada é corretamente
representada pela equação: 𝐵 + 2 𝐶 → 𝐴
Considerando-se que, no estado de equilíbrio químico, III. Não houve consumo completo dos reagentes, sendo
a concentração da espécie 𝐴𝐵(') seja de 0,1 𝑚𝑜𝑙 ⋅ 𝐿-# , atingido o equilíbrio químico.
a constante de equilíbrio (𝐾. ), para esse processo, é IV. A constante de equilíbrio dessa reação, no sentido
aproximadamente igual a da formação de 𝐴, nas condições do experimento é
a) 0,25 menor do que 1.
b) 1,33
c) 5,00 Estão corretas apenas as afirmações:
d) 6,66 a) I e IV.
e) 7,50 b) II e III.
c) II e IV.
d) III e IV.
08 - (Acafe) Considere os seguintes equilíbrios químicos
hipotéticos e suas respectivas constantes de equilíbrio
(𝐾) sob temperatura de 400 𝐾.
10 - (Udesc) As reações químicas dependem de colisões
𝐴𝐵$(') + 𝐵𝐶(') ↔ 𝐴𝐵% 𝐶(')    𝐾+ eficazes que ocorrem entre as moléculas dos
𝐴!(') + 3 𝐵!(') ↔ 2 𝐴𝐵$(')   𝐾++ reagentes. Quando se pensa em sistema fechado, é de
𝐴!(') + 4 𝐵!(') + 𝐶!(') ↔ 2 𝐴𝐵% 𝐶(') 𝐾+++ se esperar que as colisões ocorram entre as moléculas
𝐵!(') + 𝐶!(') ↔ 2 𝐵𝐶(')    𝐾+/ dos produtos em menor ou maior grau, até que se

2
atinja o equilíbrio químico. À temperatura ambiente, o Com base nesses dados, pode-se dizer que a
𝑁𝑂!(') , gás castanho-avermelhado, está sempre em quantidade dissociada em mols de 𝑁! 𝑂%(') é:
equilíbrio com o seu dímero, o 𝑁! 𝑂%(') , gás incolor. Em a) 0,20
um experimento envolvendo a dissociação de 𝑁! 𝑂%(') b) 0,10
em 𝑁𝑂!(') coletaram-se os seguintes dados: a amostra c) 0,40
inicial de 𝑁! 𝑂%(') utilizada foi de 92 𝑔, em um dado d) 0,60
momento a soma dos componentes 𝑁! 𝑂%(') e 𝑁𝑂!(') e) 0,80
foi de 1,10 𝑚𝑜𝑙.

notas

3
#
Gabarito: [𝐶𝑂] ⋅ [𝑂! ]!
𝐾# =
[𝐶𝑂! ]
Questão 1: D
2 𝐶𝑂(') + 𝑂!(') ⇄ 2 𝐶𝑂!(')
[𝐶𝑂! ]!
𝐾! =
[𝐶𝑂]! ⋅ [𝐶𝑂! ]
#
𝐾! = (* "
!)

Questão 6: C


2  𝐴(') + 3 𝐵!(') ⇄ 2 𝐴𝐵$(') (𝑚𝑎𝑛𝑡𝑒𝑟)

𝐴𝐵$(') + 𝐵!(') ⇄ 𝐴𝐵,(') (𝑚𝑢𝑙𝑡𝑖𝑝𝑙𝑖𝑐𝑎𝑟𝑝𝑜𝑟2)

O tempo de equilíbrio irá acontecer com as 2 𝐴(') + 5 𝐵!(') ⇄ 2 𝐴𝐵,(')
concentrações dos reagentes e produtos se tornarem
constantes, ou seja, a partir de 𝑡$ .
2  𝐴(') + 3 𝐵!(') ⇄ 2 𝐴𝐵$(') 𝐾+

2𝐴𝐵$(') + 2𝐵!(') ⇄ 2𝐴𝐵,(') (𝐾++ )!
Questão 2: B
2 𝐴(') + 5𝐵!(')   ⇄ 2 𝐴𝐵,(') 𝐾+++
[.4$ 54]
A expressão da constante de equilíbrio é: 𝐾 = [.5]⋅[4 "
"]
𝐾+++ = 𝐾+ × (𝐾++ )!
[.4$ 54]
Logo: [𝐻! ] = J
[.5]⋅*
Substituindo os valores dados, teremos: [𝐻! ] =
Questão 7: B
",#%, 89:
J#⋅#%,, = 0,1  ;
𝑛G"(&) = 1 𝑚𝑜𝑙; 𝑛H"(&) = 2 𝑚𝑜𝑙
𝑉 = 10 𝐿
𝑛G"(&) 1 𝑚𝑜
Questão 3: A X𝐴!(') Y = = = 0,1 
𝑉 10 𝐿
𝑛H"(&) 2 𝑚𝑜
=>?@AB+CD@?EB X𝐵!(') Y = = = 0,2 
1 𝐴(') + 2 𝐵(')   ⇄  1 𝐴𝐵!(') 𝑉 10 𝐿

𝐴!(') + 𝐵!(') ⇄ 2 𝐴𝐵(')
Padrão: equação direita 𝑚𝑜
! 0,10,20(𝑖𝑛í𝑐𝑖𝑜; )
𝐾@ =
FGH"(&) I 𝐿
! " 𝑚𝑜
FG(&) I ×FH(&) I −𝑥 − 𝑥 + 2𝑥(𝑑𝑢𝑟𝑎𝑛𝑡𝑒; )
𝐿
𝑚𝑜
(0,1 − 𝑥)(0,2 − 𝑥) + 2𝑥 \ (𝑒𝑞𝑢𝑖𝑙í𝑏𝑟𝑖𝑜; )
",#
𝐿
Questão 4: E
2𝑥 = 0,1 ⇒ 𝑥 = 0,05

[𝑆𝑂$ ]! (𝑝𝑟𝑜𝑑𝑢𝑡𝑜𝑠) 𝐴!(') + 𝐵!(') ⇄ 2 𝐴𝐵(')
𝐾) = 𝑚𝑜
[𝑆𝑂! ]! × [𝑂! ]# (𝑟𝑒𝑎𝑔𝑒𝑛𝑡𝑒𝑠) 0,10,20(𝑖𝑛í𝑐𝑖𝑜; )
𝐿
𝑚𝑜
"Expoente é coeficiente". Então: −0,05 − 0,05 + 0,1(𝑑𝑢𝑟𝑎𝑛𝑡𝑒; )
𝐿
2 𝑆𝑂! + 1 𝑂! ⇄ 2 𝑆𝑂$ 𝑚𝑜
0,050,150,1(𝑒𝑞𝑢𝑖𝑙í𝑏𝑟𝑖𝑜; )
𝐿
!
X𝐴𝐵(') Y
Questão 5: A 𝐾. =
X𝐴!(') Y × X𝐵!(') Y
(0,1)!
1 𝐾. = = 1,3333333
𝐶𝑂!(') ⇄ 𝐶𝑂(') +  𝑂!(') (0,05) × (0,15)
2
𝐾. ≈ 1,33

4
Questão 8: B 𝐾+/ = 𝐾+ -! × 𝐾++ -# × 𝐾+++
𝐾+++ 𝐾+++
𝐾+/ = ! # ⇒ 𝐾+/ = (𝐾 )! × 𝐾
𝐴𝐵$(') + 𝐵𝐶(') ⇄ 𝐴𝐵% 𝐶(') (𝑚𝑢𝑙𝑡𝑖𝑝𝑙𝑖𝑐𝑎𝑟𝑝𝑜𝑟2𝑒𝑖𝑛𝑣𝑒𝑟𝑡𝑒𝑟) 𝐾+ × 𝐾++ + ++

𝐴!(') + 3 𝐵!(') ⇄ 2 𝐴𝐵$(') (𝑖𝑛𝑣𝑒𝑟𝑡𝑒𝑟)

𝐴!(') + 4 𝐵!(') + 𝐶!(') ⇄ 2 𝐴𝐵% 𝐶(') (𝑚𝑎𝑛𝑡𝑒𝑟)
K:9LB:
𝐵!(') + 𝐶!(') ⇄ 2 𝐵𝐶(')


2𝐴𝐵% 𝐶(') ⇄ 2 𝐴𝐵$(') + 2𝐵𝐶(') 𝐾+ -!

2 𝐴𝐵$(') ⇄ 𝐴!(') + 3 𝐵!(') 𝐾++ -#

𝐴!(') + 4  𝐵!(') + 𝐶!(') ⇄ 2 𝐴𝐵% 𝐶(') 𝐾+++
K:9LB:
𝐵!(') + 𝐶!(') ⇄ 2 𝐵𝐶(') 𝐾+/

Questão 9: B

I. Incorreta. 𝐵 e 𝐶 são reagentes e 𝐴 é o produto da reação estudada.

II. Correta. A reação química estudada é corretamente representada pela equação: 𝐵 + 2 𝐶 → 𝐴

5
𝐵: 𝐶: 𝐴
0,4: 0,8: 0,4(𝑝𝑟𝑜𝑝𝑜𝑟çã𝑜)
1: 2: 1(𝑝𝑟𝑜𝑝𝑜𝑟çã𝑜)
Conclusão: 0,4𝐵 + 0,8𝐶 → 0,4𝐴𝑜𝑢1𝐵 + 2𝐶 → 1𝐴.

III. Correta. Não houve consumo completo dos reagentes, sendo atingido o equilíbrio químico.

IV. Incorreta. A constante de equilíbrio dessa reação, no sentido da formação de 𝐴, nas condições do experimento é
maior do que 1.


𝐵 + 2 𝐶 ⇄ 𝐴
[𝐴]
𝐾@MN>:íL?>9 =
[𝐵][𝐶]!
0,4
𝐾@MN>:íL?>9 = = 16,66666 ≈ 16,67
0,6 × (0,2)!
𝐾@MN>:íL?>9 > 1.

Questão 10: B temos:


(1 − 𝑥) + 2𝑥 = 1,10
𝑁! 𝑂%(BM) ⇄ 2𝑁𝑂!(BM) 𝑥 = 1,10 − 1,0
𝑥 = 0,1 𝑚𝑜𝑙 (𝑞𝑢𝑎𝑛𝑡𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑁! 𝑂%(BM) 𝑑𝑖𝑠𝑠𝑜𝑐𝑖𝑎𝑑𝑎)
𝑖𝑛í𝑐𝑖𝑜 1 𝑚𝑜𝑙 0
𝑟𝑒𝑎𝑔𝑒/𝑓𝑜𝑟𝑚𝑎 𝑥 2𝑥
𝑒𝑞𝑢𝑖𝑙í𝑏𝑟𝑖𝑜 (1 − 𝑥) 2𝑥
Dado que a soma dos componentes é igual a 1,10 𝑚𝑜𝑙,