Você está na página 1de 2

DOS 12 ANOS EM DIANTE

Por volta dos 1 2 anos, ocorre uma outra revolução, com mudanças significativas em todas
as áreas. Há maciças mudanças físicas. os aumentos acentuados nos níveis hormonais
levam a mudanças no tamanho do corpo, nas características sexuais secundárias, etc.

A criança realiza outra mudança em direção à abstração e se torna capaz de raciocinar


sobre coisas que ela pode não ver, pensar sobre seus pensamentos, raciocinar
dedutivamente. Ela também começa outra mudança para longe do egocentrismo. Mas, na
adolescência ela deve aprender uma nova lição: que as relações interpessoais são
diferentemente experimentadas e que as pessoas sentem os mesmos eventos de formas
diferentes.

As mudanças que ocorrem dos 5 aos 7 anos, as mudanças físicas e as interpessoais


consequentes são, provavelmente, as mais importantes durante este período. A criança
defronta-se com a necessidade de lidar com uma forma inteiramente nova de interagir com
os outros, bem como com a aceitação e domínio dos impulsos sexuais novamente
despertos. Em face a tal revolução, as mudanças cognitivas têm apenas um papel 256
coadjuvante.

VISÃO GERAL
A relação hipotética entre a compreensão cognitiva do conceito de identidade sexual e o
processo de identificação sexual é outra área na qual as realizações cognitivas podem ser
os ante cedentes.

As mudanças desenvolvimentais têm múltiplas causas e que o crescimento físico, o


crescimento cognitivo baseado na experiência e o crescimento interpessoal, todos eles
influenciam as mudanças e evoluções observadas.

O problema da síntese de todas as facetas do desenvolvimento é buscar pelos princípios ou


tendências gerais que possam, pelo menos, descrever o processo desenvolvimental mais
coerentemente.
Página
O desenvolvimento da linguagem da criança mostra as duas coisas: ela tem mais palavras
novas para coisas mais precisas e, ao mesmo tempo, ela tem novas palavras
superordenadas que descrevem a relação hierárquica entre as coisas.

Piaget enfatiza outra dimensão importante do desenvolvimento que é a descentralização


gradual da criança. O conceito de egocentrismo, em conexão com a criança pré-
operacional. Mas, o egocentrismo não é uma propriedade exclusiva da criança de 2 a 5
anos; os bebês são ainda mais egocêntricos e o egocentrismo é a única característica que
gradativamente desaparece durante o ciclo total de desenvolvimento.
Citação
Uma terceira tendência do desenvolvimento é a passagem da dependência para a
independência. Obviamente, há uma mudança significativa nas relações interpessoais da
criança, da dependência dos outros para uma maior independência e autonomia.
Quando a criança começa a insistir em fazer coisas sozinhas; mas, pode ser vista uma 256
mudança similar novamente na adolescência, quando a criança pode alcançar um novo
nível de autonomia.

Aproximadamente entre os 7 e 1 2 anos, a criança muda de uma dependência do concreto,


do fisicamente presente, para a habilidade de pensar sobre abstrações, a respeito de coisas
que não estão presentes para serem tocadas ou vistas.

Crianças mentalmente retardadas percorrem todas estas mudanças mais lentamente: elas
são mais lentas nas modificações das relações interpessoais, bem como no
desenvolvimento cognitivo.

E, na medida em que nós percorremos a sequência desenvolvimental, a amplitude de idade


dentro da qual ocorre o desenvolvimento normal torna-se cada vez maior. Por exemplo, a 257
mudança que dizemos ocorrer entre os 5 e 7 anos não dura realmente dois anos para ser
alcançada por uma determinada criança.

Aproximadamente dos 10 aos 15 ou 16 anos, e algumas crianças nunca alcançam


completamente as operações formais. Assim sendo, o ritmo de desenvolvimento varia
bastante, mesmo quando a sequência desenvolvimental — ou, pelo menos, muitos
aspectos dela — permanece a mesma.

Conclusão
Concluo observando que uma das dificuldades encontradas pelos teóricos, na tentativa de
conectar os variados traços do desenvolvimento é que não há uma teoria de
desenvolvimento particular que vai explicar todos os aspectos do desenvolvimento. Freud
descreveu alguns aspectos do desenvolvimento interpessoal, Piaget descreveu o
desenvolvimento cognitivo em grandes detalhes. Eles dois observaram períodos cruciais e
semelhantes, mas, o fato de que coisas importantes parecerem ocorrer aproximadamente
ao mesmo tempo, em diferentes domínios do não, nos diz por que elas ocorrem, surgindo
outros questionamentos.

Você também pode gostar