Você está na página 1de 5

Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC

Centro de Ciências Humanas e da Educação – FAED

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO: Departamento de Biblioteconomia e ANO/SEMESTRE: 2016/1


Gestão da Informação - DBI
CURSO: Biblioteconomia – Habilitação em FASE: 1a
Gestão da Informação
DISCIPLINA: Introdução à Biblioteconomia e TURNO: matutino
Ciência da Informação
CARGA HORÁRIA: 72 horas/aula CRÉDITOS: 04
PROFESSOR(A): Daniela O. Spudeit – danielaspudeit@gmail.com
Ketry Gorete Farias dos Passos – ketry2003@hotmail.com

1 EMENTA
Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação: conceitos e história. Caracterização
das Unidades de Informação. O profissional: formação, currículo, mercado de trabalho e ética.
Legislação profissional. Movimento Associativo.

2 HORÁRIO DAS AULAS


DIA DA SEMANA HORÁRIO CRÉDITOS
Sexta-feira 07h30 às 11h50 4

3 OBJETIVOS

3.1 OBJETIVO GERAL


Desenvolver competências para o aluno compreender a relação entre a informação, sociedade
e a responsabilidade do bibliotecário neste contexto.

3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 Situar historicamente o surgimento e desenvolvimento da Biblioteconomia enquanto


profissão e disciplina científica;
 Compreender as diferenças e as relações entre a Biblioteconomia e a Ciência da
Informação;
 Identificar o fluxo da informação nos dias atuais (Sociedade da Informação);
 Caracterizar o bibliotecário, sua formação, perfil e atuação profissionais;
 Conhecer o mercado de trabalho da área da informação.

4 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I – A Documentação, a Biblioteconomia, a Ciência da Informação


Panorama histórico (mundo, Brasil, SC)
Conceitos básicos: dado, informação, conhecimento, competência.
Documentação.
Biblioteconomia.
Ciência da Informação.
Unidade II – Bibliotecário: caracterização e atuação
Formação do Bibliotecário.
Perfil profissional.
Tipos de Unidades de Informação.
Mercado de trabalho no contexto atual.
Unidade III - Ética e Legislação profissional
Legislação profissional.
Código de ética.
Movimento associativo.

5 METODOLOGIA
O conteúdo proposto será trabalhado a partir de aulas expositivas e debates com base em leituras
direcionadas; trabalhos em grupo e individuais; realização de seminários. Também poderão ser
realizadas palestras e visitas técnicas.

6 AVALIAÇÃO
ATIVIDADE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PESO
Prova escrita (individual). Redação (inclusive ortografia), problematização, 20%
argumentação, embasamento teórico.
Relatório das visitas nas Ortografia, coerência e clareza das ideias, 20%
unidades de informação reflexões teórica e critica.
(grupo)
Trabalhos em sala Integração com membros do grupo, participação, 20%
conteúdo e forma, clareza e coerência.
Trabalho final de disciplina Redação, problematização, argumentação, 30%
(grupo) embasamento teórico, coerência e clareza das
ideias, normalização conforme ABNT.
Participação Assiduidade, pontualidade, cumprimento das 10%
atividades em classe e extraclasse, e a postura do
acadêmico no convívio do ambiente coletivo.
Observações relacionadas à avaliação:
 A prova deverá ser entregue escrita à caneta. Só será realizada prova de segunda
chamada, mediante o pedido deferido pela Secretaria Acadêmica de Graduação,
conforme legislação vigente na instituição. Nenhuma exceção será concedida.
 Não serão aceitos trabalhos acadêmicos fora de prazo. Por prazo entende-se não só
a data agendada, mas também, o horário de aula da disciplina. Nenhuma
exceção será concedida.

7 CRONOGRAMA

DATA CONTEÚDO ATIVIDADE/TEXTOS BASE


26/02  Apresentação do ROBREDO, Jaime. Da Ciência da informação revisitada
e plano de ensino e aos sistemas humanos de informação. Cap.1
04/03 da metodologia da RUSSO, Mariza. Fundamentos em Biblioteconomia e
disciplina. Ciência da Informação. Cap. 1
MCGARRY, Kevin. O contexto dinâmico da informação.
Unidade I – A Cap.1 e 3
Documentação, a TOUTAIN, Lídia M. B. Para entender a Ciência da
Biblioteconomia, a Informação. Cap.1
Ciência da Informação CAPURRO, Rafael; HJORLAND, Birger. O conceito de
 Panorama informação.
histórico e BUCKLAND, M.K. Informação como coisa.
conceitos. ORTEGA, Cristina Dotta. Relações históricas entre
 Relações Biblioteconomia, Documentação e Ciência da
interdisciplinares Informação
com a SIQUEIRA, Jessica Câmara. Biblioteconomia,
Documentação e a documentação e ciência da informação: história,
Ciência da sociedade, tecnologia e pós-modernidade.
Informação. RUSSO, Mariza. Fundamentos em Biblioteconomia e
Ciência da Informação. Cap. 2
PINTO, Virgina et al; Ciência da Informação:
abordagens transdisciplinares. Cap.2
LE COADIC, Yves. A Ciência da Informação.
(Pesquisa orientada no laboratório)
11/03 Programação da Semana do Bibliotecário
(Dia do Bibliotecário 12 de março)

18/03 Unidade II – Bibliotecário: DZIEKANIAK, G.; ROVER, A. Sociedade do


caracterização e atuação conhecimento: características, demandas e
 Sociedade da requisitos.
Informação e do ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo. Sociedade e
Conhecimento Biblioteconomia.
 Aspectos sociais da SOUZA, Francisco das Chagas. Biblioteconomia,
Biblioteconomia educação e sociedade
VALENTIM, Marta. Atuação profissional na área de
informação. Cap.2
25/03 FERIADO SEMANA SANTA
01/04 Avaliação escrita individual
08/04 Unidade II – Bibliotecário: Lei 4.084
caracterização e atuação FONSECA, Edson Nery da. Introdução à
 Formação do Biblioteconomia. Cap.4 e 5
Bibliotecário ORTEGA Y GASSET, José. Missão do Bibliotecário
 Perfil e atuação SOUTO, Leonardo F. (Org). O Profissional da
profissionais Informação em tempos de Mudanças.
SOUZA, F.C. Biblioteconomia no Brasil: profissão e
educação.
VALENTIM, Marta. Profissionais da informação:
formação, perfil e atuação profissional. P.7-30 e
cap.5
15/04 Unidade II – Bibliotecário: OLIVEIRA, Marlene de (coord.). Ciência da
caracterização e atuação Informação e Biblioteconomia: novos
 Mercado de trabalho conteúdos e espaços de atuação.
no contexto atual e VALENTIM, Marta Lígia (org). Atuação profissional
tendências na área de informação
CORRÊA, E.C.D; PRADO, J.M.K. Curadoria digital
VALENTIM, Marta. Profissionais da informação:
formação, perfil e atuação profissional. (Cap.7)
BAPTISTA, Sofia G. MUELLER, Suzana.
Profissional da informação: o espaço de trabalho.
VIEIRA, Ronaldo. Introdução à Teoria Geral da
Biblioteconomia (Cap.22)
22/04 FERIADO ESCOLAR Tema do trabalho final: A responsabilidade social do
 Pesquisa orientada bibliotecário na Sociedade da Informação e do
para o trabalho final Conhecimento
(roteiro)
29/04 Unidade II – Bibliotecário: BAGANHA, F. Novas bibliotecas, novos conceitos.
caracterização e atuação VIEIRA, Ronaldo. Introdução à Teoria Geral da
 Tipos de Unidades de Biblioteconomia (Cap.3)
Informação teoria e ROMANI, Claudia; BORSZCZ, Iraci. Unidades de
divisão de equipes informação: conceitos e competências. (Cap.1)
 Consultoria dos grupos
para elaboração dos
trabalhos finais
06/05 Visita de campo Visita a Unidades de Informação I
13/05 Visita de campo Visita a Unidades de Informação II
20/05 Unidade III - Ética e Páginas web das instituições e entidades de classe
Legislação profissional nacionais e internacionais
Legislação profissional. CFB. Resolução nº 327 de 20/08/86 (Código de
Código de ética. Ética Profissional)
Movimento associativo RUSSO, Mariza. Fundamentos de Biblioteconomia
 Entrega do relatório e Ciência da Informação. (Cap.4)
das visitas de campo
27/05 FERIADO ESCOLAR
 Elaboração do relatório
das visitas de campo
03/06 Apresentação dos
seminários e entrega do
trabalho final escrito
(grupos)
10/06 Encerramento da disciplina e
entrega das avaliações

8 BIBLIOGRAFIA
BÁSICA
CASTRO, César Augusto. Ciência da Informação e Biblioteconomia: múltiplos discursos.
São Luís: Edfama, 2002.
________. História da Biblioteconomia Brasileira: perspectiva histórica. Brasília:
Thesaurus, 2000.
FONSECA, Edson Nery da. Introdução à Biblioteconomia. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos,
2007.
GUINCHAT, Claire, Michel Menou. Introdução geral às ciências e técnicas da informação
e documentação. 2.ed. Brasília: IBICT, 1994.
LE COADIC, Yves-Fronçois. A ciência da informação. 2.ed. Brasília: Briquet de Lemos,
2004. .
MCGARRY, Kevin. O contexto dinâmico da informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1999.
MORIGI, Valdir José; SOUTO, Luzane Ruscher. Entre o passado e o presente: as visões de
biblioteca no mundo contemporâneo. Florianópolis, Revista ACB, v.10, n.2, p.189-206.
Disponível em: http://revista.acbsc.org.br/index.php/racb/article/view/432/552 .
OLIVEIRA, Marlene de (coord.). Ciência da Informação e Biblioteconomia: novos
conteúdos e espaços de atuação. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2005.
ORTEGA, Cristina Dotta. Relações históricas entre Biblioteconomia, Documentação e Ciência
da Informação. DataGramaZero, v.5, n.5, out. 2004.
ORTEGA Y GASSET, José. Missão do Bibliotecário. Brasília: Briquet de Lemos, 2006.
ROBREDO, Jaime. Da ciência da informação revisitada aos sistemas humanos de
informação. Brasília: Thesaurus, 2003.
SIQUEIRA, Jessica Câmara. Biblioteconomia, documentação e ciência da informação: história,
sociedade, tecnologia e pós-modernidade. Perspectivas em Ciência da Informação, v.15,
n.3, p.52-66, set./dez. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pci/v15n3/04.pdf .
SOUTO, Leonardo Fernandes (org). O Profissional da Informação em tempos de
Mudanças. Campinas: Ed. Alínea, 2005.
SOUZA, Francisco das Chagas de.O ensino da Biblioteconomia no contexto brasileiro.
Florianópolis: EDUFSC, 1990.
__________. Biblioteconomia, educação e sociedade. Florianópolis: EDUFSC, 1993.
_________. Biblioteconomia no Brasil: profissão e educação. Florianópolis: ACB:
BU/UFSC, 1997.
_______. Modernização e biblioteconomia nova no Brasil. Florianópolis: NUP/CED/UFSC,
2003.
VALENTIM, Marta Lígia (org). Atuação profissional na área de informação. São Paulo:
Polis, 2004.
__________. Formação do profissional da informação. São Paulo: Polis, 2002.

COMPLEMENTAR
ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo F. Sociedade e Biblioteconomia. São Paulo: Polis, 1997.
BAPTISTA, Sofia; MUELLER, Suzana. Profissional da informação: o espaço de trabalho.
Brasilia: Thesaurus, 2004.
BRASIL: Leis, Decretos, etc. Lei nº 4084 de 30/06/1962.
BUCKLAND, M.K. Information as thing. Journal of the American Society for Information
Science (JASIS), v.45, n.5, p.351-360, 1991.
BRASIL: Leis, Decreto nº 56725 de 18/08/1965. Diário Oficial, Rio de Janeiro, ago. 1965.
CAPURRO, Rafael; HJORLAND, Birger. O conceito de informação. Perspectivas em CI, v.12,
n.1, p.148-207, jan./ abr./2007.
CYSNE, Fátima P. Biblioteconomia: dimensão social e educativa. Fortaleza: EUFC, 1993.
CFB. Resolução nº 327 de 20/08/86 (Código de Ética Profissional)
DZIEKANIAK, G.; ROVER, A. Sociedade do conhecimento: características, demandas e
requisitos. DataGramaZero - Revista de Informação, v.12, n.5, out. 2011.
OHIRA, Maria de Lourdes Blatt, et al. A trajetória da Biblioteconomia em Santa Catarina.
Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina. v.4, n. 4, p. 144-158, 1999.
PINTO, Virgínia B. et al (Org.). Ciência da Informação: abordagens transdisciplinares.
Fortaleza: Ed.UFC, 2007.
RANGANATHAN, Shiyali R. As cinco leis da Biblioteconomia. Brasília: Briquet de Lemos,
2009.
ROMANI, Claudia; BORSZCZ (Orgs). Unidades de informação: conceitos e competências.
Florianópolis: EDUFSC, 2006.
RUSSO, Mariza. Fundamentos de Biblioteconomia e Ciência da Informação. RJ: E-
Papers, 2010.
TOUTAIN, Lidia M. (Org.) Para entender a Ciência da Informação. Salvador: EDUFBA, 2012.
VALENTIM, Marta Lígia (org). Profissionais da informação: formação, perfil e atuação
profissional. SP: Polis, 2000.
VIEIRA, Ronaldo. Introdução à teoria geral da Biblioteconomia. RJ: Interciência, 2014.
Obs. O Plano de Ensino é flexível e pode ser alterado durante o semestre.

Você também pode gostar