Você está na página 1de 3

04/11/2020 SEI/MPMG - 0570172 - Despacho

SEI 19.16.2213.0047087/2020-03

PORTARIA
PA - Acompanhamento de Políticas Públicas n.º MPMG0024.20.013174-6

Tendo em vista que o Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado
de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP), tornou pública a abertura de editais para recebimento de propostas
de entidades sem fins lucrativos, interessadas em participar de processo de seleção pública para celebração de
contratos de gestão com objeto de cogestão da medida socioeducativa de internação nos centros
socioeducativos Horto, Santa Clara, CEAD Lindéia, Santa Helena, São Jerônimo e Andradas, situados no
município e Comarca de Belo Horizonte, e considerando:
1º) que a boa gestão do atendimento socioeducativo é premissa fundamental para o alcance
dos objetivos das medidas socioeducativas aplicadas a adolescentes em conflito com a lei, cabendo ao
Ministério Público zelar pela oferta adequada dos programas de atendimento e pela qualidade da política de
atendimento socioeducativo, na forma do artigo 201, inciso XI da Lei Federal nº 8.069, de 13 de julho de
1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA);
2º) que também é função do Ministério Público zelar pelos direitos assegurados aos
adolescentes privados de liberdade, na forma dos artigos 124 e 201, inciso VIII do mesmo Estatuto;
3º) que o modelo de cogestão das unidades socioeducativas de internação que está sendo
proposto poderá impactar de forma relevante as rotinas das unidades afetadas, sob vários aspectos,
especialmente no que se refere à gestão pedagógica, administrativa, financeira e de recursos humanos;
4º) que chegaram ao conhecimento do Ministério Público uma manifestação assinada pela
Senhora Presidente da Associação de Amigos e Familiares de Pessoas Privadas de Liberdade de Minas
Gerais/Agenda Nacional pelo Desencarceramento e outro documento intitulado manifesto contra a cogestão
no socioeducativo, assinado por diversas entidades, movimentos, coletivos e agentes políticos, ambos
contestando a proposta de cogestão das unidades socioeducativas referidas nos editais publicados pelo Estado
de Minas Gerais, ao argumento, em síntese, de que poderá gerar retrocessos na condução da política
socioeducativa do Estado;
5º) que o sistema de cogestão no atendimento socioeducativo já é adotado pelo Estado de
Minas Gerais, há vários anos, em todas as unidades de semiliberdade existentes no Estado e nas unidades de
internação dos municípios de Passos e Patrocínio;
5º) considerando, finalmente, que o Procedimento Administrativo é o instrumento
adequado para acompanhar e fiscalizar, de forma continuada, políticas públicas ou a atividade de instituições
vinculadas às suas respectivas atribuições, nos precisos termos do artigo 1º, inciso II, da RESOLUÇÃO
CONJUNTA PGJ CGMP Nº 1, DE 28 DE AGOSTO DE 2019,
baixa-se, com base também no artigo 201, inciso VI do Estatuto da Criança e do
Adolescente (Lei Federal nº 8069/90 – ECA), a presente PORTARIA para dar início a PROCEDIMENTO
ADMINISTRATIVO, com a finalidade de acompanhar o processo de seleção pública para celebração de
contratos de gestão com objeto de cogestão de medida socioeducativa de internação nos centros
socioeducativos Horto, Santa Clara, CEAD Lindéia, Santa Helena, São Jerônimo e Andradas, situados no
município e Comarca de Belo Horizonte.
Registre-se como notícia de fato. Após, promova-se o registro do presente PA no Sistema de
Registro Único – SRU, conforme previsto na Resolução Conjunta PGJ/CGMP nº 01, de 28/08/2019, bem
como o cadastro no SEI/MPMG.
file:///C:/Users/Kids/Downloads/Despacho_0570172.html 1/3
04/11/2020 SEI/MPMG - 0570172 - Despacho

REPRESENTADOS: Estado de Minas Gerais - Secretaria de Estado de Justiça e Segurança


Pública –Subsecretaria de Atendimento Socioeducativo (SUASE)
DESCRIÇÃO DO FATO: acompanhamento do processo de seleção pública para celebração
de contratos de gestão com objeto de cogestão de medida socioeducativa de internação nos centros
socioeducativos Horto, Santa Clara, CEAD Lindéia, Santa Helena, São Jerônimo e Andradas, situados no
município e Comarca de Belo Horizonte.
Juntem-se os Editais SEJUSP nº 03, 04 e 06, com os seus respectivos anexos, bem como a
apresentação em powerpoint disponibilizada pela SUASE, a manifestação assinada pela Senhora Presidente
da Associação de Amigos e Familiares de Pessoas Privadas de Liberdade de Minas Gerais/Agenda Nacional
pelo Desencarceramento e o manifesto contra a cogestão no socioeducativo.
Para conhecimento, encaminhe-se cópia da presente ao Senhor Advogado-Geral do Estado,
ao Senhor Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, à Subsecretaria de Atendimento
Socioeducativo (SUASE), ao Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público do Estado de Minas Gerais _
SINDPÚBLICOS-MG, à Senhora Coordenadora do CAODCA/MPMG, ao SEFIA e demais Órgãos de
Execução desta 23ª PJDDCA/BH/INFRA, À Juíza Titular da Vara Infracional da Infância e Juventude e à
Associação de Amigos e Familiares de Pessoas Privadas de Liberdade de Minas Gerais.
Os ofícios destinados à AGE e Secretaria de Estado deverão ser encaminhados através do
Excelentíssimo Sr. Procurador Geral de Justiça, na forma do § 9º do artigo 67 da Lei Complementar nº 34, de
12/09/2994, na redação dada pela Lei Complementar nº 80, de 09/09/2004.
As demais comunicações poderão ser feitas diretamente aos destinatários, por meio
eletrônico.
No ofício destinado à SUASE, sejam requisitadas informações, no prazo de 10 (dez) dias,
sobre as razões que determinaram a opção pelo modelo de cogestão, critérios para a escolha das
unidades envolvidas, possíveis vantagens e desvantagens que vislumbra na cogestão, tratamento que
será dado aos servidores das unidades socioeducativas afetadas, destinação que será dada aos
equipamentos e bens patrimoniais em geral das mesmas unidades e a forma como se dará
a participação do Estado nessa proposta de cogestão, do ponto de vista financeiro, administrativo,
metodológico e de seleção e formação de recursos humanos, além de outras informações que entender
relevantes, especialmente relatórios de avaliação disponíveis sobre a experiência de cogestão nas
unidades de Passos e Patrocínio.
Afixar cópia da presente portaria no quadro de avisos da 23ª PJDDCA/BH/INFRACIONAL.
Cumpra-se.
Belo Horizonte - MG, 29 de outubro de 2020.

Márcio Rogério de Oliveira


139º Promotor de Justiça da Capital

Documento assinado eletronicamente por MARCIO ROGERIO DE OLIVEIRA, PROMOTOR


ENTRANCIA ESPECIAL, em 03/11/2020, às 16:27, conforme art. 22, da Resolução PGJ n. 27, de 17
de dezembro de 2018.

A autenticidade do documento pode ser conferida no site http://www.mpmg.mp.br/sei/processos/verifica,


informando o código verificador 0570172 e o código CRC 1EDDB8FF.

Processo SEI: 19.16.2213.0047087/2020-03 / Documento SEI: 0570172 Gerado por: PGJMG/BHPJ/BH23PJ/BH23PJIN/BH23PJIN-


file:///C:/Users/Kids/Downloads/Despacho_0570172.html 2/3
04/11/2020 SEI/MPMG - 0570172 - Despacho
CPJ/BH23PJIN-SEP

RUA RIO GRANDE DO SUL, 604 - Bairro CENTRO - Belo Horizonte/ MG - CEP 30170110

file:///C:/Users/Kids/Downloads/Despacho_0570172.html 3/3