Você está na página 1de 92

Destrave

vídeos

facebook
twitter
flickr
youtube

Buscar por: Buscar Pesquisar

Reportagens
Artigos
Internauta
O que é?
Quem Faz?

“De repente 30”... e solteiro!


artigos

Por Sandro Arquejada

“Entrar na terceira década, frequentar lugares onde está a rapaziada de 22, 23 anos e querer competir
com eles chega a ser, em certos casos, ridículo.”

Não é raro, nos dias de hoje, encontrar pessoas que já tenham atingido os 30 anos e ainda estejam
solteiras. Há algumas gerações, talvez isso tenha sido um mau sinal, pois a maioria se casava por
volta dos 20 ou 25 anos. Provavelmente, com nossos pais ou na geração deles tenha sido assim. Com
nossos avós o casamento acontecia ainda mais cedo, entre 15 e 19 anos.
Os tempos mudaram, os planos das pessoas
e o meio em que elas vivem se tornaram diferentes. Antigamente, quando alguém se tornava adulto (entenda-
se adulto alguém em condições de trabalhar e produzir como “gente grande”), a família já se preocupava
com um casamento para ele. Hoje não!

Atualmente, pensa-se que, primeiro, o indivíduo deve cursar uma faculdade ou aprender um ofício; depois,
estabilizar-se profissionalmente para adquirir certa estrutura financeira. Só, então, procurar alguém para se
casar. Esse pensamento nós o incorporamos [com os anos], apesar de ele não ser essencial à felicidade.
Basta verificar se aos 25 anos, apesar de querer se casar, você se preocupava tanto com isso. Quais eram
suas prioridades nessa etapa da sua existência?

Quando entramos na terceira década de nossa vida, parece que alguma coisa acontece em nosso interior,
uma consciência nova, uma responsabilidade maior, sobretudo, com nós mesmos. Parece “cair a ficha” de
que a metade da nossa vida passou, mas ainda nos falta providenciar coisas essenciais como o casamento.

Segundo os entendidos, ao entrar nessa idade, já não somos mais considerados jovens, pois
atravessamos, definitivamente, a fronteira entre a juventude e a idade adulta. Já ouvi dizer que
essa consciência se repetirá na barreira dos 40 anos. Você se verá como um cidadão sênior.

Entrar na terceira década, frequentar lugares onde está a rapaziada de 22, 23 anos e querer competir com
eles chega a ser, em certos casos, ridículo. Um ambiente de garotada já não é tão acolhedor aos trintões,
pois, apesar de existir muita gente bonita e em boa forma, aos 30 anos é certo que a natureza irá lhe impor
seus efeitos comuns. Contudo, nessa altura da vida, a maior crise é ainda estar solteiro. Muitos se perguntam: “Por que
ainda estou solteiro? Por que não aparece uma boa pessoa para eu namorar? É algum problema comigo?”.

“Abra seu coração, saia de casa, faça amizades. Naturalmente, a paquera acontecerá” Sandro
Arquejada

Antes de tentar responder essas perguntas, vamos refletir amplamente sobre a situação. Como pontos
positivos, as pessoas ‘pós-30’ têm a seu favor o fato de que muitos são bem resolvidos profissionalmente.
Então, oferecem ao parceiro (a) certa estrutura material, estabilidade financeira e emocional, já que é menos
provável uma virada radical em sua situação, ou esta acontecerá de forma gradual. Geralmente, [pessoas
nessa idade] já tiveram, pelo menos, um relacionamento de namoro; teoricamente, devem saber lidar melhor
com as diferenças. Elas têm bem definida a escolha de sua religião; por isso possibilitam ao pretendente a
chance de medir e alinhar melhor seus ideais aos dele, verificar se cabem ou não na vida dessa pessoa.

Visto isso, preciso provocá-lo a responder, sinceramente, para si mesmo: “Todas as coisas pelas quais você
lutou para alcançar não lhe geraram alguns efeitos colaterais?”
Você não está solteiro, porque se envolveu com suas prioridades de estruturar a vida e deixou um pouco de
lado o campo afetivo? Será que você não trocou sua dedicação e seu tempo de cultivar boas amizades e
estar com pessoas parecidas com você por horas de estudo e trabalho? Sobre o que você sabe conversar?
Planilhas, mercados ou coisas voltadas à sua profissão? Há pessoas que usam técnicas de paquera da
mesma forma como lidam com seus clientes.

A idade, as coisas que aprendeu e até as pedras do caminho, que o trouxeram até aqui, não o fizeram ter
manias demais? É natural o tempo passar e você ficar mais exigente para se envolver. O exigente busca
qualidades que antes ele criou para si, ou seja, oferece algo muito bom ao parceiro. Mas aquele que cria
manias fica cada vez mais chato, quer impor ‘regrinhas’ de comportamento ao outro ou cobra valores que
ele mesmo não oferece.

O fato de ter que planejar, desenvolver metas e meios para alcançar seus objetivos não o fez pensar em sua
vida afetiva como algo calculado, planejado? Em um protótipo de mulher ou homem ideal, perfeito? É bom
deixarmos claro que tal pessoa não existe.

Estar solteiro é a pior coisa do mundo?

Quando o tempo passa e a pessoa certa não aparece?

Um príncipe num cavalo branco: será que ele vem?

Deixe-se surpreender pelas pessoas com aquilo que elas têm dentro de si. Não tente fabricar o
outro. As maiores riquezas e os maiores dons que uma pessoa tem fluirão naturalmente nela. Ela
os manifestará espontaneamente. Abra seu coração, saia de casa, faça amizades. Naturalmente, a
paquera acontecerá.

Você faz sua parte? Investe em si mesmo? Lê bons livros e se enriquece de conteúdo? Você deixa as suas
chatices de lado e tenta ser mais simpático, sorrir mais aonde você chega?

Reconciliou-se com sua história passada, com seus medos e traumas? Perdoou pessoas? Você busca
entender a si mesmo e seus processos interiores? Tudo isso, antes de fazê-lo uma pessoa mais sociável e
interessante para os outros, fará bem a você mesmo.

Digamos que, após uma análise pessoal, você perceba que tem tudo isso ou, pelo menos, está bem
encaminhado. Ainda, assim, dentro de você, existe uma pergunta: “Por que ainda estou sozinho (a)?”. Faça
essa pergunta para Deus. Somente Ele pode lhe revelar o propósito de você ter a vocação ao matrimônio,
mas ainda estar só.

Às vezes, a resposta d’Ele pode não ser na hora, mas, com certeza, Deus falará com você. Muitas
vezes, perguntamos algo a Ele, na capela, mas colhemos o silêncio. No entanto, depois de sair de
lá, em algumas horas ou em outro dia, temos a resposta pela qual esperávamos.

Lembro-me de que fiquei cerca de seis anos sem namorar. Foi nítido para mim que, nesse tempo, Deus
trabalhou minha visão e o modo de eu me relacionar com o ser feminino. Na Comunidade Canção Nova,
por meio de amizades puras, o Senhor pôde transformar meu interior, meu conceito em relação às mulheres.
Todos precisamos ser olhados com pureza. Talvez Deus ainda esteja lapidando você.

O importante é não perder a esperança, pois ela é a certeza de que Deus tem sempre o melhor para nós.
Quem não tem esperança não tem motivação para viver.
A esperança faz com que aquilo que parece ser o fim tome as cores de uma nova possibilidade. Então,
chegar aos 30 anos não é o fim, mas o começo de uma nova etapa.

Não se desespere, não mantenha seu foco na ausência, mas nas promessas de Deus. Talvez você esteja mais
perto do que nunca da pessoa que o fará feliz.

*Sandro Arquejada – é missionário da Comunidade Canção Nova e autor do livro “As 5 Fases do
Namoro“

Compartilhe no Facebook

Com partilhar 1,5 mil

Compartilhe no Twitter

Tweet

Compartilhe no Google+

Compartilhar 3

Assine o FEED

Assinar

Tem algo a dizer sobre o tema? Participe!

nome (obrigatório)
e-mail (obrigatório - não se preocupe, não será publicado)
Enviar

270 Comments to ““De repente 30”... e solteiro!”

1. Dayse
27 de fevereiro de 2014 03:52 Permalink
Oi vi este artigo por acaso mesmo, pois adoro olhar o site da canção nova…estou há poucos meses
de fazer 30 anos, mas com cara e vivência ainda de uma adolescente, pois sempre tive medo de me
relacionar e me machucar…desde a minha adolescência tinha um sonho de formar uma família, mas vi
que simplesmente não bastava eu querer, pois existem circustâncias que não se podem mudar
nada..namorei aos 19 anos com um rapaz pouco tempo, mas foi o suficiente para eu me envolver
emocionalmente…só que depois não deu certo..resultado:ele se casou com outra pessoa e teve
filho..mas o pior estava por vir, eu ainda o amava muito, e pouco depois ele faleceu..quase 2 meses
antes dele partir, ele me ligou perguntando como eu estava,,parecia q tava se despedindo..e me disse
que era pra eu me cuidar…fiquei tão triste que praticamente entrei em depressão..achei que Deus
havia me castigado por tê-lo amado tanto…passou-se 7 anos e hoje estou aqui chorando novamente,
não por estar solteira, mas sim por gostar de outra pessoa que conheci perto de onde moro, mas que
preferiu se relacionar com outras pessoas a me conhecer melhor, porque na cabeça dele eu não “valia
a pena”, assim eu me pergunto: O que foi que eu fiz de errado?pra sempre amar alguém e não ser
correspondida?e por que quando gosto de alguém parece que sempre perco para outra pessoa?
parece quando finalmente que vejo que posso investir, eu levo uma rasteira da vida…que diz:não,
vocÊ não nasceu para ser amada…olha se isso não for castigo, nem sei mais o que pensar..inclusive
isso mexeu até com a minha fé…não deixei de acreditar em Deus, só deixei de acreditar que algumas
coisas não são possíveis para Ele..inclusive deixar vivo quem a gente ama muito…desculpa é o meu
desabafo, de uma pessoa que já não acredita mais que esse amor exista, e que não vale a pena amar,
pois a dor de amar é maior do que a de não amar…digo isso porque me interessei por outros rapazes,
sempre pensando em ser legal, agradável e sincera..beleza?não tenho, mas eu tbm não tenho culpa…
acho que o meu maior pecado é somente este:amar demais….Sabe qual é o maior medo?é de estar
correndo atrás de uma ilusão, uma utopia, de que esse tal amor só exista no mundo da fantasia, só foi
feito para algumas pessoas privilegiadas, e que merecem mais..ah e antes que pense que estou só me
queixando e não faço nada…eu faço faculdade, e estou atrás de um estágio, para poder não ficar com
a mente vazia..e não saio muito, é porque a maioria das minhas amigas da minha faixa de idade,estão
casadas e curtindo suas famílias, ou seja gente solteira por perto paraece que causa repulsa..sem falar
no constrangimento que tem quando tenho que dizer a minha idade, sendo que me caham bem
novinha, ou seja parece que não passo maturidade..olha é fácil falar, mas quem é mulher e está na
minha idade sabe o que é ver os outros sorrindo e sendo felizes com quem gostam..daí você ver o ano
passar e continua a mesma coisa, a mesma vida..isso é horrível, os anos passam e você vê seu sorriso
se apagando..se eu ainda fôsse bonita ou tivesse dinheiro talvez as coisas seriam diferentes……

Responder

sol
27 de fevereiro de 2014 11:59 Permalink

Calma, que vc ainda tem esperança, pois esta chegando nos 30, pior eu que estou chegando
aos 40 e nunca tive ninguém, so quem vive isso sabe o que realmente a dor da solidão, o difícil
é aceitar a realidade e se conformar com a situação, so Deus na causa.

Responder

DAYSE
27 de fevereiro de 2014 22:41 Permalink

Não Sol, no meu caso também me preocupo, pois os homens estão cada vez mais
exigente em relação às mulheres não basta ser bonita, tem que ser linda rica, jovem e
famosa…sem falar no fato que o meu corpo já não é o mais mesmo, apesar deu sempre
ter sido magrela(mas nunca fiz sucesso por isso,pois os rapazes se interessavam pela as
minhas amigas mais novas que tinham corpo de mulher), mas você vai vendo os sinais da
idade chegando e os olhares quando você diz que tem 30?nossa vc já devia tá casada e
com filhos..isso machuca, pois sempre quis ser mãe e formar uma família..imaginei que
isso não seria tão complicado pois busquei sempre amar sinceramente, sem levar em
questão fator social nem econômico…e no fim das contas descobri que nunca era a
pessoa certa para quem eu queria…aí vejo pessoas que sempre foram totalmente fora
dos prceitos serem felizes e você não…hoje fico pensando se a minha castidade e a
minha sinceridade serviram parq quê?para eu perceber que nem isso fez alguém se
interessar por mim…aí penso que isso tudo não seria uma forma de u ser mais infeliz?

Responder

ANA
10 de julho de 2015 12:39 Permalink

Puxa vida…lendo essa matéria e os comentários…me vi escrevendo tudo isso…Achei


esse artigo justamente num desses dias de muito choro e solidão…aquelas horas q se
quer achar a resposta imediata e emqlqr lugar…espero sinceramente que passado mais
de um ano voces tenham mudado tudo isso.

Sol..também estou quase nos 40 e sem ninguém…mesmo q seja horrível essa situacao,
fiquei feliz em ver que não sou a unica que sofre tanto com isso, e a possibilidade de
poder falar com pessoas que estao na mesma situacao, é um conforto. Por que as
pessoas não compreendem e ainda se torna um constrangimento falar sobre isso com
outras pessoas.

Gostaria de manter contato com voces…nada melhor que falar com alguem que fala a
mesma lingua que a gente não é mesmo..

Responder

Josi
8 de março de 2014 14:27 Permalink

Querida, não fique assim, pois já parou pra pensar que a luz que tem dentro de voce às vezes
deves iluminar o mundo e as pessoas de outra forma que não necessariamente no namoro ou
casamento.Todos viemos a uma missão, mesmo que às vezes não seja a que mais nos deixa
felizes materialmente. O casamento é algo bom,e que tem momentos de infelicidade tb, mas
confesso que talvez não são mesmo pra todas as pessoas.. Talvez a missão mais sublime de sua
existencia seja outro caminho mesmo.

Responder

Léo
11 de outubro de 2015 00:30 Permalink
Isso é mentira! Na biblia tem q o homem nao nasceu pra ser sozinho! É por isso q eu me
pergunto qual será o meu problema!!! Desde a minha adolescencia foi assim…cheguei a
ficar c algumas pessoas.. namorei 2 rapazes já… mas parece q isso ñ é p mim

Responder

Mona
14 de março de 2014 12:39 Permalink

OI, Dayse, li seu post e me identifiquei demais com ele, parecia que vc estava contando a minha
história… Tenho 31 anos e tb estou sozinha e isso me dói tanto, tanto, tanto! Eu sempre quis
viver uma mor, ter uma pessoa comigo, casar… Hou ve um tempo em que eu achei que estava
fazendo as coisas errado, pq pecava e tal, aí resolvi mudar e fazer td certinho, na esperança de
Deus me abençoar com o meu José, mas as coisas só pioraram, e o que mais revolta ou
entristece é justamente vc ver pessoas que vivem no pecado, não seguem a Deus casadas,
felizes e vc sozinha. A gente realmente chega a se perguntar se Deus esqueceu da gente. E
odeio qdo alguém vem falar que pode ser que minha vocação não seja o matrimônio, cara eu
fico com ódio, eu sei o que eu quero: ter uma família! O amor que eu possa dedicar a meus
pais, amigos etc, é totalmente diferente do amor entre um homem e mulher e insubstituível! Eu já
rezei muito, mas as coisas não mudam, hoje eu já nem rezo com a mesma fé, é muito difícil!
Apesar de saber que para Deus nada é impossível. às vezes, eu rezo pedindo que se for pra
ficar só neste mundo, que ele me leve logo pra junto dele, o céu é 10000x melhor que aqui!

Responder

Monique
10 de agosto de 2014 23:13 Permalink

Parece que vc tá contando a minha história. Mas um dia Deus dará a resposta para nós.

Responder

ney
22 de março de 2014 15:27 Permalink

Olá, Dayse Você é jovem ainda, não perca as esperanças…rnsabemos que a espera doi mais
espera no Senhor ele tudo fara. Força Deus lhe abençoe

Responder

Thiago
2 de abril de 2014 12:27 Permalink

Sua vida vai mudar, agora, é só você querer e acreditar: Veja este video
https://www.youtube.com/watch?v=SeAvo2PhClQ e procure ( amanhã ) na internet ”
Gasparetto 02/04 “neste está a resposta…. logo vão postar o video do programa dele no
youtube, não tem ainda porque acabou de acontecer o programa. Ele fala a verdade que todo
mundo QUER ouvir, todo mundo que quer mudar a vida para melhor, então ouça, até o fim.

Responder

Line
26 de maio de 2015 20:10 Permalink

Dayse, me encontro na msm situação que vc. Tenho 29 anos, rezo para Deus me unir com
alguém que amo muito….a tristeza disso é a raiz de doenças graves que sofro.

PIOR que as doenças é sentir que TODO MUNDO PODE AMAR…MENOS VC

Dói, machuca…me sinto miserável.

Faço faculdade, tenho planos definidos…

Mas nada supera ter um amor…

Minha fé é abalada por isso…. Que Deus tenha misericórdia de nós.

Responder

solitario
6 de outubro de 2015 20:34 Permalink

Eu tenho quase 40 anos, não encontro ninguém, fiz duas faculdades e trabalho, enfim o
tempo passou dediquei ao trabalho e ao estudo.
Não dediquei ao amor, e hoje me culpo pela minha falta de iniciativa.
Fico feliz que tem pessoas como eu, isso me conforta.

Responder

Melissa
8 de junho de 2015 22:10 Permalink

olá tenho a mesma idade e passo exatamente pela mesma situação, acredite você não esta
sozinha

Responder

narci da cunha
28 de novembro de 2015 16:03 Permalink

acredite em Deus! se for da vontade Dele, você encontrará um amor correspondido!

Responder

Ricardo pereira
23 de dezembro de 2015 07:07 Permalink

Dayse, vendo o que você escreveu só afirmo uma coisa, quem deve amar e o homem por que
digo isso! Se você observa a bíblia ela fala nos deveres dos casados e é bem claro: “maridos,
amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo entregou por ela.””assim
também os maridos devem amar a sua mulher como ao próprio corpo. Quem ama a esposa a si
mesmo se ama.” Para você Dayse seu dever é respeita-lo. Como homem digo:quando o
homem ama ele procura até o fim conquitala e te dor um Conselho você nunca amou você se
apaixonou ficou sonhando coisa de adolescente viva a vida com mais alegria sorria aproveite
enquanto está solteira pois nenhum homen gosta de mulher chata! Um bj. Seja feliz por dentro
exercitar isso é questão de repetição.força gata!

Responder

Ricardo pereira
23 de dezembro de 2015 07:21 Permalink

Você está agindo como adolescente usando a paixão pra se relacionar. como homem vou te
ajudar: deixe o amor para o homem se ele quer ele corre atrás.viva a vida seja feliz,procure ser
flexível respeite ele sempre e ser sempre apoio. um toque: como e que você age com seus
amigos trate ele como seu amigo e nao como posse. voce vera suas qualidades e defeitos mais
rápido e não usará a paixão de adolecente voce dayse tem a chance de amadurecer. Desculpe
ser duro mais prefiro vê-la feluz. Leia efesio 5:22-33 e diga quem deve amar. Sempre vai ser o
homem e a você o respeito Boa sorte

Responder

2. Lenise
28 de fevereiro de 2014 22:44 Permalink

Olá Dayse, td bem? Li suas postagens e me identifiquei com algumas situações que vc relatou. Não é
fácil, a gente sofre demais com essas coisas de relacionamento amoroso. Ter sentimento por alguém e
não ser correspondida é uma das piores sensações que um ser humano pode experimentar. Se for
desse modo, melhor não amar ninguém, ou melhor dizendo: melhor amar outras pessoas, sejam nossos
pais ou amigos verdadeiros. O amor é um sentimento extenso e existe sob inúmeras formas, de um
modo que mesmo uma pessoa que não encontre a cara metade, poderá amar e ser amada por outras
pessoas e de outros jeitos! É complicadíssimo ver outras mulheres de nosso círculo de amizades ou
familiar, realizar os sonhos de ser esposa e mãe (e algumas nem fizeram tudo tão “certinho” assim) e a
gente sempre “sobrar”. Tive a fase de querer largar a Igreja, pois fazia de tudo para “esperar em
Deus” e não via resultado. E também me fazia mal ver os casais, as famílias que lá frequentavam, ver
que os outros conquistaram o que eu não tive oportunidade de conquistar. Enfim, é tudo muito
complicado, contei tudo isso para você ver que não está sozinha, que mais pessoas passaram pelo que
vc hoje está passando. Tenha fé, tudo passa, mesmo que as coisas não se resolvam do jeitinho que
queremos! Se achar que necessita de ajuda profissional (da psicologia, por exemplo), não hesite em
procurar. Eu consegui me resolver por mim mesma, comecei a me apegar no que deu certo na minha
vida (meu trabalho, minha família e amigos), pois chegou num ponto que a vida sentimental mal
sucedida estava atrapalhando toda a minha vida. Faltou muito pouco para que eu caísse no “poço”,
com certeza foi Deus quem me puxou da borda e me colocou em pé novamente, mas também tive que
ser muito forte e “matar um leão por dia”. Você é muito jovem ainda, não perca as esperanças e torço
para que encontre a pessoa certa, mas tenha em mente que casamento não é garantia de felicidade,
muitas mulheres são violentadas física ou psicologicamente pelos companheiros. Portanto, se for para
a sua felicidade, valerá a pena, caso contrário, invista em você, faça novos amigos, viaje, realize
sonhos. Boa sorte e um grande beijo!

Responder

DAYSE
4 de março de 2014 04:30 Permalink

Olá Lenise, obrigada pelo o aconselhamento..talvez uma dia isso tudo passe, não quero viver a
vida achando que estou correndo atrás de algo que não existe…pois o meu coração já está
cansando de sofrer…quero pensar nos meus estudos e na minha carreira profissional, acho que
é o melhor que faço mesmo..

Responder

3. Michel
2 de março de 2014 22:01 Permalink

Tenho 26 anos e durante toda minha vida nunca teve nenhuma garota que gostasse de mim. Acho que
nasci para viver sozinho. É triste você ver todos os seus amigos de infância tendo uma vida ao lado de
alguém que ame de verdade, enquanto você continua sozinho. Ninguém até hoje me disse que me ama
ou gosta de mim. Amigos eu não tenho nenhum. Não sei porque ninguém fora da minha família gosta
de mim. No momento a solidão tem sido minha compahia. Para piorar eu sou tímido demais e isso
atrapalha muito a minha vida. É muito triste pois entra ano e sai ano e continuo solitário seja no lado da
amizade e relacionamento amorozo. De todos os colegas de infância, sou o único que nunca namorou
ninguém. Muitas vezes eu me pergunto: O que eu estou fazendo neste mundo ? Não saio muito de
casa, o único local que eu frequento é a Missa da minha paróquia, pois não gosto de lugares que
pessoas da minha idade geralmente frequentam.

Responder

jessy
4 de março de 2014 19:36 Permalink

Acho que aqui no site poderia ter um chat para as pessoas que buscam deus se conhecerem

Responder

Maria
13 de março de 2014 19:25 Permalink

Também acho Jessy, o chat poderia voltar.

Responder
Juliana
15 de março de 2014 00:44 Permalink

A paz de jesusrnrnGostei deste artigo mas ao ler alguns comentários fiquei um pouco
triste de ver alguns comentários um pouco desacreditados da vida.Acho q temos q ter
mais fé em Deus e em nós também.Todos nós nascemos pra ser amados e ,é para o
amor que Deus nos chama.rnMês passado ocorreu um cruzeiro no Rio de Janeiro só
para cristãos solteiros,fiquei pensando q nós da igreja católica devíamos fazer algo do
tipo ,poderia ser um retiro,um chat,um grupo no facebook ,algo só para nós solteiros
católicos que queremos ter um relacionamento santo.Acho q toda essa exposição de
opiniões não foi à toa, aconteceu para q nos ajudássemos uns aos outros,vou
disponibilizar o meu email e todos vocês disponibilizem seus emails para conseguir
montar um grupo no facebook.Meu é jujuu20@oi.com.br /facebook juliana pachecornA
paz de Jesus a todos

Responder

Tânia Oliveira
28 de agosto de 2015 09:18 Permalink

Tambem concordo. Estou com 32 anos e solteira tambem. Minha maior dificuldade é
relacionamento, tenho um bloqueio, medos, e a rede social me ajuda muito a dar o
primeiro passo para conhecer alguem, falar com alguem.

Responder

Rosi
22 de abril de 2016 12:29 Permalink

Concordo.

Responder

sol
4 de março de 2014 19:42 Permalink

Michel, vc ainda é muito jovem, o seu DIA vai chegar, mas tenha uma atitude, talvez bem
próximo tem alguma menina de olho em vc só esperando vc falar um simples oi, e dessa
amizade se transformar em um grande amor, sei o quanto a solidão dói, pois estou passando
por essa situação, mas tenha esperança. Boa sorte. Deus o abençoe.

Responder

Anderson Lima
12 de março de 2014 12:30 Permalink
Michel, entendo o que você está falando, pois o seu depoimento parece que retrata a minha
vida…Tento ser forte mas parece que a cada dia que passa a solidão vai crescendo ao meu
redor não sei o que acontece comigo, a cada dia que se passa é dia a menos de esperança que
se vai em encontrar alguém. Não sei mais o que fazer, para não sofrer tanto acho melhor me
contentar com a solidão mesmo.

Responder

Luciana
17 de junho de 2014 12:39 Permalink

Calma Michel,rnNão perca a sua fé. Acredite! Deus trabalha o tempo todo para nos trazer o
melhor.Tente fazer alguma atividade mesmo que ligada a Igreja, seja mais participativo, vá a
lugares onde gostaria de encontrar uma pessoa de Deus.

Responder

RODRIGO
12 de janeiro de 2015 08:53 Permalink

BAH… IGUAL,A MINHA SITUAÇÃO.. EU TENHO 34 ANOS… VIVO DESSE


JEITO….. SEI O QUE É ISSO……

Responder

4. Alessandra
6 de março de 2014 17:11 Permalink

Eu já até me acostumei a ser só. Com o passar do tempo a solidão já nem incomoda mais. Porêm, o
doloroso são os comentários e a pressão que alguns familiares, amigos e conhecidos exercem sobre
mim. É como se eu fosse portadora de alguma doença e estivesse recusando tratamento. Detalhe:
Ainda nem cheguei aos 25 anos.nMinha relação com Deus está fortemente abalada por conta disso,
estou muito revoltada e triste. Sou incapaz de rezar um Pai Nosso ou qualquer outra oração. Não é
culpa minha ser solteira, não é culpa minha se nunca me quiseram. Só queria que as pessoas que me
cercam compreendessem isso.

Responder

sol
7 de março de 2014 19:08 Permalink

Alessandra, tudo que acontece em nossas vidas e nos deixa triste não é culpa de Deus, nós
somos responsáveis pelos caminhos que percorremos, e quando estamos angustiados somente
Deus pode tirar a angustia da nossa alma, vc é muito nova, tenha esperança e fé que um rapaz
muito bacana vai aparecer na sua vida também estou muito triste e desesperada, pois tenho 37
anos e nunca tive ninguém, saiba que tem histórias piores que a sua. Boa Sorte. Deus abençoe.
Responder

Alessandra
8 de março de 2014 13:20 Permalink

Oi Sol!rnEu sei que nós somos responsáveis pelo caminho que trilhamos, mas acredito
que Deus poderia interferir, não poderia?rnEntendo que Sua misericórdia é infinita e
quando um de Seus filhos passa por uma grande dor na vida, Ele age e envia socorro a
alma daquele sofre. Não é assim? rnSabe, eu também nunca tive um relacionamento e
sequer fiquei com um rapaz. Posso dizer que tive uma vida de renúncia no que diz
respeito a envolvimentos amorosos (o que não significa que eu nunca tenha errado nessa
área), me guardo e me guardei para um amor que viesse de Deus. Não, não foi nada fácil
e ainda não é. O passar do tempo só faz essa cruz pesar mais e mais. O passar dos anos
é cruel. Ontem, eu era uma adolescente e hoje sou uma adulta com os mesmos sonhos,
com os mesmos anseios. Sempre quis formar a minha família. Mas, sinceramente a
situação está cada vez mais desconfortável. É humilhante demais ver que apenas você em
seu círculo social optou por esperar a pessoa certa, enquanto outros que sequer
pensavam assim conseguiram facilmente encontrar alguém e construíram lindas famílias.
Não consigo entender. É como se agir de acordo com a vontade de Deus fosse o errado
e que certas são as pessoas que simplesmente vivem as suas vidas a seu modo, sem se
importar com a vontade do Criador dos Céus. Não é exagero quando digo que a falta
de um amor tem me tirado a paz. É uma situação extremamente dolorosa, e
definitivamente não sei mais o que fazer.

Responder

Alessandra
8 de março de 2014 14:28 Permalink

Só um esclarecimento:rnNo primeiro comentário havia mencionado que a solidão


já nem incomodava mais e que já havia me acostumado a ser só. Sim, de fato a
vida toda fui só e essa é a situação que vivo e sempre vivi. Sempre fui solteira e
meio que aprendi (a duras penas, claro) a conviver com a solidão. Posso até
“aceitar” a condição de solteirona, entretanto, não me CONFORMO com isso.
Talvez seja porque ainda possa existir uma pequena ponta de esperança ou pode
ser apenas que eu esteja com dificuldades de descartar o meu sonho de
adolescência que é formar uma família.

Responder

sol
12 de março de 2014 12:46 Permalink

Nossa, Alessandra, sua situação parece muiiiito com a minha, apenas nos
resta ter esperança e esperar a misericórdia de Deus, ou se conformar e
permanecer triste, pq é dolorido vermos tantos casais, todos realizando
seus sonhos, principalmente familiares, amigos e a gente parada no tempo, e
ainda conviver com as piadinhas infelizes. Quando acontecer algo novo,
conte sua vitória, tá? desejo que sejas feliz.

Eury
25 de junho de 2015 11:50 Permalink

Alessandra, procure analisar se você não esta se fechando demais para as


pessoas, a maioria das vezes a timidez acaba com as oportunidades que Deus
manda, é igual aquela história que um homem estava em uma enchente e pedia
ajuda a Deus, e Ele mandava as pessoas no barco oferecendo ajuda, e o homem
recusava, pois estava esperando por Deus…Eu tbm passei por isso, e fui
percebendo que eu que afastava os pretendentes, por estar esperando por Deus,
mas Deus já estava mandando… Procure não entrar na onda da sociedade que
fica exigindo os padrões de felicidade, pq a sua vida cabe a vc mesma decidir, eu
passava pela mesma coisa!!! Como é chato e frustante p gente! Pq além da gente
cobrar da gente mesmo, as pessoas ainda ficam pressionando! Tinham pessoas
que falavam até que um milagre seria se um dia m vissem com alguém! Se vc casa
cedo, o povo fala, se vc espera, casa tarde, o povo fala, se vc tem 10 filhos, o
povo fala, se vc não tem filhos, o povo fala… Enfim procure cuidar de vc mesma
enquanto não chega a pessoa p vc, e ñ dê ouvidos as besteiras q o povo fala, e
tbm p as próprias besteiras q pensamos! Eu achei interessante um comentário aqui
q dizia, que existem muitas mulheres q são casadas, com filhos e que sofrem muito
nas mãos dos maridos, agressões, traições, vícios etc… essas coisas as vezes é
uma prisão! Mude um pouco o ponto de vista pessimista, eu sei q ñ é fácil, mas a
vida pode ser vista por outro ângulo!…
E tiveram que engolir o meu milagre!! Pois casei para a glória de Deus, com um
homem de Deus! Os que zombavam foram envergonhados, pois eu creio no Deus
de milagres!!!
Deus te abençoe!!!

Responder

Elaine do Carmo
13 de março de 2014 09:50 Permalink

Olá Sol. Sua história de vida é a minha. Tenho 36 anos e também estou solteira. Tive
apenas um namorado e tivemos 5 meses de relacionamento. Desde então permaneço só.
Assim como quase todos, recebo olhares e comentários maldosos por ser solteira –
como isso dói!!!!!!! Assim como a Elisa também me disseram que pode ser maldição.
Frequento a Igreja, sou catequista, sou formada, trabalho, estou fazendo pós graduação,
mas ainda me sinto solitária. Do meu círculo de amigos, todos casados e com filhos – é
duro ver essa situação. Como você me pergunto: onde erramos???? Por quê Deus
demora tanto em nos responder? No meu grupo de oração, quando pedi para orarem
por mim me disseram que Deus reservou o matrimônio para mim e de que a graça estava
chegando… onde está???? Isso foi a 2 anos atrás…nessa Quaresma pedi para Deus me
ajudar a viver esse deserto de forma sábia – sem muito pensar na minha situação.
Participo das Vigílias da Canção Nova em SP – quando o Padre que está conduzindo a
adoração ao Santíssimo pede para a assembléia clamar o seu milagre, já não tenho mais
forças para pedir, porque a anos eu peço, e peço, e peço… Mas ainda…resta um fio de
esperança que tento mantê-lo aceso pela força do Espírito Santo, porque as minhas
falham.

Responder

5. Michel
8 de março de 2014 09:34 Permalink

No meu caso, acho que nasci pra viver na solidão. Pois com tímidez, ansiedade, medo de falar com as
pessoas, ser ignorado o tempo todo, preconceito pelo meu geito de ser… Quem garota iria se
interessar por uma pessoa que tem vergonha até de falar no telefone ? NINGUÉM. Sempre me olham
com cara de poucos amigos. Pelo jeito vou ser forever alone para sempre. Como vou melhorar se não
posso falar o que estou sentindo pra ninguém ? Ou seja, essas coisas eu guardo pra mim mesmo, pois
é a única coisa q posso fazer. Sem amigos, sem colegas, muito menos namorada, então o jeito é
aguentar calado. Até hoje foram 26 anos de NADA relacionado a essas coisas: Amizade, vida social
e namorada.

Responder

Sandro
12 de março de 2014 12:18 Permalink

Michel, blz. Vc já identificou que é timido e tals. Mas, o que vc tem feito para melhorar isso. De
boa cara, isso tem cura. Busque ajuda, vc é novo e não precisa viver o resto da vida assim. O
texto acima diz exatamente isso “Você faz sua parte? Investe em si mesmo?…Reconciliou-se
com sua história passada, com seus medos e traumas? Perdoou pessoas? Você busca entender
a si mesmo e seus processos interiores? Tudo isso, antes de fazê-lo uma pessoa mais sociável e
interessante para os outros, fará bem a você mesmo”

Responder

Cupido
12 de março de 2014 12:45 Permalink

Michel e Alessandra … pq não se apresentam um ao outro? Deixem seus emails ou Facebook


aqui! Vai que… se não der certo, fica a amizade!

Responder

Jaqueline
12 de março de 2014 12:47 Permalink

Michel, queria falar pra você e todos que aqui se expressaram.rnVou contar um breve relato de
minha história, pois talvez possa ajudá-los.rnTenho 28 anos, sou advogada, em início de
carreira.Hoje moro com uma minha irmãzinha de 10 anos, que para mim é um orgulho e motivo
de vida.rnPor ter perdido minha mãe muito cedo, aos 48 anos e com a necessidade de terminar
minha faculdade, cuidar da minha pequena, da casa e dar apoio ao meu pai, minha vida
amorosa ficou de lado.rnTive alguns relacionamentos breves, que sempre me deixavam
machucada. Eu queria alguém que fosse companheiro, amigo, trabalhador e que respeitasse a
mim e minha pequena. Foi o que pedi a Deus, por muito tempo, mas nunca dava certo. Quando
em 2012 resolvi mudar, fiz um propósito de oração: eu ficaria um ano (2013) mais voltada para
Deus, para a Igreja, grupo de oração no qual eu sirvo, buscando sempre a castidade para me
decidir se queria mesmo um matrimônio ou viver em missão. Pois sempre vi na caridade uma
forma de ser mais feliz. rnEu já não me interessava em sair ou me relacionar com qualquer
rapaz.Mas em julho de 2013, passei a dar mais importância às conversas que tinha com um
rapaz pela internet, já há 1 ano e meio. Geralmente essas histórias dão errado, né?!Mas
acredito que, como eu não estava me socializando, foi a forma que Deus encontrou pra me
ajudar.Nós morávamos no mesmo bairro, tínhamos amigos em comum, porém ninguém nunca
nos apresentou. Resolvi encontrá-lo e dar mais uma chance ao meu coração. Pensei que
poderia quebrar as barreiras que tinha em minha vida, timidez, impaciência com
relacionamentos, traumas, medos…tudo que atrapalhava minha vida amorosa. Hoje posso te
dizer com alegria, que deu certo. Estamos juntos a 6 meses, ele é um rapaz muito amável,
respeitador, batalhador e temente a Deus.E, apesar dele frequentar a religião protestante,
quando nos conhecemos, hoje ele está comigo, na Igreja Católica. Depois de muitas orações,
jejuns e entrega, o Senhor me ouviu! Tenha fé, sempre, mesmo que o seu sonho pareça
impossível! Grande abraço a todos!

Responder

Quellyn
12 de março de 2014 13:04 Permalink

é meu povo não anda fácil pra ninguém….rnChegando aos 30 sem afetos, sem
relacionamentos.rnSomente Deus meus para nos confortar

Responder

Michel
13 de abril de 2014 17:04 Permalink

Xará…rsrnBonito nome heim! kkkrnCara passei por isso muito tempo e hj sei que tudo é no
tempo de Deus! Se anime, saia mais, faça amizades e verá que aos poucos esse sentimento se
afasta de vc!rnGrande abraço e Deus te abençoe!

Responder

clarice
4 de setembro de 2014 10:40 Permalink

michel meu nome e clarice eu nao sou muito de sair tamb sou caseira estou a procura de
um casamento hj em tinha e dificil passei por muito dificuldade no namorro…

Responder
6. Eduardo
12 de março de 2014 12:02 Permalink

Estou com 25; solteiro…o que me incomoda as vezes é saber que a maioria das pessoas que conheço
e convivo são casadas ou namoram e eu estar só…quando chega final de semana ai é pior pois não
tenho com quem sair, sou tímido.. um dos motivos de estar só,..mas o que me ajuda superar essa
solidão é minha família é..fé em Deus,quem sabe um dia chego la.

Responder

7. Eduardo
12 de março de 2014 12:06 Permalink

talvez um chat ou site de relacionamento católico seria interessante

Responder

Samira
14 de abril de 2014 18:02 Permalink

Tenho 22 anos e concordo plenamente Eduardo… o namoro Cristão pode sim começar na
WEB…um Chat católico seria algo muito bom…

Responder

Joyce
13 de junho de 2014 22:48 Permalink

Concordo com sua ideia … Seria bacana mesmo.

Responder

8. Elisa
12 de março de 2014 12:10 Permalink

A gente sempre acha que o nosso problema é maior que o do outro. Tenho 34 anos, solteira, e duas
irmãs, uma de 35 e outra de 38, todas solteiras e duas desempregadas. Não é fácil… Seus amigos se
afastam, os familiares, a sociedade lhe julga o tempo todo, quando não falam em maldição. Eu já
cansei de sofrer, de desabafar com Deus, mas continuo rezando porque me fortaleço e sigo meu
caminho esperando um dia algo acontecer.

Responder

9. Fran
12 de março de 2014 12:26 Permalink
Vi a foto desta menina e ri alto. Parece eu!rs

Responder

10. Roque Benedito da Silva Jr


12 de março de 2014 12:27 Permalink

TENHO 41 ANOS E NÃO ME SINTO VOCACIONADO PARA O MATRIMÔNIO.

Responder

11. Luciana
12 de março de 2014 15:09 Permalink

Não percam a esperança! Deus é sempre bom e sabe o que faz e sempre faz o melhor para nós. Eu
também passei por vários momentos difíceis na minha vida amorosa. Sempre escutei que tinha que
correr atrás, porque não podia “ficar pra titia”. Também sempre achei que estava sempre um nível
abaixo de outras mulheres, porque queria viver a castidade e teria que achar um homem que aceitasse
isso. Fiquei mais de 5 anos sem namorar e foi com 26 anos que eu comecei a namorar o rapaz que é
agora meu noivo. Eu sei que às vezes a gente acha que vai ficar solteiro para sempre, que nunca vai
achar ninguém, mas o que eu recomendo é não deixar de acreditar.Deus faz tudo no tempo certo, só
que o tempo dele ás vezes não é igual ao nosso. Também recomendo usar esse tempo para cuidar de
si mesmo, aprendendo a ver seus pontos positivos, qualidades e treinando para melhorar os defeitos.
Eu também sou muito tímida, mas fui me forçando a fazer amizades com o pessoal da igreja, fui
procurando coisas para fazer para os outros. Fui tocar na missa e entrei em um grupo do pessoal lá da
minha paróquia e foi tocando na missa que conheci meu noivo. Entrem em algum grupo da igreja de
vocês. Vão fazer algum trabalho voluntário, algum trabalho na igreja, pois assim vocês vão conhecer
pessoas boas. Lembrem-se que TODOS merecem ser amados e são amados por Deus! E que Deus
não castiga ninguém! E que a solução não é parar de fazer o que vocês acham certo, só pra talvez
conseguir algo que nem seja tão bom assim. Quando a gente faz a vontade de Deus, as coisas
acontecem do melhor jeito pra gente, mesmo que demore! Aprendam a se amar primeiro, a se
valorizar, a se cuidar! Depois aprendam a amar quem vocês já têm na sua vida. As pessoas se sentem
atraídas por pessoas alegres, de bem com a vida. Mas ninguém gosta muito de ficar perto de alguém
que sempre se faz de vítima ou que reclama da vida o tempo todo, ou que está sempre pra baixo. Eu
digo isso porque tenho tendência de ficar assim, mas me esforço para não me deixar levar pelo
desânimo e pela timidez e me esforço para estar sempre grata pelo que tenho e para ser agradável
para quem está do meu lado.

Responder

Li
12 de março de 2014 17:24 Permalink

Olá pessoal! Que bela partilha…. Também me identifiquei com vocês, não é fácil estar solteira,
a sociedade nos cobra o tempo todo,mas sempre me lembro, que infelizmente os valores
vividos por muitos não são aqueles dos quais eu vivo, viver a castidade não é fácil, somos
ridicularizados, Mas tenham a certeza Deus ouve o nosso clamor, e sabe o que é melhor para
cada um de nós.rnrnPs: Sabe eu não estava com vontade de escrever nada, mas fiquei
pensando na dor de cada um, e pensei em deixar uma sugestão pra todos(as), mesmo para
aqueles que não conseguem rezar, coloquem todas essas pessoas em suas orações e conversas
com Deus. Abraços

Responder

Regis
12 de março de 2014 21:36 Permalink

Tenho 31 anos e continuo sozinho tbm, é dolorido mesmo. Acaba atrapalhando as outras
partes da vida, desmotiva. Mas temos q ter fé e buscar o precisa melhorar.rnrnSou de
Uberlândia e meu e-mail: regis.peres@hotmail.comrnFacebook: Regis CaixetarnrnVamos nos
corresponder e aproveitar esta oportunidades de nos conhecemos, esse alguém q procuramos
pode estar aqui.rnrnAbraços!!!

Responder

Eury
25 de junho de 2015 12:14 Permalink

Olá Luciana! A sua história se parece com a minha! Gostei muito dos conselhos! E
principalmente no q vc disse:
“Quando a gente faz a vontade de Deus, as coisas acontecem do melhor jeito pra gente, mesmo
que demore!”
Deus te abençoe!!

Responder

12. FRANSIELLI
12 de março de 2014 15:16 Permalink

OI TENHO 30 ANOS AINDA MULHER NÃO CASEI AINDA NÃO CASEI NEM UMA
VEZES NÃO TENHO FILHOS ACHO QUE SOU CARETA AINDA SOU SERIA? ACHO
QUE NASCI NA DECADA ERRADA HOJE OS RAPAZES NÃO QUEREM NAMORAR SO
FICAR? NÃO GOSTO DE FESTA DE BALADAS SO VOU NA IGREJA EM ALGUMA
PIZZARIA SAIO MUITO POUCO TDAS MINHAS AMIGAS JA CASARAM TEM FILHOS,
SOBRANDO FIQUEI MUITO AGIGANTE + ATE. COMO EU FAÇO PARA ACHAR UM
NAMORADO? POUCO D QUALIDADE? NÃO PUBLICAR….. NO SITE OBRIGADO PELA
ATENÇA…..SE PODER DE DAR CONSELHOS OK..

Responder

13. João Marques


12 de março de 2014 16:04 Permalink

Gostei do texto Sandro.


Responder

14. Marcelo
12 de março de 2014 19:17 Permalink

Compartilho com todos a dor de estar sozinho numa idade mais madura. Tenho 42 anos, ainda não
sou casado, nem tenho filhos, minha namorada que é bem mais nova que eu acabou de me deixar,
depois de três anos de namoro. Gostava muito dela e estou entrando em parafuso. Nunca a traí,
apenas estava enrolando um pouco prá decidir as datas de noivado e casamento, mas acho que isso
não é motivo suficiente prá terminar um relacionamento de três anos. Sou uma pessoa de igreja, fui
padrinho dela de crisma, ajudei aonde pude. Não sei o que fazer, aonde vou só consigo pensar nela.
Quero muito, muiiiito ter uma família, ter filhos. Não sei o que fazer, a impressão que tenho é que
minha vida acabou, que por causa da minha idade não vou conseguir conquistar meu sonho de ter uma
família. Estou rezando muito prá superar essa situação, pedindo ajuda a Jesus e N.Senhora, mas
parece que não conseguir superar esse momento.

Responder

Lenise
13 de março de 2014 20:49 Permalink

Olá Marcelo, boa noite! Entendo sua dor, pois sofrer por amor, perder quem amamos, de fato
é complicado em qualquer idade. Tirando este fator, penso que você não deve pensar que sua
vida acabou! Muitos homens são pais com a sua idade e muito mais! Pode apostar, que, para
nós mulheres, passar dos 40, é uma “sentença de morte” para constituir família, pois as coisas
começam a ficar complicadas para engravidar e também os homens da nossa faixa etária (os
raríssimos, que querem algo sério!) buscam mulheres bem mais novas! Portanto, uma mulher
“quarentona”, para conseguir constituir família, precisa ter muuuuiittaaaaa sorte, em vários
aspectos! Desejo muitas felicidades para você, que muito em breve você consiga ser feliz, seja
se reconciliando com sua ex-namorada ou encontrando uma outra menina pois, com certeza,
existem muitas jovens em busca de um homem para constituir família! Boa sorte e um grande
abraço!

Responder

Mõnica
12 de junho de 2014 12:17 Permalink

Marcelo tenho 40 anos e sei o quanto é difícil qdo alguém que gostamos simplesmente chega e
termina a relação….busque a Deus e ofereça o que tem nesse momento, se for lágrimas, dor,
decepção enfim oferta á Ele e peça o entendimento para que Ele te mostre e te ensine o que é
necessário nessa situação e acalme o seu coração amado de Deus, pois em tudo Ele tem um
propósito e o melhor para cada um de nós….lá na frente vc vai entender o PRA QUE Dele ter
permitido essa situação, e tenha a certeza foi para a sua felicidade….A PAZ DE JESUS E DE
MARIA esteja em seu coração…

Responder
15. O psicólogo
12 de março de 2014 22:09 Permalink

Parece que tem muita gente depressiva por aqui por causa de relacionamento ou falta dele né?!
Vamos sacudir a poeira gente .. E o moderador da página ( acho eu ) que deveria intervir, dar umas
palavras motivadoras porque o astral tá baixo..rnVamos olhar os santos de nossa Igreja, muitos
tiveram momentos dificeis até mesmo no campo afetivo e superaram .. rnGalera de Deus, vamos
acatar o conselho do amigo ali em cima: Criar um chat e começar a se relacionar melhor, acredito que
Deus vai abençoar .. Não foi atoa esse artigo! Paz e Bem !

Responder

Cássia
13 de março de 2014 18:43 Permalink

Pois é O PSICOLOGO…rnrnConcordo com você sobre o moderador dar o ar da graça…


responder aos leitores…rnrnNão é de hoje que eu comento os artigos e não tenho resposta…
Éh, para n]ao ser injusta, uma vez apenas que um moderador respondeu o meu questionamento
sobre o artigo da época…rnrnMas essa história de um chat… sim, seria bacana… uma
ferramenta para aproximar, reunir pessoas cristãs católicas que tem como interesse fazer
amizades santas e consequentemente relacionamentos amorosos santos…rnrnO mundo virtual
também precisa estar em nosso favor… tem tanto chat mundano… porque não criar um chat
para católicos… Até os evangélicos têm…rnrnA Igreja precisa sim ser conservadora e
tradicional em alguns aspectos… mas noutros (penso eu) precisa estar no “tet-a-tet”… precisa
ser dinâmica… a tecnologia e tal… Estamos num mundo não é… precisamos então
acompanhar esse dinamismo… claro sem perdermos o autenticidade e a moral catolica…
rnrnParabéns… gostei do seu comentário… e quem disse sobre o chat também merece o meu
parabéns!!!

Responder

Mõnica
12 de junho de 2014 12:10 Permalink

Gostei da ideia PSICÓLOGO de criar um chat….e é triste ver que as pessoas relacionam a
felicidade com o OUTRO….já passei por essas fases todas..rsr….tenho 40 anos e estou na
minha melhor fase…estou namorando Deus…me curando e me preenchendo com Deus e os
amigos….preencho minha vida com oração, leitura da bíblia, amigos, família e fazendo tudo que
gosto…e Galera não podemos fazer ninguém Feliz se antes não tivermos FELIZES….só se
pode dar aquilo que temos…então meninas se amam, se valorizem, fiquem belas, pois somos
templos do espírito santo…A PAZ POVO LINDO DE DEUS!!!!!

Responder

16. Dry
13 de março de 2014 00:14 Permalink
É engraçado que por infinitas vezes sempre pensei que a solterice só acontecia comigo, ler todos estes
comentários me fortalece de alguma forma. Já estou com 31 anos e um pedacinho da história de cada
um de vocês tbm já aconteceu comigo, deste de ser muito tímida quando o assunto é relação amorosa
até o fato de não me ter relacionado com nenhum homem consta no meu histórico de vida. Quantas
lágrimas já derramei, quantas vezes perguntei á Deus pq q todas as meninas namoravam menos eu,
quantas vezes já rezei pedindo ajuda pra arranjar um namorado, mas nada. Acredito que exista um pq
pra tudo isso que nós não conseguimos entender, a única coisa que sei é que Deus quer o nosso bem,
ele nos ama mais do que ninguém. Eu tento seguir a minha vida estudando, trabalhando, graças á Deus
tenho amigos maravilhoso e que “aturam” a minha solterice e uma família que me respeita. Pra todos
desejo que não percam a fé, Deus sabe o que é melhor pra cada um de nós e quem sabe daqui a
algum tempo não estaremos compartilhando que não estamos mais solteiros ou solteiros sim mais
felizes!!

Responder

17. Angelica
13 de março de 2014 00:35 Permalink

Olá, pessoal… Lendo os comentários me identifiquei com a maioria, pois todos passamos por esta
situação que tanto nos aflige interiormente, pois mexe com a nossa autoestima. Tenho 36 anos e
sempre sofri com a solidão e com o complexo de inferioridade. Vi quase todas as minhas amigas
passando por tantas experiências de relacionamento e eu sempre sozinha… é angustiante. Sempre
pedi a Deus que colocasse em minha vida uma pessoa boa, de fé, que tivesse os mesmos objetivos
que eu. Já ouvi de muitas pessoas coisas desagradáveis e humilhantes e perdi a conta de quantas vezes
ia dormir em prantos por não me sentir amada. Conheci um rapaz da igreja, pensava que a gente fosse
dar certo, mas ele começou a namorar outra, isso sempre aconteceu e eu sempre me sentia rejeitada.
Tive alguns relacionamentos com pessoas que só me fizeram de otária e me decepcionei muito. Então
decidi mudar meu comportamento, viajei, conheci outras pessoas, mas mesmo assim continuei sozinha.
Mas agora estou passando por uma situação delicada, pois há quase dois anos quando iniciei um novo
emprego fiz amizade com um rapaz que trabalha comigo, na época até estava saindo de uma tristeza
por ter sido rejeitada novamente (e nem queria mais me relacionar com ninguém) e ele estava em um
casamento infeliz. Ficamos muito amigos, mas cada um na sua vida. No final de 2013 ele se separou e
logo em seguida nossa amizade se intensificou e agora assumimos um namoro, pois ele disse que me
ama e é uma pessoa muito íntegra. Descobri que o amo também porque já éramos amigos antes.
Porém estou passando por uma situação que está me deixando triste, pois as pessoas estão nos
julgando achando que ele saiu de casa por minha causa, quando na verdade eu sempre o respeitei.
Vejo que as pessoas julgam muito, mas nunca se aproximaram de mim para me dar uma palavra de
conforto quando eu chorava sozinha no meu quarto. Sei que não é de Deus o divórcio, mas eu não
tive culpa, pois assim como ele merece recomeçar sua vida eu também mereço ser feliz e não aceito o
julgamento dos outros, pois acredito que mesmo dessa forma foi Deus quem o colocou em meu
caminho, pois estamos muito felizes. Vejo que até as pessoas da igreja ‘jogam muitas pedras’, mas
quero deixar bem claro que nunca quis destruir a família de ninguém, pois sou uma pessoa temente a
Deus e estou sofrendo com esses julgamentos e digo a todos aqui que não desanimem e não tenham
medo de ser feliz, pois apesar de tudo eu acredito que está sendo muito abençoado. Ainda espero de
Deus a realização do sonho de me casar e ter filhos, pois ele já tem dois que eu quero amar e ajudar a
cuidar com muito carinho. Que Deus possa olhar por cada um de nós. Amém!

Responder
Penélope
17 de março de 2014 17:45 Permalink

A Paz, Angelica! Eu não poderia lee o seu comentário e me calar… isso seria pecado de
omissão. Por isso, só te digo uma coisa: CUIDADO! Ore bastante, jejue muito, e implore a
Deus que confirme se esse seu relacionamento é mesmo da vontade dEle e se foi
verdadeiramente enviado por Ele! Não faça como eu!rnPassei por uma situação semelhante no
ano passado; um “ex-sei lá o quê” meu (nem sei como chamar porque não fomos exatamente
namorados, só “ficamos” juntos algum tempo há quase 9 anos atrás), e em março de 2013 o
bendito resolveu “ressuscitar” do nada. Ele ficou 6 anos casado e não mantínhamos nenhum
contato, desde que “terminamos” há quase 9 anos atrás nunca mais tínhamos nos visto. Ele teve
2 filhos, um faleceu e ficou uma menina de 3 anos. Como disse anterirmente, ele “ressuscitou”
do nada, reapareceu sem prévio aviso. Começou me telefonando, pois tinha me achado na
internet há um tempão atrás e trocamos telefone, mas nunca nos falamos. Um belo dia, do nada,
resolveu me ligar. Eu achando que ele era uma pessoa íntegra da mesma forma que eu achava
quando estávamos juntos, pensei que ele jamais me ligaria querendo voltar comigo se ele ainda
estivesse casado, e como eu achava isso, nunca perguntei em nenhuma de nossas conversas
pelo telefone se ele estava separado e ele também nunca me disse se havia se separado ou não.
Foi indo e eu acabei me deixando envolver mais uma vez, porque eu me lembrava dele com
carinho de vez em quando, sonhava com um “recordar é viver”, pois foi um tempo muito feliz
que vivemos juntos… (e bláblá blá). Resumindo a história, ele me enganou. Me machucou, me
magoou, me destruiu espiritualmente, porque eu nunca pensei em cometer o pecado do
adultério na minha vida, poiseu sempre considerei esse o pior de todos os pecados, porque fere
tanto a pessoa traída, que você não tem ideia da dimensão que esse ferimento vai tomar
naquela vida…, enfim. E ainda estava desposta a abrir mão da minha fé, de tudo o que a Bíblia
e a minha Igreja sempre me ensinou, por exemplo, que é adultério se relacionar com alguém
que já tenha sido casado anteriormente, que eu não poderia realizar o grande sonho da minha
vida de me casar na Igreja, ter filhos consagrados e formados na minha fé católica, enfim…
Nem batizar meus filhos eu ia poder… Mas eu cega de tristeza, infeliz e cansada de tanta
solidão (pelos mesmos motivos compartilhados aqui pelos irmãos) e, principalmente, distante de
Deus e da Igreja, sucumbi a isso, a uma coisa que eu nunca sonhei para mim nem sequer nunca
imaginei, por conta de carinhos, companhia, e amor, que agora eu sei que era falso, era tudo
falso, tudo mentira e ilusão! Foi uma armadilha muito bem planejada pelo demônio para me
fazer cair totalmente em desgraça e entregar para ele a única coisa que por algum motivo Deus
ainda tinha de mim, que era a minha castidade; guardada sofridamente por longos anos. 19
anos, considerando o tempo que eu cresci, já que hoje estou com 34 anos. Me deixei seduzir e
me envolver na ilusão que o demônio preparou para mim, de que finalmente tinha acabado
meus tempo de solidão, de vazio, de frustração, e que eu finalmente ia realizar meu grande
sonho de me casar e ter filhos, porque essas promessas jorravam feito mel da boca do
“falecido”, e eu realmente achava que Deus não ia se importar com “pequenos detalhes”
importantíssimos que a Bíblia e a Igreja me ensinaram a vida toda, porque tinha sido o próprio
Deus que finalmente tinha olhado para mim, visto e reconhecido meu sofrimento de anos sendo
rejeitada, vivendo sozinha e sem amigos, num Estado diferente, numa cidade estranha, cheia de
gente esquisita; que Deus finalmente tinha notado a minha dor, porque eu já estava doente com
aquele situação, volta e meia eu ficava deprimida, sem condições de levantar da cama para
tomar um banho sequer… Eu já tinha tentado me “encaixar” no mundo, mas claro que eu não
consegui; não levo o menor jeito para piriguete ( O QUE ESTÁ EM MIM É MAIOR DO
QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO” I João,4). Enfim, só com tempo mesmo para partilhar a
minha história toda, porque é muita confusão, Davi cometeu adultério e você deve conhecer a
história; viveu longos anos felizes com Betsaida, mas pagou um preço doloroso pelo seu
pecado. Mas e aí, Deus não é de confusão, Deus é de Paz e nos dá a sua Paz, as coisas que
provêm dele são coisas de e com Paz, quem é que veio para nos confundir? E quanto as
sacramentos da Igreja, eu poderia mesmo ignorá-los? Eu estava cega e perdida nas minhas
misérias, as quais eu estava dando maior importância do que ao próprio Deus que prometeu:
“FAREI DA ESTÉRIL MÃE DE FILHOS” , “FAREI COM QUE OS SOLITÁRIOS
HABITEM EM FAMÍLIA”, e tantas outras promessas de amor e de Paz. Eu caí, fiquei com
ele mesmo ele estando casado, segundo ele somente no papel ainda, porque havia se mudado
para a casa da mãe dele que morava no andar de baixo da casa na qual ele vivia com a esposa
e a filha; aquela velha história, o casamento não está bem, eu vou me separar… Mas Deus é
tão infinitamente bom, e me ama com tanto amor, QUE ME LIVROU dessa situação em
menos tempo do que eu poderia imaginar, e LIVRAR é palavra correta, perfeita mesmo,
DEUS ME LIVROU daquela situação de morte a qual eu estava me entregando da melhor
maneira possível: com dor. E antes que eu sucumbisse ao pecado, e ao pecado do adultério de
maneira total. Deus não permitiu que eu tivesse nenhuma relação sexual de fato com esse meu
ex, nem uma vez sequer, embora as condições fossem mais que propícias para isso. Os
amassos sim, rolaram intensamente, mas na hora h, eu sempre recuava, porque não era aquilo
que eu queria, não era da maneira como eu queria e muito menos do jeito que eu sempre
sonhei. Deus não permitiu que eu entregasse a minha castidade, que hoje eu sei, era o único elo
praticamente que ainda me ligava a Ele, Deus não permitiu que eu entregasse a minha castidade
de graça para o demônio; que usou de uma história tão bonita entre 2 jovens, usou da nossa
fraqueza de estarmos ambos longe de Deus, para nos matar a vida com infelicidade, nos roubar
de Deus, e nos destruir enquanto pessoas humanas, porque ia ser isso que ia acontecer. E fico
pensando como seria agora se eu tivese feito sexo com ele, teria sido a minha primeira vez, com
33 anos; depois de tanta espera em Deus, morrer na areia depois de tanto nadar contra a
corrente… Eu estaria destruída senão morta, literalmente, usada e jogada no lixo; porque o tal
ex me deixou um mês depois, sem quê nem porquê; da mesma forma que reapareceu,
desapareceu; se deu ao trabalho apenas de me dizer que tinha voltado para a casa dele e que ia
continuar casado. Assim, sem mais.rnSofri feito uma cachorra, porque até então eu realmente
queria acreditar naquela mentira e viver aquilo, mais do que tudo, porque realmente só nós e os
irmãos que partilharam sabem como é a dor de se ser só, de se ter sonhos que não se realizam,
de implorar a Deus fazendo tudo certo, cumprindo todas as regras, tomando nomes e apelidos
desagradáveis por ser virgem com tantos anos “nos dias de hoje”, e se sentindo mal por isso e
por seus amigos todos, até os que você viu na barriga das suas mães já estarem casados e com
filhos, e você encalhada. Mas o que mais me fez sofrer, o que ainda até hoje me faz chorar, é
como eu pude ter ofendido tanto a Deus, e logo com este pecado abominável! Me sinto como
Judas, que vendeu Jesus por algumas poucas moedas… e pior do que a vergonha diante de
Cristo, a vergonha da humilhação que eu passei e tudo mais de ruim que eu me permiti viver
nessa história, porque, infelizmente, ficam as lembranças e eu tenho que conviver com elas, é a
dor da vergonha de não ter coragem de me confessar! Quase 1 ano depois, eu sei que Deus me
perdoa, que foi Deus quem me libertou daquelas amarras que o encardido tinha preparado para
mim, eu me pergunto como eu pude fazer aquilo… rnMas o que eu quero que você perceba é
isso: se você sempre sonhou não só simplesmente com um casamento, mas como eu, com o
SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO, como você pode se contentar com míseras migalhas
de se “amigar” ou se amasiar com um homem, ou só se casar no cartório e não ter uma vida
plena de comunhão com Deus distante dos sacramentos? Eu ignorava essa pergunta, e me
convencia de que Deus era grande e misericordioso o bastante para transformar desgraça em
graça, pecado em bênção, e que tinha sido o jeito que ele havia encontrado para me
abençõar… Foi como o encardido convenceu Eva a comer a maçã… Enfim minha irmã, eu só
espero que você reze bastante, e se possível, longe desse rapaz por um tempo. A gente não
conhece os planos de Deus, mas sabemos sim que Ele é Grande e Misericordioso o bastante
para fazer qualquer coisa, e o que vem dEle é repleto de paz. Então reze, peça a Deus para
confirmar se é de fato da vontade dele que vocês fiquem juntos, se vocês estão fazendo o que
Ele quer, por qual motivo o caminho de vocês dois se cruzaram, se é para um ser motivo de
cura e benção para o outro, enfim. Escute a Deus, não o ignore como eu.rnEssa foi a minha
história, a sua pode ser diferente. Pergunte e ouça a Deus, porque Ele não nos decepciona. Ele
cumpre as suas promessas, e não dá pedra aos seus filhos que lhe pedem pão.rnPaz e bem!

Responder

18. Adriene
13 de março de 2014 01:24 Permalink

Dayse, me identifiquei algumas coisas com você, pois tenho 36 anos, tive relacionamento que terminou
por motivos de traição. E triste dizer isso, mas me sinto descatavel. Mas mesmo assim EU
ACREDITO QUE DEUS QUER MELHOR PARA MIM, enquanto isso vou investir em mim, saúde,
profissonal, viagens e nessa quaresma peço a graça de ser renovada.

Responder

19. Tacita
13 de março de 2014 01:28 Permalink

Oiee abri por “acaso” o site e dei d cara com essa matéria. Me identifiquei rsrsrs pois TB tenho 30
aninhos e solteira.nEntendo o ponto d vista d todos q comentaram, mas gente penso igual a Luciana e
a Sol.nFaço parte do catecumenato da minha igreja, isso tem feito muito bem a mim. Ficar se
lamentando faz mal para nós e para os outros em volta. Só Deus sabe o momento certo d tudo, a
espera é difícil, mas é através dela que aprendemos a confiar. Conversem com Deus verdadeiramente,
qts vezes forem necessário, sejam receptivos com as pessoas, um sorriso, bom dia ou um simples Oi,
pode ser uma forma d apresentação.nCreio q a frase: Antes só do que mal acompanhado é perfeita
rsrs falo por experiência própria.nTenham FÉ!!! Fiquem na paz.

Responder

20. DAYSE
13 de março de 2014 01:35 Permalink

Olá pessoal..nossa estou chocada com a quantidade de comentários em relação á esse tema..bem que
a Canção Nova poderia fazer um programa com este tema..mas não olhando pelo o lado de alguém
que se sinta bem em estar solteira, mas de uma pessoa que sofre por não saber se encaixar em uma
sociedade que só dá valor a quem está casado, pois o solteiro na maioria das vezes é visto como
alguém mal amado ou que ninguém quis..digo isto por mim, pois as minhas amigas que tem a minha
idade e já estão casadas, não querem nem saber de sair comigo, pois estão sempre se jsutificando que
são “casadas” e que os outros podem pensar mal delas, ou seja é como se fôsse status social..basta
vc ver nas redes sociais, quando alguém se casa a quantidade de fotos e felicitações..sem falar que a
própria Igreja está sempre falando sobre a família, exaltando ela como se fôsse a principal felicidade
do ser humano…eu nunca gostei muito de namorar por namorar, só pra dizer que tenho alguém, mas
sim porque tenho sonho de formar ma família..aí vc ver pessoas que não querem casar e se casam e
com uma pessoa boa que elas encontram…e depois vc se pergunta pra Deus:o que foi que eu fiz para
não ser amada?porque que todas as vezes que tentei algo sério, não consegui ou fui rejeitada?pq se
aproximam de mim caras que só querem curtição e nada sério…aí eu penso do que adianta ser
solteira se vc não pode fazer nada, pq é pecado?se vc fica com vários caras, é errado..se vc fica sem
ninguém corre o risco de viver infeliz..se vc passa a vida sonhando com essa tal “pessoa certa” vc
corre o risco de se decepcionar mais ainda…na própria bíblia diz que se vc não pode conter as
paixões do coração é melhor casar, pq assim vc não cai na tentação de pecar contra a castidade…ou
seja émelhor casar e pronto, pq ser solteira vc não vai poder fazer quase nada…eu fico confusa om
tudo isso..existem pessoas que já estão em outros relacionamentos, depois de terem fracsssados nos
anteriores..e eu aki alimentando a esperança, rezando, implorando á Deus para que o rapaz que tanto
gosto ao menos saiba que eu existo, pois do contrário não quero mais ir atrás de ninguém..aliás isso é
outra coiss que me chateia..a mulher tem que esperar pelo o cara, pq do contrário corre o risco de ser
tachada de fácil e ainda ouvir dizer que está se humilhando se demostrar afeto, então no meu caso,
não sei mais demonstrar afeto..perdi a vontande,, não tenho mais esperança de encontrar afeto…por
isso que prefiro que Deus não me dê vida longa, pois nã quero passar a vida sonhando com este
homem que nem existe…espero não passar dos 30 anos com este devaneio..pra mim já cheguei no
meu limite…

Responder

Cássia
13 de março de 2014 19:07 Permalink

Sim Dayse….rnrnMuito bem feito o seu comentário…rnA Canção Nova deveria fazer retiros
para jovens ou já na casa dos 30 solteiros… Sim… Deveria fazer programas e encontros para
nós… Aliás não só a CN mas as nossas comunidades em geral… Deveriam olhar para nós
também…rnA criação de um chat cairia bem… claro que deveria ter todas as normas de
segurança… confirmar e-mail telefone… endereço sei lá… Deveria ter um moderador desse
chat… e tal… Tudo bem estruturado para que podéssemos nos relacionar virtualmente com
uma amizade ou até relacionamento amoroso segundo a vontade de Deus… A tecnologia está
ai.. é dinâmica e tal…e a Igreja e a CN também precisam acompanhar esse dinamismo…
rnrnGostei do seu comentário… Tomara Deus que eles tomaem alguma iniciativa para nos
ajudar… nós os solteiroes de plantão…rnrnBjo no coração querida… Que Deus nos abençõe
a encontrarmos um homem bacana… De fé… De princípios…

Responder

Lenise
13 de março de 2014 23:25 Permalink

Dayse, querida, já te escrevi outra vez, mas confesso que me emocionei mais ainda com esse
seu último depoimento…Me identifiquei muito com suas palavras, também já fiz todos esses
questionamentos e senti tudo o que vc citou! É incrível como as coisas são estranhas e injustas
com muitas mulheres! Vc é uma menina sensível e especial que merece muito ser amada,
encontrar alguém que te mereça e te faça muito feliz! Ou, se não for para a sua felicidade se
casar, ter, de um outro modo, uma vida repleta de paz e felicidades! Beijos!

Responder

21. Ckris
13 de março de 2014 02:22 Permalink

Pessoal quero partilhar uma oração já que estamis nesse barco. ” Senhor, rogo a ti para que tomemos
a atitude de jogar ao mar a solidão que nos sufoca e convidemos a esperança para nos abraçar, pois
ela nos fará feliz, nos fará sonhar novamente. Cura nossos corações que são atacados todos os dias
pelos daramados do inimigo de Deus, pois ele quer que desistimos do seu sonho e principalmete da
nossa salvação, fica conosco…. São Miguel, Gabriel e Rafael rogai por nós”

Responder

Ckris
13 de março de 2014 13:45 Permalink

CORREÇÕES: Pessoal quero partilhar uma oração já que estamos nesse barco. \” Senhor,
rogo a ti para que tomemos a atitude de jogar ao mar a solidão que nos sufoca e convidemos a
esperança para nos abraçar, pois ela nos fará feliz, nos fará sonhar novamente. Cura nossos
corações que são atacados todos os dias pelos dardos inflamados do inimigo, pois ele quer que
desistamos do sonho de Deus para nós e principalmente da nossa salvação, fica conosco….
São Miguel, Gabriel e Rafael rogai por nós\”

Responder

22. Josi
13 de março de 2014 03:51 Permalink

Olá pessoal!! Me identifiquei com vários comentários! Pois bem, fui noiva durante 6 anos e pouco…e
fazem 5 anos q estou solteira. Nesse tempo, apareceu uma pessoa em minha vida, mas não fui
correspondida, e já faz um ano q estou voltada pra mim, pra Deus, rezando…pedindo à Deus essa
pessoa certa! Mas, até hoje nada. Como muitos falaram, minhas amigas já se casaram tbm. E hoje em
dia está difícil até pra fazer amizades…pq? Hoje em dia as pessoas só saem pra beber, se vc não
bebe, não tem utilidade nenhuma…não serve…pq ninguém te chama pra ir ao cinema, pra ir ao teatro,
pra tomar um sorvete, só te chamam pra beber…enfim. Com isso só fico em casa, tbm saio só para ir
à missa. Prestes a completar 35 anos, hoje me sinto mais sozinha q nunca, sinto muita falta de ter
alguém q me ame de verdade…as cobranças são muitas, principalmente pq sou louca pra ser mãe…e
com a idade passando vai ficando cada vez mais difícil, mas sei tbm q pra Deus nada é impossível.
Sonho em formar uma família, mas, não sei o q acontece!! Estou mais próxima de Deus agora, e
revendo o q eu fiz de errado, pq, eu devo ser a errada, né?! A gente sempre se acha a pior das
pessoas. Sou tímida tbm, mas procuro a cada dia melhorar isso, já melhorei bastante, mas, não somos
perfeitos, né?! E isso doi, doi muito se sentir sozinha, vendo muitas pessoas construindo uma família, e
a gente ficando para trás. Eu concordo como nosso amigo Eduardo, poderia ter um site de
relacionamento católico. “Canção Nova, pensem nisso!!” Que Deus possa ouvir nossas orações. Com
esses comentários vi q não estou sozinha nessa, mas, tenho fé que Deus vai nos atender.

Responder

vivi
6 de abril de 2016 11:08 Permalink

Oi Josi, tudo bem?


A sua história é bem parecida com a minha. Namorei quase 6 anos e não deu certo. Hoje tenho
35 anos, e infelizmente perdi o meu emprego, e hoje só estudo pra concursos. E todas as
minhas amigas já casaram e eu ainda moro com os meus pais. Sinto-me completamente
sozinha..é um vázio que não sei explicar, é uma angústia muito grande de ver o tempo passando
e eu não está casada nem bem sucedida profissionalmente. O único lugar que vou é a missa.
Tenho muitas cobranças da família e muito mais de mim por essa situação. E tenho também
muita vergonha de tudo isso. É um sentimento de frustração. É horrível!!!
Peço muito a DEUS que coloque uma pessoa maravilhosa na minha vida.

Responder

23. Silvia
13 de março de 2014 15:49 Permalink

E o que digo eu então, há pelo menos uns 6 anos que não tenho um namorado meeesmo. Apenas
coisas momentâneas…

Responder

Cássia
13 de março de 2014 18:32 Permalink

Pois é Silvia!!!rnrnEu mandei uma pergunta ao moderador do site… ele não respondeu e nem
postou a minha pergunta masi ou menos no estilo da sua…rnrnPostam artigos e nem respondem
aos leitores….

Responder

Verônica
14 de março de 2014 02:31 Permalink

Olá pessoal! Quantas experiências semelhantes hem? Quanta gente sozinha e infeliz! A questão
sentimental sempre está relacionada a muita tristeza. Não devemos nos acomodar com as
situações como elas se apresentam em nossa vida. Se temos um foco e um objetivo devemos
lutar por ele. Sabemos que Deus tem um tempo para cada coisa. Quando tentamos antecipar
este tempo nos deparamos com dores e sofrimentos pois o nosso tempo não é o tempo de
Deus. Nós temos o tempo para nos preparar para receber a graça do Senhor que é diferente
para cada pessoa. Devemos esperar e confiar pois ele sabe das nossas necessidades.rnE
também devemos fazer a nossa parte. Enquanto esperamos devemos orar e nos relacionar com
outras pessoas, fazer amizades e investir no nosso crescimento. Eu tenho 34 anos e me vi
desesperada quando meu relacionamento de 5 anos acabou. Eu católica e ele de família
evangélica. Ele com o passar dos anos começou a me pressionar a passar para a igreja dele.
Até frequentei pq o amava. Mas não adaptei. Ele quis um tempo de Espera mas eu continuei
católica. Hoje ele encontrou sua metade evangélica. Sofri muito, ainda estou sozinha, tenho
muitos amigos evangélicos, gosto de alguns pastores, frequento de vez em quando mas não
tenho mais contato com este ex. Meu medo é encontrar um rapaz novamente evangélico que
não respeita a minha escolha. Abraços a todos

Responder

24. Chris
13 de março de 2014 17:19 Permalink

Boa tarde, tudo muito parecido comigo, quanta coisa para mudar, embora creio que este é o tempo
certo. Quando chegamos aos 30 normalmente já sabemos o que queremos, portanto não me
arrependo de ter esperado. Espero sem desespero, pois se existe uma promessa de Deus para mim.
Creio que irá acontecer.

Responder

25. Bruna
13 de março de 2014 17:53 Permalink

Olá pessoal realmente esse tema mexeu com muitas pessoas e amas estam se identificando com a
história de cada um.rnrnA Canção Nova ja fez um programa sobre ser SOLTEIRO(A)acessem o
youtube e procurem ‘REVOLUÇÃO JESUS PROGRAMA SOBRE SOLTEIRO”
http://www.youtube.com/watch?v=BlyCwzSFuAQ…vejam como esse programa foi
MARAVILHOSO até hoje vejo o depoimento do capaz, e isso me ajuda em muito…antes de nos
preocuparmos em arrumar um namorado/a para suprir nossa carencias, vamos pedir incansavelmente
que seja feita a Vontade de DEUS em nossas vidas, porque so é feliz quem faz a Vontade Daquele
que primeiro nos amou e nos ama sempre….quando estivermos prontos com certeza Ele enviará
quem será nosso Jose e Maria….

Responder

26. Maria
13 de março de 2014 20:26 Permalink

Olá pessoal, tbm estou neste barco,pois vou fazer 30 anos e quero dezer que não estão sosinhos,bom,
o que posso falar e que nunca percamos a esperança em Deus e tem um livro que me indicaram para
ler e gostaria de passar a vcs, chama-se “Glorioso Encontro”, de BOURGERIE, DENIS e
BOURGERIE, SUZEL,ainda vou ler e espero que gostem tbm da leitura.

Responder

27. Esperança
14 de março de 2014 00:35 Permalink

Incrivel suas palavras terminei um relacionamento intenso a 4 meses e de lá pra cá, simplesmente me
fechei p outros relacionamentos nao me aproximo de rapazes nem deixo eles se aproximarem e nas
ultimas semanas aos 26 anos fico pensando com é triste eu que sempre sonhei ter uma família filhos
estar assim fechada p mundo sem expectativas de viver um matrimônio futuramente.

Responder

28. Nara
14 de março de 2014 03:30 Permalink

São muitos os comentários interessantes, e eu dei uma passada rápida na maioria. Gostei do tema e
quero compartilhar com vocês, na esperança de que o meu testemunho sirva para alguém. Serei
sincera. Passei dos 30, mas sempre fui muito exigente desde adolescente (o que é raro). Meu grau de
exigência se restringe em um homem honesto, trabalhador, justo, que busque a Deus e não me
maltrate jamais (física,moral,psicologicamente). Mas eu não encontrei esse tipo de homem solteiro
(apenas casado), e óbvio que eu não me relacionaria com homem casado. Será a minha exigência
atrapalhando ou a falta de homem com essas características no mercado? Acho que as duas coisas.
Vivemos no fim dos tempos, e são poucos (tanto mulheres quanto homens) que buscam mais os
prazeres da carne e o materialismo, enganando-se que isso irá preenchê-los. Há pessoas morrendo de
doenças, fome, mas o que mais mata hoje em dia é a falta de amor que vem de Deus, por isso muitas
pessoas se matam minuto por minuto, se vendem sexualmente, se vendem emocionalmente, se vendem
pelo dinheiro para adquirir fama, nome, importância. Quem busca esse caminho não imagina a dor que
sofrerá porque a decepção será maior. O ser humano precisa de amor, ser amado para se sentir
importante, vivo, saudável, para cuidar de si e amar o seu próximo. Essa é a chave para todo
problema do mundo. Não podemos nos amar e ser bonzinhos conosco se rejeitamos a Deus, pois o
Amor vem Dele, Ele é a origem do amor. Essa é a primeira coisa que é preciso dizermos para nós
mesmo, pois somos dependentes Dele, como filhinhos, assim como os filhos são dependentes dos pais
e estes morreriam por seus filhos (o mesmo que fez Jesus por nós). Todo ser humano é carente de
abraço, carinho e proteção, seja homem, seja mulher. Precisamos mais do amor de Deus em primeiro
lugar para resistir a solidão, a depressão, o cansaço, a batalha. Sem amor, perdemos esperança e
cometemos atos que atentam contra a nossa vida, a nossa moralidade. Por conta do pecado da carne,
dos prazeres e da fama dada tão fácil, hoje são muitos homens que vão em busca dessa tentação,
dessa facilidade de se encontrar felicidade. Felicidade não se encontra por ai, é como diamante
escondido em algum lugar, é difícil achar e demora. Porém, existe outro lado da moeda importante a
se dizer. É preciso ter certeza do caminho/dom que Deus reservou para nós, mas temos o direito de
não escolher, porém os testemunhos daqueles que não seguiram seu dom são lastimáveis. Se eles
pudessem voltar no tempo… Existe o dom para o sacramento matrimonial e para a vida religiosa.
Deus precisa de um exército de mulheres e homens solteiros que se dediquem ao trabalho religioso,
bem como casais que formam famílias para Deus. E há ainda o tempo para se preparar para quem vai
casar e quem está na vida religiosa. Sei que esse tempo é trabalhado com os missionários dentro da
Canção Nova. Eu sempre quero no meu tempo, mas eu não posso esquecer que Deus sabe o melhor
pra mim e é Ele quem me prepara. Já sofri bulling por ter essa atitude resguardada de cristã. Já fui
tachada de sapatão, freira, santa, emfim… Quando criança você sofre esse tipo de maus tratos entre
os colegas, mas depois você descarta, pois, se estamos com Deus, sabemos que estamos no caminho
certo e que essas palavras de amigos e familiares que vivem a cobrar uma solução para a nossa
solteirice, simplesmente não passa de palavras de não-sabedoria. A sabedoria vem com a paciência, o
tempo preparado, e não simplesmente fazer a nossa vontade. Quantas vezes eu reclamei com Deus
dizendo ‘por que não chegou a minha hora para isso, para aquilo’, e é quando me deparo com casais
que mantém o casamento por fachada só para mostrar à sociedade, porém carregam no peito uma
infelicidade sem igual. Meus pais sempre disseram para levar casamento à sério, e não pensar em
casar e descasar se não der certo. Matrimônio é diferente, por isso foi abençoado por Deus.
Infelizmente são poucos os homens que querem sacrificar-se por suas mulheres hoje em dia, são
poucos os que mal conseguem conquistá-las. Infelizmente hoje há muitas mulheres dando mais valor
ao dinheiro que aos seus homens. Por esse motivo, não é bom que o homem ganhe muita fama, pois
isso contribui para que ela aja com interesse como ele. Casais que casaram sem se prepararem, a meu
ver não deveriam reclamar, mas tentar buscar salvar seu casamento. Beberam rápido demais a água
do pote, então é preciso arcar com as consequências e pedir ajuda aos céus para começar ou
recomeçar de onde pararam. Não sei se funcionará para vocês (moças e rapazes), mas aqui vai do
mesmo jeito. Enquanto vivem solteiras, procure a família de Jesus (Maria e José) e durante esse tempo
solteiro(a), clame para conseguir viver feliz sendo sozinho e fazendo coisas importantes que tem a ser
feita. Há sempre algo que podemos fazer para Deus, para alguém, sempre podemos nos doar,
sempre! Não falta oportunidade de trabalhar na messe. Se você é apaixonado por criança e o homem
não lhe apareceu ainda? Já pensou em quanto amor pode dar às crianças adotadas que precisam de
um lar? Há tanto que podemos fazer, mas só iremos nos mover com ajuda da família de Nazaré. O
mais importante é não se deixar vender por um relacionamento barato, um homem(ou mulher) que não
lhe dá dignidade como ser humano e não busca o mesmo Deus cristão que você. Se você é santa(o) e
é apaixonado por alguém completamente torto e mesmo assim quer embarcar nesse relacionamento,
nem me oponho nem nada, apenas digo, sempre, sempre pergunte a Deus o que fazer, como fazer, se
está na hora. Orientação de Deus em nossa vida e amor preenchido por Ele, com certeza muitas vidas
tomariam um rumo melhor e mais equilibrado.

Responder

Anônimo x 3
7 de agosto de 2014 12:36 Permalink

Nara, muito bom o seu texto, mas acrescentaria algo à ele, as mulheres precisam ter uma certa
cautela pois se sofrem ou sofrem desilusões não se trata de uma via de regra, ou seja, que todo
homem da face da terra seja um canalha sem vergonha. Há sim muita gente boa e que não
consegue mulher alguma por causa do extremo medo que elas possuem do sujeito ser um
canalha. Já presenciei uma situação em que a mulher que visivelmente deseja uma família sequer
dá qualquer chance de uma pessoa que possa ser boa e possa ter gostado de verdade dela
conhece-la. Ou seja, antes mesmo de reservar 5 minutos para começar a conhecer a pessoa ela
já o julga. Abs, e fique com DEUS! :o)

Responder

29. Nara
14 de março de 2014 03:55 Permalink

Pra mim felicitaria muito mais como solteira e ser usada por Deus como instrumento de resgate de
almas perdidas que viver um casamento feliz e pensar apenas na minha felicidade. Não conseguiria
viver feliz sabendo que meu irmão da direita e da esquerda passa fome de Deus. Por isso, vivo solteira
e deixo Deus me preparar. Até lá, Ele pode me preencher de amor e eu posso amar quem quer que
seja que esteja ao meu redor, a começar pelas crianças abandonadas que gostariam de ter um lar.

Responder

Srta Cris
15 de março de 2014 22:49 Permalink

Oie Nara!Li seu comentário e me identifiquei muito com ele, parecia que você estava
transcrevendo meus pensamentos.Pensei que fosse única a pensar dessa forma. É uma pena
que muitos achem que estar solteiro é a pior coisa do mundo.rnE muito triste ver a maioria das
pessoas insistindo em relacionamentos fracassados, terminando, voltando, pois o medo de ficar
sozinha é maior, embora saibam lá no fundo, que o relacionamento não tem o menor futuro,
mas mesmo assim, insistem em tentar. Enquanto as pessoas insistirem que só podem serem
felizes de “um único jeito”, as pessoas continuaram usando mascaras e fingindo ser aquela
família feliz de comercial de margarina, e depois que a cena termina cada um sabe o que se
passa atrás das cortinas. Talvez alguns estejam fazendo ter um namorado como objetivo, como
uma coisa pesada quando não deveria ser! Amor é complemento, você tá achando que com
isso vai ser feliz, é mentira! Nós temos que ser capazes de sermos felizes sozinhos para amar
outra pessoa!Quando as pessoas pararem de achar que precisam namorar pra mostrar para os
outros, que você tem um namorado, que você não é diferente e tem alguém, parar de fazer o
outro de muleta emocional e começar um namoro porque realmente acharam alguém com quem
vale a pena passar a vida, teremos casamentos mais felizes e menos divórcios.

Responder

30. Clara
14 de março de 2014 07:27 Permalink

A paz de Jesus. Mas o que fazer quando uma mulher chega aos 46 anos, solteira, sem filhos, virgem e
só namorou seis meses? Apesar de rezar e esperar em Deus por esta intenção desde seus 20 anos.
Ver todos os seus irmãos de caminhada casados, com filhos e felizes. A longa e solitária espera trouxe
a depressão faz quase quinze anos. E ouvir as pessoas do mundo dizerem que você está sozinha
porque quer um namoro santo. E se sentir uma mera expectadora da vida e como alguém que não vê
e nem senti esperança em nada. Que está de licença médica faz quase um ano.

Responder

Lenise
14 de março de 2014 20:22 Permalink

Oi Clara, boa noite! Estou com 41 anos e escrevi um texto voltado para as pessoas que
chegaram numa idade mais madura e, apesar de anos de espera e tentativas, não conseguiram
encontrar a pessoa certa. Excetuando-se o fator depressão (cheguei perto, mas não tive),
passei por todos os questionamentos e sentimentos que os solteiros enfrentam e descritos aqui e
em vários textos deste site!Espero que te ajude. http://destrave.cancaonova.com/e-quando-o-
tempo-passa-e-a-pessoa-certa-nao-aparece/. Cara amiga, se Deus não nos apresentou a
pessoa certa, somente nos resta dois caminhos: continuar a procurar e esperar (quem ainda tem
coragem, vontade de tentar se envolver) ou se apegar ao que deu certo na vida (seja trabalho,
família, amigos, estudar, ter um hobby, viajar, aproveitar a vida, etc). Eu fiz a segunda escolha e
não me arrependo, pois como dizem por aí “cansei da brincadeira”, do “jogo”. Adoro os
homens, mas para mim, somente amigo ou familiar. Se Ele não nos quis ver casadas, com filhos,
deve ter algum outro propósito para a gente! No meu caso, vida religiosa, tenho absoluta
certeza de que não é, então vou vivendo feliz solteira mesmo e aproveitando o que minha vida
tem de bom! Beijos e muitas felicidades para vc!

Responder

Clara
18 de março de 2014 06:07 Permalink

Oi Clara, a paz. Obrigada pela sua atenção e palavras. Eu tento viver o segundo
caminho, enquanto espero Deus me conceder a graça de ir para o primeiro caminho.
Mas não tem sido fácil, por isso vivo tendo crises de depressão. Uma abençoada
quaresma.

Responder

Anônimo x 3
7 de agosto de 2014 12:12 Permalink

Clara, entrei no Google e busquei o significado do seu nome e encontrei isso: origem do nome
Clara: LATIM rnrnSignificado de Clara:rnrn Qual o significado do nome Clara: BRILHANTE,
ILUSTRE.rnrnpois é, DEUS autorizou esse seu nome não será por que ELE lhe vê com essas
características? A felicidade está tão e somente NELE Clara. Muita gente têm desilusões
depois de casada e com filhos, não seria mais duro isso? Por isso devemos centrar a nossa
felicidade em DEUS. Alegria irmã, a batalha ainda não terminou, e DEUS AMA você! AMA,
AMA de verdade (por isso escrevi com letras maiúsculas. Abs! :oD

Responder

31. Elizangela
14 de março de 2014 10:06 Permalink

Eu tenho 34 anos e nunca cheguei perto de um casamento, mas odeio o fato de viver “sosinha” o resto
da vida. Mas tenho certeza de que se aparecer alguém que me leve a sério,quero estar num
relacionamento. Mas tenho muito medo de ñ ser a vontade de Deus q eu entre em um
matrimônio.Estou servindo no grupo de oração,sai dos bares da vida e comecei ano passado atravéz
do seminário de vida plena no Espírito.Não entendo pq estou sosinha,sou simpática e converso c
todos,a vida me ensinou a ser assim,sempre sai, fui a festas,me deixei levar,mas continuo sosinha…No
meio em q eu vivia estava muito bom, fiquei com quem eu quiz, fiz as amizades q quiz e fui onde eu
quiz(sempre conciente e sem exageros), qd voltei p a igreja,percebi o qt sou só, e como isso dói,e qd
saio c minhas amigas,percebo o qt sou invisível,como os homens só querem elas,não sei mais o q
fazer, e nem onde ir, pois dentro da igreja só tem mulheres(rsrsrs)…

Responder
32. Destrave
14 de março de 2014 13:05 Permalink

Queridos irmãos e irmãs, um pequeno esclarecimento. Este espaço do \”Destrave internauta\” é um


espaço em que os internautas expressam a sua opinião em relação a determinados temas, como por
exemplo o fenômeno da solteirice. O Destrave não fará considerações a partir de artigos enviados por
internautas, pois a opinião expressa nos artigos não representa, necessariamente, a nossa opinião. Por
isso, o espaço de \’comentários\’ funciona como uma espécie de fórum, onde os próprios internautas
podem debater, esclarecer, aconselhar, testemunhar suas experiências de acordo com determinados
temas. O tema da solteirice merece, de fato, um aprofundamento e maiores reflexões, mas não
esperem que a Igreja, a Canção Nova e até mesmo a nossa equipe dê respostas prontas a um tema
que envolve questões muito subjetivas, pois o \’estar solteiro\’ pode ser visto de óticas muito
diferentes, levando em consideração idade, sexo, maturidade humana, afetiva e espiritual, de cada
pessoa. Aconselhamos as pessoas que querem encontrar alguém a curtir a página do Namoro Cristão
no facebook https://www.facebook.com/namorocristao?fref=ts este espaço foi feito para que pessoas
possam se encontrar. Deus abençoe a todos! rnrnEquipe Destrave

Responder

Lenise
14 de março de 2014 20:52 Permalink

Que bacana, faço votos que esse seja um caminho, um canal para as pessoas que estão
buscando por alguém, se encontrem e sejam felizes! Boa sorte a todos e um grande beijo!

Responder

Maria
16 de agosto de 2015 19:16 Permalink

Uma página não ajuda muito. Se ao menos fosse um grupo católico oficial…
Existe o site, mas só pra quem pode pagar… muito contraditório levando se analisarmos pela
ótica da verdadeira essência Cristã…

Responder

33. Alessandra
14 de março de 2014 13:52 Permalink

Eu ainda nem cheguei aos 25 anos e já estou desanimada, às vezes me sinto esquecida e desamparada
por Deus nesse campo (relacionamentos amorosos). rnFico imaginando o estado de alma em que as
pessoas com 30,35 e 40 anos se encontram por causa da solteirice. É uma cruz,um verdadeiro
calvário. O coração dói. É terrível ter os sonhos frustrados.rnE é desumana a forma como a sociedade
trata os solteiros.rnTer alguém é sinônimo de status,pois mesmo que você seja alguém extremamente
bondoso(um(a) verdadeiro(a) seguidor(a) de Jesus Cristo),mesmo que você conquiste um diploma de
ensino superior, possua um alto grau acadêmico,tenha sua independência financeira,tenha até bens,DE
NADA SERVE se não tiver alguém ao seu lado. Estou mentindo?rnTudo o que você é e conquistou é
inferior a lixo.É impossível não se deixar levar e abater por isso. rnQue Deus tenha misericórdia de
todos nós e que Jesus Cristo nos ajude a carregar essa cruz.

Responder

34. Izane
14 de março de 2014 22:26 Permalink

Sabe qual é o problema de vocês, frequentadores de igrejas?rnPassam tanto tempo dentro da igreja e
esquecem que existe outro mundo ALÉM da igreja! As pessoas que são felizes no casamento são
justamente aqueles (sabiamente)que ficaram com um pé dentro da igreja e o outro no mundo. Chega
de tanta alienação!Parem de alimentar o que não existe! Taí muitos comentários comprovando que
essa \”formula mágica\” não está funcionando mais.rnModeradores…Não é escrevendo um artigo
simpatia que vocês vão conseguir \”animar\” esses jovens.O buraco é mais em baixo

Responder

Marluze
17 de março de 2014 18:33 Permalink

Pois é, Izane, a grande questão é quando Jesus voltar, será que as pessoas “sábias”, não-
frequentadoras de Igreja vão ficar com um pé no céu e o outro no inferno?rnNós,
“frequentadores de igreja”, não pertencemos ao mundo. Não somos do mundo. Somos de
Deus e pertencemos ao Céu. É lá o nosso lugar, e é para lá, para o Céu, que nós vamos; é por
isso que passamos “mais tempo dentro da igreja e nos esquecemos que há outro mundo”. I
JOÃO 2, 17: O mundo passa com as suas concupiscências, mas quem cumpre a vontade de
Deus permanece eternamente.

Responder

sol
20 de março de 2014 19:41 Permalink

Nossa, MARLUZE, você disse tudo, sábias palavras, parabéns, respondeu por todos
nós.

Responder

35. Michel
15 de março de 2014 10:07 Permalink

O ruim também de chegar a uma certa idade e continuar solteiro(a), é que todas as pessoas que
começam a namorar ou se casam, esquecem da gente que está solteiro. Quem antes eram nossos
“amigos” esquecem que nós existimos pois a maioria abandonam as amizade e então os
namorados(as) e casados(as), só querem amigos que também estejam em um relacionamento e nós
somos deixados de lado. Isso é muito frustânte para mim e para muitos de nós. Muitas vezes o que
vemos em redes sociais ? Adoro fim de semana. Pq adoram ? Pode ver quem sempre diz isso é pq
tem amigos ou está em um relacionamento. Digo isso por esperiência própria. Eu sinceramente não
gosto de fim de semana, pois se na semana já me sinto sozinho, imagine nos fins de semana e feriados.
Todo mundo com amigos ou namorando, se divertindo, enquanto eu que não tenho NENHUM
amigo(a), muito menos namorada, o tédio e solidão so aumenta.

Responder

Alessandra
16 de março de 2014 17:46 Permalink

Sei bem como é isso, Michel. Infelizmente, ser solteiro se tornou algo vergonhoso. Eu tenho
vergonha de dizer que ainda sou solteira.rnO que nos resta é ter forças para continuar seguindo
adiante com essa cruz e ver se Deus faz algo por nós. Que Ele tenha misericórdia.

Responder

Anna
16 de março de 2014 19:26 Permalink

Concordo com isso tbm…eu sou bastante esquecida pelos meus ,rs.

Responder

sol
20 de março de 2014 19:46 Permalink

Michel, falou tudo, e o pior também é datas festivas como Natal e Ano Novo, parece que a
pressão de estar só aumenta, pois todos estão com seus amores e na hora dos abraços a gente
só queria mesmo ter também alguém do nosso lado, pois a data por si já é emotiva, imagina não
ter ninguém o ano todo e nesta hora de reflexão a angustia todo conta do nosso coração.

Responder

36. Anna
16 de março de 2014 19:25 Permalink

Acredito que ser exigente acabou por tonar as coisas mais evidentes.Quando completei 30 anos entrei
em uma crise terrível sobre estar solteira e todas as consequências essa luta acabou se tornando em
uma forma de me ver melhor e perceber que eu espero e exijo muito .passei a vida tendo amores
platônicos e quando algo parecia que iria acontecer eu duvidava de minha capacidade ,duvidava que
alguém pudesse gostar realmente de mim e acaba fugindo de certa forma de tudo .Mas essa situação
de amar alguém sem ser correspondida sempre me acompanhou desde a adolescência.rnHoje eu sinto
que é uma espera em Deus algo que Ele prepara pra mim e na certeza de que a vontade d’Ele sobre
mim se cumprirá.rnMe identifiquei um pouco com esse artigo ,e acredito que talvez o que mais nos
deixa triste é a cobrança dos parentes e amigos .Hoje vivo minha vida de solteira muito bem que tenho
certeza que se Deus vier me enviara alguém será por puro acréscimo.
Responder

37. DAYSE
18 de março de 2014 02:25 Permalink

Olá Lenise obrigada pelo o carinho me senti lisonjeada com a sua declaração..enfim no momento
estou tentando digerir tudo que acontece, pra saber como vai ficar as coisas, pois dependendo de que
rumo a minha tomar eu decido se prossigo ou não..pois a vida nem sempre é do jeito que a gente
quer..infelizmente..no meu caso parece que ela deu tantas rasteiras que o meu coração esfriou,pois
não consigo sentir mais afeto só dor e lágrimas…

Responder

38. Michel
18 de março de 2014 09:19 Permalink

Concordo com você Alessandra. Nos dias de hoje pessoas como nós são discriminadas por ter uma
certa idade e nunca ter tido nenhum relacionamento. Eu mesmo tenho 26 anos e não sei nem o que é
namorar e sentir que alguma garota está interessada em mim. Veja só: Qual o conselho que muita
gente nos da quando o assunto é relacionamento ? SEJA VOCÊ MESMO. Pois então eu faço
exatamente isto e convenhamos, nunca deu certo. Das dua uma: Ninguém gosta de mim ou todos os
que namoram ou estão casados fingiram ser o que não são, só para atrair alguém. Eu realmente NÃO
quero fingir ser o que não sou só para entrar em um relacionamento, POIS QUERO SER AMADO
PELO QUE EU SOU, fingir ser o que não sou, nem pensar.

Responder

Alessandra
19 de março de 2014 00:50 Permalink

Michel, esse “seja você mesmo(a)” é de matar,né?rnEu creio que deva existir algum segredo
para se conquistar alguém,apenas não descobrimos qual é.rnPara mim,o ditado já não é mais
“quem espera sempre alcança” e sim “QUEM ESPERA SEMPRE CANSA!”. rnPerdi a
paciência,sinceramente.rnJá faz 9 anos que espero por alguém e até agora nada. rnEu não me
conformo em ser a “titia solteirona” da minha família.rnMuitas pessoas colocam a culpa da
solteirice em nós solteiros,e sempre tem um ser abençoado para te chamar de exigente e para te
dizer a clássica frase:”Só está solteira(o) porque quer.”

Responder

39. Mineira
18 de março de 2014 13:45 Permalink

Como é terrível ver um grande sonho sendo frustrado! Já passo dos 30 anos (tenho 32) e mesmo
depois de anos de oração não tive a graça de ter o meu sonho de me casar realizado. Sei que o mais
sábio a fazer nesse momento é desistir, mas não tenho forças pra isso. Peço a Deus que me conforte e
retire esse desejo do meu coração para que eu possa viver o resto da minha vida em paz, mesmo
solitária.

Responder

40. Rosana
18 de março de 2014 15:11 Permalink

Boa tarde pessoal!!!!! Nossa eu não sabia que tinha tantas pessoas passando pela mesma situação
que eu. Tenho 25 anos e nunca namorei, não sei o real motivo disso. Mas acho que os rapazes de
hoje não gostam das mulheres mais certinhas, e também acredito que não devemos ficar com o
primeiro que aparece pela frente, é igual dizem hoje em dia, “pegar”, igual se fossemos um objeto, não
concordo e nunca concordei com isso. Li todos os comentários, parece que tem muitas pessoas
desanimadas. O que eu posso dizer a vcs é que somente Deus sabe o que é melhor para todos nós, e
não podemos dar ouvidos a sociedade que sempre exerce pressão sobre essa questão de estar
solteiro. As pessoas sempre vão falar da nossa vida de uma forma ou de outra. E sim é muito dificil
ver todos namorando e nós continuando solteiros, pois eu tbm como vcs, passo por isso todos os
dias. Mas também não podemos namorar qualquer pessoa apenas pelo fato de mostrar para os outros
que estamos namorando, e essa história de ficar pra titia, sempre falam mesmo, mas devemos
responder que apenas que Deus está preparando o melhor para nós. O que devemos fazer é levar
nossa vida normalmente, se preocupar com outras coisas, e não ficar pensando nisso o tempo todo.
Temos que entregar nossas orações nas mãos de Deus para que possamos encontrar alguém que
também queira viver um namoro cristão como nós buscamos. Já leram o livro Kairos, eu recomendo
pois o tempo de Deus não é o mesmo que o nosso! Por isso tenho fé que vou encontrar um
companheiro, um moço digno de merecer o meu amor… Desejo que vcs tbm não percam a fé. Ah, e
gostei muito da idéia de desenvolver um chat ou alguma outra forma de fazermos amizades… Fica aí a
sugestão.

Responder

Josi
19 de março de 2014 02:17 Permalink

Concordo com vc Rosana!! Tenho 34 anos, solteira, e espero pelo matrimonio. No tempo de
Deus, Ele vai nos abençoar nos dando não a pessoa q idealizamos, mas pessoa q Ele está
moldando pra nós! Deus abençoe à todos.

Responder

41. Angelica
19 de março de 2014 00:36 Permalink

Oi Penélope! Fico grata pelo seu comentário e emocionada pelo seu testemunho. Realmente a
situação não é nada fácil, só quem já passou ou está passando sabe como é difícil. Lendo todos os
comentários vejo que todos estão passando por momentos de tristeza, eu mesma quantas vezes me
senti derrotada. Passei por momentos de muita dor durante anos e anos, mendigando o amor das
pessoas e sendo humilhada, fazendo com que minha autoestima estivesse sempre abalada. Já fui
discriminada muitas vezes pelo fato de estar sozinha, pelo fato de não estar numa boa posição
econômica, enfim, tenho 36 anos e nada conquistei na minha vida. Já pensei muitas vezes sim no que
você disse, sobre o fato de não poder me unir em matrimônio com esta pessoa. Principalmente pelo
fato de não poder participar da Sagrada Eucaristia. Isto tem sim me incomodado, pois não era o que
eu queria para minha vida. Mas pedi tanto a Deus que colocasse em minha vida uma pessoa que
tivesse as mesmas perspectivas que eu e com esse objetivo sempre procurei investir em pessoas com
esse perfil, mas foram decepções e humilhações uma atrás da outra, sendo na maioria das vezes
pessoas de dentro da igreja. Você nem imagina como minha experiência de vida foi complicada
afetivamente. Não quero ficar na condição de vítima, mas posso dizer que já tinha desistido de tudo.
No seu caso acredito que você já foi perdoada por Deus, devido ao seu arrependimento, o que me
parece que você seja uma pessoa que merece muitas coisas boas. Na verdade, todos nós merecemos.
No meu caso, como eu e meu namorado temos muitos amigos em comum, principalmente pelo fato de
trabalharmos juntos, está confirmado que ele está mesmo separado. Mas acredito que Deus colocou a
gente no mesmo caminho com algum objetivo, embora também já tenha pensado que poderia ser
alguma cilada do inimigo. Mas creio que Deus não permite que caia nenhuma folha de uma árvore se
Ele não quiser, por isso entreguei meu relacionamento a Ele. Todos os que convivem conosco dizem
que ele está mais feliz e que eu tenho feito muito bem a ele, o que tem sido recíproco. Peço muito a
Deus que me perdoe, pois Ele sabe de toda a minha história e que realmente não era isso que eu
queria. Mas também estou meio decepcionada com certas coisas que a Igreja impõe, mesmo estando
desempenhando trabalhos voltados para a catequese, pois as pessoas que estão lá foram as que mais
me decepcionaram na vida. Pessoas que se diziam servos de Deus, mas foram os primeiros que me
humilharam e me julgaram. Que Deus me perdoe do fundo do coração, pois eu O amo muito. E que
abençoe a sua vida, Penélope, pois fiquei muito feliz por alguém ter lido e respondido o meu
comentário. Vamos continuar na luta e na espera por aquilo que Deus quer de nós. Fique em paz. Um
abraço!

Responder

42. Lenise
19 de março de 2014 23:51 Permalink

Oi Angélica entendo vc, pois também já me decepcionei ao investir em homens da igreja e também
com pessoas em outras situações. Se continuo lá é por Deus, por respeito a Ele e também por alguns
amigos verdadeiros que conquistei. Felicidades para vc e um grande beijo!

Responder

43. Angelica
21 de março de 2014 00:27 Permalink

Oi Lenise, você resumiu em poucas palavras o que eu penso. Estou na igreja por causa de Deus, que
só tem me dado bênçãos. Vejo que todos estamos no mesmo barco, à procura de alguém e da
felicidade na vida afetiva. Esperei 36 anos por um relacionamento e estou muito feliz, não sei se vai dar
certo, mas tenho fé que sim. E vou continuar rezando para que Deus abençoe cada um de nós que
estamos aqui postando nossos comentários e compartilhando das mesmas dificuldades. Uma amiga
minha da igreja (que tem sido um anjo na minha vida) sempre me diz uma coisa: quando a gente
compartilha os nossos sofrimentos Deus vai curando nosso coração. Vejo que todos nós precisamos
dessa cura. Com certeza Deus está agindo, mesmo que a gente não perceba. Um abraço e que uma
chuva de graças caia sobre todos nós. Desejo do fundo do meu coração que logo Jesus vai nos
surpreender com coisas maravilhosas. Amém!

Responder

Lenise
21 de março de 2014 22:13 Permalink

Angélica, Clara e Dayse, não precisam agradecer! Não escrevi nada mais do que minha
opinião, somada com minha experiência de vida (que na parte sentimental não foi bem
sucedida, diga-se de passagem). Não sou psicóloga, sou apenas uma pessoa comum que
aprendeu a fazer do “limão uma limonada”. Deixo minha torcida pela felicidades de vocês e de
todos os que por aqui passarem! Vocês são todos jovens, não percam a esperança de
encontrar alguém (se for para sua felicidade, pois “antes só do que mal acompanhado” e não
vale a pena ter alguém só para “dar satisfações à sociedade”. Aliás, ignorem o que os outros
digam, sejam felizes, ajam de acordo com sua consciência e princípios. Beijos e muitas
felicidades e realizações!

Responder

44. Michel
22 de março de 2014 09:22 Permalink

Concordo com você Sol. No Natal e Ano Novo tem sido sinônimo de SOLIDÃO para mim. Todos
felizes reunidos na ceia de Natal e Ano novo com seus parceiros(a) e amigos(as), enquanto eu o único
solteiro sem amigos, SEMPRE fico SOZINHO. De que adianta eu participar da ceia, se NINGUÉM
nota minha presença ? É “melhor” sozinho do que MAL acompanhado. Na noite de Natal e Ano
Novo, é melhor eu ir para Missa de Natal e Ano Novo, MUITO MELHOR do que ficar desse jeito
sendo TOTALMENTE IGNORADO. Vejam bem: Quando seu único amigo(a) começa um
relacionamento amorozo, o que você sente ou pensa ? Fica feliz por seu amigo(a) ou pensa: serei
esquecido por esse amigo pois agora que está em um relacionamento, serei daixado(a)de lado. Com
eu aconteceu isso, fui deixado de lado, esses “amigos” depois que começaram um relacionamento
amorozo, nem sabem que eu existo.

Responder

45. Alessandra
22 de março de 2014 21:21 Permalink

Só não entendo uma coisa: Porque temos de sofrer tanto para esperar por alguém, enquanto existem
pessoas que sequer esperam e simplesmente conseguem?rnE porque Deus não faz nada por
nós?!rnAlguém sabe me responder?rnNão aguento mais ser só, isso está acabando comigo.

Responder

46. Josi
24 de março de 2014 23:59 Permalink
Muitas vezes, a espera também é a solução, pois, assim, vamos adquirindo têmpera e autodomínio,
aprendendo a esperar em Deus.rnRicardo Sá.rnrnÉ isso aí pessoal, vamos aprender à esperar em
Deus! Sei que é dolorida essa espera…Mas Deus nos dá força. Deus abençoe à todos.

Responder

47. Michel
26 de março de 2014 22:20 Permalink

Quando me dizem: Saia pra lugares para fazer amigos e ter relacionamento amorozo. Certos lugares
não são uma boa opção para procurar alguém fiel, pois certos lugares só incentivão a infidelidade.
Não tenho amigos e nunca tive namorada e já estou perto dos 30 anos. É muito triste, pois não tem
ninguém que eu sinta alegria de estar perto. Só se lembram de mim quando precisam de favores,
depois me esquecem. Nenhuma menina NUNCA me disse NADA de bom sobre mim. Esta semana
uma menina disse na minha cara que eu sou ANORMAL. Realmente ouvir esse tipo de coisa faz com
que eu não tenha esperanças de ter alguma garota que goste VERDADEIRAMENTE de mim, pelo
que sou. Eu quero um namoro cristão, pois na Igreja durante a Santa Missa, é o único lugar que me
sinto bem.

Responder

48. sol
26 de março de 2014 22:47 Permalink

Acho que a solidão é um castigo, pois é tão dolorido e insuportável viver neste mundo sozinha, e a
nossa volta as pessoas felizes com seus companheiros e a gente mendigando atenção, um sorriso, um
gesto de carinho, a carência bate forte principalmente a noite, não é fácil viver assim, mas todos nós
que vivemos nesta solidão somos fortes pois é como matar um leão por dia, aguentar tanta humilhação
e ainda estamos de pé e aqui para compartilharmos nossos sofrimento. Creio que Deus está nos
vendo.

Responder

49. Adm.
27 de março de 2014 18:06 Permalink

Olá Pessoal.rnJá ouviram falar em “Timidez Amorosa”?rnTimidez Amorosa é um termo criado pelo
psicólogo norte americano Brian G. Gilmartin (1940-) para descrever um tipo de timidez Crônica e
Severa. De acordo com sua definição, publicada em Shyness & Love: Causes, Consequences, and
Treatments – “Timidez e Amor: Causas, Consequências e Tratamentos” – 1987 – os Tímidos
Amorosos têm dificuldade Crônica e Severa em serem assertivos em situações informais envolvendo
potenciais relações amorosas. Por exemplo, um tímido amoroso heterossexual terá muita dificuldade
em iniciar qualquer diálogo com mulheres por causa de um forte sentimento de ansiedade. A pesquisa
do dr. Gilmartin sobre esse fenômeno foi feita apenas com homens heterossexuais, concluindo que a
Timidez Amorosa “aflige aproximadamente 1,5% de todos os homens norte americanos…[e]
efetivamente impedirá algo como 1.700.000 homens norte americanos de se casarem ou de até
mesmo experimentar quaisquer contatos com mulheres”. (Este texto foi retirado da Wikipédia).rnEu
fui diagnosticado como portador desta Timidez Crônica pela minha psicóloga, mas, não comecei um
tratamento porque, segundo ela, não tinha conhecimento necessário para o tratamento específico para
este assunto.rnÉ um tema pouco comum e que existem poucos artigos científicos
(Confiáveis)relacionados ao tema.rnTenho 32 anos e não tive qualquer contato com mulheres, como
abraços, beijos e toques na pele. Até para conversar para mim é uma tarefa difícil.rnEu preferi
conviver com isso do que tentar vencer esta barreira.rnObrigado. Até mais.

Responder

50. antonio
3 de abril de 2014 00:59 Permalink

e se esse amor que espero for muito complicado por que ela esta compromissada,nao sei se ela vai
deixar a outra pessoa ela nao gosta mais ela tem uma vida estavel com essa pessoa nao sei se devo
esperar por esse amor!o que devo fazer?

Responder

51. ELZA
4 de abril de 2014 18:50 Permalink

ESTAVA ESPERANDO POR TUDO ISSO. ESPERAR NA HORA DE DEUS

Responder

52. Alessandra
6 de abril de 2014 11:51 Permalink

Gente, desisto. Cansei de dar murros em ponta de faca. Deus NUNCA vai mandar alguém para
mim.nAcho melhor esquecer essa história de namoro e levar a minha vida, mesmo triste e
amargurada.nCom 22 anos, encerro essa busca. Desejo sorte e PACIÊNCIA a todos que ainda
acreditam que vão encontrar o amor. E peço que orem por mim para que o mesmo Deus que não me
atendeu, tenha ao menos um pingo de misericórdia para me confortar.

Responder

Anderson Lima
7 de abril de 2014 10:45 Permalink

Alessandra, muitas vezes pensamos que Deus não está nos ouvindo. Mais creia ele está te
escutando e colhendo cada lágrima sua… Se ainda não aconteceu algo que você está
pedindo,tenha paciência tudo e no tempo de Deus! Seja grata. Pois Jesus morreu na cruz por
você. A cada passo que você dá é uma Vitória. Pois Jesus venceu o mundo por você! Não o
crucifique de novo, andando no caminho com ele está difícil será pior sem ele…NÃO PERCA
A FÉ.rnrnMas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça e todas estas coisas vos serão
acrescentadas.rnMt 6.33
Responder

sol
7 de abril de 2014 11:40 Permalink

Eu também to quase desistindo, as vezes tenho um fio de esperança que vai aparecer alguém na
minha vida, mas como esse dia nunca chega vai dando um desespero….. ai … como é triste
seguir a vida sozinha e sendo zoada, humilhada…

Responder

53. Mariana
7 de abril de 2014 01:34 Permalink

Gente!rnrnNão consegui ler todos os comentários pois são muitos, tenho 23 anos um bebê ainda rsrsr,
nunca namorei sério apenas “ficava” estudo em Ouro Preto, cidade universitária lá como de constume
a grande maioria dos jovens saem para beber, confesso que eu também bebia estava bem afastada de
Deus. Porém consegui ficar 3 meses sem beber em Ouro Preto saindo toda sexta e sábado e tinha
vezes que chegava em casa as 6 da manhã sem usar nenhum tipo de droga só dançava, cantava e
curtia com minhas amigas então possível sair no mundo sem ser do mundo o pessoal vai achar
estranho no começo, vai fazer piadinha, e etc… mas depois vão te respeitar por isso. Então não tenha
medo de sair e fazer novas amizades com medo do que eles vão pensar o te julgar, o mundo sempre
vai perseguir os cristãos essa é a nossa realidade e temos que conviver com ela e não fugir. Lógico
que não vai ser de primeira que você vai conhecer pessoas novas e nem encontrar seu namorado na
primeira balada que você vai, mas aumentar o network pode aparecer seu amor, as vezes ele tá do
seu lado mas você ta com tanto desespero que nem enxerga.rnrnComo eu sinto isso, a uns 4 meses
atrás eu tive uma grande decepção amorosa dessas que você fica chorando no quarto por 4 dias
seguidos. Depois perguntei para ele o porque ninguém me dava valor ele e respondeu bem assim ”
Mari você tem que se valorizar primeiro para que alguém possa te valorizar” no começo quis matar a
criatura por ter jogado a culpa em mim. Depois de um tempo eu re-encontrei Jesus ai ele com sua
misericórdia divina me mostrou que ele tava certo. Eu estava com tanto vontade e desejo de encontrar
alguém q depositei todo meu amor na primeira pessoa que me pareceu ser confiável, amável, um
homem trabalhador e todos os atritutos necessários para um bom homem. Ele é assim vai ser um
ótimo marido, mas eu tinha uma alta estima baixa, não me amava, não acreditava que Deus iria me
mandar um bom homem, que eu tinha o dedo podre. Gente com esses pensamentos você realmente
só vai atrair traqueira, pois você é uma mulher linda, amigável, companheira, cheirosa e está carente
ou seja é presa fácil e vai fazer tudo o que ele quiser. Ou seja eu perdi completamente a minha
essência feminina, a essência que Maria depositou em cada uma de nós, perdemos nossos mistérios a
beleza singela e pura que Maria tem. O que eu penso hoje nesse meu processo de conversão e que
não quero encontrar ninguém agora eu preciso me preparar espiritualmente para poder assumir um
relacionamento, Uma vez ouvi numa palestra da CN acho que é do Tchuco do Adriano Gonçalves, o
coração da mulher tem que estar tão mergulhado em Deus que para o homem conseguir toca-lo tem
que antes chegar em Deus. Ou seja para que eu possa ter o meu José eu tenho que me assemelhar ao
máximo possível de Nossa Senhora eu tenho que cuidar de mim, antes de poder amar e cuidar de
outra pessoa. Eu tenho uma confiança enorme em Jesus, e todos os dias eu peço a ele que me mostre
o caminho da santidade e a Maria que me ajude a ter o coração puro e singelo que ela teve e assim eu
vou encontrar o meu José. Acho que é isso, se ficou confuso ou sem nexo me perdoem a escrita não é
meu forte. E Mulheres as vezes a mudança pode estar em nós os comentarios que eu li são super
down ngm quer namorar uma pessoa triste, careta que não sai de casa, você não precisa beber se
drogar ou transar loucamente para ser divertida, basta ter um coração de Maria que você consegue
lidar com essa situação.

Responder

Letícia
8 de abril de 2014 00:34 Permalink

Mariana, gostei muito do seu comentário. Também penso assim.

Responder

54. Michel
7 de abril de 2014 23:50 Permalink

Estou perto dos 30 anos e ser solteiro nessa idade não está me fazendo nada bem, pois todos ao meu
redor que estão na faixa dos 30, estão namorando ou casados, com isso vem o pensamento: O amor
esqueceu de mim. Não me sinto nem um pouco a vontade de estar com pessoas desconhecidas ou
namorando e casadas. Pois quando vc olha e vê que todos tem um relacionamento e você não, acabo
me sentindo que estou sobrando.

Responder

Maria
22 de abril de 2014 02:02 Permalink

Oi Michel,tudo bem? Também passo pelo mesmo dilema tenho 33 anos e não tenho ninguém.
Não sei o que fazer todos os meus amigos e amigas estão casados e só eu solteira. Gostaria de
encontrar o homem que me faça feliz e eu possa fazer ele feliz também. Se você estivr
interessado é só se comunicar comigo. BJS fica com Deus.

Responder

55. Alessandra
9 de abril de 2014 00:41 Permalink

É extremamente duro esperar. Cansa. Eu já desisti e ao contrário do que algumas pessoas


comentaram, eu tenho sim uma vida de oração. Posso não ser um grande exemplo de católica, mas eu
tenho uma relação com Deus e Nossa Senhora. E é isso que me revolta, pois quem faz tudo errado
sempre conquista as coisas que desejam. Enquanto eu, que luto para fazer o certo só me decepciono!
Nunca consigo nada!!nAté reclamar da minha situação de solteira já me cansou. Por favor, rezem por
mim.

Responder

56. Mineira
9 de abril de 2014 22:00 Permalink

Estou cansada de esperar, já tenho 32 anos. Estou pedindo a Deus que tire de mim o sonho de ter
alguem, já que nao é da vontade Dele que eu tenha. Não aguento mais esperar por algo que nunca
vem. Eh triste ver que na minha idade as minhas amigas, e colegas de trabalho ja estao casadas ha
anos e eu nem tenho namorado. Essa minha situação chega a ser humilhante. Se eu orei a tantos anos
e Deus nao me concedeu um esposo, provavelmente é pq Ele nao tem um esposo nos planos Dele pra
mim. Agora o que me resta é esquecer e abrir mão deste sonho –

Responder

SERGIO
21 de abril de 2014 19:21 Permalink

gostaria de conhecer uma pessoa especial?? ENTÃO ME ADICIONE NO SEU QUADRO


DE AMIGOS E VAMOS CONVERSAR; LEMBRANDO VOCÊ QUE EU NÃO ESTOU
TE CANTANDO, APENAS QUERO CONHECER PESSOAS QUE TEM O MESMO
PROBLEMA QUE EU, ASSIM PODEMOS FALAR SOBRE VÁRIOS ASSUNTOS E
FAZER COMPANIA UM AO OUTRO, FACE(sergio.diadema116@hotmail.com) ME
ADICIONE E ENTRE EM CONTATO.

Responder

Anônimo x 3
7 de agosto de 2014 11:19 Permalink

Cara colega! Firme na FÉ! Você esta nova e DEUS quer de verdade a sua felicidade, não só
na vida eterna ao lado DELE como já provar dessa felicidade aqui na terra. Você está nova:
oração, missa, confissão e comunhão. Ânimo! :oD

Responder

57. Michel
14 de abril de 2014 23:32 Permalink

Na epoca de Natal e Ano Novo, aí é que a solidão aumenta, pois na hora de desejar feliz natal e ano
novo, todos estão com seus amores, desejando as felicitações,enquanto nós que estamos solteiros
ficamos sobrando.Isso é triste demais.Não dá para aguentar passar sempre por isso. Não adiante
alguém me dizer para fazer amizades, pois já tentei isso e o resultado sempre é o mesmo: Decepção.
O meu único amigo é Deus. A maioria das pessoas hoje, não dão o valor que nós MERECEMOS.
Quem está em um relacionamento são os primeiros a nos abandonarem.

Responder

sol
22 de abril de 2014 21:15 Permalink
Então Michel, o que vc acha de conversar com a Maria que tem 33 anos e quer conversar com
vc, tudo é mais lindo quando começa com a amizade e se não rolar pelo menos vc ganha uma
amiga e assim sua vida fica mais colorida.e também vcs já tem algo em comum, estão passando
pela mesmas situações. (é so uma sugestão, pois com seus comentários já gostamos de vc, pois
é uma pessoa boa) abraços. fica com Deus.

Responder

58. Sandra
20 de abril de 2014 19:41 Permalink

Em todos os meus relacionamentos amorosos eu me dedicava muito para que chega-se ao casamento
pois sempre tive muita vontade de ter minha casa e meus filhos. Hoje tenho 35 anos e nada disso
aconteceu. Fico me perguntando a DEUS o porque…

Responder

59. SERGIO
21 de abril de 2014 19:40 Permalink

TODOS QUEREM SER FELIZES, MAS, O QUE ESTÃO FAZENDO PARA QUE ISSO
ACONTEÇA?? “”NÃO ADIANTA FICAR ESPERANDO A CHUVA SE NÃO PLANTAR””
OU SEJA, SÓ PEDIR PRA DEUS E NÃO PROCURAR, NÃO VAI ADIANTAR MUITO, TEM
QUE DAR A CHANCE PARA QUE AS PESSOAS SE APROXIMEM DE VOCÊ “”MULHER””,
NÃO ESTOU DIZENDO PRA SAIR AI DANDO TRELA PRA TODOS QUE APARECEREM,
MAS, COMECEM A CONVERSAR COM OS HOMENS, SE ACASO ELES COMEÇAREM
CONFUNDIR E ACHAR QUE VOCÊ É FACIL, DIGA “”NÃO”” E COMECE A CONVERSAR
COM OUTROS, ISSO NÃO SIGNIFICA QUE VOCÊS ESTÃO DESESPERADAS, APENAS
ESTÃO SENDO GENTIS E DANDO A CHANCE DE SEREM ENCONTRADAS PELAS
PESSOAS CERTAS. NÃO SEI SE EU SOU A PESSOA CERTA PRA VOCÊ, MAS, SEI QUE
SOU A PESSOA CERTA PRA ALGUÉM E ESTOU DEIXANDO MEU EMAIL CASO
ALGUÉM ESTEJE PROCURANDO PRIMEIRO UMA AMIZADE.
(sergio.diadema116@hotmail.com) escrevam e eu responderei.

Responder

60. Daniel Henrique


1 de maio de 2014 00:28 Permalink

Pessoal, Deus não existe! kkk. Eu mesmo acreditava em Deus, tinha fé e sabe o que eu ganhei?
Muitas humilhações e nenhuma namorada, e olha que já tenho 25 anos.É só eu comparar minha vida a
dos caras com dinheiro, muito bem aparentados, etc. Os caras tem várias namoradas. Eu confesso,
sou um pouco tímido, mas quer saber, isso não é culpa minha. Minha diversão hoje em dia é
frequentar casas de massagens, viajar e curtir muito, to nem ai com Deus. Eu passei minha vida toda
até os 22/23 anos chorando todas as noites e implorando muito a Deus pra arrumar amigos e
namoradas, mas eu cansei e mudei por mim mesmo, e quer saber, essa foi a forma que encontrei de
“Punir” Deus, me retirando de qualquer obrigação religiosa, me tornando egoista e consequentemente
mais feliz. Desejo boa sorte a quem ainda acredita no papai noel.

Responder

sol
3 de maio de 2014 21:33 Permalink

Daniel, vou orar por vc para que entendas que Deus não é obrigado a dar nada pra gente, Ele
já nos deu tudo a sua vida na Cruz do Calvario. vc ainda é muito jovem 25 anos, estas
começando a vida e tem muito o que conquistar. mesmo com toda revolta que sentes saiba que
JESUS TE AMA E TE ENTENDE. Deus cura o coração do Daniel e tira essa magóa para que
ele se arrependa destes maus pensamentos. quem crer diga AMEMMMMM.

Responder

61. piter piruka


11 de maio de 2014 20:56 Permalink

Boa noite temos um Deus que é maravilhoso independente do que passamos na vida temos que fazer
a diferença ir onde gosta frequentar lugares bons se divertir quem sabe fazer uma viagem procurar se
cuidar tanto na parte fisica como espiritual vai ver como tudo se estabiliza se equilibra pensar positivo
viver bem quem sabe até fazer terapia ajuda muito a se conhecer melhor e trabalha a sua parte
emocional coloca para fora seu lado interior as frustaões magoas ter controle das situações pensar
melhor agir melhor viver melhor tudo é uma consequencia que nós escolhemos e também ler a Biblia
faz bem começa a ter entendimento na sua vida dos por que ou seria para que você escolhe o caminho
da vitoria está ao seu lado lute por seus ideais mesmo nas dificultades planejamento faz parte vai ver
como tudo melhora a vida passa tão rapido que as preocupações ficam e as vitorias prevalece pense
no dia de amanhã faça planejamento pois o hoje já passou se antecipe realize antes do tempo previsto
não fique acomodado vai a luta será um vencedor abraços.

Responder

62. Biina
12 de junho de 2014 11:45 Permalink

Queridos, casei-me aos 21 anos e com 26 tinha dois filhos, e olha que nem sonhava com isso. Estou
com 55 e até agora não me realizei pelo casamento. Acreditem, as pessoas com quem nos
envolvemos não nos deixa conhecê-lo/la verdadeiramente até que seja consumado o tão sonhado
casamento. Ninguém vai nos tirar da solidão, só nós mesmos, com a graça de Deus. Você pode estar
casada/o com o homem ou a mulher que você escolheu, mas pode continuar a se sentido só. Deus não
está te ajudando nas tuas orações? Saiba que é porque você não estar pedindo corretamente ou não
estar entendendo a resposta de Deus, e a demora da solução se dá por isso. Todo mundo já ouviu
falar de algumas mulheres que sofriam profundamente por não conseguir engravidar, e quando
adotaram um filho, acontece a gravidez. Então, diminua a ansiedade, se exponha mais. Não reze ou
ore para encontrar uma pessoa para chamar de seu/sua, reze a Deus para ser feliz e ele lhe concederá
o melhor para você. A minha realização, só está chegando agora, depois de 33 anos de orações e
casamento, a realização está se dando com a conversão do meu marido, porque quando você casa, a
luta aumenta, vem os filhos e os desentendimentos, aí você passa a orar por você, pelo marido, pelos
filhos e não pode ter pressa, temos que esperar o tempo de Deus. Se as coisas que desejamos
acontecerem no nosso tempo, não terá a mesma consistência que as que acontecerem no tempo de
Deus. Para mim, tem algumas coisas que atrapalham a conquista de uma pessoa, seja para casar seja
para amizade: carência, ansiedade, estupidez, timidez exagerada, insegurança e etc. Quando se reza
pra encontrar um marido e não se consegue, talvez seja porque a oração esteja no foco errado, ore
para que Deus mude em você aquilo que está lhe impedindo de se tornar desejado/a por alguém.
Tenho certeza de vocês vão encontrar a pessoa certa se continuarem orando, lutando, vivendo e
esperando o tempo certo. Que Deus os abençoem.

Responder

63. Dayse
15 de junho de 2014 02:57 Permalink

Passou o dia dos namorados e as coisas continuaram do mesmo, até quando Senhor vai me deixar
neste sofrimento?

Responder

sol
2 de julho de 2014 21:04 Permalink

Também continuo no mesmo sofrimento, sozinha e nunca tive um dia dos namorados na my life,
é triste a situação, mas talvez seja porque estamos orando errado, que Deus nos dê sabedoria
para pedirmos da maneira correta, e a benção vira no nosso caminho, que assim seja…. amém.

Responder

64. Raquel
4 de julho de 2014 02:42 Permalink

Um conselho a todos: é Deus quem escolhe a pessoa certa pra gente, é um presente Dele pra nós.
Quem teve a graça de encontrar o amor verdadeiro tem isso bem claro em seu coração. Pra quem
está vivendo o calvário da espera, um conselho que dou é recorrer aos nossos intercessores, os santos
e as almas do purgatório. Recomendo muitíssimo rezar pelas almas do purgatório pedindo intercessão,
elas sempre nos ajudam e muitas vezes rápido. Essas almas queridas de Deus são um atalho ao
coração Dele. Nós ajudamos elas a saírem de seu purgatório e elas nos ajudam a sair do nosso aqui
na terra. O grande mal da modernidade é que é ensinado que somos nós que conquistamos a
felicidade sozinhos e isso não é verdade. E também não procurem perfeição, não queiram uma pessoa
que se encaixe perfeitamente nos padrões que vocês sonham. O importante é o essencial, os valores
morais e o que tem em comum. Os defeitinhos podem ser lapidados com o tempo de namoro. Claro
que se forem coisas que atrapalham muito, não adianta empurrar com a barriga, não se casem só pra
não ficarem sozinhos. Rezem pelas almas do purgatório, verão como são queridas por Deus!

Responder
65. Alessandra
5 de julho de 2014 17:32 Permalink

Também estou só ainda, mas tenho recebido tantas graças que esse aspecto da minha vida acabou
ficando em “segundo plano”. Não, eu não desisti de vez, apenas tenho dado prioridade a outras coisas
que merecem a minha atenção no presente momento, como a vida acadêmica e o trabalho. rnA espera
é dura, mas temos de ser gratos a Deus. Ele cuida de nós e se Ele semeou em nossos corações o
desejo de amar alguém, se casar e constituir uma família é porque Ele vai nos enviar no momento certo
a pessoa certa. rnDeus não é incoerente, se percebemos em nós fortes sinais da vocação matrimonial
que tenhamos a certeza de que Deus irá operar o milagre e seremos plenamente felizes com nossos
amados e nossos filhos em um futuro próximo. rnQue nosso Senhor Jesus Cristo permaneça ao nosso
lado, renovando as nossas esperanças e que Nossa Senhora interceda por todos nós que esperamos
essa graça tão especial em nossas vidas.

Responder

DAYSE
13 de julho de 2014 02:10 Permalink

Esse tempo todo sozinha serviu para me perceber que uns nascem pra sofrer(eu, por exemplo)
e os outros para sorrirem, isso eu pude constatar porque a 7 anos perdi uma pessoa que eu
amava muito e de lá pra cá tentei recostruir meus afetos acreditando que Deus me recompesaria
depois de tanto sofrimento mas não..percebi que eu nasci sozinha e vou morrer sozinha..isso eu
já me conformei..por isso não peço mais a Deus ninguém para me fazer feliz,apenas peço força
para viver enquanto der..porque a minha vida não será muito longa…

Responder

66. dorinha
13 de julho de 2014 17:19 Permalink

olá meu nome é dorinha e me identifiquei com a matéria e com os comentários é uma situação bem
difícil quem quiser fazer amizades meu email é dorinha.legal@hotmail.com abraço

Responder

67. Juliana
13 de julho de 2014 21:34 Permalink

Tenho 28 anos e me identifico com os depoimentos aqui postados. No meu caso,quando mais jovem,
dei prioridade aos meus estudos e carreira. Hoje, sou responsável por cuidar da minha mãe, que
infelizmente sofre com um câncer metástico. Sei que o Deus a quem servimos é maravilhoso e tenho
total convicção que minha solidão foi planejada por Ele, para que eu pudesse dar todo o suporte,
cuidado e atenção a minha mãe nestes momentos tão dolorosos. Estou licenciada do meu trabalho há
8 meses, raramente saio de casa – exceto para ir ao hospital. Acredito fielmente na misericórdia
divina, mas a angústia, o desespero vem quando penso ” e quando minha mãe partir?”. Por mais que
doa (e eu sei como doi) creio que o nosso desafio seja não perder a fé.

Responder

68. Rosana
16 de julho de 2014 14:57 Permalink

Olá Juliana!!! Também tenho uma história parecida com a sua..Tenho 26 anos e também me dediquei
aos meus estudos, pois esse era o sonho da minha mãe me ver formada, já que meus irmãos não
quizeram continuar os estudos… Logo no ano em que me formei, minha mãe descobriu que o câncer
dela tinha voltado, e dessa vez era metástico, também me dediquei a cuidar dela… Faz um 1 ano e 7
meses que ela partiu, e por mais que seja triste, sei que ela está melhor, pois acabou todo o
sofrimento. Mas me sinto sozinha, pois como todos os depoimentos aqui deixados, ainda não
encontrei nenhum companheiro, na verdade nunca namorei. As vezes é muito dificil, pois todos nessa
idade já são casados, ou estão se preparando para isso, e eu continuo só. Mas eu não perco a fé e
não desanimo, peço a Deus todos os dias para que me ajude e me mostre como encontrar esse
companheiro que tanto espero.Enquanto isso vou tentando seguir a minha vida em frente. Desejo a
você muita força, pois sei que não é fácil o que vc está passando… E que Deus abençoe, ilumine e
ajude a todos que estão a procura, como nós!!!!!! Abraços…

Responder

Richard
17 de julho de 2014 21:32 Permalink

A verdade que quem sabe quem é Feliz vivemos em uma sociedade de mascaras onde as
pessoas se fazem mas não o são também espero alguem mas lembemos de Isaac sara ia virar
centenaria e alegria de moisesrnrnAguarde vera o que DEUS tem preparado para quem os ama
sorte a todas mocinhas e mocinhos rnrnComo diz o Super man rn”Para o auto e avante”

Responder

Carlos
26 de setembro de 2014 18:00 Permalink

Amém, rsrsrs.

Responder

69. Carol
27 de julho de 2014 20:00 Permalink

Estou solteira com 42 e nunca apareceu ninguém, então algumas pessoas são predestinadas a ficarem
sozinhas. Azar ou sorte, quem poderá dizer? Mesmo o melhor ser humano ainda é ruim.

Responder
sol
29 de julho de 2014 20:43 Permalink

Carol. tenho quase 38 anos, e estou aflita, pois fico com vergonha de falar minha idade, e todos
que me conhecem sabem que nunca namorei, vc pergunta se é sorte ou azar, acredito que as
vezes deixamos as oportunidades passar e parece que com o passar dos anos as oportunidade
de conhecer alguém não existe mais. é assim que me sinto sozinha e sem esperança. as vezes
peço para Deus vir me buscar logo, pois a solidão que sinto que sufocante até dói. boa sorte
pra vc.

Responder

Anônimo x 3
7 de agosto de 2014 11:10 Permalink

Afe! Para DEUS te buscar logo? Pelo amor de DEUS, você não é a única nessa
situação no mundo, só aqui nesses comentários já apareceram trocentos. DEUS é
Maravilhoso e a felicidade é estar com ELE, a gente só vai a hora que ELE autorizar. Fé
irmã, a batalha ainda não terminou, você é de extremo valor para DEUS, senão ELE não
há haveria criado concorda?. :0D

Responder

sol
9 de agosto de 2014 12:45 Permalink

È anônimo x 3, vc tem razão, é que as vezes a solidão bate forte ai vem o


desespero, as esperanças vai acabando de acordo com a idade (3.8), aí a gente
fala e escreve algumas besteiras sem pensar direito. boa sorte p/ vc, tomara que
encontre seu amor.

Responder

Elias
6 de maio de 2015 13:02 Permalink

O pior é que Deus não atende esta oração também já pedi

Responder

70. Laiane
28 de julho de 2014 22:22 Permalink

Morro de medo de”ficar pra titia”,kkk,tenho 19 anos quase 20 e ainda não namorei…Estou
esperando em Deus, mas confesso, é difícil essa jornada de espera,pois fico sofrendo pressão dos
meus pais por que ainda não namorei.E fico me perguntando será mesmo que tem alguém pra mim?
Responder

71. wallaci
31 de julho de 2014 01:50 Permalink

quero conhecer auguem com quem eu tenha simpatia e quera algo sério

Responder

72. Anônimo x 3
7 de agosto de 2014 10:36 Permalink

Sandro, gostei muito do seu artigo mas vou um pouco além: E depois que uma pessoa passa por todas
essas fases, sonhando sempre em ter uma família com tudo certinho e lá meio da casa dos 30 acredita
estar finalmente com a pessoa correta, mas depois de algumas dificuldades mesmo assim você investe
naquele relacionamento por que acredita que a “tarde já caí” e não vale a pena desistir daquele
relacionamento e voltar à procurar alguém, ainda mais por que você gosta de verdade daquela pessoa.
Bom você descobre que a pessoa escolhida nem gostava tanto de você, já perto dos 40 descobre que
foi enganado(a), sua parceira ou parceiro, descobre que não gostava e que encontrou um grande amor
e manda-lhe um belo de um ponta pé. Aí você se encontra perto dos 40 sozinho(a). Aí lascou de vez?
Olha aí um bom título de um livro para você: “Agora lascou?”… eu prefiro acreditar na divina
providência, dei uma folga a Santo Antônio e passei o caso para Santa Rita de Cássia, pois já se trata
de uma causa impossível (não para DEUS).

Responder

73. Marilia
19 de agosto de 2014 13:00 Permalink

Aff!!! Vendo esse artigo percebi que… nossa to frita então, já tenho 32 anos, não tenho faculdade,
não tenho nenhuma formação,fiquei desempregada essa semana, moro na casa da minha mãe, não
tenho filhos, nunca tive um relacionamento sério que durasse mais que seis meses no máximo, todos os
meus “amigos” da minha idade já casaram, uns já divorciaram e estão procurando casar de novo, e eu
sem ninguém, na igreja me sinto totalmente deslocada, pois a maioria da minha idade já estão casados,
com filhos, ou namorando, noivos e os solteiros são jovens, adolescentes que se acham adultos. eu me
sinto totalmente fora de orbita, ir ao grupo jovem nem pensar. só tem crianças. E os lugares com
pessoas da minha idade e totalmente fora de atos cristãos.

Responder

sol
19 de agosto de 2014 20:26 Permalink

Marilia, me identifiquei em partes com sua historia, também me sinto totalmente deslocada na
igreja, pois todas as mulheres da minha idade(38) estão casadas com filhos e eu sou a única
solteirona, fico até com vergonha, pois quando olham pra mim parecem dizer “olha lá aquela
que não conseguiu casar”. pelo menos vc já teve relacionamentos, eu nunca tive, as vezes perco
as esperanças, mas lembro que Deus pode colocar um homem de Deus na minha vida.

Responder

74. samara
1 de setembro de 2014 16:04 Permalink

sinceramente ,uma pessoa que chegou aos 30a anos e ainda não tem nehum relacionamento
duradouro ,ou nunca teve,essa pessoa têm algum poblema

Responder

sol
9 de setembro de 2014 21:06 Permalink

o problema que tenho é timidez excessiva, complexo de inferioridade,baixa auto estima, e isso
deixa qualquer um fechado para relacionamentos, pois não nos aceitamos e assim não da para
fazer ninguém feliz, já que não estamos bem. é isso samara!

Responder

Carlos
26 de setembro de 2014 18:01 Permalink

Acho que você pegou pesado. Se não podemos contribuir, para que destruir?

Responder

75. Carlos
26 de setembro de 2014 18:08 Permalink

Estou prestes a completar 34 anos, já sou titio a muito tempo e tenho 5 afilhados, filhos de amigos e
irmãos. Já tive 4 namoradas sérias, mas não fluiu, e quando encontrei a pessoa com quem pensei “é
com essa que vou envelhecer, partilhar a vida”, depois de ficarmos noivos, e de iniciar os
preparativos, data marcada, ela decidiu por fazer caminhada vocacional em uma “comunidade”, na
época fiquei muito chateado com a situação, e olha que sou membro ativo da Igreja, porém custei a
aceitar a situação, hoje falo da situação sem maiores problemas. Mas voltando ao tema do artigo, as
vezes fico com receio da solidão, e me pego a pensar sobre isto, principalmente nas sextas depois do
trabalho, moro só, família longe, amigos casados, e nos sábado e domingos sempre tenha atividades
na Igreja, então acabo não pensando muito, tenho uma coisa comigo, Deus sabe da minha vida e o
meu destino está em suas mãos, Ele sabe o que é melhor para mim e para o chamado que fez em
minha vida, mas de boa, não fico só me lamuriando se tiver oportunidade sair com amigos, festas,
pizzaria, sorveteria, filme, churras, almoço, jantar to sempre disponível, desde que não tenha
compromisso com a Igreja, Família ou trabalho, espero em Deus, e se Ele me mandar alguém estarei
aberto para recebê-la, mas sem neuras, amo e cuido dos meus sobrinhos e afilhados como se fosse
meus e o trabalho de Deus me consome.
Responder

76. José Claudio


29 de setembro de 2014 15:57 Permalink

Boa tarde,rnLi este artigo e seus comentários e me identifiquei muito com o que foi dito por vocês,
tenho 22 anos e nunca namorei antes, não sei o porque, pois me acho uma pessoa interessante, tenho
minhas qualidades, mas também meus defeitos assim como qualquer outra pessoa. O problema é que
todas as vezes que tentei algo com alguma garota a resposta sempre foi “não”.rnCaso alguém queira
me adicionar no facebook: José Claudio Tardin Negris

Responder

77. Evandro
11 de outubro de 2014 22:52 Permalink

Achei que eu fosse o único nesta situação. Tenho 34, me acho inteligente, culto, tenho Jesus no
coração, sou solidário, porém estou só. Não consigo identificar aquela que seria a minha esposa ideal.
Isto talvez seja irrelevante quando somos mais jovens e queremos namorar, porém, quando chegamos
a uma certa idade, comigo foi quando “trintei”, buscamos um relacionamento que seja sólido e resulte
em um casamento, uma família. Contudo, tem sido difícil, pois a maioria das mulheres que o mesmo
nível de maturidade já estão casadas ou em um relacionamento. Às vezes acho que me entreguei
demais aos estudos e trabalhos. Mas ainda tenho esperança em encontrar a escolhida de Deus pra
mim.

Responder

78. fernando
16 de outubro de 2014 03:59 Permalink

a pior coisa de ser szinho e nao ter alguem pra pelo menos vc sonhar deito em minha cam um vazio
sonho com mulheres q nunca vi nao ter alguem pra vc pensa e muito cruel e sonha com alguem
comprometido e triste…

Responder

79. Osvaldo Júnior


18 de outubro de 2014 10:58 Permalink

O grande problema nos dias atuais é um nojo mútuo ente homens e mulheres.Isso ocorre pelo fato da
esmagadora maioria das mulheres sentirem repulsa de homens solteiros que sejam de classe média ou
media-baixa (simplesmente pelo fato deles serem solteiros) e ao mesmo tempo sentirem atração por
homens casados (simplesmente pelo fato deles serem apenas casados),mesmo que muitos solteiros só
estão solteiros exatamente porque tambem já descobriram isso e de tambem estarem sentindo nojo
deste novo tipo de mulher que surgiu.Para a maioria delas,não importa o caráter do sujeito,a sua
indole,os planos para o futuro e etc.Para eles se o cara está casado e porque é bom e se está solteiro
é porque é ruim.Elas não percebem que muitos homens estão solteiros exatamente porque repudiam
esse comportamento delas e não porque são ruims ou sem pegada.Sendo assim muitas mulheres
deixar de ter um grande amor ao lado,simplesmente por serem preconceituosas,polígãmicas e
promiscuas. rnrnO falta de vontade de se aproximar hoje em dia é mútuo entre homens solteiros e
mulheres solteiras,sendo que elas sentem essa reulsa pelo simples motivo do rapaz ser solteiro (uma
repulsa irracional,sem vergonha,infantil e sem sentido algum),enquanto que os rapazes tambem sentem
essa repulsa exatamente dessas mulheres por elas serem promiscuas ao preferirem os
compromissados (uma repulsa até justa e merecida).rnrnEm muitas situações as mulheres até sentem
inicialmente uma atração por um sujeito,mas ao saber da solteirice do rapaz e que se trata de um cara
de casse média apenas,elas rapidamente perdem o interesse de se aproximar dele (pois na cabeça
infantil,deturpada e promiscua delas se o cara está solteiro é porque ele tem algum problema),mas na
verdade o problema vem do preconceito e da promiscuidade delas próprias,o que faz com que os
homens solteiros fiquem tambem desencorajados e perdem o interesse de buscar o primeiro
contato,se aproximar e tentar investir em um relacionamento.rnrnComo a maioria dos homens já
perceberam esse preconceito e promiscuidade da mulher “moderna” atual,eles acabam perdendo o
interesse de aproximação(afinal qual homem vai querer se relacionar com mulheres que querem
homens compromissados e sentem repulsa por caras de classe média solteiros?).Isso provoca então
um distanciamento e uma repulsa mútua entre homens e mulheres.rnrnPor outro lado os homens
compromissados se tornam cada vez mais seguros pois tambem já descobriram que a maioria das
mulheres preferem é eles mesmo.Isso faz com que os solteiros se distanciem mais e os casados se
aproximem mais das mulheres.O resultado disso se nada for feito para mudar esse comportamento
preconceituoso e promiscuo feminino com soteiros de classe média é que os mehores (aquele para
casar e ser fiel para o resto da vida) ficará cada vez mais difícil de encontrar e as mulheres serão cada
vez mais usadas e descartadas por homens cafajestes e aproveitadores.rnrnA solução para isso seria
que as próprias mulheres reconhece-sem isso e fize-sem uma auto-critica de sí mesmas e se aproxima-
sem de homens solteiros tomando a iniciativa do contato inicial.Caso contrário os homens solteiros
ficarão cada vez mais inseguros e desinteressados pelo primeiro contato exatamente por saberem que
tal contato não vale a pena.rnrnTenho 30 anos e minha solteirice se resume exatamente por esses
motivos que descrevi acima.Sou solteiro não por fracasso e incapacidade de ter uma mulher,mas sim
por crer que a mulher de hoje não vale a pena para um relacionamento sério e de fidelidade e a
chance dela estar de olho em algum comprometido é muito grande.rnrnEnquanto as mulheres não
tomarem a iniciativa e mudar esse comortamento doentio delas,preferindo homens solteiros que
querem algo sério ao invés apenas de aventureiros sexuais é preferível os homens solteiros
continuarem solteiros,afinal melhor sozinho do que mal acompanhado.

Responder

80. Anne
21 de outubro de 2014 07:28 Permalink

POIS CADA UM COM A SUA VIDA E VAI SE VIVENDO COM OS


ACONTECIMENTOS.rnAGORA FICAR DANDO SATISFAÇÃO PARA ESSA SOCIEDADE
MALDITA E ESTÚPIDA SOBRE A VIDA SENTIMENTAL!rnMANDE ESSA CIVILIZAÇÃO
SE EXPLODIR”!rnE DEUS NÃO DISSE NADA QUE SE DIVORCIAR É ERRADO. ISSO É
CONCEITO FALSO DE RELIGIÃO. DEUS NÃO ESTÁ NEM AÍ E NEM CHEGANDO PARA
QUEM TEM ALGUÉM OU NÃO TEM.rnA RELIGIÃO TEM ENSINAMENTOS DE
MANIPULAÇÃO. ELES NÃO CONHECEM SOBRE DEUS. DEUS NÃO APARECEU
PESSOALMENTE PARA NINGUÉM E NÃO DISSE NADA.rnRESPONDA PARA A
SOCIEDADE E NA CARA DAS PESSOAS E NÃO FICAM DANDO SATISFAÇÃO SE VÃO
SE CASAR OU PROCRIAR.rnMANDEM SE EXPLODIR E CUIDAR CADA UM DA SUA
VIDA.rnRESPONDAM NA CARA DOA A QUEM DOER

Responder

81. fernando
28 de outubro de 2014 15:47 Permalink

tenho 34 anos, solteiro e tenho um filho de 8 que mora com a mãe.. tenho esperanças.. Deus disse:não
é bom que o homen fique só….rnmeu amail, odnan.filho@gmail.com

Responder

Cris
1 de novembro de 2014 22:29 Permalink

Olá Fernando,rnrnÀs vezes a espera parece angustiante , mais quando vem do Senhor vale
muito apena, se não há muitas decepções e consequentemente muito sofrimento .Já sofri muito ,
porque muitas vezes me precipitei pondo esperanças em alguém desde quando não havia uma
confirmação da parte do Senhor. Há te mandei um convite p o face.Fica com Deus.

Responder

82. Luís
2 de novembro de 2014 18:49 Permalink

Realmente fico horas a fio tentando encontrar a solução, pois como todos aqui sofro do mesmo
mal.Tenho 36 anos há 5 anos que não namoro, poderia hoje estar casado, com filhos. No entanto não
era para ser. hoje sei que ela esta casada e feliz enquanto eu só e infeliz. Tudo o que a maioria de vcs
relataram aqui é verdade, os amigos casam te abandonam,até mesmo familiares, esqueçam redes
sociais e sites de relacionamentos, não adianta, só piora, vão por mim.Proponho que ao invés de
ficarmos batendo cabeças neste muro das lamentações, vamos tentar juntos buscar meios para a
solução. Pode ser castigo de Deus, pois joguei muitas oportunidades fora e hoje ando triste e só, mas
ainda sou otimista. Vou contribuir com algumas dicas que tenho feito para pelo menos amenizar este
problema. Façam coisas saudáveis, bastante exercícios físicos, interajam com Deus, procurem um
especialista se ficarem deprimidos e saiam de redes sociais para não viverem a vida dos outros.Viva a
sua!Na verdade ninguém sabe pq temos que suportar provações tão difíceis, talvez seja o meio, sua
cidade, seu país etc. Todos nós aqui estamos no mesmo barco encalhado, então vamos nos unir, nos
ajudar, juntos somos fortes, sós somos uma ilha isolada, e ninguém é uma ilha. Entrem em contato
comigo se quiserem, talvez ajudando eu possa ser ajudado!

Responder

83. Catolico Rodrigo


8 de novembro de 2014 17:53 Permalink

Amigos, os relacionamentos sao dificeis. Ja namorei e digo que a religiao importa muito. Sou bem
sucedido nao sou feio mas sempre quis uma mulher que eu achasse bonita inteligente e que fosse
catolica e seguisse a biblia frequentasse a igreja catolica e o papel do homem e da mulher no
casamento. E so acho feministas teimosas ateias ou que nao levam Deus a serio. Eu quero ser o chefe
do lar, quero uma familia, quero fazer trabalho na Igreja, pregar, quero uma mulher que eu possa
cuidar liderar dar um filho e que seja carinhosa saiba o seu papel, que depois de Deus me coloque em
primeiro lugar assim como colocarei ela. Que tenha nivel educacional proximo ao meu ou esteja se
formando ao menos para termos assunto. Moro no estado do Rj e esta muito dificil ninguem quer
casar para sempre ou seguir o papel de mulher que Deus colocou na biblia. Eu sou funcionario publico
da justica estudo para ser Juiz, tenho boa renda casa etc mas no meu meio nao tem ninguem parecido
so pessoas ateias evangelicas ou largadas teimosas orgulhosas etc que nunca vao cumprir o ate a
morte nos separe. Frequento cancao nova algumas vezes no ano tem jovens bonitas aqui e parecem
inteligentes e interessantes mas e um lugar de oracao nao da para puxar papo. Deixo aqui o numero de
um grupo de whats app CATOLICO e serio, mandem mensagem para amizades e troca de ideias 65
9636 9264 e 21 9*8787*5952. Vamos fazer amizades com quem pensa como a gente e tem a
mesma fe.

Responder

84. Charlene
13 de novembro de 2014 23:02 Permalink

Estou na fase dos 33 anos, e a 6 anos sozinha!Não é facil assumir a vida dessa maneira, pois sempre
sonhei em ter minha familia antes dessa idade. Depois de tantas decepções nesses 6 anos, tentando
“acertar” em ter alguem, to tentando levar minha vida, pois nao tenho amigos, não tenho ninguem pra
sair, pra conversar, nada..talvez seja meu jeito, mais hoje em dia é dificil até ter amigos, pois eu tenho
dificuldades (pelo tempo que estou sozinha), em fazer amizades, conhecer pessoas, é como se eu não
conseguisse confiar em ninguem..Ao mesmo tempo q sinto falta de alguem, tenho medo de conhecer
alguem, sofrer e me decepcionar novamente!Tenho pedido muito a Deus para q Ele tire a ansiedade, e
essa ansiedade do meu coração.. o espirito de solidao… e pra “piorar”, eu sou muito alta e gordinha,
quer dizer, n tenho os “padrões” das moças de hoje em dia, e isso dificulda um pouco..=( .. desculpa,
mais acho q foi mais um desabafo.. Agora a unica coisa q peço pra Deus, é que me ajude a viver
sozinha, sem atormentar meu coração, em sentir inferior e ainda sozinha..Um abraço a todos, amei o
site, e todos os artigos.E o que for pra ser.. será, seja o que for.. Abraços, Charlene de Curitiba..=)

Responder

85. Frustrada e Infeliz


14 de novembro de 2014 10:02 Permalink

Tenho 32 anos e a poucos dias de completar 33. Estou implorando a Deus por um esposo desde os
meus 20 anos de idade. Foram muitas lágrimas diante do sacrário, muitas novenas, cerco de jericó,
jejum e pessoas orando por mim. Porém infelizmente não foi a vontade de Deus que eu tivesse um
esposo, embora eu ainda tenha o forte desejo de encontrar alguém. Eu sei que eu deveria me
conformar, aceitar a vontade de Deus pra minha vida porém não está fácil aceitar que nessa altura da
minha vida e depois de tantos anos de oração acabei sozinha. É aquela sensação de ter nadado,
nadado, nadado, pra morrer na praia. rnVou ter que buscar forças nem sei de onde pra viver minha
vida como uma mulher solteira e sozinha, pois, eu não tenho disposição pra essa coisa de ficar cada
semana com um diferente. Se Deus não permitiu que eu tivesse um esposo, peço a Ele que então
arranque do meu coração esse sonho tão bonito que eu alimentei por tanto tempo.

Responder

sol
16 de novembro de 2014 12:08 Permalink

só pra vc se conformar um pouco, tem pessoas com 40 anos que ainda não conseguiram casar,
eu por exemplo tenho 38 anos de solidão… então vc ta nova, tem mais chances, também peço
a Deus que consola meu coração, pois meu sonho é ter uma família, um marido e um filho
maravilhoso, mas acho que não vai acontecer comigo.

Responder

86. Anderson Oliveira


14 de novembro de 2014 16:30 Permalink

Tenho 25 anos e desde dos 17 anos não tenho um relacionamento sério, estou preocupado, pois a
solidão parece o meu castigo, o tempo vai passando os amigos começam a namora, noivar e casar,
sofro com a minha timidez além disso também fico “disconfortavel com a minha aparência” por não
encaixar nos padrões de beleza que nos tempos atuais se espera de um homem na minha faixa etária,
tentei fazer novas amizades sair pra lugares que geralmente não saio, pra ver se por alguma dessa
ironia do destino eu encontre alguém que me queira do jeito que sou. é triste está “só” querendo a
companhia de alguém para estar ao seu lado para contar os segredos, abraçar e dar carinho, vejo que
a minha única alternativa é me apegar a DEUS e pedir a ele que animize a dor que a tristeza está
provocando em meu coração, sei que não vai ser fácil se conformar com a solidão mais DEUS me
ajudará nessa peregrinação.

Responder

sol
16 de novembro de 2014 12:02 Permalink

Calma Anderson, vc só tem 25 aninhos, pra vcs homens essa idade esta começando
amadurecer para enfrentar um casamento, tem muitas chances de encontrar sua alma gêmea. fé
e força….

Responder

Anderson Oliveira
17 de novembro de 2014 16:31 Permalink

Sol, Muito Obrigado pelo carinho e atenção, vou seguir seu conselho daqui pra frete vou
ter mais calma e mais fé em Deus.

Responder
87. Alessandra
20 de novembro de 2014 09:52 Permalink

O grande problema da solteirice, não é a solidão em si, porque mal ou bem a gente acaba se
acostumando a ela, por mais dura que ela seja.nO grande problema é a pressão e as cobranças que as
pessoas ao nosso redor fazem para que nós arrenjemos uma companhia, como se isso dependesse
única e exclusivamente de nós… Eu tenho 22 anos e já padeço com isso. Ainda faltam 8 anos para os
meus 30 e já sou a encalhada da família.nE o pior é que tudo, absolutamente tudo no mundo, gira em
torno do relacionamento homem/mulher.nEu me sinto muito mal com isso,me sinto deslocada, sinto
que estou nesse mundo apenas para ocupar espaço.nJuro por Deus que se pudesse, já estaria casada
e até com filhos, mas infelizmente terei que me conformar em ser sozinha, solteirona e encalhada,
porque essa (por mais dura que seja) é a vontade do Senhor… Algumas pessoas nasceram para ser
sós e eu sou uma delas… Choro muito ainda, mas pouco a pouco tenho aprendido a me conformar
com o meu destino. Ainda dói ver casais se abraçando e se beijando, ainda dói saber que nunca
saberei o que é beijar alguém e que jamais receberei o abraço do homem que será o pai dos meus
filhos… Mas, Deus sabe o que faz. Que Deus abençoe a todos nós e que Sua poderosa mão nos
sustente.

Responder

88. Mannoel
20 de novembro de 2014 20:06 Permalink

Vou falar uma coisa que talvez algumas mulheres não irão gostar de ouvir…rn Mas a verdade é que
algumas só estão solteiras por serem exigentes demais,rnvejo que muitas só olham para aparencia do
pretendente. Tem homens de carater, católicos praticantes, trabalhadores e solteiros. Mas por não
parecerem um Cauã Reymond ou um Reynaldo Gianecchini muitas mulheres nem conversam com o
cara para o conhecer. Tenho 25 anos e estou solteiro, e vejo que muitas mulheres que conheço nessa
faixa de idade irão chegar aos 30 anos solteiras exatamente por serem exigente demais, muitas
esperam um principe num cavalo branco.. Enquanto viverem nesse mundo de iluzão ficaram
solteiras… Busquem olhar a essência, os valores e pricinpalmente o comprometimento do homem
com Deus. Sejam seletivas, mas não muito exigentes.

Responder

89. Sueli
20 de novembro de 2014 20:44 Permalink

Olá a todos. Eu também me identifico com vocês, já fiz 40 anos, nunca me casei e não tenho filhos.
Queria muito um casamento sério e duradouro, e não entendo por que os homens preferem conhecer
uma mulher na balada, ficar com ela, morar junto, ter filhos e depois fazem aquele casamento
maravilhoso, com tudo o que tem direito (?), e eu que penso que realmente mereço, pois sou honesta
e bem-intencionada, não consegui. Por que os homens não dão valor à gente e sim às mulheres fáceis?
Não estou julgando ninguém, mas também me dói muito vendo essas pessoas aparentemente tão
felizes formando suas famílias desse jeito. Tudo é alegria, tudo é festa. Por que isso?
Responder

sol
4 de janeiro de 2015 12:35 Permalink

porque será que as mulheres com seus 50 anos ou mais, mesmo separadas, com filhos adultos,
netos, bisnetos, conseguem alguém e bem mais jovem, e nós solteiras, livres, sem filhos, não
conseguimos ninguém?

Responder

90. AMIGA
6 de janeiro de 2015 23:34 Permalink

ESSE TEMA ME PARECEU DE CERTA FORMA MEIO PRECONCEITUOSO COM QUE


VIVE AINDA COM OS PAIS..TENHO 30 ANOS E MORO COM A MINHA MÃE AINDA.
FAÇO FACULDADE E ESTÁGIO, NÃO SAI DE CASA NÃO QUERER FICAR NA BARRA
DA MINHA MÃE MAS SIM PELAS AS CIRCUSTÂNCIAS, COMO FALTA DE
NAMORADO E O FATO DE NÃO TER QUE DEIXÁ-LA SOZINHA…QUEM EM PLENA
CONSCIÊNCIA, GANHANDO UM SALÁRIO VAI MORAR SOZINHA SEM CASAR,
CORRENDO OS RISCOS DE HOJE EM DIA QUE A MULHER CORRE?EU ACHO QUE A
CANÇÃO NOVA DESTODA MUITAS COISAS…COMO EM RELAÇÃO AOS CASADOS,
FAZEM UMA EXALTAÇÃO TÃO GRANDE PELO O CASAMENTO MAS NÃO SE
DISCUTE UM ASSUNTO SÉRIO SOBRE QUEM JÁ TEM 30 ANOS OU MAIS E AINDA
CONTINUA SOLTEIRO, PORQUE A SOCIEDADE FOI FEITA PRA QUEM É CASADO
MAS NÃO PARA O SOLTEIRO…SÓ ACHO QUE FALAR QUE TEMOS QUE SAIR DA
CASA DOS PAIS ASSIM QUE SE CHEGA À MAIORIDADE É QUERER CRIAR
PROBLEMAS…EU POR MIM TERIA CASADO JOVEM, MAS POR QUESTÕES DE QUE A
IGREJA NÃO ACEITA QUE NÃO MOREMOS JUNTOS POR QUE ISSO É PECADO
MORTAL ACABEI RECUANDO COM MEDO..E HOJE ME VEJO ASSIM TRISTE POR NÃO
TER TOMADO UMA DECISÃO QUE FOI BASEADA EM MEDOS QUE A PRÓPRIA
IGREJA IMPÕE, POIS ELA NÃO ACEITA QUE O JOVEM POSSA NAMORAR A NÃO SER
QUE SEJA PRA CASAR..SABEMOS QUE AS COISAS HOJE EM DIA NÃO FUNCIONAM
ASSIM..ALGUNS HOMNES SÓ QUERER CASAR SE AMULHER FOR BONITA E TIVER
GRANA, POIS ELES NÃO QUEREM SE DÁ UM TRABALHO DE CONSTRUIR UMA VIDA
AO LONGO DO NAMORO..SEM FALAR QUE A CASTIDADE HOJE EM DIA TAMBÉM É
OUTRA COISA QUE NEM PESA MAIS, POIS SE FÔSSE ASSIM MUITA GENTE
ESTARRIA CASADA E FELIZ..O QUE ME DEIXA MAIS TRISTE É QUE A CANÇÃO
NOVA FALA TANTO AOS JOVENS MAS NUNCA SE APROFUNDA EM RELAÇÃO AOS
SOLTEIROS MAS SÓ PARA AQUELES QUE ESTÃO NAMORANDO OU PRA SE
CASAR..ME PARECE QUE É MAIS LUCRATIVO E ATRAI MAIS ATENÇÃO UMA
PESSOA QUE ESTÁ COM ALGUÉM…ISSO DÁ IBOPE…NO MAIS ESTOU MUITO
DECEPCIONADA NÃO SÓ COM A IGREJA MAS COM DEUS…NÃO CONSIGO MAIS
CONFIAR NELE E NOS SEUS PRECEITOS E NO CAMINHO QUE ELE ECOLHEU PRA
MINHA VIDA….

Responder
sol
14 de janeiro de 2015 11:25 Permalink

Amiga, Deus nos deu a livre escolhe de tomar nossas decisões, portanto estar solteiros ou
casados não é culpa de Deus, são circunstancias da vida.

Responder

Line
26 de maio de 2015 21:23 Permalink

Você disse tudo. Olha la na Igreja Universal o que eles têm: culro tds asquintas com palestras
para os solteiros!

Nossa Mãe Igreja esqueceu de nós? Eu não sirvo para ser religiosa….

Deus é prova que eu estou lutando….

Responder

91. Nycollas
14 de janeiro de 2015 14:24 Permalink

Sou de Recife, tenho 27 anos, já me relacionei com algumas mulheres, mas nunca namorei, agora com
a faculdade de medicina fica ainda mais dificil sair e me relacionar, apesar de ainda o fazer algumas
vezes. Não sou tímido, apesar de ser um pouco na minha, tenho uma boa conversa, problema mesmo
é ter que sair mais. Enfim, se tiver alguma mulher interessada em Recife região metropolitana mande
um email: nicolasnunes87@gmail.com

Responder

92. SYC
17 de janeiro de 2015 21:57 Permalink

Olá galera…estou no mesmo barco…completei 36 anos…acabei de sair de um relacionamento sério


que durou apenas 4 meses. Ela que quis terminar comigo (ela tem 26 anos). Antes dela nunca namorei
ninguém, mas admito que foi uma experiência maravilhosa. Agora ando mto triste tb, abatido. Não
tenho vontade de fazer nada, pois onde vou só tem casais! Fim de semana então, uma verdadeira
tortura. Vc sai e vê que só vc está só. Um dia desses fui num restaurante de noite e só eu estava
sozinho. Dá até vergonha. O problema é que se ficarmos c/ mais vergonha, temeremos mais de sair e
aí piora de vez. Aí que não conhecemos ninguém de vez! Tb tenho orado bastante, mas infelizmente
acho que foi o que não plantamos (por isso que não colhemos). Enfim, procuro crer nas Palavras de
Deus que ele proverá uma varoa para mim (George Clooney não tinha seus 50 anos?) Temos que crer
q td tem o seu tempo. Enfim, botei na minha cabeça que vou sair da minha zona de conforto para
conhecer mais pessoas (pois eu sou mto caseiro). Matriculei na academia, no retiro espiritual, na aula
de dança, vou frequentar duas igrejas para abrir o meu leque. Sorriam, vcs não estão sós. Estou até
pior que vcs..

Responder

93. Sueli
19 de janeiro de 2015 18:48 Permalink

Olá Sol, Amiga e todos os demais. Muitas mulheres que são mais velhas conseguem homens novos se
jogando em cima deles, e muitos desses homens querem se aproveitar do que elas tem a oferecer
financeiramente, recebendo presentes e mesmo dinheiro delas, muitas vezes de livre e espontânea
vontade. Também costumo ouvir que os homens novos se sentem atraídos por mulheres maduras.
Acho que alguns tem curiosidade para saber como é namorar uma mulher mais velha, apostando na
“experiência” que eles acham que elas tem, se é que vocês me entendem. Eu mesma estou com um
dilema, pois conheço um rapaz que tem menos de 30 anos e demonstra gostar muito de mim, ele tem
emprego, então aparentemente não precisaria ficar nas minhas costas. Eu gosto dele também, mas fico
pensando, e quando eu for mais velha, será que ele vai me largar? Até quando vai durar essa
empolgação? Eu sei que se o homem quer trair pode ter a mesma idade da mulher, pode ser mais
velho, ou mais novo, ele trai de qualquer jeito. Mas estou muito insegura.rnrnSobre as igrejas, eu
sempre ouço falar de grupos para jovens, casais, família, evangelização de crianças, mas não vejo
onde me incluir, pois não sou jovem, não sou casada, não sou criança, então parece que não tem lugar
nas igrejas para mim. Tem lugares em que você vai e as mulheres lá ficam com ciúmes de você,
pensando que você vai pegar o marido delas, então você fica desambientada mesmo. Eu não vou para
uma instituição religiosa para roubar o homem de ninguém.rn As pessoas não querem enxergar a
realidade da sociedade hoje, que está se formando também de mulheres e homens independentes e
sozinhos.

Responder

SYC
21 de janeiro de 2015 23:51 Permalink

Oi Sueli, td bem? Eu passei anos pensando a mesma coisa que vc, ou seja, que eu por ser
solteiro, não me encaixava em nenhuma idade para participar de retiro. Mas não pense assim.
Isso é pensar negativo. Espiritualmente falando, não há idade para participar. Hj vejo que estou
pagando um preço alto por não ido nesses lugares para conhecer mais gente, o que contribuiu
hj p/ eu continuar solteiro. Menos pior para vc que está com alguém hj. Eu não ia nesses retiros
não por causa da idade apenas, mas tb por causa de alguns problemas. Oras, problemas
sempre teremos, e se deixarmos para ir hj, amanhã teremos outros problemas. Em suma, nunca
dará tempo e até ficarmos velhinhos ainda teremos problemas não resolvidos. Então,quanto
mais cedo participar, melhor. Esse ano botei na minha cabeça mudança total de atitude, com
orações. Não ficar acomodado e se não conseguir, bola para frente. George Clooney não tinha
seus 50 anos? kk

Responder

94. Liliam
25 de janeiro de 2015 13:14 Permalink
Olá, tenho 29 anos, dentro de 2 meses completarei 30, e percebo que o se sentir só, nessa fase da
vida tem sido bem constante e pelo visto algo que afeta muitas pessoas. Tive dois relacionamentos
sérios, sendo que o último durou cerca de 6,5 anos, estou sozinha há 2 anos, e sinto que perdi o tato
com relacionamentos. Sempre estive rodeada de “colegas”, seja na faculdade ou no trabalho, poucas
dessas relações se transformaram em amizades verdadeiras e duradouras, as que se tornaram eu
conservo, mas as pessoas se casam, namoram ficam noivas e você se vê só, sem cia para sair ou até
mesmo conversar, é muito frustrante, tenho visto pessoas aqui dizendo que são tímidas e que isso
influencia bastante, mas sabe posso afirmar que mesmo eu sendo uma pessoa muito sociável,
extrovertida, tenho me sentido triste e sozinha, leio muito, estudo bastante, trabalho, ainda moro com
meus pais, mas sabe cada dia que passa sinto um desânimo que vem me abalando, até conheço
rapazes da minha idade, mas não me sinto animada em engatar romance, os valores estão muito
mudados nos dias de hoje, as pessoas têm sido vazias, se mostram interessadas em coisas
momentâneas e superficiais, não me acho uma pessoa feia e não sou exigente a ponto de não dar
oportunidades das pessoas se aproximarem, as vezes acho que Deus quer que eu aprenda algo com
isso, que eu melhoro algo em meu interior antes de encontrar alguém que acrescente coisas boas em
minha vida, mas sinto que está penosa essa espera, e o fato de não saber ao certo como proceder
enquanto essa fase angustiante não passa, foi só um desabafo ! Boa sorte à todos nós ! Abraços

Responder

95. Sueli
26 de janeiro de 2015 18:30 Permalink

Olá. Eu por enquanto estou em uma amizade com esse rapaz, não falamos de namoro ainda. Eu estou
insegura e sinto que ele também. Eu sou mais velha que ele, e acho que ele percebe a minha
insegurança. Acho que o que tiver que ser, será. Sobre a idade para os eventos católicos, na verdade
eu só queria saber por que dentro das igrejas há reunião de evangelização para crianças, encontro de
casais, encontros de namorados, encontros da terceira idade, encontros de famílias, de jovens, de
tudo, menos de pessoas solteiras, adultas jovens e sem companhia, sem crianças e etc. Gosto de
assistir missas, mas me sinto um tanto solta ali. Me sinto como se estivesse preterida pela igreja. Isso
ocorre em qualquer templo religioso que conheço, não só a católica. Não sei se é só no Brasil. Não
tenho a intenção de ser filha de Maria, apenas queria me sentir parte de uma comunidade. Não posso
forçar a barra e pedir para entrar num desses grupos. Outra coisa que noto e sei que ocorre nos
templos em geral é a famosa fofoca. Isso também me desanima um pouco. As igrejas e a sociedade
tem que integrar as pessoas que são sozinhas e independentes e não discriminá-las. Abraços.

Responder

96. Carla
30 de janeiro de 2015 15:15 Permalink

Hoje eu estou muito triste. Li o artigo e todos os comentários e me identifiquei muito. Tenho 23 anos,
sou formada, tenho um bom emprego, uma família que me ama, mas me sinto triste por nunca ter tido
um relacionamento sério. Tive poucos ficantes e rolos, mas todos eles só queriam diversão e nada de
compromisso. Ou seja são momentos e o resto do meu tempo se resume a finais entediantes sozinha
em casa, estudando, arrumando a casa, ou olhando tv. Não tenho irmãos e perdi a maioria dos
contatos da faculdade. A maioria das minhas amigas tem namorado, está casada ou tem filhos. Ou
seja não tem ninguém pra sair comigo. Minha maior tristeza e não ter um homem que me ame de
verdade, que seja amigo, companheiro. Que esteja ali seja pra curtir um filme em casa ou pra sair.
Alguém que me faça sentir amada. Nunca nenhum dos meus ficantes assumiu um compromisso sério
comigo. Por isso passo longos períodos de tempo sozinha, curtindo mais uma desilusão. Mas já estou
me convencendo a ficar sozinha pra sempre. Isso me faz chorar, como hoje, tive uma crise de choro.
Queria casar, ter filhos, ter a família que eu não tive. Mas só Deus sabe todas as coisas.

Responder

Angélica
14 de fevereiro de 2015 17:50 Permalink

CarlarnEu tenho 30 anos e passo pelo mesmo que você. Vamos rezar sempre, e confiar na
misericórdia divina. Vamos buscar fazer o melhor que pudermos em todas as situações. Acho
que desse jeito estaremos fazendo a nossa parte. Nosso Senhor ver o nosso sofrimento… Ele
há de vir em nosso socorro. Outra dica, reze o terço todos os dias, apesar de qualquer
dor.rnUm grande abraço!

Responder

97. André Gomes


13 de fevereiro de 2015 01:14 Permalink

Uma coisa posso dizer:é muito ruim ficar só.Aceitei o Senhor Jesus em minha vida de todo o meu
coração e de toda a minha alma;decidi servi-lo de coração e andar nos seus caminhos,mas ainda
continuo só(claro que DEUS está comigo em minha cabeça e meu coração);procuro estar em todas as
coisas do Senhor(não pro obrigação mas porque gosto e sem ELE não sou nada);leio livros católicos
de namoro ,de santidade,castidade.rnEstou com os meus 28 anos e nunca namorei,nunca ”fiquei” com
moça nenhuma,porque decidi fazer as coisas no SENHOR.rnAs vezes sinto como se o Senhor não
ligasse para mim , não ligasse para minhas áreas afetivas.Ele sempre disse em sua palavra que o
homem não deve ficar só,mas parece que isso não funciona comigo.Sinto como um ”peixe fora D
´água.rnQuando começo a gostar de alguém vem sempre outro em minha frente.Muitas vezes
chorando em meu quarto e pedia a Deus que acabasse com o meu sofrimento.rnAnos atrás conheci
uma moça,ficamos muito amigos(próximos mesmo!!! próximo de ela participar constantemente em
minha vida).O tempo passou e ela continuava a participar em minha vida.Ela participava de um jeito
que dava a impressão que ela estava interessada em mim,mas eu tomei um pouco de cautela,até que
chegou um momento que pensei:”As coisas estão acontecendo naturalmente,isso é de DEUS!A sua
família é de bem todos gostam de mim e minha família gosta dela também,vou tentar.”Baixei minha
guarda e tomei coragem,mas na hora recebi a quela resposta do tipo:”Ah,você sabe:amigo,”.rnMesmo
assim ela continuou frequentando minha vida pensei que ela estava me dando esperança.Até que
Descobri que ela tinha arrumado um namorado e aquilo foi como se algo ruim,um espinho tivesse
tomando conta de mina alma.Queria saber por que DEUS estava brincando comigo pois aconteceu
comigo outras vezes.Isso dói demais!!!rnDepois de alguns meses de choro consegui me recuperar e
entender que o Senhor estava me privando de um grande mal,pois poderia ser infeliz.Mesmo com
todos este acontecimento essa chama/desejo de encontrar a pessoa em DEUS continua.De qualquer
maneira ,este foi meu desabafo.

Responder
98. Aline
14 de fevereiro de 2015 17:26 Permalink

Apesar de ter apenas 22 anos (quase 23), me identifiquei muito com o texto. Estou numa fase
extremamente delicada, nada pra mim tem sentido e nem valor. Parece que meu sol foi trocado por
um dia nublado que nunca tem fim. rnMe separei do meu namorado tem sete meses, o amei muito,
ainda me sinto quase do mesmo jeito do dia que ele disse pra mim que não dava mais certo, sendo
que no mês seguinte arrumou outra pessoa. Ficamos quase 5 anos juntos, eu planejava casar e ter
filhos com ele. rnEu mudei muito, era uma pessoa bastante timida, não tinha amigos, hoje graças a
Deus isso tá mudando, estou conseguindo fazer amigos em todos os lugares do qual frequento. Faço
faculdade (comecei um mês após a separação) e faço estagio também. rnMe relacionei com três
pessoas depois do relacionamento e nenhum deu certo. Um acabei terminando por falta de
compatibilidade de gênios, e os outros dois eu acabei gostando, porém me enrolaram muito e depois
apareceram namorando outras pessoas. Ou seja, todos, sem exceção arrumaram namoradas. Eu não
entendo, sou bonita, tento ser legal, mas mesmo assim, não acontece nada. Gozado, porque sempre
fui fácil pra iniciar um romance, ficava um mês solteira.

Responder

99. Sueli
18 de fevereiro de 2015 14:32 Permalink

Carla, não fique triste, porque a situação está mesmo difícil para todo mundo que quer um
relacionamento sério. Para quem quer coisa fácil é mole encontrar. O mundo de hoje está assim,
graças à mídia também. As pessoas estão se casando e nós não porque elas estão se contentando
com pouco e a gente quer respeitar e ser respeitada. Eu sinceramente não sei onde a gente pode ter
vida social e fazer amigos, porque vida social só se resume a baladas e bailes onde você tem que virar
a noite. Peço a Deus que oriente a nós todos. Muita paz.

Responder

100. Sueli
19 de fevereiro de 2015 19:48 Permalink

André, essa moça não foi sincera com você, ela devia ter deixado claro desde o começo que estava
namorando. Como ela frequenta tanto sua casa e deixa você e sua família pensar que ela está sozinha
e interessada em você? Se eu fosse você não queria nenhum tipo de amizade mais com ela. Comigo
aconteceu algo parecido, uma vez conheci um cara no trabalho que demonstrava tanto interesse em
mim, não podia me ver, ficava vermelho, nervoso, sorria, sem jeito, tudo, eu gostava dele, parecia tão
educado, mas ele nunca me chamava para conversar, só trocava poucas palavras de trabalho, vinha
todo sorrateiro, e eu pensei, ele é tímido. Preferi esperar para ver se ele tomava coragem. Um dia ouvi
uma colega perguntar para ele: tudo bem? E a namorada? Como etá a barriga dela? Aí eu tive aquele
choque. Ele estava me enganando. Fiquei com ódio e decepcionada porque ele estava me dando
esperanças tendo uma mulher grávida! Uma total canalhice. O mesmo se dá com a garota que você
conheceu. Ela além de tudo foi ingrata com você, queria tirar proveito de alguma coisa. É capaz de o
namorado dela não ter levado ela para conhecer a família dele e nem vai levar. Se afaste totalmente
dela. Há muitas pessoas sem caráter. E vamos continuar tendo fé e esperança em Deus para nos
mostrar uma pessoa leal e sincera.

Responder

101. Bela
25 de fevereiro de 2015 18:03 Permalink

Cadê o CHAT que o moderador da página O Psicólogo prometeu no comentário 47 emh??? Estou
chegando na minha 3º década de vida, com 26 anos já bate uma angustia por está sozinha, porque
infelizmente nós mulheres (principalmente mulheres) somos muito cobradas psicologicamente e
socialmente para se casar, ter filhos e ser feliz. Sofro muito com a solidão, fico na deprê e na sofrência
direto, pois sinto que não tenho oportunidades de conhecer rapazes interessantes. Tenho amizades
que não estão dispostas a ir em lugares propícios para conhecer rapazes da nossa idade, como um
barzinho com música ao vivo eu não vejo nada demais neste tipo de ambiente, mas elas já acham que
é pecado e que vamos para o inferno se fomos.Realmente as pessoas não estão dispostas a fazer nada
por você a não ser que as beneficiem também. Acredito que a Igreja Católica INFELIZMENTE não
motiva os jovens solteiros a encontrar o amor. Não conheço uma Campanha da Canção Nova ou de
qualquer outro órgão na Igreja que reúna jovens solteiros, estimulem a fazer novas amizades e assim
talvez possam engatar em um relacionamento. Não sou fã do senta e espera no Senhor, sou + pede a
benção do Senhor e corre atrás!

Responder

102. Gi
1 de março de 2015 02:41 Permalink

Nossa lendo os comentários vejo quanto estão na mesma situação ou em situação até pior que a
minha. A gente tem a impressão que é a única que passa por isso mas não é. Tenho 32 e só namorei
qdo tinha 21 anos e o fim do namoro me afetou tanto que disse que nunca mais me humilharia por
ninguém. Desde então disse sou azarada, Deus me esqueceu, sou trabalhadora, estudiosa, sou
honesta, longe de ser vagabunda e nada. Mas reparei nesses anos todos que sabodeio muito dos
relacionamentos por medo de sofrer. Sou extremamente comunicativa, timidez nao é problema, que
me relacionei conheci do dia a dia e reconheço que parte foi minha culpa. Num mundo onde tudo esta
tão fácil pra que um cara vai se dedicar ao difícil. Mas hj penso nossa e os santos sofreram horrores,
dores muito maiores que a nossa dita solidão, hj peço a Deus só que acalme meu coração, hj passo
mais dias bem do que ruins, sou bem sucedida profissionalmente e tenho estabilidade financeira, até pq
estudei muitoooo e não queria me casar e depender de alguém. Parei de dá bola da frase “Vc ta
sozinha pq quer ne” principalmente quem convive comigo e não consegui entender. Em um aspecto a
situacao é muito pior, vivo cercada por maioria esmagadora de homens tipo 97%, ou seja, dão em
cima mesmo, ainda pq aparento ter bem menos de idade. Deus sabe que faz, hj foco nos estudos e
planejo viajar. Qdo os pensamentos de solidão e tristeza vem, já procuro outra coisa pra fazer e rezo,
nunca ninguém me ve triste no trabalho, isso é raro e logo reparam pq paro de falar, algo quase
improvável e pq sempre estou sorrindo, faço do meu trabalho parte da minha família e sempre estou
fazendo brincadeira e rindo do lado bom da vida que sempre tem. E a nossa dor não é a maior do
mundo, a dor de Jesus foi. Precisamos deixa a vida seguir e se o matrimônio não chega, que Deus
acalme os nossos corações. Fiquem com Deus pessoal.
Responder

Angélica
5 de março de 2015 22:34 Permalink

GIrnMuito Obrigada pelo seu relato!!!rnFiquem todos com Deus e Nossa Senhora!

Responder

103. carlos
22 de abril de 2015 00:43 Permalink

desde dos tempos da escola nunca tive amigos se eu tinha alguem perto de mim era por agum interrese
sempre fiz o bem para as pessoas e nunca recebia o troco se algo dava certo na minha vida depois de
um tempo dava o doblo errada, na minha vida a unica amizade foi uma namorada fora ela ninguem na
familia dela gostava de mim des que acabou esse namoro minha vida foi de fracassada a pior conheci
outra apos 2 anos e nao durou 3 meses desde entaum vivo sozinho ninguem lembra de mim tipo minha
vida e de casa para a igreja as vezes quando eu vou ninguem pergunta de mim ja fiquei mais de 5
meses sem ir nem o pastor que mora a 3 ruas de mim veio em casa perguntar de mim muito triste

Responder

104. mgons
22 de abril de 2015 23:34 Permalink

eu tenho 37 anos ! sou educado tenho uma boa familia. sou uma pessoa bondosa ! respeito as
pessoas ! sou cavalheiro ! etc etc. e sabe oque eu ganhei com isso ! Nada.. estou sozinho ate agora
desde minha adolecencia sofri com isso , em arrumar uma namoradinha so eu sei o quanto penei ,
perdi a virgindade com 21 anos enquanto meus amigos com 14.. por anos tentei achar uma resposta
porque eu era tao rejeitado , porque conhecia alguem e em pouco tempo o interesse dessa pessoa por
mim passava . sempre me apegava a alguem depois de um beijo e claro sempre me ferrava.. ficava
imaginando alguem especial em minha vida e sinceramente invejava algumas pessoas , ficava
imaginando como alguns conseguiam ter alguem e eu nada. pensei muitas vezes. e sinceramente hoje
eu tenho a resposta ,,,,, beleza e dinheiro.. se vc nao tem isso vc nao e nada. nao tenho mais 20 anos ,
tenho 37 e nessas minhas frustracoes na vida sei muito bem oque eu estou falando. mas hoje eu me
sinto sozinho mas conformado. e aprendi uma coisa ! tem pessoas que tem sorte na vida e outras nao.
algumas vao ter suas familias e outras morreram sozinhas . quanto mais cedo aceitar menos sofrimento
,, ESPERANÇA e uma palavra perigosa.. entao aprendi a viver sem ela e tentar ser feliz sozinho ate
quando der ! e sinceramente esse papo de que Deus vai colocar alguem .. ou aquelas conversinhas de
que nao apareceu a pessoa bla bla bla ,, e como eu digo ! as fases gostosas da minha vida
praticamente ja estao passadno e umas ja passaram ,, aparecer alguem com meus 50 anos nem
precisa mais … eu queria ser igual a outras pessoas , encontrar alguem bacana ser feliz. agora oque eu
nao quero e por estar sozinho ter que ficar com alguem por medo de morrer so. isso jamais!e muita
coisa para escrever , nao consigo realmente passar oque sinto ,, esses sao meus pensamentos um
desabafo . cada um sabe oque e melhor para si ! nao estou criticando quem tem esperança.
sincertamente torco por cada um de vcs , porque eu tambem sei oque e a solidao ! abraco a todos
Responder

105. JUNIOR
9 de maio de 2015 16:22 Permalink

eu estou na mesma situação que o michel que postou ae.

nunca namorei , ja tenho mais de 30 e só tive relação sexual com uma GP. Todos meus amigos de
infancia estão casados ou morando com alguem !!
Acho que que já era, pq se eu começar a namorar agora não vou saber agir perto dela, nos eventos
sociais, com a familia dela. Eu queria já ter alguma experiencia em namoro ! o que eu faço ??? não
quero arrumar primeira namorada nessa idade, eu queria antes dos 21 .. existe alguma coisa pra
mudar isso ?

Responder

sol
11 de maio de 2015 19:59 Permalink

Junior, vc tá novo, 30 aninhos ainda é jovem pra tudo. muitas mulheres que já tiveram suas
experiências vão adorar ser sua primeira namorada, vão se sentir especial e única na sua vida.
boa sorte. fala a verdade e pronto. uma dica: nós mulheres gostamos de ser a primeira e
exclusiva.

Responder

Junior
14 de maio de 2015 21:15 Permalink

oi Sol , obrigado pela mensagem de apoio. Mas acho que a maioria das mulheres não
gostam de caras timidos, ainda mais inexperientes em vida amorosa. Preferem os que
tem atitude, que sabe chegar, tem uma boa conversa, e eu sou péssimo pra isso. Varias
já falaram na minha cara: nossa vc é muito quieto, tem que falar mais, e etc.. a vida toda
foi assim.
eu deveria ter arrumado namorada quando mais novo lá pelos 18, 20 anos igual todos
que eu conheço… agora vai ser muito dificil pois não tenho alto estima nenhuma, me
acho um fracassado.
quem quiser deixar uma e-mail pra falar sobre o assunto será um prazer.

Responder

SYC
15 de maio de 2015 18:32 Permalink

Oi Junior, eu estou na mesma situacao que vc, porem ja tenho 36 anos. Entao, se
a sua situacao está crítica, a minha então está mto pior. Evite comparar com
outros, pois cada um tem suas qualidades que podem chamar atenção de alguém,
e Deus nos fez único. Não deixei a depressão me vencer e então comecei refletir o
que eu fiz de errado no passado que resultou nisso, daí algumas coisas gostaria de
compartilhar com vc: Lembra-se dos mandamentos de Deus? Lá fala de relação
de Deus-homens e os próximos seguintes da relação homem-homem. O que
queremos fazer é inverter as coisas. Queremos preencher o vazio amando uma
pessoa (no nosso caso uma mulher), sendo que este vazio na realidade era para
ser preenchido por próprio Deus. O amor entre um homem e uma mulher é algo
que só vem depois que o homem se sentir pleno de amor de Deus. Então a
pergunta é: vc se ama? Vc se ama a ponto de poder amar alguém? Se vc está se
sentindo inferior, é pq não se ama. Não se sinta inferior, curta a vida de maneira
consciente, pois a vida é curta e não fique se lamentando. Namorar não vem de
vc, mas de Deus, e Deus só permitirá se Ele achar que vc está pronto como
pessoa. Senão, as portas se fecham mesmo. Td tem o seu tempo, pois Ele tem
planos diferentes para cada um. Este período com certeza Deus quer moldar o
nosso caráter, para podermos desfrutar algo muito melhor lá na frente. Não ligue
se todos os seus colegas já arrumaram alguém. Se for só arrumar por arrumar p/
colocar no facebook, tb é só desgraça. Quantos relacionamentos são desfeitos?
Quantos casamentos acabam em morte? Pq fizeram as coisas fora do seu devido
tempo e fora dos planos de Deus. Obviamente este tipo de relacionamento é
melhor não ter do que ter e ser desfeito. Ah, e se a sua situação está ruim, a de
mulheres então nem se fale, pois elas tem o relógio biológico trabalhando contra.
Então, aproveite para conhecer novos ambientes, faça cursos, onde a chance de
conhecer pessoas que gostem a mesma coisa que vc seja maior e naturalmente
esta pessoa especial virá. A sua cara metade tb está aí te procurando, mas nunca
vai te achar se vc está em casa escondido. Participe de retiros etc. Neste período,
em suma, enquanto esta pessoa não vem, tente amadurecer como pessoa, tente
melhorar o caráter. Hj em dia, queremos amor egoísta, mas ja parou para pensar
se vc tem algo a oferecer em termos de cultura, experiências de vida etc. à sua
futura namorada (ou mulher)?

Responder

Wellen Dias
18 de maio de 2015 00:22 Permalink

Poxa, fui lendo os comentário e percebi que existe tanta gente sem esperança
aqui.
Estou com 31 anos e, namorei pela primeira vez ao 29. Nunca permiti que
entrassem na minha vida para fazer bagunça, sempre me reservei, sempre deixei
os meus valores bem explícitos e, no fundo sei que também tinha um pouco de
medo. Deus me surpreendeu quando me enviou alguém que parecia ter os
mesmos propósitos que eu, começamos a namorar, mas há 7 meses terminamos,
eu comecei a fazer muitos questionamentos e, Deus, do jeito que só Ele pode, vai
me dando discernimento para entender. Falta muito ainda, mas…Eu precisava
passar por tudo isso para entender que Deus quer muito mais de mim. Vejo muita
gente “feliz”, muita gente recebendo o Sacramento do Matrimônio, muita gente
dando festas e dizendo “felizes para sempre”, mas ao mesmo tempo, vejo muita
gente frustrada, muita criança sem estrutura familiar, muita gente sendo “feliz” de
fachada, muitos matrimônios sendo desfeitos, muita gente brincando com as coisas
de Deus. Eu não quero isso pra mim! Por isso, eu deposito minha vida nas mãos
d’Ele. É N’Ele que eu confio. Ele sabe o que eu trago em meu coração, pois foi
Ele mesmo que colocou esse desejo aqui. Ele sabe o momento e a nós cabe
pacientemente e decididamente esperar.
Que Deus nos abençoe!
“Pois é pelo fogo que se experimentam o ouro e a prata, e os homens agradáveis
a Deus, pelo cadinho da humilhação.” Eclo 2, 5
“Espera no Senhor e sê forte! Fortifique‐se o teu coração e espera no Senhor!” Sl
26, 14

Responder

Thiago
18 de maio de 2015 00:36 Permalink

Junior meu amigo, sei como é isso. Passo por isso até hoje aos 24 anos, sei que
sou mais jovem, mais to vendo que vou chegar aos 30 anos assim como vc. Ainda
bem que tem as GP pra satisfazer a gente, porque só foi com garotas de programa
que tirei a virgindade. Tive que pagar por uma coisa que faz parte no
desenvolvimento natural da vida do relacionamento de todo mundo, mas comigo
tive que pagar, infelizmente!! Pensei que ia mudar alguma coisa, mas ficou na
mesma.

Responder

106. Rodrigo Martins


20 de maio de 2015 11:51 Permalink

Li a maioria dos comentários e é realmente triste que tantas pessoas que se acham boas, não sei se
são de fato, passem por tamanho sofrimento. Igual a maioria aqui passo por algo semelhante, tenho
mais de trinta e nunca estive em um relacionamento, mas os motivos são diferentes e reconheço em
mim, não no Altíssimo, os motivos da minha solidão. Nunca fui aplicado nas Coisas de Cima, na última
década não me comportei de forma que se esperava, não que os outros esperavam, mas a maneira do
Caminho que escolhi (escolher implica razão), embora seja casto [virgem mesmo lol], por isto vejo
que os frutos que colho agora são sementes que vim plantando ao longo dos anos, até os vínculos
familiares deixei em segundo plano. Embora queira um relacionamento vejo, de forma clara, que eu
não sou merecedor, ou forte o suficiente, firme o suficiente, justo o suficiente, para estar em um. Se eu
me cassasse agora seria, provavelmente, um marido frustrado. E isto é meu maior receio; prejudicar a
vida de alguém, prejudicar a minha e magoar a minha família é o suficiente pra esta vida. Teve uma
mulher mais acima que disse que “curtiu” bastante e só depois se voltou a Igreja, aos demais que estão
em mesma posição, devem deixar de serem egoístas e aceitar as coisas como são, ou mirar Cristo e
deixar que as demais coisas lhe sejam acrescentadas – se assim for de ser, afinal, resignar-se não faz
parte da vida cristã? (Obvio que falar é mais fácil que fazer.) Penso; será que somos, ou fomos, justos
o suficiente para exigir tanto? Inclusive uma felicidade quase plena? O casamento não é isto, não é um
sonho a ser realizado, é algo a ser construído, não pode querer “se casar” ou “dar-se em casamento”
e não levar em conta o casamento-cotidiano em si mesmo e suas dificuldades, um pensamento ilusório
pode apresentar uma realidade desagradável. Hoje, mais que ontem, casamento é pros fortes.
Portanto escolho desenvolver-me moralmente, intelectualmente e espiritualmente para depois tentar
entender se sou merecedor de algo, ou se vou ter que aceitar a realidade de uma vida solitária. Aos
demais que, diferente de mim, sempre procuraram serem morais e justos, vocês não tem motivos
algum para se sentirem envergonhados, isso soa como se sentissem vergonha de todo resto, precisam
olhar para Escrituras e perceber que embora muitos casais ali se unissem, e tiveram um guia espiritual
pra tal, alguém teve que sair para buscar o outro. Então deem uma chance para serem guiados pelo
Espírito Santo, jejuem e orem, como Sara e Tobias, mas saiam na busca, enfrentem a jornada que se
apresenta a sua frente – você pode se fechar aqui dentro mas não pode fechar o mundo lá fora –
enfrentem a si mesmo e superem-se, eu, por exemplo, estou tentando aprender a cozinhar [de forma
descente]. rs Desejo, do mais profundo do meu coração, uma boa sorte a todos e que a paz de Deus
reine e permaneça. Enquanto isto eu continuo buscando o que está em Timóteo 1:6 “Ora, o fim do
mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida”.

Responder

Thiago
20 de maio de 2015 19:03 Permalink

É meu amigo as mulheres de hoje também tão dificieis, elas exigem um padrão que a siciedade
manda ter, eu não entro nesse padrão.

Responder

Rodrigo Martins
22 de maio de 2015 07:31 Permalink

Thiago se o seu comentário foi realmente pra mim vou lhe ser sincero, e direto, e espero
que não se ofenda, se tu quer apenas uma mulher, no sentido fêmea, é só se tornar aquilo
que elas querem. Como tu diz “o padrão”. Musculoso, tatuado, corrente no pescoço,
latinha de cerveja na mão, carro, frequentar baladas… Considerando este estereótipo tu
acha que estão exigente? Eu acho que não, tão mais pra doente mesmo. Agora se tu
quer algo mais digno tem que estar desposto e sair e procurar, quantas Paroquias há no
Brasil? Quantas mulheres, como vimos aqui, e digo infelizmente, estão na mesma situação
que a sua (que a minha)? Olha o mapa com os passos do Apóstolo Paulo e veja o
quanto ele foi longe por amor, amor a Palavra, qual longe tu foste? O que você está
desposto a doar, e até mesmo sacrificar, para este propósito? Estou achando o pessoal
aqui, não todos, muito passivos.

Responder

Leonardo
22 de julho de 2015 17:43 Permalink

Caro Rodrigo, você não faz ideia do quanto o seu post foi importante! Me vejo numa situação
muito parecida à sua! E nesse ano, tô decidido, a mudar o rumo da minha vida. Tá sendo
complicado demais… largar um vício nunca eh fácil e as lembranças da história de nossas vidas
são como chagas expostas e fedidas. Mas Deus consegue mudar o rumo de nossas vidas. Ele
consegue tirar coisa boa mesmo de uma situação horrível de pecado. Tenho vergonha do meu
passado e medo do meu futuro. Assim, muitas vezes me prejudicando no meu presente. Mas tô
tentando aprender a olhar o meu passado com o mesmo olhar que Jesus o vê: com o olhar de
compaixão e perdão! Tô tentando aprender a ver o meu futuro me abandonando em Cristo e
na Sua infinita Misericórdia: Jesus, eu CONFIO em Vós! E assim, poder viver o meu presente
a cada dia um novo dia, colocando – ou melhor, tentando colocar – Deus no controle de tudo
(o que percebo que, na graça de Deus, tenho vivido um tempo de cultivo de vida de oração
muito importante)… Obrigado pelo seu post… E tenhamos sempre a certeza de que Deus nos
ama e que cuida de nós. Maria, obrigado por ser nossa mãe; mesmo nós sendo tão pecadores.
Espírito Santo, venha nos iluminar. E Deus Pai, obrigado por nos olhar através das santas
chagas de Vosso diletíssimo Filho, Jesus.

Responder

Léo
11 de outubro de 2015 00:34 Permalink

É engraçao do vejo comentario assim


pq a gente tenta seguir…ou pensa q ta seguindo
e vê tanto impio…gente q até nega a Deus…feliz…com alguem do lado….e a gente nao??

Responder

107. Bruna Lezzo Almeida


23 de maio de 2015 13:33 Permalink

EU E MINHA FAMILIA É TUDO

Responder

108. Line
26 de maio de 2015 21:47 Permalink

QUERO PARTILHAR MINHA HISTÓRIA E ME AJUDEM

* PASSEI MINHA ADOLESCÊNCIA SERVINDO AO SENHOR. MEU SONHO NA ÉPOCA


ERA SER FREIRA. NÃO ERA VOCACIONADA;

* COMPLETADO MEUS 18 ANOS, RESOLVI PROCURAR UMA PESSOA DA IGREJA


PARA NAMORAR. ESSE RAPAZ, TINHA MINISTÉRIO, FAMÌLIA IMPECÁVEL…. ME
FORÇAVA A COISAS TERRÍVEIS….ME SENTIA SUJA…LARGOU DE MIM PQ EU NÃO
CEDI…

* COM ESTA EXPERIÊNCIA, DESCOBRI, QUE TDA A JUVENTUDE QUE


FREQUENTAVA A IGREJA FAZIA SEXO …. E A SANTINHA QUE EU ERA, ESTAVA
ERRADA

….CAÍ NA DEPRESSÃO….AS PESSOAS DA IGREJA ME ABANDONARAM….TENTEI


SUICIDIO….

Resolvi, ser normal….viver como uma moça normal… só me culpava e me distanciava de Deus, pq
me sebtia suja.

* PEDI A DEUS UMA PESSOA: COM INDAS E VINDAS FORAM QUASE 4 ANOS…A
ÚNIVA PESSOA QUE CONHECI O AMOR… TERMINOU COMIGO, PQ TINHA MUITA
INSEGURANÇA EM COISAS AMOROSAS.

HJ ELE SOFRE PQ ESTÁ SOZINHO… NÃO ME DEIXA APROXIMAR PQ SABE QUE EU


SOFRO COM NOSSA SEPARAÇÃO.

ME SINTO DESCRENTE NA HUMANIDADE…CONFESSO QUE MEUS PECADOS SÃO


DA DESCRÊNCIA DE TER SIDO CORRETA … E ME ABUSARAM….

TENHO 29 ANOSME DEDIQUEI A DEUS…NAO CONSIGO IR NA IGREJA PQ A


SINDROME DO PANICO NAO DEIXA ME APROXIMAR DAS PESSOAS…

TOMO REMÉDOS CONTROLADOS…DESCUBRI UMA DOENÇA INCURÁVEL QUE


QUANDO TENHO CRISES NÃO CONSIGO ANDAR…

NADA É PIOR QUE ISSO: TER QUE VIVER NAS TREVAS DA SOLIDÃO … EU TENHO
ALGUÉM QUE ME AMA E NÃO TÊM CORAGEM DE FIRMAR COMPROMISSO COMIGO

CLAMO A MISERICÓRDIA DE DEUS PARA ELE VOLTAR….

ELE VOLTA…. E QUANDO VOLTA…PRESTES A TUDO SE ACERTAR, ELE REFEM DE


SEU MEDO VAI EMBORA…

REZO PRA DEUS DE NOVO….ELE VOLTA….E TUDO FICA DO MESMO JEITO

EU LI CADA POST….SE PUDESSEM ME OLHAR, SOLUÇO DE CHORAR, PQ SEI QUE


TDOS AQUI TEM A MESMA DOR….

A MINHA DOR É POR TER ALGUÉM QUE ME AMA…. E EU NÃO POSSO AMAR

EU QUERO SERVIR A DEUS DE NOVO, PARA RESTITUIR OS ANOS LONGE DELE,


MAIS MINHAS DOENÇAS NÃO DEIXAM

SE EU TIVESSE PODER, GOSTARIA DE ENXUGAR AS LÁGRIMAS DE CADA UM DE


VCS…

MAS ME SINTO TÃO MISERÁVEL… QUE SÓ PEÇO POR AJUDA E ORAÇÃO

DEUS, ME DEIXA AMAR… NÃO DEIXE MEU CORAÇÃO SE DESESPERAR…EU TENHO


QUE CONSOLAR O SENHOR ….

Responder

109. junior
28 de maio de 2015 16:21 Permalink
obrigado a todos pelas mensagens !

eu vi o depoimento de algumas pessoas anteriormente aqui , e percebi que alguns (principalmente


mulheres) já tiveram namoros e não deram certo por alguma razão. Isso é perfeitamente normal ,
acontece com quase todo mundo..agora passar dos 30 sem nunca ter tido um relacionamento é coisa
de fracassado, e pelo visto é isso que eu devo ser. Se eu conhecer alguma garota eu não falaria isso
pra ela nunca pq ia me achar ridiculo ou gay.
Muitos aqui dizem pra sair ir em baladas e tal mas não sou muito disso , ia quando mais novo mas me
sentia meio deslocado nesses ambientes… e não frequento igreja (apesar q a maioria aqui é catolico e
tal) mas sou de outra religião.. e nesses lugares igreja, centro espirita e etc..geralmente vão familias não
é lugar certo pra conhecer parceiras pra paquerar.

E nós homens temos que tomar a iniciativa. Vejo mulheres aqui se sentindo sós, eu até entendo, mas
vcs tem chance de alguem chegar em vc..agora nós homens não.. ou eu tomo inicativa ou não arrumo
ninguem. E com minha timidez é impossivel pra mim puxar papo, chamar pra sair e tal…

Responder

Line
29 de maio de 2015 01:05 Permalink

Junior, eu tbm sou assim, como vc… para nós mulheres a situação é pior :
* se toma iniciativa : é oferecida, inconsequente

* se ficar na dela : está deixando a vida passar,,,

O estigma que temos é terrível: faço faculdade, me cuido fisicamente, as poucas pessoas que
conversam cmgo, admimiram o meu nível cultural e meu gosto refinado…

Me dizem ” que sou maracilhosa, impossível de nenhum homem me quere ”

E quando digo q tenho 29 anos sou sokteira e sem filhos ….

Aí já ficam com aquela cara de dúvida, que devo ter problemas.

Mulher bonita e inteligente solteira ???

R: problema mental, é chata, ciumenta, reclamona, deve ter algum problema físico….
comentários que já tive que aguentar..

E os julgamentos mais “profundos ” como ruim de cama, fria, etc…

Para nós mulheres é bem pior, Júnior…

Responder

Thiago
30 de maio de 2015 16:09 Permalink

To passando o mesmo que vc cara.


Responder

110. Esperança
7 de junho de 2015 14:55 Permalink

Olá pessoal. Venho aqui dizer para todas as mulheres e homens q não percam as esperanças. Tenho
35 anos, e hj, com a graça de Deus estou com um homem maravilhoso ao meu lado. Até maio de
2014 eu era uma mulher como muitas aqui, só e a procura de um grande amor. Neste longo caminho
de espera perdi as contas de quantas vezed implorei a Deus por uma família. Fui julgada, sou uma
jovem bonita, graduada, muitos não entendiam porque eu não tinha namorado, chegaram a insinuar
que eu era homosexual. Chorei muito, me sentia humilhada. Mas então, eu decidi mudar minhas
atitudes, parei de reclamar, e começei a proclamar palavras de vitória sobre minha vida, “sou muito
amada”, ” sou uma esposa perfeita”, e passei a pensar positivamente. Fou quando uma amiga me disse
que tinha um amigo pra me apresentar. Se eu fosse pelas minhas expectativas eu estaria sozinha até
hoje. Meu namorado é 5 anos mais novo q eu. Mas resolvi abrir meu coração e deixar os
preconceitos de lado. Hoje estou com o casamento marcado e muito feliz. Por isso eu digo a todos,
não percam as esperanças, continuem com fé em Deus, mas façam a sua parte, abram os corações e
se permitam encontrar as pessoas q Deus tem reservado pra vocês. Não adianta reclamar, reclamar e
não dar a oportunidade de Deus escrever uma nova história em suas vidas. Sejam felizes.

Responder

Angelita
26 de junho de 2015 03:02 Permalink

A paz, eu li quase todos os comentários. Gostei das pessoas que colocaram suas experiências
positivas, pois isso motiva aos demais. Concordo com a irmã que falou sobre abrir o coração e
deixar o preconceito de lado. Tenho 31 anos, não casei, já passei por experiências amorosas
complicadas e vejo o fim destes relacionamentos como livramento, pois acredito que Deus tem
a pessoa certa reservada para mim como tem para cada um que aqui está. É preciso ter fé e
acreditar, pois nosso dia irá chegar. Logo estarei contando um lindo depoimento sobre minha
vida sentimental e espero ouvir de todos que estão aguardando uma bênção na área
sentimental. Deus abençoe a todos nós. Amém

Responder

111. Sueli
7 de junho de 2015 18:39 Permalink

Eu acho que a mulher tomar a iniciativa ou não depende das circunstâncias e da maneira como se vai
fazer. A mulher primeiro tem que esperar um pouco para ver se o homem toma primeiro a iniciativa.
Tem que ver se ele parece valer a pena e se ele demonstra gostar da gente. Se ele até demonstra mas
não se sentiu seguro ainda de falar, aí eu acho que a gente pode sutilmente tentar. Mas primeiro de
tudo a gente tem que sentir uma confiança nele. E vocês rapazes que aqui estão, tomar a iniciativa não
precisa logo de cara ser tão direto, comecem conversando sobre amenidades. Se vocês trabalham na
igreja e alguma menina lá os interessa, às vezes não precisa ela estar sozinha para conversar, no meio
do grupo mesmo vocês podem perguntar, estão gostando (das missas, das músicas, das tarefas, etc.),
vocês trabalham aqui também, ou gostariam de trabalhar, fazer parte do coral, etc. Um dos enganos é
pensar que tem que fazer igual a “todo mundo”, ou seja, dizer logo, vamos sair, vamos fazer e
acontecer. Vocês rapazes cristãos verdadeiros tem que se diferenciar. Li depoimentos dizendo que
alguns rapazes que estão na igreja para tocar na banda atraem as meninas e namoram várias. Eu não
acho que isso seja um bom “currículo”. Não é essa a finalidade do namoro, e sim conhecer as
pessoas, ver afinidades, usar a inteligência acima de tudo para discernir as coisas e ver se vale a pena
continuar com a pessoa. Não é colecionar garotas para se sentir mais homem. Ser homem é
demonstrar o caráter, gentileza, educação e bom senso.

Responder

112. Artur
12 de junho de 2015 13:43 Permalink

Quanta besteira gente!


Estão tristinhos porque estão solteiros?Vocês deviam estar felizes!
Acham que esse pessoal aí que namora/são casados são pessoas felizes?TUDO aparência!TUDO!
Digo por mim e por muita gente:na frente da sociedade esses casais mostram palavras
bonitas,beijinhos,juras de amor etc.Mas dentro da casa deles é só discussão,brigas,desentendimentos
por motivos tolos…
Estou com 29 anos e eu jamais namorei,sequer beijei na boca.Quando cheguei aos 25 me senti um
recordista mundial(dos meus parentes fui o único a chegar nessa idade sem sequer ter vivido um
relacionamento),um pouco envergonhado…hoje eu vejo que sou um abençoado.
Também não tenho amigos,mas isso também não me afeta mais.Vendo que o pessoal só quer saber
de carro,dinheiro,farra etc.é melhor viver sozinho do que mal acompanhado.
Isso pode parecer”loucura”minha,mas é um fato que aceitei e também é uma forma que encontrei para
viver melhor nessa sociedade horrível em que vivemos.

Responder

113. LEANDRO
18 de junho de 2015 19:17 Permalink

Encontrar alguém especial não está realmente fácil, digo “alguém” porque não é simplesmente se
apaixonar pelo cara mais bonito e legal ou pela mulher mais linda que você conhece, não vejo
sinceramente como um problema a questão de chegar aos trinta e não ter encontrado a pessoa que
nos fará mais feliz, pois tem muita gente nova casada vivendo infeliz e pessoas que se casaram após
trinta anos ou até mesmo aos quarenta e hoje vivem muito bem, é bem melhor tomar uma decisão
consciente do que viver o restante da vida lamentando-se. Deus faz com que os sonhos se realizem no
momento certo, a questão não é se tudo demora, mas, sim a qualidade daquilo que recebemos, pois a
vontade de Deus é boa, agradável e perfeita, Deus nunca destrói os sonhos de alguém, entretanto, os
aperfeiçoa e as vezes o tempo é a maneira que Deus tem de podar os nossos sonhos, tenhamos
certeza que a pessoa amada chegará no tempo certo de nossas vidas.

Responder

114. keilla
28 de junho de 2015 16:10 Permalink

também tenho andado muito triste.. Tenho 28 anos e não encontrei uma pessoa para construir uma
família.. Não aguento mais a pergunta está solteira? Nossa até hoje,, vai ficar para titia…Esse
comentário e pergunta me deixa ainda mais triste…Acho que Deus tem tantos problemas para
resolver,, não sei se ele está preocupado na minha vida sentimental…

Responder

SYC
30 de junho de 2015 12:49 Permalink

Claro que está preocupado com a nossa vida sentimental. Ele quer ser Senhor de nossa vida,
mas a pergunta que eu lhe faço é se vc deixa Ele ser o Senhor de sua vida? Vc está preparada
para namorar alguém para construir família? Muitas vezes a benção não vem porque queremos
que o amor do tipo egocêntrico (que seja bom para MIM), mas será que a pessoa estaria feliz
ao nosso lado? As vezes a bênção de Deus não vem pq Ele quer melhorar o nosso caráter, ou
então se confiamos Nele (Quem ama espera). A promessa passa pelo teste do tempo. Mtas
vezes as mulheres escolhem demais os homens pela beleza (Quem fala que beleza não conta
está mentindo!), mas tem que pensar que elas tb não são perfeitas. Vc, como mulher, arruma
homem de uma hora pra outra (como minha ex, que 4 meses ja arrumou outro), mas nós
homens, mesmo pagando nem sempre conseguimos o que queremos. Então, a sua situação é
mais favorável que a nossa.

Responder

115. amparo
29 de junho de 2015 21:21 Permalink

tenho 49 anos, a solidão chegou,nossa ainda bem q tnho Deus q sempre esta comigo,é por isso q
ainda estou a procura de um amor.

Responder

116. Sueli
4 de julho de 2015 17:39 Permalink

Só que o fato de ser ou não egoísta não é o que influi. Muitas pessoas são egoístas e estão
namorando, se casam, etc, porque há muita facilidade no sentido de que as pessoas não estão nem aí.
O que está unindo essas pessoas são outros interesses, coisas fúteis, banais. Se essas mesmas pessoas
parassem para pensar no que estão fazendo também esperariam para tentar conseguir uma pessoa
adequada e serem também uma pessoa adequada para aquele parceiro, para que realmente possam
compartilhar do amor verdadeiro.

Responder

117. Ana Paula


23 de julho de 2015 22:00 Permalink

Boa noite pessoal!! Li o artigo e alguns depoimentos.Como é engraçado a forma que as histórias se
encaixam umas nas outras, se identificam.Tenho 29 e mãe solteira, hj realmente as coisas estão
complicadas, o mundo dando oportunidades fáceis, de pura satisfação(momentânea) e ao mesmo
tempo preconceituosa. Só peço a Deus que coloque uma boa pessoa em minha vida, tenho
esperanças ainda…Que bênçãos sejam derramadas na vida de cada um aqui e sua respectivas
famílias… Beijos

Responder

118. Elda
25 de julho de 2015 02:54 Permalink

Olá gente me identifiquei com alguns depoimentos. Tenho 25 e sinto que cada dia que passa vai
piorando a situação. Vi que muitas pessoas estão solteiras como eu e sem muitos amigos pq a maioria
já casaram e se nos unir e fazer um grupo para conversar a respeito disso. Marcar um dia pra passear.
Fazer novas amizades é td. Ter um final de semana e não ter pra onde ir é triste demais. Então meu
número é 951325051 estarei fazendo um grupo do whatsap quem quiser me add. Um bjo a todas e
todos.

Responder

Beatriz
22 de agosto de 2015 19:45 Permalink

Olá , Elda tudo bem?


Gostei muito da ideia de montar um grupo no WhatsApp , vejo que muitas pessoas passam por
essa mesma situação , e juntos podemos ajudar uns aos outros.Como faço para participar do
grupo??
Grande abraço
Bia

Responder

119. Maria
7 de agosto de 2015 23:39 Permalink

A TV Canção Nova poderia fazer um programa onde mulheres e homens cristãos católicos e solteiros
com 30 anos ou mais pudessem se inscrever e conhecer novas pessoas, assim aumentariam as
possibilidades de desenvolverem-se sentimentos recíprocos que poderiam resultar em casamentos
bem sucedidos. Por que não?
As chances de a gente se achar seriam bem maiores.

Responder

Daniel Machado
11 de agosto de 2015 17:24 Permalink

Olá Maria,
infelizmente não é possível um espaço assim na Canção Nova, pois não temos estrutura e nem
produção para tal programa ou site.

Responder

120. Bia
22 de agosto de 2015 19:33 Permalink

Estou na mesma situação tenho 34 anos e ainda estou solteira sempre sonhei em casar em formar uma
família , mas cada dia que passa me sinto cada vez mais infeliz e solitária .

Responder

121. Beatriz
23 de agosto de 2015 08:53 Permalink

Porque pessoas sem caráter se dão bem ? E as honestas só se ferram , sinceramente não entendo esse
mundo que vivemos cada vez pior, não tem mais vontade de viver.

Responder

122. junior
26 de agosto de 2015 22:38 Permalink

por favor alguem poderia deixar um e-mail pra poder conversar sobre o assunto.

já postei aqui estou me sentindo um fracassado… já passei da idade de namorar, pq todo mundo que
conheço namorou antes dos 21 anos e só eu com mais de 30 nunca?

por favor preciso de algum conselho

Responder

123. Junior
27 de agosto de 2015 10:17 Permalink

Alguem aqui tem facebook ? que tal se fizessemos um grupo pra podermos trocar ideias e fazer
amizades?

se possivel avise aqui por favor !

Responder

Daniel Machado
27 de agosto de 2015 16:34 Permalink

Já existe um grupo https://www.facebook.com/namorocristao?fref=ts

Responder

Tania
28 de agosto de 2015 09:48 Permalink

Oi Junior, gostei da ideia. Caso faça um grupo ou descubra 1, vc pode me avisar?


taniaoliveira.tst@gmail.com

Responder

124. maria
28 de agosto de 2015 01:24 Permalink

Tema muito bom!E legal saber que alguém se preocupou com um assunto que machuca tanto as
pessoas neste contexto de vida. Obrigada

Responder

125. Sandra
28 de agosto de 2015 22:04 Permalink

Gostei muito desse texto.


Vou fazer 31 anos e namorei um ano e a 13 anos não namorei ninguém mais, já fiquei sem
compromisso mas não queria continuar assim, já fiz vocacional torcendo para q eu fosse feliz nessa
vocação mas não consegui saí do vocacional e percebi q lá não era meu lugar pelo menos aquele
momento.
Quando fiz 30 anos entrei em crise por que estava sozinha e o vocacional não tinha dado certo, não
me enteressei fazer faculdade e isso era mais uma preocupação, me sentia no fim da vida sozinha e
sem nada, o meu sonho sempre foi sempre ser mãe, ter filhos e uma família construída em Deus e me
perguntei já várias vezes por que Deus não me deu a minha família? Eu não tenho faculdade e nem
coisas materiais para oferecer mas sim muito amor, carinho e cuidado. E muitasmuitas vezes pergunto
por que pessoas que não tem paciência constrói sua família rápido e muitas vezes não cuidam? Mas
entendo que Deus quê o melhor pra mim e vou esperar.
Agradeço a Deus por sua vida e por me ajudar com suas palavras. Deus abencoe!!

Responder

126. ana carolina


29 de agosto de 2015 00:37 Permalink

Eu simplesmente não acredito mais no amor! É impressionante que quando resolvi me dedicar ás
coisas de Deus, viver a castidade (já que quando eu não era da igreja) parece que as pessoas olhavam
mais pra mim. Agora, não consigo mais namorar ninguém já faz um ano, desde que rompi meu
relacionamento com alguém que já estava prestes a me casar.
Não consigo entender porque as pessoas que não buscam a Deus estão tão felizes com seus
parceiros, construindo famílias, e eu que já estou com quase 30, busco a Deus, trabalho, estudo, me
cuido, não sou feia… não aparece ninguém com o mesmo propósito que eu. Parece que não existem
homens em minha volta que queiram viver a castidade,só mesmo aqueles que querem usar e abusar da
libertinagem, balada, festas, tudo o que não me atrai mais. Eu já nem participo mais das reuniões de
família, sempre invento um compromisso na igreja, pois virei o alvo de piadas entre meus irmãos
porque estou solteira.
Outro dia um deles me disse: Pensei que voce iria se casar com o fulano, claro né, afinal, ninguém quer
você, e todos caíram na risada! Aquilo me doeu como uma facada, chorei a noite inteira com essa
brincadeira de mal gosto.
Desde que sofri abusos sexuais pelo meu pai aos 5 anos de idade(e minha família não sabe) ele
também já morreu, isso afetou a minha vida totalmente, a forma de me relacionar com o sexo oposto
principalmente. Fico feliz em ver minhas amigas de longa data casadas, com filhos, só me dói o olhar
de pessoas da minha própria família me tratando com tanta maldade só porque eu não consigo mais
amar ninguém. Sei que preciso de ajuda psicológica, mais acima de tudo, preciso mesmo acreditar no
amor que Deus tem por mim.
Nada te perturbe, Nada te espante,
Tudo passa, Deus não muda,
A paciência tudo alcança;
Quem a Deus tem, Nada lhe falta:
Só Deus basta…

Responder

Angélica
5 de outubro de 2015 16:04 Permalink

Olá! Está complicado mesmo frequentar as reuniões em família. Eu tenho 31 anos e sou filha
única. Até a minha mãe diz coisas desagradáveis por eu não ter me casado ainda. Eu penso em
terminar o meu doutorado e estudar muuuito para passar em um bom concurso e assim poder
comprar uma casa ou apartamento para eu morar e não ter que ouvir coisas que me deixam
triste nesse sentido de casamento. A única pessoa que não zomba de mim é o meu pai, e acho
que só dele sentirei falta. No entanto, eu acho que vou me sentir ainda mais sozinha,mas pelo
menos não terei ninguém por perto enchendo ainda mais a minha cabeça de grilos porque não
me casei e nem tenho filhos e ainda por cima não tenho irmãos. Tem noites que nem durmo
pensando em como será tamanha solidão.

Responder

127. Henrique
9 de setembro de 2015 15:03 Permalink

O problema é quando o cara tem fobia social e mais dezenas de outros distúrbios que não se curam
naturalmente e na maior parte das vezes nem com medicação. Aí o cara chega aos 30 um bagaço.
Sempre fico pensando no que deve ser isso de ter uma pessoa que quer viver “junto de vc”. Não acho
mais que um dia possa saber.
Responder

Thiago
10 de setembro de 2015 17:23 Permalink

Sou parecido com vc cara, tenho 25 anos e tenho fobia social.


É raro eu sair de casa desde o ensino médio quando terminei.
Sofri bullying durante esse tempo, relacionamento? nunca tive.
perspectivas? nada, às vezes fico pensando o porquê de estar vivo? nada faz sentido pra mim.

Responder

128. Adriana
12 de setembro de 2015 01:02 Permalink

Quero muito saber se existe estes encontros de solteiros aqui no ABC, obrigado

Responder

129. Sueli
12 de setembro de 2015 21:20 Permalink

Odeio quando as pessoas tripudiam da gente que não casou e não teve filhos. Dói muito mais quando
é alguém da família. As pessoas que fazem isso para mim não tem caráter. E a verdade é que ninguém
sabe o dia de amanhã. Muitas dessas pessoas vão levar chifre ou vão se separar por algum outro
motivo. Muitos filhos que hoje são uma belezinha podem desrespeitar os pais, avós e a sociedade
quando crescer. Não desejo o mal de ninguém, nas não acredito que ninguém tenha a felicidade
completa para ficar esfregando na cara das outras pessoas.

Responder

Junior
22 de setembro de 2015 22:04 Permalink

Concordo com vc Sueli ! Essas pessoas que criticam acham que são felizes pq estão casadas e
tal.. Varios homens casados traem pode apostar. Muitos saem com garotas de programa todo
mês, escondidos da esposa e ficam bancando o “homem de familia” perto dos parentes e da
mulher ! Essas que criticam devem ser as que mais levam chifre e nem imaginam. (claro que tem
mulher que tb deve ser assim)

O problema é que quando estamos carentes e tristes por estarmos solteiros, achamos que todo
mundo casado ,ou namorando, está feliz, vemos fotos nas redes sociais ou em festas e achamos
isso… Mas esquecemos que casais vivem brigando e muitos vivem mal desrespeitando uns aos
outros…

Responder
130. joao de barro
29 de setembro de 2015 00:18 Permalink

Oi vi este artigo por acaso mesmo, pois adoro olhar o site da canção nova…estou há poucos meses
de fazer 30 anos, mas com cara e vivência ainda de uma adolescente, pois sempre tive medo de me
relacionar e me machucar…desde a minha adolescência tinha um sonho de formar uma família, mas vi
que simplesmente não bastava eu querer, pois existem circustâncias que não se podem mudar
nada..namorei aos 19 anos com um rapaz pouco tempo, mas foi o suficiente para eu me envolver
emociona

Responder

131. Cristina
30 de setembro de 2015 12:02 Permalink

Estou lendo os comentários e me identifiquei com quase todos, tem uns que já tem tempo que foram
escritos, muita coisa deve ter mudado nesse tempo para muitos, eu tenho 30 anos e tenho dois filhos,
nossa meu sonho é encontrar uma pessoa boa, que me ame, ame meus filhos, nos respeite, que seja
trabalhador, mais sei que não dou abertura a ninguém, por ser gorda e ter dois filhos acho que nunca
vou arrumar uma pessoa da igreja, do caminho de Deus que queira assumir a mim e a eles, tive apenas
dois relacionamentos na minha vida, com o pai deles e com uma outra pessoa que me fez sofrer
demais. Fico triste, mais sempre confiando nas providências de Deus em minha vida, se tivesse o chat
queria participar também

Responder

132. Solitario
6 de outubro de 2015 20:25 Permalink

Oi adorei esse artigo e vi que não estou sozinho, isso me deixa feliz.
Eu tenho quase 40 anos, nunca casei, namorei e nem beijar, beijei.
Dediquei a minha vida inteira ao estudo e ao trabalho, me preocupava com os outros e não tive tempo
para mim no amor.
Tive amores platônicos, mas por timidez não me declarei, hoje não sou tímido no amor, eu sofria de
timidez amorosa.
Estou em busca de um grande amor, e percebi que o tempo não para.
Mas tenho fé em Deus que irei encontrar um grande amor, e me arrependo muito por ter demorado
tanto tempo.

Responder

133. MSEI
9 de outubro de 2015 00:14 Permalink

Boa noite a todos! Eu já escrevi aqui antes e agora veio novamente desabafar.
Estou em lágrimas nesse momento, acho que meu relato ficará enorme, mas aí vai.
Já passei dos meus 20, faz horas e nunca consegui ser feliz no amor.
Não tive um namoradinho pra dançar a valsa dos 15 anos, pra me dar um buquê de rosas, pra nada.
Em todos esses anos da minha vida eu nunca tive alguém do meu lado, pra me fazer sorrir, pra me
apoiar nos momentos difíceis, pra sair, pra me dar carinho.
Tive muitas ilusões, muitas vezes acreditei que seria amada e….no final: So amizade, gosto de outra
pessoa, vc é apenas uma amiga.
Com o tempo eu fui me sentindo cada vez mais carente e me apegando fácil aos poucos homens que
por alguns momentos me valorizavam. Por Deus, nunca explorei ninguém. Todas ad vezes que eu sai
pra um cinema, um shopping, paguei minha parte. Eu nunca quis dinheiro de ninguém. O único
presente q ganhei na minha vida de um gigante foi um bombom. Ligações de homem? Difícil. Só msg,
internet. E eu sempre procurei ser carinhosa com os poucos que quiseram “ficar” comigo. Nunca tive
um compromisso sério.
Uma vez fiquei um mês com um rapaz, depois ele não me quis porque gostava de outra. Eu tinha 18
anos na época. Já sofrido uma forte desilusão com um rapaz q eu gostei e se casara com uma menina
da igreja. Infeliz atirei-me nesse. Anos depois ele me disse o q mais me doeu no coração:- Eu estava
me sentindo obrigado a ficar contigo. Melhor seria se tivesse me dado uma facada. Quando
estávamos juntos ele me tratava muito bem e eu acreditei q ele tinha gostado de mim de verdade. Ai
ele falou isso.
Depois dele so fiquei pra não me desiludir mais. Foram bem poucos e eu sei q pra eles era so
diversão. Com 23, em uma loucura, perdi minha virgindade, com um cara que nunca mais quis me ver.
Anos e anos passam. Ninguém,nada apareceu na minha vida. Faz falta sexo? Faz. Mas o que mais me
faz falta é amor, é carinho. Uma pessoa que realmente gostasse de mim.
Depois de td isso parti pra relacionamento virtual porque não tenho mais coragem de tentar com
alguém do meu convívio. Pra variar me apaguei, e agora, a uma hora atrás ele me deu um pé. Nem
chegamos a nos conhecer pessoalmente.
Estou muito mal.
Pra.mim já deu.
O.pior é que ontem fui ao médico e ele disse que preciso fazer.uma cirurgia muito delicada na aorta.
Vou acabar morrendo, eu sei disso.
Pelo menos irei me livrar do fardo que é o meu trabalho e dessa solidão desgraçada.

Responder

134. Daniel R
15 de outubro de 2015 10:08 Permalink

Nem da para imaginar o quão dificil é suportar a solidão.Eu estou com quase 40 anos e nunca me
deram uma chance sequer.Eu sai só uma vez, mas não foi um encontro romântico e não me simpatizei
muito com a moça ao vivo.
Quando eu tinha uns 18-20 anos, tinha varias meninas interessadas, mas eu estava apaixonado por
uma unica e não dava bola.Agora que eu estou mais velho, ninguém tem qualquer interesse.Ja tentei
convidar pessoas aqui da minha nova cidade, Santos, mas elas nunca tem tempo.
A unica coisa que me sugeriram foi fazer uma atividade nova, mas eu tenho pouquissimo tempo livre
disponivel; ja faço teatro e musculação e mal tenho tempo para mim.Ninguém também quer me
apresentar alguém e todo ambiente que eu frequeno, eu começo a conversar com uma moça e logo
vejo que ela é comprometida, e me afasto.
Isso tudo tem me deixado muito estressado e com crises de raiva, porque eu não aguento mais ficar
sozinho.
Responder

135. Cleo
17 de outubro de 2015 23:55 Permalink

Me identifiquei com a maioria que comentou aqui. Desde sempre vi os amigos “ficarem”, namorarem,
mais recentemente casarem, e eu não tinha sequer um cara que se interessasse por mim. Isso sempre
doeu muito, principalmente porque a família ficava cobrando “fulana tá namorando, e você vai
namorar quando?”. Sou formada em duas faculdades, e sempre me escorava nelas para dizer que não
tinha namorado, dizia que queria me formar. Mas sempre pedia a Deus que colocasse alguém em
minha vida. Com 27 anos, quase terminando a segunda faculdade, conheci alguém que veio a se tornar
meu namorado. Eu agradecia a Deus sempre, finalmente minha oração tinha sido atendida. Sempre
pedia que Deus abençoasse meu relacionamento. Fui muito feliz por 2 anos e 4 meses, até que um dia,
sem mais nem menos, ele terminou comigo. Estou sem chão, destruída, achei que esse namoro tinha
sido uma resposta de Deus, mas mais parece que foi uma brincadeira Dele, me deixar tão feliz para
depois jogar um balde de água fria em mim. Em janeiro completo 30 anos, e ano que vem 3 primas
minhas – que são no mínimo 5 anos mais novas que eu – vão casar. Já decidi que não vou aparecer
em nenhum evento familiar, não quero nem que sintam pena, nem que fiquem perguntando “onde está
o namorado?”. Eu sonho em casar e ter filhos, vejo tanta gente que faz tudo errado, e que constituiu
família e vive feliz, por que eu não posso ter isso também? Sei que mereço uma oportunidade de ser
feliz, eu já passei por muita coisa, eu sofri bullying, eu tenho fobia social, eu tenho SOP… os que eu
considerava serem meus amigos, todos me abandonaram, tanto que estou tendo que aguentar sozinha
o término do meu relacionamento, sem um ombro amigo. Ultimamente, mesmo com duas faculdades,
estou desempregada… e quando me sentia feliz por ter um namorado, ele simplesmente termina
comigo. Sempre dizem para confiar nos planos de Deus, mas eu estou bem desanimada com isso,
tudo dando errado na minha vida. Sempre pergunto se Ele me esqueceu, por que eu sei que não sou
uma pessoa má, não mereço tanta coisa ruim acontecendo ao mesmo tempo na minha vida.

Responder

136. Junior
24 de outubro de 2015 19:55 Permalink

obrigado a todos que me responderam anteriormente !

Mas acho que nao tenho condição de namorar ou casar, pois sou muito introvertido . o jeito é viver
solteiro e tentar tirar algum proveito disso.
Espero que todos aqui consigam resolver seus problemas, e que encontrem alguem legal que o façam
se sentir especiais!

Se tiver algum chat favor avisar.

Responder

Thiago
27 de outubro de 2015 21:04 Permalink

To passando o mesmo que vc, já vi os seus comentários anteriormente.


Responder

137. Sueli
30 de outubro de 2015 18:04 Permalink

Olá. Quero dizer à moça que disse que vai fazer uma cirurgia na aorta, que não se sinta derrotada. Há
muitos recursos hoje em dia. Eu conheço uma senhora de mais de 80 anos que este mês mesmo fez
uma cirurgia pra trocar a válvula aórtica (não sei se é a mesma que você vai fazer) e saiu bem. Tenha
fé. E agradeço a todos pelas partilhas. O mundo pode ser injusto, mas Deus não é. Acredito que
pessoas honestas e direitas vão ter sua oportunidade de serem felizes. Eu desejo muito isso para nós
todos. Também quero dizer que acho que a maioria das pessoas não está sozinha porque não tem
critério de escolha e não querem ter, o importante para elas é aparentar felicidade, esfregar na cara de
todos que tem alguém do lado. Que Deus abençoe a todos.

Responder

138. Lu
2 de novembro de 2015 21:13 Permalink

Nossa! Me identifiquei muito com este site e os comentários. Tenho 34 anos. Estava muito angustiada
pela dor da solidão e carência afetiva-conjugal mas estou um pouco aliviada agora que vi muitas
pessoas passando pela mesma situação. Espero que Deus tenha compaixão de nós e nos dê sabedoria
para vivenciar esta situação dolorosa sem nos afastarmos Dele, mas assimilarmos o aprendizado desta
prova difícil… Talvez, valorizar mais as pessoas, o ser humano, a família, ser menos egoísta e mais
sensível ao outro, ter mais compreensão, amor, perdão. Falo por mim. Que Deus nos abençõe e dê
forças enquanto estivermos solteiros e que quando Ele mandar a companhia amorosa que saibamos
reconhecer e valorizar!

Responder

M Angélica
10 de novembro de 2015 08:23 Permalink

Você tem razão Lu! Obrigada pela contribuição!

Responder

139. junior
23 de novembro de 2015 21:19 Permalink

Por favor, gostaria de saber opinião das mulheres.. O que vcs pensam sobre caras muito timidos .
Acham eles fracassados? eles servem pra alguma coisa? podem ser sinceras.

estou precisando conversar com alguem , alguem sabe um chat que fale sobre o assunto ou poderia
deixar um e-mail , só pra conversar . desde já agradeço .

Responder
Alessandra
25 de novembro de 2015 17:10 Permalink

Oi Junior!
Então, existe gosto para tudo nessa vida.
Eu, por exemplo, sou uma pessoa bem tímida e introvertida. Tenho lutado para vencer a timidez
e tenho conseguido me tornar uma pessoa desinibida. Claro que não é fácil, porém não é
impossível.
Então, sendo uma pessoa introvertida, creio que o tipo de homem que me atrai seja exatamente
esse, porque eu não me sentiria bem com uma pessoa que fosse o oposto. Não acredito
naquela coisa de “os opostos se atraem”. Não, sendo eu uma pessoa introvertida gostaria de
me relacionar com alguém assim também, porque ele melhor que ninguém poderia compreender
“minhas crises”. rs
Eu gosto de uma pessoa com essas características: quieto, tímido e bastante fechado. Caladão
mesmo. rs
Não sou correspondida e sofro horrores por isso, mas tenho fé de que um dia vou esquecê-lo e
que vou encontrar aquele que Deus tem reservado só para mim e que vou gostar muito dele e
ele corresponderá, mesmo que isso leve 60 anos. Não me importo em esperar. Já estou
esperando há 23 anos, enfim…
Sei que existe alguém bem especial para mim e que vou encontrá-lo, mesmo que esteja bem
velhinha e à beira da morte. rs
Brincadeiras a parte, quero te dizer o seguinte:
Deus não desampara ninguém. E olha sim por nós, os solteiros.
Mesmo que pareça que nunca vamos conseguir namorar, Deus se importa conosco e colhe
cada lágrima que essa espera dolorosa produz. Ele irá nos atender, mesmo que demore. Vai
valer a pena cada oração e cada lágrima. Sejamos fortes e tenhamos esperança!

Responder

Junior
29 de novembro de 2015 20:49 Permalink

oi Alessandra ! valeu por responder.

Acho que vc faz parte de uma minoria então, pois acho q uns 80% das mulheres não
gostam de caras introvertidos, sem atitude .
Eu sempre fui criticado por ser assim , na escola e em outros lugares. Ouvia criticas
direto a alguns anos atrás..agora não escuto muito pq já terminei os estudos e no meu
trabalho fico meio isolado. Tenho poucos contato com outras pessoas.

O que me deixa mais triste não é o fato de estar sozinho, pq isso é uma coisa normal ,
qualquer um que postou aqui pode encontrar alguem amanhã mesmo, mas tb pode daqui
um ano estar separado,o que é perfeitamente normal. Relacionamentos começam e
terminam todos os dias aos montes ! O que realmente me deixa sem alto estima nenhuma
é o fato de eu nunca ter namorado antes… isso não é uma coisa normal, eu tenho primos
que tem poucos anos a mais do que eu e os filhos deles de 14, 15 anos já estão
namorando (isso mesmo os filhos)..e eu com mais de 30 nunca .. Isso é coisa de
fracassado. E não há nada que eu possa fazer pra mudar isso, pois eu queria ter tido
namorada antes dos 25 anos.. arrumar uma agora não vai melhorar minha alto estima ,
vou me sentir um fracassado ao lado de alguem !! E pelo que eu saiba viagem no tempo
não existe . eu só não entendo pq conheço caras que traem as namoradas e esposas
direto , ae separa e meses depois já estão namorando novamente… agora eu que sou
um cara totalmente contra a traição , fiquei sempre sozinho.

Responder

Angélica
18 de dezembro de 2015 10:26 Permalink

Olá Junior! Não temos como voltar no tempo mesmo. Então, por mais que eu
sinta algumas culpas ou faça perguntar sobre o meu passado e não obtenho
nenhuma resposta, penso que o que podemos fazer de melhor é virar a página do
passado. Usar o passado apenas como um retrovisor, a gente dá uma olhadinha
rápida para não cometermos os mesmos erros, e sigamos em frente. Vamos viver
da melhor forma possível o presente, e pedir a Nosso Senhor e a Nossa Senhora
que nos ajude com o nosso futuro.Não é fácil, mas vamos tentando a cada dia…
Um grande abraço!

Responder

Angélica
18 de dezembro de 2015 10:20 Permalink

Que relato lindo, Alessandra! Obrigada!

Responder

140. narci da cunha


28 de novembro de 2015 15:55 Permalink

excelente todas estas afirmações!

Responder

141. Sueli
30 de novembro de 2015 18:44 Permalink

A questão, Junior e os demais, é a seguinte: Por que essas pessoas namoram e casam? E porque os
filhos delas estão namorando? Não é para compartilhar a vida nem exercitar o verdadeiro amor. É
meramente por desejo físico, querem curtir. Depois de algum tempo, trocam os namorados ou
cônjuges por outros, pois são pessoas no fundo insatisfeitas e vazias. As pessoas que estão solteiras é
porque se respeitam mais e querem um relacionamento com conteúdo, mas as pessoas em geral não
querem isso.
Responder

142. Saulo
19 de dezembro de 2015 08:42 Permalink

Estou com 30 anos também…eu acho que vou conseguir arrumar ninguém..eu acho que vou chegar
aos 40 anos ainda solteiro.. Pois esse tempo que vivemos ta complicado.. Tem dia que me pergunto..
Porque eu não nasci NOAS anos 60..aí conhecia alguém nos anos 80,esse época foi boa demais sou
Rockeiro curto muita música dessa epoca..viajo demais nessa época..

Responder

143. Vivi
21 de dezembro de 2015 08:55 Permalink

Olá pessoal! Eu namoro tem 4 anos e meio e sempre aguardei o tão sonhado momento do pedido em
casamento, mas até hoje só ficou no sonho. Hoje tenho 29 anos e estou chegando a conclusão que
não basta ter um namorado ou alguém a nosso lado. O mais importante é nos sentirmos bem e
realizados. Meu namorado não trabalha fora, não junta dinheiro e como que iremos casar? Eu trabalho
e estudo.
Sempre rezo e peço intercessão de Nossa Senhora para que Deus faça o melhor para mim e meu
futuro e que Deus esteja ao meu lado guiando a minha vida.
Desejo que todos se realizem e encontrem o grande amor de suas vidas e sejam felizes em Deus.
Rezarei por voês e peço que rezem por mim. Beijos

Responder

144. Ricardo pereira


23 de dezembro de 2015 07:30 Permalink

Dayse, você se apaixonou,cegou!Leia : efesios:5.22-33 e diga quem deve amar. Seu dever é
respeitar. Vou te dar esse toque trate ele como seu amigo com pitadas de namorado mais sempre
respeitando como o ditado diz e melhor só do que mal acompanhado. Deus já livro você de siladas
seja feliz pois homens odeiam mulher que murmura e se chegar aos trinta chata vai ser difícil mudar.
Então mude logo este humor viu! Bj já te amo!

Responder

145. Sergio
2 de abril de 2016 18:40 Permalink

Depois de ler o que o senhor escreveu, concordo em parte. O senhor se refere a pessoas recém
chegadas aos trinta. Pois bem pude perceber o desespero e a angústia por que passam os solteiros
nesta faixa etária. Agora eu pergunto, o que fazer quando se tem vinte e sete anos a mais do que dito
na reportagem, sim digo quarenta e sete anos(47 anos). Quando eu tinha quinze anos pensei que
aconteceria aos dezesseis, depois aos vinte,vinte cinco, em meus pensamento eu já estaria casado aos
vinte e oito, puro engano, e aí vai , trinta, trinta e cinco,o tempo passando, amigos,colegas, irmãos,
parentes,namorando,casando, tendo filhos, e você nada. Bom, confesso que cheguei aos quarenta já
cheio de dúvidas, como, nasci para viver solteiro? Morrer só? Não deixar descendentes? Agora como
citei acima com quarenta e sete as coisas começam a ficar mais difíceis, as realidades são mais duras,
os julgamentos alheios, olhares, enfim, que você tem ou possuí algo errado já são inevitáveis, inclusive
no meio familiar. O texto foi escrito para pessoas de trinta anos”De repente 30″…e solteiro. Eu
pergunto, ou melhor vou mudar um pouco a mesma chamada do texto: “De repente 45″… e solteiro”.
será que sou alguma espécie de monstro, ou alguma aberração social, ou de personalidade doentia
para merecer tal coisa? Sim já orei, jejuei, e….. o tempo de Deus não é o mesmo do homem, isto é
fato. Porém não somos mais imortais desde o pecado de Adão e Eva. Eu digo e penso, terei tempo?
Suponhamos que eu estivesse namorando neste momento, bom noivado(quase extinto), e me casaria.
Muito bem, que eu fosse pai aos 50 anos, quando meu(s) filho(a)s tivessem 20 anos eu seria um idoso
de 70 anos. E eles com certeza ainda precisariam muito de mim. Quero deixar bem claro que em
hipótese alguma culpo Deus por isso. Só queria entender o porque. Será que deveria ter ido para
seminário? Ter sido ordenado Padre? Não sei. Talvez nunca saberei. Este texto apesar de longo, não
é nenhuma brincadeira, falsa história, etc. É de uma vida. Por ter quase 50 anos, se eu fosse contar
detalhes de minha vida dariam muitas páginas, e causaria cansaço no leitor, se é que alguém vai se
interessar por esta história nada convencional e sim triste, pessoas me evitam, e eu me fechei sobre o
assunto em público. Faço psicoterapia e tratamento psiquiátrico. A que ponto cheguei. Faço tais
tratamentos para continuar andando, digo trabalhando, sou estudante universitário, já viu o choque de
gerações? Tenho e tento me adaptar a conviver com pessoas tão jovens que poderiam ser meus filhos.
E professores na casa dos trinta anos. O por que disso tudo, só Deus para responder e tenho que
respeitar o seu silêncio que dura décadas. Obrigado por esta oportunidade. E para você que está se
desesperando aos trinta, saiba que pode ser pior aos quarenta e sete. Não é coisa que se deseje a
ninguém.

Responder

146. aldair
27 de abril de 2016 22:09 Permalink

Estou aqui lendo este comentário e fico me perguntando será que um dia eu vou encontra alguém pra
poder compartilhar o resto da minha vida .pode constituir uma família poder ter filho ,pode ver as
criança crescer .já estou com 32anos vivo sozinho já a dezoito anos nunca tive uma namorada em .fico
conversando com Deus onde foi que eu errei todos os dias fico me perguntando mais tenho seteza que
ele não abandona seus filho .fico aqui lendo alguns livro de alta ajuda pra poder não desanimar.. Boa
sorte a todos .

Responder

147. Ariane
21 de junho de 2016 17:32 Permalink

Salve Maria irmãos.Bom esse assunto pra mim é delicado afinal to em processo de conversão.Me
aprofundei demais nas ciladas desse mundo e infelizmente não tive uma vida nada de Deus.MAs a
gente faz nossas escolhas de acordo c que nos convem fazer mesmo na consciencia do erro.Hoje
tenho 28 anos 2 filhos e sim estou solteira.E cheguei a tal ponto de degradação de mim mesmo como
mulher que não me via mais como filha de Deus.Depois do meu segundo filho senti um chamado mais
forte de Deus a conversão, desde então deixei de lado todos os relacionamentos errados que vivi, só
pelo prazer carnal e resolvi viver minha castidade.Sei que não é facil como não tem cido pra mim
ainda mais pq tenho dois filhos e na paquera isso não ajuda muito, nem amigos mais eu faço pois os
casados me discriminam e os solteiros não tem papo c uma mãe ne.Acho q por isso nem me
considero solteira ter filhos é um casamento, mas esse não tem quem separe pq ser mãe é tudo meu
consolo são meus filhos queria um pai pra eles mas não vou me arriscar c alguem só por carencia pq
meus filhos se apegam e não quero q eles sofram se não der certo, pra mim tem que ser por
amor.Mas estou nas mãos de Deus ele saberá o que quer de mim.Enquanto isso farei suas obras e
tratarei de ser feliz pq Deus é a minha alegria, e não um companheiro q nem sei se existe mesmo.

Responder

Artigos

A cultura do descartável no relacionamento afetivo

A cultura do descarte está presente em todos os lugares, e principalmente nos relacionamentos


afetivos

A pornografia me ensinou o que é o amor

Pornografia nos leva a consumir; a pureza, a guardar. A pornografia nos faz querer nos
engalfinharmos; a pureza a nos relacionarmos.

De joelhos diante da mulher que se ama

Quando o homem se ajoelha diante da mulher que ama está se comprometendo a amá-la para o resto
da vida

De copo cheio e coração vazio

O barulho e tamanha movimentação de uma vida cheia são um ótimo esconderijo para quem foge do
encontro consigo
Amor: investimento a longo prazo

Quem investe nessa aventura descobre que o amor não é lucro de retorno imediato, mas investimento
a longo prazo

ver mais »

Copyright © 2015 Destrave - Fundação João Paulo II - Todos os direitos reservados.


Desenvolvido por: Canção Nova