Você está na página 1de 20

Minicontratos: O que São e Como Operar (Guia Completo)

https://blog.rico.com.vc/mini-contratos-o-que-sao

Os minicontratos são uma ótima oportunidade para investidores


com pequeno capital que querem operar no mercado futuro,
acreditando na alta ou baixa de produtos como Índices, Moedas
ou Juros.

Com eles, você pode investir pouco e ter chances de ganhar


muito.

Em resumo: Contratos futuros são acordos de compra e venda


de produtos negociados na Bolsa de Valores com uma data de
vencimento futura.

Esse tipo de operação está se tornando presente na rotina de


investimento de muitos acionistas.

Os principais investimentos que podem ser feitos com


minicontratos são:

 Dólar (WDO)
 Índices (WIN)

Somente com contratos futuros é possível aplicar em


commodities (mercadorias que são produzidas em larga escala e
comercializadas em nível mundial, tais como: milho, soja, etanol,
etc).

Grandes investidores costumam alocar parte de seu capital em


minicontratos.
Mas se você possui pouco dinheiro para começar a investir, não
se preocupe. Essa também pode ser uma ótima opção para você.

O Que São Minicontratos na Bovespa e Para Que Servem?

Em resumo, minicontratos são acordos de compra e venda de


produtos, negociados na BM&F, que serão liquidados no futuro.
Por isso, trata-se de um negócio do mercado futuro.

Nesse acordo, é combinado quem compra ou vende numa data


determinada por um preço já definido.

Esse tipo de negociação surgiu ainda antes do mercado de


ações para mitigar riscos do setor agrícola.

Assim, com os contratos futuros, os produtores podem vender


sua produção antes mesmo da colheita. Isso acaba garantindo o
melhor preço de mercado, cobrindo todas suas despesas e
dando lucro.

Essa operação é chamada de Hedge e é muito simples,


aplicando-se até mesmo a você.

Faz de conta que você tem uma viagem internacional


programada para daqui 1 mês e a cotação do dólar está em R$
3,70, que é um nível aceitável para você.

No caso do minidólar, o valor financeiro do contrato é de US$


10.000, ou seja, se o dólar estiver cotado a R$ 3,70, o valor
financeiro de um minicontrato será de R$ 37.000,00 (3,70 x
10.000). Cada ponto equivale a R$ 10,00.
Com medo que a moeda suba, você emite um contrato de
compra de minidólar no valor total de R$ 37.000, garantindo a
cotação atual para daqui um mês. Se a moeda subir, perfeito,
você ganhará toda a correção dela e ainda garantirá o capital
investido, compensando o dólar mais alto que será pago na
viagem.

Caso ela desvalorize para R$ 3,50, você terá que pagar a


diferença de R$ 2.000 (200 pontos x R$10,00), o que não será um
prejuízo, já que você estará garantindo o seu objetivo final que é
a cotação de R$ 3,70.

Esse é um exemplo simbólico em que o emissor realmente


negocia o ativo em si, mas na maioria dos casos isso não ocorre
pois são negócios derivativos. Se compra ou vende o contrato, e
não o ativo em si.

Com a alavancagem, comprando um minicontrato de dólar, você


não estará pagando pelos dólares do contrato. Mas sim, por
uma margem de garantia de aproximadamente R$ 5.000.

Como você pode adquirir um minicontrato?

Quando você negocia um minicontrato, você não precisa ter o


valor integral de um contrato, basta ter um valor como margem
de garantia. Ou seja, com pouco dinheiro você poderá
movimentar uma quantidade financeira muito alta na Bolsa de
Valores.
Essa margem é como um caução de aluguel padrão, servindo
como garantia caso você não possa arcar com os possíveis
prejuízos da operação.

Você pode depositar esse valor ou fornecê-lo em títulos


como CDBs de liquidez diária, ações, papéis do Tesouro, ou
mesmo dinheiro como garantia.

Caso você não queira esperar até a data acordada no contrato,


pode-se vender a sua parte nele. Nesse caso, você está sujeito a
cotação atual do contrato (como se fosse uma ação que sobe e
desce).

Por exemplo, você quer adquirir um minicontrato de dólar, ou


minidólar. Como o lote mínimo é de US$ 10.000, você precisará
arcar com a margem de garantia de R$ 5.000 para comprar o
contrato, caso queira ficar posicionado em dias, semanas ou
meses.

Ao fazer um contrato de compra, você pode lucrar sobre o valor


total do contrato de US$ 10.000 e não sobre o valor da margem
de R$ 5.000.

Como Funcionam os Minicontratos no Mercado de Ações

O mercado futuro é praticamente formado por dois tipos de


investidores: os fornecedores do ativo em si que buscam reduzir
o risco de suas operações e os especuladores.
Assim, o minicontrato futuro é uma importante ferramenta
para pequenos investidores que possuem um perfil voltado ao
alto risco, mas que buscam a maior possibilidade de ganhos.

Imagine que com R$ 5.000, um investidor de ações pode lucrar


apenas com a valorização dos seus papéis e exatamente sobre o
valor adquirido.

É uma forma mais lenta de obter ganhos, principalmente se você


possui um pequeno capital.

No entanto, no mercado futuro, esses R$ 5.000 podem trazer o


direito de ganhar com a valorização ou desvalorização de um
ativo. Esse ganho pode ser, muitas vezes, 3 ou 5 vezes superior
ao investimento inicial.

Existe um um limite de alta determinado pela Bolsa para o dólar


e de quedas para o Ibovespa.  Contudo, em casos específicos isso
pode ser alterado, como aconteceu no Joeslay Day.

Esse limite é determinado em 10% de oscilação em relação ao


preço de ajuste do dia anterior.

Lembrando que se você ficar posicionado nos contratos futuros,


você terá sua posição ajustada diariamente, isso é, caso sua
operação ande a favor, você receberá pelo lucro, e caso oscile ao
contrário, você pagará a diferença, pelo que chamamos
de ajuste diário. 
Sigla de negociação

É importante que você saiba que cada contrato possui uma sigla,
como mostra a tabela abaixo:

Contrato Sigla de negociação


Índice Cheio IND
Dólar Cheio DOL
Mini-Índice WIN
Minidólar WDO

Você deve conhecer as siglas, pois é através delas que você vai
conseguir realizar a compra de minicontratos.

Data de vencimento

Os contratos futuros possuem data de vencimento, e o código


para negociação tem a sua sigla seguida pela letra que
representa determinado mês e ano de vencimento.
O vencimento do contrato de dólar acontece no primeiro dia útil
de todo mês e o vencimento do contrato de índice acontece a
cada dois meses (somente nos meses pares).

Na tabela abaixo, você vai ver como identificar o mês de


vencimento:

Mês Código
Janeiro F
Fevereiro G
Março H
Abril J
Maio K
Junho M
Julho N
Agosto Q
Setembro U
Outubro V
Novembro X
Dezembro Z

Então, se você quiser investir em um contrato de minidólar com


vencimento no primeiro dia útil de Setembro e 2020, a sua sigla
será WDOU20.

Quanto Vale Cada Ponto no Minidólar

Isso pode acontecer em diversos âmbitos, como no índice


Bovespa e no minidólar, por exemplo.

Na B3, todos os contratos têm valores e tamanhos específicos.


Assim, temos que para cada 5 contratos de dólar cheio no
mercado de câmbio normal, você pode lucrar ou perder R$250
por ponto.

No minicontrato, um contrato representa a perda ou o ganho de


R$10.

Esses pontos seguem a seguinte tabela:

Contrato Lote Mínimo Preço do Contrato


Índice Cheio 5 R$ 1,00 por ponto do IND
Dólar Cheio 5 R$ 50,00 por ponto do DOL
Mini-Índice 1 R$ 0,20 por ponto do WIN
Minidólar 1 R$ 10,00 por ponto do WDO

Principais Diferenças Entre Minicontratos E Contratos Futuros

Os minicontratos, como mini-dólar e mini-índice na Bovespa,


são contratos futuros. Eles se diferenciam dos contratos cheios
porque, além da margem ser mais baixa, o investidor consegue
negociar apenas 1 minicontrato, enquanto com contratos cheios,
o lote mínimo é de 5 contratos.

Inclusive são mais fáceis de operar porque nem todos os


contratos padrões podem ser negociados pelo Home Broker. E a
margem de garantia é um grande diferencial por ser menor.

Por isso, muitos investidores que iniciam nesse segmento


querem diversificar seus ativos de renda variável, buscando
melhorar a rentabilidade de sua carteira de ativos.

Por exemplo, o contrato de dólar cheio vale US$ 50.000 e o lote


mínimo é de 5 contratos, totalizando US$ 250.000. Como cada
contrato exige uma margem de garantia de R$ 25.000, seria
preciso em média, R$ 125.000 para poder operar o mínimo de
5 contratos futuro padrão, caso a operação dure mais de um dia.

Com os minicontratos, qualquer pessoa que consiga arcar com a


pequena margem de garantia pode aproveitar as oportunidades
do mercado futuro, atuando com câmbio e índices.
Como Escolher Entre Um Ou Outro

Se for iniciante no mercado de contratos futuros, com certeza


vale mais a pena trabalhar com minicontratos para ganhar
experiência e entender o funcionamento dessas operações.

Os contratos padrões são mais indicados para investidores com


grande capital e experiência. Além de dominar a análise técnica,
eles conseguem antecipar o movimento do tipo de ativo. Afinal,
cada produto possui o seu comportamento e reações ao
mercado.

Tipos de Minicontratos que Podem Ser Operados Pelo Home


Broker

Os dois ativos que reinam absolutos nos minicontratos são o


mini Bovespa e minidólar. Ambos podem ser operados pelo
Home Broker e todo conhecimento adquirido com ações pode
ser aplicado aos gráficos dos derivativos.

O que é Mini-Índice Bovespa (win)

Cada lote mínimo de mini índice na Bovespa possui 1 contrato e


cada variação de um ponto equivale a R$ 0,20. Portanto, o
contrato vale R$ 0,20 multiplicado pelos pontos do Ibovespa.

Com 98.000 pontos, o contrato valeria R$ 49.000 e a margem de


segurança seria de R$ 2.500 para investir no caso de Swing
Trade, e a margem para Day Trade seria de R$ 22,00,
aproximadamente.
Investir em Minidólar (WDO)

O seu lote mínimo é de 1 contrato e consiste em US$ 10.000 ou


R$ 30.000 em uma cotação de 3 por 1. A margem de garantia
gira em torno de R$ 5.000 para comprar o contrato e ficar
posicionado. Caso compre e encerre a operação no mesmo dia
(day trade), a margem cai consideravelmente.

As Grandes Vantagens de Operar Minicontratos

Os minicontratos são muito simples e acessíveis para os


pequenos investidores. Estes apenas precisam de uma conta em
uma corretora para operar pelo Home Broker, exatamente como
ocorre com as ações.

Alta Liquidez

É simples e rápido entrar e sair do mercado. Isso só é possível


devido ao imenso volume de negócios que ocorrem
diariamente. Se quiser zerar sua posição, basta vender os
minicontratos.

Diversificação

Após ter se estabelecido com ações, esses minicontratos futuros


se apresentam como uma ótima opção para diversificar
investimentos e entrar em novos mercados.
Facilidade

Negociar contratos no mercado futuro é bastante simples. Você


pode fazer isso facilmente através do Home Broker da sua
corretora.

As estratégias usadas no mercado de ações também se encaixam


aqui tanto para o curto prazo quanto para o Day trade.

Por apresentarem um grande volume de negociação, alguns dos


minicontratos são melhores de serem operados do que muitas
ações.

Alavancagem

Para comprar 1.000 ações da Petrobras (PETR4)* a R$ 25, você


precisaria de R$ 25.000. Com esse mesmo valor, você pode
operar os contratos futuros e poderá ter um retorno muito maior
dado a grande oscilação diária dos contratos futuros.

*Este é apenas um exemplo educacional, não configurando


recomendação de compra/venda.

Flexibilidade - O que é operar vendido?

Quantas rupturas de baixa você já antecipou no mercado de


ações? Essas oportunidades podem ser aproveitadas com os
minicontratos. Afinal, operar vendido é lucrar com as baixas.

Como Operar Minicontratos?

https://www.youtube.com/watch?v=Ka0h31-
gQ8g&feature=emb_logo
Em geral, utiliza-se a análise gráfica para visualizar figuras como
os triângulos, bandeiras e retângulos, antecipando possíveis
rupturas em tendências utilizando a análise técnica.
Margens

A margem para operar o mini dólar na Rico é de 5 mil em


homebroker e 2.500 em plataformas, já mini índice são 3 mil e
1.200, respectivamente. No entanto, a maioria dos investidores
fazem day trade, que a margem é de 25 para mini índice e
minidólar, tanto pelo homebroker quanto pelas plataformas. 

É importante observar que não se deve fazer o aporte de um


valor como margem que você não está disposto a perder.

Negociação

Todas as negociações se dão na B3. Um ambiente seguro que


pode ser acessado do conforto de sua casa pelo Home Broker da
Rico, por exemplo.

Prazo de Vencimento do mini dólar e minicontratos

No caso do Índice Bovespa, o vencimento ocorre sempre nos


meses pares, na 4ª feira mais próxima do dia 15. Já com o Dólar,
a liquidação ocorre todos os meses.

Quando o contrato vence, as posições em aberto após o último


ajuste são liquidadas pela Bolsa e cada um tem o seu dinheiro
com lucro ou prejuízo de volta.
Tributação

O imposto de renda incide sobre os ganhos do mercado


futuro. Para operações de Day trade, a alíquota é de 20% e para
as outras operações é de 15%.

Esse imposto deve ser pago pelo investidor até o último dia útil
do mês subsequente ao período de apuração.

Passo a passo de como operar

A primeira coisa que você precisa fazer para operar um


minicontrato é abrir uma conta em uma corretora de valores.

Depois de criar a sua conta, você precisa transferir o valor que


você deseja investir da sua conta para a conta da corretora.

Com o seu dinheiro na conta, é só escolher a opção do Home


Broker e ver quais minicontratos estão disponíveis para serem
negociados.

Digite a sigla do investimento que você quer fazer e faça uma


análise dos seus preços e pontuações.

O próximo passo é fazer uma oferta de compra e esperar que o


preço seja atingido e pronto! Agora tudo o que você precisa fazer
é acompanhar as cotações e realizar a venda quando achar
conveniente.

Exemplo Prático Que Mostra A Liquidez da B3


Imagine que um pequeno investidor percebeu uma ruptura de
alta no Índice Bovespa para os próximos três dias. Então, ele
adquire um minicontrato de venda que deriva sobre esse índice.

Ele teve que desembolsar R$ 2.500 para fazer sua posição inicial.


E nos primeiros dois dias, a sua previsão se concretiza, a bolsa
subiu 5.000 pontos.

Nesse momento, o investidor faturou R$ 1.000. No entanto, no


terceiro dia, o índice recua 2.500 pontos, cortando pela metade
o ganho da operação. Assim, ele fica pessimista em relação à
subida e resolve liquidar sua operação no mesmo dia.

Como é um mercado de alta liquidez onde bilhões são


negociados diariamente, o pequeno investidor consegue zerar a
sua posição rapidamente e sair com o seu lucro no momento em
que quiser.

Custos para Operar Minicontratos

O custo total de uma operação no mercado futuro vai depender


bastante do contrato que será movimentado. Assim, são levados
em consideração o seu tamanho e a sua complexidade.

Então, fique atento a esses valores antes de abrir qualquer tipo


de operação.

Investindo em minicontratos de índice e dólar com a Rico, a taxa


de corretagem incide em cada papel que foi negociado. Ou seja,
ela é aplicada em cada contrato.
Além disso, existem outros valores que são cobrados no mercado
futuro dependendo da sua operação, como:

Percentual do mini dólar

Se você for negociar um minicontrato, você vai precisar


depositar apenas uma margem. E esse valor depende
exclusivamente da sua corretora.

Corretagem

Cada corretora cobra um valor de corretagem por contrato.


Normalmente, o valor para Day trade é menor do que para
Swing trade.

Com a Rico, a taxa de corretagem para minicontrato é zero. Isso


mesmo: atendendo aos seus pedidos, a Rico zerou a taxa de
corretagem em todas as operações de minicontratos de índice e
dólar para clientes com RLP ativo.

Clique aqui para descobrir nossas opções em minicontratos.

E vale destacar: você não paga essa taxa independente do


volume de operações. Ou seja, a corretagem zero vale tanto para
quem invista grandes quantidades quanto para o investidor que
possua menos recursos para operar.

Isso significa que seus investimentos em minicontratos com a


Rico possuem um potencial de rendimentos maior!
Custo unitário específico

O custo unitário de cada contrato é calculado para as taxas de


registro variáveis ou para os emolumentos de um contrato.

O seu cálculo é feito da seguinte maneira:

Custo unitário = P, onde "P" é o custo médio apurado para a taxa


de registro variável ou para os emolumentos.

Emolumentos

Os emolumentos são calculados no último dia útil de cada


semana pela Bolsa de Valores para serem aplicados durante toda
a semana seguinte.

A bolsa é quem cobra e executa os emolumentos de cada


operação. Eles são referentes ao serviço de negociação. Essa
tarifa incide nas seguintes situações:

 Negociação do contrato (abertura ou encerramento de


posição antes do vencimento);
 Exercício de opções;
 Procedimento de cessão de direitos.

Esse valor é variável, mudando de acordo com o tipo de contrato


futuro e com o volume que foi negociado.

Diferente do que acontece na compra de ações, o emolumento


nos minicontratos é um valor fixo.
Você pode checar a tabela de custo para cada tipo de
investimento no site da B3. Por exemplo, veja a tabela de
Emolumentos e taxa de registo para o Dólar americano: 

Emolumentos Taxa de
ADV    
(US$) Registo
Variável
De Até   Fixo (R$)*
(US$)
1 250 0,37 0,68 0,1166181
251 1.000 0,33 0,62 0,1166181
1.001 2.5000 0,31 0,58 0,1166181
2.501 6.000 0,29 0,54 0,1166181
6.001 10.00 0,27 0,51 0,1166181
10.001 15.000 0,26 0,48 0,1166181
15.001 25.000 0,25 0,45 0,1166181
25.001 45.000 0.23 0,43 0,1166181
45.001 80.000 0,22 0,40 0,1166181
Acima de
  0,20 0,38 0,1166181
80.000

Então, se você comprar 20 contratos de índice futuro, por


exemplo, será acrescido US$ 0,37 no valor de cada contrato que
você adquiriu. Além, é claro, da taxa de registro de US$ 0,68.
Minicontratos estão isentos do componente fixo. 
Política de Incentivo

Novamente, é importante checar os detalhes para cada tipo de


investimento. Por exemplo, para os minicontratos Ibovespa
(WIN), o valor é correspondente a 21% do custo unitário que foi
previamente calculado para a taxa de registro variável e para o
emolumento.

Para as aplicações Day trade, essa porcentagem segue a seguinte


tabela: 

ADV Daytrade   Redução 


De Até  
1 5 35%
6 50 40%
51 150 55%
151 1.500 70%
Acima de 1.500   75%
Taxa de Permanência

A Bolsa de Valores também cobra uma taxa de permanência


baseada no número de dias que a operação permaneceu aberta.
Ainda usando o exemplo do minicontrato Ibovespa (WIN), a taxa
é aplicada conforme a tabela abaixo:

Contrato Fator de redução (λ) Valor por dia (p)


Ibovespa e IBrX-50 0,36 R$ 0,01500
Minicontrato de
0,36 R$ 0,00300
Ibovespa

Então, quanto mais dias a sua operação permanecer aberta,


maior será a sua taxa de permanência.

Taxa de liquidação

A taxa de liquidação é cobrada em cima de cada minicontrato


que foi adquirido por você.

Para os contratos de Ibovespa e IBrX-50, ela é de R$ 1,52 por


contrato na liquidação. Para minicontratos, ela é de R$0,30 por
contrato na liquidação.

Imposto de Renda

Se a sua operação for aberta e fechada no mesmo dia, ou seja, se


você realizar uma operação de Day trade, a alíquota cobrada de
imposto de renda é 20%.

Para operações que durarem mais do que um dia, ou seja, Swing


trade, essa cobrança cai para 15%. Este percentual incide sobre a
soma positiva dos ajustes diários entre a data de abertura e a de
encerramento da sua operação.

Além disso, é retido na fonte 0,005% da soma positiva dos


ajustes diários das suas operações.
Esse valor precisa ser pago até o último dia do mês subsequente
ao período da sua operação.

Taxa de ajuste dos minicontratos

Se você estiver operando contratos futuros para ST, também terá


que pagar ou receber um ajuste de sua posição diariamente, que
é calculado de acordo com o ajuste diário.

Tal ajuste é feito todos os dias. Então, você terá dinheiro


entrando e saindo da sua conta diariamente de acordo com o
que você está ganhando ou perdendo.

Por exemplo, se o dia fechou e você ganhou 100 pontos com


suas operações, você vai receber o valor correspondente a esses
100 pontos na sua conta.

Mas se o dia fechou e você perdeu 200 pontos, o valor


correspondente a esses 200 pontos será debitado da sua conta.

https://blog.rico.com.vc/operar-vendido