Você está na página 1de 2
 
Colégio Estadual Prof. Daltro Santos
 
Prof
a
 Wanda
 
Barreto
 Noções de Genética:
Biologia
Ano
 
 
 Genética: É o estudo da hereditariedade.
 Hereditariedade: fenômeno que explica as semelhanças observadas entre os indivíduos de uma mesma linhagem. Definições:
 Células diplóides: São as células somáticas de um organismo, possuem um número
 2n
de cromossomos.
 
 Células haplóides: São as células reprodutoras (gametas), possuem a metade do número de cromosssomos das células somáticas (
).
 Genes: segmentos de moléculas de DNA, existentes na estrutura dos cromossomos, os quais revelam características determinadas pela ordem ou disposição dos nucleotídeos.
 Loco gênico: Também chamado
locus 
 (no singular) e
loci
(no plural). É o lugar certo e inalterável, no cromossomo, onde situa o gene para determinado caráter. Qualquer deslocamento dos genes, alterando seus
loci 
, provoca anomalias hereditárias (mutação).
 Cromossomos: estrutura celular, formada de DNA e proteína, que contém as unidades de hereditariedade, os genes, arranjados linearmente.
 Cromossomos homólogos: São aqueles que, nas células diplóides (somáticas), formam um par e possuem genes para o mesmo caráter.
 Genes alelos: São genes que, nas células somáticas, formam um par e possuem genes para os mesmos caracteres.
 Genes alelos (2): São genes de células somáticas, que formam pares e possuem genes para os mesmos caracteres; situam-se em locais correspondentes mas não necessariamente traduzam a mesma forma de expressão do caráter. Ex: Quando o gene para cor de olhos azuis é
alelo 
 do gene de olhos castanhos. Ambos respondem pelo mesmo caráter.
 Os genes alelos não são necessariamente idênticos.Quando nas células de um indivíduo os genes alelos para um determinado caráter não são idênticos, o indivíduo é denominado heterozigoto para o caráter denominado pelo par de genes. Quando os genes alelos são idênticos, o indivíduo é denominado homozigoto para aquele caráter.
 Monoibridismo: É todo caso de cruzamento genético no qual analisa-se a transmissão de um único caráter entre os indivíduos.
 Alelo Dominante: É aquele que determina o mesmo fenótipo, tanto em homozigose como em heterozigose.
 Alelo recessivo: É aquele que só se expressa em homozigose.
 Homozigose: Quando os genes alelos são idênticos.
 Heterozigose: Quando os genes que formam os alelos não são idênticos entre si.
 Genótipo: É a designação da constituição genética do indivíduo; é representada por letras.
 Fenótipo: É a manifestação visível ou detectável do genótipo do indivíduo. Pode ser, eventualmente, influenciado pelo meio.
 Co-dominância, semidominância, dominância intermediária ou ausência de dominância: é uma forma de herança em que os dois alelos diferentes de um dado par têm potencialidades semelhantes e, em conseqüência, o indivíduo heterozigótico revela um fenótipo intermediário ou bastante diferente daqueles apresentados pelos homozigotos. Símbolos: Sexo indeterminado: Heterozigoto: Natimorto: Portador de anomalia:
?
Sem informações: Casamento: Casamento Consangüíneo: Irmandade em ordem cronológica: Gêmeos Monozigóticos Gêmeos Dizigóticos
Flash Flash Flash Flash - -- Back Back Back Back 
 Bases Nitrogenadas:
 
Nucleotídeo: P = Pentose // BN = Base Nitrogenada // F = Radical Fosfato Transcrição do código genético Tradução do código genético Duplicação do código genético
 
DNA
:
RNA
:
A
 – Adenina
A
 – Adenina
C
 – Citosina
C
 – Citosina
G
 – Guanina
G
 – Guanina
T
 – Timina
U
 – Uracila
 
Cromossomo.
 
(1) Cromatídeo. Cada um dos dois braços idênticos dum cromossomo depois da fase S. (2) Centrômero. O ponto de ligação de dois cromatídeos, onde se ligam os microtúbulos. (3) Braço curto. (4) Braço longo.
576648e32a3d8b82ca71961b7a986505