Você está na página 1de 10

Universidade Católica de Moçambique

Instituto de Educação à Distância

Participação dos Pais e encarregados de educação na vida da escola

Equines Alfredo Guerra Caetano - 708191438

Curso: Licenciatura em Ensino de


Biologia
Disciplina: Praticas Pedagógicas II
Ano de Frequência: 2º Ano

Nampula, outubro, 2020


Folha de Feedback

Categoria Indicadores Padrões Pontuaçã Nota


Subtota
o do
l
máxima tutor

Capa 0.5

Índice 0.5
Aspectos
Introdução 0.5
Estrutura Organizacion
ais
Discussão 0.5

Concussão 0.5

Bibliografia 0.5
Contextualização
2.0
(indicação clara do
Introdução problema)
Descrição dos objectivos 1.0
Metodologia adequada ao
2.0
objecto do trabalho
Articulação e domínio do
discurso académico
3.0
(expressão escrita cuidada,
coerência/coesão textual).
Conteúdo
Análise e
discussão Revisão bibliográfica
nacional e internacional 2.0
relevante na área de
estudo

2.5
Exploração dos dados
Contributos teóricos e
Conclusão 2.0
práticos
Paginação, tipo e tamanho
Aspectos
Formatação de letras, parágrafos, 1.0
Gerais
espaçamentos entre linhas
Normas APA
Referências Rigor r coerência das
6ª edição em
Bibliográfic citações/referências 2.0
citações e
as bibliográficas
bibliografia
Folha para recomendações de melhoria: A ser preenchida pelo tutor
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
_____________________________________________________
Índice
Introdução..........................................................................................................................3

Conselho escolar................................................................................................................4

Composição do Conselho de Escola..................................................................................5

Objectivos do Conselho de Escola....................................................................................5

Princípios do Conselho de Escola.....................................................................................5

Funcionamento do Conselho de Escola.............................................................................6

Conclusão..........................................................................................................................7

Referências bibliográficas.................................................................................................8

ii
Introdução
Neste exame pretendemos abordar sobre a participação dos pais e encarregados
de educação na vida escolar, mas especificamente sobre o conselho de escola. São
objectivos deste trabalho, descrever a participação dos pais e encarregados de educação
na vida escolar, apontar os participantes dos conselhos escolares, especificar as
actividades dos pais de e encarregados de educação no que tange a participação escolar
e descrever o funcionamento do conselho da escola.
A metodologia usada para elaboração deste trabalho foi a pesquisa das
referências bibliográficas.

3
Conselho escolar
O conselho de escola aparece como um órgão que expressa a democratização da
edução e da escola em partícula, pois permite a gestão transparente das instituições
escolares. Para Silva et. al. (2003) citado por [CITATION Lou11 \p 48 \l 2070 ]
“tratasse de um organismo composto por alunos, professores, gestores, funcionários e
os pais e encarregados de educação.”
De acordo com [ CITATION IND08 \l 2070 ],

Em Moçambique os conselhos de escolas, no ensino básico, surgem com a


introdução do novo currículo do ensino básico que, de entre outras inovações,
integram os componentes do currículo local, progressão semiautomática, e o
ensino básico integrado.

Sendo o Conselho de Escola o órgão máximo de consulta, monitoria e de


fiscalização do estabelecimento de ensino, ele funciona na escola em coordenação com
os respectivos órgãos.
Importa referir que nas escolas de Ensino Primário, para além deste órgão de
consulta, estão estabelecidos os seguintes órgãos:
Executivos
 Direcção da Escola
 Conselho Pedagógico
 Colectivo de Direcção
Consultivos
 Assembleia Geral da Turma
 Conselho Geral da Turma
O Conselho de Escola é constituído por todos os segmentos da comunidade
escolar (director da escola, professores, pessoal administrativo, alunos e pais e/ou
encarregados de educação, sendo presidido por um membro do grupo de pais e/ou
encarregados de educação ou um membro do grupo da comunidade). A participação
destes na vida da escola é importante para garantir:
 A gestão participativa e transparente;
 O bom aproveitamento escolar;
 O bom desempenho dos professores;

4
 A participação activa dos pais e/ou encarregados de educação no
acompanhamento do desempenho dos seus filhos/educandos e avaliação
permanente da escola.

Composição do Conselho de Escola


De acordo com [CITATION Dir15 \p 09 \l 2070 ], fazem parte do Conselho de
Escola:
a) Director da escola;
b) Representantes dos professores;
c) Representantes dos alunos;
d) Representantes do pessoal técnico administrativo;
e) Representantes dos pais e/ou encarregados de educação;
f) Representantes da comunidade.

Objectivos do Conselho de Escola


O Conselho de Escola pretende alcançar os seguintes objectivos:
 Garantir uma gestão participativa e transparente da escola;
 Ajustar as directrizes e metas estabelecidas a nível central e local, à realidade da
escola e da comunidade (Ibdem).
De acordo com (Silva, 2003, p. 48) citado por [CITATION Lou11 \p 49 \l 2070 ]
o principal objectivo do conselho de escola “ é consolidar a democratização das relações
de poder no interior da escola permitindo que as decisões colegiadas sobre questões
administrativas, financeiras e pedagógicas sejam tomadas.”

Princípios do Conselho de Escola


O Conselho de Escola orienta-se pelos seguintes princípios:
 Respeito pelos documentos normativos e orientadores;
 Promoção da unidade e participação da comunidade na melhoria da aprendizagem dos
alunos;
 Promoção da iniciativa criadora dos membros para o desenvolvimento da escola;
 Promoção da cidadania e dos direitos da criança;
 Respeito pelos limites e padrões éticos, combatendo energeticamente todos os actos de
corrupção;

5
 Promoção do acesso e retenção das crianças, com destaque para a rapariga, crianças órfãs
e vulneráveis e as com Necessidades Educativas Especiais (idem).
Contudo, o Conselho de Escola deverá apoiar os gestores escolares para a observância
destes princípios de modo a garantir o pleno funcionamento da escola.

Funcionamento do Conselho de Escola


1. O Conselho de Escola funciona nas instalações da respectiva escola, num espaço criado
para o efeito dependendo das condições existentes.
2. O Conselho de Escola reúne-se ordinariamente três vezes por ano, e extraordinariamente,
quando for necessário.
3. As reuniões do Conselho de Escola são convocadas e presididas pelo respectivo
Presidente.
4. Em caso de força maior, as reuniões do Conselho de Escola podem ser convocadas por
2/3 dos membros do Conselho.
5. Para serem consideradas válidas as deliberações do Conselho de Escola, deverão estar
presentes na reunião 2/3 dos membros.
6. Em caso de ausência confirmada do Presidente ou do Secretário, os membros presentes
deverão designar entre si alguém para desempenhar essa função nessa reunião.
7. No intervalo entre as reuniões ordinárias do Conselho de Escola, as Comissões de
Trabalho reúnem-se com regularidade que deverá ser estabelecida por cada uma delas,
em função das especificidades da sua área.
8. Quando haja assuntos delicados da agenda de trabalhos que possam potencialmente
sujeitar o aluno ao risco de violência psicológica, verbal ou física ou exigir capacidades
que ultrapassem a sua idade, o Conselho de Escola deverá ponderar sobre a viabilidade da
participação dos alunos-membros nesse ponto da agenda, podendo decidir pela sua não
participação se 2/3 dos membros votarem nesse sentido.
9. Na aprovação de qualquer instrumento de trabalho ou tomada de decisões, em caso de
impasse, deve recorrer-se à votação. Será validada a opção que for votada por mais de
metade dos membros. Em caso de empate, o voto de quem preside a reunião vale duas
vezes.
10. De todas estas reuniões deverá ser produzida a respectiva acta, que deve ser conservada
em arquivo próprio.

6
Conclusão
Em jeito de concluir o presente trabalho (exame), conclui-se que o Conselho de
Escola é constituído por todos os segmentos da comunidade escolar (director da escola,
professores, pessoal administrativo, alunos e pais e/ou encarregados de educação, sendo
presidido por um membro do grupo de pais e/ou encarregados de educação ou um
membro do grupo da comunidade). A participação destes na vida da escola é importante
para garantir: a gestão participativa e transparente; o bom aproveitamento escolar; o
bom desempenho dos professores; a participação activa dos pais e/ou encarregados de
educação no acompanhamento do desempenho dos seus filhos/educandos e avaliação
permanente da escola.

7
Referências bibliográficas
Direcção Nacional do Ensino Primário-Ministério. (2015). Manual de Apoio ao
Conselho de Escola Primária . Maputo : MINEDH.

INDE/MINED-Moçambique. (2008). Plano Curricular do Ensino Básico. Maputo,


Moçambique: INDE/MINED-Moçambique. Obtido em 25 de setembro de 2020

Libaneo, J. C. (s.d.). Organização e Gestão da Escola: Teória e Prática (5ª ed.). São
Paulo: Alternativa.

Libaneo, J. C., Oliveira, J. F., & Toschi, M. S. (2015). Educação Escolar: políticas,
estrutura e organização (10ª ed.). São Paulo: Cortez.

Lourenço, A. P. (2011). Manual de Tronco Comum: Práticas Pedagógicas II. (U. C.


Moçambique, Ed.) Beira: CED-UCM.

Você também pode gostar