Você está na página 1de 21

SOCIOLOGIA

ELABORADO POR:

Flávia Santana

Thaiana Rodrigues
Sociologia

Questões sobre Surgimento da que se pode chegar a descobrir as leis de uma realidade
tão complexa. Sobretudo, generalizações às vezes tão
Sociologia (Capítulos 1 e 2) amplas e tão apressadas não são suscetíveis de nenhum
tipo de prova. (DURKHEIM, E. O suicídio: estudo de sociologia. São
1. ENEM (2015) Paulo: Martins Fontes, 2000)

O filósofo Auguste Comte (1798 - 1857) preenche sua O texto expressa o esforço de Émile Durkheim em
doutrina com uma imagem do progresso social na qual construir uma sociologia com base na: *
se conjugam ciência e política deve assumir o aspecto A) vinculação com a filosofia como saber unificado.
de uma ação científica e a política deve ser estudada de
maneira científica (a física social). Desde que a B) reunião de percepções intuitivas para demonstração.
Revolução Francesa favoreceu a integração do povo na
C) formulação de hipóteses subjetivas sobre a vida
vida social, o positivismo obstina-se no programa de
social.
uma comunidade pacífica. E o Estado, instituição do
“reino absoluto da lei”, é a garantia da ordem que D) adesão aos padrões de investigação típicos das
impede o retorno potencial das revoluções e engendra o ciências naturais.
progresso.
E) incorporação de um conhecimento alimentado pelo
(RUBY, C. Introdução à filosofia política. São Paulo: Unesp, 1998 -
engajamento político.
adaptado)

A característica do Estado positivo que lhe permite


garantir não só a ordem, como também o desejado
progresso das nações, é ser * 3. ENEM (2011)
A) espaço coletivo, onde as carências e desejos da Um volume imenso de pesquisas tem sido produzido
população se realizam por meio das leis. para tentar avaliar os efeitos dos programas de televisão.
A maioria desses estudos diz respeito às crianças — o
B) produto científico da física social, transcendendo e que é bastante compreensível pela quantidade de tempo
transformando as exigências da realidade. que elas passam em frente ao aparelho e pelas possíveis
implicações desse comportamento para a socialização.
C) elemento unificador, organizando e reprimindo, se
Dois dos tópicos mais pesquisados são o impacto da
necessário, as ações dos membros da comunidade.
televisão no âmbito do crime e da violência e a natureza
D) programa necessário, tal como a Revolução das notícias exibidas na televisão.
Francesa, devendo, portanto se manter aberto a (GIDDENS, A. Sociologia. Porto Alegre: Artmed, 05)

E) agente repressor, tendo um papel importante a cada O texto indica que existe uma significativa produção
revolução, por impor pelo menos um curto período de científica sobre os impactos socioculturais da televisão
ordem. na vida do ser humano. E as crianças, em particular, são
as mais vulneráveis a essas influências, porque: *
A) codificam informações transmitidas nos programas
2. ENEM (2016) infantis por meio da observação.
A sociologia ainda não ultrapassou a era das B) adquirem conhecimentos variados que incentivam o
construções e das sínteses filosóficas. Em vez de
processo de interação social.
assumir a tarefa de lançar luz sobre uma parcela restrita
do campo social, ela prefere buscar as brilhantes C) interiorizam padrões de comportamento e papéis
generalidades em que todas as questões são levantadas sociais com menor visão crítica.
sem que nenhuma seja expressamente tratada. Não é
D) observam formas de convivência social baseadas na
com exames sumários e por meio de intuições rápidas
tolerância e no respeito.
12
3º em -2020
Sociologia
E) apreendem modelos de sociedade pautados na compartilhavam uma perspectiva positiva sobre os
observância das leis. efeitos do desenvolvimento econômico baseado no
modelo capitalista.
D) Os conflitos entre capital e trabalho, potencializados
4. UEM (2011) pela concentração dos operários nas fábricas, foram
tema de pesquisa dos precursores da sociologia e
O evolucionismo social do século XIX teve um papel continuam inspirando debates científicos relevantes na
fundamental na constituição da sociologia como ramo atualidade.
científico. Sobre essa corrente de pensamento, que
reunia autores como Augusto Comte e Herbert Spencer, E) A necessidade de controle da força de trabalho fez
assinale o que for correto. com que as fábricas e indústrias do século XIX
inserissem sociólogos em seus quadros profissionais,
A) O evolucionismo define que as estruturas, naturais para atuarem no desenvolvimento de modelos de gestão
ou sociais, passam por processo de diferenciação e mais eficientes e produtivos.
integração que levam ao seu aprimoramento.
B) O evolucionismo propõe que a evolução das
sociedades ocorre em estágios sucessivos de 6.
racionalização.
A sociologia surgiu para suprir a necessidade de se
C) O evolucionismo considera o Estado Militar como a
entender os fenômenos sociais e as regras fundamentais
forma mais evoluída de organização social,
pelas quais se baseiam nossas relações. Entretanto, a
fundamentada na cooperação interna e obrigatória. sociologia contemporânea difere-se da ideia original, na
D) O evolucionismo rejeita o modelo político e medida em que:
econômico liberal, baseado na livre iniciativa e no A) entende-se que as sociedades são como organismos
laissez-faire, considerando-o uma orientação contrária à
vivos, com leis de funcionamento estabelecidas e
evolução social.
imutáveis.
E) O evolucionismo defende a unidade biológica e
B) é amplamente aceito que as diferenças raciais
cognitiva da espécie humana, independente de
determinam características do convívio do sujeito, uma
variações particulares.
vez que é a raça que estabelece o comportamento social.
C) é amplamente aceito que as diferenças raciais
determinam características do convívio do sujeito, uma
5. UEM (2011) vez que é a raça que estabelece o comportamento social.
Sobre a relação entre a revolução industrial e o D) entende-se que as sociedades e as relações sociais
surgimento da sociologia como ciência, assinale o que possuem infinitas variações, não sendo possível traçar
for correto. leis gerais que justifiquem ou expliquem, em termos
A) A consolidação do modelo econômico baseado na absolutos, todas as formas de interação humana no
indústria conduziu a uma grande concentração da mundo social.
população no ambiente urbano, o qual acabou se E) deixou de ser uma área do conhecimento válida, uma
constituindo em laboratório para o trabalho de vez que não é possível estudar uma sociedade em razão
intelectuais interessados no estudo dos problemas que da enorme quantidade de diferenças entre os sujeitos
essa nova realidade social gerava. que a compõem.
B) A migração de grandes contingentes populacionais
do campo para as cidades gerou uma série de problemas
modernos, que passaram a demandar investigações 7.
visando à sua resolução ou minimização.
O autor considerado “pai” da sociologia, Augusto
C) Os primeiros intelectuais interessados no estudo dos
Comte, acreditava que a nova ciência das sociedades
fenômenos provocados pela revolução industrial
deveria igualar-se às demais ciências da natureza que se
12
3º em -2020
Sociologia
pautavam pelos fenômenos observáveis e mensuráveis De acordo com a crítica à “indústria cultural”, na
para que assim fosse possível apreender as regras gerais sociedade capitalista avançada, a produção e a
que regem o mundo social do indivíduo. Essa reprodução da cultura se realizam sob a égide da
perspectiva ideológica é chamada de: padronização e da racionalidade técnica. No contexto
dessa crítica, considerando o fast food como produto
A) Iluminismo.
cultural, é correto afirmar:
B) Darwinismo. A) A racionalidade técnica e a padronização dos valores
C) Dadaísmo. alimentares permitem ampliar as condições de liberdade
e de autonomia dos cidadãos.
D) Positivismo.
B) A padronização dos hábitos e valores alimentares
obedece aos ditames da lógica material da sociedade
industrializada.
Questões sobre Indústria
C) O consumo dos produtos da indústria do fast food e
Cultural (Capítulo 16) a satisfação dos novos hábitos alimentares contribuem
com a emancipação humana.
8. UEL PR (2009)
D) A massificação dos produtos alimentares sob os
Leia os Textos V e VI. Texto V Eis aqui, portanto, o ditames do mercado corresponde à efetiva
princípio de quando se decidiu fazer o homem, e quando democratização da sociedade.
se buscou o que devia entrar na carne do homem. Havia
alimentos de todos os tipos. Os animais ensinaram o E) A homogeneização dos hábitos alimentares reflete a
caminho. E moendo então as espigas amarelas e as inserção crítica dos indivíduos na cultura de massa.
espigas brancas, Ixmucaná fez nove bebidas, e destas
provieram a força do homem. Isto fizeram os
progenitores, Tepeu e Gucumatz, assim chamados. A
seguir decidiram sobre a criação e formação de nossa
9. UFG GO (2013)
primeira mãe e pai. De milho amarelo e de milho branco
foi feita sua carne; de massa de milho foram feitos seus
braços e as pernas do homem. Unicamente massa de
milho entrou na carne de nossos pais.
(Adaptado: SUESS, P. Popol Vuh: Mito dos Quiché da Guatemalasobre sua
origem do milho e a criação do mundo. In: A conquista espiritual da América
Espanhola: 200 documentos – Século XVI. Petrópolis: Vozes, 1992, p. 32-
33.)

Texto VI “Se você é o que você come, e consome


comida industrializada, você é milho”, escreveu
Michael Pollan no livro O Dilema do Onívoro, lançado
este ano no Brasil. Ele estima que 25% da comida
industrializada nos EUA contenha milho de alguma
forma: do refrigerante, passando pelo Ketchup, até as
batatas fritas de uma importante cadeia de fast food –
isso se não contarmos vacas e galinhas que são
alimentadas quase exclusivamente com o grão. O milho
foi escolhido como bola da vez devido ao seu baixo
preço de mercado e também porque os EUA produzem
mais da metade do milho distribuído no mundo.
WARHOL, Andy. Marylin Monroe, 1963. Serigrafia. Disponível em:
(Adaptado: BURGOS, P. Show do milhão: milho na comida agora vira <http://temnafotografia.wordpress.com/2011/11/17/artista-da-vez-
combustível. Super Interessante. Edição 247, 15 dez. 2007, p. 33.) andywarhol/&gt;Acesso em: 13 out. 2012.

Andy Warhol foi um dos representantes da art pop,


surgida na Inglaterra e nos Estados Unidos na década de
12
3º em -2020
Sociologia
1950. A imagem apresentada traduz a concepção desse desejos e os projetos subjetivos não são críticos, mas
movimento artístico, quando unívocos.
A) critica o padrão de beleza feminina, expondo o E) O resultado da indústria cultural é emancipador, pois
elitismo das produções cinematográficas. coloca em evidência, por meio da razão esclarecida, as
estruturas de dominação e alienação da sociedade.
B) fortalece o mito do american way of life, utilizando-
se de personagens icônicas.
C) transforma imagens veiculadas na indústria cultural,
11. UEPG PR (2013)
ampliando as possibilidades de relação com a arte.
O conceito de comunicação de massa se tornou
D) apresenta um único rosto em sequência,
conhecido no século XX e está ligado à expansão e
demonstrando a singularidade dos indivíduos
popularização dos grandes veículos de comunicação
celebrados.
como os jornais, as emissoras de rádio e de TV e o
E) escolhe uma personalidade feminina para tema, cinema. A respeito desse tema, assinale o que for
associando a arte à luta do movimento feminista. correto.
A) Líderes políticos vinculados a regimes autoritários,
como Hitler e Mussolini, controlaram e utilizaram
10. UEM PR (2013) fartamente os meios de comunicação para estabelecer
contato direto com as massas.
“As ideias de ordem que ela [indústria cultural]
inculca são sempre as do status quo. Elas são aceitas B) Os meios de comunicação de massa se preocupam
sem objeção, sem análise, renunciando à dialética, sempre com um segmento social: aquele que
mesmo quando não pertencem substancialmente a verdadeiramente detém maior poder aquisitivo. As
nenhum daqueles que estão sob sua influência. O camadas populares não são atingidas por esses veículos
imperativo categórico da indústria cultural, de comunicação.
diversamente do de Kant, nada tem em comum com a
liberdade. ” C) A informação, a educação e o entretenimento são
funções que podem ser exercidas pelos meios de
(ADORNO, T. W. A indústria cultural. In: COSTA, C. Sociologia –
comunicação de massa.
Introdução à ciência da sociedade. 4ª. ed. São Paulo: Moderna, 2010, p. 349)

Sobre a indústria cultural e o excerto citado, assinale o D) Comunicação de massa e indústria cultural são
que for correto. elementos que se complementam. Essa indústria se
utiliza dos meios de comunicação de massa para
A) São decorrentes da indústria cultural a padronização difundir valores e estimular comportamentos coletivos.
do gosto popular, a estratificação de culturas
dominantes sobre culturas não dominantes e a produção E) Uma das principais características dos meios de
de uma sociedade de consumo. comunicação de massa, desde a sua origem, foi o
estabelecimento de um diálogo entre emissores e
B) Ao reagir contra o domínio dos meios de receptores, o que chama-se atualmente de
comunicação de massa, Adorno põe em questão o interatividade.
mecanismo de produção e divulgação da informação,
que é responsável, em larga medida, pela manipulação
do campo simbólico.
12.UNITAU SP (2014)
C) A indústria cultural reflete a manipulação da imagem
“O Brasil de hoje é um pais diferenciado o bastante para
proveniente da técnica. Ao identificar ser e aparência, o
dar lugar tanto aos que se negam a pagar um indevido
recurso à imagem revolucionou a cultura no fim do
“preço do progresso? ”, quanto aos consumidores
século XX.
ávidos de toda introdução de hábitos, modas e signos
D) O alvo das críticas de Adorno à indústria cultural é a importados a qualquer custo. Entre nós e, creio, em toda
sociedade unidimensional, em que a imaginação, os parte do mundo, coabitam apocalípticos e integrados”.

12
3º em -2020
Sociologia
BOSI, Alfredo. Dialética da colonização. São Paulo: Companhia das Letras, A) regulamentação de leis trabalhistas mais rígidas.
1992.
B) fragilização das relações hierárquicas de trabalho.
Nos anos 1980 e 1990 a capacidade de organização da
sociedade brasileira cresceu devido ao processo de C) decréscimo do número de funcionários das empresas.
redemocratização. Surgiram novas formas de luta para
tirá-la da opacidade política, econômica e cultural D) incentivo ao investimento de longos planos de
marcantes do período do regime militar. Indique a carreiras.
alternativa que apresenta uma afirmativa CORRETA E) desvalorização dos postos de gerenciamento
sobre esse período. corporativo.
A) Houve a organização de intensas manifestações civis
e militares contra as privatizações realizadas pelo
governo de Fernando Henrique Cardoso. 14. ENEM (2010)
B) O Movimento dos Sem Terra (MST) alcançou
As ruínas do povoado de Canudos, no sertão norte da
importantes conquistas para realização da Reforma
Bahia além de significativas para a identidade cultural
Agrária sem conflitos ou massacres.
dessa região são uteis as investigações sobre a guerra de
C) O movimento sindical urbano aumentou seu poder Canudos e o modo de vida dos antigos revoltosos. Essas
como interlocutor junto ao governo e ao empresariado, ruínas foram reconhecidas como patrimônio cultural
por meio de negociações e de greves. material pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e
Artístico Nacional) porque reúnem um conjunto de:
D) Foram criadas as ONGs (organizações não
governamentais) pelo grupo remanescente do regime A) objetos arqueológicos e paisagísticos.
militar no poder, como forma de reparação pela
B) acervos museológicos e paisagísticos.
violação dos direitos humanos.
C) núcleos urbanos e etnográficos.
E) A indústria cinematográfica brasileira produziu
filmes de resistência sem, contudo, atingir o grande D) práticas e representações de uma sociedade.
púbico.
E) expressões e técnicas de sociedade extinta.

Questões sobre Identidade e 15. ENEM (2012)


Cultura (Capítulos 5 e 6) Torna-se claro que quem descobriu a África no Brasil,
muito antes dos europeus, foram os próprios africanos
13. (ENEM 2016)
trazidos como escravos. E esta descoberta não se
Tendo se livrado do entulho do maquinário volumoso restringia apenas ao reino linguístico, estendia-se
e das enormes equipes de fábrica, o capital viaja leve, também a outras áreas culturais, inclusive à da religião.
apenas com a bagagem de mão, pasta, computador Há razões para pensar que os africanos, quando
portátil e telefone celular. O novo atributo da misturados e transportados ao Brasil, não demoraram
volatilidade fez de todo o compromisso, especialmente em perceber a existência entre si de elos culturais mais
do compromisso estável, algo ao mesmo tempo profundos.
redundante e pouco inteligente: seu estabelecimento (SLENES, R. Malungu, ngoma vem! África coberta e descoberta do Brasil.
paralisaria o movimento e fugiria da desejada Revista USP, n. 12, dez./jan./fev. 1991-92 - adaptado)
competitividade, reduzindo a priori as opções que
Com base no texto, ao favorecer o contato de indivíduos
poderiam levar ao aumento da produtividade.
de diferentes partes da África, a experiência da
(BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2001) escravidão no Brasil tornou possível a:
No texto, faz-se referência a um processo de A) formação de uma identidade cultural afro-brasileira.
transformação do mundo produtivo cuja consequência é
o(a): B) superação de aspectos culturais africanos por antigas
tradições europeias.
12
3º em -2020
Sociologia
C) reprodução de conflitos entre grupos étnicos crioulos, dos mulatos, dos pardos. Em cada localidade
africanos. se construía uma igreja dedicada a Nossa Senhora do
Rosário. Com a decadência da mineração, a população
D) manutenção das características culturais específicas
negra foi levada para arraiais com atividades lucrativas
de cada etnia. diversas. Eles se foram e ficou a igreja. Mas, hoje, está
E) resistência à incorporação de elementos culturais sendo resgatada a festa do Rosário e o Terno de
indígenas. Congado.
(CRUZ, L. Fé e identidade cultural. Disponível em:
www.revistadehistoria.com.br. Acesso em: 4 jul. 2012)

16. ENEM (2013) Na lógica analisada, as duas festividades retomadas


recentemente, na cidade mineira de Tiradentes, têm
O antropólogo americano Marius Barbeau escreveu o
como propósito:
seguinte: sempre que se cante a uma criança uma
cantiga de ninar; sempre que se use uma canção, uma A) valorizar a cultura afrodescendente e suas tradições
adivinha, uma parlenda, uma rima de contar, no quarto religiosas.
das crianças ou na escola; sempre que ditos e
B) retomar a veneração católica aos valores do passado
provérbios, fábulas, histórias bobas e contos populares
sejam representados; aí veremos o folclore em seu colonial.
próprio domínio, sempre em ação, vivo e mutável, C) reunir os elementos constitutivos da história
sempre pronto a agarrar e assimilar novos elementos em econômica regional.
seu caminho.
D) combater o preconceito contra os adeptos do
(UTLEY, F. L. Uma definição de folclore. In: BRANDÃO, C. R. O que é
folclore. São Paulo: Brasiliense, 1984 - adaptado)
catolicismo popular.

O texto tem como objeto a construção da identidade E) produzir eventos turísticos voltados a religiões de
cultural, reconhecendo que o folclore, mesmo sendo origem africana.
uma manifestação associada à preservação das raízes e
da memória dos grupos sociais,
A) está sujeito a mudanças e reinterpretações. Questões sobre o Surgimento
B) deve ser apresentado de forma escrita. do Capitalismo (Capítulo 9)
C) segue os padrões de produção da moderna indústria 18. ENEM (2013)
cultural.
Na produção social que os homens realizam, eles
D) tende a ser materializado em peças e obras de arte entram em determinadas relações indispensáveis e
eruditas. independentes de sua vontade; tais relações de produção
correspondem a um estágio definido de
E) expressa as vivências contemporâneas e os anseios
desenvolvimento das suas forças materiais de produção.
futuros desses grupos
A totalidade dessas relações constitui a estrutura
econômica da sociedade – fundamento real, sobre o qual
se erguem as superestruturas política e jurídica, e ao
17. ENEM (2017) qual correspondem determinadas formas de consciência
social.
Na antiga Vila de São José del Rei, a atual cidade de
(MARX, K. Prefácio à Crítica da economia política. In. MARX, K.
Tiradentes (MG), na primeira metade do século XVIII, ENGELS F. Textos 3. São Paulo. Edições Sociais, 1977 - adaptado)
mais de cinco mil escravos trabalhavam na mineração
aurífera. Construíram sua capela, dedicada a Nossa Para o autor, a relação entre economia e política
Senhora do Rosário. Na fachada, colocaram um oratório estabelecida no sistema capitalista faz com que:
com a imagem de São Benedito. A comunidade do
A) o proletariado seja contemplado pelo processo de
século XVIII era organizada mediante a cor, por isso
mais-valia.
cada grupo tinha sua irmandade: a dos brancos, dos
12
3º em -2020
Sociologia
B) o trabalho se constitua como o fundamento real da (FERREIRA, L. C. Dilemas do século XX: ideias para uma sociologia da
questão ecológica. São Paulo: Annablume, 2007 - adaptado)
produção material.
Esse processo de acumulação de riquezas no Ocidente,
C) a consolidação das forças produtivas seja compatível
por longos séculos, se fez à custa da degradação do meio
com o progresso humano.
natural. Do ponto de vista da cultura e do imaginário
D) a autonomia da sociedade civil seja proporcional ao ocidental moderno, isso se deveu à:
desenvolvimento econômico.
A) concepção sacralizada de que a natureza, enquanto
E) a burguesia revolucione o processo social de obra da criação de Deus, devia servir à contemplação
formação da consciência de classe. estética e religiosa.
B) perspectiva desenvolvimentista, que atrelava o
progresso ao meio ambiente e difundia amplamente um
19. ENEM (2013) entendimento da relação harmoniosa entre sociedade e
natureza.
O servo pertence à terra e rende frutos ao dono da terra.
O operário urbano livre, ao contrário, vende-se a si C) ideia de Renascimento, que representava os
mesmo e, além disso, por partes. Vende em leilão benefícios técnicos de transformação da natureza como
8,10,12,15 horas da sua vida, dia após dia, a quem salutares para a preservação de ecossistemas.
melhor pagar, ao proprietário das matérias-primas, dos
D) crença nos poderes da ciência e do desenvolvimento
instrumentos de trabalho e dos meios de subsistência,
tecnológico, que contribuiu para tratar a natureza como
isto é, ao capitalista.
objeto de quantificação, manipulação e dominação.
(MARX, K. Trabalho assalariado e capital & salário, preço e lucro. São
Paulo: Expressão Popular, 2010) E) ideologia revolucionária burguesa, que pregava a
repartição igualitária do direito de acesso aos recursos
O texto indica que houve uma transformação dos
naturais e agrícolas.
espaços urbanos e rurais com a implementação do
sistema capitalista, devido às mudanças tecnossociais
ligadas ao:
21. ENEM (2015)
A) desenvolvimento agrário e ao regime de servidão.
O impulso para o ganho, a perseguição do lucro, do
B) aumento da produção rural, que fixou a população
dinheiro, da maior quantidade possível de dinheiro não
nesse meio. tem, em si mesma, nada que ver com o capitalismo. Tal
C) desenvolvimento das zonas urbanas e às novas impulso existe e sempre existiu. Pode-se dizer que tem
relações de trabalho. sido comum a toda sorte e condição humanas em todos
os tempos e em todos os países, sempre que se tenha
D) aumento populacional das cidades associado ao apresentada a possibilidade objetiva para tanto. O
regime de servidão. capitalismo, porém, identifica se com a busca do lucro,
E) desenvolvimento da produção urbana associada às do lucro sempre renovado por meio da empresa
relações servis de trabalho. permanente, capitalista e racional. Pois assim deve ser:
numa ordem completamente capitalista da sociedade,
uma empresa individual que não tirasse vantagem das
oportunidades de obter lucros estaria condenada à
20. ENEM (2012) extinção.

A cultura ocidental acentuadamente antropocêntrica foi (WEBER, M. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo:
Martin Claret, 2001 - adaptado)
marcada por processos convergentes de
desenvolvimento técnico-científico e acumulação de O capitalismo moderno, segundo Max Weber, apresenta
riquezas, propiciados pela expansão colonial, que como característica fundamental a:
resultaram na revolução industrial, no fortalecimento da
A) competitividade decorrente da acumulação de
ideia de progresso e no processo de ocidentalização do
capital.
mundo.

12
3º em -2020
Sociologia
B) implementação da flexibilidade produtiva e (HOBSBAWN, E. J. A era das revoluções. São Paulo: Paz e Terra, 1977.)

comercial. No texto, analisa-se o impacto das Revoluções Francesa


C) ação calculada e planejada para obter rentabilidade. e Industrial para a organização da classe operária.
Enquanto a “confiança” dada pela Revolução Francesa
D) socialização das condições de produção. era originária do significado da vitória revolucionária
sobre as classes dominantes, a “necessidade da
E) mercantilização da força de trabalho.
mobilização permanente”, trazida pela Revolução
Industrial, decorria da compreensão de que:

22. ENEM (2015) a) a competitividade do trabalho industrial exigia um


permanente esforço de qualificação para o
A crescente intelectualização e racionalização não enfrentamento do desemprego.
indicam um conhecimento maior e geral das condições
sob as quais vivemos. Significa a crença em que, se b) a completa transformação da economia capitalista
quiséssemos, poderíamos ter esse conhecimento a seria fundamental para a emancipação dos operários.
qualquer momento. Não há forças misteriosas c) a introdução das máquinas no processo produtivo
incalculáveis; podemos dominar todas as coisas pelo diminuía as possibilidades de ganho material para os
cálculo. operários.
(WEBER, M. A ciência como vocação. In: GERTH, H.; MILLS, W. (Org.).
Max Weber: ensaios de sociologia. Rio de Janeiro: Zahar, 1979 - adaptado) d) o progresso tecnológico geraria a distribuição de
riquezas para aqueles que estivessem adaptados aos
Tal como apresentada no texto, a proposição de Max novos tempos industriais.
Weber a respeito do processo de desencantamento do
mundo evidencia o(a): e) a melhoria das condições de vida dos operários seria
conquistada com as manifestações coletivas em favor
A) progresso civilizatório como decorrência da dos direitos trabalhistas.
expansão do industrialismo.
B) extinção do pensamento mítico como um
desdobramento do capitalismo. 24. ENEM (2017)
C) emancipação como consequência do processo de A tecelagem e numa sala com quatro janelas e 150
racionalização da vida. operários. O salário e por obra. No começo da fábrica,
D) afastamento de crenças tradicionais como uma os tecelões ganhavam em média 170$000 réis mensais.
característica da modernidade. Mais tarde não conseguiram ganhar mais do que
90$000; e pelo último rebaixamento, a média era de
E) fim do monoteísmo como condição para a 75$000! E se a vida fosse barata! Mas as casas que a
consolidação da ciência. fábrica aluga, com dois quartos e cozinha, são a 20$000
reis por mês; as outras são de 25$ a 30$000 reis. Quanto
Questões sobre Trabalho e aos gêneros de primeira necessidade, em regra custam
Sociedade (Capítulo 10 e 11) mais do que em São Paulo.
CARONE, E. Movimento operário no Brasil. São Paulo: Difel, 1979.
23. ENEM (2010) Leia o texto:
Essas condições de trabalho, próprias de uma sociedade
“O movimento operário ofereceu uma nova resposta ao em processo de industrialização como a brasileira do
grito do homem miserável no princípio do século XIX. micro do século XX, indicam a
A resposta foi a consciência de classe e a ambição de
classe. Os pobres então se organizavam em uma classe a) Exploração burguesa.
específica, a classe operária, diferente da classe dos b) Organização dos sindicatos.
patrões (ou capitalistas). A Revolução Francesa lhes deu
c) Ausência de especialização.
confiança: a Revolução Industrial trouxe a necessidade
da mobilização permanente”. d) Industrialização acelerada.

12
3º em -2020
Sociologia
a) o aprofundamento dos vínculos dos operários
e) Alta de preços
com as linhas de montagem sob influência dos modelos
orientais de gestão.
25. ENEM (2013)
b) o aumento das formas de teletrabalho como
Um trabalhador em tempo flexível controla o local do solução de larga escala para o problema do desemprego
trabalho, mas não adquire maior controle sobre o crônico.
processo em si. A essa altura, vários estudos sugerem
c) o avanço do trabalho flexível e da terceirização
que a supervisão do trabalho é muitas vezes maior para
como respostas às demandas por inovação e com vistas
os ausentes do escritório do que para os presentes. O
à mobilidade dos investimentos.
trabalho é fisicamente descentralizado e o poder sobre o
trabalhador, mais direto. d) a autonomização crescente das máquinas e
SENNETT, R. A corrosão do caráter: consequências pessoais do novo
computadores em substituição ao trabalho dos
capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 1999 (adaptado). especialistas técnicos e gestores.
Comparada à organização do trabalho característica do e) o fortalecimento do diálogo entre operários,
taylorismo e do fordismo, a concepção de tempo gerentes, executivos e clientes com a garantia de
analisada no texto pressupõe que: harmonização das relações de trabalho.
A) as tecnologias de informação sejam usadas para
democratizar as relações laborais.
B) as estruturas burocráticas sejam transferidas da
27. ENEM (1999)
empresa para o espaço doméstico. A Revolução Industrial ocorrida no final do século
C) os procedimentos de terceirização sejam XVIII transformou as relações do homem com o
trabalho. As máquinas mudaram as formas de trabalhar,
aprimorados pela qualificação profissional.
e as fábricas concentraram-se em regiões próximas às
matérias-primas e grandes portos, originando vastas
D) as organizações sindicais sejam fortalecidas com a
concentrações humanas. Muitos dos operários vinham
valorização da especialização funcional. da área rural e cumpriam jornadas de trabalho de doze a
E) os mecanismos de controle sejam deslocados dos catorze horas, na maioria das vezes em condições
adversas. A legislação trabalhista surgiu muito
processos para os resultados do trabalho. lentamente ao longo do século XIX e a diminuição da
jornada de trabalho para oito horas diárias concretizou-
se no início do século XX. Pode-se afirmar que as
26. ENEM (2010)
conquistas no início do século XX, decorrentes da
“O movimento operário ofereceu uma nova resposta ao legislação trabalhista, estão relacionadas com:
grito do homem miserável no princípio do século XIX.
a) a expansão do capitalismo e a consolidação dos
A resposta foi a consciência de classe e a ambição de
regimes monárquicos constitucionais.
classe. Os pobres então se organizavam em uma classe
específica, a classe operária, diferente da classe dos b) a expressiva diminuição da oferta de mão de obra,
patrões (ou capitalistas). A Revolução Francesa lhes deu devido à demanda por trabalhadores especializados.
confiança: a Revolução Industrial trouxe a necessidade
da mobilização permanente”. c) a capacidade de mobilização dos trabalhadores em
defesa dos seus interesses.
(HOBSBAWN, E. J. A era das revoluções. São Paulo: Paz e Terra, 1977.)
d) o crescimento do Estado ao mesmo tempo que
No contexto descrito, as sociedades vivenciam diminuía a representação operária nos parlamentos.
mudanças constantes nas ferramentas de comunicação
que afetam os processos produtivos nas empresas. Na e) a vitória dos partidos comunistas nas eleições das
esfera do trabalho, tais mudanças têm provocado: principais capitais europeias.

12
3º em -2020
Sociologia
Questões sobre Cultura ilusões. Na nossa atual era planetária, o mais importante
é cada nação aspirar a integrar aquilo que as outras têm
(Capítulo 4 e 5) de melhor, e a buscar a simbiose do melhor de todas as
culturas. A França deve ser considerada em sua história
28. UFG (2014 - ADAPTADA) não somente segundo os ideais de Liberdade-Igualdade-
Fraternidade promulgados por sua Revolução, mas
Leia a receita apresentada a seguir.
também segundo o comportamento de uma potência
TACACÁ que, como seus vizinhos europeus, praticou durante
séculos a escravidão em massa, e em sua colonização
2 litros de tucupi temperado oprimiu povos e negou suas aspirações à emancipação.
4 dentes de alho Há uma barbárie europeia cuja cultura produziu o
colonialismo e os totalitarismos fascistas, nazistas,
4 pimentas de cheiro comunistas. Devemos considerar uma cultura não
somente segundo seus nobres ideais, mas também
4 maços de jambu
segundo sua maneira de camuflar sua barbárie sob esses
1/2 kg de camarão ideais.

1/2 xícara de goma de mandioca (Edgard Morin. Le Monde, 08.02.2012. Adaptado.)

Sal a gosto No texto citado, o pensador contemporâneo Edgard


Morin desenvolve:
Modo de servir: muito quente, em cuias, temperado com
pimenta. a) reflexões elogiosas acerca das consequências do
etnocentrismo ocidental sobre outras culturas.
Disponível em: <www.receitastipicas.com/receita/tacaca.html>. Acesso em:
9 set. 2013.
b) um ponto de vista idealista sobre a expansão dos
ideais da Revolução Francesa na história.

Comer é um ato social, histórico, geográfico, religioso, c) argumentos que defendem o isolamento como forma
econômico e cultural. O preparo dos alimentos, a de proteção dos valores culturais.
escolha dos ingredientes e a maneira de servir
d) uma reflexão crítica acerca do contato entre a cultura
identificam um grupo social e ajudam a estabelecer uma
ocidental e outras culturas na história.
identidade cultural. Essa receita, “Tacacá”, comida
muito apreciada na culinária paraense, demonstra e) uma defesa do caráter absoluto dos valores culturais
da Revolução Francesa.
a) uma interação cultural, com a incorporação de
ingredientes advindos de tradições culinárias distintas.
b) um modo de preparo espontâneo, associado aos
padrões culinários da colônia.
30. ENEM (2012)

c) um modelo ritualista de servir, vinculado ao Na regulamentação de matérias culturalmente


delicadas, como, por exemplo, a linguagem oficial, os
formalismo religioso africano.
currículos da educação pública, o status das Igrejas e das
d) um modo de utilizar os ingredientes provenientes do comunidades religiosas, as normas do direito penal (por
extrativismo, associado ao nomadismo dos quilombos. exemplo, quanto ao aborto), mas também em assuntos
menos chamativos, como, por exemplo, a posição da
e) uma imposição de identidade cultural, pelo uso de
família e dos consórcios semelhantes ao matrimônio, a
produtos cultivados em áreas sertanejas.
aceitação de normas de segurança ou a delimitação das
esferas pública e privada — em tudo isso reflete-se
amiúde apenas o auto entendimento ético-político de
29. UNESP (2012) uma cultura majoritária, dominante por motivos
históricos. Por causa de tais regras, implicitamente
Cada cultura tem suas virtudes, seus vícios, seus
repressivas, mesmo dentro de uma comunidade
conhecimentos, seus modos de vida, seus erros, suas republicana que garanta formalmente a igualdade de
12
3º em -2020
Sociologia
direitos para todos, pode eclodir um conflito cultural a) preconceito: reconhece no valor das raças o que é
movido pelas minorias desprezadas contra a cultura da correto ou não na estética corporal.
maioria.
b) relativização: o outro é entendido nos seus próprios
HABERMAS, J. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: termos.
Loyola, 2002.
c) etnocentrismo: só reconhece valor nos seus próprios
elementos culturais.
A reivindicação dos direitos culturais das minorias,
d) etnocídio: afasta o diferente e procura transformá-lo
como exposto por Habermas, encontra amparo nas
num igual.
democracias contemporâneas, na medida em que se
alcança
a) a secessão, pela qual a minoria discriminada obteria
a igualdade de direitos na condição da sua concentração 32. UFPA (2013)
espacial, num tipo de independência nacional. Sobre patrimônio material e imaterial no Brasil, é
b) a reunificação da sociedade que se encontra correto afirmar:
fragmentada em grupos de diferentes comunidades a) As práticas e expressões culturais, para serem
étnicas, confissões religiosas e formas de vida, em torno consideradas como bens imateriais, devem apresentar
da coesão de uma cultura política nacional. associação entre os objetos, artefatos e os lugares onde
c) a coexistência das diferenças, considerando a são desenvolvidos.
possibilidade de os discursos de auto entendimento se b) O Palacete Pinho, o Parque Zoobotânico do Museu
submeterem ao debate público, cientes de que estarão Emilio Goeldi e o Complexo do Ver-o-Peso são
vinculados à coerção do melhor argumento. considerados como patrimônio imateriais do Brasil por
d) a autonomia dos indivíduos que, ao chegarem à vida resguardarem a memória dos povos indígenas.
adulta, tenham condições de se libertar das tradições de c) Os recursos naturais são bens culturais de patrimônio
suas origens em nome da harmonia da política nacional. imaterial, por isso é grande o risco de desaparecerem,
e) o desaparecimento de quaisquer limitações, tais como caso não sejam preservados por políticas sociais.
linguagem política ou distintas convenções de d) O Ofício das Baianas de Acarajé agrega diferentes
comportamento, para compor a arena política a ser classes socioeconômicas, promovendo a equidade e a
compartilhada. justiça social, e é caracterizado apenas como patrimônio
material.
e) Os bens materiais têm que apresentar uma prática
31. UFU (2012) cultural regular tal como ocorre, por exemplo, com o
A estética nas diferentes sociedades vem geralmente Círio de Nossa Senhora de Nazaré, com o complexo
acompanhada de marcas corporais que individualizam cultural do Bumba meu Boi do Maranhão e com a Roda
seus sujeitos e sua coletividade. Discos labiais, de Capoeira.
piercings, tatuagens, mutilações, pinturas, vestimentas,
penteados e cortes de cabelo são algumas marcas
reconhecíveis de um inventário possível das técnicas
corporais em toda sua riqueza e diversidade. Embora Questões sobre Cidadania,
universal, as formas das quais se valem os grupos e
Direitos Humanos e Movimentos
indivíduos para se marcarem corporalmente são vistas,
às vezes, como estranhas a indivíduos que pertencem a Sociais (Capítulo 15)
outros grupos.
33. ENEM (2013)
Essa atitude de estranhamento em relação ao diferente é
considerada conceitualmente como Tenho 44 anos e presenciei uma transformação
impressionante na condição de homens e mulheres gays

12
3º em -2020
Sociologia
nos Estados Unidos. Quando nasci, relações 35. ENEM (2013)
homossexuais eram ilegais em todos os Estados Unidos,
menos lllinois. Gays e lésbicas não podiam trabalhar no A representação social do feminino comum aos dois
governo federal. Não havia nenhum político textos é o (a):
abertamente gay. Alguns homossexuais não assumidos
ocupavam posições de poder, mas a tendência era eles
tomarem as coisas ainda para seus semelhantes.
ROSS, A. Na máquina do tempo. Época, ed. 766, 28 jan. 2013.

A dimensão política da transformação sugerida no texto


teve como condição necessária:
a) Ampliação da noção de cidadania.
b) Reformulação de concepções religiosas.
c) Manutenção de ideologias conservadoras.
d) Implantação de cotas nas listas partidárias.
a) Submissão de gênero, apoiada pela concepção
e) Alteração da composição étnica da população.
patriarcal de família.
b) Acesso aos produtos de beleza, decorrência da
abertura dos portos.
34. ENEM (2013) c) Ampliação do espaço de entretenimento, voltado às
distintas classes sociais.
Na imagem ao lado, da década de 1930, há uma crítica d) Proteção de honra, mediada pela disputa masculina
em relação às damas da corte.
a conquista de um direito pelas mulheres, relacionando e) Valorização do casamento cristão, respaldado pelos
com a: interesses vinculados à herança.

36. ENEM (2018)


No tradicional concurso de miss, as candidatas
apresentaram dados de feminicídio, abuso sexual e
estupro no país
No lugar das medidas de altura, peso, busto, cintura e
quadril, dados da violência contra as mulheres no Peru.
Foi assim que as 23 candidatas ao Miss Peru 2017
protestaram contra os altos índices de feminicídio e
abuso sexual no país no tradicional desfile em trajes de
banho.

a) Redivisão do trabalho doméstico. O tom político, porém, marcou a atração desde o


começo: logo no início, quando as peruanas se
b) Liberdade de orientação sexual. apresentaram, uma a uma, denunciaram os abusos
morais e físicos, a exploração sexual, o assédio, entre
c) Garantia da equiparação salarial.
outros crimes contra as mulheres.
d) Aprovação do direito ao divórcio.
e) Obtenção da participação eleitoral.
Quanto à materialização da linguagem, a apresentação
de dados relativos à violência contra a mulher

12
3º em -2020
Sociologia
a) Configura uma discussão sobre os altos índices 38. ENEM (2015)
de abuso físico contra as peruanas.
Ninguém nasce mulher: torna-se mulher. Nenhum
b) Propõe um novo formato no enredo dos destino biológico, psíquico, econômico define a forma
concursos de beleza feminina. que a fêmea humana assume no seio da sociedade; é o
c) Condena o rigor estético exigido pelos conjunto da civilização que elabora esse produto
concursos tradicionais. intermediário entre o macho e o castrado que qualificam
o feminino.
d) Recupera informações sensacionalistas a
BEAUVOIR, S. O segundo sexo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980.
respeito desse tema.
Na década de 1960, a proposição de Simone de
e) Subverte a função social da fala das candidatas Beauvoir contribuiu para estruturar um movimento
a miss. social que teve como marca o(a)
a) ação do Poder Judiciário para criminalizar a
violência sexual.
37. ENEM (2015)
b) pressão do Poder Legislativo para impedir a
Não nos resta a menor dúvida de que a principal dupla jornada de trabalho.
contribuição dos diferentes tipos de movimentos sociais
brasileiros nos últimos vinte anos foi no plano da c) organização de protestos públicos para garantir
reconstrução do processo de democratização do país. E a igualdade de gênero.
não se trata apenas da reconstrução do regime político,
d) oposição de grupos religiosos para impedir os
da reforma da democracia e do fim do Regime Militar.
casamentos homoafetivos.
Trata-se da reconstrução ou construção de novos rumos
e) estabelecimento de políticas governamentais
para a cultura do país, do preenchimento de vazios na
para promover ações afirmativas.
condução da luta pela redemocratização, constituindo-
se como agentes interlocutores que dialogam
diretamente com a população.
39. ENEM (2018)
(GOHN, M. G. M. Os sem-terras, ONGs e cidadania. São Paulo: Cortez,
2003 (adaptado)
“A Declaração Universal dos Direitos Humanos está
No processo da redemocratização brasileira, os novos completando 70 anos em tempos de desafios crescentes,
movimentos sociais contribuíram para quando o ódio, a discriminação e a violência
permanecem vivos”, disse a diretora-geral da
a) diminuir a legitimidade dos novos partidos Organização Nacional das Nações Unidas para a
políticos então criados. Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Audrey
b) tornar a democracia um valor social que Azoulay.
ultrapassa os momentos eleitorais. “Ao final da Segunda Guerra Mundial, a humanidade
c) difundir a democracia representativa como inteira resolveu promover a dignidade humana em todos
objetivo fundamental da luta política. os lugares e para sempre. Nesse espírito, as Nações
Unidas adotaram a Declaração Universal dos Direitos
d) ampliar as disputas pela hegemonia das Humanos como um padrão comum de conquistas para
entidades de trabalhadores com os sindicatos. todos os povos e todas as nações”, disse Audrey.
e) fragmentar as lutas políticas dos diversos “Centenas de milhões de mulheres e homens são
atores sociais frente ao Estado. destituídos e privados de condições básicas de
subsistência e de oportunidades. Movimentos
populacionais forçados geram violações aos direitos em
uma escala precedente. A agenda 2030 para o
Desenvolvimento Sustentável promete não deixar

12
3º em -2020
Sociologia
ninguém para trás – e os direitos humanos devem ser o c) apresentarem aos cidadãos a versão oficial dos fatos.
alicerce para todo o progresso.”
d) propiciarem o entretenimento, aspecto relevante para
Segundo ela, esse processo precisa começar o quanto conscientização política.
antes nas carteiras das escolas. Diante disso, a Unesco
e) promoverem a unidade cultural, por meio das
lidera a educação em direitos humanos para assegurar
que todas as meninas e meninos saibam seus direitos e transmissões esportivas.

Questões sobre – Desigualdades


os direitos dos outros.
Defendendo a ideia de que “os direitos humanos devem
ser alicerce para todo o progresso”, a diretora-geral da
sociais e Estratificações
UNESCO aponta, como estratégia para atingir esse fim, (Capítulo 8)
a
a) inclusão de todos na Agenda 2030.
41. ENEM (2011)

b) extinção da intolerância entre os indivíduos. “Homens da Inglaterra, por que arar para os senhores
que vos mantêm na miséria? Por que tecer com esforços
c) discussão desse tema desde a educação básica. e cuidado as ricas roupas que vossos tiranos vestem?
d) conquista de direitos para todos os povos e Por que alimentar, vestir e poupar do berço até o túmulo
nações. esses parasitas ingratos que exploram vosso suor — ah,
que bebem vosso sangue?
e) promoção da dignidade humana em todos os
(SHELLEY. “Os homens da Inglaterra’. Apud HUBERMAN, L. In:
lugares História da Riqueza do Homem. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.)

A análise do trecho permite identificar que o poeta


romântico Shelley (1792-1822) registrou uma
40. ENEM (2011) contradição nas condições socioeconômicas da nascente
classe trabalhadora inglesa durante a Revolução
TEXTO I Industrial. Tal contradição está identificada:
A ação democrática consiste em todos tomarem parte do a) na pobreza dos empregados, que estava dissociada da
processo decisório sobre aquilo que terá consequência riqueza dos patrões.
na vida de toda coletividade.
b) no salário dos operários, que era proporcional aos
GALLO, S. et al. Ética e Cidadania. Caminhos da seus esforços nas indústrias.
Filosofia. Campinas: Papirus, 1997 (adaptado).
c) na burguesia, que tinha seus negócios financiados
TEXTO II pelo proletariado.
É necessário que haja liberdade de expressão, d) no trabalho, que era considerado uma garantia de
fiscalização sobre órgãos governamentais e acesso por liberdade
parte da população às informações trazidas a público
pela imprensa. e) na riqueza, que não era usufruída por aqueles que a
produziam.
Disponível em: http://www.observatoriodaimprensa.com.br. Acesso em: 24
abr. 2010.

Partindo da perspectiva de democracia apresentada no


Texto I, os meios de comunicação, de acordo com o 42. UENP (2011)
Texto II, assumem um papel relevante na sociedade por
A pobreza e a desigualdade são construções sociais que
a) orientarem os cidadãos na compra dos bens se desenvolvem e consolidam a partir de estruturas,
necessários à sua sobrevivência e bem-estar. agentes e processos que lhes dão forma histórica
concreta. Os países e regiões da América Latina
b) fornecerem informações que fomentam o debate
moldaram, desde os tempos coloniais até nossos dias,
político na esfera pública.
expressões desses fenômenos sociais que, embora

12
3º em -2020
Sociologia
apresentem as peculiaridades próprias de cada contexto d) O setor informal é outro fator indicador de
histórico e geográfico, compartilham um traço em condições de reprodução capitalista no Brasil. Os
comum: altíssimos níveis de pobreza e desigualdade camelôs e vendedores ambulantes são trabalhadores,
que condicionam a vida política, econômica, social e que não estão juridicamente regulamentados, mas que
cultural. O conceito de construção é praticamente revelam a especificidade da economia brasileira.
similar ao de produção, sendo utilizado aqui para
e) Os programas assistenciais (Bolsa-família,
enfatizar que a pobreza é o resultado da ação concreta
Fome Zero e outros tantos) do governo brasileiro
de agentes e processos que atuam em contextos
avançaram.
estruturais históricos de longo prazo.”
(Produção de pobreza e desigualdade na América Latina. Antonio David
Cattani, Alberto D. Cimadamore (orgs.) ; tradução: Ernani Ssó. — Porto
Alegre : Tomo Editorial/Clacso, 2007, p. 07.)
44. UERJ (2013)
De acordo com o texto é correto afirmar:
a) A pobreza sempre existiu e é da natureza das
sociedades organizadas que ela ocorra.
b) A pobreza não pode ser considerada característica
presente em toda América Latina.
c) A desigualdade social não condiciona a vida política, A crítica feita nos quadrinhos se relaciona com uma
econômica, social ou cultural. contradição do capitalismo globalizado, o qual se
d) A pobreza não pode ser considerada fruto da caracteriza simultaneamente por:
desigualdade. a) Elitização do acesso digital – popularização das
e) A pobreza e a desigualdade são construções sociais mídias alternativas.
que se desenvolvem na história e por isso são b) Requinte dos sistemas produtivos - declínio dos
absolutamente reversíveis. regimes democráticos.
c) Manipulação dos padrões técnicos – Simplificação
dos métodos de gestão.
43. UPE (2013)
d) Consumo de produtos solicitados – exploração da
As desigualdades sociais no Brasil têm muitas causas e força de trabalho fabril.
geram várias consequências. Historicamente, elas
iniciaram seu desenvolvimento com a chegada dos e) Emancipação Feminina
portugueses. A Sociologia vem estudando as diferenças
sociais entre os brasileiros, em diversos aspectos. Sobre
esse assunto, assinale a alternativa CORRETA.
45. UERJ (2013)
a) As condições de miserabilidades da população
estão ligadas prioritariamente aos péssimos salários
pagos.
b) A relação entre a desigualdade e questões
raciais no Brasil são um tema histórico. Por essa razão,
tornou-se preocupação dos estudos sociológicos a partir
da década de 1990.
c) A noção da pobreza frente às desigualdades
sociais no país revela concepções com enfoques no
aumento do enriquecimento, do desenvolvimento
industrial e da privação relativa

12
3º em -2020
Sociologia
O Estado é um agente fundamental na produção do 47. ENEM (2017)
espaço, pois suas ações interferem de forma acentuada
sobre a dinâmica e organização das cidades. A principal
finalidade de uma política pública de habitação como
relatada no texto é:
a) Reduzir a segregação espacial.
b) Elevar a arrecadação municipal.
c) Favorecer a atividade comercial.
d) Desconcentrar a população urbana.
e) Extinguir a desigualdade social

46. ENEM (2011)


No Brasil, a condição cidadã, embora dependa da leitura
e da escrita, não se basta pela enunciação do direito,
nem pelo domínio desses instrumentos, o que, sem
dúvida, viabiliza melhor participação social. A condição A fotografia, datada de 1860, é um indício da cultura
cidadã depende, seguramente, da ruptura com o ciclo da escravista no Brasil, ao expressara:
pobreza, que penaliza um largo contingente
populacional a) ambiguidade do trabalho doméstico exercido
pela ama de leite, desenvolvendo uma relação de
(Formação de leitores e construção da cidadania, memória e presença do
PROLE. Rio de Janeiro: FBN, 2008.) proximidade e subordinação em relação aos senhores.

Ao argumentar que a aquisição das habilidades de b) integração dos escravos aos valores das classes
leitura e escrita não são suficientes para garantir o médias, cultivando a família como pilar da sociedade
exercício da cidadania, o autor: imperial.

a) Critica os processos de aquisição da leitura e da c) melhoria das condições de vida dos escravos
escrita. observada pela roupa luxuosa, associando o trabalho
doméstico a privilégios para os cativos.
b) Fala sobre o domínio da leitura e da escrita no
Brasil. d) esfera da vida privada, centralizando a figura
feminina para afirmar o trabalho da mulher na educação
c) Incentiva a participação efetiva na vida da letrada dos infantes.
comunidade.
e) distinção étnica entre senhores e escravos,
d) faz uma avaliação crítica a respeito da condição demarcando a convivência entre estratos sociais como
cidadã do brasileiro. meio para superar a mestiçagem.
e) define instrumentos eficazes para elevar a
condição social da população do Brasil.
48. UEL (2004, Adaptada)
Leia a letra da canção:

“Tinha eu 14 anos de idade quando meu pai me chamou


Perguntou-me se eu queria estudar filosofia
Medicina ou engenharia

12
3º em -2020
Sociologia
Tinha eu que ser doutor o que viu em viagem aos Estados Unidos, escreveu que
Mas a minha aspiração era ter um violão nos EUA, “a qualquer momento, um serviçal pode se
Para me tornar sambista tornar um senhor”. Por sua vez, o escritor brasileiro
Ele então me aconselhou: Luiz Fernando Veríssimo, autor de O analista de Bagé,
‘Sambista não tem valor nesta terra de doutor’ disse, em 1999, ao se referir à situação social no Brasil:
E seu doutor, o meu pai tinha razão “tem gente se agarrando a poste para não cair na escala
Vejo um samba ser vendido, o sambista esquecido social e sequestrando elevador para subir na vida”.
O seu verdadeiro autor Com base nas citações anteriores, responda a qual
Eu estou necessitado, mas meu samba encabulado fenômeno social ela se refere?
Eu não vendo não senhor!”
a) Ao da estratificação, que diz respeito a uma forma de
(Canção “14 anos” de Paulinho da Viola, do álbum Na Madrugada, 1966).
organização que se estrutura por meio da divisão da
De acordo com a letra da canção e sobre a reflexão sobre sociedade em estratos ou camadas sociais distintas,
hierarquia social, assinale a alternativa correta: conforme algum tipo de critério estabelecido.
a) O sambista vê na comercialização do samba, ou seja, b) Ao de status social, que diz respeito a um conjunto
na sua mutação em mercadoria, um processo que de direitos e deveres que marcam e diferenciam a
valoriza mais o criador que a coisa produzida. posição de uma pessoa em suas relações com as outras.
b) Os termos ‘sambista’ e ‘doutor’ servem para c) Ao dos papéis sociais, que se refere ao conjunto de
qualificar e/ou desqualificar os indivíduos na rigorosa comportamentos que os grupos e a sociedade em geral
hierarquia social vigente no Brasil. esperam que os indivíduos cumpram de acordo com o
c) A filosofia, enquanto conhecimento humanístico status que possuem.
voltado à crítica social é desqualificada em relação aos d) Ao da mobilidade social, que se refere ao movimento,
conhecimentos direcionados às profissões liberais. à mudança de lugar de indivíduos ou grupos num
d) Para o sambista, o valor objetivo da música como determinado sistema de estratificação.
mercadoria, medido pelo reconhecimento econômico, é e) Ao da massificação, que remete à homogeneização
mais relevante do que sua condição de criação artística das condutas, das reações, desejos e necessidades dos
subjetiva. indivíduos, sujeitando-os às idéias e objetos veiculados
e) A expressão ‘terra de doutor’ está relacionada à pelos sistemas midiáticos.
disseminação generalizada dos cursos superiores no
Brasil, responsáveis por uma elevação do nível cultural 49. UEL (2006)
dos setores populares.
Contardo Calligaris publicou um artigo em que aborda
a prática social brasileira de denominar como doutores
49. UEL (2004, Adaptada)
os indivíduos pertencentes a algumas profissões, dentre
Em 1840, o francês Aléxis de Tocqueville (1805-1859), eles médicos, engenheiros e advogados, mesmo na
autor de A democracia na América, impressionado com ausência da titulação acadêmica. Segundo o autor, estes

12
3º em -2020
Sociologia
mesmos profissionais não se apresentam como doutores
no encontro com seus pares, mas apenas diante de
indivíduos de segmentos sociais considerados
subalternos, o que indica uma tentativa de intimidação
social, servindo para estabelecer uma distância social,
lembrando a sociedade de castas. A questão levantada
por Contardo Calligaris aborda aspectos relacionados à
estratificação social, estudada, entre outros, pelo
sociólogo alemão Max Weber.
De acordo com as ideias weberianas sobre o tema, é
correto afirmar:
a) As sociedades ocidentais modernas produzem uma
estratificação social multidimensional, articulando
critérios de renda, status e poder.

b) Médicos, engenheiros e advogados são designados de


doutores porque suas profissões beneficiam mais a
sociedade que as demais.
c) A titulação acadêmica objetiva a intimidação social e
a demarcação de hierarquias que culminem em uma
sociedade de castas.
d) A intimidação social perante os subalternos expressa
a materialização das castas nas sociedades modernas
ocidentais.
e) Nas sociedades modernas ocidentais, a diversidade
das origens, das funções sociais e das condições
econômicas são critérios anacrônicos de estratificação.

12
3º em -2020
Sociologia
Nome:

Matrícula:

Turma:

Professora:

Cartão Resposta

Quando solicitado pela escola, 10) A B C D E


destacar e entregar apenas as
páginas do cartão resposta. 11) A B C D E

Não esqueça de preencher os


campos de nome, turma, 12) A B C D E

professor e matrícula.
13) A B C D E

14) A B C D E

1) A B C D E 15) A B C D E

2) A B C D E 16) A B C D E

3) A B C D E 17) A B C D E

4) A B C D E 18) A B C D E

5) A B C D E 19) A B C D E

6) A B C D E 20) A B C D E

7) A B C D E 21) A B C D E

8) A B C D E 22) A B C D E

9) A B C D E 23) A B C D E

12
3º em -2020
Sociologia
Nome:

Matrícula:

Turma:

Professora:

24) A B C D E 39) A B C D E

25) A B C D E 40) A B C D E

26) A B C D E 41) A B C D E

27) A B C D E 42) A B C D E

28) A B C D E 43) A B C D E

29) A B C D E 44) A B C D E

30) A B C D E 45) A B C D E

31) A B C D E 46) A B C D E

32) A B C D E 47) A B C D E

33) A B C D E 48) A B C D E

34) A B C D E 49) A B C D E

35) A B C D E 50) A B C D E

36) A B C D E

37) A B C D E

38) A B C D E
12
3º em -2020