Você está na página 1de 7

NÍVEIS DE ANÁLISE

EXPLORADOS NA DEFINIÇÃO
FUNÇÕES AUTORES
DEFINIÇÕES
SINTÁTICAS
SEMÂNTICO
FONOLÓGICO MORFOLÓGICO SINTÁTICO E/OU
DISCURSIVO

Cunha & Cintra ...é o ser sobre o qual se faz uma declaração.

Chama-se sujeito à unidade ou sintagma nominal que


estabelece uma relação predicativa com o núcleo verbal
para constituir uma oração. É, na realidade, uma
Bechara
explicitação léxica do sujeito gramatical que o núcleo verbal
da oração normalmente inclui como morfema número-
pessoal.

Rocha Lima ...:o ser de quem se diz algo.


sujeito
Denota o ser a propósito do qual se declara alguma coisa.
Said Ali
É expresso por um nome ou um pronome.

TERMOS Kury
...é o termo que exprime o ser de quem se diz alguma
ESSENCIAIS coisa.

...é a pessoa ou coisa sobre a qual se faz alguma


Almeida
declaração.

“ser de quem se diz alguma coisa”, elemento com o qual


Luft
concorda o verbo.

Cunha & Cintra ...é tudo aquilo que se diz do sujeito.

Bechara SEM DEFINIÇÃO EXPLÍCITA

Rocha Lima ...: aquilo que se diz do sujeito.

Said Ali ...é aquilo que se declara do sujeito


predicado
...é, na oração de um só termo, a enunciação pura de um
Kury fato qualquer [...]; na oração de dois termos, é aquilo que se
diz do sujeito.

Almeida ...o que se declara do sujeito.

Luft “aquilo que se afirma do sujeito”, quando este existe; caso


contrário, é o “enunciado puro de um fato qualquer”.

...é o complemento de um verbo transitivo direto, ou seja, o


complemento que normalmente vem ligado ao verbo sem
Cunha & Cintra
preposição e indica o ser para o qual se dirige a ação
verbal.

O predicado complexo acompanha-se de tipos diferentes


de argumentos, conhecidos por complementos verbais. O
primeiro deles é o complemento direto, também chamado
Bechara
objeto direto, representado por um signo léxico de natureza
substantiva (substantivo ou pronome) não introduzido por
preposição necessária.

É o complemento que, na voz ativa, representa o paciente


Rocha Lima
da ação verbal.

objeto direto
O termo que se junta ao verbo transitivo* [...].
Said Ali * Transitivo é o verbo cujo sentido se completa com um
substantivo em lugar do qual se podem usar as formas
pronominais o, a os, as.

Chama-se objeto direto ao termo da oração que integra o


TERMOS sentido de um verbo transitivo direto, exprimindo, pois, o
INTEGRANTES Kury ser para o qual se dirige a ação [...]. Disso resulta que o
objeto direto é o termo que exprime o paciente de um verbo
na voz ativa, e portanto se torna sujeito da voz passiva.

Corresponde o objeto direto ao caso oblíquo latino


Almeida
chamado acusativo.

Termo que completa um verbo transitivo sem auxílio de


Luft
preposição.

...é o complemento de um verbo transitivo indireto, isto é, o


Cunha & Cintra
complemento que se liga ao verbo por meio de preposição.

...denota geralmente relação a um ser animado, introduzido


pela preposição a e que se refere à pessoa destinada ou
Bechara beneficiada pela experiência comunicada no primeiro
objeto indireto momento da intenção comunicativa do predicado complexo
(verbo + argumento) [...].

...representa o ser animado a que se dirige ou destina a


Rocha Lima ação ou estado que o processo verbal expressa. O objeto
indireto pode perfilar em qualquer tipo de predicado (verbal,
nominal, verbo-nominal), perfilando-se, até, ao lado de
verbos intransitivos e de verbos na voz passiva.

...um termo secundário denotador do indivíduo a quem a


ação se destina, a quem ela aproveita ou desaproveita.
Exprime-se por um nome precedido de a ou, para evitar
repetição, pelo pronome lhe, lhes. [...] O nome de objeto
indireto aplica-se, por extensão, também às expressões
Said Ali preposicionadas que completam o sentido de verbos
intransitivos*.
* Intransitivos são os verbos que não necessitam de outro termo
[...] e bem assim aqueles cujo sentido se completa com substantivo
regido sempre de preposição.

Recebe o nome de objeto direto o termo da oração que,


sem caracterização lógica perfeitamente definida, pode
exprimir: (a) o ser para o qual se dirige a ação de um verbo
transitivo indireto [...]; (b) nos verbos bitransitivos, o ser a
quem se destina o objeto direto; (c) o ser em benefício ou
Kury em prejuízo de quem se realiza a ação; (d) o ser em quem
se manifesta a ação; (e) o ser a que faz referência especial
o conjunto verbo de ligação + predicativo, verbo transitivo
direto + objeto, ou um verbo intransitivo; (f) o possuidor de
alguma coisa; (g) como expletivo, o ser vivamente
interessado na ação expressa pelo verbo.

É assim chamado o complemento do verbo transitivo


Almeida indireto, pelo fato de vir unido ao verbo indiretamente, isto
é, mediante preposição.

Termo que completa um verbo transitivo com auxílio de


Luft
preposição.

Cunha & Cintra INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE OBJETO INDIRETO

...determinante do predicado complexo [que] vem


Bechara
introduzido por preposição.

...é o complemento que, ligado ao verbo por uma


complemento
preposição determinada (a, com, de, em etc.), integra, com
relativo
o valor de objeto direto, a predicação de um verbo de
Rocha Lima significação relativa*.
* Verbos transitivos relativos apresentam um complemento
preposicional, chamado relativo.

Said Ali INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE OBJETO INDIRETO


Kury INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE OBJETO INDIRETO

Almeida INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE OBJETO INDIRETO

Luft INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE OBJETO INDIRETO

Cunha & Cintra INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE ADJUNTO ADVERBIAL

Bechara INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE COMP. RELATIVO

(*) É um complemento de natureza adverbial – tão


indispensável à construção do verbo quanto, em outros
Rocha Lima casos, os demais complementos verbais.
complemento
circunstancial * Complemento circunstancial.
ou
complemento APARENTEMENTE INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE
adverbial Said Ali
DETERMINANTE ADVERBIAL
ou
complemento
(*) ...é o termo de valor circunstancial que completa a
locativo
Kury predicação de um verbo transitivo adverbial.
ou
adjunto verbal * Complemento adverbial.

Almeida INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE ADJUNTO ADVERBIAL

(*) Complemento indireto adverbial de lugar exigido pela


Luft semântica do verbo. (adaptado)
* Complemento locativo

...vem, como dissemos, ligado por preposição ao


Cunha & Cintra substantivo, ao adjetivo ou ao advérbio cujo sentido integra
ou limita.

SEM DEFINIÇÃO EXPLÍCITA*


* O autor propõe a existência dos seguintes tipos: (a)
complemento complemento nominal subjetivo, (b) complemento nominal
nominal Bechara subjetivo passivo, (c) complemento nominal objetivo, (d)
complemento nominal objetivo indireto, (e) complemento
nominal de causa eficiente e (f) complemento nominal
circusntancial.

...é o termo que integra a significação transitiva do núcleo


Rocha Lima
substantivo (e, às vezes, do adjetivo e do advérbio...).
Said Ali SEM DEFINIÇÃO EXPLÍCITA

Complemento de palavras transitivas (nomes e advérbios),


Kury
obrigatoriamente preposicionados. (adaptado)

...[termo integrante] essencial para que se complete a


Almeida significação de um substantivo, de um adjetivo ou de um
advérbio.

Termo que, regido de preposição, “completa” a significação


Luft
transitiva de um nome.

...é o complemento que, na voz passiva com auxiliar,


Cunha & Cintra designa o ser que pratica a ação sofrida ou recebida pelo
sujeito.

Termo argumental não obrigatório que se caracteriza por


ser marcado pela preposição por e, mais raramente, por de,
Bechara
com verbos empregados como transitivos diretos na
chamada voz ou construção passiva. (adaptado)

É o complemento que, na voz passiva auxiliar (também


Rocha Lima chamada de voz passiva analítica), representa o ser que
praticou a ação verbal.

(*) Termo da voz passiva que, na voz ativa, equivale ao


Said Ali agente ou sujeito do verbo. (adaptado)
agente da passiva
* Complemento de causa eficiente

...o termo da oração que exprime, na voz passiva com


Kury auxiliar, o ser que exerce a ação que o sujeito paciente
recebe ou sofre.

Nas orações passivas, a pessoa ou coisa que pratica a


Almeida ação aparece sob a forma de complemento, o qual se
chama agente da passiva.

Termo que, na oração passiva, designa o ser que pratica a


ação.*
Luft
* Para o autor, “’agente da passiva’ é uma classificação semântica.
Sintaticamente, é um ‘adjunto adverbial’”.

...é o termo de valor adjetivo que serve para especificar ou


Adjunto adnominal
Cunha & Cintra delimitar o significado de um substantivo, qualquer que seja
a função deste.
TERMOS Bechara ...[são] determinantes nominais...
ACESSÓRIOS
Termo de valor adjetivo que pode juntar-se ao núcleo
Rocha Lima substantivo para acrescentar-lhe um dado novo à
significação. (adaptado)

(*) ...é o termo acessório expresso por adjetivo, pronome-


adjetivo, numeral ou qualquer locução que especifica ou
Said Ali individua o sentido do sujeito ou complemento.
* Determinante (ou adjunto) atributivo

Palavras ou locuções de valor ou função adjetiva que


Kury gravitam em torno do núcleo substantivo para lhe delimitar
o sentido geral. (adaptado).

...toda a palavra ou expressão que, junto de um


Almeida
substantivo, modifica-lhe a significação.

Termo referido a um substantivo com as funções de


Luft
determinar, qualificar, explicar.

...é, como o nome indica, o termo de valor adverbial que


denota alguma circunstância do fato expresso pelo verbo,
Cunha & Cintra
ou intensifica o sentido deste, de um adjetivo, ou de um
advérbio.

SEM DEFINIÇÃO EXPLÍTICA*


* Para o autor, “o adjunto adverbial constitui uma classe muito
heterogênea ... não só do ponto de vista formal como ainda do
Bechara ponto de vista do valor semântico. Tal fato leva a que
constantemente esteja a não delimitar com nitidez as fronteiras
com outras funções sintáticas ... e com conteúdos de pensamentos
designado vizinhos.”
Adjunto adverbial
É o termo que acompanha o verbo, exprimindo as
Rocha Lima particularidades que cercam ou precisam o fato por este
indicado.

(*) ...é o termo que acessório que acrescenta ao predicado


Said Ali o esclarecimento de lugar, tempo, modo etc.
* Determinante (ou adjunto) adverbial

Advérbios ou locuções adverbiais, que, na frase,


Kury acrescentam circunstâncias a verbos, ou intensificam a
idéia expressa por verbo, adjetivo ou advérbio [...].
...é um termo acessório da oração, que modifica o verbo, o
Almeida
adjetivo ou o próprio advérbio.

Termo que se anexa ao verbo, ao adjetivo ou ao advérbio,


Luft
ou a toda uma oração ou período.

...é o termo de caráter nominal que se junta a um


Cunha & Cintra substantivo, a um pronome, ou a um equivalente destes, a
título de explicação ou de apreciação [...].

Chama-se aposto a um substantivo ou expressão


Bechara
equivalente que modifica um núcleo nominal [...].

Termo de caráter nominal que pode acompanhar


Rocha Lima imediatamente um substantivo (ou um pronome), a título de
individualização ou esclarecimento. (adaptado)

...é o termo acessório que se pospõe ao sujeito ou ao


Aposto Said Ali
objeto como explicação ou a título de equivalência.

Termo acessório que resume ou desenvolve uma idéia


Kury fundamental contida num termo de valor substantivo, em
qualquer função sintática.

Palavra ou frase que explica um ou vários termos na


oração.*
Almeida
* De acordo com o autor, o aposto é “um tipo de adjunto adnominal
[...] constituído de uma palavra ou grupo de palavras em aposição”.

Luft INCLUÍDO ENTRE OS CASOS DE ADJ. ADNOMINAL

Almeida, N. M. 2005. Gramática metódica da língua portuguesa. 45ª ed. São Paulo: Saraiva.

Bechara, E. 1999. Moderna gramática portuguesa. Rio de Janeiro: Lucerna.

Cunha, C. & L. Cintra. 1985. Nova gramática do português. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Kury, A. G. 2007. Novas lições de análise sintática. São Paulo: Editora Ática.

Luft, C. P. 2002. Moderna gramática brasileira. São Paulo: Editora Globo.

Rocha Lima, C. H. 1998. Gramática normativa da língua portuguesa. Nova edição. Rio de Janeiro: José Olympio.

Said Ali, M. s/d. Grammatica Secundaria da Lingua Portugueza. S. Paulo: Companhia Melhoramentos.

Você também pode gostar