Você está na página 1de 32

TELEFONIA POUPANÇA GOVERNAÇÃO

Concurso para Inclusão financeira Programa de


4º operador vai é determinante Empregabilidade
até ao mês de para estratégia de é lançado hoje no
Novembro [18] desenvolvimento [4] Cuando Cubango [4]

Câmbio Spot 3/OUT

USD/AKZ 374,211
EUR/AKZ 409,948
ZAR/AKZ 24,676
EUR/USD 1,0968
GBP/USD 1,2348
Ano 12 N.º 578 Sexta-feira, 4 de Outubro de 2019 Kz 100
DIRECTOR Agostinho Chitata DIRECTOR-ADJUNTO Mateus Cavumbo USD/JPY 106,8800
SITE: www.jornaldeeconomia.sapo.ao E-MAIL: redaccaoeconomia@gmail.com USD/ZAR 15,1531

PRODUTOS TRIBUTADOS

IVA TAXA ÚNICA DE 14% JÁ VIGORA IEC 25%


25

NÃO ESPECIAL
Especuladores
114 139
IVA 14%

ESPECIAL
KZ
14 KZ
IVA 14% 14
PREÇO FINAL
100 VALOR
PREÇO FINAL

VALOR 100

tentam travar
IEC: IMPOSTO ESPECIAL DE CONSUMO
IVA: IMPOSTO SOBRE VALOR ACRESCENTADO

eficácia do
IVA na receita
Os vendedores acrescem IVA ao já extinto Imposto de
Consumo em muitos produtos, sendo que os mesmos ISENÇÃO
negam eliminar nos preços tais taxas encobertas bens da cesta básica
como manda a regra da AGT. [6-11]

ENTREVISTA

“África é onde a China faz a diferença”


A África tem sido o continente mais favorável ao inves- Lisboa, em entrevista ao Jornal de Economia & Finanças.
timento chinês e cada vez maior resistência vinda da A também professora angolana, natural de Luanda, diz
Europa e da Ásia. Essa opinião é de Raquel Vaz Pinto, que a política externa chinesa encontra-se a um nível
investigadora em Estudos Asiáticos na Faculdade de cada vez mais sofisticado no que toca à compreensão
Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de das várias regiões. [16-17]

442,4
MOEDA EM DOIS MESES 392,5 O MEU NEGÓCIO
SADC quer Petróleo dá VALORES EM MIL MILHÕES DE KWANZAS

O ganha-pão
o kwanza mais receitas 314,1
292,6
314,1
297,0 na graxa
no circuito a Angola dos sapatos
das moedas As exportações de 38,9 milhões de Há “mil” oportunidades para se

electrónicas
barris de petróleo ao preço médio ganhar a vida. O gosto e avidez
de 54,16 dólares renderam, no determinam o lucro. Jovens e ado-
mês de Agosto, uma receita de kz lescentes sobrevivem, nas ruas e
O BNA deverá desenhar uma estra- 392,5 mil milhões. O valor supera avenidas, engraxando sapatos, uns
tégia para colocar o kwanza no sis- os kz 297 mil milhões colectados com local fixo para exercer a pro-
tema regional. [12] no exercício do mês de Julho. [15] fissão e outros nem por isso. [20]
MAR-19 ABR-19 MAI-19 JUN-19 JUL-19 AGO-19
2
OPINIÃO
Economia & Finanças

EDITORIAL
Inteligência financeira
70 anos
do gigante
H
á dias, estava em con-
versa com um colega de
trabalho em que lamen-
távamos a situação eco-
nómica. Depois de muito
diálogo, concluímos que
A China assinalou esta semana (1 de Outubro) o seu Dia o seu fracasso é caracte-
Nacional em celebração ao 70º aniversário da fundação rizado sobretudo pela falta de carro, casa
da República Popular, manifestando ao mundo a sua própria e de outros elementos económicos
total confiança como país socialista para alcançar a que diz mais necessitar para viver melhor,
modernização à sua maneira. A China fez, em apenas devido à inconsistência da situação macroe-
algumas décadas, o que os países desenvolvidos levaram conómica do país e as políticas públicas.
Em partes, o meu colega tem razão. Aqui, o
várias centenas de anos para concluírem. custo de vida tende a piorar, o mercado eco-
O povo chinês, outrora ridicularizado como “o homem doente nómico está bastante inseguro e a vida das
do Leste asiático” e torturado por agressões e tumultos há mais famílias e empresas não está fácil. Estes
de um século, agora vê a sua pátria a elevar-se com dignidade e expectantes do que lhes espera amanhã,
influência cada vez maior na arena global. clamam por dias melhores. E, como se não Andrade A.Ambrósio
A pobreza abjecta, um problema crónico que a nacionalidade bastasse, já entrou em vigor o agora famoso Consultor e analista económico
chinesa enfrenta há milhares de anos, foi eliminada quando o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA),
Partido Comunista da China (PCC) se esforçou para trazer o que pesará sobremaneira no bolso dos con-
melhor do sistema socialista para o bem do povo. sumidores. Por isso mesmo, embora não se
trate de um imposto injusto, é impopular,
Com mais de 700 milhões de pessoas retiradas do limiar da

}
uma vez que os preços de muitos produtos
pobreza, o monstro asiático deu um exemplo sem precedentes e serviços vão subir, e com eles, as especu-
na eliminação da miséria em larga escala. lações aparecem. INFELIZMENTE,
Para os chineses, enormes mudanças ocorreram na sua O meu colega, mesmo antes da crise, sem-
terra natal, que nunca esteve tão perto de realizar o sonho de pre teve um rendimento mensal e outras NOTO HAVER
rejuvenescimento nacional. regalias, proporcionados pela entidade
Hoje, a China é o maior comerciante e fabricante industrial patronal. No meu entender, compensató- TANTA GENTE A
do mundo, um destino de investimento popular com enorme rios, apesar de ultimamente, se testemu-
potencial de mercado, um motor significativo da economia
nhar quedas sucessivas do poder real do PERDER TEMPO
kwanza. Com o seu rendimento, dá, sim,
mundial, um colaborador da paz mundial e um determinado para ter as mínimas condições de vida, e DEMAIS APENAS
apoiador da globalização, além de um proponente de uma ordem garantir à sua família uma vida diferente
internacional justa e razoável. e melhor. E essa conclusão tive na sequên- A CRITICAR E A
Como uma civilização oriental antiga que remonta há 5 mil cia de certas perguntas que lhe submeti, de
anos, aquele país nunca buscou expansão ou hegemonia externa. cálculos básicos sobre os seus gastos cor- LAMENTAR, MESMO
Um dos caminhos que persegue a sumidade asiática que rentes e de análises simples comparativas.
mantém fortes laços históricos de cooperação com Angola, Logo, não só fiquei a saber do seu rendi- NAS SITUAÇÕES DE
mento e outras regalias que há muito lhe é
além de salvaguardar a sua soberania, é a unidade e a sua proporcionado pela entidade patronal, mas TER EM MÃOS OS
integridade territorial, protege os interesses do país no exterior também me inteirei do número de esposas,
e promove a paz e o desenvolvimento mundial. de namoradas e de filhos que o meu colega TRUNFOS PORQUE
É dos poucos países que estendeu as mãos a Angola, dando tem, de como e quanto gasta para o lazer
abertura para que as empresas chinesas explorem o mercado e diversão, assim como da sua capacidade NECESSITA PARA
nacional, participando no processo de reconstrução do país. e cultura de aforrar. Uma vez encontradas
Em quase todos os cantos de Angola, vê-se um chinês a as razões pelas quais a vida económica do VINCAR NA VIDA
trabalhar com motivação e determinação. meu colega de trabalho não avançam, a pri-
A cooperação está já lançada em todas as áreas à qual tem meira coisa que eu lhe disse foi: “por mais
que agente aufere bons salários, e outras
permitido aos angolanos à busca de experiência no solo chinês. regalias à mistura se os velhos e maus
Apesar de os negócios terem sido reduzidos, há ainda hábitos prevalecerem não vamos longe!”.
angolanos que frequentemente escalam Guangzhou ou outra Ao meu colega, falta inteligência finan-
cidade comercial à procura de parceiros. Há maior apego em ceira. Ele demonstrou dificuldades de tra-
ir-se a Cantão ou Guangzhou, localizada no Sul do país, às çar bem as suas prioridades e de destrinçar
margens do rio Zhu Jiang, por constituir-se no principal centro convenientemente a necessidade do desejo.
manufatureiro da região do rio Zhu Jiang, e um dos principais Ele cometeu os mesmos erros de muitos
centros industriais e comerciais da China. Em 2009, o Produto políticos e decisores públicos. Estes não
foram proactivos, no tempo em que o nosso
Interno Bruto (PIB) da cidade chegou a CNY 911,2 biliões petróleo dava muitas divisas, não souberam
(cerca de 133,5 mil milhões, enquanto seu PIB per capita no criar condições socioeconómicas que fos-
mesmo ano alcançou CNY 89,4 mil (aproximadamente usd 13,1 sem capazes de travar ou aligeirar as con-
mil, mais que o dobro da média nacional. Há várias obras e sequências desta crise que nos assola, os
projectos financiados pela China no qual se destaca o Programa seus programas bem bonitos e os discur-
de Investimento Público. Os primeiros financiamentos sos com um português de primeira água,
aconteceram em Março de 2004, Julho de 2007 e Setembro de raramente eram executados. Daí que, hoje,
2007, tendo representado um valor 4,5 mil milhões de dólares. a soma entre os tantos erros do passado e
os (até agora ainda que poucos) da actual gir com as do outro. O caso do meu colega
liderança, continuam a resultar em altas é apenas um dos vários que andam por aí,
taxas de desemprego, de inflação e de eco- e devemos tê-lo como lição de que nem sem-
nomia informal, só para citar. Assim sendo, pre devemos atribuir culpas aos outros. Eu
a diversificação e o desenvolvimento eco- costumo defender que, em termos económi-
}

nómico continuam longe! cos e financeiros, cada um é culpado/res-


Este exemplo, ajudou-lhe a perceber bem, ponsável em pelo menos 50% daquilo que
tendo no final se comprometido a melho- possui ou lhe acontece. Infelizmente, noto
O GOVERNO CHINÊS É DOS POUCOS rar, ou seja, a pelo menos, mitigar os fac- haver tanta gente a perder tempo demais
tores que estrangulam as suas finanças apenas a criticar e a lamentar, mesmo nas
QUE ESTENDEU AS MÃOS A ANGOLA, pessoais. Obviamente, cada ente econó- situações de ter em mãos os trunfos por-
mico e família tem a sua história e estilo que necessita para vincar na vida. Ao meu
DANDO ABERTURA PARA QUE AS de vida, as oportunidades de emprego, feliz colega, também dei exemplos de pessoas
ou infelizmente, são diferentes, os rendi- cujos salários nominais e outros rendi-
EMPRESAS CHINESAS EXPLOREM O mentos mensais também o são. Logo, as mentos estão abaixo do seu, mas que, têm
causas do insucesso ou desequilíbrio eco- uma vida económica equilibrada, graças
MERCADO NACIONAL nómico e financeiro de um podem diver- à inteligência financeira.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
OPINIÃO 3

NÚMEROS
Privatizações: um apanhado global
750
M
aurício Ser va, de privatização foi implementado a
de nacionalidade partir de 1993. Entre 1993 e 1996, MILHÕES DE DÓLARES
brasileira, econo- tendo o Estado arrecadado o valor Foi quanto custou o impacto das alterações
mista e profes- correspondente a 23 biliões de dóla- climáticas e o efeito do El Niño, que afectam mais
sor universitário, res americanos. de 1,2 milhões de pessoas no país, no período de
publicou um interessante texto • No Leste Europeu, para além 2012 a 2016, segundo o representante residente
sobre processos de privatização da Rússia, que arrecadou um mon- interino do PNUD em Angola, Henrik Fredborg.
ocorridos em alguns países que tante aproximado de 2,4 biliões de
mais se destacaram pela mag- dólares, entre os anos de 1988 e

50
nitude e amplitude dos seus pro- 1996, mediante a implementação
gramas, incluindo a Inglaterra de projectos de privatização, des-
reconhecida internacionalmente taca-se a Hungria como a primeira
por sua expertise nesta matéria nação a empreender um amplo pro-
e alvo de benchamark de diver- grama de privatização de empresas
sos países, cujos Governos procu- públicas, gerando este programa o TRACTORES
ram incessantemente equilibrar equivalente a 10,6 biliões de dóla- É quanto a agricultura familiar na província de
as suas finanças públicas e rede- res. Adicionalmente, citamos a Poló- Benguela vai beneficiar, para apoiar o processo de
finir o papel do Estado. nia que vendeu activos públicos no mecanização e aumento da produção, durante a
Portanto, Maurício Serva reco- Walter Silva valor de 33,6 biliões de dólares e a campanha agrícola 2019/2020, que prevê uma
nhece que a privatização tem sido Economista República Tcheca que arrecadou colheita de 890 mil toneladas de produtos diversos.
largamente executada em todos 2,3 biliões, com a implementação
os quadrantes do Globo, em forma do seu programa de privatização.

5
}

e intensidade desigual, devido às • A Ásia (região Leste e do Pací-


particularidades políticas, econó- fico) também realizou processos de
micas e sociais de cada país. ENTRE 1988 E privatização muito significativos.
Com a devida vénia, passamos a Os referidos processos renderam
transcrever fragmentos deste texto, 1996, MAIS DE 900 cerca de 27 biliões de dólares até à
devidamente ajustados, que se con- segunda metade dos anos 90. Des- MIL EMPREGOS
substanciam no seguinte: EMPRESAS FORAM tacam-se a Malásia, que empreen- Novos postos de trabalho foram criados no sector do
• O Japão ocupa lugar de desta- deu um programa muito ousado, Turismo no III trimestre de 2019, segundo o ministro
que dentre os países desenvolvidos, PRIVATIZADAS NA com 1/3 do volume total (9,4 biliões da Administração Pública, Trabalho e Segurança
dando início ao seu programa de pri- de dólares). Social, Jesus Maiato.
vatizações, em 1987, com a oferta AMÉRICA LATINA • Entre 1988 e 1996, mais de
pública de acções da NTT – Nippon 900 empresas privatizadas na

250
Telephone and Telegraph. Execu- América Latina. México, Argen-
tado em três etapas, a venda desta tina, Chile e Brasil são os países
empresa rendeu ao Estado cerca esta última tendo como lance inicial, que mais se destacaram. Quanto
de 80 biliões de dólares america- respectivamente, 7,1 biliões de dóla- ao México, realça-se o volume de
nos, moeda de referência, consti- res, em Outubro de 1997 e 10,5 biliões operações efectivado, entre 1982 e
tuindo a segunda etapa, realizada de dólares, em Novembro de 1998. 1987: 348 liquidações, 95 fusões e MIL CIDADÃOS
em Novembro de 1987, o maior • Após a reunificação da Alema- 158 processos de privatização, que Jovens que até 2021 vão beneficiar, em todo o país,
evento de oferta pública de acções nha, o Executivo pôs em marcha um incluiu a venda de grandes empre- de programas de micro-crédito e kits profissionais,
de uma só empresa na história do expressivo programa de privatiza- sas como a Telmex (Telecomuni- através do Plano de Acção para Promoção da
país, tendo a receita desta operação ção. Um dos objectivos principais cações), Cananea (Mineração), Empregabilidade (PAPE), num projecto orçado em
atingido o montante aproximado era a integração da ex-RDA à Eco- Mexicana de Cobre, Mexicana de 21 mil milhões de kwanzas.
de 40 biliões de dólares. nomia de Mercado. Neste contexto, Aviação e Sicartsa (Siderurgia), den-
• Na França, em menos de 2 anos, foi aprovado um plano de privati- tre outras. No que tange à Argen-
a partir de 1986, com a eleição de zação de mais de 14.000 empresas tina, o programa de privatizações
Jacques Chirac para o cargo de pri- públicas. Medidas adicionais com- foi despoletado em 1989 e, até 1993,
meiro-ministro, o Governo imple- plementaram o programa, tais como sectores como televisão, petróleo,
mentou um programa relâmpago a alienação de parte das acções de aviação, distribuição de gás, eletri-
de privatização com a venda de 22 empresas emblemáticas como a Luf- cidade, água, portos, correios, den-
empresas públicas e um encaixe thansa (aviação civil), dentre outras. tre outros, migraram para o sector
total de cerca de 12 biliões de dóla- Em 1996, a Deustsche Telekom com- privado. Acrescenta-se que, em 1989,
res aos cofres do Estado. Em 1988, pletou a primeira etapa de privatiza- o défice operacional acumulado das
com o regresso dos Socialistas ao ção, realizando, de um só jacto, uma 13 maiores empresas estatais foi de
poder, oprograma foi descontinuado oferta pública de 13 biliões de dólares, Usd 3,8 biliões. Tanto a situação do
para ser retomado com intensidade considerado o segundo maior evento Chile, do Brasil e de Portugal apro-
em 1993, já no Governo de Direita de dessa natureza no país. fundaremos nas próximas edições.
Édouard Balladur. Posteriormente, • Na Espanha, a partir da segunda Em bom rigor, observa-se que a pri-
isto é, entre 1997 e 2002, o Governo metade dos anos 80, sucessivas pri- vatização de empresas públicas tem
de Lionel Jospin, o que mais priva- vatizações de empresas públicas ren- sido generalizada, representando
tizou nas décadas recentes, deu deram ao Estado cerca de 14 biliões de uma mudança de rumo, uma ver-
continuidade às privatizações de dólares, apesar do país parecer não dadeira reviravolta na prática adop-
grandes empresas públicas, com contar declaradamente com nenhum tada desde o início do Século XX, FRASE DA SEMANA
destaque para as ofertas públicas programa formal de privatização. quando o Estado criava empresas
da Air France e da France Telecom, •No que tange à Itália, o programa em vários sectores da economia.
}

FICHA TÉCNICA

EDIÇÕES
NOVEMBRO E.P.
JORNAL DE ANGOLA I JORNAL DOS DESPORTOS
A província da Huíla
Director: Agostinho Chitata Departamento de Paginação : Irineu Caldeira Presidente do Conselho
pode ser o motor de
Director-adjunto: Mateus Cavumbo
(Chefe), Adilson Santos (Chefe-adjunto), Carlos Casimiro
(Chefe de secção), Alcreto Abílio, Bruno Vieira Dias,
Paulo Lopes e Alberto Quiluta
de Administração:
Victor Silva desenvolvimento de
Secretário de Redacção: Carlos Cardoso
Sede: Rua Rainha Ginga, 12-26 | Caixa Postal 1312 - Luanda
Administradores Executivos:
Caetano Pedro da Conceição Júnior, José Alberto
todo o país
Telefone 222 020 174 | Telefone geral 222 333 344 Domingos, Rui André Marques Upalavela, Luena
Redacção: Isaque Lourenço (editor), Fax 222 336 073 Kassonde Ross Guinapo
Adérito Veloso, Ismael Botelho, Pedro Peterson e Mail: redaccaoeconomia@gmail.com PAOLO BALLADELLI
Armando Estrela (subeditores), António Eugénio, André ednovembro.dg@nexus.ao Administradores não Executivos: Coordenador residente das Nações Unidas em
Sibi, Manuel Barros, Regina Handa, Vânia Inácio, Yola do Publicidade: 244-937 550 262/244-949 770 006, Filomeno Jorge Manaças Angola
Carmo e Xavier António (repórteres) www.jornaldeeconomia.co.ao Mateus Francisco João dos Santos Júnior
4
ACTUALIDADE
Economia & Finanças

Inclusão financeira tida


como factor determinante
Nas celebrações da semana mundial do investidor que Luanda assinala com uma feira, a primeira-
dama da República, Ana Dias lourenço, advogou uma relação directa com o desenvolvimento humano
JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO

André Sibi
BM apoia AGT

A
inclusão finan-
ceira constitui
na abertura
um factor deter-
minante para
de empresas
o desenvolvi- Uma missão do Banco Mundial
mento humano, sobre Serviços de Assessoria
na visão da pri- Reembolsáveis (RAS) está em
meira-dama da República. Luanda, para apoiar o processo
Ana Dias Lourenço falava de melhoria do ambiente de
ontem à imprensa durante a negócios.
cerimónia de abertura da II Ao serviço da Administração
edição da Feira do Investidor, Geral Tributária (AGT), a missão
que arrancou, em Luanda, na está a apoiar, desde 23 de
Mediateca 28 de Agosto. Setembro, a criação de uma
A actividade projecta sen- plataforma online para a abertura
sibilizar os vários operadores de empresas, de acordo com o
sobre a importância da litera- documento a que Angop teve
cia financeira no cidadão. Primeira-dama considerou necessário o reforço das competências dos cidadãos em relação à poupança acesso nesta quarta-feira.
A Feira do Investidor é um A missão que permanece, em
evento promovido pela Comissão Luanda, até o próximo dia 11 de
}

do Mercado de Capitais, no âmbito A primeira-dama da República o digital, em que os processos se Outubro, vai também apoiar a
da Semana Mundial do Investi- considerou necessário o reforço desmaterializam é imperioso simplificação dos procedimentos
dor, que ocorre em todo o mundo. das competências do cidadão em UMA ECONOMIA todos os cidadãos serem parte de importação, exportação e
De acordo com a primeira- relação à poupança, já que consti- integrante do sistema financeiro, a melhoria da tributação dos
-dama, a iniciativa é promovida tui um objectivo das economias. FORTE DEPENDE utilizando as ferramentas dispo- negócios. A componente de
pela Organização Internacional Explicou que os organizadores nibilizados neste sistema para tributação dos negócios consistiu
das Comissões de Valores (IOSCO) deste evento são instados a con- EM GRANDE gerir de forma adequada aos seus na apresentação de uma nota de
e tem como meta, sensibilizar e vidar uma personalidade pública rendimentos e poupanças. experiências internacionais para
aumentar a importância e a pro- de referência para apoiar a divul- MEDIDA DE UMA Uma economia forte depende promover a formalização das
tecção do investidor na sociedade. gação e elevar a importância do em grande medida de uma forte empresas.
“Tratando-se de uma cam- evento, razão pela qual decidiu FORTE CAPACIDADE capacidade de poupança e apli- A assessoria integra também
panha que decorre em todo o juntar-se à iniciativa. cação eficiente destas poupan- a realização de uma formação
mundo, em Angola não podia ser DE POUPANÇA ças no sistema financeiro. prática para funcionários da AGT
diferente, pois, visa despertar a Aposta na digitalização A dinamização do mercado sobre controlo e auditoria fiscal,
consciência sobre a importância A inclusão financeira é crucial E APLICAÇÃO de capitais em Angola, já com a cuja acção formativa decorre de
da educação financeira, facultar para o desenvolvimento humano, Bolsa de Valores a funcionar com 30 de Setembro a 11 de Outubro,
ferramentas básicas com vista a por maioria de razão para o desen- EFICIENTE DESTAS profundidade e liquidez, fará com deverá data que termina a
protecção do investidor e promo- volvimento de qualquer país. que uma nova geração de empre- missão, com a apresentação de
ver a cultura de poupança para Numa altura em que o mundo NO SISTEMA sas angolanas aptas empreendam um novo manual de auditoria
investimento”, disse. vai apostando cada vez mais para com capacidade de renovar. fiscal à AGT.

DR

PAPE é lançado hoje no Cuando Cubango


O Plano de Acção para Promoção profissionais a 25 pessoas. profissional, SIAC e os correios
da Empregabilidade (PAPE), a O PAPE é um programa que electrónicos www.maptss.gov.
ser lançado nesta sexta-feira, na tem por objectivo reduzir a ao, pape@maptss.gov.ao.
província do Cuando Cubango, taxa de desemprego, combater Estará ainda disponível no
e orçado em 21 mil milhões de a pobreza, a vulnerabilidade e Serviço de Plataforma Electró-
kwanzas, vai beneficiar 250 mil fazer crescer a economia, tor- nica (Sepe) e em aplicativos para
cidadãos em todo o país. nando Angola num país melhor. telemóveis, incluindo a linha
O programa, que será alar- A cerimónia de lançamento do telefónica 222 338 940, bem
gado até 2021, vai permitir PAPE vai ser presidida pelo minis- como nas redes sociais.
aos contemplados beneficiar tro da Administração Pública, Tra- Mais de 200 jovens, que vão
de micro-crédito, visando a balho e Segurança Social, Jesus beneficiar do programa nesta pri-
aquisição de kits profissionais Maiato, e prestigiada pela pre- meira fase, estão expectantes com
para o criação de negócios, de sença do governador local, Júlio o lançamento do PAPE, por con-
acordo com o director-geral Bessa. Seis meses depois da publi- siderarem uma esperança para
do Instituto Nacional de For- cação em Diário da República, o melhorar a sua condição de vida.
mação Profissional (INEFOP), PAPE coloca à disposição, a par- Dados publicados recente-
Manuel Mbangui, que falava tir de sexta-feira, o correio elec- mente pelo Instituto Nacional de
ao Jornal de Angola. trónico oficial www.pape.gov.ao, Estatística (INE) indicam que a
Para o Cuando Cubango, onde os interessados devem ins- província do Cuando Cubango
estão identificados 170 projectos crever-se para aderir ao programa. está entre as que têm maior índice
que vão beneficiar de micro-cré- Outros meios de inscrição de desemprego no país.
ditos, 17 projectos para apetre- podem ser feitos através dos cen- A escolha da província para
char e atribuição de carteiras tros de emprego e de formação o lançamento foi de propósito. Plano de empregabilidade escolhe zonas com altos índices de desemprego
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
PUBLICIDADE 5

(700.091a)
6
DESTAQUE
Economia & Finanças

JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO


IVA cobrado por
cima de impostos
já eliminados
Os preços dos produtos dos bens nos mercados
dispararam com a implementação do IVA,
contrariando as expectativas assumidas com a
nova realidade fiscal na economia nacional
}

cia Mecofarma, e constatou que

25
Vânia Inácio

N
ao preço anterior de (3.120,01),
valor comercializado antes da ERA SUPOSTO FINANÇAS
o dia 1 de implementação do IVA, foi acres- E COMÉRCIO
Outubro, data centado 436,80, correspondente REGISTAR-SE
da imple- a 14 por cento do valor.
POR CENTO CONTRA A
mentação Porém para todos os efei- ALGUM EQUILIBRIO É a tabela máxima prevista ESPECULAÇÃO
do Imposto tos o valor cobrado antes, além como taxa a aplicar aos
sobre o Valor da margem de lucro, já devia NOS PREÇOS produtos em sede do Imposto Os ministérios das Finanças e
Acrescentado estar incluído o IC. O que nos Especial de Consumo do Comércio e a Administração
(I VA), o cenário nos vários leva a crer que os produtos NESTES DIAS Geral Tributária (AGT)
super mercados era ig ual: estão a ser comercializados, informam, ontem, em
muitos produtos expostos com dupla tributação. comunicado que entrou
nas prateleiras sem preços. Nestes primeiros dias de Na ocasião explicou que no dos anteriormente”, mas deve em vigor no passado dia
A ronda da equipa de repor- implementação do IVA, a equipa caso da cerveja e tabaco que são ser subtraído o valor anterior do 1 de Outubro do corrente
tagens aos diferentes pontos de de reportagem do JE, aferiu que considerados produtos nocivos IC”, disse a técnica afirmando ano, o IVA - Imposto sobre
venda constatou que até por volta os preços dos produtos e bens em a saúde, a carga fiscal sobre que uma vez respeitada essa Valor Acrescentado, que é
das 12 horas, os produtos con- alguns pontos de venda, estão o consumo das bebidas espi- fórmula alguns produtos nem aplicado sobre o consumo
tinuavam sem preços e a expli- a disparar, porque estão a ser rituosas, passará dos 30 por sofrerão grandes alterações. de bens e serviços e sobre as
cação era a mesma. “Estamos a alterados sem a subtracção dos cento actuais, para 39 sofrendo importações.
fazer o ajuste dos preços”, e algu- impostos anteriores, como o IC. assim, dupla tributação ( IVA e Previsão Para esclarecer as dúvidas
mas horas depois, os preços eram Ao que se previu, era suposto IEC), que resultará num agra- Numa entrevista recente o que subsistem no seio
repostos com o IVA cobrado. registar-se algum equilibrio nos vamento de 9 por cento. ministro das Finanças, Archer da população, sobretudo
Com a reposição dos pre- preços, já que, se bem aplicado “No caso das cervejas por Mang ueira, reiterou que a relacionadas com a subida
ços os clientes mais atentos o IVA, alguns produtos regista- exemplo, o valor taxado com o implementação do IVA não vai de preços de vários produtos
eram surpreendidos com os riam alguma queda (sobretudo IEC é de 25 por cento, mais os influenciar o aumento de pre- e serviços, a AGT destacou
preços. A verdade é que os pre- nos bens de primeira necessi- 14 cobrados pelo IVA, somam ços, o que não que não corres- vários funcionários que têm
ços eram repostos com o IVA dade), por estarem isentos do assi m u m total de 39 por ponde ao que está a acontecer interagido directamente com
incrementado, sem alteração IVA e, consequentemente, dos cento. Portanto a conta deve na realidade. os contribuintes nos mercados,
do anterior preço, que supos- impostos anteriores. ser feita nos seguintes mol- “O IVA não vai resultar num armazéns, lojas, restaurantes,
tamente já incluía o Imposto des, 25 por cento (IEC), mais, aumento generalizado de preço, o grandes superfícies e órgãos de
de Consumo(IC) O preço justo 14 (IVA), menos os 30 por cento IVA vem substituir um imposto de comunicação social.
Ou seja, muitos comercian- Recentemente numa entre- (IC), sofrendo neste caso um consumo, este sim é um imposto Estas brigadas de sensibilização
tes não estão a efectivar a subs- vista exclusiva ao Jornal Eco- aumento de nove por cento no sobre imposto. Com o imposto de serão reforçadas por
tituição do imposto de consumo nomia & Finanças, a técnica preço final do produto, com o consumo tributamos na compra, funcionários da Inspecção
pelos 14 por cento do IVA, mas a do Centro de Estudos Tribu- IVA incrementado. tributamos na comercialização, é o Geral do Comércio e do
acrescentar, o que torna o pro- tários da AGT, Júlia Pereira, “Quer dizer que no caso do chamado imposto em cascata, que INADEC com o objectivo de
duto muito mais caro. explicou em exemplos concre- refrigerante, é cobrada a taxa vai ser eliminado com o de taxa continuar a esclarecer os
Para confirmar a equipa de tos como seria incrementado do IEC (19 %), mais os 14 por única. O imposto de consumo vai contribuintes e corrigir os que
reportagem fez a compra de os preços dos produtos, com cento do IVA, que totaliza 33, de 5 a 30%, quando o IVA é uma estiverem a calcular o imposto
uma caixa de papa, na farmá- a implementação do IVA. em substituição dos 30 cobra- taxa única de 14%”, explicou. erradamente.
No entanto, os efectivos
do Serviço de Investigação
VARIAÇÃO DOS PREÇOS NA SEMANA DO “IVA” Criminal irão integrar
igualmente as equipas, na
segunda fase deste processo
a fim de tomarem as medidas
legalmente previstas nos casos

12, 5%
15, 0%
3, 5%
5, 5%
0 %
20, 4%
1, 5%
48, 5% em que se revele reincidência
ou manifesta má fé.
Os organismos tranquilizam
PÃO ÓLEO AÇÚCAR FRANGO CEBOLA BATATA-RENA ÁGUA MINERAL FUBA DE MILHO
assim a população e apelam
aos agentes económicos maior
pequeno 1 ltr 1 kg 1 kg 10 kg 20 kg 5 ltrs 1 kg
rigor na execução das regras.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
DESTAQUE 7

Transferência bancária de 1 milhão


paga valor de kz 3.450 em comissões
Bancos comerciais cobram Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) sobre todas as comissões e despesas
bem como em serviços de abertura de crédito, transferências e na emissão de cartões de multicaixa

EDIÇÕES NOVEMBRO

280
Xavier António

O
s bancos comerciais
que operam no país KWANZAS
já estão a cobrar os 14
por cento do Imposto Valor que o cliente vai pagar
Sobre o Acrescentado de IVA para emitir multicaixa
(IVA), sobre todas as comissões extraviado
e despesas no âmbito da presta-
ção de serviços bancários, em
subsituação do imposto de selo,
segundo confirmou o JE junto

1.350
daquelas unidades financeiras.
A medida entra em conformi-
dade com a lei 07/19, que deter-
mina que as comissões e outras KWANZAS
despesas bancárias passam a
estar sujeitas ao pagamento do É quanto o BAi co0bra em
imposto de 14 por cento. comissões para transferências
Na tabela de comissões e des- no caso de inter-bancos
pesas do Banco Internacional de
Crédito (BIC) estão abrangidos ao
IVA serviços como transferências,
manutenção de contas, emissão

483
de extracto bancário e talões de
cheques, entre os outros serviços.

Activação de multicaixa KWANZAS


}
O banco para a activação de um selo. “Sobre este valor é retirado Conta Bankita
cartão multicaixa por extravio, o São deduzidos como IVA em, 483 kwanzas de IVA”. O coordenador do grupo técnico
cliente paga 2 mil Kwanzas e mais caso de transferências de valor Admitiu que as pessoas ainda NO BANCO DE de implementação do IVA, Adil-
280 Kwanzas de IVA. Estão isen- acima de um milhão não estão a entender os cálcu- son Sequeira, confirmou em
tos ao pagamento de imposto ser- los por se tratar de um imposto COMÉRCIO E entrevista ao JE que os bancos só
viços mínimos como, operações de novo, mas clientes têm todo o podem cobrar o IVA serviços que
abertura e encerramento de con- direito de efectuar qualquer INDÚSTRIA (BCI) prevê o pagamento de despesas.
tas, emissão do primeiro cartão “as transferências para as contas reclamação caso os seus direi- Em relação aos pequenos
de débito e subsituação por cadu- BAI o cliente paga de comissão tos venham a ser violados. ESTÃO ABRANGIDOS depositantes, que abriram conta
cidade, assim como as operações 1.250 kwanzas e 1.350 kwanzas Já no Banco de Comércio e bancária no âmbito do pro-
efectuadas da rede electrónica. para caso a seja para um outro Indústria (BCI) estão abrangi- A PAGAR O IVA grama de educação financeira
Uma fonte do Banco Angolano banco, é sobre esse valor que se dos a pagar o IVA os serviços Bankita, “pagam o IVA sempre
de Investimento (BAI) explicou vai taxar o imposto”, referiu. de abertura de crédito, trans- OS SERVIÇOS DE que solicitarem serviços como
que todas as serviços que cobram Esclareceu ainda que para as ferências, activação de cartão talões de cheques, cartões mul-
comissões estão a pagar o IVA. transferências para outros bancos multicaixa entre outros. Para ABERTURA DE ticaixa, extratos bancários e
Disse que para as transferên- a partir de um milhão de kwan- activação do multicaixa o valor outros que estejam sujeitos ao
cias já existe um valor fixo para zas a comissão é de 3.450 kwan- fixado são 2 mil Kwanzas, mais CRÉDITO E OUTROS pagamento de uma comissão ao
as despesas, acrescentando que zas que antes eram despesas de 280 Kwanzas de IVA. banco”, rematou o responsável.

AGT encaixa 147,4 milhões com os novos impostos


EDIÇÕES NOVEMBRO

A Administração Geral Tributá- Segundo a AGT, este montante

150
ria (AGT) arrecadou no primeiro poderá aumentar nos anos sub-
dia de cobrança do Imposto sequentes, através da passagem
sobre o Valor Acrescentado das empresas do regime transi-
(IVA) e do Imposto Especial de tório para o geral.
Consumo (IEC) 147,4 milhões Contudo, se se mantiver a arre- MIL MILHÕES
Kwanzas de IVA e 26 mil Kz de cadação diária em 147 milhões Kz, Valor que AGT prevê arrecar no
IEC, segundo indica um docu- até Dezembro deverá arrecadar primeiro ano da entrada em
mento que o JE teve acesso. 13,5 mil milhões Kz e até Outu- vigor do IVA
A instituição informa igual- bro do próximo ano a AGT poderá
mente que os valores arrecada- arrecadar 52,9 mil milhões Kz,
dos foram cobrados no âmbito isto é, 183 por cento abaixo do que
das importações de bens. foi estimado antes da entrada em

13,5
“Em Novembro do ano pas- vigor do imposto.
sado o coordenador do grupo Do IVA cobrado aos clientes,
técnico para a implementação os agentes económicos devem
do IVA, Adilson Sequeira, avan- subtrair o IVA suportado nas MIL MILHÕES
çou que a AGT prevê arrecadar suas compras de bens e serviços,
150 mil milhões Kz no primeiro bem como o IVA pago na impor- Valor que deverá ser arrecado
ano da entrada em vigor do IVA”, tação de mercadorias, e devem até Dezembro caso se mantenha
referiu o responsável citado entregar aos cofres do Estado os 147,4 Kz milhões/dia
pelo jornal Mercado. apenas a diferença. A meta é acelerar a transição do mercado informal para a economia formal
8 DESTAQUE Economia & Finanças

HORA
DAS COMPRAS

Agitação em “stand by” Produtos


Kero Candando Maxi Shoprite

Supermercados com registo de movimento equilibrado entre Açúcar -1 kg 289,00 319,00 320,00 249,95

aqueles que procuram e o disponível para venda nas prateleiras Água mineral -5 lt 259,00 259,00 274,00 399,95

Arroz -1 kg 275,00 279,00 342,00 399,95


EDIÇÕES NOVEMBRO

Azeite -500 ml 675,00 599,00 799,00 899,95


Alberto Quiluta
e Isaque Lourenço Batata rena -10 kg 1.940,00 1.990,00 3.290,00 3.999,95

N
1.890,00 2.949,00 1.990,00 2.349,95
Carne bovina-bife-1 kg
o interior
dos super- Cebola -10 kg
3.200,00 3.190,00 3.490,00 3.499,95
mercados,
esta semana, Chouriço -900 gr 1.476,00 1.799,00 1.760,00 1.999,95
o movimento
maior vê-se nas Corvina - 1 kg 1.985,00 2.899,00 3.590,00 2.599,95
filas aos mul- Farinha de trigo - 1 kg 279,00 289,00 289,00 299,95
ticaixas ao invés da tradicional
corrida às compras. Farinha de mandioca kg 489,00 489,00 799,00 699,95
Por cada caixa registadora,
ao menos até quarta-feira desta Feijão - 1 kg 589,00 579,00 658,00 599,95
semana, era notória uma procura
à medida da oferta, pois que os Frango - 1 kg 944,00 1.062,00 1.179,00 929,95
clientes passavam pelas prate-
leiras, viam os preços e anota- Fuba de bombó - 1 kg 235,00 249,00 -----------* 699,95
vam, alguns nos blocos com que Fuba de milho - 1 kg
349,00 269,00 449,00 699,95
se faziam acompanhar. Clientes compram, mas sob rigorosa atenção aos preços em montra
Do lado dos preços, embora Leite UHT - 1 lt
299,00 299,00 369,00 299,95
com subida nuns e descidas nou- no intervalo das aulas, pareciam Na última edição, neste espaço
Leite em pó 1.800 gr 2.985,00 3.299,00 2.990,00 3.999,95
tros, uma tendência também já lá ir degustar alguma iguária ao sobre as compras, o JE publicou
costumeira, alguns produtos cen- almoço. O Shoprite do Benfica, dois preços de alguns mesmos
Massa alimentar - 50 gr 139,00 139,00 139,00 179,95
tram mais a atenção. Tal compor- numa loja agora mais arejável produtos, isto é um preço no qua-
tamento foi visível nas montras face ao aumento do espaço de dro à direita e outro no gráfico Margarina - 350 gr 245,00 249,00 249,00 199,95
das frutas, por onde a banana de venda, a padaria, ao cair do dia, abaixo, por erro de edição. Os pre-
mesa e o mamão eram, ao menos era a secção com um certo público ços certo eram os do quadro ao Óleo alimentar -1lt 489,00 499,00 518,00 499,95
no Kero do Morro Bento e no Maxi concentrado, mas de pronto res- lado. Pelo sucedido pedimos des-
1.556,00 1.599,00 1.396,00 1.399,95
da Samba, dos locais com alguma pondido pela equipa bem humo- culpas aos operadores que todas Ovos - 24 unidades
concentração de clientes a esco- rada que aquecia as compras na as semanas disponibilizam os pre-
Pão - pequeno 18,00 20,00 25,00 19,95
lher o melhor do exposto. mesma temperatura dos fornos ços para esta rubrica. A equipa
Na loja do Candando Morro que faziam sair pão torrado para do Hora das Compras mantém o 295,00 219,00 399,00 299,95
Salsicha - 350 gr
Bento também viveu-se relativa o deguste. Ainda assim, os pró- compromisso de seriedade e rigor
calmia só não fosse a hora de ximos dias são para continuar- nas matérias que divulga nessa Vinagre - 0,5 lt 105,00 119,00 149,00 199,95
ponta em que a praça da alimenta- -se a vigiar tanto a tendência página dedicada aos clientes e
ção parecia trazer jovens e famí- dos preços quanto ao comporta- operadores do mercado nacio- Total 21.005.00 23.662,00 25.643,00 **27.228,80
lias, uns para compras e outros, mento dos que compram. nal de distribuição.
------- * produto em falta no stock ------- ** Preço levantado pela equipa

GRÁFICO COMPARATIVO DE PREÇOS DE UM MESMO PRODUTO


342,00

399,95

289,00

289,00

299,95

589,00

658,00

599,95

299,00

299,00

369,00

299,95
279,00

279,00
275,00

579,00

KERO
CANDANDO
SHOPRITE
MAXI

ARROZ FARINHA DE TRIGO FEIJÃO LEITE UHT

Fonte: Preços cedidos pelos supermercados, excepto Shoprite | Levantamento de quarta-feira, 2.10.2019|
Valores expressos em kwanzas | Quaisquer alterações entre o custo aqui expresso e o real apenas engaja o respectivo operador
1ª semana 2ª semana 3ª semana 4ª semana

Inadec diz registar 453 reclamações em apenas dois dias


EDIÇÕES NOVEMBRO

Os supermercados são desde IVA foram já registadas junto dos siva do consumidor.
terça-feira, data em que enterou seus serviços de denúncias acima “Orientamos aos consumido-
em vigor o IVA, motivo de fisca- de 450 reclamações. res que prestem atenção às fac-
lização permenente das autori- A directora-adjunta Anta Weba turas em mão para denunciarem
dades e organismos afins face fez saber que o seu organismo quaisquer anomalias que verifi-
ao objectivo destes de assegu- tomou boa-nota das denúncias quem depois das compras”, disse.
rarem estabilidade nos preços e sobre práticas especualtivas no A responsável disse que o Ina-
nas operações comerciais. mercado, razão pela qual ape- dec é um organismo fiscalizador
Ao que apurou a Rádio Nacio- lou aos consumiodres a que se do preço, devendo para isso con-
nal de Angola (RNA) de fontes do mantenham atentos para que em tar com as populações, sendo elas
Instituto Nacional de Defesa do momento algum deixem os even- também as principais afectadas
Consumidor (INADEC), só em tuais aproveitadores ocasionais com as actuais práticas especual-
dois de dias de implemntação do sobrefacturarem ante a acção pas- tivas que o mercado observa. Há operadores a especualarem na fixação de preços no pós-entrada do IVA
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
DESTAQUE 9

Orçamento familiar visto como solução


para o cidadão ajustar o impacto do IVA
Consenso sobre certo aumento da estrutura de despesa dos diferentes agregados pode ser superado
com uma rigorosa disciplina nas despesas que passa pelo corte do consumo de bens não prioritários

O
orç a mento é u m
dos instrumentos
recomendados pelo
analista financeiro e
professor de Finanças
Públicas, Daniel Sapateiro, como
crucial para que o impacto do
Imposto sobre o Valor Acrescen-
tado (IVA) seja menor nas contas
das famílias doravante.
Ao falar no programa “Debate Júlia Ferreira Wilson Donge Daniel Sapateiro Fernando Vunge
AGT AGT Analista financeiro Economista
Livre” da Tv Zimbo, da última
terça-feira à noite, Daniel Sapa-

}
}

teiro lembrou que o imposto


tem sempre uma qualidade que
é de expectativa de aumento
da receita, mas o seu contra-
AS EMPRESAS
}
COM A TAXA DE 14
O IVA É UMA NÃO SÃO AS
peso é o do cidadão que vê E A SOCIEDADE POR CENTO, O PAÍS
aumentada as suas despesas. OPORTUNIDADE GRANDES EMPRESAS
Para ele, o IVA é uma opor- PRECISAM DE ESTÁ PRONTO PARA
tunidade que o país tem para se QUE O PAÍS TEM QUE FAZEM A
organizar e com ele as empresas. GANHAR CONSEGUIR O NÍVEL
“O Regime Geral vai ser a loco- PARA SE ORGANIZAR E ECONOMIA. SÃO AS
motiva que vai puxar a carrua- A CULTURA DE RECEITA ESTIMADA
gem (economia toda), pois nele se COM ELE PEQUENAS ÀS QUAIS
permite a recuperação do IVA em DE PAGAR NA CONSOLIDAÇÃO
100 por cento e as empresas vão AS EMPRESAS SAIREM PRECISAM DE TER
preferir adoptá-lo”, disse. OS IMPOSTOS FISCAL
Júlia Pereira, da AGT, tam- DA INFORMALIDADE CULTURA FINANCEIRA
bém presente no painel, reiterou
que o medo com a implemen-
tação do I VA deve ser subs- sociedade precisam de ganhar também os seus impostos. da sua actividade económica. Uma garantia dada pelo téc-
tituída pelo facto de apenas a cultura de pagar impostos. “Não são as grandes empre- Por seu turno Wilson Donge, nico da AGT é a de que com a
reg ista r - se ag rava mento Defendeu ainda que o cidadão e sas quem fazem a economia. do Departamento de Reembolso taxa de 14 por cento, o país está
em certos produtos e mais o Estado devem adoptar condu- Pelo contrário, são as pequenas, da AGT, reitera o compromisso de pronto para conseguir o nível
naqueles sujeitos ao Imposto tas que garantam o desenvolvi- às quais precisam de ter cultura acção pedagógica do organismo de receita estimada para o seu
Especial de Consumo (IEC). mento do país, porquanto esta financeira, para garantir estabi- de tutela do Ministério das processo de consolidação orça-
Lembra que o IEC deverá premissa representa um ganho lidade nos emprergos que criam, Finanças. Também assegurou mental e fiscal.
incidir sobre os refrigerantes, para todos sem excepção. por via da contribuição no IRT, a existência de condições efec- Sobre a subida de preços,
bebidas alcoólicas, tabaco, deri- Já o economista Fernando da Segurança Social e outras tivas para a operacionalização nestes dias, diz estar sur-
vados de petróleo, jóias, aero- Vunge, o IVA vai obrigar as empre- obrigações fiscais”, disse. sem constrangimento do IVA, preso até porque já se verifi-
naves de uso privado, só para sas a organizarem-se e a contra- Fernando Vunge diz ser fun- porquanto sobre a submissão de cava tal tendência mesmo antes
citar, ou seja, nos bens cujo o tarem serviços especializados de damental que se invista na lite- facturas e outros documentos da entrada em vigor do novo
consumo não são prioritários contabilidade. Esse modelo vai eli- racia empresarial para que as equivalentes e mesmo dos outros imposto. Mas foi peremptório
ou considerados vitais. minar progressivamente os níveis empresas que actuam à mar- relativos ao IVA, as Repartições na sua afirmação de que dora-
De acordo com Júlia Pereira, de informalidade e permitir que gem da lei possam ver somente Fiscais estão preparadas para vante é proibido cobrar-se o
em bom rigor, as empresas e a as pequenas empresas paguem vantagens na formalização auxiliar os contribuintes. Imposto de Consumo.

SUBIDA DE PREÇOS APERTA CÁLCULOS DOS CONSUMIDORES JUNTO DOS MERCADOS NA CIDADE DO CUITO

de 2.600 kwanzas em alguns encontrei”, disse. comerciantes desconhecem. sua maioria são mulheres, a
Delfina Victorino estabelecimentos comerciais, Para a estudante de 26 anos, Sale Mamadou, de 40 anos, utilizarem a técnica de “sócia”.
no Cuito
ao contrário dos 2.300. A caixa as contas feitas em casa não de nacionalidade maliana, A técnica de “sócia”, está ligado
de óleo alimentar de 12 litros combinam com os preços residente e gerente de um dos com repartição de produtos ao
Os preços dos produtos de marcas diversas está, desde encontrados, por isso, disse armazéns na zona periférica do meio, onde cada interveniente
da cesta básica nos a implementação do IVA, no que vai cortar algumas coisas e Cuito há cinco anos disse que paga cinquenta por cento do
estabelecimentos comerciais, valor de 7.500 kwanzas, facto comprar o prioritário. os preços estão de acordo com valor do produto.
do município do Cuito, que está a deixar os populares Questionada se tem alguma os custos dos produtos. Joana Odteh, empregada
aumentaram de forma agastados. informação sobre o IVA, a O gerente de um dos armazéns doméstica de 39 anos, disse
considerável desde quarta- Durante a presença do estudante assegurou que “sei detalhou que “reconhece o que “ este método de sócia é
feira, com a implementação do JE na zona comercial do que está ligado com o aumento estado actual financeiro das o único método de conseguir
Imposto de Valor Acrescentado Cuito, encontramos vários dos impostos em alguns famílias, mas a subida dos alimentos em pequenas
(IVA). consumidores pendurados com produtos alimentares”, afirmou. preços dos produtos alimentares quantidades para manter a
O JE esteve no largo dos as mãos à cintura, espantados No largo dos armazéns, o JE depende da escassez do dólar cozinha durante dez dias”,
armazéns e constatou a com os preços dos produtos. confirmou que existem várias no mercado”, lembrou. lamentou.
mudança nos preços dos Cristina António, de 26 anos, lojas com produtos semelhantes A técnica de “ sócia” utilizada
produtos básicos, desde o estudante do ensino superior, ,mas os preços diferem em A TÉCNICA DE “SÓCIA” pelas mulheres de vários
arroz, a massa alimentar, o disse que “a minha mãe fez pequenas percentagens. A subida dos preços de alguns extratos sociais em diversos
açúcar, o leite e o óleo de as contas pessoais e deu-me Alguns estabelecimentos produtos básicos nos diversos estabelecimentos comerciais
cozinha. os valores para fazer algumas comerciais continuam a estabelecimentos comerciais e câmaras frigoríficas para
A caixa de massa alimentar compras, mas vejo que não apresentar a escassez na venda existentes no Cuito, tem levado adquirir produtos alimentares
está, actualmente, no valor vai chegar com os preços que do leite Nido, por razões que os os consumidores, que na para a família.
10
DESTAQUE
Economia & Finanças

O peso do IVA nas empresas Documentos dedutíveis

P N
EDIÇÕES NOVEMBRO EDIÇÕES NOVEMBRO

or força normativa da o dia 01/10/2019


Lei 7/19 de 24 de Abril, entrou em vigor o
conjugado com a Lei IVA. É um marco
n.º17/19 de 13 de Agosto, na história fiscal
a partir de 1 de Outubro de Angola. Os con-
o Imposto de Valor Acres- tribuintes com esta
centado passou a vigorar novidade têm de
em todo o território nacional e incidirá estar devidamente organizados em
em todas as transações de bens e servi- concreto nos bens cujo IVA é dedutível.
ços, excepto, os não previstos nos refe- Neste sentido, colocamos várias
ridos diplomas, a título de exemplo na questões importantes para que o
saúde, medicamentos, os produtos da IVA seja devidamente dedutível,
cesta básica, entre outros. tendo presente o que está plasmado
Há, de forma unânime, a visão de no Decreto Presidencial n 292/18 de
que o IVA para a nossa realidade eco- 03/12 – Regime Jurídico das Facturas
nómica actual é a forma de imposto e Documentos Equivalentes.
mais justo e eficiente na medida em É obrigatório emitir facturas ou
que elimina o efeito “cascata” que o Estanislau Domingos documentos equivalentes a facturas José Luís Magro
actual imposto de consumo aporta Advogado/Consultor Juríico e Comercial em todas as transmissões de mercado- Consultor fiscal
consigo. Ou seja, contrariamente ao rias ou de prestações de serviços? Artº
Imposto de Consumo, o IVA não per- 5º nº 1 - Sim. É obrigatória a emissão de
mite que a taxa de imposto, numa ter- facturas ou documentos equivalentes
minada fase da cadeia, incida sobre em todas as transmissões de mercado-
montantes antes liquidados na fase rias, prestações de serviços, adianta-
anterior. Não há impostos sobre impos- mento ou pagamentos antecipados.
tos, o que desonera os custos de pro- O fornecimento de energia eléc-
dução/comercialização, ao longo da trica, gás e água são equiparados
cadeia produtiva e do consumo, no nar o aparato administrativo que deverá a transmissão de mercadorias ou a sição dos adquirentes, em que os serviços
final, conferirá competitividade à operacionalizar os reembolsos de forma prestações de serviços? Artº 5º nº 2 - foram prestados, bem como, se aplicável,
economia porque haverá um aligeira- a eliminar deste processo todos os incon- O fornecimento de energia eléctrica, a data em que foram efectuados pagamen-
mento dos custos pelo menos na parte venientes burocráticos, pois a economia gás e água são considerados trans- tos antecipados; Redacção em língua portu-
que é justificada pela distorção que tem necessidades e os empresários têm missão de mercadorias. guesa; A data da emissão; A identificação do
o actual Imposto de Consumo intro- tempos a observar na tomada de decisões. Quais os documentos que são consi- sistema informático utilizado para a emis-
duz no circuito económico. Ao Imposto sobre o Valor Acrescen- derados facturas ou documentos equi- são da factura ou documento equivalente,
Todavia, é importante realçar que tado são apontadas duas grandes desvan- valentes a facturas? Artº 3º nº 2 + Artº bem como sempre que aplicável, o respec-
há um conjunto de elementos que tagens: o elevado custo de cumprimento 4º alínea d) + Artº 7º nº 1 - Factura; Fac- tivo número da certificação.
devem estar presentes, quer do lado para os operadores económicos e a regres- tura Genérica; Factura Global; Factura Para todos os adquirentes de mercadorias
dos contribuintes, quer do lado da AGT, sividade do imposto. De facto, o sistema em Formato Electrónico; Factura com ou serviços é obrigatório preencher a factura
para que a economia colha os ganhos do IVA, baseado na emissão de factura expressão em carimbo “pago”; Fac- ou documento equivalente com todos os requi-
da eficiência que o IVA carrega con- e entrega de declarações de liquidação tura/recibo; Venda a dinheiro; Aviso de sitos? Artº 3º Nº 1 - Sim, quer seja uma pes-
sigo. A introdução do IVA, por si só, apresenta uma elevada onerosidade para cobrança; Aviso de cobrança/Recibo; soa singular ou colectiva no exercício da sua
não é garantia de que vamos ter efi- o contribuinte que terá prazos e forma- Recibo; Nota de débito; Nota de crédito; actividade profissional, comercial, industrial
ciência, pois se não houver a obser- lismos específicos a cumprir por forma Despacho aduaneiro; Talão de venda; e civil com ou sem forma comercial.
vância de um conjunto de factores, a garantir toda a cadeia de liquidação e Talão de serviços. Que formas existem para emitir as fac-
por um lado, poderá levar a que o dedução do imposto, sendo penalizado Quais os documentos que não são turas ou documentos equivalentes? Artº 8º
IVA tenha um efeito perverso para a em caso de não cumprimento. considerados facturas ou documen- + Artº 12º - Existem duas formas. Através de
economia, como é o caso da inflação. No que respeita à regressividade, a ver- tos equivalentes a facturas? Artº 3º programas informáticos certificados nos ter-
São vários, que desde logo nos farão dade é que, ao tributar na mesma percenta- nº4- A factura pró-forma; A nota de mos do DP 312/18 ou em papel cuja impres-
perceber a importância que trará a gem todos os bens e serviços, o IVA torna-se preço; A nota de encomenda; A nota são só pode ser efectuada por tipografias ou
entrada em vigor do IVA, desde logo o mais oneroso para as camadas da popula- de remessa; O orçamento de venda e gráficas devidamente autorizadas pela AGT
cumprimento do tempo para entrega do ção com menores rendimentos, uma vez de serviços; O borderaux bancário; (Administração Geral Tributária) de acordo
comprovativo de liquidação do IVA por que assumirá uma maior preponderância A guia de remessa ou de transporte; com o Decreto Executivo 73/19.
parte das empresas por forma a garan- face ao rendimento das mesmas. Este efeito Qualquer outro documento emitido Quem está obrigado a utilizar os progra-
tir que a AGT faça a validação dos dados regressivo pode ser atenuado pela aplica- não previsto no DP 292/18. mas informáticos para a emissão de factu-
a tempo e daí permitir que as empresas ção de taxas reduzidas ou de isenções nos Quando se emitem facturas ou docu- ras ou documentos equivalentes?Artº 8º nº
que tenham o IVA a recuperar possam sectores considerados de primeira necessi- mentos equivalentes quais os elementos 1 - Os agentes económicos com um volume de
receber da AGT os reembolsos que são dade, como é o exemplo dos sectores Agrí- que têm de constar obrigatoriamente? negócios igual ou superior ao montante equi-
críticos para o financiamento das suas cola, Social, Saúde e Educação. Nº 1 do Artº 11º - Dados de quem emite valente em akz a usd 250.000 devem emitir
operações. Acredito que as empresas Embora não seja intuitivo, e ao contrá- a factura ou documento equivalente: facturas ou documentos equivalentes atra-
vão cumprir por duas razões: rio da maioria dos impostos, a verdade é Nome, firma ou denominação social; vés de programas informáticos certificados
1) Porque são mais organizadas e; que, o facto de uma operação ser isenta de Número de Identificação Fiscal; Sede nos termos do Decreto Presidencial 312/18.
2) Porque as penalidades pelo não IVA não traz necessariamente um bene- ou domicílio. Dados de quem adquire O que é o volume de negócios?Artº 4º - O
cumprimento do tempo de entrega das fício para o operador. Isto porque, reali- as mercadorias ou os serviços: Nome, Volume de Negócios corresponde ao total dos
declarações ou dos ficheiros vão fun- zando operações isentas, o operador não firma ou denominação social; Número proveitos de um determinado ano.
cionar como um incentivo para o seu poderá deduzir o IVA suportado a mon- de Identificação Fiscal; Sede ou domi- Como se calcula o volume de negócios?
cumprimento. tante, valor este que incorporará os seus cílio. Numeração sequencial e crono- Artº 8º nº 2 + nº 3 - É apurado com base na
Um outro factor a ter em conta custos operacionais e de investimento. lógica por tipo de documento e anos declaração de rendimentos referente ao exer-
será a capacidade financeira e admi- Ainda assim, importa considerar que económicos, podendo ser utilizadas cício fiscal anterior aplicando a taxa de câm-
nistrativa da AGT para operacionali- o aumento da carga fiscal que o IVA irá uma ou mais séries devidamente iden- bio média anual do Banco Nacional de Angola.
zar os reembolsos do IVA a recuperar gerar será atenuado, pelo menos no médio tificadas; Discriminação dos bens ou Mas, quando o período de apuramento coin-
pelas empresas. É necessário que a e longo prazo, por um ajustamento dos pre- serviços prestados, com indicação das cida com o do início da actividade, o volume
AGT tenha sempre disponíveis fun- ços dos consumos intermédios que deixa quantidades ou unidades de referên- de negócio corresponde ao que consta da res-
dos para devolver aos contribuintes rão de estar influenciado pelo efeito cumu- cia, devendo as embalagens não tran- pectiva declaração de início de actividade.
que apurem um crédito na liquidação lativo do imposto do consumo. saccionáveis ser objecto de indicação Quem pode emitir facturas ou documen-
do IVA. Porquê? Porque, um atraso ou Em suma, avizinham-se tempos de separada e com menção expressa de tos equivalentes em papel?
incapacidade de reembolso por parte mudança no paradigma da tributação do que foi acordada a sua devolução; O Podem os agentes económicos com um
da AGT pode retirar às empresas o cau- consumo em Angola, que obrigarão a que preço unitário e total em moeda nacio- volume de negócios inferior a usd 250.000
dal financeiro de que necessitam para os contribuintes se adaptem à nova reali- nal, salvo as facturas que decorrem do (Artº 12º do RJFDE + Artº 9º do DE 73/19),
darem andamento às suas operações e, dade do IVA. As empresas assumirão efeti- processo de importação ou exportação, solicitando a uma gráfica ou a uma tipogra-
consequente, no limite, podem parali- vamente mais obrigações de cumprimento que estão sujeitas às regras do comér- fia a emissão de facturas ou documentos
sar as suas operações, o que vai abran- e, em troca, beneficiarão de um imposto cio internacional; As taxas de imposto equivalentes nos termos do Decreto Exe-
dar o ritmo económico, advindo daqui mais neutro, mais justo e menos oneroso aplicáveis e o montante de imposto, cutivo 73/19. A impressão destes documen-
todas as consequências que este abran- nas suas relações comerciais. quando devido; O motivo justificativo tos só pode ser efectuada por tipografias ou
damento pode provocar na actividade Passado o período de adaptação, esta- da não liquidação do imposto, quando gráficas devidamente autorizadas pela AGT
económica sob este prisma, o IVA teria mos em crer que Angola poderá comprovar, devido, com indicação da norma legal (Administração Geral Tributária). A AGT
um efeito nulo sobre a economia real. em primeira mão, o motivo do incontestá- que o fundamente; A data e o local em divulga trimestralmente as autorizações
Haverá ainda necessidade de afi- vel sucesso do IVA à volta do globo. que os bens foram colocados à dispo- concedidas e as revogações de autorizações.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
DESTAQUE 11

ADILSON SEQUEIRA DIRECTOR DOS SERVIÇOS DO IVA DA AGT

“Precisamos de esclarecer este


monstro que tentam construir”
EDIÇÕES NOVEMBRO

Desde terça-feira, 1 de Outubro, o aqui que se previu a substituição


código de Imposto sobre o Valor deste por um imposto sem o efeito
Acrescentado (IVA) aplica-se com cascata e ajustada a realidade eco-
carácter obrigatório a todos os nómica angolana.
sujeitos passivos de cadastrados
na Repartição Fiscal dos Gran- A realidade económica angolana foi
des Contribuintes, assim como estudada cuidadosamente e o que
nas importações de bens. Vale quer dizer com “efeito cascata”?
lembrar que este é um processo Houve sim vários estudos. A admi-
gradual que se vai concluir até nistração fiscal não olhou para
Janeiro de 2021, o que quer dizer esse assunto de forma superficial.
que pouco a pouco o IVA vai se Viajamos para vários países como
consolidando na economia nacio- Uganda África do Sul, Portugal,
nal de uma forma muito mais Moçambique, Cabo Verde, ou seja
consistente. O actual contexto foi_se ver várias realidades e tam-
da economia nacional marcado bém pedimos apoio dos organis-
por uma recessão económica, a mos internacionais como o FMI, o
crise de petróleo nos mercados Banco Mundial, para que envias-
internacionais, a falta de divisas sem especialistas em Angola a fim
que está a minguar a iniciativas de trabalharem com o grupo téc-
das empresas de um modo muito nico. O objectivo não foi ir buscar
impactante. Este cenário acon- uma cópia de um outro país, mas
selhou o Estado a lançar mãos a sim aquilo que eramn as melhores
um novo imposto. práticas internacionais e adaptá-
los à realidade angolana.
Tendo em Conta que este processo foi
estudado com base nas experiências Acha que a adpatçaõ é perfeita e que
de outras economias, não estamos a economia vai reagir positivamente?
aqui perante uma cópia pura e sim- Assumimos que este diploma está
ples para aplicar na nossa economia adaptado a realidadeangolana. A
ou estamos a vir atrás do prejuízo, questão é muito mais com o des-
tendo em conta qu estamos perante conhecimento e com a intenção
a recuperação de um imposto que daqueles que não querem enten-
é tradicional e que peca por chegar der os trâmites da lei.
tarde na economia angolana? onde estará o mercado informal, se saiba o que está a se passar no
Precisamos de facto esclarecer Está a dizer existir grupos aos quais sendo vendedores ambulantes, mercado: Há preços a se manter;
este misticiscmo ou este mons- não interessa a implementação do IVA? camponeses etc etc. Quem fac- há também redução de preços e
tro que tentam construir relati- Sim. O que acontece é que o IVA tura acima disso já não se trata há, por um lado, aumento de preço
vamente ao IVA. É objectivo da vem combater a fraude e a eva- QUEM TEM VALOR de mercado informal, mas de derivado da implmentação do IVA
AGT desconstruir aqueles que são fiscal. também visa reduzir sonegação de impostos, fuga ao e um outro que é reultante de acção
tendem a mostrar ser o IVA uma o mercado informal e transporta- IGUAL OU INFERIOR fisco. Há ainda o Regime Transi- especulativa dos agentes.
realidade que não valha a pena -lo para o formal, pois uma das tório que só vai operar a partir 1
ter. Devemos perguntar-nos se formas é a exigência rigorosa da A 63 MILHÕES DE de Outubro deste ano até 31 de Quem então deve manter ou não os
dos mais de 190 países do mundo emissão de facturas. Janeiro de 2020. O período tran- preços actuais?
160 têm o IVA, porquê Angola não KWANZAS ESTÁ sitório servirá para as empre- Todas aquelas empresas que
o ter, se as grandes economias o Como é que o Estado vai transpor- sas adaptarem-se e scolherem se não aderiram ao Regime Geral
tenhem? Desde logo, é possível já tar o mercado informal para o for- NO REGIME DE estão prontas ou não para enca- devem manter os memos preços.
ver-se alguma vantagem qu estes mal mediante o IVA? rar a realidade do Regime Geral. Não há motivos destas aumentar
países utilizam não só na receita Importa focar essa questão nos NÃO SUJEIÇÃO, os preços, poquanto o seu pro-
propriamente, mas acima de tudo tr~es regimes do IVA, pois são Afinal, a quem se aplica o IVA por duto já em stock não sujeitou-
uma realidade mais justa e eficaz estes a permitir que haja tal trans- OU SEJA, NÃO LHE obrigatoriedade? -se a cobrança do IVA . Há ainda
em relação ao IVA. Foi com base porte. vale dizer mesmo que o Aplica-se o código de IVA aos outros que devem reduzir os pre-
nessa realidade que o grupo téc- grande problema do IVA está na É APLICADO O Grandes Contribuintes registados ços, com realce para o sector da
nico estudou várias realidades. É sua má interpretação. Os regimes naquela Repartição e que entram restauração, onde o Imposto de
importante lembrar que a inten- são o Geral, que é o aplicado aos CÓDIGO DE IVA no Regime Geral de forma obri- Consumo vinha incluido na fac-
ção do Governo aplicar o IVA já cadastrados na Repartição Fis- gatória. Também a todos aque- tura até 10 por cento. Por estes
vem com a reforma fiscal iniciada cval dos Grandes Contribuintes les que não o sendo, mas tenham dias, há ainda quem cobre e na
em 2011. Nessa altura já se previu onde estão inscritos 389 empre- uma facturação acima do valor factura venha o IC, o que é errado.
a bustituição do Imposto de Con- sas e que estão prontos e aptos de 63 milhões de kwanzas, que Também é importante dizer que
sumo (IC) por outro do tipo IVA. para a cobrança do novo imposto são as do Regime Transitório. num prato de kz 2.200, por exem-
nesse arranque. Colocou.-se, toda- Em termos de números só para plo, com IC incluído, e o cidadão
Porquê arrastou-se até agora? via, um outro regime, mas p+ara referenciar, fora dos Grandes pagava kz 2.420. O que deve ocor-
No diploma da Reforma Tributá- tal definiu-se um linear, que é o Contribuintes 1480 empresas já rer, neste momento, é que tirado
ria haviam três momentos que volume de negócios ou de impor- aderiram ao Regime Geral, mas o IC, o preço deveria reduzir ou
tinham de ser respeitados para tações anuais. Colocou-se uma trata-se de uma adesão volun- no mínimo manter e nunca subir.
que se pudesse implementar o IVA. baliza sobre quem vai estar no tária, uma vez que a Lei não as
Em primeiro para um curto prazo, regime de IVA para cobra-lo e obriga. Ou seja, são de momento Pode-se dizer que o Estado não está
onde tinha de ser fazer um estudo quem não deverá estar.A referên- 1.869 empresas ou agentes eco- preparado para reprmir ou contra-
e procurar mudar a legislação cia então foi a taxa de câmbio de nómicos aptos para cobrar o IVA. por estas iniciativas de empresários
vigente que era desde a época colo- venda do BNA do ano passado, desonestos?
nial. Fizeram-se várias alterações através do qual se definiu que o Mas o que está a acontecer, neste Isso é uma situação que se começa
ao nível dos impostos. incluindo o volume de negócios ou de impor- momento, é que mesmo quem não a verificar agora, mas também
próprio Imposto de Consumo (IC). A tações anuais deu uma média de está apto cobra o IVA e está a mexer fomos alertados ao menos pelas
segunda parte era no médio prazo, 63 milhões de kwanzas. A partir nos preços... autoridades de outros países que
na qual se procurou melhorar o IC daqui, fixou-se que quem tem valor Exactamente. Olhando na ques- tudo isso haveria de acontecer.
já em conjugação comas linhas igual ou inferior a aquele fica no tão dos preços devemos explicar * Entrevista extraída da TPA a
gerais da Reforma Tributária. Foi Regime de Não Sujeição. E aqui é sob quatro (4) prismas para que 1 de Outubro de 2019
12
FINANÇAS
Economia & Finanças

Kwanza “espreita” trocas


electrónicas da SADC
Banco Nacional de Angola deverá introduzir a moeda local nas transacções efectuadas por via de
dispositivos electrónicos como cartões de crédito e débito a nível da região para dar peso nas operações

O
FOTOS: VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO

}
Banco Nacio-
nal de Angola
( BNA ) deverá
desenhar uma O QUE ESPERAMOS
estratégia de no
curto e médio DOS NOSSOS
prazos colocar
o kwanza - a moeda nacional - UTILIZADORES,
entre as que são transacciona-
das no sistema electrónico de INCLUINDO ANGOLA,
pagamentos da região Austral.
Esta posição ficou vincada
Andrew Mugari
É QUE TRABALHEM
no recente encontro dos bancos
centrais da SADC, que Luanda Presidente do PSMB na SADC
NO SENTIDO DE
acolheu e cujo encerramento
decorreu ontem no Centro de COMEÇAREM A
Convenções de Talatona. lana, Mugari referiu que a pre-
No encontro de Luanda, o tensão do órgão é transformar a UTILIZAR O SISTEMA
presidente do Órgão de Admi- SADC, constituído por 16 Esta-
nistração do Regime de Pagamen- dos-membros, “num único” país
tos (PSMB, na sigla inglesa) da no sentido de que o sistema de
SADC, o zimbabueano Andrew pagamentos seja uniforme.
Mugari, citado pela Lusa, refe- “Para que o sistema de paga-

16
riu que o kwanza, moeda ango- mento seja feito em tempo real e centrais desta comunidade, num viu ainda para a apresentação
lana, ainda não foi inserido no algum cliente que queira fazer horizonte temporal de um ano de propostas para a solução dos
Sistema Integrado de Liqui- pagamento entre países seja com periodicidade anual. diversos constrangimentos que
dação Eletrónica (RGTS, na feito no mesmo dia”, referiu, O mesmo analisa e trata de o referido sistema dispõe.
sigla inglesa) da comunidade, explicando que o banco central assuntos relacionados com o ESTADOS-MEMBRO A inclusão financeira a nível
vigente desde Junho de 2013, sul-africano é a unidade inter- funcionamento, desafios, cons- de África é um dos temas que
cuja moeda de referência atual mediária para esse processo. trangimentos e oportunidades São os que integram a Região anima este encontro que con-
é o rand sul-africano. Além do rand, o órgão espera do Sistema de Liquidação Regio- Austral SADC e cujos bancos grega, em Luanda, especialis-
“O que esperamos dos nossos igualmente que todas as moedas nal, incluindo as perspectivas de centrais reuniram em Luanda. tas de diversos bancos africanos
utilizadores, incluindo Angola, da região sejam incluídas na pla- desenvolvimento de cada Estado. que decorreu sob os auspícios do
é que trabalhem no sentido de taforma e pretende incluir tam- O encontro trouxe, conforme Banco Nacional de Angola (BNA).
começarem a utilizar o sistema bém o dólar norte-americano perspectivado pela organização, Dados avançados ontem dão

6
e que orientem os bancos comer- no sistema, uma pretensão, no entre outros, os benefícios da conta que os bancos do Sistema
ciais para que, havendo necessi- entanto, condicionada pelos “rígi- criação de networking pelos uti- Integrado de Liquidação Elec-
dade de algum cliente transferir dos critérios” da Reserva Fede- lizadores, especialistas e respon- trónica (RTGS) da Comunidade
valores de Angola para qualquer ral norte-americana. sáveis dos sistemas de pagamento de Desenvolvimento da África
país da região, poderá fazê-lo no dos distintos bancos centrais e ANOS Austral (SADC) realizaram, de
mesmo dia”, afirmou hoje aos Encontros rotativos comerciais e da abordagem con- Julho de 2013 ao mesmo mês
jornalistas, em Luanda. Ao que constou, os encontros de junta sobre os desafios actuais É o tempo que já leva a Órgão do ano curso, 1,5 milhões de
À margem de uma conferên- Utilizadores do Sistema de Liqui- impostos pelo desenvolvimento de Administração do Regime transacções, cifradas em seis
cia sobre o RGTS, que decorre dação Regional da SADC são reali- tecnológico, e da globalização e de Pagamentos (PSMB). biliões de rands (cerca de 148
até quinta-feira na capital ango- zados rotativamente pelos bancos intensificação dos negócios. Ser- mil milhões de kwanzas).

Bancos assumem
prioridade com
O certame tem como objectivo
destacar a importância da edu-
cação financeira e da protecção
Taxa básica mantém-se nos 15,50%
acções de literacia do investidor, ao mesmo tempo
que visa proporcionar oportuni-
EDIÇÕES NOVEMBRO

O Comité de Política Monetária Nacional (IPCN) apresentou uma


dades de aprendizagem de temas do Banco Nacional de Angola variação mensal de 1,44%, ligei-
O BNA e os bancos Standard relacionados com a poupança e o reuniu, recentemente, e na oca- ramente abaixo da registada no
Bank, de Investimento Rural investimento. Para o efeito, orga- sião tomou a decisão de manter mês anterior (1,52) e uma varia-
(BIR), Keve, Angolano de Inves- nizar-se-ão um conjunto de acti- a Taxa BNA em 15,50%. ção homóloga de 17,50%, acima
timento (BAI), de Fomento de vidades tais como distribuição De igual modo, decidiu manter da observada no período anterior
Angola (BFA), Sol, Económico de informação e serviços orienta- inalterada a taxa de juro da Faci- (17,24). A inversão da tendência
e Millennium Atlântico reve- dos para o investidor, palestras, lidade Permanente de Absorção decrescente da inflação homóloga
laram, recentemente, um com- entrevistas públicas, painéis de de Liquidez em 0% e os coeficien- observada em Julho e Agosto, foi
prometimento comm as acções debate, publicação de artigos, tes das Reservas Obrigatórias em influenciada pelo ajustamento
sobre a literacia financeira, para além da exposição de infor- moeda nacional em 17 e 15% em dos preços da classe “Habitação,
no quadro da estratégia de mação e conteúdos de interesse moeda estrangeira. Água, Electricidade e Combustí-
incentivo à poupança. relacionados com o Mercado de Estas decisões foram susten- veis” ocorrido no mês de Julho.
Juntamente com a Rede Valores Mobiliários em Angola. tadas no facto da Base Monetária No entanto, em termos de
de Mediatecas de A ngola, De acordo com a organiza- em moeda nacional, variável opera- classe, a maior variação de pre-
Conselho Nacional de ção, tal evento enquadra-se no cional da política monetária, apre- ços, no mês de Agosto, foi obser-
E s t a bi l id ade F i n a ncei ra âmbito das actividades a serem sentar um sentido de contracção, vada na Saúde (2,39%), justificada,
(CNEF) e a Bodiva, a Comissão realizadas durante a Semana com a perspectiva de manter este essencialmente, pelo aumento
do Mercado de Capitais (CMC) Mundial do Investidor (de 30 curso até ao final do ano. dos preços dos serviços médicos,
realiza, desde ontem até ama- de Setembro a 6 de Outubro de Notou-se que no mês de Agosto, com maior destaque para o custo
Reservas Obrigatórias conservam 17%
nhã, sábado, em Luanda, a Feira 2019). A 31 de Outubro celebra-se o o Índice de Preços no Consumidor da radiografia (4,20).
do Investidor. Dia Mundial da Poupança.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
FINANÇAS 13

A
conta de bens registou,
em Agosto, um saldo BALANÇA DE PAGAMENTOS

Conta de bens regista saldo


de 1,48 mil milhões de
dólares, sendo que o
valor total das expor-
tações foi de 2,55 mil milhões e das

de usd 1,48 mil milhões em Agosto


importações de 1,07 mil milhões.
De acordo com o relatório do
Comité de Política Monetária do
Banco Nacional de Angola, de
igual modo, em Julho, a conta de
bens da balança de pagamento
registou um superávite de 1,42
mil milhões de dólares, sendo EDIÇÕES NOVEMBRO curada e oferecida de divisas, que

}
que o valor das importações foi culminou num aumento significa-
de 1,14 mil milhões e as exporta- tivo da pressão cambial sobre os
ções de 2,56 mil milhões. RESERVAS diversos mercados. Perante este
Nos meses de Julho e Agosto novo regime, em 2018, o kwanza
de 2019, o BNA vendeu ao mer- INTERNACIONAIS depreciou-se em cerca de 46,23 e
cado um montante total de 1,58 47,48% face ao dólar norte-ameri-
mil milhões de dólares, con- BRUTAS (RIB) cano e ao euro, respectivamente,
tra 2,58 mil milhões no mesmo no mercado primário.
período do ano anterior. Em ter- SITUARAM-SE De igual modo, o regime cam-
mos acumulados de 2019, o BNA bial adoptado contribuiu para uma
vendeu 5,88 mil milhões con- EM 15,97 redução significativa do diferen-
tra 9,48 mil milhões do período cial entre os mercados primário
homólogo, o que representou MIL MILHÕES e informal, sendo que este era um
uma diminuição de 61,15%. dos principais objectivos do novo
Quanto as Reservas Inter- DE DÓLARES paradigma cambial, tendo assim o
nacionais Brutas (R IB), os spread em relação ao dólar norte-
dados dão conta de que as mes- Exportações superaram as importações em claro sinal de recuperação interna -americano e ao euro diminuído
mas se situaram em 15,97 mil de 150,62 para 28,26% e de 146,31
milhões de dólares em Agosto, para 27,17%, respectivamente,
representando um grau de estas apresentaram uma ligeira documento, que o rácio de cober- conómicas, no que toca à política no final de Dezembro.
cobertura de importações de volatilidade com a regulariza- tura das importações situou-se cambial, o início de 2018 foi mar- Face aos dados apresentados,
bens e serviços de 7,79 meses. ção dos pendentes cambiais por em 6,62 meses de importações cado pela adopção de um regime na ocasião, os mesmos aponta-
No seu último Relatório & si levados a cabo e a emissão de de bens e serviços, inferior ao cambial flexível com bandas ram para um superávite global
Contas (2018), o BNA fez saber Eurobonds por parte do Governo do ano anterior, no entanto, administradas no início do ano. (compromisso) de kz 150,6 mil
que as Reservas Internacionais angolano que arrecadara 3,5 mil continuando acima da meta de O principal objectivo desta alte- milhões em 2018 (correspon-
Brutas haviam registado uma milhões e do desembolso de parte convergência da Sadc, fixada ração prendeu-se com a necessi- dente a 0,52% do PIB), enquanto
diminuição de 11,29%, atingindo do financiamento negociado com em 6 meses de importações. dade de eliminar o desequilíbrio se projectava um défice de 804,7
16,1 mil milhões, porém também o FMI. Naquela altura, consta do No âmbito das políticas macroe- existente entre a quantidade pro- mil milhões (3,4% do PIB).

PUBLICIDADE

(700.052A)
14 PUBLICIDADE Economia & Finanças

(700,084)
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
MERCADOS 15

EMPREENDEDORISMO
COLUNA DO MINEIRO

Os empreendedores
DR

e o subsector de diamantes

Q
uando pensa- uma família judia, com origem
mos no subsector em Hamburgo, Alemanha, que
dos diamantes e estabeleceu uma dinastia ban-
procuramos com- cária na Europa.
preender quem são Prosperou no fim do século
os verdadeiros empreendedo- XVIII, e chegou a ultrapassar
res que estão por detrás da as mais poderosas famílias
sua génese, a sua história se bancárias rivais da época,
confunde com corporações, como a famí lia Baring e a
famílias e bancos. família Berenberg.
Em verdade, ao olharmos Acredita-se que quando a
para corporações, nos tempos família estava no seu auge, no
Transacções do Brent rendem mais em Agosto deste ano em relação a 2018 modernos, pensamos indubita- século XIX, possuía a maior for-
velmente na gigante diaman- tuna privada no mundo — assim Sebastião Panzo
Director da Bumbar Mining
tífera De Beers. como a mais larga fortuna da
Venda de petróleo arrecada Com efeito, a De Beers é, Idade Moderna. Acredita-se que a

}
efectivamente, um conglome- fortuna subsequentemente dimi-
392,5 mil milhões de kwanzas rado de empresas envolvidas
na exploração mineira e no
nuiu, pois foi dividida entre cen-
tenas de descendentes. QUANDO NÃO SÓ
comércio de diamantes. Hoje, os negócios da família
Foram exportados 38,9 milhões de barris A empresa está activa em Rothschild estão numa escala PENSAMOS NO
todas as categorias da indús- muito menor que no século XIX,
ao preço médio de 54,16 dólares em Agosto tria de exploração de dia- embora estejam envolvidos em SUBSECTOR DOS
mantes: na exploração de diversos campos, incluindo:
kimberlitos, a céu aberto, no mineração, bancos, energia, DIAMANTES, MAS
subsolo em larga escala no agricultura mista, vinho e ins-
PROCURAMOS
}

aproveitamento de aluviões, tituições de caridade.


Isaque Lourenço no mar profundo ou em encos- Entretanto, referímos tam-
EM IMPOSTOS tas. As principais regiões de bém que, em 1927, começou a lide- ENTRAR NA
As exportações de 38,9 milhões exploração mineira da De Beers rar a De Beers o empreendedor
de barris de petróleo ao preço SOBRE estão fundamentalmente no Ernest Oppenheimer (Friedberg, SUA HISTÓRIA
médio de 54,16 dólares rende- Botswana, Namíbia, África 22 de maio de 1880 — Joanes-
ram a Angola, em Agosto, uma O RENDIMENTO do Sul e Canadá. burgo, 25 de novembro de 1957) ENCONTRAMOS
receita de 392,5 mil milhões Entretanto, a sua origem que foi um empresário de origem
de kwanzas. DE PETRÓLEO (IRP) envolve famílias e conglome- alemã que construiu na África INVARIAVELMENTE
Conforme o relatório que o rados mineiros. do Sul um império baseado na
Ministério das Finanças divul- COLECTOU-SE, A companhia foi fundada exploração mineira (diaman- HISTÓRIA DE
gou na sua página de internet, o por Cecil R hodes, que foi tes e ouro) e na sua comerciali-
bloco 17 com 11,2 milhões de barrís AO TODO, financiado por Alfred Beit e a zação a nível mundial. CORPORAÇÕES,
e preço médio de 66 dólares con- Rothschild. Em 1927, Ernest Ernest Oppenheimer foi o
tribuiu com 188,3 mil milhões de 89,8 MIL MILHÕES Oppenheimer, um imigrante quinto filho de uma família FAMÍLIAS E BANCOS
kwanzas no total da receita, sendo alemão na Grã-Bretanha, que judaica de Friedberg, no estado
que 35,8 mil milhões de kwanzas DE KWANZAS já havia fundado a gigante da alemão de Hessen. O pai era
foram registados como Imposto mineração Anglo American comerciante de tabaco.
sobre Rendimento de Petróleo plc com o financista ameri- Em 1896 (com dezesseis anos)
(IRP) e 152, 4 mil milhões para a quais 71,3 mil milhões foram da cano J. P. Morgan, assumiu é enviado para Londres, onde
Concessionária. Estes números Concessionária e 29,5 mil milhões a companhia. terá um emprego como aprendiz
reforçam os indicadores de ser resultantes dos Impostos sobre Aqui entramos pelo inte- numa joalharia. O seu patrão cha-
o bloco 17 o que mais produz e o Rendimento de Petróleo (IRP), ressante mundo de homens mava-se Anton Dinkelsbuhler.
contribui para as contas do sec- conforme dados do Minfin que se que, verdadeiramente, revo- Seis anos depois, em 1902,
tor petrolífero nacional. socorre às informações disponi- lucionaram o que conhece- Anton Dinkelsbuhler envia o
A publicação do Minfin faz bilizadas junto da Administração mos hoje como o subsector seu empregado para a África
saber que em Impostos sobre o Geral Tributária (AGT). dos diamantes. do Sul. Oppenheimer vai ser o
Rendimento de Petróleo (IRP) Compartivamente ao período Neste sentido, comecemos seu representante em Kimber-
colectou-se, ao todo, 89,8 mil homólogo, em Agosto do ano por Cecil Rhodes. Ele nasceu ley, uma cidade que se tornara
milhões de kwanzas. passado (2018), o Ministério Cecil John Rhodes (Bishop’s um centro de produção de dia-
No quadro dos três maiores das Finanças fez publicar uma Stortford, Hertfordshire, 5 mantes desde 1871, ano das pri-
blocos de produção petrolífero, receita petrolífera de 314 mil de julho de 1853 — Muizen- meiras descobertas.
em termos de receita, surge ainda milhões de kwanzas, da qual berg, 26 de março de 1902) A 25 de Setembro de 1916,
o bloco 15, que em Agosto, posi- 214,3 mil milhões foram da Con- foi um colonizador e homem Oppenheimer faz registar uma
cionou-se com uma arrecadação cessionária e 74,1 mil milhões do de negócios britânico. nova sociedade, tendo como
de 74,2 mil milhões de kwanzas IRP. Na ocasião, foram exporta- Rhodes foi também um per- sócio um investidor americano.
a um preço médio de venda do dos 43,2 milhões de barrís e o sonagem essencial no projecto A empresa chama-se Anglo-
barril de 64,29 dólares. A refe- preço médio foi de 72,19 dólares. britânico de construção do -American Corporation. Será
rida receita derivou de 10,8 mil O bloco 17 destacou-se também caminho de ferro que ligaria uma das empresas concessio-
milhões em IRP e 63,3 mil milhões com 151,3 mil milhões de kwan- o Cairo, no Egipto, ao Cabo, na nárias mineiras mais ricas do
em receitas da Concessionária. zas em receita, de onde 129,7 mil África do Sul, nunca realizado. mundo. O investidor americano
O bloco 31 seguiu-se com milhões foram de Concessionária, Nascido no condado de é o banco J.P. Morgan.
50,1 mil milhões de kwanzas 21,5 mil milhões de IRP, de uma Hertfordshire,Cecil foi o quinto Como se vê, quando não só
de receita total, dos quais 46 venda de 15,4 milhões de barrís filho do reverendo Francis pensamos no subsector dos dia-
mil milhões são de Concessio- ao preço médio de 73,56 dólares. William Rhodes (1807–1878) e mantes, mas procuramos entrar
nária e 4,1 mil milhões de IRP. Nos mercados internacio- da sua segunda mulher, Louisa na sua história encontramos
Comparativamente ao mês de nais, ontem, o preço do barril Peacock Rhodes (1816–1873). invariavelmente história de
Julho, haviam sido exportados, no de petróleo Brenet estava a sert Teve onze irmãos, entre eles corporações, famílias e bancos,
período, 41,8 milhões de barrís, transaccionado em Londres ao duas mulheres. foi o que descobri a integrar o
tendo resulatdo daí uma receita preço de 57,69 dólares. A varia- Como referimos, para fun- subsector em 2003 como téc-
de 297 mil milhões de kwanzas. ção negativa foi de 2,08 po cento dar a De Beers Cecil Rhodes nico de comunicação institui-
O bloco 17 com 13,3 milhões de depois de uma queda de 1,20 em contou, entre outros, com o ção e, posteriormente director
barris, exportados ao preço médio relação ao dia anterior. financiamento dos Rothschild. na ENDIAMA E.P, desde então
de 65,93 dólares, consolidara uma Os operadores querem um A família Rothschild é me tem fascinado.
receita de 100,9 mil milhões, dos preço estável nos 60 dólares.
16
ENTREVISTA
Economia & Finanças

RAQUEL VAZ PINTO INVESTIGADORA E PROFESSORA DO INSTITUTO PORTUGUÊS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA (IPRI-NOVA)

“A China sente África


como importante parceira”
A investigadora em Estudos Asiáticos na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas
da Universidade Nova de Lisboa vê uma política externa chinesa mais sustentada em 40 anos

CEDIDA

dos da Europa central e oriental) e


Mateus Cavumbo

E
as relações bilaterais. Todos estes
esforços diplomáticos e comer-
sta semana, a ciais têm levado a algumas crí-
China completou ticas da UE face à China: a ideia
70 anos do triunfo que a China tenta “minar” a mul-
dos comunistas. O tilateral UE através da aposta em
país está radical- relações bilaterais e em particu-
mente diferente: lar com alguns Estados-membros
é uma potência como a Hungria.
mundial de primeira grandeza
e aspira chegar ao topo da eco- Como encara a relação entre a China
nomia global. O seu “milagre e África?
económico”, único na história, É uma relação crucial para ambos
foi iniciado pelo ex-líder comu- e que se irá fortalecer. É do ponto
nista, Deng Xiaoping e conti- de vista internacional o conti-
nuado pelo actual presidente Xi nente onde a China faz a dife-
Jinping, tendo implementado uma rença. Em paralelo, há talvez
série de reformas económicas, uma maior necessidade de reco-
centradas na agricultura, num nhecer que o continente africano,
ambiente liberal para o sector pri- tal como todos os outros, é hetero-
vado, na modernização da indús- géneo e cada país tem o seu pró-
tria e na abertura da China para prio contexto. Esse parece-me ser
o comércio exterior. o principal desafio. Há também
A propósito, o Jornal de Eco- uma dimensão importante que
nomia & Finanças conversou está relacionada com a aposta na
com a investigadora Raquel Vaz sociedade civil e na iniciativa pri-
Pinto sobre o posicionamento vada nos vários países africanos
chinês no mundo. que permita reduzir a assimetria
que, neste momento, caracteriza
O sonho chinês contribuiu para o a relação entre a China e África.
renascimento da Nação chinesa e
deu esperanças a países parceiros? Há uma maior necessidade de se for-
A resposta a esta pergunta talecer as infra-estruturas no conti-
depende dos países e em parti- nente africano...
cular das suas elites. É inteiramente verdade. Não
O “sonho chinês” do Presi- só as infra-estruturas como tam-
dente Xi Jinping, sem dúvida, bém maior conectividade das suas
tem contribuído para o reforço populações e empresas. Em para-
interno da sua autoridade. No lelo, há também margem de mano-
entanto, a nível externo é notó- bra por parte dos países africanos
ria a dificuldade de fazer com em relação a outros investidores.
que os projectos chineses benefi- A estratégia diz-nos como regra
ciem os seus parceiros de forma que “nunca é bom pôr os ovos
sustentável. A título de exemplo, todos no mesmo cesto”.
podemos destacar o Sri Lanka no
continente asiático ou a desin- A concretizar o desejo de o presi-
dustrialização do Brasil. estas componentes enriquecem continente e cada vez maior resis- dente Xi Jinping sobre a Iniciativa da
os recursos de um país e em par- tência vinda da Europa e da Ásia. Faixa ou Cinturão lançada em 2013,
Já é muito consistente a política ticular a qualidade da sua diplo- A Europa e, sobretudo, a União o seu programa económico vincará
externa chinesa? macia. Não tem sido um caminho Europeia (UE) depois de uma onda ainda mais?
A política externa chinesa encon- linear, mas sem dúvida que 40 HÁ TALVEZ MAIOR de grandes compras chinesas no Este mega-projecto visa relan-
tra-se a um nível cada vez mais anos depois de Deng Xiaoping ter sector tecnológico acabaram por çar a China enquanto protago-
sofisticado no que toca à com- aberto a economia da China ao APOSTA CHINESA “acordar” em relação a dois pon- nista da sociedade internacional
preensão das várias regiões e das mundo, há uma política externa tos muito relevantes na relação excluindo de forma explicita os
suas especificidades e mesmo em mais sustentada. NO CONTINENTE com a China: a reciprocidade de EUA e com uma Rússia a meia-
relação aos vários países que com- acesso a mercados (empresas -haste. No que toca à cooperação
põem uma determinada região. Nessa fase, acredita que o reforço AFRICANO E europeus poderem aceder a sec- entre a China e o seu continente,
Por exemplo, na Europa há a capa- da cooperação com a Ásia, Europa e tores da economia chinesa tal vejo muitas dificuldades de con-
cidade de compreender as expec- África será mais notória e mais con- CADA VEZ MAIOR como as empresas chinesas têm cretização. Há várias dimensões
tativas diferentes de países como sentânea? acesso aos sectores europeus) e problemáticas. Desde logo, a inse-
a Alemanha ou a República Checa. Tendo em conta a alguns acon- RESISTÊNCIA VINDA também a questão dos subsídios gurança e os conflitos latentes ou
Em paralelo, também é de tecimentos recentes, penso que estatais (directos ou indirectos) em curso em alguns territórios
realçar a crescente habilitação não como um todo. A África tem DA EUROPA E DA que desvirtuam as regras de con- por onde passa a Nova Rota da
dos diplomatas e políticos chine- sido o continente mais favorável corrência. Do lado chinês, foram Seda. E há também resistência de
ses com estudos em universida- ao investimento chinês. Há tal- ÁSIA intensificados os esforços “regio- outros países como a Índia que se
des dos EUA de excelência. Todas vez maior aposta chinesa neste nais” como a Iniciativa 16+1 (Esta- sente “cercada” pelas iniciativas
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
ENTREVISTA 17

}
A RELAÇÃO ENTRE PERFIL
A CHINA E A ÍNDIA
Raquel Vaz Pinto é
É MUITO COMPLEXA investigadora e professora
do Instituto Português de
E DE UMA ENORME Relações Internacionais da
Universidade Nova de Lisboa
RIVALIDADE (IPRI-NOVA).
Foi presidente da Associação
Portuguesa de Ciência Política
de 2012 a 2016.
É natural de Luanda, nascida
em 1973.
Fez o doutoramento em
Ciência Política. O seu sonho
é que haja a igualdade formal
e de facto entre homens e
mulheres no mundo; Maior
e melhor discussão das
questões internacionais na
chinesas. A relação entre a China sociedade portuguesa e que o
e a Índia é muito complexa e de Benfica seja vencedor da Liga
uma enorme rivalidade. Basta dos Campeões.
pensarmos por exemplo na ami- Os seus artigos têm sido
zade da China com o Paquistão publicados no Brazilian Journal
e a questão territorial de Cache- of International Politics e The
mira. É esta rivalidade entre American Interest online, entre
os dois países mais populosos outros.
do mundo a grande razão que É autora de «A Grande Muralha
explica a relação de maior pro- e o Legado de Tiananmen, a
ximidade entre a Índia e o Japão. China e os Direitos Humanos»
No fundo, o sucesso desta ini- (Tinta-da-china, 2010), «Os
ciativa que tem um cariz estra- portugueses e o mundo»
tégico também depende de como (Fundação Francisco Manuel
os “outros” se irão posicionar. dos Santos, 2014) e editou
Não só os EUA, a Índia, mas em 2016 pela Tinta-da-china
também a Rússia, a Alemanha, «Administração Hillary» (com
a Turquia, entre outros. Bernardo Pires de Lima) e «Para
lá do relvado, o que podemos
aprender com o futebol».
Os seus interesses de
investigação são política
externa e estratégia chinesa;
NOVOS ACTORES PODEM DOMINAR MERCADO DO MÉDIO ORIENTE grande estratégia EUA e a Ásia-
Pacífico; religião em relações
Promover a construção da Faixa e Havia já uma estratégia inteligente Penso que a médio e longo prazo e, por isso, o diferendo parece-me internacionais; os portugueses
Rota é apenas a necessidade da China fruto da participação dos chineses não é possível, mas também até agora insanável. e o mundo e o futebol e as
se expandir ou de aprofundar a sua em projectos emblemáticos, como temos que ter em conta a polí- relações internacionais.
abertura ao exterior? o Caminho de Ferro na Tânzania e a tica externa dos EUA. Até que ponto as empresas chine- Actualmente, lecciona a
Diria que são as duas. Em cer- ligação da Zâmbia ao porto de Dar- A China tem conseguido com- sas vão dominar ou conquistar novos disciplina de Estudos Asiáticos
tas áreas como por exemplo -es-Salam? prar o petróleo saudita e devido mercados? na Faculdade de Ciências
a Ásia Central prevalece cla- Sem dúvida. E esses prece- às sanções ao Irão ser o seu prin- A resposta a esta pergunta não Sociais e Humanas da
ramente a primeira. A preva- dentes foram importantes para o cipal parceiro comercial, mas se o é fácil, pois depende de muitas Universidade Nova de Lisboa.
lência da segunda depende da reavivar da relação da China com compromisso dos EUA no Médio variáveis. Há pelo menos alguns Na sequência do
força do parceiro ou do sector o continente africano. Acresce Oriente continuar a ser cada vez sectores nos quais a China tem desenvolvimento da Área
envolvido. Quanto mais forte que com a necessidade de maté- menor então esse espaço terá que vindo a apostar: a tecnologia 5G, das Ciências Humanas e
melhor será a capacidade de rias-primas de vária índole para ser ocupado por outra potência a inteligência artificial, os pai- Sociais, então já existente na
entrar na economia chinesa. o crescimento da economia chi- capaz de manter a ordem regional. néis solares/energias limpas e Universidade NOVA de Lisboa,
nesa esses laços foram reforçados E fazer isso implica tomar deci- os carros eléctricos. criou-se a NOVA FCSH.
Os produtos chineses estarão mais e alargados. Aos olhos da China, sões e fazer escolhas. Não é pos- Estes são claramente quatro mer- Os protagonistas foram
liberais devido à provável abertura o continente africano é muito sível continuar a agradar gregos cados que a China quer liderar um grupo de docentes e
da rota comercial? importante e, por isso mesmo, há e troianos no Médio Oriente. ou pelo menos ter uma palavra investigadores, figuras de
Vai depender sempre dos sec- sempre a preocupação de manter muito forte a dizer. referência no panorama
tores ou dos produtos em ques- essas boas relações. Não há com- A entrada da China na Organização cultural e científico
tão. Diria que não se esses não paração por exemplo com os EUA Mundial do Comércio (OMC) em 2001 A crise financeira de 2008 abalou as nacional, com provas dadas
forem de relevância estratégica, que não têm conseguido desen- ajudou a expansão dos seus negócios? grandes economias, mas nos pareceu nas respetivas áreas do
ou seja, se forem considerados volver uma relação normalizada Sem dúvida que sim. Foi um fac- que a China resistiu a hecatombe... conhecimento. A NOVA FCSH
importantes para a reafirmação com o continente. tor importante de credibilidade, A crise financeira abalou clara- visa apoiar estudantes e
da República Popular da China mas devido em especial aos sub- mente as economias mais desen- investigadores das ciências
nas relações internacionais. Em A Europa é o mercado mais fácil de sídios directos e indirectos as volvidas e mostrou bem as suas sociais e humanidades na
outros sectores talvez haja maior a China aceder do que aos Estados queixas de “dumping” são muito fragilidades financeiras. criação de empresas privadas,
abertura, mas mesmo assim vejo Unidos? frequentes. A China também sofreu, pois, cooperativas e sociais de
com dificuldade essa associação. Tem sido. Mas essa situação alte- E há uma reticência enorme em sendo a “fábrica do mundo” pas- base científica, assim como
rou-se e pela mão da França e da aplicar à China o estatuto de eco- sou a ter menos exportações para promover a transferência
Os Estados Unidos de América vêem Alemanha a avaliação de risco nomia de mercado. essas economias, tais como os de conhecimento entre as
com serenidade essa abertura do estratégico em relação a inves- Aliás, na própria OMC a China EUA e a UE. unidades de investigação e
comércio da China ao mundo? tidores estrangeiros passou a retirou o caso vs os EUA e a UE No entanto, as lições retiradas agentes económicos externos.
Penso que já não. Essa fase já ser assumida pela Comissão pouco tempo antes do painel de foram importantes. Trata-se do primeiro projecto
passou. Hoje, os EUA olham Europeia. Deste modo, embora peritos se pronunciar justamente É isso que explica a tentativa de integrado em Portugal
para a China como competi- ainda sem a articulação insti- porque sabia que a decisão não Xi Jinping de transformar a eco- dedicado às Ciências Sociais e
dores, rivais e mesmo como tucionalizada do Comité dos lhe ia lhe ser favorável. nomia chinesa, com produtos de Humanidades, distinguindo-se
uma “potência revisionista”. EUA, a UE dá passos para que No fundo, a caracterização da maior qualidade e com um mer- por capacitar os estudantes e
A ideia de que a abertura da haja maior controlo. economia da China é a de capita- cado interno mais consistente investigadores participantes
economia tornaria o próprio lismo de Estado ou na expressão e fiável, mas este caminho é para a gestão de projectos
regime “mais aberto” tem vindo A China perdurará por longos anos de Richard McGregor “Leninismo muito difícil e não me parece empresariais nos sectores
a ser desafiada ano após ano como o principal parceiro comercial de Mercado”. que possa ser entendido “ape- privado, cooperativo e social.
pela liderança chinesa. da Árabia Saudita e do Irão? A liderança estatal vai continuar nas” como um dado adquirido.
18
EMPRESAS
Economia & Finanças

Governo abre candidaturas


para o 4º operador móvel
O processo iniciado segunda-feira, 3o de Setembro e que vai até 8 de Novembro do ano em curso
está a ser conduzido por uma comissão interministerial e coordenado pelo Ministério das Finanças

O
DR

Gover no de 8 de Novembro de 2019, para submeter ca nd idat u ras,


A ngola, atra- habilitação dos interessados solicitar esclarecimentos e
vés do grupo de e a segunda, de submissão das apresentar propostas.
trabalho inter- propostas pelos candidatos qua- Para a divulgação interna-
m i n ister ial , lificados, que se seguirá após cional do concurso e a capta-
c on s t it u íd o a conclusão da primeira. ção do interesse de grandes
pelos minis- A fase de propostas será operadores mundiais de tele-
tros das Finanças, das Teleco- restrita aos candidatos que comunicações, serão realiza-
municações e Tecnologias de forem qualificados, após apre- das sessões de roadshow: A
Informação e da Economia e ciação pela comissão de ava- primeira sessão está progra-
Planeamento, criado pelo Des- liação da sua conformidade mada para o Dubai, durante
pacho Presidencial n.º 61/19, de com os requisitos do concurso. a semana com início a 7 de
30 de Abril, informou há dias Os candidatos qualificados Outubro do corrente ano.
a abertura do concurso para a serão convidados a apresen- Espera-se que no final do
atribuição do 4.º Título Glo- tar as suas propostas técni- processo o país possa con-
bal Unificado para Prestação cas e financeiras, dispondo tar com um novo operador
de Serviço Público de Comu- de um prazo de 60 dias. de comunicações electróni-
nicações Electrónicas. Buscando maior transparên- cas, com relevante capaci-
Segundo uma nota do Minis- cia e celeridade, o procedimento dade financeira e tecnológica.
terio das Finanças a que o JE concursal decorrerá no Portal Desta forma, poderá contri-
teve acesso, nos termos da Lei de Compras Públicas, acessível buir para a melhoria da con-
dos Contratos Públicos, sendo no endereço www.compraspu- corrência no sector, com mais
o presente procedimento um blicas.minfin.gov.ao. inovação tecnológica, mais
Concurso Limitado por Pré- Nessa platafor ma elec- qualidade de produtos e ser-
via Qualificação, tem duas t r ón ic a , os i nter essados viços e melhores preços, tudo
fases: primeira fase de Can- podem aceder ao anúncio e em benefício dos cidadãos e
Governo angolano quer maior transparência e celeridade no processo didaturas, que vai até ao dia demais peças do concurso, da economia nacional.

EDIÇÕES NOVEMBRO
Luanda vence primeira edição
da “Cidade do Empreendedor”
A Comissão Administrativa da foi premiado também o Instituto que apresentaram soluções ino-
Cidade de Luanda (CACL) ven- Nacional de Fomento ao Emprego vadoras no que diz respeito a
ceu a primeira edição da feira (INEFOP) como vencedor da cate- produtos, serviços ou estraté-
“Cidade do Empreendedor 2019”, goria “Melhor participação em gias de marketing.
realizada de 25 a 28 de Setembro empreendedorismo social”. Para a categoria de “Melhor
na Baía de Luanda numa cate- O Inefop concorreu com a participação economia e finan-
goria em que todas as empre- CACL e com o Gabinete provin- ças”, o vencedor foi a Multicré-
sas estavam automaticamente cial para a Acção Social. dito que concorreu o prémio
nomeadas a este prémio. Para a categoria de “Melhor com as empresas Kwanzagest e Produção de Café começa a ganhar incentivos com aumento das exportações
O cocktail de premiação que participação inovação”, o mem- Banco Sol, numa categoria em
contou com a presença do vice- bro do júri consagrou vencedor que o prémio é para as empre-
-governador de Luanda, Lino a CEPP que concorreu ao lado sas que com os seus produtos Empresa exporta 72 toneladas
Sebastião e do presidente do da Focus Workplace Solutions, e serviços contribuem para o
Conselho de Administração do Bumba e Nonkakus. Este pré- incremento ao investimento, de café para a Espanha
Grupo Arena Bruno Albernaz mio é atribuído às empresas surgindo como impulsionado-
res ao empreendedorismo. A empresa angolana “JMV”, ao preço de 1.400 dólares norte-
CONTREIRAS PIPA| EDIÇÕES NOVEMBRO Para a última categoria sedeada no Sumbe, Cuanza Sul, -americanos por cada tonelada
“Melhor participação soluções exportou em Junho deste ano 72 ao passo que a transportação do
empresariais” o vencedor foi toneladas de café robusta para navio de Luanda/Valência paga
o Instituto Médio Politécnico Valência (Reino de Espanha), 1.90 dólares por tonelada.
(Alda Lara), que esteve a con- anunciou, o seu proprietário, Joa- “A estes custos associamos o
correr com IPIL - Instituto Poli- quim Manuel Ventura. facto de parte da produção ser
técnico Industrial de Luanda Joaquim Ventura disse em adquirida dos produtores ao preço
(Makarenco) e administração declarações à Angop que o pro- de 350 kz por cada quilograma e
municipal de Viana. Numa jecto foi lançado em Novembro de a venda no mercado nacional no
categoria que atribui o pré- 2018, tendo os primeiros ensaios valor de 450 kz”, acrescentou.
mio aos expositores que apre- de exportação do produto sido rea- A JMV tem uma produção anual
sentaram produtos e serviços lizados para o mercado espanhol. de 30 toneladas de café e compra
que poderão ser futuras solu- Referiu que actualmente segue dos produtores outras 100 tone-
ções empresariais. Este prémio via marítima, o terceiro carre- ladas para a comercialização
é um incentivo à criatividade e gamento de 18 toneladas, perfa- interna e externa.
ao empreendedorismo. zendo 72 toneladas canalizadas A par disto, através de uma
A Cidade do Empreendedor é em Valência. Questionado sobre as “joint venture” a JMV colocou
um projecto que se destaca por vantagens, afirmou que exporta este ano no mercado português
Feira Cidade do Emprendedor premiou em Luanda os projectos mais viáveis ser criativo, diferente e inovador. o café comercial sobre prejuízo, 18 toneladas de café comercial.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
EMPRESAS 19

CEDIDA

Comércio quer
tornar transações
mais céleres
O processo vai facilitar
o desalfandegamento
O processo de desalfandega-
mento incompleto e antecipado
que está em curso no país, em
que as mercadorias poderão ser
desalfandegadas antes mesmo
de chegar ao país, irá tornar o
comércio mais célere.
A informação foi prestada pelo
Grupo Técnico do Comité Nacional
para a Facilitação do Comércio,
reunido terça-feira, em Luanda,
Governantes angolanos surpreendidos com a quantidade de bens na terceira reunião plenária, na
encontrados no mercado informal do Luvo na fronteira com a RDC sequência dos trabalhos para a
implementação efectiva do Acordo
do Comércio da Organização Mun-

Produtos da cesta básica inundam


dial do Comércio.
Segundo o director dos ser-
viços aduaneiros da AGT, San-
tos Mussamo, o comité tem como

mercado fronteiriço na região do Luvo


principais atribuições velar pela
regularização da gestão das tro-
cas comerciais internacionais,
trabalhar para reduzir as bar-
reiras não tarifárias processa-
Ministro do Comércio Joffre Van-Dúnem disse que o Governo está a trabalhar das no comércio internacional e
procurar desburocratizar o sis-
para aumentar o controlo das transações feitas ao longo da fronteira com a RDC tema do comércio internacional,
conforme estabelecido no Decreto

O
EDIÇÕES NOVEMBRO
}

Ministro do Comér- festaram grande preocupação res que podem contribuir para os
cio, Joffre Van-Dúnem pelas quantidades de produtos preços praticados actualmente”,
Júnior, constatou da cesta básica e não só, tanto A INSPECÇÃO disse Joffre Van-Dúnem.
recentemente no Zaire, nacionais como importados, que Segundo informações pres-
a existência de gran- passam, em camiões, para o outro CONTINUA tadas por técnicos da AGT, o que
des quantidades de produtos da lado da fronteira, enquanto se mais se regista naquele posto
cesta básica comercializados no reclama pela ausência dos mes- A TRABALHAR fronteiriço, a título de importa-
mercado do Luvo, uma zona fron- mos bens em diversos pontos do ção da RDC para Angola, são pro-
teiriça entre as Repúblicas de país, provocando assim a subida PARA REPRIMIR dutos de beleza, gengibre, óleo de
Angola e do Congo Democrático. dos preços dos mesmos. palma, ginguba e mabelé.
A constatação foi feita durante Falando à imprensa, o minis- COMPORTAMENTOS O titular do departamento
a visita que o governante realizou tro do Comércio esclareceu que ministerial do Comércio garan-
naquele mercado, no quadro das o mercado do Luvo é um dos QUE ESTEJAM À tiu que, a inspecção do seu
jornadas de campo que o minis- mais fluídos ao longo da fron- pelouro continuará a trabalhar
tro realiza naquela província. teira com a RDC e o Governo do MARGEM DA LEI para reprimir comportamen-
Açúcar, trigo, cebola e arroz, Zaire já está a trabalhar para tos que estejam a margem da
entre outros produtos nacionais melhorar as condições, o que legalidade e que perigam o nor-
e importados, abundam naquele permitirá aumentar o controlo mal funcionamento do sector,
mercado a céu aberto, que fun- das transacções feitas. Afirmou “Alguns comerciantes criam bem como ainda este ano criar
ciona alternadamente, uma também que o recomendável é a ideia de que existe, ou poderá condições para que o licencia- Parte lateral do Porto de Luanda
semana sob responsabilidade da que a produção nacional sirva existir, alguma escassez de deter- mento das facturas sejam fei-
parte angolana e outra da parte em primeira instância aos cida- minados produtos e depois dá-se tos naquele ponto fronteiriço. Presidencial nº 176/18, de 27 de
congolesa, valendo o kwanza, dãos nacionais e que se exporte uma especulação de preços, fun- No Zaire, a delegação traba- Julho, que aprova o seu regula-
dólar ou o franco congolês. apenas o excedente, o que na prá- damentalmente agora que se lhou nos municípios do N’zeto, mento para garantir a implemen-
Durante a visita ao mercado, tica não tem sido observado por aproxima a quadra festiva, inde- Tomboco, Mbanza Kongo e na tação deste acordo.
os comerciantes angolanos mani- alguns operadores económicos. pendentemente de outros facto- zona fronteiriça do Luvo e Soyo. Santos Mussamo esclareceu
que “O acordo já está em imple-
mentação, pois, já há muitas nor-

Clima económico é desfavorável


VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO mas a ser implementadas. Neste
momento está a se concluir o pro-
cesso de implementação de selec-
ção dos contribuintes que farão
A maior parte dos sectores de acti- ravelmente em comparação ao tivos que o indicador de clima parte do Programa de Operador
vidades nacional apresentou, no trimestre homólogo e permane- económico apresenta tendência Económico Autorizado.
II trimestre do ano em curso, con- ceram acima da média da série. positiva e evolui favoravelmente Concluiu-se também o diploma
juntura económica desfavorável. Já no Comércio e Constru- em relação ao período homólogo, que irá aprovar a gestão coor-
Segundo o relatório do Instituto ção, os indicadores de confiança mas ainda assim, o clima econó- denada de fronteira, que será
Nacional de Estatística (INE), que contrariaram a tendência des- mico permaneceu desfavorável remetida ao Executivo angolano.
o JE teve acesso, apesar da evolu- cendente do trimestre anterior no segundo IINa indústria trans- Também conclui-se o Decreto-
ção positiva dos indicadores de e evoluíram positivamente em formadora, pese embora a evo- -lei que irá introduzir, no orde-
confiança dos sectores da indús- relação ao período homólogo, lução positiva do indicador face namento jurídico aduaneiro
tria transformadora e do turismo mas permaneceram abaixo da ao período homólogo, o mesmo comercial, o conceito de desalfan-
face ao período homólogo, os mes- média da série. apresentou tendência negativa degamento, para processamento
mos continuaram abaixo da média Não obstante a tendência posi- e continuou abaixo da média da passivo e activo, como norma do
da série, permanecendo a conjun- tiva do indicador de confiança série, permanecendo desfavorá- comércio internacional”.
tura económica desfavorável para do sector dos Transportes, a con- vel a conjuntura no sector. “O acordo já está implemen-
ambos os sectores. juntura económica permaneceu Na opinião dos empresários, tado, no entanto o CNFC, reúne-
Na indústria extractiva e desfavorável, pois o indicador a falta de matéria-prima, as difi- -se para fazer o balanço pra ver
comunicação a conjuntura eco- evoluiu negativamente face ao culdades financeiras e as fre- em que pé está a implementação
nómica foi favorável, pois ambos trimestre homólogo e perma- quentes avarias mecânicas nos do acordo. Angola está a fazer
indicadores apresentaram ten- neceu abaixo da média da série. equipamentos foram os princi- um grande esforço para cum-
INE divulgou dados sobre o mercado dência positiva, evoluíram favo- Há três trimestres consecu- pais constrangimentos. prir com as normas.
20 MEU NEGÓCIO Economia & Finanças

O ‘drama’ de quem ganha


pão a engraxar sapatos
Apesar de ser menosprezada por muitos é uma das ocupações mais antigas do mundo
e em Luanda é praticada maioritariamente por jovens provenientes de muitas regiões do país

DR

António Eugénio
Especialista

H
á “mil”
opor tuni- O economista Carlos Mango
dades para disse ao JE que para ser um
se g a n h a r bom empreendedor é preciso
a v ida. O ter confiança no seu negócio
gosto e avi- e estar pronto para buscar o
dez de ter - sucesso por um caminho que
mina o ganho. Jovens, adultos nem sempre é fácil.
e adolescentes sobrevivem Existem algumas características
engraxando sapatos, uns com que são atribuídas aos
local fixo para exercer a pro- empreendedores de sucesso
fissão, outros nem por isso. e os engraxadores estão
Verdadeiros guerreiros que de neste grupo. Dentre estas
cima a baixo, giram a cidade à características, destaca-se a
procura de alguém para “lim- capacidade do empreendedor
par” os sapatos. Para no fim, estabelecer metas e ser
conseguir algum dinheiro e persistente.
“aguentar” o tempo. O exer- Além destas, é importante
cício não é fácil, requer muita que o empreendedor goste do
paciência e astúcia. Bancadas construídas pelo Governo para melhorar a condição de trabalho de jovens envolvidos no projecto ramo de actividade em que
Com um sentido de humor pretende iniciar o negócio.
afinado, Florêncio Binga usa Segundo o especialista,
este dó para atrair a clientela. O Um homem aparentemente empreender individualmente
seu ponto de trabalho está mon- na faixa dos 30 anos iden- é mais simples que começar
tado: É próximo a um número tificado por Ganguela, pra- uma empresa ainda que seja
considerável de instituições tica este negócio há mais de pequeno porte.
do Estado e privadas. Por cada de 10 anos, o dinheiro que Tudo porque o micro-
“graxa” cobra 100 kwanzas, recebe permite sobreviver. empreendedor individual
inclusive há “kilapi”, para os C om o s p ouc o s r e c u r - exige menos burocracia
clientes mais antigos. sos que ganha, além de ali- para ser legalizado, pois
Há três anos investiu 5 menta r a fa m í lia , paga representa menor custo em
mil kwanzas para começar o também a formação dos filhos impostos e não necessita da
pequeno negócio. Os lucros numa escola comparticipada. contratação de trabalhadores,
minimizam as preocupações As histórias não diferem aluguer de grandes pontos
em casa, mas não entra em do engraxador que todos dias comerciais ou complexas
detalhe dos valores que arre- de manhã tem a paragem dos manobras operacionais. Porém,
cada. Quanto é que facturas Um Jovem na Baixa de Luanda a engraxar para garantir o seu sustento taxistas na Centralidade do empreender é sempre um
por dia? Com um sorriso iró- Kilamba, município de Belas. desafio. Ainda que as chances
nico, “Kota dá para dar pão Armando Capiri é um jovem de alcançar o sucesso sejam

2 5
às crianças”, são ao todo, que encontra também sus- fortes, é preciso estar preparado
três pessoas para sustentar. tento na g raxa, a paragem para obstáculos no caminho.
Além de engraxar vende é o posto de trabalho. “É preciso gostar o que fazemos
também cigarros e bebidas Diariamente amealha uma por exemplo, engraxar sapatos
alcoólicas a seus colegas, MIL KWANZAS MIL KWANZAS quantia de 2 mil kwanzas. é necessário também não basta
cada pacote custa 200 kwan- Valor que os engraxadores Dinheiro para compra querer dinheiro”, disse.
zas. “Gosto do que faço e vou arrecadam por dia nas suas do material de trabalho, Apoio O economista alerta para um
continuar”. Florêncio pensa actividades. sobretudo pomada e escovas. O Governo angolano em par- maior apoio às pequenas
no futuro seguir um curso ceria com empresas privadas, profissões por constituir a
técnico para concretizar a construiram as chamadas sobrevivência de muitas pessoas.
i ntenção, está ju nta r u m “Paragens do brilho”, uma espé- “São as pequenas profissões que
dinheiro, e passar o testemu- levas nada”, desorientado pela cie de micro-cooperativas. geram muita riqueza em muitos
}

nho aos seu filhos “que tudo reacção dos jovens disse. Um prog rama de inclu- cantos do mundo. Temos de
na vida tem um custo”. O VALOR QUE “Levo sim por vezes 2 mil são social foi promovido pelo aumentar o apoio para crescer
k wa n zas, mas estes d ias Governo Provincial de Luanda, e criar um ambiente de trabalho
factura GANHAMOS DÁ não, os clientes apa recem que visou também o registo de eficaz”, frisou.
Ao lado, dois colegas com a mesma pouco, mas o ganho maior engraxadores. O projecto con- A criação de políticas que
rotina diária, facturam a mesma PARA MINIMIZAR AS é no fim do mês”, disse. sistiu na instalação de paragens possam incentivar, atrair muita
quantidade. Contudo, grande Alberto Francisco conta a com cadeiras de engraxar. Além gente na prática de pequenos
parte do valor é gasto no consumo DIFICULDADES DA mesma história. Ainda assim, das cadeiras, estes profissio- negócios são outras medidas
de álcool. Em plena manhã estão dá para aguentar o “Game que nais também foram apetrecha- avançadas pelo economista.
ébrios, “martelam” às palavras. FAMÍLIA EM CASA está violento”, explica. dos com fatos de identificação, Desta forma, muita juventude
É terça-feira de manhã, Na zona do Talatona, muitos passes e material de trabalho. pode deixar de envolver-se em
um jovem calvo, Domingos jovens encontram neste negócio Calcula-se ter abrangido 40 delinquência e reduzir de igual
Cupinga trajado de “Tshirt tremido. Sem vacilar explica a sobrevivência. O investimento pessoas voluntárias entre 15 e modo o desemprego.
e Jeans” exala um “bafo” da que há dias que não consegue do material adquirido está cal- 42 anos. O programa teve início “Este papel envolve toda a
bebida consumida, mas não levar dinheiro para casa. culado em 10 mil kwanzas, feito em 2010. Os profissionais bene- sociedade, não se pode esperar
pára de falar. Conta que, já Imediatamente foi reprovado por um carpinteiro local. Grande ficiaram também de equipamen- que o Governo faça tudo. É
chegou a facturar bem, porém pelo grupo de colegas, “Você parte do material é local, com tos de trabalho em vários pontos errado”, disse. AE
nos dias de hoje, o negócio está bebe muito, é por isso que não excepção da pomada e a escova. da capital angolana.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
PUBLICIDADE 21

(700.054)
22 INFRA-ESTRUTURA Economia & Finanças

CUNENE OPORTUNIDADE

Turismo cria cinco


DR

mil novos empregos


Cinco mil novos postos de traba- organização de eventos, além de
lho foram criados no sector do oferecer cursos de nível médio
Turismo, informou esta semana, neste segmento.
em Luanda, o ministro da Admi- Segundo o responsável, a EHR
nistração Pública, Trabalho e atingiu uma taxa de empregabili-
Segurança Social, Jesus Maiato. dade acima dos 70 por cento, resul-
O governante falava durante tado que estimula que se continue
o “Encontro de reflexão sobre a aprimorar o programa de está-
mecanismo de empregabilidade gio profissional não só no sector
e valorização dos recursos huma- do turismo, como nos demais sec-
nos no sector do turismo atra- tores onde exista um potencial
vés de um processo de formação de geração de postos de trabalho.
eficiente, eficaz, efectivo e pers- Exortou aos operadores que
pectiva no sector”, em alusão ao intervêm no sector a conjugar
Dia Mundial do Turismo, come- esforços com vista a desenvolver
morado a 27 de Setembro. o ramo, alinhados as políticas
Fez saber que, apesar das difi- definidas pelo Executivo, elimi-
Estrada corresponde a uma plataforma de 8 metros de largura sendo 3,5 metros por faixa de rodagem e 500 de berma culdades que o país atravessa, nando obstáculos de natureza
verifica-se o crescimento gradual administrativa e burocráti-

Ondjiva e Cuamato
do sector do turismo, no domí- cos que impedem o desenvol-
nio das infra-estruturas, oferta vimento do turismo, de modo
de serviços turísticos, formação a proporcionar cada vez mais
do capital humano, bem como dos serviços de qualidade.
níveis de empregabilidade. Por seu turno, a ministra

ganham novo asfalto


“Angola detém um potencial da Hotelaria e Turismo, Maria
turístico invejável a nível regional Ângela Bragança, apelou ao
capaz de contribuir para o cresci- Maptss o reforço de uma pla-
mento económico do país”, disse. taforma de emprego, pleno e
Para que o sector do turismo decente como defende a Orga-
possa crescer de forma harmoniosa, nização Mundial do Trabalho.
O troço ficou orçado em mais de 43 milhões de euros combinada e manter a tendência A governante informou que
crescente da empregabilidade, Jesus o turismo gera dez por cento de
e serve de ligação entre o Cunene, Huíla e Cuando Cubango Maiato fez saber que o Executivo empregos directos, indirectos e
continuará apostar na qualifica- induzidos a nível mundial.
ção do capital humano, propósito Para si, é fundamental colo-

Q
que consta do Plano Nacional de car o capital humano no centro
}

uarenta e três, dos tagem dia, assim como 97.43 por- Desenvolvimento (PND 2018-2022). de desenvolvimento económico.
68 quilómetros da cento de base já realizada e com Acrescentou que os centros e
estrada nacional 372 a conclusão da asfaltagem pre- formação profissional públicos e
A REABILITAÇÃO

}
que liga Ondjiva/Cua- vista para finais de Novembro. privados ofereceram um leque de
mato, províncias do Já o automobilista, Avelino cursos ligados ao sector o Turismo,
Cunene, encontram-se asfaltadas, DESTE TROÇO Paulino, que circula diariamente tendo formado cerca de sete mil ANGOLA DETÉM
informou esta semana à Angop, na estrada Ondjiva/Cuamato, jovens no período 2018 até ao II
o responsável da empresa de fis- É UMA MAIS-VALIA disse que a reabiliataço do troço trimestre de 2019, com particular UM POTENCIAL
calização da obra, Plácido Gunza. é uma mais-valia na circulaçao destaque para Escola de Hotelaria
Em declarações à Angop, o res- NA CIRCULAÇÃO de pessoas e bens, o que mostra e Restauração (EHR) que é um cen- TURÍSTICO
ponsável explicou que as obras a preocupaçao do Executivo, ele- tro de formação excelência.
de reabilitação do troço tiveram DE PESSOAS E BENS var o desenvolvimento socioeco- Criado em 2010, a EHR capa- INVEJÁVEL A NÍVEL
inicio em 2014, mas depois de nomico da província. citou até o III semestre de 2019, 4
18 meses de trabalho conheceu A reabilitação do troço Ondjiva/ mil e 33 cidadãos nacionais com REGIONAL CAPAZ DE
uma a paralisação por questões de 500 de berma de cada lado. Cuamato a cargo da empresa MCA- os cursos de gestão de hotelaria,
técnicas e só retomou os traba- “A estrada engloba a colocação Construções, empregou 135 cida- restauração, turismo, cozinha, CONTRIBUIR PARA
lhos em Novembro de 2018, com de 107 passagens hidráulicas, sina- dãos nacionais e 14 expatriados. pastelaria e panificação, restau-
um prazo estimado em 24 meses. lização horizontal e vertical, entre A pare da estrada Ondjiva/Cua- rante e bar, recepção e andares, O CRESCIMENTO
Informou que o troço orçado outras componentes necessárias à mato, estão igualmente em reabili- agência de viagens, animação e
em 43 milhões, 32 mil e 69 Euros, circulação rodoviária”, esclareceu. tação na província do Cunene 80
está receber uma camada de Plácido Gunza disse que os quilómetros de extensão, do troço EDIÇÕES NOVEMBRO

asfalto de cinco centímetros, trabalhos dos restantes 25 qui- Ondjiva/Omala que ligam os muni-
corresponde uma plataforma lómetro e 64 metros em falta, cípios do Cuanhama ao Cuvelai,
de 8 metros a largura, sendo 3.5 decorre a bom ritmo com uma principais vias que liga o Cunene,
metros por faixa de rodagem e média de 1.700 metros de asfal- Huíla e o Cuando Cubango.

SANEAMENTO BÁSICO
Cidade de Mbanza Kongo clama por aterro sanitário
DR

A cidade de Mbanza Kongo, capi- O responsável explicou que,


tal da província do Zaire, neces- actualmente, o lixo recolhido na
sita de um aterro sanitário e uma cidade, incluindo o hospitalar, tem
incineradora para tratar os resí- sido depositado em locais impró-
duos sólidos e o lixo hospitalar. prios, na periferia da cidade, pondo
Esta necessidade foi mani- em risco a saúde pública.
festada ontem, quinta-feira (3), O administrador adjunto disse
pelo administrador municipal faltarem verbas para a construção
adjunto para o sector político, de um aterro sanitário à medida
social e comunitário, Manuel das recomendações internacionais
Nsiansoki Gomes, num encon- nesta matéria, frisando que há
tro com os deputados do MPLA anos foi identificado o local apro-
que trabalham na província. Artéria da cidade de Mbanza Kongo priado para este projecto.
Ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Gomes Maiato
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
AGRICULTURA 23

BENGUELA BENGO
EDIÇÕES NOVEMBRO

Cinquenta tractores reforçam


campanha agrícola 2019
Os meios foram adquiridos pelo Governo provincial com objectivo de facilitar
o trabalho das 10 brigadas de mecanização que preparam 394 mil hectares de terras

A
DR

890
ag r ic ult u ra
fa m il ia r na Associações
Romeu Santalocais
Rosa,pedem apoios
do MOSAP II
província de
Benguela vai
beneficiar de MIL TONELADAS Mulher rural
50 tractores
e respectivas Corresponde a estimativa da
quer formação
alfaias, para apoiar o processo produção agrícola da campanha para melhorar
de mecanização e aumento da
produção, durante a campanha
2019/20, contra as 390.852
toneladas da época anterior. a produção
agrícola 2019/2020, que prevê
uma colheita de 890 mil tonela-
na agricultura
das de produtos diversos, contra
as 390.852 da época anterior. As mulheres rurais do muni-
A informação foi prestada cípio do Bula Atumba, na pro-
esta semana à Angop pelo chefe víncia do Bengo, pediram esta
do Departamento da Agricul- semana mais acções formati-
tura, Pecuária e Florestas de dução de 390.852 toneladas vas sobre boas práticas da agri-
Benguela, Martinho Gabriel, de produtos diversos, das 447 cultura, de forma a melhorar a
numa antevisão que o sector na mil e 659 inicialmente previs- produção agrícola.
província pretende para o pró- tas. Esta produção representou O apelo foi feito na abertura
ximo exercício agrícola. uma redução de 13 por cento da jornada da mulher rural que
Segundo Martinho Gabriel, Meios servirão para facilitar a vida de 92 mil famílias na província de Benguela das previsões iniciais. decorreu no município do Bula
os tractores e alfaias, adquiridos Destaque para o cultivo de Atumba, promovida pelo Gabi-
pelo Governo, serão distribuí- milho, que teve rendimento de nete Provincial de Acção Social,
}

dos às 10 brigadas de mecani- ficiar de apoios institucionais 113.750 toneladas, a massam- Família e Igualdade do Género
zação agrícola da província, passe a decrescer, já que a res- bala 7.468 toneladas, o feijão que serviu para auscultar as
cabendo, inicialmente, cinco a ponsabilidade de fornecimento 14.059 outras, a ginguba com principais preocupações desta
cada uma, para o aproveitamento dos imputes agrícolas vai sendo PARA ESTA 2.620, mandioca com uma pro- camada da sociedade.
de 394.874 hectares de terras repassada aos comerciantes. dução de 46.375 (tn), batata-doce No encontro, as mulheres
aráveis na presente campanha. Para esta campanha agrícola, CAMPANHA, ESTÃO 48.666 (tn), 34.579 de hortíco- daquele município apontaram
Informou que o número de acrescentou, estão preparadas las, 120 mil toneladas de ananás, as dificuldades em ter acesso e
famílias envolvidas na presente 537 toneladas de sementes for- PREPARADAS CERCA 3.335 de banana, dentre outros. legalização de parcelas de ter-
campanha agrícola poderá redu- necidas pelo ministério de tutela, A agricultura em Benguela é ras como uma das principais
zir, uma vez que, na anterior, esti- 1.600 unidades de utensílios DE 537 TONELADAS essencialmente do tipo sequeiro, preocupações, visto que nor-
veram envolvidas 92.686 famílias diversos, 781 unidades de equi- mais dependente da chuva, malmente a titularidade per-
apoiadas pelas distintas brigadas pamentos agrícolas e cinco mil DE SEMENTES E MIL embora existam muitos recur- tence aos homens.
da Estação de Desenvolvimento toneladas de fertilizantes diver- sos hídricos que se perdem para Em resposta, a directora
Agrário (EDA), face à progres- sos, incluindo calcário para a cor- E 600 UNIDADESS DE a foz (mar), sem aproveitamento do Gabinete Provincial da
siva redução do apoio do Estado. recção dos solos que na região são agrícola. A estiagem que se veri- Acção Social, Família e Igual-
O responsável referiu que a em grande medida muito ácidos. UTENSÍLIOS DIVERSOS fica nos últimos anos, associada dade do Género, Felisberta da
perspectiva é que o número de A c a m p a n h a a g r íc ol a às pragas, têm influenciado, nega- Costa, disse que a mulher rural
agricultores familiares a bene- 2018/2019 registou uma pro- PARA A NOVA SAFRA tivamente, os níveis de produção. tem beneficiado de apoios de
insumos agrícolas (catanas,
enxadas, machados, limas
e tractores com respectivas

Alterações climáticas custam caro ao país alfaias), de diversas institui-


ções ministeriais com destaque
para os Antigos Combatentes e
Veteranos da Pátria, Agricul-
DR
tura e Acção Social.
O impacto das alterações climá- vel observar como está a fazer seguidos para mitigar os efei- A jornada da mulher rural na
ticas e o efeito do El Niño, que a diferença os sistemas de água tos das alterações climáticas província do Bengo abriu com
afectam mais de 1,2 milhões de movidos a energia solar e a orga- em Angola, com destaque para o uma palestra sobre a “Impor-
pessoas, custaram a Angola 750 nização das comunidades em gru- envolvimento de todos nos com- tância da agricultura familiar
milhões de dólares, no período de pos locais para a gestão de água promissos de redução de emis- na dieta alimentar”, em que o
2012 a 2016, avançou o represen- e saneamento e de desastres. sões e demonstrar a acção real chefe do departamento de polí-
tante residente interino do Pro- Falando uma semana depois que o Secretário-Geral da ONU tica familiar do Gabinete Pro-
grama das Nações Unidas para da realização de duas cimeiras fez, que tem que ver com as ener- vincial de Acção Social, Família
o Desenvolvimento (PNUD) em – do Clima e dos Objectivos de gias renováveis, a eficiência ener- e Igualdade do Género, Francisco
Angola, Henrik Fredborg Larsen. Desenvolvimento Sustentável, gética nos edifícios, transporte, André de Sousa, incentivou a
Entre vários projectos desen- em Nova Iorque, Estados Uni- indústria e florestas. mulher rural a diversificar a sua
volvidos, Henrik Larsen apon- dos da América, avançou que “ O outro passo é continuar produção agrícola, priorizando
tou, numa entrevista ao Jornal foram propostos para Angola com as acções para criar resi- o cultivo de hortícolas.
de Angola, o “grande” projecto um investimento de 475 milhões liência para os milhares afecta- A província do Bengo con-
implementado pelo PNUD na bacia de dólares, para criar a resiliên- dos pelas alterações climáticas trola cerca de oito mil e 681
do Cuvelai , sob a liderança do cia, que ajudará a evitar o sofri- em Angola, implementar o qua- associações, com 674 mil e 487
Ministério do Ambiente e com a mento contínuo que se observa dro de resiliência, obviamente, camponeses, e duas mil e 153
colaboração de outros parceiros. na região sul do País. a ratificação do Acordo de Paris cooperativas agrícolas (com
Nesta localidade, de acordo Hen ri k La rsen indicou é também um passo imediato a 266 mil e 411 cooperativistas).
com o oficial da ONU, é possí- alguns passos que devem ser dar”, sublinhou. Henrik Fredborg Larsen do PNUD
24 AGRICULTURA Economia & Finanças

ANO AGRÍCOLA ORÇAMENTO


EDIÇÕES NOVEMBRO

Combate à pobreza
tem mais de três mil
milhões de kwanzas
Para o ano em curso, o pro-
Delfina Victorino grama integrado de combate a
Cuito
pobreza contempla nove eixos,
dos quais, o cuidado primá-
Mais de três mil milhões de rio de saúde é que contempla
kwanzas, é o valor que corres- maior valor com 16 por cento
ponde a 6 por cento do valor do orçamento, alertou.
global do orçamento apro- Mais de 240 milhões de
vado ao nível da província do kwanzas é o valor pago no
Bié para o combate à pobreza, eixo dos cuidados primários
informou o director em exer- de saúde com maior execução,
cício do Gabinete de Estatís- segundo Amílcar da Silva.
A provincia está pronta para o cultivo
tica e Planeamento (GEP),
Amílcar da Silva. EDIÇÕES NOVEMBRO

O responsável disse, durante

Bié prepara 2.000


o encontro de trabalho com o
grupo técnico interministe-
rial de apoio e acompanha-
mento do programa integrado
de desenvolv imento local,

hectares de terra
que o município de Catabola
possui maior valor.
A mí lca r da Silva subli-
nhou que o município de Cata-
bola beneficiou o valor de 373
milhões 872.483, enquanto o
do Cuito tem o menor valor com
Programa “Minha Terra” vai assistir mais famílias 296 milhões 888. 302 corres-
pondente a 10 por cento para
na comuna de Cangala para aumentar as áreas de cultivo o combate à pobreza. Famílias vão receber mais apoios

NEGOCIAÇÕES

50
Paulo do Sacramento, na qua-
João Constantino lidade de coordenadora adjunta
Cangala
SINDICATO DOS AGRO-PECUÁRIOS

A
do grupo técnico. Na sua visita

província do MÁQUINAS
ao local, a ministra do Ordena-
mento do Território e Habitação SUSPENDE GREVE DEFINITIVAMENTE
Bié tem prepa- verificou a qualidade da terra
rado cerca de Número de tractores que já se e manter um encontro breve O sindicato dos a suspensão da grave, de
dois hectares encontra na província e que vai com alguns camponeses. trabalhadores agro- forma definitiva, deve-se
de terra arável permitir o aumento das áreas Ana Paula de Carvalho, veio pecuários, pescas e aos avanços nas negociações
para a campa- cultivadas ao Bié na condição de coordena- derivados da província do com o Governo local e o
nha agrícola dora adjunta do grupo técnico da Huambo suspendeu ontem, Ministério da Agricultura, para
2019/2020 de acordo com dados Comissão Inter-ministerial para quinta-feira, definitivamente o cumprimento das exigências
apurados junto das autori- o Registo de Terrenos a Favor das a greve decretada em Julho constantes no caderno

2.500
dades locais. Deste número Comunidades Locais, esclareceu deste ano, por alegada reivindicativo, com realce
estão incluídas as terras pre- sobre a necessidade do campo- falta de condições laborais, para a transição automática,
paradas pelo Mosap 2 que vai nês ter o título de concepção de entre laboratórios e infra- actualização de categorias,
também beneficiar as fami- terra como garantia que atesta a estruturas adequadas, após atribuição de subsídios de
liares camponesas associadas TONELADAS propriedade do terreno, e disse, uma reunião de concertação atavio, de risco, de exposição
em escolas de campo. que as escolas de campo vão tam- com as autoridades afins. directa e indirecta aos agentes
Para a presente campanha Quantidade de adubos que bém melhorar a qualidade da Trata-se de uma greve físicos, químicos e biológicos.
agrícola, as famílias campone- a província vai receber nos produção local, essencialmente intercalar, que acabaria por Luzia Joaquina Baptista
sas vão contar com o apoio de próximos dias para o arranque do milho e da batata-rena. ser suspensa provisoriamente referiu que o melhoramento
10 brigadas mecanizadas para dos trabalhos de prepração das O governador Pereira Alfredo, e cuja primeira fase estava das condições de trabalho
trabalhar os campos. Segundo o terras que fez recebeu a caravana marcada para o período de afigura-se indispensável,
director do Gabinete Provincial ministerial no município do 22 a 26 de Julho, enquanto a para estimular a produção
da Agricultura, Marcolino San- Chinguar, afirmou com a lega- segunda etapa iria decorrer agro-pecuária, no sentido
demba, os kits de mecanização lização dos campos agrícolas de 26 a 30 de Agosto, com de fazer face aos desafios da
agrícola já estão na província. os camponeses vão poder traba- objectivo de comprometer diversificação económica.
O responsável acrescentou lhar de forma tranquila. “Vamos a abertura do ano agrícola, Informou que o processo
que, os 50 tractores que já se tirar proveito do facto de sermos mas que, devido ao processo de negociações com as
encontram na província vão per- os primeiros munícipes a bene- negocial em cursos foi autoridades da província do
mitir trabalhar para aumentar municípios, como do Chinguar. ficiar do programa minha terra, protelada. Huambo e o Ministério da
as áreas mecanizadas. No presente ano agrícola a pro- que começa aqui no Chinguar e No entanto, em função do Agricultura termina em 2020.
“Estamos a receber inputs víncia prepara 350 hectares para vai abranger todos os municípios curso das negociações, estes A organização sindical controla,
que serão suficientes para a serem entregues, a título defini- da nossa província”; disse. trabalhadores previam a nesta região, um total de
cobertura da campanha agrícola tivo, as famílias camponesas da O governador afirmou que a marcação de novas datas para a 312 filiados colocados no
que terá abertura nos próximos comuna da Cangala no municí- agricultura é o sector que mais paralisação dos trabalhos, uma Gabinete da Agricultura, nos
dias”, disse o director. pio do Chinguar. A entrega des- emprega pessoas na província. situação agora ultrapassada, institutos de Investigação
A província já começou a tes títulos vai marcar o início do “Se é o que mais emprega pes- segundo a secretária-geral Veterinária e Agronómica, de
receber adubo composto para programa “Minha terra” uma ini- soas não há outra via se não desta organização sindical no Desenvolvimento Florestal,
preparação dos solos e numa ciativa do grupo interministerial o Estado continuar a assegu- planalto central, Luzia Joaquina Nacional do Café e de Cereais,
primeira fase chegam à pro- formado pelo Governo. rar as condições sociais, para Baptista. nas estações Experimentais
víncia 2.500 quilogramas de Para constatar o avanço do tra- que as populações continuem Durante a assembleia- da Chianga e do Sacaála, bem
adubo, além do calcários que balho esteve na província, numa a exercer esta actividade gera- geral de trabalhadores, a como no serviços nacionais de
já estão a ser aplicados na pre- visita de 48 horas a ministra do dora de emprego e de rendimento sindicalista informou que Sementes e de Veterinária.
paração de terras em alguns Urbanismo e Habitação Ana das famílias”, disse.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
AGRICULTURA 25

DESENVOLVIMENTO FORMAÇÃO
EDIÇÕES NOVEMBRO

“Cidadela Jovem”
produz 1.700 ovos/dia
Escola agrícola e de artes e ofícios de Malanje já começa a dar
os primeiros resultados dos investimentos feitos pelo Goveno

}
O director exclareceu que
Venâncio Victor estão em pleno funcionamento
Malanje
O PROJECTO dois aviários com galinhas poa-
deiras que produzem 1.700 ovos
Escola Cidadela Jovem de Sucesso, TEM CAPACIDADE dia, acrescentando que a produção
no município de Mucari,a 54 qui- semanal pode satisfazer a procura
lómetros a Leste da cidade de PARA ACOLHER 180 do mercado. “Este investimento do
Malanje, destinada a produção estado é inteligente já que o país
agrícola e artes e ofícios, está FORMANDOS tem menos escolas do género e se
a produzir diariamente 1.700 for abrangente a todos os municí-
ovos, que já são escoados para pios será mais valia a força de tra-
o mercado nacional, segundo balho pode ser encontrada a nível
o seu director Nelson Kilola. 110 em fase de crescimento. local”, realçou Nelson Kolola.
O projecto que arrancou em Para além da produção A produção de ovos é vendida
Uma das artérias da Cidade de Malanje que regista um forte crescimento Setembro do ano passado, e de ovos há a produção agrí- nas empresas como, Restaurante
com uma capacidade para aco- cola com produtos como berin- Telma Fashion, Triângulo, em

Kiwaba Nzoje
lher 180 formandos, é essencial- gela, gengibre, repolho, tomate Malanje, e outra parte tem sido
mente agrícola está a ministrar e outras plantas hortícolas. comercializada a nível da comu-
também os cursos de electrici- Independentemente dos nidade local e na capital do país.
dade, carpintaria, serralharia, outros cursos, frisou, o de agro- “Estamos a mostrar que pode-

recebe incentivos
com a duração de nove meses. nomia é frequentado por todos mos fazer muita coisa e daqui a
A escola concebida pelo Ministé- os formandos já que o projecto pouco teremos muitos aviários
rio da Administração Pública conta é essencialmente agrícola. e os consumidores não vão fal-
com 19 técnicos locais que traba- A escola, que tem uma capaci- tar ovos para contribuir na dieta
lham em três aviários com capa- dade para 180 alunos, é frequen- alimentar e contribuir na saúde
cidade para 1.300 galinhas cada. tado nesta altura por um primeiro de crianças” Segundo fez saber
municipal juntando-se aos esfor- O director da Escola Cida- grupo de 60 alunos. O responsável ainda Nelson Kilola, durante os
Venâncio Victor ços do governo de Malanje para dela Jovem de Sucesso, Nelson lamentou a falta de condições para nove meses de produção foram
Malanje
a resolução de alguns proble- Kilola disse que neste momento recrutar alunos de outros muni- colocadas à disposição do mer-
mas que afligem as populações existem 1.1830 galinhas poa- cípios da província devido a difi- cado seis toneladas de produtos

A
daquela circunscrição. deiras (que produzem ovos), e culdades de transporte. diversos, com realce para os ovos.
Associação dos Natu- André Nascimento defende a
rais e A migos de coesão e unidade entre a admi- EDIÇÕES NOVEMBRO

Kiwaba Nzoje (ANA nistração, os filhos e naturais do


– Kiwaba- Nzoje), 95 município no sentido de identifi-
quilómetros a Norte car as possíveis áreas de interven-
da cidade de Malanje, vai priori- ção e que deve ser dado a conhecer
zar a reabilitação, a curto e médio junto do Governo para conseguir
prazo, das vias de comunicação, alguns investidores nacionais e
o relançamento da agricultura e estrangeiros para levar o muni-
o escoamento da produção agrí- cípio a outros patamares.
cola e contribuir para o aumento “Temos projectos de alinha-
da produção e diversificação da mento das estradas terciárias
economia nacional, garantiu o seu para facilitar o escoamento da
presidente, André Nascimento. produção agrícola que é feita em
Em declarações à imprensa, grande escala e que tem estado
André Nascimento, apontou a se estragar por falta de escoa-
igualmente como prioridades, a mento”, acrescentou o dirigente.
construção de três escolas nas No que diz respeito ao sec-
comunidades mais recônditas, tor da Educação, o presidente da
como nas localidades de Mbari, ANA-Kiwaba-Nzoje lamentou o
Ngunga Nhongo, Lutau, Quissua. facto de o município contar, neste
Consta igualmente da lista momento, com apenas um insti-
de prioridades a reabilitação de tuto médio, o que obriga muitos Criação e tratamento de aves numa das fazendas
estradas terciárias a nível do técnicos médios a não se fixar no
município para facilitar a livre cir- município emigrando para a sede
culação de pessoas e o escoamento provincial e outros pontos do país BENGUELA
da produção agrícola. em busca de formação superior.
O responsável apontou ainda André Nascimento pediu ao
como linhas de força a capta- Governo que seja instalado um CAMPANHA AGRÍCOLA 2018 COM BOA SAFRA DE PRODUÇÃO
ção de investidores nacionais núcleo do ensino superior para
e estrangeiros para investir no se inverter o quadro. áreas cultiváveis em comparação uma produção de 34.579, o ananás
município nos vários domínios “ Volvidos 17 anos de paz efec- Jesus Silva | Lobito a campanha anterior, tendo sido 120 mil toneladas, entre outras.
da vida sócio económica local. tiva o município começa a dar mos- cultivados 15 mil 667 hectares, Importa realçar que a provín-
André Nascimento disse ainda tras de desenvolvimento de forma A Campanha agrícola 2018/19 mais, quatro por cento em rela- cia de Benguela com inúmeros
que a reabilitação das vias de gradual, apesar de não ser ainda atingiu 390 mil 850 toneladas ção a anterior época, o que não campos propícios para o cultivo
acesso é crucial já que há dificul- o desejado, porém muita coisa de produtos diversos das 447 mil teve reflexos na produção devido, de cereais, hortícolas e frutícolas,
dade de ligação rodoviária da sede ainda está por se fazer”, realçou 659 inicialmente previstas, deu a entre outros factores, a irregula- foi desde os tempos idos, conside-
do município de Kiwaba Nzoje para o presidente da associação. Para conhecer o chefe de departamento ridade das chuvas e as pragas. rada um dos celeiros de Angola,
algumas localidades, no caso, de acrescentar disse que é preciso provincial da Agricultura, Pecuá- No que tange a produção, reve- não obstante, as mudanças cli-
Nhangue, entre outras, cujas estra- que haja uma força impulsiona- ria e Pescas, Gabriel Martinho. lou, que o milho teve um rendi- máticas, as chuvas irregulares e
das estão degradadas e só se pode dora, bem como maior interven- O responsável reconheceu que mento de 113.750, massambala pragas que se registam ultima-
viajar por meio de motorizadas. ção da sociedade civil que possa esta cifra significa uma redução 7.468, feijão 14. 059, ginguba mente, estarem a causar vários
O responsável defendeu ainda intervir junto da administração de 13 por cento das previsões ini- 2.620, mandioca 46.375, batata- constrangimentos e prejuízos
a necessidade de uma maior arti- municipal para outros passos sub- ciais, mas, o sector teve mais -doce 48.666, produtos hortícolas aos agricultores.
culação com a Administração sequentes.
26
ÁFRICA
Economia & Finanças

DR

Publicado regulamento EXIM FINANCIA


PROJECTO DE GNL
para produtos à base DE MOÇAMBIQUE
de carne processada O Conselho de Administração
do Banco de Exportação e
Importação dos Estados Unidos
Novas regulamentações para (EXIM) votou esta semana, por

}
proteger o consumidor sul-afri- unanimidade, a autorização de
cano dos riscos à saúde e segu- um empréstimo directo de até
rança decorrentes da produção ESTE É UM PASSO 5 mil milhões de dólares, para
de produtos processados de carne apoiar a exportação de bens
entram em vigor este mês. IMPORTANTE PARA e serviços dos EUA de vários
Durante meados de 2017 a Estados para o desenvolvimento
Março de 2018, o surto de lis- GARANTIR QUE OS e construção de um sistema
teriose de alimentos processa- natural liquefeito integrado,
África Subsaariana continua a ser uma oportunidade para resseguradores dos contaminados resultou na CONSUMIDORES projecto de gás natural (GNL)
morte de várias pessoas e no localizado na península
encerramento de fábricas de pro- ESTEJAM de Afungi, no Norte de
MERCADO DE RESSEGURO cessamento. Os novos regula- Moçambique.
PROTEGIDOS

África é
mentos emitidos pelo Governo da O financiamento do EXIM
África do Sul destinam-se a per- deve apoiar as exportações
mitir a inspecção de plantas de CONTRA BACTÉRIAS. dos EUA de bens e serviços
processamento, a fim de evitar para engenharia, compras

oportunidade
uma tragédia semelhante. e construção da planta de
Os novos regulamentos seguem GNL onshore e instalações
um acordo entre os Departamen- relacionadas. A transacção
tos de Comércio e Indústria (o DTI) suportará um número
e de Saúde (DoH) sobre a publica- que os consumidores possam con- estimado de 16.400 empregos

de longo prazo
ção final da Especificação Obri- fiar nos produtos alimentícios que americanos durante o período
gatória para Produtos de Carne a indústria local está a produzir. de construção de 5 anos,
Processados (VC 9100). Os novos Falando sobre os novos regu- incluindo empregos em
regulamentos serão aplicados pelo lamentos, o ministro do Comér- fornecedores no Texas, Nova
Regulador Nacional de Especifica- cio e Indústria, Ebrahim Patel, Iorque, Pensilvânia, Geórgia,
Avaliação da Best leva em consideração os ções Compulsórias (NRCS), uma declarou que “este é um passo Tennessee, Flórida e no Distrito
entidade que se reporta ao DTI. importante para garantir que os de Columbia.
requisitos de gerenciamento de alto risco Após uma extensa consulta às consumidores estejam protegidos Através das vendas
partes interessadas, a Especifica- contra bactérias nocivas trans- subsequentes, milhares

O
ção Compulsória final para produ- mitidas por alimentos”. de empregos adicionais
tos à base de carne processada foi Ebrahim Patel acrescentou provavelmente serão gerados
}

s mercados de publicada a 8 de Agosto deste ano, que “a nossa indústria de alimen- nos Estados Unidos. Por meio
seguro na África para entrar em vigor dois meses tos é importante para o desenvol- de taxas e juros auferidos, a
Subsaariana já após a data da sua publicação. vimento económico e a criação de transacção também deve gerar
oferecem uma APESAR DA O objectivo desta Especifica- empregos do país. Os empregos na mais de 600 milhões de dólares
oportunidade ção Obrigatória é regular, efectiva- indústria de alimentos devem ser em receita para os contribuintes
de diversifica- INCERTEZA DAS mente, as categorias de Produtos garantidos por meio de medidas que dos EUA, de acordo com as
ção e uma via de processados à base de carne, que forneçam aos consumidores prote- projecções do EXIM.
crescimento, mas permanecem CONDIÇÕES são considerados de alto risco, a ção adequada. Concordamos que “Por causa da liderança do
atraentes para os ressegurado- fim de proteger a saúde e a segu- uma equipa de trabalho composta presidente Donald Trump, o
res internacionais, que adoptam DO MERCADO, rança dos consumidores. O DTI por funcionários dos três depar- EXIM foi totalmente restaurado
uma visão de longo prazo. trabalhará com o Departamento tamentos (o dti, DoH e DALRRD) em Maio, e nosso conselho
Num novo relatório do seg- O RATING DE de Agricultura, Reforma Agrá- seja nomeada para considerar uma pôde votar hoje, após um
mento de mercado da AM Best, ria e Desenvolvimento Rural Autoridade de Segurança Alimen- processo de avaliação robusto,
refere-se que a “África Sub- FUNDAMENTOS (DALRRD), para coordenar a apli- tar dedicada para o país.” para garantir a protecção dos
saariana continua a ser uma cação dos novos regulamentos, Adicionado o ministro da Saúde, contribuintes e tornar esse
oportunidade a longo prazo DA MAIORIA DAS nos termos da Lei de Padrões de Zweli Mkhize, “isso denota uma era negócio possível para os
para resseguradores”. A A M Produtos Agrícolas. de governança em que existe uma trabalhadores americanos”,
Best obser va que as resse- RESSEGURADORAS O NRCS está a estabelecer um colaboração multissectorial eficaz disse Kimberly A. Reed,
guradoras da África Subsaa- extenso programa regulatório de para proteger nosso povo dos peri- presidente do EXIM.
riana, classificadas pela AM, AFRICANAS inspecções em todo o país. Isso per- gos ambientais e ao mesmo tempo “O financiamento privado
incluem uma taxa de cresci- mitirá que o Governo e a indústria proteger a segurança alimentar e não estava disponível para
mento anual composta por pré- COM MELHOR detectem erros de origem alimen- no emprego. Estamos muito satis- este projecto, devido ao seu
mios brutos emitidos (GWP) tar com antecedência. O Governo feitos com as resoluções no inte- tamanho, complexidade e risco,
superiores a 7,00% (calculado CLASSIFICAÇÃO continuará a aprimorar a segu- resse de estratégias preventivas exigindo o apoio do EXIM.
em dólares americanos). rança alimentar, a fim de garantir para uma nação mais saudável.” Fomos informados de que
Os aumentos no GWP foram DA AM TEM-SE a China e a Rússia estavam
predominantemente impul- DR programadas para financiar esse
sionados pelo segmento de MANTIDO ESTÁVEL. acordo antes que o quórum
seguros não vida, com a vida do conselho do EXIM fosse
comercial em u m estág io restaurado pelo Senado dos
inicial em muitos países. bém observa que as limitações EUA. O projecto agora será
Tim Prince, director de aná- à força do gerenciamento de ris- concluído sem o envolvimento
lises da AM Best, disse a propó- cos das resseguradoras da África deles e, em vez disso, com os
sito que “apesar da incerteza Subsaariana são uma preocupa- produtos e serviços ‘made in the
das condições do mercado, o ção constante em toda a região. USA’. Esta é uma vitória para a
rating de fundamentos da maio- Para Tim Prince, a “ava- nossa nação. ” - sublinhou.
ria das resseguradoras africa- liação da AM Best Enterprise “O apoio do EXIM ao projecto
nas com melhor classificação da Risk Management (ERM) de de GNL de Moçambique apoiará
AM tem se mantido estável”. empresas individuais, que nor- directamente a Iniciativa
“Para todas essas entidades, malmente foi marginalizada Prosper África do Presidente
a capitalização ajustada ao risco ou mal aconselhada, leva em Trump, para aumentar o
permanece no nível mais forte, consideração os requisitos de comércio da América com a
em grande parte como conse- gerenciamento de alto risco, África. Essa transacção permite
quência de suas bases de capital para empresas que operam em que muitas empresas dos EUA
frequentemente subutilizadas ambientes económicos, políticos em vários Estados participem
em relação às suas exposições e financeiros elevados, e risco desse projecto significativo
de risco de baixa subscrição”, do sistema, que, por sua vez, tem e também apoie milhares de
ressaltou Tim Prince. impactos negativos no resultado empregos americanos”, disse
No entanto, o relatório tam- final da classificação”. Listeriose em alimentos contaminados resultou no encerramento de fábricas Kimberly A. Reed.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
MUNDO 27

EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS BRASILEIRAS DR

BC certifica entrada
de capital estrangeiro
Mudança deve garantir uma maior agilidade à entrada de novos
agentes do renomado sistema financeiro internacional no Brasil
EUA violaram regras comerciais com apoios ilegais à fabricante Boeing
DR

OMC AUTORIZA ESTADOS UNIDOS A


RETALIAR CONTRA UNIÃO EUROPEIA

}
A Organização Mundial do
Comércio (OMC) autorizou,
quarta-feira, os Estados Unidos a A OMC TEM SIDO
impor tarifas de 7,5 mil milhões
de dólares a produtos europeus, PALCO DE UMA
em retaliação pelas ajudas da
União Europeia (UE) à aviação. DISPUTA, HÁ
Na decisão publicada na sua
página na internet, o órgão de VÁRIOS ANOS,
resolução de litígios da OMC
informa que “os Estados Unidos ENTRE A BOEING E
podem solicitar autorização [...]
para adoptar contra medidas em A AIRBUS, DEVIDO
relação à UE e a certos Estados-
Governo local cria mais espaço para o aumento da participação dos investidores estrangeiros no capital de IFs membros”, isto “desde que o valor ÀS SUBVENÇÕES
não exceda os 7,5 mil milhões de
E AJUDAS

E
dólares anuais”.
}

ntrou em vigor no Brasil da Constituição Federal. Se hou- “Essas contra medidas podem
o Decreto Presidencial vesse interesse, era emitido um assumir a forma de suspensão CONCEDIDAS
que autoriza o Banco COM O DECRETO decreto para cada pedido. de concessões tarifárias e de
Central (BC) a reconhe- Com o Decreto 10.029, o Banco obrigações [...] ou de suspensão
cer, como de interesse 10.029, O BC Central continuará a fazer a de compromissos”, precisa a
do Governo brasileiro, a instalação mesma análise técnica, num pro- OMC. Em causa está a disputa
no país de novas agências de ins- CONTINUARÁ A cesso similar àquele adoptado de quase 15 anos entre a UE e os
tituições financeiras (IFs) estran- pelos investidores domésticos Estados Unidos relativa aos apoios
geiras e o aumento da participação FAZER A MESMA que querem participar do SFN. públicos às respectivas fabricantes
dos investidores estrangeiros no Após essa análise, por delegação aeronáuticas, Airbus (francesa) e
capital de IFs brasileiras. ANÁLISE TÉCNICA do Presidente da República, o BC Boeing (norte-americana). europeu. Esta retaliação da
O Decreto nº 10.029, de 26 de poderá reconhecer o interesse do Para a OMC, o valor agora administração norte-americana foi
Setembro de 2019, publicado na Governo brasileiro na participa- determinado é “proporcional agora autorizada pela OMC, sendo
última sexta-feira (27), visa dar minhado ao Conselho Monetário ção, tornando desnecessária a edi- ao grau e à natureza dos efeitos a maior de sempre permitida por
igualdade de tratamento aos Nacional, que, posteriormente, ção de um decreto para cada caso. adversos determinados entre aquela entidade.
investidores estrangeiros em remetia o processo à Casa Civil. A mudança trará mais agili- o período de referência (2011- Sediada em Genebra, na Suíça,
relação aos nacionais. Da Casa Civil, a matéria seguia dade ao processo de entrada de 2013)”, ou seja, dos apoios a OMC tem como função mediar
Até então, o pedido de insta- para a Presidência da República novos agentes no SFN, estimu- europeus dados à Airbus nessa as relações comerciais da quase
lação de novas agências de IFs para reconhecimento do inte- lando a melhoria na qualidade dos altura. Tais contra medidas só totalidade dos países do mundo.
estrangeiras ou de investimento resse do Governo brasileiro, de serviços financeiros prestados e a podem entrar em vigor em
estrangeiro no Sistema Financeiro acordo com o disposto no art. 52 redução dos custos para os clien- meados deste mês, porque terão Responder na mesma moeda
Nacional (SFN) era analisado tec- dos Actos das Disposições Cons- tes, resultado da maior concorrên- de ser formalmente aprovadas A União Europeia (UE) avisou
nicamente pelo BC e depois enca- titucionais Transitórias (ADCT) cia entre as instituições. pela OMC. hoje que, caso a administração
A OMC tem sido palco de uma norte-americana avance com a
disputa, há vários anos, entre imposição de tarifas aos produtos

Londres com novo plano para o Brexit a Boeing e a Airbus, devido a


subvenções e ajudas concedidas,
respectivamente pelos Estados
europeus, como retaliação à ajuda
pública europeia dada à Airbus, irá
“fazer o mesmo”.
DR Unidos e pela UE à sua indústria “Temos dito, consistentemente,
O Governo britânico propôs de sete páginas, com propos- aeronáutica. aos Estados Unidos que estamos
quarta-feira a criação de uma tas de alteração ao protocolo No final de Março deste ano, a prontos para trabalhar com eles
zona regulatória comum entre do Acordo de Saída negociado OMC concluiu que os Estados numa solução justa e equilibrada
a Irlanda do Norte e a vizi- anteriormente por Bruxelas Unidos violaram regras comerciais para as respectivas indústrias
nha Irlanda, para facilitar com a antecessora Theresa May, com apoios ilegais à fabricante aeronáuticas. Estamos prontos
a circulação de mercadorias relativo à Irlanda do Norte. Boeing, prejudicando a Airbus, e dispostos a encontrar um
e como solução para romper Segundo Johnson, esta solu- decisão que deu “vitória final” à acordo justo, mas se os Estados
o impasse do Brexit. ção permite “todos os controlos UE, numa disputa com 15 anos. Unidos decidirem impor medidas
Nu ma ca r ta ao presi- regulatórios para o comércio de Na altura, a OMC considerou de retaliação, a UE irá fazer o
dente da Com i ssão Eu ro - bens entre a Irlanda do Norte ilegal o apoio dos Estados Unidos mesmo”, declarou a porta-voz
peia, Jean-Claude Juncker, e a Irlanda, assegurando que à Boeing, violando uma decisão do Executivo comunitário, Mina
o primeiro-ministro britâ- as regulamentações para os imposta em 2012 pelo regulador Andreeva.
nico, Boris Johnson, sugere bens serão iguais às do resto dos diferendos comerciais, a qual A responsável, que falava em
a “potencial criação de uma da UE [União Europeia]. o país disse que iria respeitar. conferência de imprensa em
zona regulatória para toda a Esta proposta, vinca, res- Em reacção a essa decisão, Bruxelas, após a reunião do
ilha da Irlanda, abrangendo peita os compromissos dos Washington ameaçou impor colégio de comissários, recordou
to dos os b en s , i nclu i ndo acordos de paz para a Irlanda aumento nas tarifas de produtos que “uma decisão da OMC sobre
agro-alimentares”. do Norte, mas depende da auto- europeus, incluindo à Airbus, o caso da Airbus está iminente e a
O plano é detalhado numa rização da administração autó- uma retaliação à ajuda pública Comissão irá reagir logo a seguir a
“nota explicativa” separada Boris Johnson dá um passo atrás noma da província britânica. europeia recebida pelo fabricante ser conhecida”.
28
GESTÃO
Economia & Finanças

Sete saídas profissionais

}
ADMINISTRADOR

de carreiras no desporto FINANCEIRO


DR

A expectativa é de que o número de utentes de jogos de electrónicos aumente este ano


gerando uma facturação que ronda a valores acima de 1,1 bilião de dólares

E
}
m todo o mundo, da equipa Pain Gaming, entrou na área. Assim, é possível colo-
a expectativa é de na equipa em 2014, teve algumas car um pé no sector e conseguir
que a indústria dos idas e vindas, e também passou mais experiência. Porém, é pre-
desportos electró- OS LUCROS por cargos diferentes. “Eu geren- ciso conhecer bem o jogo para
nicos facture 1,1 cio e defino todas as operações de desempenhar bem a função.
bilião de dólares NO MERCADO médio e longo prazo. Tenho que ter
ainda este ano. O visibilidade do que a gente quer Analista
público também tem expectativa DOS JOGOS atingir neste ano, no próximo e Outro cargo curioso que ganha
de aumentar, com audiências de daqui cinco”, explica. espaço no desporto e também é
453,8 milhões este ano. O número ELECTRÓNICOS comum em outras modalidades.
é dividido entre 201,2 milhões Saúde Envolve colecta de dados e aná-
de entusiastas e 252,6 milhões SÃO PROVENIENTES A figura do psicólogo foi uma das lises de estatísticas de jogado- Um profissional bastante
de espectadores ocasionais. primeiras relacionadas à medi- res e equipas. Um analista pode procurado e valorizado
Segundo o site estatístico “Newzoo”, DE VÁRIAS LIGAS cina a aparecer nos times. Hoje, trabalhar para um time, concen-
são 10,7 milhões de telespectadores nutricionistas, fisioterapeutas trando as suas atenções em apri-
ocasionais, que assistem menos de DE DESPORTOS e preparadores físicos também morar as tácticas e dar suporte O tecnólogo em Gestão
uma vez por mês e 7,6 milhões de são peças importante no sucesso ao coach. Além de reunir infor- Financeira é um profissional
entusiastas, mais de uma vez por ESPALHADOS das equipas. “Quanto mais apoio mações sobre pontos fortes e fra- valorizado no mercado
mês. Só no Brasil, está na terceira. pudermos dar aos jogadores cos dos oponentes, outra opção é de trabalho actual.
A expectativa é de que número PELO MUNDO FORA melhor”, diz o CEO da Pain. apoiar as equipas de transmissão, Independentemente do ramo
aumente em 2021, chegando a 15,3 com números relevantes. de actuação, qualquer empresa
milhões ocasionais e 12,6 milhões Casters precisa de uma gestão eficiente
de entusiastas nos próximos anos. Os narradores e comentaristas dão Juíz dos seus recursos e de um
A facturação é proveniente da voz e animação às partidas. Cada O profissional é o responsável bom planeamento de custos. O
assistência das “League of Legends” competitivo de um jogo conta com por certificar que as equipas gestor financeiro actua nessas
(LoL), “Dota 2”, “Fortnite” e “Counter narrações marcantes. Para entrar seguem as regras do campeonato áreas e também em outras, o
Strike: Global Offensive” (CS:GO) pouco conhece desse mercado. na carreira, é recomendável cons- a cada partida disputada. Ele deve seu trabalho é fundamental para
estão entre os mais jogados e assis- Para quem quiser se aventurar, truir um portfólio transmitindo conhecer o regulamento a fundo o crescimento da organização.
tidos no mundo. No Brasil, “Rain- há profissões novas e já conheci- partidas, profissionais ou ama- para aplicar as devidas punições
bow Six: Siege” (R6) e “Free Fire” das que começam a se destacar doras, para treinar e se habituar para cada infracção cometida. É Mercado
também se destacam no competi- e aparecer. Seleccionamos sete com o que acontece no jogo. Saber comum vê-los atrás dos jogado- O papel deste profissional é
tivo nacional, por exemplo. opções de cargos e carreiras no o vocabulário, termos e o contexto res e na frente dos computado- fundamental no crescimento
Muitos profissionais acredi- mundo dos desportos. do game que quer trabalhar. Cur- res durante as partidas. e na estabilidade de empresas
tam também que o desporto é uma sos de locução também são uma de todos os segmentos. É ele
coisa nova, então, é normal ter pes- Cargos administrativos boa forma de melhorar o currículo. Streamer de games quem controla os gastos da
soas fora do cenário nesses car- CEO, director e gerente. Marketing, A prática pode ser um simples organização, acompanha o fluxo
gos. “Cada modalidade tem o seu comunicação e jurídico são algu- Coach passatempo ou fonte de dicas de caixa, investiga os melhores
ecossistema específico; o ‘LoL’ não mas áreas necessárias para uma Os “professores” também chega- para melhorar o desempenho de investimentos e busca novas
é igual o ‘CS’. Quem chega de fora equipa de desporto electrónico. ram aos desportos electrónicos. um principiante, treinar jogadas estratégias financeiras.
ainda não tem tanta noção. Então, Cada profissional tem a sua fun- Um coach é responsável por orien- e até mesmo comentar competi- No mercado de trabalho, esse
precisa de passar por um processo ção, o que leva a responsabilidades tar os atletas, aplicar treinamen- ções. Por isso, os streamers têm profissional é muito valorizado
de imersão em que se mostra como de lidar com contratos de atletas e tos e escolher as melhores tácticas ganho espaço ao produzir con- em épocas de instabilidade
tudo funciona”, esclarece Hamence. empresas, agendas de compromis- para superar os adversários. No teúdo para a internet. Já que a económica. Durante uma crise
Com números tão expressivos sos dos jogadores, organizar via- competitivo, equipas de todas as credibilidade é um importante ou na recuperação económica
de audiências e valores altos, não gens, questões internas das gaming modalidades têm técnicos nos seus factor para ter sucesso nesta ocu- de um país, é importante
é à toa que o sector relativamente houses, local em que o time mora elencos. Alguns times têm até pro- pação, ela se tornou uma prática planear bem as finanças, aplicar
nova esteja a chamar a atenção e treina e contratação de profis- fissionais de outros países. comum entre pro-players e pes- os recursos em investimentos
como um nicho de carreira, tanto sionais, entre outras atribuições. Os times universitários e amado- soas conhecidas no cenário de rentáveis e elaborar orçamentos
de apaixonados tanto para quem Thomas Hamence, actual CEO res são uma opção para começar uma determinada modalidade. detalhados. Na crise, é
primordial ter uma boa gestão
DR de contas.
Na área de planeamento
tributário, o tecnólogo em
gestão financeira é responsável
pelo pagamento dos impostos
devidos. Ele conhece o sistema
tributário e elabora planos de
redução de carga tributária,
uma forma de economizar com
impostos e taxas, respeitando
as obrigações fiscais. Ele
também pode actuar com
auditoria e análise de crédito.
Os gestores financeiros que
decidirem trabalhar por
conta própria encontram
oportunidades como
consultores de finanças para
empresas, auxiliando nas contas
ou no planeamento tributário
de maneira terceirizada ou
também é procurado para
orientar a abertura de novos
empreendimentos.
Profissionais que se dedicam à gestão de jogos está a crescer em todo o mundo e esta prática tornou-se bastante promissora pelo número crescente de utentes
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
GESTÃO 29

DR
Contribuintes contam
com obra no mercado
Livro lançado é uma versão actualizada que analisa
os aspectos do “Estatuto dos Grandes Contribuintes”

A terceira edição do livro ‘Esta- com enorme relevância no meio


tuto dos Grandes contribuintes académico e profissional. O livro
– Angola’, foi esta semana colo- é uma profunda revisão e actua-
cada no mercado para a consulta lização do texto original, que faz
dos seus utentes e interessados. uma reflexão dos desenvolvimen-
O livro é uma versão actuali- tos ocorridos, incluindo a proble-
zada que analisa as especificida- mática do IVA, que entrou em vigor
Arte de falar em público pode ser melhorada com tempo e cultivada com a prática diária dentro e fora das empresas des do Estatuto, aprofundando e no dia 1 de Outubro em Angola.
clarificando, tanto quanto possível, Por outro lado, a aprovação do
os aspectos menos claros ou mais Estatuto dos Grandes Contribuin-

Cinco erros a evitar


complexos, para que seja possível o tes representa uma evolução signi-
adequado cumprimento das obri- ficativa no sistema fiscal e nesta
gações, a diminuição dos riscos e a obra estão desenvolvidas temáti-
detecção de oportunidades fiscais. cas de enorme actualidade prática,
Com base no lançamento como a questão dos critérios espe-

durante as palestras
deste obra, a líder global em audi- cíficos e gerais de classificação de
toria, assessoria fiscal, transa- uma entidade como Grande Con-
ções e gestão, reforça mais uma tribuinte, a questão da contabili-
vez mais o seu compromisso com dade e certificação legal de contas.
o desenvolvimento do regime As várias temáticas aborda-
Explorar todo o conteúdo dos slides ou contar história de vida fiscal de Angola. das no livro procuram esclarecer
Os utentes particulares e coleti- o quanto este regime é inovador,
pode não ser uma boa estratégia para cativar a audiência vos, no caso, as empresas públicas onde são enquadrados determina-
e privadas ganham um elemento dos direitos e deveres dos maiores
de clarificação e ajuda aos gran- contribuintes do país, que não só

O
des contribuintes do país e não só. facilita a relação entre os supradi-
}

especialista em comu- por exemplo, que os criadores de Trata-se da única obra de cariz tos contribuintes e a Administra-
nicação Neil Gor- ‘Vingadores: Guerra Infinita’ con- doutrinal disponível no mercado, ção Geral Tributária.
don compartilhou os tarem o que acontece em ‘Ulti- DR

cinco maiores erros MUITOS ORADORES mato’ antes do filme ser lançado.
que podem ser come- Em vez disso, use o mistério a
tidos pela maioria dos oradores FAZEM DAS SUAS seu favor para resolvê-lo apenas
de grandes ou pequenas paletras. ao final da interacção”.
Gordon afirma que o desa- PALESTRAS UMA
fio é impressionar a audiência 5. Começar com expressões
nos primeiros sete segundos, EXPLICAÇÃO muito educadas
algo bastante difícil de fazer. “A sua audiência vai criar uma
Ele auxilia autores e oradores MONÓTONA E impressão de você nos primei-
no desenvolvimento e melhora ros 15 segundos de apresentação.
as habilidades de comunica- ABORRECEDORA, AO Dizer coisas como ‘obrigado por
ção. Trabalha com executi- me receberam aqui hoje’ acaba
vos, influenciadores e líderes PONTO DE FAZER com essa impressão inicial. Para
de ideologias e ajuda essas explorar a tensão de começo de
pessoas a vender centenas de PERDER O INTERESSE discurso, entre no palco e, depois Apresentação da obra foi realizada esta semana aos jornalistas em Luanda
milhares de livros, serem vis- de uma breve pausa, comece a
tas em shows de TV e duplicar DE QUEM OS OUVE falar das primeiras ideias cen-
as suas comissões de discurso.
Antes de se tornar um téc-
trais do discurso”.
As palestras motivacionais SAMSUNG ANUNCIA RETIRADA
nico de comunicações, Gordon de todo o sistema, normalmente estão cada vez mais a tomar DE FÁBRICAS NO MERCADO CHINÊS
trabalhou na equipa editorial da transmitidas por meio de um conta dos grandes eventos
“Penguin Random House”, onde acrônimo esperto. Mas 46 dos corporativos. Como quebram o
teve contacto com autores de best 50 TED talks mais populares clima, que em alguns momen- A Samsung vai deixar de vez de da produção na fábrica da
sellers do “New York Times”. Ele oferecem apenas uma ideia cen- tos pode ficar pesado, por conta produzir telemóveis na China, Samsung em Huizhou no mês
trabalhou como ghostwriter e tral que pode ser integrada em da quantidade de actividades país onde já ocupou 15 por cento de junho. Ao longo de 2018,
colaborou em livros publicados diversos momentos e lugares. A que precisam ser realizadas ao do mercado. Com apenas um 1 a Samsung já tinha encerrado
por Penguin Random House, Har- audiência pode continuar explo- longo do expediente, são ópti- cento, a empresa anuncia que duas fábricas na China:
per Collins e Hay House. rando o assunto depois”. mas estratégias para apresen- vai sair depois de já ter reduzido primeiro em Shenzhen, depois
Estes são, na opinião dele, os tar planos, metas e objectivos operações desde 2018. em Huizhou. Esta última
cinco maiores erros cometidos 3. Contar a história de vida da empresa e, principalmente, A Samsung anunciou esta foi precisamente a primeira
em discursos públicos: “Muitos falam sobre como as motivar os colaboradores. medida esta semana, fábrica da Samsung em
histórias são poderosas. Mas a O resultado é uma equipa concentrando a produção de território chinês, tendo sido
1. Dar todo o conteúdo dos sli- diferença entre compartilhar mais engajada, comprometida e smartphones noutros países inaugurada em 1992.
des de uma vez a sua história e compartilhar animada, que busca realizar as como a Índia e Vietname.
“Marcadores em slides costu- uma passagem dela pode decidir suas demandas de forma eficaz “A produção de equipamentos DR

mam ser muito distrativos. Mas o sucesso de sua apresentação. e contribui para alcançar resul- será deslocada para outros locais
um orador atento pode animar Em vez de apenas compartilhar tados extraordinários. da indústria global, dependendo
um componente da apresentação de maneira genérica suas memó- Por isso, é essencial que da nossa estratégia de produção
por vez para manter a audiên- rias, busque apenas os momen- empresas, sejam elas pequenas, global, que se baseia nas
cia sempre atenta”. tos inesperados que levem a uma médias ou grandes, invistam necessidades do mercado”,
Gordon discorda do assunto mensagem que está tentando nesta, que é uma maneira alta- referiu a Samsung, num
de Power Point, dizendo que odeia compartilhar com outros”. mente eficaz de motivar e enga- comunicado citado pela Reuters.
oradores que usam PowerPoint jar os colaboradores, para que A perda de mercado por parte
com marcadores. Quando insis- 4. Iniciar pelos objectivos de se sintam parte dos processos da Samsung coincidiu com
tem que use slides, coloco apenas aprendizado organizacionais, contribuam o crescimento acelerado da
fotos neles, sem nenhuma palavra. “Oradores acreditam que mos- para o crescimento dos negócios Huawei, da Xiaomi ou da Oppo,
trar todo o conteúdo da discus- e, com isso, cresçam e se desen- tudo marcas chinesas que têm
2. Oferecer explicações deta- são logo nos primeiros momentos volvam na mesma medida, daí vindo a crescer nos últimos anos.
lhadas pode ajudar a audiência a absor- que quem quiser ser bem suce- Esta decisão surge depois
“Muitos oradores fazem das ver melhor o material, mas isso é dido na gestão da sua empresa, de uma redução deliberada Samsung deixa o mercado chinês
suas palestras uma explicação um engano. Teria o mesmo efeito, deve conhecer as regras.
30
LAZER
Economia & Finanças

AUTOMÓVEL

Hyundai
confirma
pick-up

O
CEO da Hyundai Austrá- ceito Santa Cruz, no Salão de Detroit, uma construção de carroceria sobre chassi. É -coreanos, que pretendem lançá-la em 2021.
lia, John Kett, confirmou fusão entre os SUVs Santa Fé e Vera Cruz. o método usado por picapes médias como Ásia e Oceania devem ser os primei-
durante uma entrevista De acordo com o fabricante, o modelo Hilux, S10 e Ranger. ros mercados a receber a picape, poste-
para o site WhichCar que é considerado compacto para o mercado Kett afirmou ainda que a picape terá riormente, os modelos chegam na América
a marca está a desenvol- norte-americano e deve chegar um pouco uma gama completa, então tudo indica que Latina, África e Europa. Não há nada ofi-
ver a primeira pick-up da maior por lá. O Executivo adiantou algu- deve chegar com opções de motor a gasolina cial, mas a produção deve ser feita na Indo-
sua história para concor- mas informações sobre a versão de produ- e a diesel, com tracção 4x2 e 4x4 e cabine nésia, já que a Hyundai investiu 1 bilhão
rer com a Toyota Hilux, principalmente. As ção. O visual já está definido e não utilizará estendida e dupla. O projecto está a ser feito de dólares no país para abrir uma fábrica
especulações sobre o lançamento vem desde uma estrutura monobloco como no conceito em parceria com a Kia, que também deve com capacidade produtiva anual de 250
2015, quando a Hyundai apresentou o con- e modelos como a Fiat Toro, mas sim uma lançar uma camionete um ano após os sul- mil veículos.

PRESTÍGIO 15 PROJECTOS FORAM ANALISADOS E APROVADOS Dog Murras apresenta projecto


Apple premiada na ONU
DR

O músico angolano Dog Murras


apresentou, esta semana, em
A United Nations Global Climate Action Awards premeia anualmente empresas Luanda, a ministra da Cultura,
Maria da Piedade de Jesus, o
que promovem boas práticas e acções que visam o combate ao aquecimento global projecto social Acção Jovem.
DR Trata-se de uma iniciativa
A United Nations Global Climate destinada a apoiar jovens nos
Action Awards, uma premiação domínios educativo, cultural,
promovida pela Organização das entre outros, como forma
Nações Unidas (ONU), reconheceu de incentivar a mudança de
15 projectos e organizações por comportamento e paradigma
acções práticas que visam combater para com a promoção,
o aquecimento global. Uma dessas valorização e divulgação da
empresas é a Apple, que conseguiu cultura nacional.
alcançar a marca de 100 por cento A apresentação do projecto
de energia renovável utilizada nas ocorreu durante uma audiência
suas lojas oficiais, nos escritórios que a ministra concedeu
e data centers ao redor do mundo. ao músico e durante a
Inclusive, o consumo de energia qual abordaram questões
desses estabelecimentos em geral relacionadas com à promoção,
diminuiu em média 70 por cento. preservação e valorização da
Esse marco sustentável foi pos- identidade cultural angolana.
sível com a utilização de diversas Sobre o projecto do artista, Dog Murras quer inspirar jovens
formas de produção e compra de a ministra Maria da Piedade
energia limpa. de Jesus manifestou o apoio seio juvenil.
A Apple tem algumas fazen- institucional por, no seu Opinião idêntica foi manifestada
das de energia solar nos Estados entender, tratar de uma acção pelo secretário de Estado para as
Unidos e na China, por exemplo, louvável e que ajudará os Indústrias Culturais e Criativas,
além de contratos com empresas jovens a desenvolverem os seus João Constantino, que reafirmou
locais de geração de diversos tipos talentos artístico-culturais. a disponibilidade do Ministério
de energia sustentável para man- Maria da Piedade de Jesus da Cultura continuar a apoiar
ter as suas instalações. apontou ainda o facto acções do género tendo em
O CEO da empresa, Tim Cook, de projectos do género conta a afirmação da cultura e da
declarou o compromisso com um estimularem a criatividade no identidade nacional.
Fazendas de energia solar nos Estados Unidos e na China são marcos cruciais mundo melhor e sustentável.
SEXTA-FEIRA, 4 DE OUTUBRO DE 2019
LAZER 31

BERLIM FEIRA DE TECNOLOGIA APRESENTA NOVIDADES Microsoft pode “revolucionar”


Walkman de 9 mil carregadores sem fio actuais
Assim como faz todos os anos, contar com este carregador

euros no mercado de a Microsoft apresentou esta


semana os seus novos modelos
de hardware para a linha Surface.
sem fio devem ser os novos
Surface Laptop e Surface Pro.
Entretanto, os detalhes de

luxo da tecnologia E de acordo com informações


obtidas junto ao órgão de registo
de patente norte-americano FCC,
design e funcionalidade tanto
dos novos modelos quanto de
sua tecnologia de carregamento
a companhia pode revolucionar ainda são desconhecidos.
Várias empresas disponilizam a forma de carregar os seus
aparelhos acima dos preços aparelhos com uma nova e DR

normais de mercado para potente tecnologia sem fio.


atrairem clientes de alto Embora existam poucas
informações sobre o assunto
padrão de consumo e tenham sido divulgadas até
público-alvo ultra o momento, é sabido que a
excluso Microsoft patenteou algum
tipo de carregador sem fio. O
detalhe é que, ao que tudo
indica, este aparelho não será
voltado para dispositivos móveis
como tablets e smartphones,
e sim para Notebooks. Assim
sendo, as expectativas de
um método de carregamento
A imagem que está no topo é wireless, provavelmente por
de um Walkman que custa três vias magnéticas, são bastante
mil euros e o cabo prateado grandes.
ligado ao dispositivo é de uns Os aparelhos que devem Microsoft já patenteou dispositivo
auriculares com fios que cus-
tam cerca de dois mil. Este
não é um artigo sobre telefo-
nes ou auscultadores caros. FLASH
“É este tipo de mercado que que estão à venda pelo mesmo
credibiliza uma marca”, diz valor. É caro, mas a Sony não
Pedro Jesus. é a única empresa a apostar café com cristais Swarovski e,
Na IFA, a maior feira de neste segmento. Outras mar- claro, há sempre novas televi-
tecnologia da Europa, a per- cas tecnológicas, como a LG ou sões maiores, mais finas, com
gunta feita pelo observador a Samsung, também têm produ- mais pixeis e sim, mais caras.
ao português responsável tos acima daqueles que se inse- Para quem são estes pro-
pelo marketing da Sony na rem, regra geral, na categoria dutos? Para consumidores
Península Ibérica foi quem é dos mais caros. Tudo a pensar “exclusivos”.
o público-alvo da gama Sig- nos consumidores mais exi- Antes de mergulharmos nos RESPONSÁVEL CULTURAL YOBASS E CHETEKELA
nature, que a marca japonesa gentes. E sim, há quem compre. produtos que fazem a delícia Sugere isenção de taxa na Os únicos no AEAUSA 2019
disponibiliza para o segmento Nesta feira em Berlim, além de quem aposta no glamour, importação de livros A Yobass e Chetekela serão
de luxo. das novidades do costume — de importa perceber quem são O director interino da os nome de Angola que
Nesta gama, há leitores de novos smartphones a computa- estas pessoas. Ao Observador, Direcção Municipal de vão actuar no “African
áudio que custam nove mil dores e até máquinas de lavar Cláudia Rodrigues, directora Cultura e Hotelaria de Entertainment Awards 2019”
euros e auscultadores que cus- — é possível ver todo o tipo de de marketing e comunicação na Luanda, Manuel de Sousa, (AEAUSA), que acontece no
tam dois mil. Para poder usar gadgets ultra premium, para Samsung Portugal, explica o sugeriu a isenção de taxas na dia 19 de Outubro , em Nova
estes dispositivos, ainda é pre- quem não se importa de pagar que move a marca sul coreana: importação de livros no país. Jersey, Estados Unidos.
ciso comprar um cabo que de mais para garantir que tem o “Sabemos que factores como
ligação, cujo preço é de 300 melhor (e, sobretudo, que é dos ‘faz-me sentir bem sucedido’,
euros, um valor que faz pare- poucos a ter esse tipo de pro- ‘facilita a minha vida’ ou
cer baratos os novos ausculta- duto). Marcas como a Arzum ‘exprime a minha personali-
dores Bluetooth com redução aproveitaram a presença na dade’ influenciam as escolhas
de ruído da mesma empresa e feira para mostrar máquinas de do consumidor.

RAPPER LIL WAYNE GALERIA TAMAR GOLAN


Sony trabalha em assistente de voz Caderno de rimas vendido Apresenta “A Fonte”
por 250 mil dólares Uma exposição colectiva
para a PlayStation 5 Um caderno de 1999 contendo de cinco jovens artistas
as letras escritas pelo cantor, plásticos angolanos
então com 17 anos de idade, é inaugurada no dia 11
Com o lançamento do PlayStation foi comprado por cerca de 250 de Outubro de 2019, na
5 a se aproximar, a Sony está pro- mil dólares. O livro é parte de Fundação Arte e Cultura,
curar maneiras de destacar o seu uma rara colecção sua. situada na Baixa de Luanda.
próximo console na comparação
com o Xbox. Uma patente regis-
tada indica que a empresa está a
trabalhar num assistente de voz,
como a Siri e a Alexa.
A função está a ser chamada
provisoriamente de PlayStation
Assist. Com o assistente, é possí-
vel perguntar sobre aspectos do
jogo enquanto estiver nele, como CANTOR IVAN ALEKXEI AGENDA NETFLIX
localização de itens. O utente ele pode pedir ajuda”, descobriu o o jogador está no jogo a partir do Lança música “Pai Ausente” Anuncia 18 lançamentos
também pode pedir ao Assist analista Daniel Ahmad enquanto qual a consulta foi apresentada”. Ivan Alekxei lança no A agenda Netflix prepara 18
que o ajude a agendar um horá- lia a patente. “A consulta pode ser A Sony dá indícios na patente mercado a música “Pai lançamentos entre os dias 3
rio para jogar com os amigos, em qualquer formato ou com uma que o Assist pode fornecer “uma Ausente”, com a participação e 9 de Outubro, com estreias
descobrir o que eles estão a jogar combinação deles, incluindo áudio, conversa em andamento com um de Yola Semedo, cujo de novos conteúdos originais,
ou aprender sobre as melhores texto e vídeo. O servidor de assis- assistente de jogo automatizado lançamento acontece hoje além da disponibilização de
estratégias nos games. tência do game está configurado durante o jogo configurado para dia 4 de Outubro, em todas as títulos populares do mundo
“Por exemplo, quando um joga- para responder às respostas mode- fornecer suporte psicológico e plataformas digitais. do entretenimento.
dor não consegue progredir no jogo, ladas com base no contexto em que informativo ao jogador”.
CARTOON POR ARMANDO PULULO EM AGENDA

7 de Outubro
Asseco Academy arranca com novo curso
A Academia inicia na próxima segunda-feira, em Luanda, a quarta
edição do curso de especialistas em tecnologias de informação
bancária.

25 de Outubro
3º Congresso Internacional dos Engenheiros
A Ordem dos Engenheiros de Angola realiza o evento com o tema
Engenharia, Diversificação e 4ª revolução industrial.

23 a 27 de Outubro
Feira de negócios dos municípios
O Ministério do Comércio e o Governo Provincial de Luanda
promovem, de 23 a 27 de Outubro, a primeira Feira de Negócios dos
Municípios e o Fórum Empresarial das Municipalidades.

30 de Outubro
AFCA COFFEE EXPO – Zanzibar
Produtores nacionais vão participar, na Tanzânia, na feira do café para
estabelecer relações comerciais entre os compradores e produtores.

31 de Outubro
Fórum sobre fertilizantes minerais
A empresa Bumbar Minning vai realizar a primeira edição do “Fórum
fertilizantes minerais”.

DR

Tribunal de Contas forma gestores BREVES

DR

SOLUÇÕES
Victória Quintas Ensino Superior busca optimizar
no Huambo
recursos financeiros disponíveis
A optimização de recursos
Os gestores e técnicos da Adminis- financeiros e a definição de
tração do Estado das províncias do um quadro legal que possi-
Huambo, Cuando Cubango e Bié bilite maior engajamento do
participam, desde terça-feira, num Estado no financiamento do
seminário de capacitação sobre a lei ensino superior foram deba-
dos contratos públicos e as modali- tidas ontem, quinta-feira, em
dades de fiscalização, numa inicia- Luanda, no 2º Conselho Consul-
tiva do Tribunal de Contas. A acção tivo do Ministério do Ensino
Os 18 candidatos seleccionados visa contribuir para a melhoria Superior, Ciência, Tecnologia
da gestão mais racionalizada, efi- e Inovação (MESCTI).

Banca ganha
ciente e transparente dos recursos
públicos, com base das instruções MBANZA KONGO
Ende instala 2 mil contadores
novos técnicos
de resoluções da instituição, refe-
rentes a prestação de contas. para o sistema pré-pago
Na cerimónia de abertura, que Um total de dois mil e 603 conta-
Quadros do sector vão decorreu no auditório do Governo dores com sistema de pré-paga-
aprofundar competências da província do Huambo, a vice- mento de energia eléctrica foram
sobre as várias vertentes -presidente do Tribunal de Con- já instalados, até ao momento,
tas, Domingas Garcia, disse que o nos municípios de Mbanza
de negócio no mercado seminário enquadra-se no plano de Tribunal de Contas está a capacitar servidores públicos no interior do país Kongo, Soyo e Cuimba, pro-
financeiro nacional formação e capacitação do exercí- víncia do Zaire, pela Empresa
cio de 2019, destinado aos respon- Nacional de Distribuição de
Asseco Academy, academia de sáveis de diferentes organismos nalmente, consagrado no nº 4, do temente, reflecte as acções e os pro- Electricidade (ENDE).
formação especializada em tec- e entidades ligadas à contratação artigo 104º, da Constituição. O jectos do Orçamento Geral do Estado
nologias de informação, inicia pública, de forma a se melhorar a seminário visa capacitar e for- (OGE) a serem executados pelos admi- NAMIBE
no próximo dia 7 de Outubro a transparência no processo de con- talecer de conhecimentos os téc- nistradores municipais, o que exige Inspecção do Trabalho
quarta edição do seu curso des- tratação pública, a qualidade de nicos da Administração Pública maior rigor por parte destes gestores detecta 752 infracções
tinado aos futuros profissionais instrução dos processos e a uni- nestas matérias”, apontou. e coloca enormes desafios ao Tri- A Inspecção Geral do Trabalho
da banca. Para esta edição foram formização dos procedimentos. A magistrada sublinhou que o bunal de Contas como garante da (IGT) na província do Namibe
seleccionados 18 candidatos, “O dever jurídico da boa gestão dos Plano Integrado de Intervenção dos legalidade das finanças públicas e registou, entre Janeiro a Setem-
todos recém-licenciados, que vão dinheiros públicos está, constitucio- Municípios (PIIM), aprovado recen- do julgamento das contas. bro do ano em curso, 752 infrac-
agora aprofundar os seus conhe- ções diversas a Lei Laboral.
cimentos e competências sobre EDIÇÕES NOVEMBRO Trata-se de infracções regis-
as várias vertentes do negócio tadas em empresas na área do
bancário antes de ingressarem Cabinda recebe comércio, com 218, indústria
no mercado de trabalho. Finan- transformadora, com 180, pres-
ciado a 100% pela empresa tec- energia de Inga tação de serviços, 167, e do ramo
nológica Asseco PST, líder em pesqueiro, com 72 infracções.
desenvolvimento de software e Equipas técnicas de Angola e
aplicações dirigidas ao sector da República do Congo reúnem, HUÍLA
financeiro, o curso não tem cus- a partir de hoje, sexta-feira, em Província aposta forte
tos para os jovens formandos. Kinshasa, para finalização do no desenvolvimento do turismo
A Asseco PST garante não só a processo de pré-concurso de Um projecto para desenvolvi-
disponibilidade das salas equi- empreitada para o desenvolvi- mento turístico do Lubango,
padas com a mais moderna tec- mento do Projecto de Interliga- no período 2020 a 2025, foi lan-
nologia na academia, localizada ção Eléctrica da Barragem do Negociações vão dar à província de Cabinda electricidade a partir da RDC çado no Conselho Consultivo do
na Cidade Financeira, em Tala- Inga à província de Cabinda. Ministério do Turismo, visando
tona, como os formadores respon- Segundo uma nota em que transformar a região em pólo
sáveis pelos conteúdos do curso. o JE teve acesso, este encontro veis das empresas Rede Nacional integra mais nove responsáveis emissor do turismo no país.
decorre na sequência das conclu- de Transporte de Electricidade e técnicos do MINEA, PRODEL, A província recebeu, recente-
ISSN 2409-6474 sões da reunião do Comité Téc- (RNT), pelo lado angolano e da RNT e ENDE, designadamente, mente, a visita da ministra da
nico Misto Bilateral de Angola SNEL pelo congolês. ligadas ao projecto, planeamento, tutela, tendo sido reiterado a
e da RDC, que teve lugar em O grupo técnico angolano é gestão, engenharia do projecto, necessidade um melhor apro-
Luanda, em Setembro, e que colo- dirigido pelo PCA da RNT, Rui comunicação, relações institucio- veitamento das enormes poten-
9 772409 647001 cou à mesma mesa os responsá- Pereira do Amaral Gourgel e nais e assuntos jurídicos. cialidades de que dispõe.

Você também pode gostar