Você está na página 1de 7

Geografia 8.

º ano

FICHA DE AVALIAÇÃO
Recursos/Setores de atividade/Agricultura e pecuária
Escola _________________________________________________________Ano letivo 2017-2018

Nome__________________________________________________________N.⁰____ Turma_____

Data ___-___-___ Classificação______________________ Professor(a)______________________

Encarregado(a) de educação_________________________________________________________

Lê com atenção o enunciado da ficha, e responde com clareza e rigor às questões apresentadas.

GRUPO I
Fonte: https://rea.ambiente.pt, acedido a 28 de fevereiro de2018
1. Observa a Figura 1.

1.1. Figura 1 Consumo de energia primária em Portugal, por fonte energética de 2005 a 2016.
Nota: p – dados provisórios

Seleciona a opção correta, de forma a construíres afirmações verdadeiras.


1.1.1. De acordo com a Figura 1, quer em 2005 quer em 2016, as fontes de energia mais utilizadas
em Portugal eram...
a) o carvão e o gás natural.
b) o carvão e a biomassa.
c) o gás natural e o petróleo.
d) o petróleo e a biomassa.

1.1.2. Entre 2005 e 2016, denota-se que houve...

a) um decréscimo da dependência em relação ao petróleo e ao carvão e um aumento em


relação ao gás natural.
b) um aumento da dependência em relação ao petróleo e ao carvão e um decréscimo em
relação ao gás natural.
c) um decréscimo da dependência em relação ao petróleo e ao gás natural e um aumento em
relação ao carvão.
d) um aumento da dependência em relação ao carvão e ao gás natural e um aumento em
relação ao petróleo.

1.1.3. Regra geral, à medida que aumenta o desenvolvimento dos países, o consumo de combustíveis
fósseis...
a) aumenta.
b) diminui.
c) estagna.
d) mantém-se.

1.1.4. Uma das aplicações do petróleo é...


a) alimentar as centrais elétricas que produzem eletricidade.
b) alimentar as centrais termoelétricas que produzem eletricidade.
c) alimentar as centrais termoelétricas que produzem energia eólica.
d) alimentar as centrais térmicas que produzem gás natural.

1.1.5. O petróleo, o carvão e o gás natural são considerados...


a) combustíveis fósseis e, por isso, recursos não renováveis.
b) combustíveis fósseis e, por isso, recursos renováveis.
c) energias limpas e, por isso, recursos não renováveis.
Fonte: BP Statistical Review of World Energy, BP, Junho de 2017.
d) energias limpas e, por isso, recursos renováveis.

2. Observa os dados da Figura 2.

Figura 2 Evolução da distribuição das reservas de gás natural, em percentagem, por regiões em
1996, 2006 e 2016.

2.1. Identifica as duas regiões que, em 2016, apresentavam:


a) as maiores reservas de gás natural;
b) as menores reservas de gás natural.

2.2. Refere as regiões do mundo que, entre 1996 e 2016, registaram um aumento nas suas reservas de
gás natural.
2.3. Classifica o gás natural quanto à sua capacidade de reposição na natureza.

2.4. Menciona dois impactes associados à utilização dos combustíveis fósseis.

3. Lê o Documento 1.
Documento 1

Energias renováveis representaram 47,7% da produção nacional


A APREN revela que no primeiro mês de 2018 as centrais renováveis representaram 47,7% do total da produção de
eletricidade de Portugal continental e destaca a eólica (27,6%) como a tecnologia renovável que mais eletricidade gerou
neste período. (...) Em janeiro, continuou a verificar-se a predominância das fontes fósseis, no abastecimento
das necessidades elétricas nacionais, à semelhança do que se passou em grande parte de 2017. Porém, é de
destacar pela positiva a elevada taxa de produção elétrica das centrais eólicas, que atingiram um fator de carga que
ronda os 35%. É ainda relevante mencionar que neste mês as centrais eólicas de Portugal continental geraram, por si
só, mais eletricidade do que o global das centrais a gás natural.
Fonte: http://boasnoticias.pt, (acedido em 18 de fevereiro de 2018)

3.1. Identifica o tipo de recursos mencionados no Documento 1 quanto à capacidade de reposição na


natureza.

3.2. Distingue recursos renováveis de recursos não renováveis.

3.3. Elabora um comentário à frase que se encontra a negrito no Documento 1, tendo em conta a:
a) dependência energética do exterior;
b) distribuição dos recursos energéticos em Portugal.
(Apresenta dois aspetos para cada um dos tópicos)

4. Lê o Documento 2.

Documento 2

É possível um acidente nuclear em Portugal?


Parece estranho, habituados que estamos a pensar que o nuclear não é connosco, ainda para mais quando Portugal
não tem nenhuma central. E, no entanto, corremos perigo. A cerca de 100 quilómetros da fronteira portuguesa, ou a 300
de Lisboa, há uma central nuclear que corre sérios riscos de segurança. (...) A central de Almaraz foi construída há 35
anos. Tem atualmente os reatores nucleares mais velhos do Estado espanhol e o sistema de refrigeração já não dá
garantias de segurança. Supostamente, devia ter sido fechada em 2010, que era o seu prazo máximo de vida, mas o
governo decidiu prolongar o seu funcionamento até 2020.
Fonte: http://expresso.sapo.pt/ (acedido a 3 de junho de 2016)

4.1. Refere duas desvantagens associadas à utilização da energia nuclear.

GRUPO II
1. As atividades económicas visam satisfazer as necessidades do ser humano e gerar riqueza,
tendo por base a extração, a transformação e a distribuição de recursos naturais e dos produtos
transformados.

1.1. Estabelece a correspondência entre os conceitos da coluna 1 e as definições da coluna 2.

Coluna 1 Coluna 2
1. Engloba as atividades económicas não diretamente produtivas, ligadas ao
A – Setor primário comércio, à distribuição de produtos, bom como os serviços públicos e
privados.
2. Engloba todas as atividades relacionadas com a produção através da
B – Setor secundário exploração de recursos da natureza: agricultura, produção animal, caça.
Floresta e pesca.
3. Engloba atividades relacionadas com a transformação de matéria-prima em
C – Setor terciário produtos acabados ou semiacabados: a indústria, a construção civil e a
produção e distribuição de eletricidade e água.

A B C

2. Analisa a Tabela 1 que representa a divisão da população ativa por setores de atividade em dois
países da Europa, em 2016.
Tabela 1

País Setor primário (%) Setor secundário (%) Setor terciário (%)

A ___________________ 28,9 29,1 42

B ___________________ 1,5 27,3 71,2


Fonte: www.pordata.pt (acedido em 18 de fevereiro de 2018)
2.1. Completa a Tabela 1 com os seguintes países: Alemanha e Roménia.

3. Observa as Figuras 3 e 4.
Fonte: www.pordata.pt (acedido em fevereiro de 2013)

Figura 3 População empregada no setor primário, Figura 4 População empregada no setor terciário,
em 2011. em 2011.

3.1. Seleciona a opção correta para construíres afirmações verdadeiras.

3.1.1. A NUTS II que apresenta maior percentagem de população empregada no setor primário é a
região...
a) Norte.
b) Centro.
c) Alentejo.
d) Autónoma da Madeira.

3.1.2. A NUTS II que apresentam maior percentagem de população empregada no setor terciário
são...
a) Norte e Centro.
b) Lisboa e Alentejo.
c) Alentejo e Algarve.
d) Lisboa e Algarve.

3.1.3. De acordo com as figuras 3 e 4, a NUTS II que apresenta mais população empregada no setor
secundário é a região...
a) Norte.
b) Centro.
c) Algarve.
d) Alentejo.

3.1.4. Considera-se população ativa...


a) o conjunto de indivíduos com 15 ou mais anos que constituem mão de obra disponível
para as diferentes atividades económicas (empregados e desempregados).
b) o conjunto de indivíduos com 15 ou mais anos que constituem mão de obra disponível
para as diferentes atividades económicas (apenas empregados).
c) o conjunto de indivíduos com 18 ou mais anos que constituem mão de obra disponível
para as diferentes atividades económicas (empregados e desempregados).
d) o conjunto de indivíduos com 18 ou mais anos que constituem mão de obra disponível
para as diferentes atividades económicas (apenas empregados).

3.1.5. Entende-se por população inativa...


a) todos os indivíduos, com 18 ou mais anos, que não exercem qualquer tipo de atividade.
b) todos os indivíduos, independentemente da sua idade, que não exercem qualquer tipo de
atividade.
c) todos os indivíduos, independentemente da sua idade, que exercem atividades no setor
primário (agricultura e pecuária).
d) todos os indivíduos, com 18 ou mais anos, que se encontram a cumprir serviço militar ou
que estão reformados.

3.2. De acordo com a Figura 4, nas NUTS II Região Autónoma da Madeira e Algarve a maior parte
da população está afeta ao setor terciário.

3.2.1. Justifica a afirmação, tendo em conta o fenómeno da terciarização da economia.

GRUPO III
1. A agricultura é a atividade que associa o ser humano à Terra, com o objetivo de produzir
alimentos e, como tal, condicionada por fatores de ordem natural e de índole humana, variando
de acordo com o local onde é praticada.

1.1. Refere os fatores físicos que condicionam a agricultura.

1.2. Completa o Quadro 1 com as características da agricultura tradicional e da agricultura moderna.


Quadro 1

Agricultura tradicional Agricultura moderna

Objetivos
Sistemas de
cultura
Posição perante o
mercado
Relação entre a
mão de obra e a
exploração

2. Observa a Figura 5.

Fonte: Estatísticas Agrícolas, 2016, INE,


2018

Figura 5 Produção de carne de animais de capoeira de 2014 a 2016.

2.1. Descreve a evolução de produção de carne de animais de capoeira no período considerado.

2.2. Associa o regime de pecuária predominantemente relacionado com a avicultura.

2.3. Apresenta três características desse regime de pecuária.


Grupo I Grupo II Grupo III
1. 2. 3. 4 1. 2. 3. 1. 2.
1.1. 1.1.5 2.1 2.2. 2.3. 2.4 3.2. 4.1 2.1
1.1.2. 1.1.3 1.1.4 3.1. 3.3. 1.1 2.1. 3.1.1. 3.1.2. 3.1.3 3.1.4 3.1.5 3.2.1. 1.1 1.2 2.2. 2.3.
1 . . . .
3 3 3 3 3 3 3 2 4 2 4 8 4 3 4 3 3 3 3 3 6 3 8 6 4 6