Você está na página 1de 44

1

ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE

Todas as informações que você lerá neste guia são resultados de minhas experiências
profissionais, cursos e aprendizados pessoais com a música, a produção musical e a
trilha sonora, ao longo de mais de 20 anos. Embora eu tenha me esforçado ao máximo
para garantir a precisão e a mais alta qualidade dessas informações, de forma que
todas as dicas, recursos e ferramentas ensinadas aqui sejam altamente efetivas para
qualquer pessoa, desde que adquiridas e implementadas corretamente, não existe
qualquer garantia de qualquer resultado, e eu não me responsabilizo pela aquisição de
equipamentos e softwares, nem pela implementação destas informações pelo leitor.
Sua situação e/ou condição particular pode não se adequar perfeitamente ao que
ensino neste guia. Assim, você deverá utilizar e ajustar as informações de acordo com
sua própria situação e necessidades específicas e, por essa razão, os resultados
podem variar de pessoa para pessoa. Não existe qualquer garantia, há somente a
experiência e o depoimento de diversos alunos e clientes satisfeitos.

Todos os nomes de marcas, produtos e serviços mencionados aqui são propriedades


de seus respectivos donos e são usados somente como referência. Além disso, não
existe a intenção de difamar, desrespeitar, insultar, humilhar ou menosprezar você
leitor ou qualquer outra pessoa, cargo ou instituição. Caso você acredite que alguma
parte deste guia seja de alguma forma desrespeitosa ou indevida e deva ser removida
ou alterada, você pode entrar em contato diretamente comigo através do e-mail
rifez.soundtrack@gmail.com

DIREITOS AUTORAIS

Este guia está protegido por leis de direitos autorais. Todos os direitos sobre o guia
são reservados. Você não tem permissão para vender este guia nem para
copiar/reproduzir o conteúdo do guia em sites, blogs, jornais ou quaisquer outros
veículos de distribuição e mídia. Qualquer tipo de violação dos direitos autorais estará
sujeita a ações legais.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
2

COMO APROVEITAR ESTE E-BOOK

Este é um guia que eu gostaria de ter tido na época em que comecei e acredito que
com ele você estará dando passos largos na direção de conquistar a sua tão sonhada
primeira trilha sonora e até a viver dela.

Para te ajudar a não perder tempo nem dinheiro, procurando saber o quê e quando
adquirir este ou aquele recurso para criar e produzir suas trilhas, eu estarei com você
a cada passo. Ou seja, este e-book funciona de forma interativa, onde além do que
você lerá aqui, encontrará também links e botões clicáveis ( ), que te levarão a
expandir o seu conhecimento através de vídeos complementares, conteúdo em áudio
(Podcasts), aulas especiais ao vivo e gratuitas, e muito mais.

Assim, eu gostaria de compartilhar algumas dicas para facilitar a sua imersão:

Assine meu canal do Youtube. www.youtube.com/rifezsoundtrack


Lá você encontrará aulas mais profundas sobre a trilha sonora e ainda poderá ter
acesso e ser notificado para não perder as lives que faço semanalmente.

Participe do grupo exclusivo do Telegram. t.me/natrilhadatrilha


O grupo do Telegram é onde está a nata. Somente a galera mais engajada e
interessada em realmente aprender trilha sonora. E por isso, o conteúdo que
disponibilizo lá é exclusivo e vale ouro.

Siga meu Perfil no Instagram. www.instagram.com/rifezsoundtrack


Você terá drops diários com algumas sacadas e bastidores do dia a dia de um
compositor e produtor de trilhas sonoras.

Curta minha página no Facebook. www.facebook.com/rifezsoundtrack


No Face você terá acesso a vários tipos de conteúdo de qualidade que tenho
disponibilizado com frequência.

Ouça os Podcasts que preparei para você. Procure por RiFez Soundtrack ou até
Podcast Soundtrack, em seu app de Podcast favorito. Ou se preferir, acesse este link
com uma lista de opções. anchor.fm/podcast-soundtrack-rifez

Encontre sua Tribo. Forme grupos com pessoas que buscam o mesmo que você.
Discutir os aprendizados com colegas que têm o mesmo interesse ajudarão você a ir
além. Aproveite para indicar este e-book para quem possa se interessar no assunto.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
3

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
4

INTRODUÇÃO
Você já imaginou a possibilidade de criar, de produzir Trilhas
Sonoras? Se imaginou, ou até se nunca imaginou, mas gostaria de
saber o que você precisa pra começar, mesmo que seja do
absoluto zero, neste guia eu vou te dar 11 dicas de equipamentos,
softwares, dentre várias outras informações importantes que vão te
auxiliar nessa realização, levando você a criar a sua primeira Trilha
Sonora ou até a Viver dela.

Mas antes disso, é bom que estejamos bem alinhados com relação
a algo que parece ser bem simples (E é!), mas que a maioria das
pessoas e até mesmo alguns profissionais da área fazem uma
tremenda confusão.

Eu estou falando da pergunta: “O que é trilha sonora?”

Você já se perguntou isso? Imagino que não né? A maioria nunca


se fez essa pergunta, porque parece óbvio. A primeira coisa que
vem à nossa mente quando ouvimos o termo “Trilha Sonora” é:
Música! Mas saiba que Trilha Sonora NÃO é Música! A música faz
parte sim da Trilha Sonora, mas ela não é a própria Trilha Sonora.

Mas Ricardo, o que é Trilha Sonora então?

Trilha Sonora é todo o conjunto de sons de um projeto


audiovisual, seja para um filme, um game um vídeo publicitário…

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
5

E quem está dizendo isso, não sou eu, é a própria história do


audiovisual, e dentre vários ilustres autores: o francês Michel Chion,
em seu livro “A Audiovisão”, considerado por muitos como “a Bíblia
da trilha sonora”.

Agora, considerando que à partir daqui estejamos alinhados com


esse termo, podemos então visualizar diversas possibilidades à
nossa frente, certo? E se você for músico, ou mesmo que você não
seja músico, ou até não entenda nada de música, você pode sim
Viver de Trilha Sonora!

Para isso, eu trouxe pra você, através deste guia, algumas dicas de
recursos, ferramentas e sacadas que irão te auxiliar neste processo,
te guiando por caminhos mais assertivos e com menos obstáculos,
evitando que você perca tempo e dinheiro nesta jornada.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
6

________________

Apenas duas dessas dicas e ferramentas são indispensáveis pra


começar, outras seis irão te ajudar a dar alguns passos à frente
e outras três ainda facilitarão o seu processo de criação e
produção, te fazendo subir ao próximo nível. Vamos lá?
________________

Há algum tempo eu fiz uma Live com o tema “O que é Trilha Sonora” e
disponibilizei no meu canal do YouTube a gravação com as melhores
partes. Para assistir, é só clicar na imagem ao lado ou no link:
https://www.youtube.com/watch?v=2CRPjrprW-Q&t=1812s

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
7

RECURSOS
MÍNIMOS
ESSENCIAIS
Vamos começar aqui pelo equipamento principal. E olha, eu tenho
certeza que esse você já tem em sua casa! E quando eu falo
principal, é principal mesmo! Ele é 80% do que você precisa para
produzir trilhas sonoras. Com ele e o segundo que eu vou falar
daqui a pouco, você já pode começar do zero. Esse primeiro é um
simples…

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
8

01. COMPUTADOR
É isso mesmo! Seu Computador é a peça principal para a produção
de suas trilhas sonoras. Ele é quase um estúdio profissional, porque
ele vai ter ali dentro praticamente tudo o que você precisar.
Desde instrumentos virtuais, plug ins com equalizadores,
compressores, efeitos de modulação, enfim…

Ele armazena e processa o áudio, deixando-o


pronto para ser inserido no game ou no filme
e finalmente transmitido pros
espectadores. Com apenas um
computador (e o próximo recurso),
você já consegue do zero, fazer uma
ótima trilha sonora. Pode acreditar!

Hoje em dia (estamos em 2020, no momento da criação deste


guia), mesmo arquivos de alta resolução são facilmente
processados por computadores atuais (de cinco anos pra cá, por
exemplo). Alguns desktops montados, as famosas CPUs - que é
quando você compra cada peça em separado, de acordo com suas
condições financeiras e o objetivo que você vai ter com ele - já
conseguem fazer um ótimo trabalho. E o melhor, você pode
também ir fazendo upgrades com peças mais atualizadas e
melhores, à medida que for necessitando, sem precisar gastar
muita grana…

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
9

Pra você começar a produzir suas trilhas sonoras, não é


extremamente necessário ter um computador caríssimo ou de
marca. E também não é necessário ter super configurações.

Hoje, no momento em que estou redigindo este e-book, um


computador com processador i5 ou até um dual core, com 4 GB de
Ram, que é a memória do computador responsável pelo
processamento dos arquivos que você estiver usando naquela hora,
já te ajuda a começar e pode ser um bom ponto de partida. O
importante é dar o primeiro passo, é sair do lugar.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
10

________________

Como eu mencionei lá em cima, além do computador, o que você


precisa e que com esses dois já vai dar pra você começar do
zero e criar a sua primeira trilha sonora, é de ouvir bem aquilo
que você estiver produzindo. Para isso, um bom recurso de
monitoração vai ser muito importante. Alguns são bem caros, mas
eu vou dar uma boa dica de monitor de referência que vai te
ajudar bastante, por um bom tempo, sem que você precise
investir muito logo no início. Vamos a ela...
_________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
11

02. MONITORES DE REFERÊNCIA


Existem dois tipos de monitores de referência: aquelas caixas
boladonas que você vê em estúdios e que são extremamente
importantes em uma produção profissional, e também os fones de
ouvido. É isso mesmo, os fones de ouvido também são
monitores de referência, já que são usados para monitorar o
trabalho com as trilhas sonoras que você estiver fazendo.

Se você optar por começar pelos


monitores de caixa, além
deles serem mais caros
(hoje, à partir de dois mil
reais o mais simples),
você ainda vai ter que
desembolsar com os fones que já podiam estar lá, desde o
início, te salvando em várias batalhas.

Um monitor deve possuir uma ótima extensão de frequências e


tentar reproduzi-las de forma equilibrada e o mais flat possível, ou
seja: com o mínimo de pendência para determinada faixa de
frequência, o mais neutro possível nesse sentido. É interessante
que essas caixas sejam ativas, para não precisar de amplificação
externa.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
12

Mas calma, tá? Se a grana tá curta aí, você pode começar a


produzir suas trilhas sonoras usando fones de ouvido, porque
os fones vão te quebrar um galhão de várias formas e podem
“substituir” os monitores de caixa por um bom tempo.

No caso deles, temos dua opções: os Intra Auriculares e os Extra


Auriculares (que são os fones de concha, com aquela cúpula que
envolve as orelhas). Eu indico os extra auriculares, beleza? E sobre
eles, a gente tem três tipos: os
fechados, os abertos e os semi-
abertos. Se for pra escolher um,
pra ser o famoso “faz tudo”, vai
de semi-aberto que vai dar
bom!

E se você quiser saber um pouco mais sobre fones de ouvido (ou Headphones),
eu fiz esta Playlist com alguns vídeos que gravei sobre este assunto. É só
acessar:
https://www.youtube.com/playlist?list=PL9jM_y9LArfm
z0o1Oc8aBm8ANueIHys_v

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
13

_____________________

Agora, como eu disse, são 11 dicas de recursos que vão te ajudar a


sair do zero e criar a sua primeira Trilha Sonora. Com esses dois
recursos simples e básicos que eu falei aqui, você já pode começar
a produzir suas primeiras trilhas e ter ótimos resultados, como rolou
comigo - A minha primeira trilha pra um game foi usando
apenas um simples notebook e um fone de ouvido.

Você começa com esses dois, mas é óbvio que aos poucos você
vai querer evoluir, né? Tanto em qualidade, quanto em matéria de
fluxo de trabalho e aos poucos você pode ir complementando seu
set de equipamentos. Então, vamos a alguns recursos
complementares que te ajudarão a dar alguns passos à frente...
______________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
14

RECURSOS
COMPLEMENTARES
PARA EVOLUIR
AOS POUCOS
Pra já te dar uma moral, te ajudar a se planejar, ter uma boa ideia
do que você pode adquirir ao longo do tempo e também já saber
basicamente como funcionam algumas coisas, eu vou te falar de
alguns desses equipamentos, recursos e até explicar sobre alguns
protocolos, linguagens e programas. E, ainda, te dar algumas dicas
de como você pode fazer isso de forma consciente, barata e
sem dar nenhum tiro no pé. Bora que tem mais 9 dicas!

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
15

____________________

Vamos supor que na sua trilha você vai querer gravar um violão, ou
uma voz, ou até um objeto, um ruído qualquer, pra fazer foley, um
efeito sonoro, por exemplo… Pra isso, um bom microfone pode
ser um equipamento muito importante e com certeza vai ser bom
você saber um pouquinho mais sobre eles.
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
16

03. MICROFONES
Os microfones são os responsáveis por captar os sons e
transformá-los em sinal elétrico, o áudio analógico, que
pode ser convertido em sinal digital (o áudio digital) pela
interface de áudio.

São dois, os tipos de microfones mais usados:


os Dinâmicos e os Condensadores. Os
microfones dinâmicos são aqueles que
possuem um diafragma que ao fazer contato com o ar, influenciado
pelo movimento das ondas sonoras, vai vibrar e produzir um sinal
elétrico que é captado por uma bobina, que fica logo abaixo dela e é
transmitido pra interface, pra mesa, pro aparelho de som…

Eles são menos sensíveis à influência do som


que os condensadores e você deve sempre
adequar o volume da fonte sonora à sensibilidade de
cada microfone, o que vai sempre determinar qual o tipo
que você deve usar.

Já os microfones condensadores possuem placas eletrificadas, ou


até um diafragma eletrificado e uma placa, que ao serem atingidas
pela influência do som vão produzir o sinal elétrico entre elas
através da força de um capacitor.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
17

E, por conta da necessidade desse capacitor, eles precisam


também de uma fonte de energia externa, que a gente chama de
Phanton Power, ou o famoso 48 (porque essa energia é
hoje padronizada em 48 volts). Mas fique atento com
o Phanton: ele só deve ser usado nos microfones
condensadores. Se você ligar o Phanton Power com
outro tipo de microfone, você pode queimá-lo na hora!

Além disso, todo microfone tem também um “padrão


polar” pré definido, que é o que vai determinar a direção em que
ele vai captar.

O formato mais comum de padrão polar é o Cardioide que vai estar


focado em captar mais o que estiver à sua frente e um pouco do
que vier das laterais, mas vai praticamente anular os sons que
vierem do fundo.

Se você quiser saber mais e até aprofundar nas informações sobre os


padrões polares dos microfones, neste vídeo você vai encontrar praticamente
todas as informações que você precisa sobre o assunto:

https://www.youtube.com/watch?v=0E1EEPNwnyc&t=33s

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
18

____________________

Pra fazer tudo isso com qualidade, usufruir o melhor do seu


microfone, do instrumento musical que você quiser gravar e poder
manipular em seu computador, você vai precisar de uma…
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
19

04. INTERFACE DE ÁUDIO

A interface de áudio será também um componente muito importante


para a produção de suas trilhas sonoras. É ela que vai transformar,
que vai fazer a conversão do sinal elétrico gerado pela
captação do som pelos microfones e
captadores, em dados digitais e
que assim poderão ser
manipulados pelo computador. Ela também pode
ser de qualidade e ainda ter valores bem em conta! Uma
interface de áudio, por mais básica que seja, deve ter:

pelo menos 1 canal de entrada pra microfone e instrumento


(que normalmente é o mesmo);
pré amplificador;
Phanton Power - o famoso 48v - pra quando você for usar
microfones condensadores;
saída para os monitores de referência de caixa e fones de
ouvido;
e uma conexão de pelo menos USB 2.0.

A resolução mínima que eu indico, para gerar arquivos em alta


qualidade e dentro do padrão de mercado é de 24 bits e 44 mil e
100 herts, que qualquer interface bem simples já vai possuir, então
você nem precisa se preocupar com isso.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
20

O maior erro do iniciante é achar que vai precisar “de cara” de


uma interface com vários canais. Talvez seja difícil perceber isso
no início, mas vai por mim: com apenas 1 canal você já faz
milagres, com 2 já está mais que bom e com 4, é bem mais do que
o suficiente e você vai ver que raramente vai usar todos. Faz o
seguinte… começa do começo!

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
21

____________________

Entre tudo que falei sobre a interface de áudio, tem um item muito
importante dela, que pode até ter passado despercebido alí no
meio… Só que eu sei que você foi esperto e anotou tudo aí, não
deixou passar nada, né?

Tá aí uma dica extra eim?

Aproveite o conteúdo deste e-book para tomar nota. Se


possível, imprima-o para poder grifar e fazer as anotações que
quiser diretamente nele. Um professor que tive na época em que
estudei no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, o falecido Sr.
Maestro Carlos Alberto P. Fonseca (considerado na época um dos
3 maiores maestros do mundo) sempre dizia: “Uma partitura limpa
não é uma partitura estudada, rabisque a sua partitura, crie
seus próprios símbolos sobre ela”. Se até aqui você ainda não
tiver anotado nada, este é o momento.

E continuando, vamos aproveitar pra dar um destaque a este ítem


que citei acima, que é o...
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
22

05.PRÉ-AMPLIFICADOR
Os pré amplificadores têm a função de amplificar um sinal de baixo
nível, para um sinal de nível de linha, ou seja: dar um ganho de
tensão (que é um ganho bem pequeno) aos
sinais elétricos (os sinais de áudio
analógico) que entram no sistema,
preparando esse sinal pra ser
processado por equalizadores,
compressores, efeitos, distorções,
e/ou posteriormente ser amplificado.

Pré amplificadores externos, ou seja, gabinetes (aparelhos


dedicados exclusivamente a esse fim), são bastante desejados e
chegam a fascinar a maioria dos produtores e engenheiros de
áudio, mas no universo do Home Studio, onde um fator essencial
pra determinar o que ter e o que não ter, o que comprar primeiro,
onde focar o orçamento, eles não são tão necessários assim,
porque a maioria das interfaces de áudio geralmente já possuem
pré amplificadores internos bem eficientes.

Então, quando for adquirir a sua interface de áudio, fique atento


à qualidade do “Pré” dela, pra já pegar 2 coelhos de uma vez
só.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
23

____________________

Da mesma forma que os pré amplificadores, um outro item que


também cai nessa questão e que muitas vezes faz com que o
iniciante pense ser algo extremamente necessário pra
começar, mas que não é, são as Mesas de Som. Todo estúdio tem
uma, né? Mas no início da fundação de um Home Studio o papo é
outro...
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
24

06.MESA DE SOM
As mesas de som (ou mixers) são centros de controle de entradas,
saídas e manipulação de sinais muito utilizadas em estúdios, shows
e eventos em geral. Algumas também costumam ter efeitos
embutidos, mas a principal função da mesa é a de nivelar os
volumes, de misturar, mixar o som que entra e
sai.

As DAWs (Digital Audio Workstation)


são as estações de trabalho de
áudio digital, um tipo de
programa que você
deve ter em seu
computador se quiser
começar a produzir suas
trilhas sonoras.

Elas fazem, principalmente, a função da mesa


de som, porém sempre com relação ao áudio digital,
enquanto a mesa pode trabalhar tanto com o analógio, quanto, no
caso de alguns modelos específicos, o áudio digital, mas isso não
vai fazer nenhuma diferença prática e perceptível no resultado final.

No caso das DAWs, você pode ter na tela do seu computador,


além de outros tipos de visualizações, uma imagem
exatamente igual à de uma mesa de som,

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
25

pois essa função dela foi baseada nas mesas, e de forma


eletrônica/digital ela vai cumprir o mesmo papel, que é misturar os
elementos de áudio.

Por conta de tudo isso, assim como os pré-amplificadores, as


mesas acabam sendo “desnecessárias” no universo do Home
Studio. Mas veja bem, quando eu falo “desnecessárias”, eu não
quero dizer que não é legal você ter, que não vai te ajudar em nada,

mas sim que considerando uma listagem de equipamentos mais


enxuta, pra começar a produzir suas trilhas sonoras, você
consegue facilmente o mesmo resultado apenas usando a sua
DAW. É só instalar e começar!

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
26

____________________

E, como ao falar das mesas de som eu já acabei entrando no


assunto DAW, vamos falar um pouco mais delas. Pra começar, uma
coisa que eu preciso muito deixar bem claro, porque por muito
tempo se falava o contrário, mas hoje esse pensamento já está
caindo por terra, é o seguinte: Não existe a melhor DAW!
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
27

07. DAW
A melhor DAW é aquela que você usa, aquela que você se
adaptou melhor.

A Digital Audio Workstation é um tipo de software e é o principal,


aquele que você mais vai precisar usar para produzir suas
trilhas sonoras. É ela que coordena todos os equipamentos e
processos da produção de áudio. Uma DAW deve gravar, editar
áudios e processar arquivos MIDI, com diversos recursos, além de
rodar os principais protocolos de Plugins e VSTs, como o famoso
Kontakt, por exemplo.

Se eu puder te indicar uma, o Reaper é uma ótima pedida pra iniciar


sua jornada na produção de trilhas sonoras, e usá-la
profissionalmente também! Porque, além de ser uma ótima DAW,
ela é bem leve e você pode usar por quanto tempo quiser,
gratuitamente (claro, até que os proprietários da marca decidam o
contrário).

Para saber mais sobre as DAWs, eu preparei essa Playlist com


alguns dos vídeos que fiz sobre o assunto. Saca só...

https://www.youtube.com/playlist?list=PL9jM_y9
LArfle8BXHd4tHFlOjd0cb52Zc

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
28

____________________

E falando em MIDI, esse é um assunto muito interessante pra ser


falado aqui também, porque a maioria das pessoas têm
preconceito com MIDI, mas na verdade não fazem ideia do que
realmente é.
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
29

08.MIDI
Não tenha preconceito com MIDI. Hoje, esse
protocolo, essa informação, é
praticamente a mais usada na
produção de Trilhas Sonoras no
mundo inteiro, e está tão
avançada que junto com a
tecnologia dos instrumentos
virtuais (VSTIs) em algumas produções, a
maioria das pessoas nem é capaz de diferenciar dos reais.

Além do mais, eles estão cada vez mais presentes nas trilhas
sonoras. Atualmente, no universo digital, é comum o uso dos VSTIs
que utilizam a linguagem MIDI. Eles são de dois tipos: os
Samplers, que reproduzem amostras pré gravadas de sons e
ruídos, e os Sintetizadores, que criam o
som à partir da manipulação de ondas e
extratos sonoros.

Normalmente, ao fazer as suas criações


e edições, os itens gravados ou criados
através da síntese sonora serão organizados à sua maneira, de
forma a fazerem coerência com sua criação, onde você irá trabalhar
também no tempo em que cada amostra vai durar, no volume e na
intensidade.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
30

Uma coisa muito importante que eu preciso deixar claro e que a


maioria das pessoas caem nesse erro, é o seguinte: MIDI não é
som! Ele não gera nenhum sinal sonoro. MIDI são dados. É um
conjunto de instruções que as máquinas usam para se comunicar.
Mais uma vez: definitivamente, MIDI não é som!

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
31

____________________

E considerando a possibilidade de você começar a cogitar fazer


trilhas sonoras, seja pra games, pra filmes, pra youtubers,
publicidade, enfim, pro audiovisual em geral, se você quiser
economizar e estar ativo no mercado, não adianta fugir do
MIDI. É ele que vai permitir que você comece agora, mesmo sem
nenhum instrumento musical em mãos. E através dele, alguns
recursos irão facilitar e muito o seu processo de trabalho, como por
exemplo o...
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
32

09. CONTROLADOR MIDI


Se você quiser evoluir ainda mais e melhorar o fluxo de trabalho
de suas produções, os Controladores MIDI podem te ajudar
bastante nessa caminhada.

Os controladores MIDI permitem que toquemos instrumentos


virtuais utilizando a linguagem MIDI. Como eu
disse, no universo digital é comum o uso de
instrumentos virtuais que utilizam essa
linguagem.

Existem dois tipos desses controladores: os teclados


(que possuem teclas como as de um piano mesmo) e os pads (que
possuem pequenos botões em que você pode configurar o tipo de
som que vai pra cada um deles).

Eles vão controlar basicamente, entre outros fatores, três


parâmetro básicos e principais, que são: o Pitch, que diz
respeito à frequência, o Tempo, que diz respeito à
duração e um terceiro que é chamado de
Velocity e que vai ter mais relação
com a intensidade do que com a
velocidade.

A partir da combinação desses três parâmetros e da sua


interpretação, da sua performance diante do controlador,

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
33

você pode alcançar resultados muito satisfatórios e


economizar bastante tempo em seu workflow, em seu fluxo de
trabalho, fazendo com que os controladores MIDI sejam peças
muito importantes em sua lista de equipamentos

Entretanto eles, ainda assim, não são impressindíveis para que


você inicie do absoluto zero e alcance a produção de sua primeira
trilha sonora, porque você ainda pode manipular esses
instrumentos virtuais à partir do seu próprio computador, com
o teclado e o mouse.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
34

____________________

Dica: Se por acaso você tiver em casa um teclado (pode ser


daqueles bem antigos mesmo, tipo Cassio), você pode usá-lo
como controlador. Isso se ele tiver saída MIDI ou USB. Assim,
você já economiza também por um bom tempo e ainda ganha
um recurso a mais.

Agora, se você for usar esse teclado ou até um controlador MIDI de


verdade, você pode ter problemas com a latência, que é o tempo
que seu computador vai demorar para processar as informações, ou
seja, o tempo que vai demorar entre a ação de pressionar a tecla do
controlador e o som sair nos monitores. Para corrigir este problema,
você vai precisar do...
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
35

10. ASIO
Um dos recursos que ajudam a diminuir ou até mesmo eliminar a
percepção do problema com a latência no áudio é o ASIO.

O ASIO não é um programa, um software e sim um protocolo


criado pela Steinberg. Ele permite a interação entre softwares e
interface, com baixa latência. E como os sistemas operacionais
(Windows, Mac, Linux) vão evoluindo, os drivers eventualmente
precisam de atualização, e boas marcas garantem isso por muitos
anos, mas outras não.

Geralmente, as interfaces de áudio possuem um driver baseado em


ASIO que é instalado permitindo o computador reconhecer a placa
e trabalhar com o mínimo de latência, ou seja, esses atrasos na
resposta do som com relação ao momento da ação.

Se você não tiver uma placa de áudio dedicada, uma interface de


áudio, na internet você encontra um driver genérico que pode
reduzir consideravelmente a latência da sua placa onboard, da
placa que já vem instalada no seu computador. É o ASIO4ALL, e
ele é gratuito!

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
36

____________________

Beleza! Sua máquina está pronta, seu computador está


configurado, você já baixou o ASIO4ALL pra diminuir a latência, já
escolheu a sua DAW e como eu indiquei, você não precisou
necessariamente gastar nada e ainda assim se manteve na
legalidade, usando o Reaper. Arrumou um monitor de referência
legal, que pode ser um fone, pra começar, de acordo com o
ambiente que você tiver, o orçamento, enfim…

Agora você só vai precisar mesmo do material pra trabalhar lá


dentro da DAW, e estes que eu falo são os sons dos instrumentos,
que você pode gravar tocando, ou usar instrumentos virtuais, os
famosos VSTIs e também os Plugins.

Segue aqui uma dica pra você não acabar caindo em um dos
grandes problemas da maioria dos produtores de áudio:
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
37

11. PLUGIN E VST


Evite o excesso de Plugins. Tenha foco! A maioria dos
produtores de áudio têm um certo vício em instalar tudo quanto é
plugin e VST, como se fosse realmente usar tudo.

Não importa se saiu uma versão melhor ou um novo, o que você


deve pensar antes de adquirir é: eu já sei usar o que eu tenho? Já
tirei o melhor do que tenho?
Realmente preciso de outro? A
maioria das DAWs já vêm com
plugins e VSTs nativos e muitos
deles são ótimos! Experimente
usá-los e tirar o máximo que puder
deles.

Plugins são softwares extras que rodam dentro da DAW,


adicionando funções. Eles possuem diferentes protocolos, sendo o
VST o mais conhecido e usado.

Apesar de eu falar sempre aqui de plugins e VSTs, o VST na


verdade é um tipo de Plugin, que vai servir pra manipular os
VSTIs que são os instrumentos virtuais.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
38

Os plugins podem ser divididos em quatro categorias:

Plugins de Tratamento;
Plugins de Edição;
Plugins e Medição e;
Plugins de Sons, Instrumentos e Drum Kits.

As três primeiras são bem servidas nas DAWs pelos chamados


plugins nativos, e a última, apesar de virem nas DAWs também,
costumam precisar de complementação externa, mas isso você
consegue inicialmente com muitos gratuitos que cumprem o recado
também.

São diversos tipos e variedades imensas, que mudam de empresa


pra empresa, e até pela sua preferência, gênero e estética musical.
Pode ser importante saber ao menos um pouco sobre estas
variações, para que você não acabe comprando, baixando e
instalando tudo quanto é plugin que aparecer.

Para saber mais sobre os Plugins e VSTs, fique atento às postagens que faço diariamente nas redes
sociais da RiFez Soundtrack. Você vai se surpreender com as possibilidades de manipulação sonora e
facilidades que eles proporcionam e podem deixar suas trilhas fantásticas!

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
39

____________________

É mais válido dominar alguns poucos plugins e trabalhar bem e


rápido com eles do que ter uma coleção infinita sem nenhuma
objetividade.

Pra finalizar, eu falei que seriam 11 dicas, mas não resisti e


trouxe um pequeno bônus com alguns acessórios importantes que
você também pode implementar pra otimizar os processos e
resultados. Algumas ferramentas extras que irão salvar a sua vida
como produtor de trilhas sonoras. Vamos a elas?
____________________

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
40

O BÔNUS
Além dos componentes principais que você vai precisar para
produzir as suas trilhas sonoras, começando do absoluto zero,
existe uma série de acessórios que são necessários e facilitam
o trabalho. São vários e aqui vão alguns...

Afinadores eletrônicos, porque por mais que você tenha um


ouvido sensacional, você vai precisar deles pra manter a
precisão da afinação dos instrumentos que é imprescindível e
diferente de quando a gente toca em outras ocasiões. Em
uma gravação e produção de áudio, você vai precisar afinar a
cada momento e com muita precisão.

Mais adiante você vai precisar de Pedestais.

Cabos são imprescindíveis também, pra obviamente ligar


uma coisa na outra, além de Plugs e Conectores…

O Pop-filter que vai proteger a região da cápsula do


microfone dos sopros que podem gerar alguns ruídos
indesejáveis no áudio.

E outro que eu já falei em outro momento, e que não deixa de


ser um acessório também, já que ele não é imprescindível
(porque você pode sim usar o mouse e o teclado do
próprio computador),

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
41

mas que com ele você vai poder acelerar o processo todo é o
Teclado Controlador, que vai te permitir tocar instrumentos
virtuais usando a linguagem MIDI.

CONCLUSÃO
Com tudo isso em mãos, ou mesmo que seja só com um
computador básico e um fone de ouvido, como eu mesmo comecei,
a vontade que dá é de já colocar as mãos na massa e criar sua
primeira Trilha Sonora né? E eu aconselho fortemente que você
faça isso mesmo!

Pega aí seu computador, o que você tiver, sem preciosismo, e


também um fone de ouvido, instala o ASIO4ALL e uma DAW, usa
os plugins e VSTs nativos da DAW mesmo, explora eles ao máximo
e é isso aí, começa! Não tem desculpa, tá?

Se tiver alguma dúvida, dá uma passada nas minhas redes sociais


e procura! Com certeza vai ter um vídeo gratuito meu,
relacionado ao que você estiver procurando. Se não tiver, é só me
mandar uma pergunta que eu vou ter o maior prazer em responder
ou quem sabe até fazer um vídeo sobre o assunto também.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
42

E é isso aí! Se não der pra investir em um monitor de áudio


excelente agora, consiga um bom fone, se ainda não der pra ter
uma interface, vai de ASIO4ALL e use plugins e VSTs nativos ou
gratuitos mesmo, é bom que você fica experiente neles. Se não
tiver um microfone legal, dependendo do que precisar fazer, dá pra
fazer com o celular mesmo, é só identificar dentro do que eu falei
aqui e nos vídeos, qual é o tipo de microfone que ele tem, o padrão
polar dele e adaptá-lo de acordo.

Lembre-se de se precaver com o ambiente, a acústica, à forma


de gravação, pré produção, edição, mixagem e masterização.

____________________

Ah, se você tem preferência por ouvir ao invés de ler ou assistir, ou


até pensa que poderia ser útil aprender um pouco mais sobre Trilha
Sonora enquanto dirige, por exemplo, eu preparei um Podcast,
com, além dos áudios dos vídeos que posto, conteúdos
exclusivos em áudio e que estão disponíveis nas principais
plataformas. Olha só:

Spotify Apple Google

Pocket Casts Overcast Anchor

*No momento em que redijo este e-book, o Podcast está em fase de implementação, portanto, pode ser
que ainda não esteja disponível em todas as plataformas. Para ter acesso à lista de plataformas
disponíveis, por favor acesse: anchor.fm/podcast-soundtrack-rifez

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS
43

SOBRE O AUTOR

Ricardo Fernandez já ajudou mais de 1000


alunos, através do ensino individual e
personalizado, a realizar o sonho de tocar um
instrumento musical e até a se profissionalizar
musicalmente. Hoje, trabalha com a Trilha
Sonora, criando desde a composição de
música original à criação de efeitos sonoros e produção de áudio para
diversas mídias como cinema, TV, jogos digitais e o audiovisual em
geral, tendo recebido alguns prêmios, como o de Melhor Trilha
Sonora, no “Festival Scapcine de Cinema Brasileiro”, pela Música
Original e Desenho de Som do filme “Três Marias”.

À frente da RiFez Soundtrack, oferece diariamente, através de suas


redes sociais, conteúdo em português,
gratuito e de valor sobre Trilha Sonora, com o
intuito de trazer a você todo o
conhecimento primordial que poderá te
levar do zero à sua primeira Trilha Sonora
e até a Viver dela!

Para saber mais sobre Ricardo Fernandez (sua história, formação acadêmica e experiência profissional)
ou até conhecer um pouco mais sobre o seu trabalho com a Trilha Sonora, fique à vontade para conferir
seu website ou até os canais onde tem disponibilizado conteúdos exclusivos e gratuitos, diariamente:

- ACESSAR WEBSITE E CANAIS -

Comece com o que você tiver, mas comece, aprenda, evolua, cresça, saia
do zero, e faça sua própria Trilha Sonora.
Eu te ajudo.

11 RECURSOS ESSENCIAIS
PARA PRODUZIR TRILHAS SONORAS

Você também pode gostar