Você está na página 1de 39

CURSO: INSPETOR DE PINTURA N1

INSTRUTOR: FERNANDO FERNANDES


Exames de qualificação - PROVAS PRÁTICAS - Nível 1

1. Inspeção Visual de superfícies de aço para pintura ou repintura

2. Estados iniciais de corrosão e preparo de superfície

3. Análise de abrasivos

4. Medição de perfil de rugosidade

5. Medição de espessura

6. Teste de aderência

7. Teste de descontinuidade de película

8. Análise de falhas de aplicação e defeitos de pintura


Método de Ensaio
Inspeção: Aderência

- Tempo mínimo = secagem para repintura de cada demão

- EPS por demão até 100µm = Corte em Grade (método B)

- EPS por demão maior do que 100µm = Corte em X (método A)

- Tintas Ricas em Zinco = Corte em “X” (método A), inclusive nas


demãos posteriores, indepentente da EPS

- Tubulações = Um teste no mínimo a cada 100m ou fração

- 1 % da área total
Critério: Aderência

- Método A (corte em “X”), > 100µm = X1 (máximo) / Y2 (máximo)


(Zinco) = X2 (máximo) / Y2 (máximo)

- Método B (corte em Grade), ≤ 100µm = Gr1 (máximo)

- Teste reprovado = Repetir em 2 pontos distanciados de 1m do


teste anterior

- Se os dois testes não acusarem falta de aderência = Reparar a


película de tinta na região testada

- Se um dos testes acusar falta de aderência = Toda a pintura


correspondente a esta inspeção deve ser rejeitada
25 m²
5m X 1% de 25 = 0,25m² = 1 medição

5m

X 300 m²
15m X 1% de 300 = 3 m² = 3 medições
X

20m
TUBULAÇÃO

Critério = a cada 100m ou fração = 1 medição

X X

Ex: 200m lineares de tubulação = 2 medições


Teste de Aderência reprovado

(demão localizada)
1m 1m (Aceitação)

(Rejeição - área 1%)


1m 1m

(Rejeição – área 1%)


1m 1m
Tinta rica em zinco (poeira)
Umidade e Temperatura Ambiente
Psicrômetro

Termo-higrômetro
∆T

Bulbo seco
Bulbo úmido

Água
URA
75%
Determinar Umidade Relativa do Ar, para os
seguintes valores:
Bulbo Úmido = 20ºC

Bulbo Seco = 26ºC

URA = %???
URA
55%
Fita no 880 da 3 M
Gabarito de plástico

40
38 mm

m
mm

40 m
35 a 45o
40o

14 mm Cortes segundo a
norma ABNT NBR 11003
Dispositivo de corte A
FITA 880 da 3M FITA 710 da 3M
Dinamômetro
180 o

ASTM D 3330 ou
25,4 mm ASTM D 1000

810 g
44,6 gf/mm = 1.132,84 g
810 g
= 31,8 gf/mm
25,4 mm

Norma ABNT NBR 11003 :


32 + 4 gf/mm
O teste deve ser executado com base na norma ABNT
NBR 11003, obedecendo aos critérios descritos na N-13

Para tintas com espessura de película seca por demão


maior do que 100 µm deve-se utilizar o teste de corte
em “X” (método A).

Até 100µm
Corte em Grade
6 incisões e intervalo entre gumes de 2mm
EPS ≤ 100 µm por demão

D
Destacamento total (nem foi possível concluir os cortes)
Zona de
interferência

Distância entre cortes

2 mm e 270 µm ?
Ex: Qual a nota????????

X0/Y2

X0/Y4

14mm
4mm

X0/Y0

0mm
Alisando a fita com o dedo
Modo errado de puxar a fita (em ângulo menor do que 180oo)
EST ILET E D E
LÂ M IN A S
D ESC A R T Á VEIS

Modo correto de puxar a fita (em ângulo próximo de 180oo)


Exercício:
Qual é o número mínimo de ensaio de aderência, para uma
área de 50 m², aplicada em uma demão com dois lotes de tinta
de fundo N-2630, no mesmo dia?
( ) 1 ensaio de aderência ( X ) 2 ensaios de aderência

Lote “A”
1% de 40 é = 0,40
1 medição
5m

Lote “A” Lote “B” Lote “B”


1% de 10 é = 0,10
1 medição

8m 2m
Critério de aceitação:
(2mm) Gr1

N-1259 25µm
N-1259 25µm
150µm

N-2630 100µm

Aço carbono
4.1 Condição 1
Ambiente seco ou úmido, com ou sem salinidade, contendo
ou não gases derivados de enxofre.

Critério de aceitação:
(2mm) Gr1

N-2492 30µm
N-2492 30µm
160µm

N-2630 100µm

Aço carbono
4.2 Condição 2
Ambiente de alta agressividade, sujeito a vapores ácidos ou
alcalinos e atmosferas marítimas (orla marítima).
Critério de aceitação:
(2mm) Gr1

Critério de aceitação:
Y2 / X1

N-2628 200µm

300µm

N-2630 100µm

Aço carbono
Revestimento I

Critério de aceitação:
Y2 / X1

Critério de aceitação:
(2mm) Gr1

N-2629 150µm

400µm
N-2629 150µm

N-2630 100µm
Aço carbono
Critério de aceitação:
Y2 / X2

N-2677 70µm

N-2628 100µm 275µm


N-1202 30µm
N-1661 75µm
Aço carbono