Você está na página 1de 14

Este regulamento evidencia normas específicas para a execução do Trabalho de

Conclusão de Curso (TCC) em Pedagogia

PEDAGOGIA

CAPITULO I Considerações Iniciais

Prezado(a) aluno(a), você vem desenvolvendo seu TCC há alguns semestres nas
disciplinas de PPE, PPE-Pré-Projeto e PPE-Projeto. Portanto, aqui em TCC será
a culminância de tudo o que você escreveu nas disciplinas anteriores. Essas 4
disciplinas estão integradas e uma depende da outra, exatamente na ordem
colocada acima.
Você começou a pensar sobre seu artigo em PPE, elaborou o início do
seu artigo em PPE-Pré-Projeto e PPE-Projeto e agora irá terminar essa escrita
na disciplina de TCC.
Em PPE-Pré-Projeto você desenhou tema, problema e um pouco da
metodologia da sua pesquisa. Em PPE-Projeto, continuou a escrever e
desenvolveu objetivos, justificativa, incrementou a metodologia e o referencial
teórico. Na disciplina de TCC, desenvolverá o referencial teórico a partir de
um diálogo entre os autores escolhidos, a fim de argumentar, comparar e
explicar o tema escolhido. Finalizará com as considerações finais e fará a
revisão das referências utilizadas.

SEÇÃO I

Da Caracterização

I. Para o Curso de Pedagogia, a partir de 2018, optou-se pelo artigo como


forma de produção acadêmica para o Trabalho de Conclusão de Curso.

II. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é individual e deve ser uma


reflexão sobre tema específico mediante investigação científica. A
investigação específica já se inicia no primeiro período do curso de
Pedagogia com as atividades de pesquisa e prática que compõem algumas
disciplinas específicas no currículo.

III. Busca-se criar interdisciplinaridade vertical e a transversalidade entre as


disciplinas do curso, com vistas à produção acadêmica da finalização do
Curso, por meio de um Trabalho de Conclusão (TCC), visando, também, à
inovação de resultados para a sociedade.

IV. O Trabalho de Conclusão de Curso pode ser o resultado de atividades


vivenciadas pelos alunos nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. A
disciplina de TCC pode, nesse contexto, incorporar caráter teórico e prático,
relacionando, quando aplicável, base teórica da academia com o campo,
na área profissional e prática.

V. Os artigos científicos tratarão de temas circunscritos em uma abordagem


que implica análise, crítica e reflexão. Resultam em revisão da literatura
e/ou pesquisa de campo sustentada por conhecimento consolidado ou
outras técnicas que se julgar conveniente para o tema a ser explorado.

SEÇÃO II

Dos Objetivos

I. São objetivos da disciplina Trabalho de Conclusão de Curso em Pedagogia:

a. Consolidar e aprofundar os conhecimentos na área de formação;

b. Habilitar os futuros profissionais a desenvolver projetos de pesquisa com


competência técnica e científica;

c. Despertar nos alunos o interesse pela atividade de pesquisa;

d. Oportunizar a reflexão crítica sobre os temas profissionais e acadêmicos, a


partir da compreensão de seu papel no contexto político-sócio-econômico;

e. Aplicar o senso de criticidade por meio da utilização dos métodos


quantitativos e qualitativos aplicados a Educação;

f. Desenvolver a capacidade de expressão escrita e de elaboração de


trabalhos acadêmicos.

CAPÍTULO II
Do Trabalho de Conclusão de Curso

SEÇÃO I
Da Orientação
I. Para o processo de orientação, o aluno manterá interações sistemáticas,
realizando no mínimo 3 (três) interações como o professor orientador,
EXCLUSIVAMENTE, pelo ambiente de orientação, que é a FERRAMENTA
TRABALHOS, para envio da construção de seu artigo, de forma que o
Professor possa analisar e apresentar suas considerações a respeito do
conteúdo que está sendo produzido.
II. O artigo, no curso de Pedagogia EaD da Estácio, já vem sendo trabalhado
em disciplinas anteriores: PPE, PPE-Pré-Projeto e PPP- Projeto. Dessa
forma, o aluno já chega à disciplina de TCC com um esboço do que irá tratar
no artigo, facilitando a escrita. A primeira entrega, portanto, refere-se ao
trabalho de PPE – Projeto entregue no período anterior.

a. Os contatos solicitados têm as seguintes finalidades:


i. Apresentar a proposta da pesquisa para elaboração do artigo.
ii. Apresentar a evolução do trabalho, a partir das orientações.
iii. Submeter a versão final para avaliação do Professor.

III. O aluno também poderá interagir com o Professor, pelo fórum e/ou pela
central de mensagens para esclarecer as demais dúvidas sobre a disciplina.

IV. O ambiente de orientação só aceita o envio de um único arquivo, para ser


analisado e comentado pelo Professor. Por essa razão, sempre que houver
correções, o Professor “rejeitará” o arquivo enviado, de forma que o
ambiente seja liberado para um novo envio.

V. Para que o Professor possa realizar as observações no interior do trabalho


em desenvolvimento é necessário que o mesmo seja enviado em
arquivo.doc (Word).

VI. Para análise, orientação e correção do artigo, parcial ou integral, a


instituição prevê que o professor demandará até 5 (cinco) dias úteis a contar
da data de postagem.

VII. Artigo em processo de orientação, postado para análise do professor na


data limite de entrega (Ver Cronograma) será considerado como finalizado

e receberá o conceito final, ,não cabendo mais ao professor obrigatoriedade


de devolver com novas orientações, em função do término do prazo.

VIII. Ocorrendo a situação informada no item VI supracitado, o professor


procederá com a avaliação cabível ao conteúdo entregue, ainda que
inacabado, informando o conceito na data prevista (vide cronograma).

IX. Caso o sistema apresente falha no envio do arquivo, o aluno deverá realizar
um Print (PrtSc SysRq) tela de erro, remetê-lo ao professor, para que seja
autorizado o envio pela central de mensagens, até a solução do problema.

X. O TCC é um trabalho desenvolvido, em todas as suas etapas, com o


acompanhamento do professor. Logo, artigo submetido à avaliação sem os
contatos informados no item I, dessa seção, não será aceito e nem corrigido
pelo professor, por não se caracterizar como um trabalho orientado.

XI. A relação Professor/Aluno deverá ser pautada por respeito, dedicação e


atenção recíprocos, norteados pelo princípio da cooperação e da
colaboração no processo de construção do conhecimento.
SEÇÃO II Das Atribuições do Professor

I. Avaliar a viabilidade da proposta de trabalho ponderando sobre a


relevância do tema e condições de operacionalização bem como o
alinhamento com as linhas de pesquisa do curso de Pedagogia;

II. Responder aos fóruns no prazo estabelecido pela instituição;

III. Realizar a devolução do conteúdo enviado pelo aluno,


EXCLUSIVAMENTE, no ambiente de orientação, para análise, em um
prazo máximo de (cinco) dias úteis a contar da data da postagem,
considerando o calendário civil;

IV. Responder as mensagens enviadas através da Central de Mensagens


no prazo estabelecido pela instituição;

V. Acompanhar, orientar e avaliar as etapas que antecedem a versão final


do TCC, de forma sistemática, indicando fontes primárias ou secundárias
(bibliografia), estatísticas e outros instrumentos de coleta de dados;

VI. Orientar todos os aspectos do trabalho, desde os elementos


relacionados ao conteúdo, até os relativos a normas técnicas de
apresentação e redação do texto;

VII. Informar ao Coordenador do Curso toda e qualquer irregularidade


durante a execução das atividades, com o propósito de preservar a
eficiência do Trabalho de Conclusão de Curso;

VIII. Estimular o aluno a participar e apresentar os resultados de seu trabalho


em eventos técnico-científicos, seminários de pesquisa, principalmente
o Seminário de Pesquisa da Estácio e Mostra de Extensão da Estácio,
bem como publicá-los em revistas especializadas;

IX. Realizar o teste de plagio dentro dos preceitos legais e apresentar


documento probatório caso seja solicitado;

X. Informar ao aluno o Regulamento e cronograma da disciplina.

As situações de dificuldades na relação Professor /Aluno que indicarem


necessidade de alterações no processo de orientação deverão ser comunicadas,
por escrito, pelo Aluno ou pelo Professor à Coordenação de Curso.

SEÇÃO III

Das Atribuições do Aluno Orientando

I. Manter contato frequente com seu Professor por meio do ambiente de


orientação, fórum ou central de mensagens;

II. Escolher o tema e apresentar a proposta de trabalho ao professor para


sua apreciação e aprovação;
III. Enviar o Termo de Responsabilidade e Compromisso de Autoria do TCC
EXCLUSIVAMENTE no ambiente destinado a esse documento, de
acordo com a data prevista no Cronograma;

IV. Desenvolver o Trabalho de Conclusão de Curso levantando dados e a


bibliografia necessária à sua elaboração;

V. Apresentar os resultados parciais de sua produção e eventuais revisões


quando solicitadas pelo professor;

VI. Redigir a versão final do trabalho, seguindo as orientações e normas


estabelecidas;

VII. Realizar a defesa escrita conforme as premissas de avaliação descritas


na seção V. A defesa escrita é realizada por meio de prova que
defenderá os principais itens do trabalho produzido pelo aluno: tema,
problema, justificativa, objetivos, metodologia e referencial teórico. A
prova é obrigatória e definirá a nota final do aluno.

VIII. Cumprir com o regulamento e prazos estipulados no cronograma.

SEÇÃO IV Do Desenvolvimento e Prazos para Realização do TCC

I. A disciplina de TCC está organizada por meio da oferta de vídeo aulas e


aulas online com o objetivo de orientar o aluno no processo de construção
acadêmica do seu TCC. Além disso, no ambiente de orientação, no fórum
e central de mensagens os alunos são envolvidos num processo de
construção e colaboração mediado pelo professor, dirimindo as dúvidas ao
longo do período acadêmico.
II. O Trabalho de Conclusão de Curso será elaborado pelo aluno sob a
supervisão do Professor e deverá abordar temas específicos da área de
Educação ou Gestão pedagógica

III. Os prazos para o desenvolvimento TCC em Pedagogia estão informados


no cronograma enviado pela Central de Mensagens.

IV. Deve-se observar:

1) Todo TCC qualificado deverá obrigatoriamente fazer defesa escrita, por


meio de prova agendada.
2) Para evitar plágios ou cópias indevidas, o aluno deve assinar o Termo de
Responsabilidade e Compromisso de Autoria do TCC. (Anexo II)
3) A estrutura para o desenvolvimento do TCC (artigo) deverá seguir o modelo
apresentado no anexo III.
SEÇÃO V Da Avaliação

I. O sistema de avaliação da disciplina TCC em Pedagogia é composto pela


qualificação conceitual do Desenvolvimento/Conteúdo do TCC e das
avaliações regulares AV e AVS[Defesa Escrita do TCC].

II. O Desenvolvimento/Conteúdo de TCC será qualificado com os


seguintes conceitos:

1. A (Excelente);

2. B (Muito Bom);

3. C (Bom) e;

4. D (Deficiente) - quando o mesmo não atender aos critérios mínimos


para que seja realizada a defesa escrita.

III. Os alunos que obtiverem os conceitos A, B ou C estão aptos para


realizarem as provas. Aluno com conceito D está reprovado.

IV. As defesas escritas do TCC - AV e AVS valerão até 10,0 pontos

V. Caso o aluno tenha obtido no Desenvolvimento/Conteúdo de TCC


qualificação suficiente para a habilitação à defesa e não tenha
comparecido a AV ou sido reprovado e/ou deseje uma nova chance para
melhorar sua nota, poderá fazer uma nova defesa - AVS, que poderá
alterar os pontos da defesa anterior, sem que haja qualquer mudança no
conceito estipulado para o trabalho escrito.

VI. As avaliações AV e AVS[Defesa Escrita do TCC] são presenciais e


realizadas nos laboratórios de informática das Unidades ou Polos da
Estácio, em períodos pré-estabelecidos no cronograma da disciplina.
VI. Na hipótese de o aluno ter conceito D no trabalho escrito e se, por
qualquer razão, a defesa escrita, se realizar, deve ser zerada
acompanhada da observação “TRABALHO NÃO HABILITADO PARA
DEFESA”.
VII. O conceito do Desenvolvimento/Conteúdo de TCC leva em consideração
o processo de orientação ao longo do semestre e a correção da versão
final pelo professor. Na correção do trabalho, os itens que definirão o
conceito do Desenvolvimento/Conteúdo de TCC serão:

a) Conteúdo do trabalho

• Distinção do problema de pesquisa


• Identificação dos objetivos do trabalho;
• Metodologia de pesquisa;
• Consistência na fundamentação teórica: referências atualizadas
b) Relevância científica e social

• Relevância do tema/ problema;


• Resultados alcançados;
• Analise qualitativa
• Contribuição para a área da Pedagogia e/ou Educação.
c) Qualidade do texto

• Normas da ABNT;
• Normas internas, vocabulário técnico e adequado e normas
gramaticais.
d) Apresentação escrita

• Clareza;
• Precisão;
• Objetividade;
• Unidade;

• Coerência;
• Consistência;
• Coesão; • Correção.

VIII. O aluno deverá desenvolver sua AV e AVS[Defesa Escrita do TCC],


respondendo a questionamentos que envolvam os aspectos abaixo:

a) Escolha do seu tema e relação com os objetivos do trabalho.

b) Metodologia utilizada na construção do “Conteúdo do TCC”.

c) Relevância do trabalho para a sociedade.

d) Possibilidade de aplicação profissional do resultado da pesquisa e/ou


análise qualitativa e/ou quantitativa dos resultados.

e) Considerações Finais.

f) Referências.

IX. A nota da AV e AVS [Defesa Escrita do TCC] será obtida pela avaliação
do professor, levando em consideração a sua pertinência com o
“Desenvolvimento/Conteúdo de TCC”.

X. Para aprovação na disciplina o aluno deverá obter os conceitos A, B ou


C no Desenvolvimento/Conteúdo de TCC e nota igual ou superior a
6,00 (seis pontos) em uma das Defesas Escritas (AV e AVS).

XI. A disciplina não prevê pontuação pela participação no fórum.

XII. A disciplina TCC não possui SIMULADO.


SEÇÃO VI Da Nota do TCC em Casos de “Utilização Indevida” e/ou
“Plágio”

I. A “utilização indevida” e/ou “plágio” pelo aluno em relação às fontes, caso


sejam comprovadas, implicará em conceito D.

II. O conceito D será aplicado aos trabalhos independentemente das formas


de “utilização indevida” e/ou “plágio” verificados.
III. Critérios quantitativos e/ou qualitativos não serão levados em conta para
aplicação do conceito D na classificação da irregularidade cometida pelo
aluno dentro do “Conteúdo do TCC”.
IV. O aluno é responsável único e exclusivamente por todo conteúdo
apresentado na elaboração de seu TCC, e para tal deverá assinar o termo
de responsabilidade.
V. É vedada ao aluno a utilização indevida de fonte ou outro recurso que o
professor e a coordenação classifiquem como “utilização indevida” e/ou
“plágio”.

VI. Por “utilização indevida” e/ou “plágio” entende-se:

a) Inclusão de texto cuja autoria de terceiros não esteja claramente


identificada;
b) Texto supostamente produzido pelo aluno, mas que se trata de texto
adaptado em parte ou totalmente, sem referenciar autoria;

c) Texto produzido por terceiros, no qual não constem elementos


debatidos no ambiente virtual com o professor orientador;
d) Texto supostamente produzido pelo aluno, sem que ele consiga
responder perguntas acerca do tema, ou sem que ele consiga elucidar
seu conteúdo de forma sistemática, seja em parte ou na sua
totalidade.
e) Texto extraído, integralmente, de sites acadêmicos ou não;
f) Texto produzido por terceiros, sob encomenda, mediante pagamento
(ou não) de honorários profissionais.

VII. Por “fontes” entende-se:


a) Textos em geral, na forma de artigos, produtos científicos como
monografias, teses e dissertações;
b) Livros, publicados ou não, de autoria conhecida ou não;

c) Sites;
d) Entrevistas publicadas, exibidas, transmitidas (ou não), em meio de
comunicação de grande ou pequena abrangência;
e) Quaisquer elementos que sirvam de referência para a discussão
teórica proposta pelo projeto de pesquisa e executada no TCC em
questão.
VIII. O Conteúdo do TCC só será qualificado mediante postagem do Termo de
Responsabilidade e Compromisso de Autoria do TCC assinado pelo aluno.

CAPÍTULO III Estrutura e Formatação do TCC SEÇÃO I Da Aplicação


das Normas da ABNT

A formatação do “Conteúdo do TCC” deverá seguir às normas da


Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT, informadas nesse
documento.

SEÇÃO II Da Extensão do Texto


I. O TCC é individual, contendo, no mínimo, 10 (dez) e no máximo 25 (vinte
e cinco) páginas por se tratar de artigo cientifico, não computadas as
páginas pós-textuais – anexos, obedecendo criteriosamente as normas da
ABNT.

II. A não observância desse número mínimo de páginas implicará em


recomendação negativa pelo Professor, tendo consequências na nota final
do Trabalho.

SEÇÃO III

Da Estrutura e Formatação do TCC

O modelo com a estrutura do artigo está disponível no anexo III.

O artigo deve ser formatado com as seguintes configurações:

Editor de texto:

• .doc(word)
Configuração das páginas:

• Tamanho do papel: A4 (29,7cm x 21 cm)


• Margem superior: 3 cm
• Margem inferior: 2 cm
• Margem esquerda: 3 cm
• Margem direita: 2 cm

Configuração de textos
• Fonte: Times New Roman ou Arial, corpo 12. Para títulos 14 em negrito e
subtítulo 12 em negrito. Resumo, fonte 12 – 250 palavras.
• Espaçamento entre caracteres, palavras e linhas: 1,5 exceto o resumo
(simples).
• Número de páginas: mínimo de 10(dez), máximo de 25 (vinte e cinco), não
incluindo ilustrações, Referências e notas de final de texto.

CAPÍTULO IV Das Disposições Gerais

Os casos omissos serão resolvidos pelo Coordenador do Curso em


consonância com a Gestão Nacional do Curso de Pedagogia.
ANEXO I ( Deverá ser entregue no item apropriado no ambiente do aluno)

TERMO DE RESPONSABILIDADE E COMPROMISSO DE AUTORIA

Eu, NOME DO ALUNO(A) _____________________________________,


matricula nº declaro, para os devidos fins de direito, que o trabalho de conclusão de
curso o artigo intitulado,
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM, é
de minha autoria, tendo sido elaborado com a observância ao princípio do respeito
aos direitos autorais de terceiros e em conformidade às normas estabelecidas no
Manual de Normas para a Estrutura Formal de Trabalhos Científicos da Universidade
Estácio de Sá.
Declaro ainda que as citações e referências foram elaboradas à luz das normas
da ABNT. Estou ciente de que o plágio ou a adoção de qualquer outro meio ilícito
para a elaboração de trabalhos acadêmicos configura fraude, possível de sanções,
conforme as normas internas da Universidade Estácio de Sá, das quais também
declaro ter plena ciência.
Tenho conhecimento de que, eventualmente, o Professor orientador poderá
exigir-me uma verificação adicional de conhecimento sobre o tema do artigo
científico como condição para a aprovação da disciplina.
Declaro, por fim, que tenho conhecimento de que o plágio constitui crime
previsto no art. 184 do Código Brasileiro e que arcarei com todas as implicações civis,
criminais e administrativas caso incorra nesta prática ao realizar esse trabalho de TCC.
Cidade,XX de XXXXX de 20XX.

Nome: NOME DO ALUNO(A) Matricula: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


ANEXO II
MODELO DO ARTIGO CIENTIFICO

Titulo do Trabalho
Nome do aluno

Nome do Professor

RESUMO

Apresentação concisa e seletiva do texto de um artigo, pondo em relevo os


elementos de maior interesse tais como objetivos do artigo, metodologia e
conclusões. A Associação Brasileira de Normas Técnicas, através da norma
NBR 6028, define resumo como "a apresentação concisa dos pontos
relevantes de um texto". Para artigos, a ABNT recomenda o resumo com 250
palavras, aproximadamente 8 a 10 linhas, em apenas um parágrafo e
espaçamento simples.

Palavras Chaves: Artigo científico. Trabalho de Conclusão de Curso. Modelo


de artigo

São em média três palavras, que caracterizam o conteúdo do texto; são


retiradas do texto do resumo, pois nele se situa a síntese do estudo. As
palavras-chave são colocadas em sequência à apresentação do resumo.

O corpo do artigo será iniciado imediatamente após a linha que contém as


palavras-chave, e deverá conter, minimamente, as seguintes seções:

1 INTRODUÇÃO

Esta seção deve proporcionar ao leitor uma introdução geral sobre o tema do
artigo, com o propósito de atraí-lo para a leitura completa do artigo.

Não é apenas uma descrição dos conteúdos das seções do texto.

Ela deve apresentar em um texto único (sem seções), fluido e agradável:

• A formulação clara do tema em questão e os motivos que justificam a


sua escolha;
• O enfoque central do trabalho, a questão a ser respondida;

• Os objetivos pretendidos;

• A metodologia utilizada;

• A relevância (social, para o governo, para as empresas etc) do trabalho;

2 Desenvolvimento/Referencial Teórico

Esta seção é o resultado da revisão de literatura (livros, artigos etc.) das áreas
de conhecimento relacionadas com o tema do artigo. Nela são apresentadas
as ideias principais de autores da área. As referências do artigo devem incluir,
no mínimo, 3 livros e 2 artigos de revistas idôneas sobre o tema em questão.

A seção pode ser dividida em tantas subseções quanto desejáveis. Sua


adequada organização permite, posteriormente, realizar comparações e
analises, levando a uma melhor compreensão do assunto.

3 CONSIDERAÇÕES FINAIS

As conclusões não são um resumo do artigo, mas dos resultados obtidos no


trabalho, apresentados de forma objetiva e concisa.

4 REFERÊNCIAS

A lista de referências é estreitamente relacionada à revisão de literatura


da seção 2. Ela deve incluir os trabalhos de onde foram extraídos dados, figuras,
tabelas, textos etc. Todas as referências citadas no texto devem ser incluídas na
lista de referências. Por outro lado, a lista não deve incluir trabalhos não citados
no texto.
Sempre voltar ao referencial teórico para montar a seção REFERÊNCIAS do
artigo.

Importante: As Referências devem seguir as normas da ABNT

Você também pode gostar