Você está na página 1de 36

8732400984 (06/2017) BR

Manual do produto coletor solar

MC 1300TF
MC 2000TF
8 732 401 375 (11/2019) BR

Coletor solar MC 1000 TF / MC1200 TF / MC2000 TF 1


Informações sobre a documentação técnica

8 732 401 375 (11/2019) BR


Este manual contém informações técnicas do produto e recomendações importantes
de segurança. Leia-o sempre antes de iniciar qualquer trabalho.

Para mais informações consulte: www.heliotek.com.br

Este manual se aplica para sistemas solares utilizando-se o produto:

• MC1300TF 10
• MC1300TF 15
• MC1300TF 18
• MC1300TF 20
• MC2000TF 10
• MC2000TF 15
• MC2000TF 18
• MC2000TF 20

Este manual está valido para o mercado Brasileiro e complementa-se com os


manuais dos outros componentes usados no conjunto do Sistemas
de Aquecimento Solar. As informações deste manual estão sujeitas à
mudanças sem prévio aviso que possibilite a Bosch trazer as mais recentes
inovações para seus Clientes.

2 Manual do produto
Índice

8 732 401 375 (11/2019) BR


1. Esclarecimentos dos símbolos e indicações de segurança ..................................... 4
1.1. Esclarecimentos dos símbolos. ...................................................................................... 4
1.2. Recomendações importantes ....................................................................................... 4
2. Instruções para uso do produto .................................................................................... 5
2.1. Uso previsto do produto ................................................................................................. 5
2.2. Uso indevido ...................................................................................................................... 6
2.3. Proibição de uso ............................................................................................................... 7
2.4. Requisitos de instalações ................................................................................................ 8
2.5. Perigo de queimadura .................................................................................................... 8

3. Especificações técnicas dos equipamentos ................................................................ 10


4. Transporte e armazenamento .................................................................................. 12

5. Instalação........................................................................................................................... 12
5.1. Local de instalação ............................................................................................................ 12

5.2. Perigo no caso de trabalho em altura ............................................................................. 13

5.3. Instalação em telhados .................................................................................................... 14


5.4. Instalação em lajes ........................................................................................................... 17

5.5. Instalação hidráulica ......................................................................................................... 23

5.6. Conclusão da instalação ................................................................................................ 26


5.7. Desinstalação..................................................................................................................... 27
6. Limpeza, conservação e manutenção.......................................................................... 27
6.1. Limpeza ............................................................................................................................... 27
6.2. Conservação ..................................................................................................................... 27
6.3. Manutenção........................................................................................................................ 27
6.4. Acompanhamento da revisão Periódica..................................................................... 28
7. Proteção do meio ambiente / Reciclagem ................................................................. 29

8. Garantia ............................................................................................................................ 29
8.1. Prazo .................................................................................................................................... 29
8.2. Cobertura ........................................................................................................................... 30
8.3. Observações ...................................................................................................................... 30

Coletor Solar MC1300 TF / MC2000 TF 3


1. Esclarecimentos dos símbolos e indicações

8 732 401 375 (11/2019) BR


de segurança
1.1 Esclarecimentos 1.2 Recomendações
dos símbolos importantes
Este capítulo menciona indicações
E Informações importantes
gerais de segurança para um
Informações importantes sem funcionamento seguro e sem
problemas.
perigos para as pessoas ou bens
materiais são assinaladas com o Leia atentamente as indicações
símbolo ao lado. Estas são deli- de segurança presentes neste manual
mitadas através de linhas acima e antes de iniciar a instalação.
abaixo do texto. O não cumprimento das indi-
cações de segurança podem
E Indicações de aviso provocar lesões corporais graves,
assim como danos materiais e
As indicações de aviso no texto ambientais.
são identificadas por um triân- INDICAÇÃO: Este aparelho
gulo de aviso com fundo cinza e deverá ser instalado ou reparado
contornadas. por profissionais habilitados e
Em caso de aviso devido a qualificados
eletricidade, o símbolo de
exclamação é substituído pelo É extremamente recomendado
simbolo de raio. que os serviços de instalação
e manutenção sejam feitos
As palavras indicativas no início de por uma empresa autorizada
um aviso apontam o possível tipo e Bosch.
respectiva gravidade das consequências
no caso de não se respeitar as PERIGO:
medidas de prevenção do perigo. E Utilize sempre roupas adequa-
das e equipamento de proteção
• INDICAÇÃO significa que podem individual (EPI) para realizar
ocorrer danos materiais. serviços de instalação, manu-
tenção, desinstalação ou in-
• CUIDADO significa que podem ocorrer
tervenção no produto.
lesões pessoais ligeiras a médias.
E É expressamente proibida a
• AVISO significa que podem ocorrer modificação de qualquer com-
lesões pessoais graves. ponente no produto.

• PERIGO significa que podem ocorrer


lesões pessoais potencialmente fatais.

4 Manual do produto
8 732 401 375 (11/2019) BR
PERIGO: O local de instalação, Contate o Atendimento Bosch,
telhado e laje, deve suportar a ou uma empresa autorizada, em
carga de todo o conjunto do caso de dúvidas sobre o funcio-
Sistema de Aquecimento Solar, namento do produto.
ou seja, devem ser conside- Sobre o funcionamento mais
rados o peso do coletor solar, específico do Sistema de
reservatório térmico, tubulações, Aquecimento Solar, pode
conexões e inclusive a água. Em ser necessário contatar o Pro-
caso de dúvidas, um engenheiro jetista ou Instalador responsável.
especialista, estrutural ou civil,
deve ser consultado.

2. Instruções para uso do produto


O Coletor Solar é um dos componentes INDICAÇÃO:_ O dimensiona-
que incorporam o Sistema de mento errôneo do Sistema de
Aquecimento Solar. O dimensionamento Aquecimento Solar pode levar a
do sistema é extremamente importante redução da vida útil do produto e
para a garantia de eficiência do produto até mesmo sua avaria, por
e sua vida útil. exemplo, devido ao choque
Para dimensionar o sistema, deve- térmico frequente ou temperatura
se levar em conta no mínimo os excessiva de operação contínua
seguintes fatores: (ambos resultados do perfil de
E Local da instalação do sistema. consumo, quantidade de cole-
E Perfil de consumo de água tores, dimensão do reservatório
quente (volume, frequência e térmico e fração solar não con-
temperatura). cordantes).
E Itens de segurança do usuário
(ex. válvula misturadora) e de segu- 2.1 Uso previsto do produto
rança do sistema (ex. vaso de Este capítulo especifica onde
expansão e válvula de segurança). deve ser aplicado o produto
E Tipo de sistema (consumo di- contemplado por este manual.
reto, ou indireto) e de operação
(circulação natural por termo- A instalação, ou utilização, que
desrespeite o uso previsto nesse
sifão, ou circulação forçada por
manual do produto pode levar à
bomba hidráulica).
E Fração solar do sistema. perda de garantia.
E Cargas geradas por intempéries. O Coletor Solar pode ser instalado em
Para maiores informações sobre os lajes e telhados retos ou em telhados
procedimentos de segurança e inclinados, sempre respeitando as
instalação do sistema solar indicações do Capítulo 5.
consulte um especialista ou A máxima carga de vento (pressão
verifique a informação no manual dinâmica máxima) suportada pelo Coletor
do Sistema de Aquecimento Solar Solar é de 2,8 kN/m² (6 pontos de
Bosch. ancoragem). Vide Capítulo 5.4 Figura 13.
Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 5
PERIGO:_A instalação do Coletor Os Coletores Solares devem ser

8 732 401 375 (11/2019) BR


Solar em locais com carga de aplicados em sistemas solares abertos
vento superior ao especificado, para atmosfera ou com pressão de até
pode levar a avaria do produto 40mca (4 bar) e devem ser exclusi-
com subsequente despren- vamente utilizados para o aquecimento
dimento, queda de partes do de água de acordo com os requisitos:
mesmo.
E Dureza: ≤ 500 mg [CaCO3]/l.
Para determinar a pressão E pH: de 7,0 a 9,0.
E Sais, Sólidos dissolutos ou em Sus-
dinâmica máxima, deve-se levar
pensão: ≤ 250ppm.
em conta os seguintes fatores:
E Concentração iônica c(HCO3-1)/
E Local de montagem da ins-
c(SO4-2) > 1,5.
talação solar.
E Velocidade do vento atuante no INDICAÇÃO: A utilização de água
local. Dura, água agressiva ou fora da
E Altura geográfica do terreno. especificação (exemplo: água de
E Topografia do terreno e cons- poço) leva à corrosão e avaria
trução. precoce do produto.
E Altura e geometria da edi-
ficação. A instalação do Coletor para
Um engenheiro de estruturas ou utilização de água não conforme
aos parâmetros definidos, somen-
civil deve ser consultado para o
te é possível caso sejam selecio-
cálculo e determinação da pressão
nados os produtos e compo-
dinâmica do local de instalação.
nentes adequados, resistentes
A máxima carga de vento (pressão a esta situação, e que protejam o
dinâmica máxima) suportada pelo sistema produto contra corrosão.
de montagem deve atender aos re-
quisitos da pressão dinâmica do local e o PERIGO:
número de fixadores. Posição e E A pressão hidráulica máxima de
distribuição da ancoragem devem ser serviço admissível é de 40 mca (4
conforme definido no capítulo 5. bar). Instalações acima dessa
pressão podem levar a avaria
PERIGO:
precoce do produto.
E Utilize suportes especifica-
E É expressamente proibido o
mente desenvolvidos e dimen-
aquecimento de qualquer outro
sionados para o local de ins-
líquido que não seja permitido
talação. Devem-se respeitar
nesse manual.
as cargas estáticas (peso
dos componentes do Sistema 2.2 Uso indevido
de Aquecimento Solar em
Este aparelho não se destina ao
operação, com água) e as
manuseio por pessoas (inclusive
cargas dinâmicas (esforços
crianças) com capacidades físicas,
devido ao vento). sensoriais ou mentais reduzidas, ou por
E Os materiais devem ser prote- pessoas com falta de experiência e
gidos contra corrosão, Capítulo 6. conhecimento, a menos que tenham
6 Manual do produto
recebido instruções referentes à sua

8 732 401 375 (11/2019) BR


PERIGO: O coletor solar pode
utilização ou estejam sob supervisão de ser instalado em locais diferentes
uma pessoa responsável pela sua daqueles especificados no
segurança. capítulo 2.1, porém é obrigatório
Recomenda-se que crianças sejam o projeto de um Engenheiro
vigiadas para assegurar que elas não Mecânico, Civil ou de Estruturas
estejam brincando com o aparelho. para garantir que o local de
instalação suporte todas as cargas
PERIGO: O manuseio ou insta- do sistema de forma a não
lação por pessoa não capacitada ocorrer acidentes em pessoas
pode levar a falhas graves com e danos ao produto e
risco de queda do produto. à propriedade. Em caso de
dúvida consultar o capítulo 5.

O Coletor Solar não deve ter sua área


absorvedora exposta ao sol sem água, por
2.3 Proibição de uso
isso a instalação deve ser colocada em Este capítulo especifica onde é
operação normal no prazo máximo de proibido efetuar a instalação do
uma semana. Caso o prazo seja superior, Coletor Solar, assim como as
ou não tenha consumo de água condições proibidas de manuseio do
quente além desse tempo, deve-se produto.
cobri-lo para não permitir radiação solar O Coletor Solar para aquecimento
sobre o absorvedor, Capítulo 2.5. de água é um produto controlado
governamentalmente por regula-
INDICAÇÃO: A exposição do mentos do INMETRO. Modificação
Coletor Solar sem água, ou sem do produto, ou substituição
consumo de água quente por de peça por outra não original,
longo período pode levar a avaria desqualifica a Certificação Com-
precoce do produto. pulsória com penalidade des-
crita em lei.
Não aplique ou utilize produtos químicos
como thinner, gasolina ou inseticida O aquecimento de outros fluidos
perto do Coletor Solar, pois estes agentes somente é possível através de
químicos podem causar danos ao sistema de troca de calor
equipamento e provocar acidentes. intermediária, para isso é
necessário consultar um
Não introduza objetos dentro do Coletor
engenheiro mecânico, químico ou
através das aberturas de circulação de
de processos.
água; isto pode danificar o aparelho e
causar ferimentos aos usuários. PERIGO: É expressamente proi-
bido a instalação do Coletor Solar
em locais cujas cargas de
vento ultrapassem o limite do
Coletor Solar definido no Capítulo
5.4.

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 7


8 732 401 375 (11/2019) BR
PERIGO: O aquecimento direto As orientações apresentadas nos
e indevido de líquidos como regulamentos técnicos do Minis-
óleo, solventes, gasolina, ou tério da Saúde e da ANVISA
outros produtos químicos (Agência Nacional de Vigilância
são expressamente proibidos, Sanitária) referentes à potabilidade
levam à avaria precoce do da água e aos materiais em
produto. contato com a água devem ser
seguidas.
PERIGO: A utilização do Coletor
para aquecimento de água com
PERIGO: Utilize materiais que
qualidade não conforme o Capí-
não alterem as propriedades
tulo 2.1, (como por ex. água de
físico-químicas da água e que não
piscina, salobra ou salina), levam a
promovam o desenvolvimento de
avaria precoce do produto.
colônias de fungos ou bactérias,
2.4 Requisitos de instalações para que a saúde do usuário não
seja afetada.
É extremamente recomendado que
os serviços de instalação e manu- Na ausência de regulamentos e
tenção sejam realizados por uma normas técnicas nacionais, é
empresa autorizada Bosch. extremamente recomendado se-
guir instruções de instituições
A instalação do Coletor Solar assim internacionais independentes re-
como o sistema de Aquecimento Solar conhecidas como ISO, EN, DIN,
devem obedecer às normas brasileiras e IEC entre outras.
requisitos legais correlatos aplicáveis na
sua versão mais atualizada e em vigor, 2.5 Perigo de queimadura
dentre os quais podem ser citados:
O Coletor Solar vazio pode atingir
E ABNT NBR 15569: Sistema de
temperaturas de até 140 °C; por isso,
Aquecimento Solar de água em circuito
tubos, conexões e acessórios devem re-
direto – Projeto de instalação.
sistir a essa temperatura. Quando em
E ABNT NBR 5626: Instalação predial de operação contínua, o Coletor Solar e
água fria. partes do Sistema de Aquecimento Solar
E ABNT NBR 7198: Projeto e execução podem atingir temperatura de 70 °C e,
de instalações prediais de água quente. em casos extremos, poderia ultrapassar
100 °C, dependendo do dimensiona-
E Recomendação normativa ABRAVA mento do sistema e do modo de
RN4: Proteção contra congelamento operação.
e Coletores solares.
CUIDADO: Utilize equipamento
E ABNT NBR 6123: Forças devidas ao de proteção individual (EPI)
vento
vento em edificações. adequado ao manusear o produto
para evitar risco de queimadura.

8 Manual do produto
CUIDADO: Cuidado ao tocar

8 732 401 375 (11/2019) BR


A pele humana pode suportar
diferentes níveis de temperatura partes do Sistema de Aque-
sem levar a queimadura. Um dos cimento Solar, como tubo,
fatores que influenciam nessa conexão e inclusive o Coletor
resistência a queimadura é a idade Solar, pois a temperatura de
do indivíduo. Conforme de- trabalho do sistema pode levar a
terminado em testes, crianças e queimadura.
idosos têm pele mais sensível e
suscetível a queimaduras com No caso de longo período sem
menor tempo de contato com a utilização do sistema, como por
superfície quente. Na tabela a exemplo em casos de ausência dos
seguir, é informado o tempo em usuários em período de férias, a água
que o contato pode levar a poderá alcançar temperaturas elevadas
queimadura de terceiro grau. no reservatório térmico.
Tempo de exposição para causar queimaduras
AVISO:
Temperatura Idosos / Adulto
Crianças E Para evitar queimadura e dano
50 °C 1,5 min. 5 min. material, devem-se aplicar
52 °C 30 seg. 2 min. medidas que garantam a manu-
55 °C 10 seg. 30 seg. tenção da temperatura abaixo de
60 °C 1,5 seg. 5 seg. 60°C na saída do reservatório
62 °C 1 seg. 3 seg. térmico, utilizando uma válvula
65 °C 0,5 seg. 2 seg. misturadora, por exemplo.
E Os requisitos da norma ABNT
AVISO: Caso o contato exceda NBR 7198 devem ser seguidos. A
esse tempo, queimadura instalação não conforme, pode
de terceiro grau pode ocorrer. levar a saída de água em
temperatura escaldante no ponto
de consumo (torneira e chuveiro)
INDICAÇÃO: Na instalação e
e uma queimadura da pele pode
durante períodos prolongados
ocorrer.
sem consumo térmico (por
E A variação de temperatura
exemplo durante reforma ou
pode ser drástica durante o
viagem), o Coletor e o material
consumo e, por exemplo, jato de
de instalação devem ser cobertos
água escaldante tem de ser
com um pano, lona ou plástico
evitado; para isso medidas de
não transparentes ou negro que
segurança para evitar supera-
possua espessura suficiente para
quecimento e queimaduras
proteger o Coletor da radiação
devem ser tomadas.
solar; a fim de não elevar sua
temperatura acima de condições
que o possam avariar. É
aconselhável retirar essa
cobertura apenas quando for
iniciar o uso do sistema.

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 9


8 732 401 375 (11/2019) BR
Coletor
Telhado ou estrutura

Cobrir por
ex. com
embalagem do
reservatório
ou lona não
transparente
com espessura
suficiente para
proteção

Fig. 1 – Proteção contra supera-


quecimento dos coletores solares

3. Especificações técnicas dos equipamentos


Especificações técnicas dos coletores série MC1300 TF

Características MC1300 MC1300 MC1300 MC1300


técnicas TF 10 TF 15 TF 18 TF 20

Área externa [m²] 0,998 1,500 1,800 2,000


Revestimento da
Black paint
superfície
Pressão máxima de
40/400
operação [mca/kPa]
Produção mensal de
energia por m² de 69,9
coletor [kWh/mês.m²]
Produção mensal de
energia por coletor 69,8 104,9 125,9 139,8
[kWh/mês]
Eficiência energética[%] 51
Classificação no
C
INMETRO
Volume interno do
1,01 1,16 1,25 1,31
absorvedor [litros]
Vidro Prismático Temperado de baixo ferro
Absorvedor Chapa única de alumínio
Moldura Perfil de alumínio
Dimensões A x L x P 1000 x 1500 x 1800 x 2000 x
[mm] 1000 x 69 1000 x 69 1000 x 69 1000 x 69
Peso (kg) 13,5 19,3 23,2 26,0

10 Manual do produto
Especificações técnicas dos coletores série MC2000 TF

8 732 401 375 (11/2019) BR


Características MC2000 MC2000 MC2000 MC2000
técnicas TF10 TF15 TF18 TF20

Área externa [m²] 1,004 1,500 1,800 2,000


Revestimento da
Black paint
superfície
Pressão máxima de
40/400
operação [mca/kPa]
Produção mensal de
energia por m² de 82,1 90,1
coletor [kWh/mês.m²]
Produção mensal de
energia por coletor 82,4 135,1 162,2 180,2
[kWh/mês]
Eficiência energética[%] 59,4 65,0
Classificação no
A A
INMETRO
Volume interno do
1,15 1,38 1,50 1,61
absorvedor [litros]
Vidro Prismático Temperado de baixo ferro
Absorvedor Chapa única de alumínio
Moldura Perfil de alumínio
Dimensões A x L x P 1000 x 1500 x 1800 x 2000 x
[mm] 1000 x 69 1000 x 69 1000 x 69 1000 x 69
Peso (kg) 14,0 20,0 24,0 27,0

Perdas de cargas estimadas nos coletores (mca)

N° dos coletores
MC2000 TF10 MC2000 TF15 MC2000 TF18 MC2000 TF20
por bateria
1 0,003 0,003 0,004 0,004
2 0,011 0,011 0,017 0,023
3 0,025 0,025 0,038 0,050
4 0,045 0,045 0,070 0,095
5 0,070 0,070 0,112 0,155
6 0,100 0,100 0,164 0,230

• Para evitar temperaturas elevadas A vazão específica nos coletores deve


no coletor, e consequentemente ser de 35 l/h.m². Desta forma
queda de rendimento, é importante é assegurado um bom coeficiente
ter uma vazão maior por fileira; de transmissão de calor entre a
porém terá uma perda de carga placa absorsora e a água.
maior.
Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 11
4. Transporte e armazenamento

8 732 401 375 (11/2019) BR


Todos os componentes devem ser PERIGO: Fixe o Coletor e
protegidos com a embalagem original materiais de instalação durante
para transporte e armazenamento. a montagem, transporte e
O Coletor deve ser exclusivamente instalação contra quedas.
armazenado em local seco, limpo e
coberto na embalagem original até o
momento da instalação.

INDICAÇÃO:
E Atente-se aos símbolos logísti-
cos disponíveis na embalagem.
E Não deixe o produto ao ar livre
exposto a chuva e raios solares.
E Não empilhe o produto duran-
te o armazenamento, transporte
ou instalação.
E Não transporte o Coletor pelos
tubos de entrada ou saída de
água.
Fig. 2 – Coletores com embalagem

5. Instalação
5.1 Local de instalação

Para maiores informações sobre A performance de seu coletor solar está


os procedimentos de segurança e diretamente relacionada com o local
instalação de outros com- de instalação. Para escolher este local
ponentes do Sistema de observe as dimensões do aparelho e
Aquecimento Solar, como por algumas características importantes:
exemplo reservatório térmico,
conexões ou válvulas, consulte o E Local deve ser de fácil acesso para que
documento fornecido pelo fa- após a instalação possam ser feitas
bricante juntamente com o inspeções, limpeza e conservação do
produto. sistema.
E Instale o Sistema de Aquecimento Solar
(Coletor Solar e reservatório térmico)
próximos aos pontos de consumo para
evitar perda térmica na tubulação.

12 Manual do produto
PERIGO: O local de instalação,

8 732 401 375 (11/2019) BR


Para sistemas com circulação
natural, a distância entre Coletor telhado e laje, deve suportar a
Solar e reservatório térmico não carga de todo o conjunto do
deve ser superior a 5 metros. Sistema de Aquecimento Solar,
ou seja, devem ser considerados
o peso do coletor solar, reser-
E Instale o Coletor Solar com inclinação
vatório térmico, tubulações,
e direção correta para a sua localidade.
conexões e inclusive a água. Em
caso de dúvidas, um engenheiro
O Coletor Solar deve estar especialista, estrutural ou civil,
orientado para o norte geográfico deve ser consultado.
(quando instalado no hemisfério
sul) com um desvio máximo de 5.2 Perigo no caso de tra-
30°.
balho em altura
A inclinação ideal de instalação do
Coletor Solar é: [Valor da Latitude] Respeite sempre os regulamentos
+ 10°. nacionais de segurança no trabalho e
Instalação diretamente sobre o tome as medidas adequadas de pre-
telhado ou laje, que tenha venção de acidentes.
inclinação de aproximadamente Para uma melhor acessibilidade ao
17°, ou 30%, é possível sem perda telhado, deve-se utilizar escada.
de eficiência significativa. PERIGO:
E Utilize sempre vestuário e
E Evite as sombras de edifícios próximos, equipamentos de proteção in-
árvores e outras filas de Coletores na dividual (EPI) e coletivos (EPC)
montagem do campo de Coletores. adequados.
E Tome as precauções para
proteção contra queda em todos
os trabalhos em altura.
inclinação E Assegure que não exista o
risco de queda de materiais e fer-
ramentas durante a instalação e
N manutenção.
Fig. 3 – Orientação e inclinação dos E Sempre isole a área abaixo do
coletores solares local de instalação.

Informe-se sobre a necessidade


E Verifique se a cobertura na qual será de para-raios. É recomendado
realizada a instalação é estável e capaz consultar um técnico eletricista
de suportar toda a carga dos compo- habilitado e capacitado.
nentes instalados.
PERIGO: Ao instalar novos
componentes no telhado e laje,
o funcionamento do para-raio
não pode ser comprometido.

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 13


PERIGO: Evite a permanên-

8 732 401 375 (11/2019) BR


cia em cima de laje ou cobertura
em período de chuva princi-
palmente devido a eventuais
descargas atmosféricas.

5.3 Instalação em telhado


PERIGO:_A instalação incorreta
pode danificar o telhado, levar
ao desprendimento e queda do
produto.
Fig. 4 – Não se apoiar sobre o coletor
PERIGO: O local de instalação,
telhado e laje, deve suportar a
carga de todo o conjunto do 5.3.1 Requisito de distância
Sistema de Aquecimento Solar, Para diminuir as cargas de vento as
ou seja, devem ser considerados fórmulas definidas na figura 5 para a
o peso do coletor solar, reser- distância mínima “a” ao redor das
vatório térmico, tubulações, extremidades do telhado deve ser
conexões e inclusive a água. Em respeitada.
caso de dúvidas, um engenheiro Aplique as duas fórmulas de acordo com
especialista, estrutural ou civil, as dimensões do local e o resultado de
deve ser consultado. maior valor deve ser adotado.

Para uma melhor acessibilidade ao


telhado, deve-se utilizar uma escada.
b
a
AVISO:
E C
E Transporte o produto em sua a
embalagem original e somente a
retire no local exato de
instalação. a
E Não aplique esforços exces- h
a
sivos sobre o Coletor evitando
assim danificar a superfície
traseira em alumínio e o vidro.
E Não se apoie ou pise sobre o
a= h a= b
Coletor, pois o vidro pode 10 10
quebrar e ocasionar cortes
graves. Fig. 5 – Distâncias a serem mantidas em telhado

E A e B: Superfície necessária para o


campo de Coletores.

14 Manual do produto
E C: Pelo menos duas filas de telhas até PERIGO: O não cumprimento

8 732 401 375 (11/2019) BR


a cumeeira ou chaminé. Em especial nas das distâncias mínimas pode
telhas colocadas molhadas existe o risco intensificar as forças devido ao
de danificar o telhado. vento e levar ao desprendimento
E D: Pelo menos 0,5m à esquerda e à e queda do produto.
direita ao lado do campo do Coletor para
os tubos de ligação por baixo do telhado.
5.3.2 Área de instalação
E E: Corresponde a 0,8 x B e é a
distância mínima desde a aresta superior Verifique se há espaço disponível em
do Coletor até a calha de perfil inferior, telhado para instalação de baterias de
que é montada em primeiro lugar. Coletores, para isso pode ser utilizado a
E a: Distância mínima necessária livre tabela a seguir para verificação das
ao redor das extremidades do distâncias mínimas necessárias A e B.
telhado para instalação do campo do
Coletor.

Distâncias minimas para instalação em telhado


N° de
MC1300 / 2000 MC1300 / 2000 MC1300 / 2000 MC1300 / 2000
coletores por
TF10 TF15 TF18 TF20
bateria
Distância (mm) A** B A** B A** B A** B
1 1005 1000 1005 1500 1005 1800 1005 2000
2 2168 1000 2168 1500 2168 1800 2168 2000
3 3233 1000 3233 1500 3233 1800 3233 2000
4 4298 1000 4298 1500 4298 1800 4298 2000
5 5363 1000 5363 1500 5363 1800 5363 2000
6 6428 1000 6428 1500 6428 1800 6428 2000
**Dimensão A possui valor de orientação variando de acordo com as distâncias entre os coletores.

5.3.3 Requisito de
posicionamento
A instalação feita em telhado deve Fita
garantir que o Coletor fique total- perfurada
mente apoiado e nivelado nas telhas. Coletor
O posicionamento do Coletor Solar em Fita
bateria, assim como a combinação perfurada
dessas em sistema, deve ser feito Telhado
alinhada de maneira a evitar o acúmulo
de ar e formação de bolsas de ar no
interior da tubulação hidráulica, além de
Fig. 6 – Instalação dos coletores juntamente
permitir a montagem e desmontagem ao telhado
simples dos Coletores.

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 15


INDICAÇÃO:

8 732 401 375 (11/2019) BR


O contato de diferentes materiais
E O acúmulo e não drenagem (como aço, cobre, alumínio e
de ar no sistema de aquecimento latão) pode levar a oxidação e
compromete a circulação de corrosão precoce. Por isso, evite
água e pode levar a avaria pre- a combinação de materiais para
coce do produto. realizar a fixação do Coletor Solar.
E O Além disso outros fatores
não nivelamento ou
ambientais podem levar a
alinhamento entre os Coletores
pode levar a avaria do produto diferentes tipos de oxidação,
devido ao acúmulo de tensões como as névoas salinas do litoral,
ou até mesmo a poluição do ar.
nos tubos do absorvedor.
Para uma melhor proteção é
E Instale o Coletor com seu recomendado o dimensiona-
lado identificado com a etiqueta mento por um engenheiro
“Este lado para cima” na mecânico, civil ou de estruturas.
posição mais alta. O não Realize as inspeções e manu-
cumprimento pode levar ao tenções preventivas conforme
acúmulo de condensado no descrito no Capítulo 6.
interior da Coletor e sua avaria.
INDICAÇÃO:
E A fixação do Coletor deve ser
feita individualmente utilizando-se
todos os quatro tubos de cada
Coletor a ser instalado.
E Aplique um material isolante
de proteção resistente a luz U.V.
entre a tubulação de cobre e
a fixação (fita perfurada), para
evitar risco de corrosão por
pilha galvânica, devido ao contato
Fig. 7 – Alinhamento correto entre os
coletores
entre materiais distintos.

5.3.4 Requisito de fixação


Fita perfurada
Fita perfurada
O Coletor deve ser amarrado
juntamente ao telhado, para isso deve-
se utilizar fita perfurada de aço
inoxidável preferencialmente, ou fio
de cobre rígido. É extremamente im-
portante que o material, com o qual a Fita perfurada
fixação será feita, tenha alta resistência
a temperatura, fadiga, corrosão e Fig. 8 – Fixação dos coletores juntamente ao
telhado
degradação devido a luz U.V.

16 Manual do produto
8 732 401 375 (11/2019) BR
5.4 Instalação em laje
l2 l1 hA
PERIGO:
b
E A instalação incorreta pode
danificar a laje e levar ao des-
prendimento e queda do pro-
duto.
d2
E O local de instalação, telhado d1

e laje, deve suportar a carga de


todo o conjunto do Sistema de
Aquecimento Solar, ou seja, d1 ื 3 x h d1 > 3 x h
devem ser considerados o peso
a = 0,15 x d1 a = 0,45 x h
do coletor solar, reservatório
a ื 1m a ื 0,04 x d1
térmico, tubulações, conexões e
a ื 1m
inclusive a água. Em caso de
dúvidas, um engenheiro espe-
b = 0,5 x l1² + l2²
cialista, estrutural ou civil, deve
b = hA
ser consultado.

5.4.1 Requisitos de distância d1 < d2

PERIGO: O não cumprimento Fig. 9 – Distâncias para instalação em lajes


das distâncias mínimas pode
intensificar as forças devido ao E A e B: Superfície necessária para a
vento e levar ao desprendimento bateria de Coletores.
e queda do produto.
E a: Distância mínima necessária livre
Para diminuir as cargas de vento, as ao redor do beiral para instalação do
fórmulas definidas na figura 9 para a campo do Coletor.
distância mínima “a” ao redor do beiral e
E b: Distância mínima necessária livre
a distância mínima “b” ao seu redor de
ao redor da torre para instalação do
torre (caso exista) devem ser respeitadas.
campo do Coletor.
Aplique as duas fórmulas de acordo com
as dimensões do local e o resultado de A instalação de Coletores Solares em
maior valor deve ser adotado como “a”. bateria deve prevenir que a sombra de
Aplique as duas fórmulas de acordo com uma linha de Coletores sobreponha à
as dimensões do local e o resultado de área absorvedora dos Coletores da linha
menor valor deve ser adotado como “b”. posterior.

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 17


Distâncias mínimas a serem mantidas

8 732 401 375 (11/2019) BR


entre as baterias para evitar sombras
Ângulo de Distância X (m) Míminima Ângulo
inclinação suporte
do telhado TF10 TF15 TF18 TF20 coletor
(δ ) (m) (m) (m) (m) (β )
β
*0° 1,54 2,27 2,72 2,99 25°
δ 5° 1,45 2,13 2,53 2,81 25°
X 10° 1,37 2,02 2,40 2,66 25°
15° 1,31 1,92 2,28 2,53 25°

Fig. 10 – Distâncias a serem mantidas * Utilizar o angulo 0° para as distâncias


entre baterias para evitar sombreamento mínimas em lajes.

5.4.2 Área de instalação


O posicionamento do Coletor Solar em Verifique se há espaço disponível na laje
bateria, assim como a combinação para instalação de baterias de
dessas em sistema, deve ser feita Coletores; para isso pode ser
alinhada de maneira a evitar o acúmulo e utilizada a tabela a seguir para
formação de bolsas de ar no interior da verificação das distâncias mínimas
tubulação hidráulica, além de permitir a necessárias A e B.
montagem e desmontagem simples dos
Coletores.

Distâncias minimas para instalação


em laje

N° de coletores MC1300 / 2000 MC1300 / 2000 MC1300 / 2000 MC1300 / 2000


por bateria TF10 TF15 TF18 TF20
Distância (mm) A** B A** B A** B A** B
1 1005 1000 1005 1500 1005 1800 1005 2000
2 2168 1000 2168 1500 2168 1800 2168 2000
3 3233 1000 3233 1500 3233 1800 3233 2000
4 4298 1000 4298 1500 4298 1800 4298 2000
5 5363 1000 5363 1500 5363 1800 5363 2000
6 6428 1000 6428 1500 6428 1800 6428 2000

**Dimensão A possui valor de orientação variando de acordo com as distâncias entre os coletores.

18 Manual do produto
5.4.3 Requisitos de

8 732 401 375 (11/2019) BR


PERIGO:
posicionamento E Utilize suportes especifi-
camente desenvolvidos e
INDICAÇÃO: dimensionados para o local de
E O acúmulo e não drenagem instalação. Devem-se respeitar as
de ar no sistema de aquecimento cargas estáticas (peso dos
compromete a circulação de componentes do Sistema de
água e pode levar a avaria pre- Aquecimento Solar em operação,
coce do produto. com água) e as cargas dinâmicas
E O não nivelamento ou (esforços devido a vento).
alinhamento entre os Coletores E Em caso de instalação em
pode levar a avaria do produto edifício de grande altura, deve-se
devido ao acúmulo de tensões consultar um engenheiro de
nos tubos do absorvedor. estrutura mecânica para dimen-
sionar um suporte específico para
E Instale o Coletor com seu o Coletor Solar por causa de es-
lado identificado com a etiqueta forços devido ao vento.
“Este lado para cima” na
posição mais alta. O não
cumprimento pode levar ao Os suportes do Coletor devem apoiar
acúmulo de condensado no totalmente o centro do Coletor
interior da Coletor e sua avaria. conforme indicado nas distâncias da
figura 11.
Para instalação em lajes é necessário
um suporte triangular. Esse suporte INDICAÇÃO: O não apoio do
deve ser fixado a uma base de alvenaria Coletor na região indicada pela
com elementos de fixação de material figura 11 pode levar a avaria da
inoxidável, preferencialmente. superfície traseira do produto.
A alvenaria e os elementos de fixação
  *Para distância B
devem suportar as forças do vento NN 470 mm NN consultar tabela distân-
(sucção e pressão) atuantes no local de cias minimas para insta-
instalação. lação em laje
(B - 500) mm

Região minima de
Um engenheiro de estruturas apoio
ou civil deve ser consultado **As bases de alvenaria
devem permitir o
para o cálculo e determinação escoamento livre do vento
da pressão dinâmica do para minimizar os esforços
sobre as baterias de
local de instalação resultante coletores solares
de esforços devido ao vento. 500 mm instaladas.

Fig. 11 – Distâncias para apoio do Coletor


PERIGO: Assegure que a fixação Solar em suportes
da estrutura na alvenaria não
danifique a laje.

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 19


5.4.4 Requisitos de Um engenheiro de estruturas ou

8 732 401 375 (11/2019) BR


fixação civil deve ser consultado para o
cálculo e determinação da
A estrutura do suporte do Coletor pressão dinâmica do local de
deve ser capaz de distribuir as forçar de instalação resultante de esforços
forma a minimizar a carga do vento devido ao vento. Devem ser
que possa atuar sobre os Cole- especificados material e seção
tores. Segue proposta de geometria (perfil do material) adequados,
para o suporte estrutural. que suporte os esforços definidos.
INDICAÇÃO: A chapa traseira
Carga de vento Pontos de fixação
do coletor deve ser suportada
pela estrutura. até 1,2 kN/m² 4 pontos | Vertical

até 2 kN/m² 4 pontos | horizontal


Fixação
até 2,8 kN/m² 6 pontos | horizontal
Coletor >2,8 kN/m² Não permitido

*Obs.: Dados de carga máxima


C Fixação conforme norma ABNT NBR6123.
Suporte
triangular
PERIGO:
25°
E O Coletor não pode ser ape-
100mm<X<500mm
Base de nas apoiado na estrutura, ele
alvenaria D deve ser fixado ao suporte.
Fig. 12 – Fixação dos coletores em laje E A fixação do Coletor Solar ao
utilizando suporte vertical suporte deve ser feita através de
fixadores conforme quantidade
Modelo D (mm) C (mm) definida na tabela anterior (Carga
MC TF10 500 530 de Vento x Pontos de Fixação) e
exemplificada nas figuras 12, 13 e
MC TF15 900 790 14. O não cumprimento pode
levar ao desprendimento e queda
MC TF18 1180 830
do produto.
MC TF20 1200 950 E Não fixe o Coletor Solar ao
suporte exclusivamente através
Obs.: Medidas de orientação; para cons-
trução do suporte contrate um engenheiro
das tubulações; a amarração ao
de estruturas.
suporte pode ser executada
como redundância.
A definição de quantidade e posição dos E É expressamente proibido a
fixadores para ancoragem do Coletor instalação do Coletor Solar em
Solar depende da carga de vendo da locais cujas cargas de vento
instalação. A quantidade mínima de ultrapassem o limite definido do
pontos de fixação deve ser conforme a Coletor Solar.
quantidade definida na tabela a seguir e E Na utilização do fixador Z, a
sua fixação distribuída conforme figura base do fixador deve ser rígida e
13. fixada para evitar deformações.

20 Manual do produto
8 732 401 375 (11/2019) BR
6 pontos minímos de 4 pontos mínimos de 4 pontos mínimos de
fixação para cargas até 2,8 fixação para cargas até 2,0 fixação para cargas até 1,2
kN/m² kN/m² kN/m²

1000

-

- 4
-

-
-

-
-6

265 265

Fig. 13 – Pontos mínimos de fixação de acordo com a carga aplicada

O contato de diferentes materiais 5mm entre a face lateral do Coletor e o


(como aço, cobre, alumínio e suporte para que o Coletor Solar não se
latão) pode levar a oxidação e movimente.
corrosão precoce. Por isso evite
a combinação de materiais para Vista lateral
máx. 5 mm de Gap
realizar a fixação do Coletor Solar.
Além disso outros fatores
ambientais podem levar a dife- 25<X<30 mm
rentes tipos de oxidação, como 69
as névoas salinas do litoral, ou mm
mesmo a poluição.
Para uma melhor proteção é
Fv
recomendado o dimensiona-
mento por um engenheiro
mecânico, civil ou de estruturas.
X
Realize as inspeções e manu-
tenções preventivas conforme Desprendimento
descrito no Capítulo 6. do produto

O fixador do Coletor deve sobrepor sem


folgas em no mínimo 20mm a face
superior do Coletor e suportar os es-
forços principalmente dinâmicos da Fig. 14 – Distâncias recomendadas para fixador
instalação. Além disso é extremamente do coletor solar
importante que não haja folga superior a
5mmSolar MC1300TF / MC2000TF
Coletor 21
Na utilização do Kit de Fixador para a

8 732 401 375 (11/2019) BR


PERIGO:
E O fixador deve manter contato ancoragem do Coletor, assegure o
com o Coletor Solar. A instalação contato entre o fixador e o Coletor sem
inadequada pode levar ao efetuar força sobre o vidro. A distância
desprendimento e queda do entre centros do furo de posicio-
produto. namento desses fixadores é definida
E Caso não seja utilizado o Kit abaixo.
de Fixador (fornecido como
acessório), o fixador desen- Este lado para cima Este lado para cima

volvido deve suportar os


esforços, principalmente, dinâ-
micos da instalação. O
desenvolvimento inadequado de
um fixador pode levar ao Fv
desprendimento e queda do
produto.

Um engenheiro de estruturas ou
civil deve ser consultado para o
cálculo e determinação da
pressão dinâmica do local de Fh
instalação resultante de esforços Fig. 15 – Distâncias recomendadas para fixador
do coletor solar
devido ao vento. Deve ser
especificado material e seção
(perfil do material) adequado, que Modelo Fv (mm) Fh (mm)
suporte aos esforços definidos. MC TF10 1050
MC TF15 1550
1050
5.4.5 Kit de Fixador MC TF18 1850
(Acessório) MC TF20 2050

O Kit de Fixador (fornecido como *Obs.: Fv - Fixação Vertical / Fh - Fixação


acessório) é composto por 4 fixadores Z Horizontal
e seus respectivos elementos de fixação. PERIGO: Verifique e garanta que
Para instalação em que exija um número os fixadores não foram danifi-
de fixadores superior devido às cargas cados durante a instalação. Caso
dinâmicas, será necessário mais de um esteja amassado, o fixador deverá
Kit por Coletor. ser substituído para evitar que o
Código do Kit Descrição do Kit mesmo amasse ou se quebre de
modo a permitir o desprendi-
8732401494 Kit fixadores - zincado
mento do produto.
8732401532 Kit fixadores - Inox
INDICAÇÃO: Utilize para o
aperto dos parafuso de fixação
M8 um torque de 15 N.m.

22 Manual do produto
PERIGO: Instale os fixadores As tubulações da instalação devem

8 732 401 375 (11/2019) BR


respeitando as distâncias de possuir diâmetro igual ou maior do que
furação recomendadas. Dis- o diâmetro do tubo do Coletor. O
tâncias acima desse valor podem diâmetro menor eleva a perda de carga
levar ao desprendimento e queda e restringe o fluxo hidráulico.
do produto.
A utilização de válvula para
INDICAÇÃO: Em caso de aplica- bloqueio de fluxo hidráulico é
ção de outros tipos de fixadores, recomendada para que permita a
diferente desse fornecido como manutenção e possível inter-
acessório, assegure que os venção no Sistema de Aqueci-
mesmos não exerçam esforços mento Solar. Essa válvula deve
sobre o vidro devido ao risco de possuir baixa perda de carga para
avaria do produto, resultado do que não reduza a vazão de água;
apoio e força sobre o vidro. para isso, a válvula do tipo esfera
Após a instalação verifique se todas as deve ser utilizada preferencial-
fixações estão instaladas e apertadas. mente.

5.5 Instalação hidráulica INDICAÇÃO:_A elevação da


perda de carga pode restringir o
Este capítulo instrui sobre as recomen- fluxo de água, com consequente
dações mínimas para interconexão elevação da temperatura no
entre Coletores e desse(s) ao Sistema de Coletor acima de condições
Aquecimento Solar. Para a instalação normais de operação, e levá-lo a
hidráulica dos Coletores, é necessário avaria precoce.
que os mesmos já estejam posi-
cionados e fixados de forma correta A tubulação e acessórios insta-
conforme definido nos capítulos lados no Sistema de Aquecimento
anteriores. Solar devem resistir a temperatura
de no mínimo 140ºC, tempe-
Para maiores informações sobre
ratura essa que pode ser atingida
os procedimentos de segurança
em casos de estagnação a seco.
e instalação do sistema solar,
consulte um especialista ou
verifique a informação no 5.5.1 Combinação de Cole-
manual do Sistema de Aque- tores
cimento Solar Heliotek.
O posicionamento do Coletor Solar em
A pressão hidráulica máxima de trabalho bateria, assim como a combinação
permitida do Coletor Solar é de 40mca dessas em sistema, deve ser feita
(4bar). alinhada de maneira a evitar o acúmulo
INDICAÇÃO: Instalação com e formação de bolsas de ar no interior
pressão hidráulica acima da pres- da tubulação hidráulica, além de,
são máxima de trabalho permitida permitir a montagem e desmontagem
leva à avaria precoce do produto. simples dos Coletores.

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 23


A instalação de mais de um Conexão em série

8 732 401 375 (11/2019) BR


coletor permite diferentes
1VSHBEPS
arranjos entre coletores, tais 4FOTPS

como:
E _Coletor em paralelo: Os
coletores são instalados de forma
a dividir o fluxo hidráulico. Para
&OUSBEBde água fria
isso a conexão de entrada de
4BJEBEF água
água de um coletor é interligada _____________________________________________________________quente
à conexão de entrada do outro; Fig. 16 – Bateria com 1 Linha com 6 coletores
assim como as conexões de em paralelo
saída de ambos estão interco-
nectadas. 4FOTPS
1VSHBEPS
E Coletor em série: Os coletores
são instalados de forma que o
fluxo hidráulico de um coletor
seja igual ao próximo. Para isso a
conexão de saída de um coletor
é interligada à conexão de
entrada do próximo coletor.

INDICAÇÃO: Na instalação de
coletores em paralelo, com mais Saídade água
&OUSBEBde água fria quente
de 6 coletores, deve ser utilizado
elemento de dilatação térmica
para a conexão hidráulica (entra-
da e saída) dos coletores, desta Fig. 17 – Bateria com 2 linhas em série de 3
coletores em paralelo
forma é possível absorver a
variação do comprimento dos
tubos de conexão e mitigar os INDICAÇÃO: Para instalações em
esforços que levariam a avaria. retorno invertido a quantidade de
Coletores deve ser a mesma tanto
Em instalação com mais de um por linha, quanto por bateria.
Coletor, a vazão hidráulica deve ser
distribuída igualmente entre os O número máximo de Coletores
Coletores e suas baterias. instalados em paralelo por bateria deve
ser 6.
A distribuição da vazão hidráulica
uniformemente pode ser obtida PERIGO: A instalação de Sistema
através de diferentes meios, por de Aquecimento Solar com
exemplo, com a instalação de número de Coletores acima do
válvula de balanceamento, ou a especificado pode elevar a
instalação em circuito com temperatura de operação do
retorno invertido (exemplificado Sistema.
nas figuras 16 e 17).

24 Manual do produto
PERIGO: 5.5.2 Sistema de circulação

8 732 401 375 (11/2019) BR


E A instalação não conforme forçada
pode levar a saída de água em
temperatura escaldante no ponto As instalações com circulação forçada,
de consumo (torneira e chuveiro) ou seja, que utilize bomba hidráulica,
e queimadura da pele pode deve possuir vazão específica de 35
ocorrer. Medidas de segurança L/h.m² no Coletor.
para evitar superaquecimento e
queimaduras devem ser tomadas.
A vazão de água no Coletor tem
E A instalação não conforme impacto na transmissão de calor,
pode levar a temperatura acima no diferencial de temperatura
da condição segura do produto, entre entrada e saída de água e
com risco de degradação dos no rendimento do Coletor e
componentes orgânicos e conse- sistema de aquecimento.
quente avaria precoce do
produto.
PERIGO: Em sistema solar com
E Não encoste as tubulações e
elementos do Sistema de diversos circuitos fechados, cada
Aquecimento Solar em materiais um dos circuitos devem possuir
inflamáveis como por ex: um vaso de expansão e uma
plásticos, folhas, madeira. A válvula de segurança, dimensio-
temperatura do sistema pode nados e selecionados para cada
levar a carbonização do material. sistema. O não cumprimento
O não cumprimento pode levar a dessas exigências pode levar a
combustão (incêndio).
avaria do produto.
Para correta instalação entre baterias de Em caso de dúvida, entrar em
Coletores, a tubulação de entrada e contato com um engenheiro
saída deve ser vertical conforme a Figura especializado em dimensio-
18. namento solar.

O vaso de expansão serve para


absorver o volume adicional
vindo da dilatação térmica do
equipamento em operação, e
com isso, minimizar os impactos
negativos e prolongar a vida útil
do produto.

Fig. 18 – Interligação de 2 Baterias em série de


coletores em paralelo

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 25


5.5.2.1 Válvula purgadora 1

8 732 401 375 (11/2019) BR


2
de ar (Acessório) 5

É extremamente recomendada a 7
3
instalação de válvula de esfera e
válvula de purga de ar na saída 8
de cada bateria de Coletores, 7
6
em seu ponto mais alto, para
permitir a purga de ar durante o
comissionamento e manuten-
ção do sistema.
9
4
Para a correta operação da válvula de
purga, a instalação e tubulação devem
possuir inclinação contínua e leve-
Fig. 19 – Exemplo de sistema de
mente ascendente em direção à válvula. circulação direta termossifão de baixa
A válvula de purga de ar deve ser pressão (com respiro)
instalada no ponto mais alto da bateria.
Legenda figura 19:
INDICAÇÃO: [1] Respiro
E O acúmulo e não drenagem [2] Consumo
de ar no sistema de aquecimento [3] Válvula misturadora termostática
compromete a circulação de [4] Coletor solar
água e pode levar a avaria [5] Caixa de água
precoce do produto. [6] Reservatório térmico
[7] Válvula esfera
E Mantenha o alinhamento dos
[8] Válvula de retenção
Coletores para evitar o acúmulo
[9] Purgador
de ar em regiões intermediárias
da linha hidráulica. Para informações sobre instala-
ções de baixa pressão consulte
É recomendado que durante a manual do sistema de aqueci-
operação normal e contínua do mento solar Heliotek.
Sistema de Aquecimento Solar, a
válvula de esfera, que separa a
5.6 Conclusão da instalação
válvula purgadora do sistema, es- Ao finalizar a instalação, verifique:
teja sempre no estado fechada E A fixação e ancoragem de cada
para que se evite desperdício de Coletor a fim de se evitar seu despren-
água devido a purga indevida de dimento e queda do produto.
vapor. E A fixação e ancoragem de cada
suporte do coletor (se houver) a base a
5.5.3 Sistema de circulação fim de se evitar o desprendimento e
natural queda de partes do Sistema de
Utilização dos coletores em Aquecimento Solar.
sistema de circulação natural
está limitada a apenas 1 bateria.
26 Manual do produto
8 732 401 375 (11/2019) BR
E A solda e aperto de todas as E O funcionamento correto dos
conexões hidráulicas a fim de se evitar sensores de temperatura do controlador
vazamentos. (se houver).
E A inclinação e desnível da tubulação E Limpe e organize o local da insta-
hidráulica entre a caixa d’água fria, o lação.
reservatório e Coletor estão corretos a E Direção da instalação do coletor.
fim de garantir o fluxo hidráulico.
E Se a tubulação cedeu devido ao peso 5.7 Desinstalação
da água ou impactos. Providenciar
Para executar a desinstalação do
suportes ou reparos, se necessário.
Coletor siga o procedimento inverso da
E Retire o ar do Sistema de Aque-
instalação, sempre observando as
cimento Solar (da tubulação, do Coletor
instruções e recomendações do
Solar e do Reservatório térmico) a fim de capítulo 5.
garantir o fluxo hidráulico.
O descarte de materiais deve seguir as
instruções legais de cada localidade.

6. Limpeza, conservação e manutenção


O Proprietário é responsável pela segu- Caso tenha instalado válvula
rança e a correta utilização do sistema. purgadora é extremamente reco-
mendado expurgar, drenar, o ar
6.1 Limpeza que possa estar acumulado no
Para manter um bom desempenho do sistema; assim o fluxo de água e
Coletor Solar, recomenda-se lavar com performance do sistema serão
água e sabão neutro os vidros a cada seis auxiliados.
meses para eliminar as impurezas
acumuladas. 6.2 Conservação
INDICAÇÃO: Lavar o Coletor Quando exposto à luz solar sem água, o
somente nos períodos sem sol Coletor pode atingir temperaturas de
para evitar choques térmicos e até 140°C, causando danos ao produto
avaria do vidro. e seus acessórios.
Em períodos prolongados sem
INDICAÇÃO: demanda térmica, por exemplo durante
E Não aplicar álcool, limpa-vidro obras, é recomendada a cobertura do
ou solventes, tais componentes Coletor (Capítulo 2.5).
podem degradar componentes
poliméricos (plásticos) e orgâ- 6.3 Manutenção
nicos (cola do vidro). PERIGO: Realize inspeções e
E Devido a temperatura de manutenções periódicas das
operação do Sistema de condições do local, semes-
Aquecimento Solar pode haver tralmente. Ver condições de
risco de queimadura. garantia

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 27


8 732 401 375 (11/2019) BR
É extremamente recomendado É extremamente recomen-
que os serviços de instalação e dado que os serviços de
manutenção sejam realizados por instalação e manutenção sejam
uma empresa autorizada Bosch. realizados por uma empresa
autorizada Bosch.
PERIGO:
Na última página é sugerida uma tabela
E Antes da manutenção deve-se
para controle de manutenção preven-
desligar os disjuntores de Sistema
tiva.
de Aquecimento Auxiliar (como
A Revisão Periódica deve contemplar no
bomba de calor, resistência
mínimo os seguintes serviços:
elétrica) se houver.
E Inspeção do Coletor Solar quanto a
E Antes da manutenção deve-se
ingressão de água.
desligar os disjuntores de Sistema
E Limpeza do Coletor Solar.
de Circulação Forçada (bomba
E Drenagem e limpeza do Sistema de
hidráulica) se houver.
Aquecimento Solar.
E _Drenagem de ar do Sistema de
E Verifique as fixações do Coletor
Aquecimento Solar.
regulamente. Se apresentarem danos
E Inspeção da tubulação hidráulica
ou corrosão, os fixadores devem ser
quanto a oxidação, corrosão e ponto de
trocados e a estrutura deve ser reparada
vazamento.
adequadamente.
E Em regiões litorâneas, a limpeza de- E Inspeção da fixação e ancoragem do
Coletor Solar ao telhado, suporte
ve ser intensificada para evitar corrosão
estrutural e laje.
(pelo menos 2x ao ano).
E Efetue a drenagem do sistema
anualmente, esvaziando o Coletor Solar
e Reservatório térmico.
E Efetue a troca do isolamento caso
esteja danificado.
E Utilize somente peças de reposição
originais.

6.4 Acompanhamento da re-


visão periódica
O acompanhamento da revisão perió-
dica garante o controle e melhor
organização do estado do Sistema de
Aquecimento Solar para os agenda-
mentos realizados.

28 Manual do produto
8 732 401 375 (11/2019) BR
7. Proteção do meio ambiente / Reciclagem
Proteção do meio ambiente é um prin- Embalagem
cípio empresarial do grupo Bosch.
Participamos dos sistemas de apro-
Qualidade dos produtos e proteção do veitamento vigentes no país, para
meio ambiente são objetivos com igual assegurar uma reciclagem otimizada.
importância. As leis e decretos relativos à
Todos os materiais de embalagem
proteção do meio ambiente são seguidos
utilizados são compatíveis com o
à risca.
meio ambiente e reutilizáveis.
Para a proteção do meio ambiente
são empregadas sob considerações Aparelho obsoleto
econômicas, as mais avançadas Aparelhos obsoletos contêm materiais que
técnicas e os melhores materiais. podem ser reutilizados. Os compo-
nentes poderão ser separados em
diferentes grupos e posteriormente
enviados para reciclagem ou descarte.

8. Garantia

8.1 Prazo
A Bosch Termotecnologia Ltda. garante os produtos por ela fabricados e comerciali-
zados, contra todo e qualquer eventual defeito de fabricação, durante os períodos
abaixo descritos:

Linha de produtos Heliotek Período de garantia total

60 meses (3 meses de Garantia Legal


Coletores solares linha MC 1300/2000 TF
+ 57 meses de Garantia Contratada)

Reservatórios térmicos 36 meses (3 meses de Garantia Legal +


33 meses de Garantia Contratada)

Vidros, resistências, termostatos, bombas de


3 meses (Garantia Legal)
circulação, controladores diferenciais,
tubos, conexões, acessórios e serviços

Os prazos serão contados a partir da data existente na nota fiscal de venda do produto.
Caso o consumidor não mais a possua, os prazos serão contados a partir da data de fabricação do
produto. Os períodos de garantia totais acima mencionados já incluem o período de Garantia Legal.

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 29


8 732 401 375 (11/2019) BR
8.2 Comentários
O acesso a informação atualizada é
Durante os 3 (três) primeiros meses após
possibilitado através do site:
a entrega do produto, a garantia em vigor
www.heliotek.com.br
segue os termos da LEI n° 8078 de 11 de
setembro de 1990 - Garantia Legal de A Bosch não se responsabiliza por
adequação do produto aos fins a que se instalações executadas por empresas
destina, cobrindo as peças necessárias terceiras em desacordo com as reco-
bem como a mão de obra especializada mendações prescritas nesse manual.
para sua substituição, o transporte do A Bosch não se responsabiliza por dano
produto para análise na fábrica ou em a componente ou equipamento auxiliar
posto autorizado e o deslocamento de não fabricado ou fornecido por ela,
um técnico até o local da instalação do que seja conectado ou utilizado
produto*. juntamente com o produto ou no
Sistema de Aquecimento Solar.
Decorrido o prazo de Garantia Legal,
entra em vigor a Garantia Contratada, A Bosch não se responsabiliza e não
válida somente se o produto/sistema oferece garantia por danos originados
tiver sido instalado por um posto auto- por modificações técnicas, reparos ina-
rizado Heliotek. Esta garantia adicional dequados ou substituição por peças
cobre todas as peças necessárias para não originais. O Coletor Solar para
manutenção, bem como a mão de obra aqueci-mento de água é um produto
especializada para sua substituição/ con-trolado governamentalmente por
reparo, além dos custos com transporte regulamentos do INMETRO. A modi-
do produto para análise na fábrica ou em ficação do produto, ou substituição de
posto autorizado, e com o deslocamento peça por outra não original
de um técnico até o local de sua insta- desqualificar a Certificação
lação. Compulsória com penalidade descrita
A garantia da instalação é de responsabi- em lei.
lidade da empresa instaladora contratada
Esta garantia não é válida nos seguintes
pelo cliente, e tem prazo de 90 dias,
casos:
conforme previsto no Código de Defesa
do Consumidor (lei 8078/90). E Avarias provocadas no transporte.
*Desde que a instalação esteja dentro da área de
E Conserto ou ajuste do produto
cobertura da Heliotek.
por profissionais não autorizado pela
8.3 Observações Bosch

E Utilização do produto em desa-


É reservado a Bosch Termotecnologia
cordo com as instruções do Manual do
LTDA. o direito de alterar ou modificar Produto e do Manual do Sistema de
qualquer informação ou especificação Aquecimento Solar Bosch, fornecido
sem aviso prévio a fim de lhe possibilitar junto com o reservatório térmico.
trazer as mais recentes inovações para
E Mau uso ou negligência quanto
seus Clientes. às condições mínimas de conservação
e limpeza.

30 Manual do produto
8 732 401 375 (11/2019) BR
E Utilização de água de poço artesiano, A Bosch determina que o Coletor Solar
água com excesso de cloro ou água e sua instalação deve passar por
agressiva (salobra, calcária, alto teor de revisão na frequência mínima de:
ferro, etc.).
E Uma vez por ano para instalação em
E Danos causados por fator externo ambiente urbano com poluição média
(maresias, falta de manutenção (SO2: 5µg/m³ a 30 µg/m³) e baixo efeito
preventiva, higienização). de cloretos(ISO 9223 Categoria C3).
E Danos causados no Coletor por E Uma vez por semestre para instala-
exposição ao sol sem circulação de ção em ambiente agressivo, como
água. região litorânea, industriais ou com alta
E Manuseio inadequado. poluição (SO2: 30µg/m³ a 250 µg/m³) e
E Impacto de objetos estranhos. substancial a alto efeito de cloretos (ISO
9223 Categoria C4 e C5).
E Exposição do produto a agentes que
possam acelerar seu desgaste. A Revisão Periódica deve contemplar no
mínimo os seguintes serviços:
E Congelamento dos Coletores solares
por geadas, caso o cliente não tenha E Inspeção do Coletor Solar quanto a
optado pelo sistema com tecnologia K2, ingressão de água.
operado com fluido anticongelante. E Limpeza do Coletor Solar.
E Instalação elétrica em desacordo com E Drenagem e limpeza do Sistema de
Aquecimento Solar.
as normas e regulamentos locais (bitola
dos cabos, sistema de proteção, etc.). E Drenagem de ar do Sistema de Aque-
cimento Solar.
E Raios ou descargas elétricas. E_Inspeção da tubulação hidráulica
E Danos causados no Coletor por quanto a oxidação, corrosão e ponto de
intempéries (Vendavais, enchentes, vazamento.
chuvas, de granizo, terremotos ou outras E Inspeção da fixação e ancoragem do
intempéries). Coletor Solar ao telhado, suporte
8.3.1 Programa de Revisão estrutural e laje.

Periódica
O programa de revisão periódica é
uma forma simples de manter o
produto sempre em ótimas condições
de uso. Em função disso, a prática da
Revisão Periódica é extremamente
recomendada para um bom
funcionamento de seu Sistema de
Aquecimento Solar, conservando e Rede Autorizada Bosch
mantendo a vida útil do produto.
Para localizar o Serviço Autorizado
A garantia contratada do aquecedor
mais próximo, entre em contato com
solar Bosch está condicionada ao
o SAC Bosch pelo telefone 0800 704
cumprimento da revisão periódica, que
5446 ou acesse o site:
deve ser realizada por uma empresa
www.heliotek.com.br
autorizada Bosch.
Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 31
8 732 401 375 (11/2019) BR
Programa de Manutenção Preventiva BOSCH
Responsável Data da
pela instalação instalação

Nota fiscal do Data limite para a


Coletor solar 1° manutenção

Manutenção Data Limite para


Data Manutenção Responsável Manutenção
Preventiva Próxima Manutenção

10°

11°

12°

13°

14°

15°

16°

17°

18°

19°

20°

32 Manual do produto
8 732 401 375 (11/2019) BR

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 33


34
Manual do produto
8 732 401 375 (11/2019) BR
8 732 401 375 (11/2019) BR

Coletor Solar MC1300TF / MC2000TF 35


Heliotek Aquecedores Solares e de Piscina
Fabricante: Bosch Termotecnologia Ltda.
Rua São Paulo, 144 - Alphaville Empresarial
Barueri/SP - CEP 06465-130
SAC: 0800 705 5446

www.heliotek.com.br

Você também pode gostar