Você está na página 1de 2

I.

Adequação ao tema
1- Ausência de um projeto de um texto; ideias dispersas, desconexas. Mera paráfrase ou colagem desarticulada de informações da coletânea.
2- Identificação de um projeto cujo desenvolvimento apresenta desarticulações temáticas localizadas. Cópia de informações de coletânea
associadas ao projeto de texto. Conteúdo expositivo.
3- Identificação de um projeto de texto claro, com tese, ainda que ingênua e próxima do senso comum. Integração das informações da
coletânea ao projeto de texto; leitura correta.
4- Identificação de um projeto de texto mais amadurecido e de uma tese argumentativa autoral. Seleção e uso analítico das informações da
coletânea em função do projeto de texto, ao qual são integradas.
5- Identificação de um projeto de texto amadurecido: autoria plena. Seleção e uso analítico das informações da coletânea em função do
projeto de texto; integração de informações; perspectivas externas à coletânea.
Atente-se:
Fuga total do tema Tema tangenciado nas argumentações Constatações facilmente refutáveis
II. Adequações ao tipo de texto: dissertação
1- Texto constituído de uma lista de comentários desarticulados ou subjetivos.
2- Texto constituído por comentários desconexos da ideia central.
3- Texto correto: associa uma perspectiva analítica à apresentação de argumentos que a defendam/ suportem. Tese reafirmada por mais de
um argumento central.
4- Texto acima da média: domínio da estrutura permite reconhecer, além de seu caráter analítico, uma estratégia argumentativa, ainda que
incipiente. Tese reafirmada com propriedade crítica e autoral.
5- Texto muito bom: o uso de informações/ argumentos está subordinado à perspectiva analítica e à estratégia argumentativa adotadas.
Atente-se:
Uso da 1ª pessoa do singular (pronomes e verbos) Uso inadequado da 1ª pessoa do plural (pronomes e verbos) Interlocução com o leitor
III. Adequação à modalidade escrita padrão
1- Presença de erros variados e em grande quantidade; uso excessivo de oralidade.
2- Presença de alguns erros; marcas de oralidade.
3- Presença de poucos erros; não há marcas de oralidade.
4- Ausência de erros. O uso de estruturas típicas da escrita beneficia o texto. Não há marcas de oralidade.
5- Uso de estruturas sofisticadas que evidencia o controle da forma em função do conteúdo.
Principais desvios gramaticais encontrados no texto:
Uso inadequado da vírgula Falta de paragrafação Períodos longos Erros ortográficos Regência verbal/nominal inadequada

Termos vagos Acentuação Concordância verbal/nominal inadequada Inadequação lexical Colocação pronominal inadequada

IV. Coerências: plano do conteúdo


1- Texto desarticulado da perspectiva argumentativa ou presença de contradições graves, que afetam o sentido geral.
2- Desarticulação entre os parágrafos ou presença de contradições leves, que afetam um sentido localizado.
3- Articulação correta dos argumentos: ausência de contradições.
4- Boa articulação dos argumentos: indícios de extrapolação analítica (bom uso do repertório cultural). Ausência de contradições.
5- Articulação muito boa dos argumentos em função da extrapolação analítica que se pretende fazer. Ausência de contradições.
V. Coesão: plano da forma
1- Muitos problemas de coesão sequencial, referencial e lexical. Desarticulação no interior do parágrafo e entre os parágrafos do texto.
Parágrafo de período único.
2- Alguns problemas de coesão sequencial e lexical. Desarticulação localizada. Períodos longos; falta de recursos coesivos.
3- Ocorrência mínima de problemas coesivos. Correta articulação dos parágrafos
4- Bom uso dos recursos coesivos em função da construção de sentido que se pretende alcançar.
5- Uso sofisticado dos recursos coesivos que beneficia a construção argumentativa.

Principais desvios de coesão encontrados no texto:


Uso insuficiente de conectivos Repetição de pronomes Repetição de conectivos Uso de conectivos semanticamente inadequados

Nota (0 a 10): Corretor:


01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

Observações do corretor:

Você também pode gostar