Você está na página 1de 12

Cores aplicadas a Publicidade

Cor e Percepção Humana


● A cor tem um profundo impacto sobre a mente dos
homens e por isso mesmo merece uma atenção
especial;

● Atuarem sobre a emotividade humana, as cores


produzem uma sensação de movimento, uma
dinâmica compulsiva;

● Sua aplicação é influenciada por fatores regionais,


culturais, sociais, religiosos e etários entre outros.

● As cores acromáticas ou cromática, em suas


relações sugerem sensações e associações.
– BRANCO Sugere

– a) sensações de: Pureza; vazio; infinito; frescor e


limpeza, principalmente, quando combinado com o
azul;
– b) associação de: Ordem, simplicidade, pensamento,
juventude, otimismo, piedade, paz, harmonia,
estabilidade; batismo; casamento; primeira comunhão e
neve.
– * O branco para os ocidentais simboliza vida, já para
os orientais, a morte.
– LARANJA Sugere

– a) sensações de: Jovialidade; alegria; aumento de


apetite; Transborda irradiação e expansão. É
acolhedora, quente e íntima;
– b) associação com: Vitalidade, saúde, jovialidade;
sensibilidade; outono; fogo; pôr do sol; luz; calor;
festa.
Psicodinâmica das Cores

● “psicodinâmica é o estudo dos processos mentais e


emocionais subjacentes ao comportamento
humano, e de sua motivação, em especial quando
se manifestam em resposta inconsciente às
influências ambientais”
● As pessoas têm a tendência de associar as cores a
acontecimentos de suas vidas;

● É preciso entender as cores e conhecer os seus


poderes para poder usá-las a seu favor, pois suas
propriedades são um poderoso instrumento;

● A diversidade cria um complexidade na utilização


deste recurso.
"Efeito Stroop”

● O fenômeno ocorre quando o texto diz uma coisa,


mas as cores dizem outra: Pronunciar num texto
com diversas palavras coloridas, a cor em voz alta,
e não as palavras;

● LARANJA; AZUL; VERMELHO


● A Teoria da Velocidade do Processamento diz
que a interferência ocorre porque as palavras são
lidas mais rapidamente do que as cores são
nomeadas;

● A Teoria da Atenção Seletiva diz que a


interferência ocorre porque a nomeação de cores
requer mais atenção do que ler palavras;

● É por meio da psicodinâmica que se consegue


entender como as cores afetam os sentimentos e
significados e pode-se aplicá-las numa interface de
transmissão de emoções e sentimentos.
As Cores e Sua Aplicação em
Propagandas
● A utilização de qualquer cor na comunicação
objetiva relaciona-se principalmente, a questão
sensorial e emocional;

● O uso da cor desempenha um papel muito


importante na produção de objetos que tenham por
objetivo a comunicação

● A cor pode ser entendida como signo e símbolo de


algumas realidades, cada cultura adota cores para
significados diferentes e isto lhes gera uma
simbologia
● O tempo de fixação sobre um objeto vai de 2 a 10
segundos, assim o criador publicitário deve
procurar, através de um detalhe motivador,
original e interessante, prolongar a atenção do
receptor.

● A cor age sobre a mente e atua sobre a


sensibilidade e está ligada diretamente as funções
ópticas, fisiológicas e neurológicas.

● A classificação das sensações luminosas é feita


pelo cérebro é ele que identifica as cores primarias
de onde derivam todas as outras tonalidades, as
cores básicas são as que possuem mais força e
nisso não está envolvido o julgamento estético.
Algumas aplicações
● O verde é estimulante, mas com pouca força
sugestiva e oferece uma sensação de repouso.
Geralmente é aplicado em anúncios de artigos que
caracterizam frio, em propagandas de azeites,
frutas, verduras e outros semelhantes, bem como
quando se evocam as paisagens em geral.

● O azul é neutralizante nas inquietações do ser


humano, possui grande poder de atração, acalma o
indivíduo e seu sistema circulatório, sendo, assim,
aplicado em anúncios de artigos que caracterizam
frio.
● O roxo acalma o sistema nervoso. É aplicado em
anúncio de artigos religiosos, em viaturas,
acessórios funerários, etc. Para dar a essa cor
maior sensação de calor acrescenta-se o vermelho;
para sensação de luminosidade, o amarelo; de
luminosidade e calor, o laranja; de frio, o azul; de
frio e arejado, o verde; de luminosidade ao frio, o
verde novamente.

● O amarelo é visível à distância, estimulante. Sendo


uma cor imprecisa, pode produzir vacilação no
indivíduo e dispersar em parte sua atenção. Em
publicidade, não é uma cor motivadora por
excelência;