Você está na página 1de 1

Catequese n.

º 17
A história do Povo de Deus ou Povo Israelita começa com Abraão. Este sai da Mesopotâmia, à procura de
uma nova terra. Sai com a sua família e vai morar em Canaã.
É em Canaã que nascem os seus filhos e os seus netos.
Abraão, Isaac e Jacob são chamados os Patriarcas, por serem os iniciadores deste Povo.
Mais tarde, vão para o Egipto onde a terra é mais fértil. Com o passar dos tempos, os faraós do Egipto,
começam a escravizar as pessoas mais pobres e, entre elas, os israelitas.
Surge no meio do Povo um chefe que orienta um movimento de libertação. Com a ajuda de Deus, liberta o
Povo da opressão dos faraós. Este chefe é Moisés.
O Povo percorre o deserto durante 40 anos, até chegar a Canaã; durante a sua caminhada descobre os laços
que o ligam a Deus. Dizem: «Deus ama-nos». Atravessam o deserto e chegam ao Monte Sinai. Aí o povo celebra a
Aliança com Deus. A Aliança é um compromisso de amor e fidelidade até à morte.
Deus quer-lhes mostrar que a escravidão do Egipto acabou, mas que o povo pode continuar a ser
escravizado. Por isso, Deus dá algumas normas (regras) para o ajudar a não cair novamente na escravidão, não
permitindo que uns dominem os outros dentro do próprio Povo, nem adorem falsos deuses.
Estas normas são os Dez Mandamentos ou a Lei da Aliança.
O Povo considera os Mandamentos, um grande presente de Deus. Eles são o caminho da verdadeira Paz e
Fidelidade.

No exílio, o Povo de Israel compôs um Salmo em que diz:

“Junto dos rios da Babilónia,


sentámo-nos e chorámos, lembrando-nos de Sião.
Nos salgueiros que lá havia,
pendurámos as nossas harpas,
(...)
como podemos cantar
um cântico ao Senhor
nesta terra estrangeira?...”
Sal. 137, 1.2-4

Ez 34, 15-16:

“Diz o Senhor: Hei-de fazer as minhas ovelhas deixarem os lugares onde


estão: hei-de reuni-las de todos os países estrangeiros e trazê-las para a sua
terra.”
“Eu próprio levarei as minhas ovelhas a pastar, Eu é que as farei descansar”.
“Vou procurar a ovelha que estava perdida, hei-de trazer de volta a que se tinha
extraviado, cuidarei da que está ferida e vou curar a que está doente.”
“Tomarei conta da ovelha que já está forte e saudável. Conduzirei a todas com
justiça”.
Palavra do Senhor
R: Graças a Deus

Você também pode gostar