Você está na página 1de 35

Pressão atmosférica

Centros barométricos
Massas de ar e
Frentes
A pressão atmosférica

• Pressão atmosférica – força que o ar exerce (faz) sobre a superfície
terrestre.
A pressão atmosférica mede-se em milibares (mb) ou hectopascais (hPa).
• O valor, de pressão atmosférica, considerado normal, à superfície, é de
1013 mb.

1020 mb - alta pressão

1013 mb - pressão atmosférica


normal

1000 mb - baixa pressão


Isóbaras
A pressão atmosférica é representada
através de isóbaras, ou linhas isobáricas
– linhas que unem pontos de igual valor de
pressão.
Tipos de centros de pressão atmosférica ou
barométricos 
Centro de baixa pressão ou
Centro de alta pressão
Depressão barométrica ou
ou Anticiclone Ciclone

Centro

Periferia
Centro de altas pressões

• Se o valor das isóbaras for maior no centro do que na periferia
designa-se por centro de altas pressões ou anticiclone
• Representa-se no centro pela letra A ou sinal de +.

A1035
/+ Centro de alta pressão
1030
1025 Anticiclone
1020
1015
1010

GPS – 7º EV - Centros de altas e baixas pressões


https://lmsev.escolavirtual.pt/playerteacher/resource/797474/E?se=&seType=&coId=61831
89&bkid=15725793
Pressão atmosférica | Centros de pressão atmosférica ou centros barométricos
Centros de baixas pressões 
• Se o valor da isóbara for menor no centro do que na
periferia, designa-se centro de baixas pressões, depressão
barométrica ou ciclone.
• Representa-se no centro pela letra B, D ou sinal de -.

Centro de baixa pressão


B/-/D
1005
Depressão barométrica 1010
1015
1020
Ciclone 1025
1035
Pressão atmosférica | Centros de pressão atmosférica ou centros barométricos

As altas pressões

4. Aumenta
1.2.
O Ao
ar 5.
tem
adescer
capacidade
Não
3.um
Oocorre
aar
movimento
temperatura
expande-se.
de
precipitação.
conter
descendente.
aumenta.
vapor de água.
Centros de altas pressões ou anticiclone

O movimento do ar é descendente (desce) na vertical e divergente


(afasta-se) à superfície. Quando o ar desce em altitude, a sua
temperatura aumenta. Por isso, não há formação de nuvens nem se
verifica precipitação.
Estado de tempo - céu limpo e tempo seco, ou seja, bom tempo.
Pressão atmosférica | Centros de pressão atmosférica ou centros barométricos

As baixas pressões

5. Aumento
4. Diminui
1.
6.da
O
Possibilidade
nebulosidade
ar,
3.
a capacidade
Arrefecendo,
à2.superfície,
Ao ascender
de–do
ocorrer
condensação
converge
oarararrefece.
conter
contrai-se.
precipitação.
e vapor
ascende.
do vapor
de água.
de água.
Centros de baixas pressões, depressão ou ciclone

O movimento do ar é convergente (junta-se), à superfície, e ascendente (sobe)


na vertical. Quando o ar sobe, a sua temperatura diminui o que provoca a
condensação do vapor de água, formando-se nuvens que podem originar
precipitação.
Estado de tempo - céu muito nublado e precipitação, ou seja, mau tempo.
Como se representam os estados do tempo?

Carta meteorológica ou sinótica


http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.numerica/index.jsp#
Como se representam os estados do tempo
➢ A análise das imagens e das cartas permite tirar conclusões sobre o
estado do tempo nos vários lugares nelas representados, bem como
perspetivar o modo como ele vai evoluir nas próximas horas ou dias –
previsão a curto prazo.

Fig. Símbolos ou sinais convencionais utilizados nas cartas sinópticas


O estado do tempo
A distribuição dos centros de pressão atmosférica em latitude

Altas pressões polares


A 

Baixas pressões subpolares
B B
Altas pressões subtropicais
A
A

Baixas pressões equatoriais B


B B
Centros de altas pressões:
• nas regiões subtropicais
• nas regiões polares A
A
_____ pressões ___________

Centros de baixas pressões: B B


• na zona equatorial
______ pressões __________
• nas regiões subpolares .
A circulação geral da atmosfera
É a ação dos centros de pressão que
explica a circulação geral da atmosfera:
• no equador, devido à elevada
temperatura, o ar sobe, formando-se baixas
pressões. A
Em altitude, o ar, já mais frio, dirige-se
para as regiões subtropicais; B B
• sobre as regiões subtropicais, o ar
desce, originando altas pressões e, à A
A A
superfície, diverge em direção ao
equador e às latitudes médias (40o a 60º
N e S); B
B B

• nas latitudes médias, o ar tropical


encontra-se com o ar que vem dos polos,
A A
provocando um movimento ascendente e a
formação de baixas pressões;
• nos polos, devido às baixas temperaturas, Distribuição dos centros de pressão e
formam-se altas pressões e, por isso, o ar circulação atmosférica..
diverge à superfície, a partir dessas duas
regiões.
A circulação geral da atmosfera

Os centros de pressão atmosférica encontram-se distribuídos em faixas mais ou


menos paralelas em latitude, explicando desta forma a circulação do ar na
atmosfera.

Distribuição dos centros de pressão em latitude, em julho.


O território português recebe diferentes influências, consoante a época do ano.

Verão

• As massas de ar polar e tropical deslocam-se para norte, aproximando as altas pressões


subtropicais (sobretudo, o anticiclone dos Açores), o que explica o facto de predominar, céu limpo,
tempo seco, logo bom tempo nesta época do ano.
• Também se podem formar centros de baixas pressões atmosféricas, de origem térmica, sobre o
continente europeu e a Península Ibérica, devido ao grande aquecimento da superfície, que torna o ar
menos denso e mais leve, o que explica a ocorrência de precipitação (trovoadas de Verão) nesta época do
ano.
A circulação geral da atmosfera

Tendo em conta a posição geográfica de Portugal, este é influenciado
pelas altas pressões subtropicais no verão;

Julho

Distribuição dos centros de pressão em latitude, em julho.


O território português recebe diferentes influências, consoante a época do ano .

Inverno

• As massas de ar polar e tropical deslocam-se para sul, pelo que as baixas pressões
subpolares, de origem dinâmica, exercem maior influência no estado do tempo, em Portugal,
sobretudo no norte do país, o que explica o maior volume de precipitação nesta estação do
ano.
• Por vezes, de Inverno, também se formam altas pressões, de origem térmica, sobre o continente europeu
e a Península Ibérica, devido ao grande arrefecimento, tornando o ar mais denso e pesado, originando dias
A circulação geral da atmosfera

Tendo em conta a posição geográfica de Portugal, este é influenciado
pelas baixas pressões subpolares no inverno;

Janeiro

Distribuição dos centros de pressão em latitude, em janeiro.


A força de Coriolis 

Devido à forma esférica da Terra, a Força de Coriolis possui um sentido no hemisfério


norte, para a direita, e sentido oposto no hemisfério sul, para a esquerda, sendo de
intensidade nula no Equador.
https://www.youtube.com/watch?v=8bLXPmMjDtI&t=1s
A força de Coriolis|

https://www.youtube.com/watch?v=8bLXPmMjDtI&t=1s
Massas de ar e frentes

Massa
. de ar - extensa porção da atmosfera, com as mesmas
características de temperatura, de humidade e densidade.

Muito fria e
seca

Fria e húmida

Muito quente e
seca
muito quente e
húmida
Massas de ar

Fig. Principais tipos de massas de ar que afetam o


território português
Massas de ar e frentes

Superfície frontal – é uma superfície 


que separa duas massa de ar diferentes.

Frente – linha de contacto entre a


superfície frontal e a superfície terrestre.
Sistema frontal
Sistema frontal – conjunto de várias massas de ar, respetivas superfícies frontais e
frentes associadas. 
Superfícies frontais e frentes quentes 

Na frente quente, o ar quente


empurra o ar frio.
Superfícies frontais e frentes frias 

Na frente fria, o ar frio


empurra o ar quente.
Animações/Vídeos
1 – Centros barométricos
https://auladigital.leya.com/catalogs/index.html#product_catalogs/38de3e76-46af-46f2-9f64-0010f8a15908/entries/b6bc72f9-38ac-
497c-94ff-ba0f0473ba71/viewer/2ad05adf-e5aa-4856-a35c-
f2f561c30c3c/display_resources/9__181_1/?filename=9__181_1&mediatech=DIRETOR&name=Centros%20barom%C3%A9tricos&me
diatype=application%2Fvnd.leya.director-v1%2Bzip&category=ANIMATION&origin=product_catalogs%252F38de3e76-46af-46f2-9f64-
0010f8a15908%252Fentries%252Fb6bc72f9-38ac-497c-94ff-ba0f0473ba71%252Fresources%252F2ad05adf-e5aa-4856-a35c-
f2f561c30c3c%252Fcollection&closeall=true

2. Circulação geral da atmosf.


https://auladigital.leya.com/catalogs/index.html#product_catalogs/38de3e76-46af-46f2-9f64-0010f8a15908/entries/b6bc72f9-38ac-
497c-94ff-ba0f0473ba71/viewer/2ad05adf-e5aa-4856-a35c-
f2f561c30c3c/display_resources/9__182_1/?filename=9__182_1&mediatech=DIRETOR&name=Circula%C3%A7%C3%A3o%20geral%2
0da%20atmosfera&mediatype=application%2Fvnd.leya.director-
v1%2Bzip&category=ANIMATION&origin=product_catalogs%252F38de3e76-46af-46f2-9f64-
0010f8a15908%252Fentries%252Fb6bc72f9-38ac-497c-94ff-ba0f0473ba71%252Fresources%252F2ad05adf-e5aa-4856-a35c-
f2f561c30c3c%252Fcollection&closeall=true

3. Vídeo “Evolução de uma perturbação da frente polar”


(https://lmsev.escolavirtual.pt/playerguest/player/797686/resource)

4. Perturbação frontal
https://auladigital.leya.com/catalogs/index.html#product_catalogs/38de3e76-46af-46f2-9f64-0010f8a15908/entries/b6bc72f9-38ac-
497c-94ff-ba0f0473ba71/viewer/2ad05adf-e5aa-4856-a35c-
f2f561c30c3c/display_resources/9__187_1/?filename=9__187_1&mediatech=DIRETOR&name=Evolu%C3%A7%C3%A3o%20de%20um
a%20perturba%C3%A7%C3%A3o%20frontal&mediatype=application%2Fvnd.leya.director-
v1%2Bzip&category=ANIMATION&origin=product_catalogs%252F38de3e76-46af-46f2-9f64-
0010f8a15908%252Fentries%252Fb6bc72f9-38ac-497c-94ff-ba0f0473ba71%252Fresources%252F2ad05adf-e5aa-4856-a35c-
f2f561c30c3c%252Fcollection&closeall=true

. As massas de ar que influenciam Portugal e a formação da frente polar.


https://www.youtube.com/watch?v=X1bOR45VG2
Explorar o site:
https://www.ipma.pt/pt/index.html
Estado de tempo em Portugal e na Europa…
Estado de tempo em Portugal e na Europa…
Estado de tempo em Portugal e na Europa…
Atividades
1. Identifique os centros barométricos. Justifica a resposta.
2. Mencione o estado de tempo associado a estes centros.
2.1 Explique a formação desses estados de tempo.

Nota: Estas atividades devem ser realizadas no caderno.


Atividades
1. Preencha o quadro 1 indicando e localizando as várias faixas de pressão do
Globo. 1
2
3

Quadro 1 – Diferentes faixas de pressão existentes no globo

Nome das faixas de pressão Localização


1
2
3

4
Atividades

1. Diga o que
representa a
fig. 3.
2. Refira o estado
de tempo
mais provável:

Atividades

1. Indique o que representa a fig..


2. Identifique na fig.:
a. um anticiclone
b. uma depressão
c. isóbaras
3. Diga qual o centro barométrico
que está a afetar Portugal
Continental
4. Refira o estado de tempo
mais provável:
a. em Portugal Continental
b. no arquipélago dos Açores
5. Justifique a resposta 4.a.

Você também pode gostar