Você está na página 1de 4

NOME Turma Número

Teste 1
Duração: 90 a 100 min

Nos itens de escolha múltipla escreva a letra da única opção que permite obter uma afirmação correta ou responder
corretamente à questão colocada.
Nos itens de construção que envolvam cálculos numéricos é obrigatório apresentar todas as etapas de resolução.
Junto de cada item, entre parênteses, apresenta-se a respetiva pontuação.

GRUPO I

Observe a figura: sob a ação das forças F


⃗1  e F⃗2 , um bloco desloca-se da esquerda para a direita.

1. (12p) De todas as forças que atuam sobre o bloco, indique, justificando, que forças não realizam
trabalho quando o bloco se desloca.

2. (12p) Qual é a força conservativa que atua sobre o bloco? Como se caracteriza uma força
conservativa?

3. (8p) Qual das expressões seguintes permite calcular o trabalho realizado pela força F
⃗2 , se d for o
deslocamento do bloco?
(A) F2 d cos 60°
(B) F2 d cos 58°
(C) F2 d cos [180° − (60° + 58°)]
(D) F2 d cos (60° + 58°)

4. (8p) O gráfico seguinte representa a variação de energia cinética do bloco, Ec , em função do
trabalho da resultante das forças que atuam sobre ele, W. Indique o valor do declive da reta.

Editável e fotocopiável © Texto | Novo 10F 1


GRUPO II

A figura seguinte representa o movimento de um corpo de 2,0 kg, considerado redutível a uma
partícula, que ocupa sucessivamente as posições A, B, C e D.
Inicialmente o corpo move-se sobre uma rampa, passando na posição A com uma certa velocidade.
Ao atingir a posição B, o módulo da sua velocidade é 11,0 m s −1 e, na posição C, o valor reduz-se para
8,4 m s−1. O bloco volta a subir outra rampa, acabando por parar na posição D.
Nos trajetos AB e CD são desprezáveis as forças dissipativas.
A distância entre B e C é 5,0 m.

1. (8p) O trabalho realizado pelo peso do corpo nos trajetos AB, BC e CD é, respetivamente,
(A) resistente, nulo e potente.
(B) potente, nulo e resistente.
(C) potente, resistente e resistente.
(D) potente, resistente e nulo.

2. (8p) Qual dos gráficos poderá traduzir a energia mecânica do sistema corpo + Terra, Em, em função
da distância percorrida pelo corpo, d, no trajeto de A até D?

2 Editável e fotocopiável © Texto | Novo 10F


3. Considere o trajeto AB do corpo sobre a primeira rampa.

3.1 (12p) Indique o valor do trabalho realizado pelo peso do corpo nesse trajeto.

3.2 (8p) Supondo como nível de referência para a energia potencial gravítica nula o plano BC,
qual dos seguintes gráficos poderá traduzir a energia potencial gravítica do sistema
corpo  + Terra, Ep , em função da altura h do corpo sobre a rampa?

3.3 (14p) Determine o módulo da velocidade do corpo na posição A.


Apresente todas as etapas de resolução.

3.4 (8p) No trajeto AB, a variação de energia cinética do corpo é igual


(A) à variação de energia mecânica do sistema corpo + Terra.
(B) ao simétrico da variação de energia mecânica do sistema corpo + Terra.
(C) à variação de energia potencial gravítica do sistema corpo + Terra.
(D) ao simétrico da variação de energia potencial gravítica do sistema corpo + Terra.

3.5 (8p) No trajeto AB, se o corpo tivesse metade da massa chegaria a B com
(A) a mesma velocidade e a mesma energia cinética.
(B) metade da velocidade e metade da energia cinética.
(C) a mesma velocidade e metade da energia cinética.
(D) metade da velocidade e a mesma energia cinética.

4. (15p) Determine a intensidade da força de atrito média que atua sobre o corpo no trajeto BC.
Apresente todas as etapas de resolução.

5. (15p) Determine a distância percorrida pelo corpo no trajeto CD, até parar.
Apresente todas as etapas de resolução.

Editável e fotocopiável © Texto | Novo 10F 3


GRUPO III

1. Um grupo de alunos abandonou um carrinho no cimo de uma rampa com o objetivo de medir a
energia cinética do carrinho ao atingir a base dessa rampa.
Para medir a velocidade na base da rampa os alunos colocaram um pino de 1,00 cm de diâmetro
no carrinho, o qual passava por uma célula fotoelétrica ligada a um cronómetro e colocada nessa
posição. O cronómetro indicava o tempo de passagem do pino pela célula fotoelétrica. O carrinho
foi abandonado três vezes no cimo da rampa, obtendo-se as seguintes medições no cronómetro:

t / ms 13,2 12,5 12,7

Com uma balança digital os alunos obtiveram a massa do carrinho: 205,2 g.

1.1 (10p) Indique o intervalo de valores em que se encontra a medida da massa do carrinho.
1.2 (15p) Apresente o resultado da medida do tempo, com a respetiva incerteza absoluta, na
unidade SI. Apresente todas as etapas de resolução.
1.3 (15p) Determine a energia cinética do carrinho ao atingir a base da rampa.
Apresente todas as etapas de resolução.

2. Dois alunos investigaram a relação entre


as alturas de queda de uma bola, h, e as
respetivas alturas de ressalto, h’. Para tal,
deixaram cair bolas iguais, A e B, de massa
m, sobre diferentes superfícies.
Com os dados experimentais obtidos
construíram o gráfico representado ao
lado. É desprezável a resistência do ar.
2.1 (8p) Considere a mesma altura de queda para as duas bolas. Indique qual das seguintes
afirmações é correta.
(A) A bola A ressaltou a uma maior altura pois atingiu a superfície com maior velocidade.
(B) As duas bolas atingiram as respetivas superfícies com a mesma velocidade, tendo a bola B
ressaltado com maior velocidade.
(C) As duas bolas atingiram as respetivas superfícies com a mesma velocidade, sendo maior
a variação de energia mecânica na colisão no caso da bola A.
(D) As duas bolas atingiram as respetivas superfícies com a mesma velocidade, sendo maior
a elasticidade dos materiais em colisão (bola e superfície) no caso da bola A.

2.2 (16p) A bola A é deixada cair de uma altura de 1,20 m. Indique qual foi a altura de ressalto e
determine a percentagem de energia dissipada na colisão da bola com a superfície.
Apresente todas as etapas de resolução.
4 Editável e fotocopiável © Texto | Novo 10F

Você também pode gostar