Você está na página 1de 2

Universidade Federal do Piauı́ - UFPI

Departamento de Matemática - DM
Disciplina: Alg. Linear e Geom. Analı́tica - Eng. de Materiais
Professor: Me. Bruno Mendes Pacheco

1a Lista de Exercı́cio

1. Com base na figura abaixo determinar os vetores abaixo, expressando-os com origem
em A.

−→ −−→ −→ −−→ −→ −−→ −−→


(a) AC + CN (e) AC + EO (i) LP + P N + N F
−→ −−→ −−→ −−→ −→ −−→ −−→
(b) AB + BP (f) AK + AN (k) BL + BN + P B
−→ −−→ −→ −−→
(c) AC + DC (g) AO − OE
−→ −−→ −−→ −−→
(d) AC + AK (h) M O − N P
−→ −→ −→ −−→
2. Dados os pontos A(−1, 3), B(2, 5) e C(3, −1), calcular OA − AB, OC − BC e
−→ −−→
3BA − 4CB.
−−→ −→
3. Dados os pontos A(−1, 3), B(1, 0) e C(2, −1) determinar D tal que DC = BA

4. Dados os vetores ~u = (2, −4), ~v = (−5, 1) e w


~ = (−12, 6), determinar k1 e k2 tal
que w
~ = k1~u + k2~v .

5. Determinar a e b de modo que os vetores ~u = (1, 1, −3) e ~v = (6, a, b) sejam paralelos.

6. Sabendo que o ângulo entre os vetores ~u e ~v é de 60o , determinar o ângulo formado


pelos vetores:

(a) ~u e −~v
(b) −~u e ~v
(c) −~u e −~v
(d) 2~u e 3~v
−−→ −−→ −−→ −−→ −−→
7. No triângulo ABC, tem-se BM = 21 BC e BN = 13 BC. Expressar os vetores AM e
−−→ −→ −→
AN em função de AB e AC.
8. Demonstre que o segmento que une os pontos médios dos lados não-paralelos de um
trapézio é paralelo às bases, e sua medida é a semi-soma das medidas das bases.

9. Sejam os vetores ~u = (3, 2, 1) e ~v = (−1, −4, −1). Calcular:

(a) (~u + ~v ) · (2~u − ~v ) (b)~u · ~u

10. Ache x de modo que ~u ⊥ ~v nos casos:

(a) ~u = (x, 0, 3), ~v = (1, x, 3)


(b) ~u = (x, x, 4), ~v = (4, x, 1)
(c) ~u = (x, −1, 4), ~v = (x, −3, 1)

11. Dados os pontos A(-1,0,2), B(-4,1,1) e C(0,1,3), determine o vetor ~x tal que 2~x −
−→ −−→ −→ −→
AB = ~x + (BC · AB)AC.

12. Ache a medida em graus do ângulo entre os vetores ~u = (1, 10, 200) e ~v = (−10, 1, 0).

13. Calcular os ângulos diretores do vetor ~v = (6, −2, 3)

14. Os ângulos diretores de um vetor ~a são 45o , 60o e 120o e |~a| = 2. Determine ~a.

15. Dados os vetores ~u = (3, 0, 1) e ~v = (−2, 1, 2) determinar proj~v ~u e proj~u~v .

16. Calcule ~u × ~v nos casos:

(a) ~u = (6, −2, −4), ~v = (−1 − 2, 1)


(b) ~u = (7, 0, −5), ~v = (1, 2, −1)
(c) ~u = (1, −3, 1), ~v = (1, 1, 4)
−→ −−→
17. Calcular a área do paralelogramo ABCD, sendo AB = (1, 1, −1) e AD = (2, 1, 4).

18. Dois vértices consecutivos de um paralelogramo são A(2,-4,0) e B(1,-3,-1) e o ponto


médio das diagonais é M(3,2,-2). Calcular a área do paralelogramo.

19. Os vetores ~a = (2, −1, −3), ~b = (−1, 1, −4) e ~c = (m + 1, m, −1) determinam um


paralelepı́pedo de volume 42. Calcular m.

~ sendo ~u = (−1, −3, 1), ~v = (1, 0, 1) e w


20. Calcule [~u, ~v , w] ~ = (2, 1, 1).

Você também pode gostar