Você está na página 1de 6

Biologia e Geologia – 10º Ano

Geologia – Tema I: Geologia, os geólogos e os seus métodos


Ficha nº 1

Assunto: Geologia, os geólogos e os seus métodos

GRUPO I

No ano de 2004, em Sever do Vouga, a população não conseguia comer os frutos das suas
árvores, devido à deterioração que acontecia sempre depois das ocorrências de chuva. As
árvores mostravam sinais de recuperação quando ocorria um período de tempo sem chover.
Neste local não há sinais visíveis de poluição ou fábricas instaladas que queimem substâncias
ligadas às chuvas ácidas, no entanto a hipótese de se tratar deste fenómeno não é descartada.
As chuvas ácidas são causadas por óxidos de enxofre e de azoto, que são resultantes da
queima de combustíveis fósseis. Estes difundem-se pela atmosfera e reagem com a água para
formar ácido sulfúrico e ácido nítrico, que são solúveis em água. As principais fontes humanas
desses gases são as indústrias, as centrais termelétricas e os veículos de transporte. No
entanto, as emissões dos vulcões e processos biológicos que ocorrem nos solos, pântanos e
oceanos, também contribuem para as chuvas com pH abaixo do normal. Quando caem em
forma de chuva ou neve, estes ácidos provocam danos no solo, plantas, construções históricas,
animais marinhos e terrestres etc. Este tipo de chuva pode até mesmo provocar o descontrole
de ecossistemas, ao exterminar determinados tipos de animais e vegetais. Poluindo rios e
fontes de água, a chuva pode também prejudicar diretamente a saúde do ser humano,
causando, por exemplo, doenças pulmonares.

1. As árvores de fruto em Sever do Vouga foram afetadas pelas chuvas ácidas, devido ao
provável transporte dos gases através de correntes de vento demonstrando que os
subsistemas da Terra são

(A) abertos, uma vez que não há troca de matéria


(B) fechados, uma vez que não há troca de matéria
(C) abertos, uma vez que há troca de matéria e de energia
(D) fechados, uma vez que não há troca de matéria nem de energia

2. Uma das consequências das chuvas ácidas é o(a)

(A) foliação das rochas, contribuindo desta forma para a génese de rochas
sedimentares.
(B) aquecimento das rochas, contribuindo desta forma para a génese de rochas
metamórficas.
(C) meteorização das rochas, contribuindo desta forma para a génese de rochas
sedimentares.

Biologia 10.º Ano


(D) meteorização das rochas, contribuindo desta forma para a génese de rochas
magmáticas.

3. Os magmas que consolidam à superfície da Terra libertam gases que contribuem para as
chuvas ácidas e originam rochas magmáticas

(A) plutónicas, como por exemplo, o basalto, que apresenta uma textura agranular
(B) vulcânicas, como por exemplo, o basalto, que apresenta uma textura agranular
(C) intrusivas, como por exemplo, o granito, que apresenta uma textura granular
(D) extrusivas, como por exemplo, o granito, que apresenta uma textura granular

4. As chuvas ácidas formadas na _____alteram o pH da _____ podendo conduzir à morte dos


seres vivos que nela habitam, tais como, peixes e algas, elementos pertencentes ao
subsistema _____.

(A) geosfera ... hidrosfera ... biosfera


(B) atmosfera ... hidrosfera ... geosfera
(C) hidrosfera ... geosfera ... geosfera
(D) atmosfera ... hidrosfera ... biosfera

5. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações relativas
aos diferentes tipos de rochas.
A- A erosão é um fenómeno típico do interior da crusta.
B- As rochas metamórficas podem resultar da ação dos fatores de metamorfismo, tais
como a pressão e a temperatura.
C- As rochas magmáticas intrusivas resultam da solidificação de material fundido em
profundidade.
D- A diagénese é o fenómeno que conduz à formação de uma rocha sedimentar
consolidada.
E- A formação de rochas superficiais é controlada por baixa pressão.
F- A ordem de sedimentação de detritos é condicionada pelas suas dimensões e
densidade.
G- As rochas mais abundantes à superfície terrestre são as magmáticas.
H- No metamorfismo de contacto a temperatura é um fator mais relevante que a pressão.
I-
6. Na Natureza as chuvas ácidas entram muitas vezes em contacto com o solo,
contaminando-o e este torna-se ácido. A acidez diminui a quantidade de minerais no solo
de onde as plantas os extraem.
Explica de que forma as alterações na geosfera provocadas pelas chuvas ácidas, poderão
modificar a constituição da atmosfera.

Biologia 10.º Ano


GRUPO II

Documento 1:
Os dinossauros não morreram por causa da colisão de um cometa ou de um meteorito
com a Terra, morreram por falta de oxigénio.
Esta teoria baseou-se na análise de ar contido em vários fragmentos de âmbar (resina
fóssil segregada por algumas plantas no passado; é muito dura, intransponível aos gases,
translúcida e amarelada), recolhidos no estado de Montana, nos EUA. Os fragmentos têm entre
62 e 68 Ma de idade, sendo este o período que interessa a todos aqueles que tentam perceber
o fim dos dinossauros. O que se vê no âmbar são, sobretudo, flutuações na abundância de O 2
– flutuações de 6% a 8% ao longo de poucas centenas de milhares de anos. Segundo os
defensores desta teoria, foram essas flutuações que acabaram por provocar a morte dos
dinossauros, pois o seu sistema respiratório era “extremamente intolerante” a este tipo de
mudanças (…). As flutuações do O 2 são devidas a processos geológicos naturais, como
violentas erupções de vulcões submarinos que se verificaram nessa altura.
As grandes linhas da nova teoria são as seguintes: uma erupção vulcânica submarina é
um acontecimento muito violento que liberta enormes quantidades de CO 2 na atmosfera, o que
faz aumentar a atividade das plantas, que, por fotossíntese, produzem oxigénio, fazendo
aumentar os níveis deste segundo gás. Quando a erupção acaba, o nível do mar – que tinha
subido durante a erupção – desce, expondo à oxidação grandes extensões de matéria orgânica
que se encontrava submersa. A elevada oxidação desta matéria consome o O 2 e o nível deste
gás diminui.

Documento 2:
As rochas são formadas, destruídas e recicladas à superfície da Terra. A figura 1 representa,
esquematicamente, o ciclo litológico ou ciclo das rochas.

Figura 1
Biologia 10.º Ano
1. Os fragmentos de âmbar referidos no texto foram decisivos para esta investigação
(A) pela sua cor e pela sua dureza.
(B) pela sua idade de pela sua dureza.
(C) pela sua cor e por vedarem a passagem de gases
(D) pela sua idade e por vedarem a passagem de gases.
2. Segundo a teoria defendida no texto, o fenómeno que desencadeou a série de
transformações, que viria a originar a extinção dos dinossauros, foi a(o)
(A) vulcanismo que provocou as oscilações na concentração de CO 2.
(B) colisão de um cometa que provocou as oscilações na concentração de O 2.
(C) vulcanismo que provocou as oscilações na concentração de O 2.
(D) colisão de um cometa que provocou as oscilações na concentração de CO 2.

3. Os diferentes subsistemas terrestres são


(A) estáticos e não dependentes uns dos outros.
(B) dinâmicos e independentes uns dos outros.
(C) estáticos e estabelecem relações entre si.
(D) dinâmicos e interdependentes uns dos outros.

4. “A elevada oxidação desta matéria consome o O2 e o nível deste gás diminui.” Este excerto
do texto demonstra a interação existente entre a
(A) hidrosfera e a biosfera.
(B) geosfera e a atmosfera.
(C) biosfera e a atmosfera.
(D) geosfera e a biosfera.

5. As rochas _____ formam-se à superfície ou próximo dela e estão representadas no


esquema pela letra A, as rochas _____ estão representadas pela letra _____.
(A) sedimentares ... plutónicas ... D
(B) metamórficas ... vulcânicas ... C
(C) sedimentares ... vulcânicas ... D
(D) metamórficas ... plutónicas ... C

6. Para ocorrer a formação das rochas _____, representadas pela letra B, é necessário a
existência de condições de pressão e temperatura _____ ao ponto de fusão das rochas,
para ocorrerem fenómenos de _____.
(A) magmáticas ... inferiores ... cristalização
(B) metamórficas ... superiores ... cristalização
(C) magmáticas ... superiores ... recristalização

Biologia 10.º Ano


(D) metamórficas ... inferiores ... recristalização

7. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações, relativas
ao ciclo litológico esquematizado na figura 1.
A- O fenómeno assinalado pelo número 4 é consequência de um aumento da
temperatura.

B- As rochas A dispõem-se frequentemente em estratos, camadas mais ou menos


horizontais.

C- O processo geológico 2 implica alterações na estrutura cristalina das rochas.

D- A formação de rochas C é controlada inequivocamente por fatores como a pressão e a


temperatura.

E- A pressão é mais importante do que a temperatura na formação das rochas do tipo B.

F- As rochas D formam-se próximo da superfície ou à superfície a partir da consolidação


rápida do magma.

G- Na génese das rochas A, os sedimentos mais grosseiros são os sujeitos a um


transporte mais longo.

H- O processo 3 só ocorre em condições de elevada pressão e baixa temperatura.

8. As condições de formação das rochas magmáticas permitem classificá-las em dois grupos:


rochas intrusivas ou plutónicas e extrusivas ou vulcânicas. Estas rochas apresentam
características próprias de acordo com as condições em que foram formadas.
Relacione as condições em que ocorre o arrefecimento do magma com as características
das rochas magmáticas formadas.

9. A formação de rochas sedimentares envolve uma sequência de etapas mais ou menos


demoradas e complexas.
Reconstitua a sequência temporal das etapas mencionadas, segundo uma relação causa-
efeito, colocando por ordem as letras que os identificam.

A- Deposição dos vários sedimentos


B- Afundamento e diagénese com formação de rochas sedimentares consolidadas
C- Meteorização e erosão de rochas expostas, à superfície da Terra
D- Transporte dos detritos através de agentes externos
E- Força da gravidade superior à capacidade de transporte

Biologia 10.º Ano


10. Faça corresponder a cada uma das afirmações de A a E, o respetivo termo (de I a VIII)
indicado na chave.

AFIRMAÇÕES: CHAVE

a) Os efeitos das regressões marinhas atuais


espelham a deposição acontecida durante o
I. Rocha metamórfica
Devónico.
II. Princípio da horizontalidade
b) Processo que ocorre à superfície terrestre e
inicial
que atuando “in situ” sobre as rochas provoca a
sua alteração. III. Princípio do atualismo

c) Rocha que se forma como resultado da IV. Rocha magmática


recristalização de outras rochas. V. Diagénese
d) Processo que envolve a desidratação e VI. Erosão
compactação dos materiais.
VII. Meteorização
e) Numa sucessão de estratos geológicos que
se encontra horizontalizada cada estrato é mais VIII. Princípio da sobreposição dos
antigo do que aquele que o sobrepõe. estratos

Biologia 10.º Ano