Você está na página 1de 4

O PODER DAS PALAVRAS

para ser mais feliz cuide com o que você fala

Madre Teresa, na sua imensa sabedoria dizia "não me convidem para uma
manifestação contra a guerra, mas para uma manifestação a favor da paz".

Ser de quilate espiritual inigualável, que diante dos exemplos e projetos


realizados, tinha ciência da missão enquanto encarnada e como ser
espiritual, sabia da força das palavras e o quanto elas têm o poder de
modificar a realidade.

Contudo, o que vemos, nas pessoas a nossa volta, nos jornais, na mídia
e muitas vezes em nós mesmos é que não temos percepção do poder da
palavra, seja ela falada, escrita ou até pensada, utilizando-a de forma
imatura e irresponsável.

Se as palavras são mantras, possuem energia própria, certamente, têm o


poder de ditar nossa vida, tudo que nos cerca, razão pela qual é necessário
que passemos a observar o que proferimos no dia-a-dia.

Esta semana uma pessoa procurou-me queixando-se que nada em sua vida
dava certo, que passava por situações difíceis, incompreensão na família, no
trabalho e, ainda, seus projetos não se realizavam. A partir de então passou
a discorrer sobre o quanto seu chefe e colegas de trabalho a tratavam mal,
acerca das responsabilidades em demasia na família, culpando a tudo e a
todos.

Pois bem, pode alguém esperar felicidade, amor, realização de metas se


constantemente critica todos a sua volta, acreditando que a vida lhe deve
algo?

É preciso ter consciência e maturidade de que tudo que lançamos


ao Universo através da fala, da escrita, do pensamento, já está se
manifestando e moldando nossa vida, seja de forma benéfica ou maléfica.

Se queremos alegria, novidades, bem estar, é preciso comprometimento


com nós mesmos.

Porque se preocupar tanto com a vida alheia, fazendo fofocas, criticando,


julgando nossos irmãos? E será que não agimos igual aos criticados? Quem
somos nós para julgar? Eles, como nós estão em processo de evolução e
também falham, então é preciso respeito.

A crítica, a fofoca, o julgamento possuem uma carga energética muito


perniciosa que afeta a todos nós. E não adianta dizer ?vou apenas fazer um
comentário sobre determinada pessoa?. Não se iluda, querendo pousar de
inocente.

É de extrema importância agradecer mais e criticar menos, pois temos


o hábito de reclamar por situações banais. Reclamamos porque estamos
cansados, com preguiça, com sono, por estar chovendo, por ser quente
demais, por ter muito trabalho ...quantas reclamações sem fundamento que
apenas nos tornam chatos e sem energia.

O entendimento acerca do poder das palavra é algo profundo, à medida que


diariamente, de forma inconsciente, em razão de nossos hábitos nefastos,
criamos uma realidade da qual não apreciamos e nem nos damos conta.

Então, vamos pensar mais em nossa evolução, pois quem se preocupa muito
com a vida alheia é preguiçoso e acomodado com a própria existência.
Precisamos parar de fugir de nós mesmos, encarando nossas inferioridades
com respeito e consciência, a fim de que possam ser curadas.
Evitemos falar em tragédias, desastres, acidentes e fazer o que precisa
ser feito. Nessas situações, o adequado é enviar oração, doação, luz aos
necessitados, mas não aumentar a dor com mais energia negativa, criada
por nossas palavras e pensamentos.

Ademais, para realizar projetos é preciso foco constante e ainda estar


sintonizado com a energia da meta, ou seja, estar vibrando no mesmo
padrão do desejo, o que não é possível se na maior parte do dia estamos
proferindo mantras ao contrário.

Igualmente pernicioso é o pensamento negativo, que é dissociado da Fonte,


da energia criadora do Universo. Podemos dizer que os pensamentos são
palavras pensadas e podem contaminar os ambientes, as pessoas, o Todo.

É impossível manter nossa vibração elevada julgando, criticando,


reclamando. É impossível termos uma vida feliz e equilibrada sem estarmos
com a vibração elevada. É impossível amar de forma incondicional se não
respeitarmos a nós mesmos e a nossos irmãos.

Portanto, é exigido vigiar constantemente os pensamentos, emoções e


palavras lançadas ao Universo, sem culpa, mas com responsabilidade e
maturidade.

Vamos nos comprometer a vigiar o que pensamos e falamos a partir de


agora. Ao proferir pensamentos negativos contra nós mesmos, pessoas,
situações, vamos substituí-los por um pensamento positivo e após nos
perdoar. Se verbalizarmos, imediatamente comentemos sobre algo que
gostamos ou vejamos as qualidades das pessoas e fatos a nossa volta.

Agindo desta forma, em poucos dias ou semanas visualizaremos mudanças


benéficas em nossa vida e na saúde do Planeta, pois somos Todos Um e
nossas práticas afetam o Todo.

Por:Viviane Draghetti

Terapeuta Holística - Mestre de Reiki ? Mestre Karuna Reiki - Psicoterapeuta


Reencarnacionista - Professora Luz da Serra.
Fale com Viviane, envie seu comentário vivi@luzdaserra.com.br