Você está na página 1de 46

TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.

687
Página: 1 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

MANUAL
DE
MANUTENÇÃO CORRETIVA
DAS
ESCADAS ROLANTES LG
MODELOS:GS,GX,GB e GY
TIPOS: P,UN,N e EN
DIGQ/DECA/CETEC

Elaborado Visto Aprovado Visto Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 2 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

ÍNDICE

1 - Introdução........................................................................................................03
2 – Micros...............................................................................................................04
3 - Degraus............................................................................................................15
4 - Corrimão.......................................................................................................... 19
5 - Roletes do Corrimão.......................................................................................22
6 - Máquina de Tração..........................................................................................28
7 - Lubrificação.....................................................................................................30
8 - Lâmpadas.........................................................................................................33
9 - Limpeza............................................................................................................36
10 - Tabela de Ferramentas p/ Manutenção..................................................... 37
11 - Cuidados Gerais............................................................................................38
12 - Segurança dos Usuários...............................................................................42

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 3 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

1 - Introdução

As escadas são utilizadas para o deslocamento de pessoas em larga


escala.
Atualmente utilizamos dois tipos de escadas:

- Escada com inclinação de 30°.

- Escada com inclinação de 35°.

Nota: Devido a escada ser um equipamento essencialmente mecânico, deve-


se dar uma atenção redobrada a limpeza e lubrificação das mesmas, daí a
importância de se fazer uma manutenção contínua e efetiva no equipamento.

Para se efetuar a manutenção é importante saber que:

- Deve-se fazer uma manutenção preventiva mensalmente;

- Para realizar a manutenção, é necessário 02 Técnicos;

- A limpeza e lubrificação das pistas é essencial para o conforto do


usuário;

- Após e durante a manutenção deve-se observar as condições de


trabalho antes de ligar a escada ( avisar o colega de trabalho e etc. )

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 4 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2- MICROS:

2.1 - CONCEITO: São dispositivos de segurança, cuja a função é a de cortar o


circuíto quando acionados, parando a escada.

2.2 - POSICIONAMENTO: Os micros são distribuídos ao longo da escada,


conforme figura 01.

Figura 01

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 5 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Figura 02
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 6 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.2.1 – Cuidados: No caso de paralisação da escada por acionamento de um micro,


para localizá-lo deve-se proceder da seguinte forma:
1 – Verificar se há algum led aceso nos quadros de sinalização de segurança
( quadro superior e inferior ).
2 –Identificar na tampa do quadro de sinalização o nome do micro de segurança
que corresponde ao Led aceso.

3 - Fazer ponte provisória no quadro de sinalização do micro que foi acionado.

4 – Movimentar a escada em manutenção verificando as possíveis anomalias e


corrigi-las.

5 – Rearmar o contato de segurança.

6 – Retirar a ponte.

OBS.: Em todos os passos anteriores deve ser tomado o cuidado ao movimentar as


escadas, observando constantemente a presença de usuários/técnicos junto as
partes móveis ( área de rísco ).
Em casos críticos, a escada de ser desligada no disjuntor do Quadro de
Comando e movimentada manualmente ( ver item 6.1 deste manual ).
Exemplo:
- Quebra de Degraus.

IMPORTANTE: O quadro de sinalização superior corresponde somente ao


intervalo do centro da escada até a máquina, o quadro de sinalização inferior,
corresponde da parte inferior até o centro da escada ( ver figura 03 ).
Portanto, se um led ascender no quadro de sinalização superior, o micro em
questão, jamais estará posicionado entre o centro e a parte inferior da escada.

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 7 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.3 - TIPOS DE MICROS:


2.3.1 – TIS = Contato de proteção dos roletes do corrimão.

Figura 3
OBS.: Em todos os passos anteriores deve ser tomado o cuidado ao movimentar as
escadas, observando constantemente a presença de usuários/técnicos junto as
partes móveis ( área de rísco ).
Em casos críticos, a escada de ser desligada no disjuntor do Quadro de
Comando e movimentada manualmente ( ver item 6.1 deste manual ).

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 8 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.3.2 – SGS = Contato de proteção do Inox lateral dos degraus.

Figura

Figura 04

Importante: Deve-se posicioná-lo de modo que fique faceando a chapa de inox


( folga máxima de 0,5mm ), e de preferência centralizado entre as cantoneiras de
fixação das chapas de inox, conforme figura 04.

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 9 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.3.3 – STS - Contato de proteção lateral dos roletes dos degraus.

Figura 05
Importante: Quando acionado, deve-se retirar três degraus para que se possa ter
acesso ao mesmo e proceder conforme item 2.2.1 deste manual.
- Para ligar a escada novamente a haste do mesmo deve estar na posição vertical e o
micro acionado manualmente após se identificar a causa do acionamento do
mesmo.
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 10 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.3.4 – SRS - Contato de proteção de altura dos roletes dos degraus.

Figura 06
NOTA.: Deve-se observar a distância de 86mm do contato até a face de apoio da
pista superior.
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 11 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.3.5 – DCS - Contato de proteção da corrente de tração da máquina.

Figura 07

Importante: Deve-se observar a distância do contato, e uma vez atuado o micro,


deve-se reativar o mesmo manualmente.

Figura 08

Nota: Este contato será acionado quando a corrente sofrer uma ondulação
( solavancos devido a problemas na pista) superior a folga permitida.

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 12 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.3.6 – NRS - Contato de direção dos degraus ( subida ou descida ).

Nota: São utilizados somente nos casos em que se quer especificar um único
sentido de funcionamento para a escada.

2.3.7 – CPS - Contato de proteção de altura da soleira.

Importante: Deve-se observar a distância do contato até a soleira, conforme figura


09.

Figura 09

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 13 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.3.8 – TCS - Contato de proteção dos tirantes das molas.


Nota : O tencionamento da mola dos tirantes deve ser regulado conforme figura.
- Uma vez atuado o micro, deve-se reativar o mesmo manualmente.
- Deve-se posicionar o micro de conforme figura 10.

Figura 10

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 14 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

2.4 - Procedimentos de manutenção: Geralmente para se consertar os Micros; STS e


SRS, deve-se:
- Desligar o disjuntor;
- Retirar 03 degraus;
- Apertar os três parafusos do disco do freio, para liberar o mesmo,
- Girar os degraus manualmente (com o auxílio da alavanca) o suficiente para que se
possa remover os anéis de segurança ;
- Girar a escada até a posição desejada;
- Substituir o micro com defeito;
- Colocar novamente os degraus;
- Soltar os três parafusos do disco do freio;
- Ligar o disjuntor;
- Testar a escada;

Figura 11

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 15 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

3 - Degraus:
3.1 - CONCEITO: São elementos responsáveis pelo conforto do usuário, quando do
deslocamento da Escada ( ver figura 12 ).

Figura 12
Nota:
1 - Degrau ; 2 - Pino de fixação da palheta ; 3 - Palheta lateral ; 4 - Palheta frontal
esquerda; 5 - Palheta frontal direita; 7 - Rolamento ; 8 - Eixo de fixação do
rolamento ; 9 - Arruela cônica de fixação

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 16 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

3.2 – Posicionamento: Para se fixar um degrau deve-se observar os seguintes


procedimentos:
a - Retirar os anéis de segurança das buchas de nylon dos eixos rolantes;
b - Deslocar as buchas, afastando-as do centro do eixo;
c - Passar graxa no eixo;
d - Encaixar o degrau no eixo;
e - Empurrar a bucha de nylon para dentro da braçadeira do degrau;
f - Colocar os anéis de segurança;
Importatnte: Para se colocar o último degrau deve-se:
- Repetir os procedimentos até o itém “d”;
- Marcar o degrau e fazer com que o mesmo passe pelo pente da soleira superior até
chegar a uma posição de acesso na casa de máquina;
- Estando na casa de máquina, proceder conforme itens “e” e “f”;
Para se retirar um degrau deve-se estar na casa de máquina e observar os seguintes
procedimentos:
a - Retirar os anéis de segurança das buchas de nylon dos eixos rolantes;
b - Deslocar as buchas, afastando-as do centro do eixo;
c - Retirar as chapas internas de acabamento do vidro que ficam após as chapas curvas
de inox ( sentido de descida ) em ambos os lados;
d - Marcar os degraus com um giz e rodar a escada no sentido de descida até que o
degrau passe da curva e fique posicionado no meio do vão das chapas que foram
retiradas;
e - Retirar o degrau com o auxílio de uma chave de fenda curva;
f – Para se retirar os demais degraus, basta repetir os itens “a e “b”;
Nota: Após se executar o itém “c” ter muito cuidado antes de rodar a escada, pois o
degrau estando solto, poderá danificar os pentes da soleira superior, caso não se
verifique o alinhamento do degrau com os pentes.
Os degraus devem ter uma distância de 0,5 a 4mm da chapa de inox lateral, caso
não esteja, deve-se:
- Retirar a chapa interna de acabamento dos vidros;
- Retirar os degraus correspondentes ao comprimento da chapa de inox lateral;
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 17 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

- retirar a chapa lateral de acabamento dos degraus;


- Soltar os parafusos das cantoneiras (superior e inferior ) de fixação e alinhamento da
chapa de inox lateral;
- Posicionar e fixar as cantoneiras na posição desejada, considerando a espessura da chapa
de inox devido a tolerância, conforme figura..;
- Colocar e fixar a chapa de inox lateral, fazendo com que os clips de fixação da mesma
encaixem na cantoneira inferior (cantoneira fina);
- Colocar e fixar a chapa interna de acabamento dos vidros de modo que os clips de
fixação da mesma encaixem nas cantoneiras finas das talas dos vidros;
OBS.: Verificar a rosca dos parafusos de fixação das chapas de inox e substituir os
mesmos, caso seja necessário.
3.3 - Manutenção: Os defeitos mais comuns em degraus se devem aos rolamentos e
palhetas.
Palhetas laterais: Quando uma palheta estiver frouxa ou quebrada, deve-se proceder do
seguinte maneira:
- Retirar o degrau;
- Cortar o pino de plástico, fixador da palheta ( ver figura 13 );

Figura 13
- Com o auxílio de um alicate retirar a arruela de fixação ( isto fará com que a palheta se
solte do conjunto );
- Colocar a palheta nova observando o lado da mesma ( esquerda ou direita );
- Recolocar a arruela de pressão com o auxílio de um alicate de bico, chave de fenda e
martelo;
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 18 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

3.4 - Rolamentos: Quando houver problema de rolamento, deve-se:


- Retirar o degrau;
- Com o auxílio de um alicate de bico retirar o anel de segurança;
- Substituir o rolamento danificado;
- Recolocar o anel de segurança;
- Recolocar o degrau na escada ;

Figura 14

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 19 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

4 - Corrimão:
4.1 - Conceito: É responsável pela segurança e conforto do usuário, quando do
movimento da escada.
4.2 - Tracionamento: Há dois pontos de tracionamento ao longo da escada:
Tracionamento superior: Deve-se tracionar conforme itém ...
Nota: Cuidar a folga das correias de transmissão de movimento dos roletes,
conforme figura...
Tracionamento inferior: Deve-se tracionar da seguinte forma:
- Afrouxar a porca de ajuste da altura da lona do corrimão;
- Precionar o suporte-guia do corrimão até que a lona do corrimão fique ajustada aos
roletes auxiliares inferiores, conforme figura 15;
- Fixar a porca M 24;

Figura 15
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 20 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

4.3 - Cuidados:
- É importante se verificar a centralização do corrimão com o suporte de tencionamento
inferior, conforme figura 16.

Figura 16
- Verificar o alinhamento dos suportes do nylon-guia do corrimão c/ o suporte tipo
“Torre” da estrutura, bem como o posicionamento do corrimão em relação ao nylon, ver
figura 17.
-

Figura 17

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 21 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Nota: Caso haja desgaste interno da lona do corrimão, deve-se verificar se há


alguma saliência ao longo do corrimão. Se houver torna-se necessário retirar o
mesmo e verificar a fixação e alinhamento dos galvanizados. Se estes por sua vez,
estiverem desalinhados, deve-se limar as emendas dos mesmos retificando o erro.

Para se retirar o corrimão deve-se:


- Retirar 06 degraus;
- Rodar a Escada de modo que o vão dos degraus retirados fique próximo a soleira inferior;
- Retirar as Chapas de Inox Lateral Inferiores;
- Soltar as Porcas M24 do Suporte de Tencionamento Inferior;
- Retirar as chapas de Inox necessárias para se efetuar a verificação;
- Retirar o Micro inferior – TIS;
- Retirar o corrimão inicialmente pela curva inferior, com o auxílio de uma chave de fenda;
- Retirar o corrimão ao longo do galvanizado, conforme figura 18;

Figura 18

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 22 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

5- ROLETES DO CORRIMÃO:
5.1 - Conceito: São elementos de transmissão do movimento do corrimão.
5.2 - Tipos e Posicionamento: Há dois tipos de roletes nas escadas:
- Roletes de transmissão de movimento para o corrimão: Estão localizados na parte
superior da escada conforme figura 19 e são responsáveis pelo tencionamento do
corrimão, portanto são ajustáveis.

Figura 19

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 23 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Para se regular estes roletes deve-se proceder conforme segue:


a - Retire 10 degraus da escada;
b - Gire a escada de modo que se possa ter acesso aos parafusos de regulagem dos
roletes ( é preciso se apoiar sobre a base da escada para executar o ajuste );
c - Solte as duas porcas M 16 de fixação do conjunto;
d - Solte as porcas de travamento dos parafusos de ajuste altura dos roletes superiores;
e - Ajuste os parafusos de regulagem da altura dos Roletes de tração do seguinte modo:
- Os dois parafusos da frente servem para baixar ou tencionar os roletes superiores, os dois
parafusos de trás servem para subir ou afrouxar os mesmos.

Figura 20

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 24 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

f - Após tencionado os roletes, deve-se apertar as porcas de travamento e conferir o


tencionamento da corrente de acordo com a folga do desenho ( 10 a 15mm );

g - Travar as porcas M 16 de fixação do conjunto;

h - Recolocar os degraus;

Nota: Em ambos os casos ( tencionamento ou folga dos roletes de tração ), deve-se


afrouxar as porcas de travamento desses parafusos, bem como, os dois parafusos
opostos a tarefa a ser realizada. Exemplo:
- No caso de Tencionar a Corrente para tencionar os roletes de tração, deve-se liberar
as porcas e parafusos de trás e apertar os parafusos da frente de modo que a corrente
tenha a mesma tenção nos dois lados e para se afrouxar os roletes de tração proceder
de forma inversa.

Figura 22

Nota: OS Roletes de Tração devem estar centralizados em relação a largura do


corrimão.

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 25 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

5.3 - Roletes auxiliares de movimento do corrimão: Estão localizados ao longo da


escada, conforme figura 22.

São responsáveis pelo auxílio de movimento do corrimão. Para se regular estes roletes
deve-se proceder conforme segue:
a - Verificar se o corrimão está apoiado sobre o rolete.
b - Verificar se a largura do corrimão está centralizada com o comprimento do rolete.

Figura 22

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 26 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Nota: Somente o primeiro rolete transmite movimento, o segundo rolete só é usado


quando se faz necessário substituir o primeiro.

Importante: Posicionamento dos Roletes Auxiliares ao longo da escada ( ver


figura 23 ).

Figura 23

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 27 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

5.4 - Roletes de Alinhamento dos Degraus: Servem para garantir o alinhamento dos
degraus.

Posicionamento: São posicionados somente na parte inferior da escada, ( próximo aos


pentes da soleira e nos dois lados da escadas) ver figura 24.

Figura 24

Nota: Deve-se observar a distância de 0,5mm dos dois roletes até a face lateral da
palheta do degrau, portanto, os mesmo devem girar livremente, sem pressionar a
palheta lateral do degrau ( ver figura 24 ).

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 28 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

6 - Máquina de Tração:

Conceito: É responsável pela transmissão de movimento da escada.


Posicionamento: Esta fixada na parte superior da escada.

Figura 25

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 29 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

6.1 - Cuidados:
Freio da máquina: Os parafusos de regulagem do freio da máquina, devem estar
soltos. Só serão precionados quando se for movimentar a escada manualmente,
conforme segue:
- Desligar o disjuntor do quadro de força;
- Posicionar o volante no rasgo do suporte da estrutura e encaixar a corrente auxiliar de
movimento a coroa dentada da máquina;
- Movimentar o volante no rasgo do suporte da estrutura até que se obtenha um
tencionamento da corrente e fixar o mesmo. ;
- Apertar os 03 parafusos que estão a 120°;

Figura 26

- Girar a escada manualmente até aposição desejada, e então fixar as duas porcas de
travamento do volante e afrouxar os 03 parafusos por medida de segurança;
- Após concluído o serviço, afrouxar o volante e retirar a corrente auxiliar de
movimento;
- Retirar o volante;
- Soltar os 03 parafusos;

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 30 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

7-Lubrificação: É indispensável que se execute uma lubrificação efetiva nos


componentes mecânicos da escada.
7.1 - Bomba de lubrificação automática: Serve para efetuar uma lubrificação em que é
possível regular o período e a descarga do óleo do seguinte modo:
- Verificar o nível do óleo pelos traços do reservatório ou através da sinalização dos
leds.

Nota: O led Verde sinaliza OK, o amarelo regular e o vermelho insuficiente.

- Para se regular a lubrificação automática deve-se posicioanar os cursores, conforme


figura 27:

Figura 27

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 31 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Nota: O cursor 1 possui a identificação tempo em minutos e serve para ajustar o


intervalo de cada lubrificação, já o cursor 2 possui a identificação do tempo em
segundos e serve para ajustar o tempo efetivo de lubrificação.

Importante: Para verificar o funciomento da bomba, do período e descarga do


óleo, a escada deve estar em movimento.

Localização: A bomba de óleo está fixada na estrutura superior da escada rolante


próximo a máquina.

7.2 - Pontos de lubrificação: Lubrificar as correias de transmissão de movimento das:


rodas motrizes e roletes de tracionamento do corrimão.

7.2.1 - Lubrificação das pistas: As pistas devem ser lubrificadas duas vezes ao ano e
para isto deve-se:
- Retirar 10 degraus;
- Movimentar ao longo da escada no automático correspondente ao comprimento do vão
deixado após a retirada dos degraus;
- Limpar as duas pistas ( superior e inferior ) com pincel e estopa;
- Passar querosene com um pincel e logo após estopa seca;
- Largar o óleo pela canaleta da pista de cima de modo que o mesmo escorra até
embaixo;
- Movimentar a escada por 15 minutos para que a mesma distribua o óleo;
- Recolocar os degraus;

Importante: Deve-se utilizar o mesmo óleo que das guias dos elevadores.

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 32 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

7.2.2 - Lubrificação dos mancais: Lubrificar os mancais da coroa motriz da parte de


cima da escada com graxeira e os da coroa da parte de baixo manualmente com o auxílio
de uma espátula para que o mancal não atrite com a pista de apoio, ver figura 28.

Figura 28

7.2.3 - Lubrificação das correntes: Além da lubrificação automática, pode-se efetuar a


mesma manualmente, deixando a escada rodar em vazio e ir lubrificando as correntes
continuamente na casa de máquina superior e inferior.

7.2.4 - Lubrificação da Máquina: Pode-se verificar a lubrificação através do visor ou


com o auxílio da haste de nível do óleo.

Importante: Deve-se utilizar o mesmo óleo que os das máquinas de elevadores.

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 33 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

8 - Lâmpadas:
8.1 - Lâmpadas do corrimão: São fixadas através de dois pontos de apoio: um macho e
uma fêmea, conforme figura 29.
Posição: Possuem o comprimento e formato aproximado ao do vidro e ficam nas laterias
externas de acabamento do corrimão.
São protegidas por uma capa de acrílico que por sua vez é fixado ao suporte macho-
fêmea por um acabamento de inox.
Ligação: São alimentadas por um fio neutro e um fase.
O fio neutro corresponde ao borne 20 do disjuntor e o fase ao contato 13 - 14 da
contatora 13.

Figura 29
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 34 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

- O fio do neutro é ligado ao fio preto dos reatores, que por sua vez também é emendado
nos fios 11 e 12 que é comum aos suportes fêmeas.

- O fio fase é ligado ao fio branco dos reatores, e o retorno para as lâmpadas é feito pelo
fio azul do reator que é levado separadamente a cada um dos machos das lâmpadas.

Figura 30

Nota: Deve-se tomar os seguintes cuidados:

- Em caso de mau contato pode-se aproximar os suportes macho e fêmea com o


auxílio de uma chave de boca 7 de modo que a lâmpada fique bem pressionada;

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 35 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

- Conferir a ligação abrindo o suporte cerâmica conforme figura 31;

Figura 31

- Medir se chega tensão no macho;

Importante: Ao fixar o acrílico, cuidar se a fiação da lâmpada está amarrada nos


suportes e evitar que ao se fixar não se pressione algum fio das mesmas.

8.2 - Green Light: Lâmpada de sinalização dos degraus em relação a soleira.

Nota: Esta lâmpada só deve ser ligada ( Quadro dos Ledes - Plug JT 40 ) quando a
escada não possuir iluminação do corrimão.

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 36 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Ligação: Só é possível ligar a mesma, plugando o seu cabo no cantato JB 40 do


quadro dos leds. Após executar o serviço deve-se desplugar os mesmo.

- Quadro de Força ou Comando: Serve para efetuar a proteção e os comandos de


movimento da escada.

- Quadro de Sinalização ou Segurança: Serve para sinalizar a proteção dos micros,


o comando sobe-desce e o alarme. Além de possuir uma tomada de 220V , o
plugação do cabo de manobra, a green light e uma chave de sinalização de Manut.

Nota: Segue em anexo os Esquemas Elétricos das Escadas LG modelos: GS,GX,GB


e GY e dos tipos: P,UN,N e EN .

9 - Limpeza:

Deve-se observar os seguintes itens:

- Vidros: limpar com jornal sabão.

- Inox: Com vaselina e estopa.

OBS.: Não utilizar produtos químicos no inox por perigo de manchá-lo.

- Pistas: Com óleo Extra – Supra 90, mensalmente.

- Casa de máquina: Com querosene e estopa, limpar a máquina, Bomba de óleo e


etc.

- Corrimão: Com água e pano.

OBS.: Não utilizar produtos químicos na lona do corrimão por perigo de danificá-
lo.
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 37 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

10 - Tabela de Ferramentas para a Manutenção das Escadas Rolantes:

Tarefa Ferramentas
Lubrificação Uma graxeira e um pincel
Retirada dos Degraus Uma Chave de fenda fina c/perfil “L” e um alicate de bico
Nível do Óleo da Bomba Um funil p/ colocar o Óleo
Tencionamento do Corrimão- parte superior Uma chave fillips média e um cachimbo 17
Tencionamento do Corrimão- parte inferior Uma chave 24 e uma alavanca
Tencionamento da Corrente dos Degraus Uma chave inglesa de 2”
Ajuste dos Micros de Segurança Uma chave de boca 7;10 ; 13 e uma fillips pequena
Girar a Escada no Manual Duas chaves 24 e uma 13
Limpeza Estopa, pincel e querosene
Retirada e colocação do corrimão Duas chaves de fenda média-grande e um macete de borracha

Nota: Para se ter acesso a casa de máquinas deve-se utilizar a chave rosqueada do
tipo “T”, para que não se danifique as soleiras das mesmas.

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 38 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

11 - Cuidados Gerais:
- Não permitir a superfície de baixo da escada seja furada para fixações ou
acabamento externo na estrutura ( uso de rebites e etc. );
- Não pontear os contatos MSB do quadro sinalização dos leds;
- Para se ter acesso a máquina, quadro de sinalização, quadro de comando reatores
e etc, deve-se retirar os tampões com o auxílio de uma chave do tipo “T”;

Figura 32

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 39 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Nota: Observar quando se estiver entre dois operadores efetuando a manutenção,


para não ligar a escada sem antes sinalizar com a chave do alarme o colega de
trabalho, já que a escada possui os mesmos comandos, tanto na parte inferior
como superior ( ver figura 33 ).

Figura 33
Nota: Verificar as condições das roscas das cantoneiras do Inox de Acabamento
Lateral P/Vidro e se necessário, deve-se refazer as mesmas conforme figura 34.

Figura 34

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 40 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Importatnte: Verificar as condições das roscas das cantoneiras do Inox de


Acabamento Lateral p/Degraus e se necessário, deve-se refazer as mesmas
conforme figura 35.

Figura 35

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 41 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

11.1 - Tencionamento da Corrente Motriz: Verificar o Alinhamento e


Tencionamento da Corrente Motriz em relação a máquina e se necessário for,
ajustar a mesma com o auxílio dos parafusos de regulagem, conforme figura 36.

Figura 36

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 42 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

11.2 - Nylons de Proteção das Engrenagens ( Buffer ): Verificar se há desgaste nos


Buffers das Engrenagens e se necessário, deve-se substituir os mesmos, conforme
figuras 37 e 38.

Figura 37

Figura 38

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 43 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

12 - Segurança dos Usuários:


É importante conscientizar os usuários, sobre a correta utilização dos
equipamentos para que se evite possíveis acidentes. Deve-se portanto, tomar
cuidados conforme figuras abaixo:

Figura 39

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 44 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Figura 40

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 45 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

Figura 41
Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório
DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc
TREINAMENTO TÉCNICO N.ºCETEC.687
Página: 46 de 46
Data da Índice:
Emissão:12/12/98 0
MANUAL DE MANUTENÇÃO DE ESCADAS ROLANTES

12.1-Placas de Identificação: É recomendado por norma, se fixar placas de sinalização


e alerta ao longo da escada. Veja alguns exemplos:

Figura 42

Elaborado Visto Aprovado Disco/Diretório


DECA - Thalis Forlin DIRTEC CONTEÚDO
Verificado Visto Panzenhagen Arquivo
DECA - Marcio Muratore CETEC 687.doc

Você também pode gostar