Você está na página 1de 4

CONTRATO DE TRABALHO POR TEMPO INDETERMINADO

Entre

A EMPRESA XXXXXXXXXXXXXXXX, sito no Lobito- bairro da _____________,


rua___________________correia, município do ________________, Neste acto
representado por ___________________, adiante designada como entidade
empregadora.

_____________________________, de nacionalidade Angolana, portador do


Bilhete de Identidades n.º ___________________, emitido aos
_________________, pelos Arquivos de Identificação de Benguela, residente na
A.V. da Independência Bairro da __________________ Lobito, adiante
designado como _______________________.

É celebrado o presente contrato de trabalho por Tempo Determinado, que se


rege pelas disposições da L.GT. e respectivas legislação Complementar,
Regulamentos Internos e Acordos Colectivos e inda pelas cláusulas seguintes:

Cláusula 1.º
1. O presente contrato inicia a sua vigência em ______ de ___de________, e
vigora por tempo determinado.
2. O período experimental é de 15 dias, podendo durante este período, qualquer
das partes fazer cessar o contrato, sem obrigação de pré-aviso, indemnizado ou
justificação, mas contudo deve o empregador efectuar o pagamento da
remuneração devida pelos trabalhos prestado.

Cláusula 2.º
1.O trabalhador prestará serviço na empresa ________________________, e por
motivos adequados ao interesse da economia e nos limites da Lei, o
Empregador reserva a faculdade de transferir de forma temporária ou
definitiva o trabalhador para outros locais de trabalho.
Cláusula 3.º
1. O trabalhador não estará vinculado ao horário de trabalho de entrada e saída.
2. O trabalho terá um período normal de trabalho de ___________ horas de
trabalho, perfazendo um total de ___________ semanais, sem prejuízo de
qualquer alteração do período normal de trabalho ou horário de trabalho
decorrente de necessidade objectiva de funcionamento da entidade
Empregadora, nos termos do n.º 3. Aliena b) do artigo 95.º da LGT.
3. Tendo em conta as clausulas apresentadas anteriormente, o trabalhador terá
direito de descanso aos sábados e domingo referente as folgas.

Cláusula 4.º
1.Ao trabalhador é garantido a ocupação efectiva do posto de trabalho de
_____________________, e a fim de desempenhar as funções da sua
especialidade, ou quaisquer outras, desde que compatíveis com a sua
qualificação profissional e integrado no grupo da escala salarial a categoria
ocupacional de Admirativo e Serviço.
2.Com a função de Gerente o trabalhador terá direito de __________________ ,
mensal fim de reabastecimento da viatura que servirá de apoio no exercício das
suas actividades em benefício da empresa.
3. Ao Trabalhador será concedido o valor de ________________referente
alimentação mensal.

Cláusula 5.º

O posto de trabalho obedece as condições de segurança, saúde e higiene no


trabalho legalmente exigidas.
Cláusula 6.º

1.Como contrapartida do trabalho prestado, o trabalhador aufira a remuneração


mensal ilíquida de ______________________que deverá a ser paga por
transferência bancaria em Angola, numa conta a designar pelo Trabalhador.
2. A remuneração é paga doze meses por ano, acrescida dos subsídios de Ferias
e Natal correspondente nos termos legais.
3. De acordo com a Lei Geral do Trabalho a Entidade Empregadora, procederá
aos descontos no salário referente as suas contribuições para o Imposto Sobre o
Rendimento (IRT) E Instituto da Segurança Social (INSS).

Cláusula 7.º

O trabalhador beneficiara das regalias que estivereren em vigor na Empresa,


quando aplicáveis, das quais tomou conhecimento, podendo esta alterá-las, em
qualquer altura dentro dos limites legais.

Cláusula 8.º

O trabalhador terá direito a gozar férias de acordo com estipulado na Lei Geral
do trabalho em período a fixar por acordo das partes que serão vencidas no fim
do período da prestação de serviço.

Cláusula 9.º

O Trabalhador compromete-se a exercer por conta e sob autoridade da


Empresa, as funções que lhe são atribuídas.

Cláusula 10.º

O contrato apenas poderá ser modificado nas condições previstas na L.GT. ou


por mútuo acordo das partes.

Cláusula 11.º

Ocorrendo alguma dos motivos que justificam a rescisão com aviso prévio, a
parte a quem couber a iniciativa avisará a outra com antecedência mínima de 30
dias, especificamente as razões que considera justificativa da rescisão que
pretende concretizar, depois d observar os requisitos previstos na L.GT.

Cláusula 12.º
O trabalhador obriga-se expressamente a exercer as suas funções com zelo,
diligencia e ao cumprimento dos demais deveres emergentes deste contrato e
da lei, e bem assim, a não exercer ao serviço de outras entidades, qualquer
actividade laboral, remunerada ou não, durante o seu horário normal de
trabalho, sem o prévio consentimento da empresa.

Cláusula 13.º

Feito em duplicado, assinado por ambas as partes, ficando cada uma das partes
na posse de um exemplar e o centro de Emprego da área localização da
Empresa com um original.

Lobito, ao _____de __________de 2019.

O EMPREGADOR O TRABALHADOR

__________________________ ______________________________