Você está na página 1de 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO CENTRAL PAULISTA – UNICEP

ESTUDOS HISTÓRICOS, SOCIOANTROPOLÓGICOS E ÉTNICOS-RACIAIS


PROF. HUMBERTO PORTO

ATIVIDADE AVALIATIVA

(Após responder à questão, salvar todo o texto em formato pdf e inserir na página do Unicep Virtual na Pasta
Atividade Avaliativa P1)

Nome: Beatriz Raiany Souza Feitosa

RA: 4702172

Curso: Engenharia de Produção

O racismo é uma realidade que atinge grande parte da população brasileira. Ele se manifesta em práticas sociais e,
muitas vezes, está presente em diversos ambientes da vida cotidiana, como as relações na escola, no trabalho, no
esporte, na cultura, no entretenimento, etc.

Reflita sobre um trecho da letra de música do grupo de rap Racionais MC’s:

Link: https://www.youtube.com/watch?v=2nLLihbYNFs
A diferença entre pessoas brancas e pessoas negras é abordada, pelos autores da música, como tendo prioridade
sobre os fatores econômicos de desigualdade.

Com base na letra da música “Racistas Otários”, faça um texto de acordo com as teorias vistas nas discussões em
aulas sobre racismo e preconceito.

Resposta:

Devido à colonização brasileira muitos negros africanos foram escravizados e trazidos para o Brasil, onde os
portugueses consigo trouxeram os escravos, o racismo e o preconceito, cresceu porque a própria sociedade
brasileira a espalha. Logo, atitudes como essas nos faz refletir sobre a frase como o do filósofo Jean-Jacques
Roussuan: "A natureza fez o homem feliz e bom, mas a sociedade deparava-o e torná-lo miserável

Podemos notar que o preconceito contra o negro veio de sempre, até pela origem dele ter vindo da África
como escravo e são um povo inferiorizado. Mais infelizmente sofre o preconceito, alguns famosos e até mesmos
pessoas comuns são chamadas de “macaco”, o povo utiliza a cor da pele para diminui-las até mesmo em papéis de
negros em novelas, que são interpretados como domésticos, bandidos etc. sendo que a maioria da população e
aliado ao fato de que ninguém nasce racista, a situação é completamente reversível.

A composição Racista Otários trata da questão do preconceito racial sofrido pelos morados da periferia
(favela), falta de desemprego, o arrocho salarial e falta de infraestrutura. A crueldade do racismo e a desumanidade
tornarem- se cotidianas em cada esquina de bar, porta de escola, na ida para o trabalho ou em um simples fim de
semana. O racismo está atrelado a concepção de guerra em oposição de paz, como perseguição, perturbação e
discriminação por partes dos brancos" que se acham mais poderoso " em relação a população negra.

Em primeiro lugar, é necessário destacar que a lei número 7716, presente na Constituição Brasileira, afirma
que todos os crimes resultantes de discriminação ou preconceitos de raça, cor, religião ou procedência nacional,
serão punidos devidamente. Entretanto, na prática, as pessoas negras são vítimas de agressão e discriminação, com
piadas ofensivas, apelidos inadequados e até mesmo desigualdade social. No mercado de trabalho, a perspectiva de
crescimento de um negro é menor do que a de um branco. Outro fator que devemos levar em consideração são os
dados que demonstram que os negros estão mais expostos à violência.

As pessoas deveriam incentivar a cultura negra, mostrar que as pessoas não são diferentes pelo seu tom de
pele. A população deveria organizar palestras mostrando a cultura da raça negra, esse evento poderia ocorrer no Dia
Nacional da Consciência Negra, pois assim as pessoas se conscientizariam e dariam o devido valor aos negros, pois
nenhuma vida vale menos que a outra, independentemente da cor, somos iguais. O governo deveria obrigar o
estudo dessa cultura nas escolas públicas, pois assim as crianças aprenderiam sobre essa cultura e serão pessoas
melhores e assim mudando o mundo, criando um ambiente saudável. Esse ensino deveria ser uma lei, assim seria
cumprida pelas escolas e professores.

Referência :

https://periodicos.ufsm.br/animus/article/view/17872