Você está na página 1de 13

Economia do Mar: A Importância da Matriz de

Insumo-produto

Por:
Joilson de Assis Cabral

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


INTRODUÇÃO

• Em 1994 houve a Convenção das Nações Unidas sobre o


Direito do Mar e levou a atualização da Política Nacional para os
Recursos do Mar – PNRM (DECRETO Nº 5.377 DE 23 DE
FEVEREIRO DE 2005)

• PNRM tem por finalidade orientar o desenvolvimento das


atividades que visem à efetiva utilização, exploração e
aproveitamento dos recursos vivos, minerais e energéticos do
Mar Territorial, da Zona Econômica Exclusiva e da Plataforma
Continental, de acordo com os interesses nacionais, de forma
racional e sustentável para o desenvolvimento socioeconômico
do País, gerando emprego e renda e contribuindo para a
inserção social.

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


INTRODUÇÃO
• Aumento da importância estratégica da Amazônia Azul

• Em 2017, a ONU estabeleceu que a criação da Década 2021 a


2030 seria dedicada aos oceanos (“Década dos Oceanos”).

• Em 16 de novembro de 2020 foi aprovado o X Plano Setorial


para os Recursos do Mar (Decreto Nº 10.544 de 16 de
novembro de 2020) O plano é gerido pela Comissão
Interministerial para os Recursos do Mar (2020 – 2023).

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


INTRODUÇÃO
Problemas práticos em relação a definição e mensuração da
Economia do Mar

• Cada país ou continente pode elaborar metodologia própria para


definir a economia do mar ou costeira, os setores que serão
computados como atividades marinhas ou costeiras e, por
conseguinte a participação dessas zonas em seu produto
nacional.

• Segundo a PNRM, os recursos do mar são todos os recursos


vivos e não vivos, incluindo os energéticos, existentes na
Amazônia Azul e nas áreas internacionais de interesse.

• Segundo Carvalho (2018), no Brasil não existe nas contas


nacionais brasileiras distinção entre indústrias marinhas e não
marinhas, de tal forma que a economia do mar, ou PIB do Mar, o
que dificulta a estimação do PIB Azul. (Criação das contas
Satélites da Economia do Mar).
IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO
INTRODUÇÃO
Problemas práticos em relação a definição de Economia do
Mar

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


INTRODUÇÃO
Problemas práticos em relação a definição e mensuração da
Economia do Mar

• Carvalho (2018) define economia do mar como sendo:


Atividades econômicas que apresentam influência direta do mar,
incluindo as atividades econômicas que não tem o mar como
matéria-prima, mas, que são realizadas nas suas adjacências.
Em outras palavras, as atividades classificadas como
pertencentes à economia do mar dividem-se em dois escopos:
Dimensão Marinha (influência direta do mar) e Adjacentes ao
Mar (atividades qualificadas como indiretas).

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


INTRODUÇÃO
Segundo o X PSRM, as atividades que possuem maior potencial no
Brasil são:

• Atividades pesqueiras;

• Atividades de exploração e de produção de hidrocarbonetos;

• Exploração mineral em águas rasas e profundas,

• Geração de energia (energia eólica offshore, de ondas e de marés);

• Desenvolvimento da pesquisa científica e a inovação tecnológica,


utilizando o potencial biotecnológico derivado do conhecimento da
biodiversidade.

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


OPORTUNIDADES DA ECONOMIA
DO MAR PARA O ERJ

• O estado do Rio de Janeiro possui um litoral com extensão de


246,22km.

• 25 municípios do estado do Rio de Janeiro são defrontantes com


o mar (27%).

SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA MACAÉ ARRAIAL DO CABO SÃO GONÇALO RIO DE JANEIRO
SÃO JOÃO DA BARRA RIO DAS OSTRAS ARARUAMA ITABORAÍ ITAGUAÍ
CAMPOS DOS GOYTACAZES CASIMIRO DE ABREU SAQUAREMA GUAPIMIRIM MANGARATIBA
QUISSAMÃ CABO FRIO MARICÁ MAGÉ ANGRA DOS REIS
CARAPEBUS ARMAÇÃO DOS BÚZIOS NITERÓI DUQUE DE CAXIAS PARATY

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


OPORTUNIDADES DA ECONOMIA
DO MAR PARA O ERJ

Fonte: Carvalho (2018)


IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO
OPORTUNIDADES DA ECONOMIA
DO MAR PARA O ERJ
• Aquicultura marinha, pesca, processamento de pescado;

• Construção de embarcações de pequeno e médio portes visando a


modernização da frota pesqueira atual e o apoio logístico offshore;

• Construção de embarcações de Defesa e Segurança Nacional;

• Reparo e manutenção da frota de apoio logístico offshore (364


embarcações);

• Desenvolvimento de um complexo de Gás Natural;

• Descomissionamento de plataformas (R$ 70,2 bi até 2023);

• Buscar alternativas para completar o complexo produtivo de O&G


no ERJ (apenas 19% dos fornecedores estão no ERJ).

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


OPORTUNIDADES DA ECONOMIA
DO MAR PARA O ERJ
• Buscar alternativas para completar a cadeia produtiva do setor
de Turismo, principalmente o turismo de sol e praia no ERJ;

• Atividades marítimas portuárias, principalmente as relacionadas


com as atividades de O&G offshore e cabotagem (Açu, Niterói e
Maricá possuem vantagem locacional em relação ao pré-sal;
porto do Rio e de Sepetiba para cabotagem);

• Geração de energia elétrica por fontes alternativas renováveis


tais como: eólica offshore, ondas e de marés;

• Fornecimento de matéria-prima para indústrias químicas,


alimentícias, farmacêuticas e cosméticas.

• Com segurança jurídica e ambiental, o ERJ pode desenvolver


atividades de exploração e explotação de recursos minerais
marinhos.
IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO
A IMPORTÂNCIA DA MIP PARA
CALCULAR O PIB DO MAR DO ERJ

• De acordo com KILDOW E MCLLGORM (2010) compreender


a dinâmica das indústrias relacionadas ao mar, permite aos
governos informações mais consistentes para a elaboração
de políticas e ações específicas de adensamento destas
atividades nos estados defrontantes.

• Neste sentido, a produção de dados e informações


atualizadas, acessíveis e com qualidade é de suma
importância.

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO


A IMPORTÂNCIA DA MIP PARA
CALCULAR O PIB DO MAR DO ERJ

• A partir da definição das atividades que compõem a


Economia Azul, a metodologia de insumo-produto permite
calcular o PIB do Mar do estado do Rio de Janeiro.

• Mapear a estrutura produtiva da Economia do Mar do estado


do Rio de Janeiro.

• Mensurar os encadeamentos produtivos dos setores


relacionados com a Economia do Mar com os demais setores
produtivos do estado, do restante do Brasil e do mundo.

• Calcular os impactos diretos e indiretos da Economia Azul


sobre o PIB, renda, emprego, produção e arrecadação.

IMPACTOS DA COVID-19 NA ESTRUTURA PRODUTIVA DO RIO DE JANEIRO