Você está na página 1de 3

ONDULATÓRIA

As ondas são perturbações que se propagam pelo espaço sem transporte de matéria, apenas de energia.
O elemento que provoca uma onda é denominado fonte, por exemplo, uma pedra lançada nas águas de um rio
gerarão ondas circulares.
São exemplos de ondas: ondas do mar, ondas de rádio, som, luz, raio-x, micro-ondas dentre outras.
A parte da Física que estuda as ondas e suas características é chamada de ondulatória.

Componentes das ondas

 Vale: ponto mais baixo da onda. .( deslocamento máximo vertical- negativo )


 Crista: ponto mais alto da onda.( deslocamento máximo vertical- positivo )
 Amplitude: corresponde à altura da onda, marcada pela distância entre o ponto de equilíbrio (repouso) da
onda até a crista. Note que a “crista” indica o ponto máximo da onda, enquanto o “vale”, representa a ponto
mínimo.

 Comprimento de onda (λ): distância entre dois pontos consecutivos onde a perturbação se repete. Unidade
no SI: metro (m).

Conforme a figura , a distância entre duas cristas ou dois vales é definida como sendo o comprimento de onda,
podemos observar na figura que a distância entre uma crista e um vale define meio comprimento de onda.
Podemos então dizer que existem pontos de uma onda que oscilam em fase (concordância de fase) e outros com
diferença de fase (oposição de fase).

Em função do comprimento de onda, temos que:

 Concordância de fase: todos os pontos de uma onda separados por distâncias múltiplas do comprimento de
onda: d = λ, 2.λ, 3.λ, ..., n.λ (sendo n um número inteiro).
 Oposição de fase: todos os pontos de uma onda separados por distâncias múltiplas de meio comprimento de
onda: d = λ/2, 3.λ/2, 5.λ/2, ..., (2.n – 1).λ/2 (sendo n um número inteiro).

Conhecendo o Comprimento de Onda de um Trem de Ondas, podemos definir algumas grandezas físicas
importantes para o estudo das Ondas Periódicas.

Frequência (f): é a quantidade de ciclos realizados pela onda por unidade de tempo.
A frequência de uma onda não depende do meio de propagação, apenas da frequência da fonte que produziu a
onda Unidade no SI: Hertz (Hz = 1/s).

Período (T): tempo necessário para a onda completar um ciclo, ou seja, percorrer uma distância igual a um
comprimento de onda.
No sistema internacional, a unidade de medida do período é segundos (s).

As grandezas físicas Período e Frequência são inversas uma da outra ou seja: T = 1/f ou f = 1/T
Velocidade (v): relação do comprimento de onda com o período (ou com a frequência). A velocidade de uma
onda depende do meio em que ela está se propagando. Assim, quando uma onda muda seu meio de propagação,
a sua velocidade pode mudar.
V=λ.f ou v = λ/T
Tipos de Ondas

Quanto à natureza, há dois tipos de ondas:

Ondas Mecânicas: para que haja propagação, as ondas mecânicas necessitam de um meio material, por
exemplo, as ondas sonoras e as ondas em uma corda.
Ondas Eletromagnéticas: nesse caso, não é necessário que haja um meio material para que a onda se
propague, por exemplo, as ondas de rádio e a luz.

Classificação das Ondas

Segundo a direção de propagação das ondas, elas são classificadas em:

Ondas Unidimensionais: as ondas que se propagam em uma direção.


Exemplo: ondas em uma corda.
Ondas Bidimensionais: as ondas que se propagam em duas direções.
Exemplo: ondas se propagando na superfície de um lago.
Ondas Tridimensionais: as ondas que se propagam em todas as direções possíveis.
Exemplo: ondas sonoras.

As ondas também podem ser classificadas de acordo com a direção de vibração:

Ondas Longitudinais: a vibração da fonte é paralela ao deslocamento da onda.


Exemplo: ondas sonoras
Ondas Transversais: a vibração é perpendicular à propagação da onda.
Exemplo: onda em uma corda.

Velocidade de propagação em ondas unidimensionais

A velocidade de propagação de uma onda numa corda é dada por:


Na equação temos que:
- F é a tensão na corda
- μ é a densidade linear da corda μ=m/L
Exemplos:

1. Qual o período e a velocidade de propagação de uma onda que apresenta frequência de 8Hz e comprimento
de onda de 0,4 m?
Como o período é o inverso da frequência, então: T = 1/ 8 T = 0,125 s

Para calcular a velocidade usamos v=λ.f v= 5. 0,4 v= 2 m/s

2.. Na figura está representada a configuração de uma onda mecânica que se propaga com velocidade de 20
m/s.Determine a freqüência da onda.

Pela figura podemos perceber que λ/4 = 20 cm Logo λ = 80 cm = 0,8 m

Como v = λ . f e sabendo que v = 20 m/s, temos: 20 = 0,8 . f f = 20 / 0,8 f = 25 Hz


3. Uma onda é estabelecida em uma corda mostrada na figura ao lado. O ponto A destacado na figura oscila
com uma frequência f = 20 Hz. Determine:

a) O comprimento de onda 1,6 m

b) O período da onda T = 1/f = 1/20 = 0,05 s

c) A amplitude da onda 1,5 m

d) A velocidade de propagação v= λ . f v = 1,6 . 20 v =32 m/s

4. Bernardo produz uma onda em uma corda, cuja forma, em certo instante, está mostrada na Figura I. Nesta
primeira figura, o eixo das ordenadas mostra o deslocamento vertical de diferentes segmentos da corda, que tem
100 cm de comprimento, como informado no eixo das abscissas. A Figura II informa como varia a posição do
ponto X = 75 cm da corda no decorrer do tempo. Considerando-se as informações contidas nas figuras,
determine a velocidade de propagação da onda produzida por Bernardo.

O comprimento de onda pode ser obtido do gráfico de deslocamento por posição : λ = 50 cm


O período do gráfico de deslocamento por tempo : T = 0,50 s
Logo, a velocidade será v= λ/T v = 0,5 / 0,5 v= 1 m/s

5. Josué bate uma régua na superfície da água 10 vezes em 5,0 segundos e duas cristas consecutivas da onda
ficam separadas por 2,0 centímetros. Sendo assim, calcule a velocidade de propagação da onda.

λ = 2,0 cm f = 10 oscilações / 5,0 s = 2,0 Hz. V= 2,0 . 2 = 4 cm/s

6. O gráfico abaixo representa uma onda que se propaga com velocidade igual a 300m/s.

Determine:
a) a amplitude da onda
b)o comprimento da onda
c) a frequência

a) a amplitude da onda é dada pela distância da origem até a crista da onda,


A = 1,6 / 2 A = 0,8 cm

b) O comprimento de onda é: x . λ/4 = L ( comprimento da corda ) 6 . λ/4 = 2,25 λ = 1,5 cm = 0,015 m

c) v = λ . f 300 = 0,015 . f f = 20000 Hz

7. Suponha uma corda de 10 m de comprimento e massa igual a 500 g. Uma força de intensidade 300 N a
traciona, determine a velocidade de propagação de um pulso nessa corda.

L = 10 m m = 500 g = 0,5 kg

μ=m/L μ = 0,5 / 10 μ = 0,05 kg/m

v = √F/μ v = √300/0,05 v = √6000 v = 77 m/s

Você também pode gostar