Você está na página 1de 9

Guia Banca CACD 2018:

 História do Brasil
 Geografia
 Política Internacional

 Noções de Economia

 Noções de Direito e Direito Internacional Público

 Língua Francesa e Língua Espanhola

 História do Brasil
Por: Clipping -
Seção Extraordinária

Marcos Aurélio de Paula Pereira

Marcos Aurélio de Paula Pereira tem experiência acadêmica, principalmente, nos


seguintes temas:

 História Moderna;
 História Cultural;
 Brasil Colonial;
 Antigo Regime;
 Península Ibérica;
 História política.

Projeto de pesquisa atual: Metamorfoses de um império ultramarino: Um império


híbrido colonial. leituras de Portugal e Brasil entre 1808-1822: a pesquisa aborda
questões de identidade política do império ultramarino português a partir de meados do
século XVIII a até a a independência do Brasil com ênfase na mudança da sede do
império.
Um dos textos relevantes: As metamorfoses de um império: Portugal-Brasil da dinastia
de Bragança ao Império Híbrido colonial.
Neuma Brilhante Rodrigues

Já estava na banca do ano passado.


Neuma tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil Império,
atuando principalmente nos seguintes temas:

 Império,
 Trajetória de vida de Cunha Mattos, fundador do Instituto Histórico e
Geográfico Brasileiro (IHGB).
 Temas relacionados ao IHGB são extremamente valorizados pela Professora.

Norma Breda dos Santos

A professora Norma, de acordo com seu currículo, tem experiência na área de Relações
Internacionais, História das Relações Internacionais e Direito Internacional Público,
com as seguintes ênfases:

 Organismos internacionais,
 Multilateralismo,
 Política Externa Brasileira e
 História das Relações Internacionais do Brasil.

Podemos concluir que vêm questões de Política Externa Brasileira por aí, talvez com
ênfase na participação do país na Liga das Nações ou nas Nações Unidas. Além disso,
possui trabalhos de pesquisa a respeito da Organização Mundial do Comércio e das
relações do Brasil com o Oriente Médio.

Um dos textos relevantes:


Noventa Anos Depois de o Brasil ter Deixado Genebra, o Que Diz a Historiografia
sobre a Participação Brasileira na Liga das Nações (1920-1926)?
Geografia
Por: Clipping -
Seção Extraordinária

Everaldo Batista da Costa

O professor Everaldo atua em Geografia Urbana e Teoria e Métodos em Geografia, nos


temas:

 Urbanização e patrimonialização;
 Colonialidade e patrimônio-territorial na América Latina;
 Método e teoria em Geografia.

Integrou Comissão do Ministério da Educação - MEC para Avaliação do Ensino


Superior no Brasil. Já vimos nos últimos anos de terceira fase que ele costuma cobrar
questões de sua predileção acadêmica, como aquela questão sobre os Patrimônios
brasileiros.

Dois dos textos relevantes:


Utopismos patrimoniais pela América Latina, resistências à colonialidade do poder.

Ativação popular do patrimônio-territorial na América Latina: teoria e metodologia

Fernando Luiz Araújo Sobrinho

O professor Fernando tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo atuando


principalmente nos seguintes temas:

 Geografia,
 Turismo,
 Geografia do distrito federal e entorno,
 Desenvolvimento urbano e Brasília.
 É possível afirmar que a questão do ano passado sobre Brasília tenha sido de sua
autoria.
Projeto de pesquisa atual: Cidade, campo e transformações territoriais na rede urbana
do Brasil Central. A expansão e consolidação das diversas atividades relacionadas a
modernização agrícola recente tem provocado transformações territoriais, econômicas,
sociais e ambientais na região denominada Brasil Central. Esse conjunto regional foi e é
objeto de políticas públicas e intensas atividades relacionadas a produção de alimentos
para o mercado global. As cidades que compõem o Brasil Central a partir da década de
70 passaram e passam por intensas transformações ainda pouco estudadas e
compreendidas.

Dois dos textos relevantes:


A pequena cidade no esteio do agronegócio;
Verticalização urbana e autossegregação.

Política Internacional
Por: Clipping -
Seção Extraordinária

Alcides Costa Vaz

O professor Alcides possui experiência na área de Ciência Política, com ênfase em


Integração Internacional, Conflito, Guerra e Paz, atuando principalmente nos seguintes
temas:

 Política internacional contemporânea,


 Segurança internacional e regional,
 Defesa nacional,
 Economia política internacional,
 Integração regional,
 Evolução da política externa e
 Inserção internacional brasileira.

Projeto de pesquisa atual: Perspetivas de conflitividade no entorno estratégico


brasileiro. A agenda de pesquisa contempla temas como geopolítica e recursos naturais,
defesa cibernética, economia e base industrial de defesa. O objetivo geral do projeto é
analisar as dinâmicas afetas a áreas de interesse da Defesa Nacional e, em particular, do
Exército Brasileiro, que se expressam no Entorno Estratégico brasileiro - tal como
definido na Política de Defesa Nacional e na Estratégia Nacional de Defesa (América do
Sul e Atlântico Sul).

Dois dos textos relevantes:


Perspectivas da estabilidade regional à luz da implementação dos acordos de paz na
Colômbia e da crise venezuelana.
UNASUR, Brazil, and the South American defence cooperation: A decade later.

Ary Norton de Murat Quintella

O Embaixador Ary Norton de Murat Quintella é Diretor do Departamento de Ásia


Central, Meridional e Oceania do Itamaraty. Portanto, pode-se esperar assuntos afetos à
região na prova de terceira fase.

Norma Breda dos Santos

A professora Norma, que faz parte da banca de HB, também está presente na banca de
Política Internacional.

De acordo com seu currículo, tem experiência na área de Relações Internacionais,


História das Relações Internacionais e Direito Internacional Público, com as seguintes
ênfases:

 Organismos internacionais,
 Multilateralismo,
 Política Externa Brasileira e
 História das Relações Internacionais do Brasil.

É possível que tenhamos mais questões de história da política externa brasileira pela
frente. Mas também, uma forte linha de pesquisa da professora é multilateralismo e
comércio internacional.
Noções de Economia
Por: Clipping -
Seção Extraordinária

Daniel Klug Nogueira

Atualmente é analista de finanças e controle na Secretaria do Tesouro Nacional. Tem


experiência na área de Matemática, no ensino médio e superior, e na área de Economia,
com ênfase em Economia Matemática e Otimização.

Hélio Silva Filho

Ninguém menos que o Chefe da Divisão de Coordenação Econômica e Assuntos


Comerciais do MERCOSUL – MRE. Podemos esperar alguma questão, ou questões,
relacionadas:

 Ao comércio,
 À integração comercial mercosulina ou
 Aos acordos de comércio do Mercosul na atualidade.

Renato Coelho Baumann das Neves

É um dos co-autores do Manual do candidato da FUNAG em economia, de 2016, que


vem se tornando cada vez mais uma referência incontornável para o CACD. Tem
experiência na área de Economia, com ênfase em Relações do Comércio; Política
Comercial; Integração Econômica, atuando principalmente nos seguintes temas:

 Crescimento e desenvolvimento,
 Inserção internacional,
 Integração regional,
 Política comercial e
 Comércio internacional.

Um texto relevante:

Os novos bancos de desenvolvimento: independência conflitiva ou parcerias


estratégicas?
Noções de Direito e Direito Internacional
Público
Por: Clipping -
Seção Extraordinária

Jorge Luiz Fontoura Nogueira

Grande conhecido já nas bancas de 3ª fase do CACD. Vale mencionar que Jorge
Fontoura já foi árbitro do Tribunal Permanente de Revisão do Mercosul. Daí sua
predileção por questões mercosulinas.

Sua última publicação continua sendo “Do direito do mar e de seus avatares: a
plataforma continental brasileira”. Nesse artigo, o autor faz um levantamento histórico
da constituição da Plataforma Continental brasileira até o mais recente requerimento de
expansão por meio do Levantamento da Plataforma Continental Brasileira (LEPLAC),
junto à Comissão das Nações Unidas sobre o Direito do Mar.

Diogo Palau Flores dos Santos

O professor Diogo tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito


Constitucional, Direito Processual Civil, Direitos Sociais e Direitos Coletivos, atuando
principalmente nos seguintes temas:

 Administração pública,
 Direitos fundamentais,
 Direito processual,
 Processos judiciais e eficiência. Segue a tendência de questões de direito interno
na terceira fase.

Projeto de pesquisa atual: Refugiados no Brasil e inserção no mercado de trabalho. O


principal objetivo do presente projeto de pesquisa é compreender o cenário dos
refugiados no Brasil e propor a efetivação dos direitos constitucionais aos quais os
refugiados devem ser abrangidos, através de:

 políticas de incentivo à contratação de refugiados;


 implementação de um banco de dados nacional único que disponibilize as
habilidades e formação dos refugiados e as vagas ofertadas por empregadores
dispostos a contratá-los;
 busca de uma maneira mais rápida e menos burocrática e onerosa de concessão
de vistos de permanência para os refugiados, a partir do Direito Comparado.

João Ernesto Christófolo

É diplomata do Ministério das Relações Exteriores, tendo servido na Missão


Permanente do Brasil em Genebra e nas Embaixadas em Bogotá e Hanói. É professor
assistente de Política Internacional do IRBr e lecionou Direito Internacional Público no
Instituto de Ensino Superior de Brasília (IESB).

Letícia Frazão Alexandre de Moraes Leme

Diplomata de carreira, Letícia Frazão é mais uma especialista em Comércio


Internacional. Em uma rápida pesquisa, encontramos uma publicação muito importante:
O Tratamento Especial e Diferenciado dos Países em Desenvolvimento: Do GATT à
OMC.

Língua Espanhola
Por: Clipping -
Seção Extraordinária

Dulce Maria Cassilha Andrigueto

A professora Dulce já foi docente do Curso de Formação do Instituto Rio Branco, na


disciplina de Espanhol Diplomático. Dessa forma, é conhecedora do concurso e das
exigências da prova.

Maria Luisa Ortíz Alvarez

A professora Maria Luisa, atualmente na UNB, tem um currículo tão vasto que não
adiantaria tentar encontrar uma especialidade.
Um texto relevante:
(Des)marcando fronteras y (des)construyendo identidades: las prácticas socioculturales
discursivas de provérbios latinoamericanos. Contextos.

Língua Francesa
Por: Clipping -
Seção Extraordinária

Alice Maria de Araújo Ferreira

É doutora em Linguística (Para um vocabulário da obra de Milton Santos USP 2000) e


fez pós-doutorado sobre Tradução Etnográfica (UFBA-2016).

Sophie Céline Guerin Mateus

A professora Sophie Céline é membro da Aliança Francesa de Brasília e pesquisadora


da UnB. A professora possui trabalhos que giram sobretudo em torno de Guimarães
Rosa, com trabalhos a respeito de Grande Sertão: Veredas.