Você está na página 1de 12

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

ANO LETIVO 2018/2019

A PREENCHER PELO ESTUDANTE


NOME COMPLETO
___________________________________________________________________________
Documento de identificação: CC Nº| _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | | _ | | _ | _ | _ |
RUBRICAS DOS PROFESSORES VIGILANTES

ou BI Nº| _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | Emitido em (localidade) _____________________

ASSINATURA DO ESTUDANTE A PREENCHER PELA ESCOLA


__________________________________________________________________
Nº CONVENCIONAL

PROVA DE Ciências Naturais CÓDIGO |_|_|_|

3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 1ª FASE Nº CONVENCIONAL

PROVA DE Ciências Naturais CÓDIGO |_|_|_|

A PREENCHER PELO PROFESSOR CLASSIFICADOR

CLASSIFICAÇÃO EM PERCENTAGEM |_|_|_| (________________________________________ POR


CENTO)

CORRESPONDENTE AO NÍVEL |__| (____________)


ASSINATURA DO PROFESSOR CLASSIFICADOR A PREENCHER PELO
AGRUPAMENTO
____________________________________________________
Nº CONFIDENCIAL DA
OBSERVAÇÕES:________________________________________________ ESCOLA
_____________________________________________________________

ATENÇÃO: NÃO ESCREVA O SEU NOME OU QUALQUER ELEMENTO QUE O IDENTIFIQUE


NOUTRO LOCAL DA PROVA, SOB PENA DE ESTA SER ANULADA.

INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS PARA A ELABORAÇÃO DA PROVA

• Leia todas as questões e responda-lhes com a máxima atenção.


• Responda no enunciado a caneta ou esferográfica de tinta preta indelével.
• Numas questões, tem de escolher uma opção, assinalando com um X o quadrado
correspondente à resposta correta.
Se se enganar, risque e volte a colocar X no quadrado que considere certo.
• Noutras questões, tem de ordenar elementos, numerando os círculos correspondentes.
Se se enganar, risque e volte a escrever o número que considerar certo.
• Noutras questões, tem de escrever a resposta.
Se se enganar, risque e escreva a nova resposta.
• Pode ainda haver questões de outro tipo; por isso, leia sempre com cuidado as instruções.
• Se acabar antes do tempo, releia as suas respostas.

LEIA CUIDADOSAMENTE TODO O ENUNCIADO, ANTES DE COMEÇAR A RESPONDER.

Prova 10/1.ª Fase  Página 1/ 12


GRUPO I

Lê com atenção o texto seguinte e observa a figura 1.

O vulcão de Santa Helena é o vulcão mais ativo da costa oeste dos EUA. A sua atividade
vulcânica está associada ao contexto tectónico desta região (figura 1). Tem uma história rica e complexa,
com mais de 275 000 anos, e erupções com episódios violentos que alternaram com erupções mais
efusivas.
A erupção recente mais violenta ocorreu no dia 18 de maio de 1980. Diversos indícios
antecederam a erupção, nomeadamente a libertação de “pequenas” nuvens de cinzas, que chegaram a
atingir os 3000 m de altitude, o aumento da temperatura dos gases expelidos nas fumarolas e sismos
mais intensos.
No dia 1 de abril de 1980, o registo sísmico mudou radicalmente: o número de sismos aumentou,
tornando-se mais frequentes, menos intensos e mais rápidos. Este registo não é típico de sismos com
origem em falhas tectónicas e revelava que o magma estava a ascender na câmara magmática.

Vulcão de Santa Helena

Placa Juan de Fuca Placa norte-


americana

Acumulação do
magmana base da crusta
Formação do magma

Figura 1: Esquema representativo do vulcanismo no monte de Santa Helena.

1. Na resposta a cada um dos itens de 1.1. a 1.4., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

1.1. Classifica corretamente as afirmações que se referem ao vulcanismo.

1. Numa erupção vulcânica podem ser libertados materiais sólidos, líquidos e gasosos.
2. O cone vulcânico é uma estrutura característica dos vulcões do tipo fissural.
3. O magma é lava mais pobre em gases.

(A) 1 é falsa, 2 e 3 são verdadeiras.


(B) 3 é falsa, 1 e 2 são verdadeiras.
(C) 1 é verdadeira, 2 e 3 são falsas.

Prova 10/1.ª Fase  Página 2/ 12


(D) 3 é verdadeira, 1 e 2 são falsas.

1.2. O vulcão de Santa Helena situa-se nas proximidades de um limite…


(A) …divergente, com afastamento das placas tectónicas.
(B) …divergente, com subducção de uma das placas tectónicas.
(C) …passivo, com afastamento das placas tectónicas.
(D) …convergente, com subducção de uma das placas tectónicas.

1.3. As erupções do vulcão Santa Helena descritas no texto são do tipo…


(A) …efusiva, com libertação de nuvens de cinzas.
(B) …explosiva, com projeção violenta de piroclastos.
(C) …mista, com alternância de erupções mais violentas com erupções mais calmas.
(D) …explosiva, com alternância de erupções violentas com erupções calmas.

1.4. Na figura 1 as placas litosféricas deslocam-se devido…


(A) …ao movimento de rotação da Terra.
(B) …às correntes de convecção da astenosfera.
(C) …às correntes de convecção do núcleo.
(D) …à força da gravidade da Terra.

2. Minimizar os riscos e potenciar os benefícios da atividade vulcânica é um grande desafio para o


Homem.
Indica dois riscos e dois benefícios para o Homem associados ao vulcanismo.

Prova 10/1.ª Fase  Página 3/ 12


GRUPO II

Lê com atenção o texto seguinte e analisa a figura 2.

A iguana-marinha, Amblyrhynchus cristatus, é o único lagarto do mundo com hábitos marinhos e


uma das muitas extraordinárias espécies que se podem encontrar no arquipélago das Galápagos. Vive
em zonas rochosas da beira-mar e alimenta-se de algas que apanha quer na zona de rebentação quer
mergulhando junto à costa. A iguana-marinha pode passar apenas um
tempo limitado no mar frio, onde mergulha para alcançar as algas. As
águas são extremamente frias, o que faz a iguana perder calor. Após
estes mergulhos, retornam ao habitat para aquecer ao sol. A atividade
destes lagartos diminui entre o meio-dia e a noite. Antes do pôr-do-sol,
as iguanas retiram-se para debaixo de fendas ou pedras, onde ficarão
em repouso até ao início do outro dia.

Figura 2: Gráfico representativo da variação da temperatura da iguana-marinha, no oceano e nas rochas.

3. Classifica cada uma das afirmações seguintes como verdadeira (V) ou falsa (F), tendo em conta os
dados fornecidos.
A. A temperatura corporal da iguana no momento em que sai da água é de 30 ºC.
B. Não há relação entre os batimentos cardíacos da iguana e a temperatura corporal.
C. A temperatura corporal atingiu o valor mínimo aos 40 minutos.
D. A atividade da iguana não é influenciada pela luz do sol.
E. A temperatura corporal da iguana pode variar 15 ºC em menos de 1 h.
F. Quanto mais elevada for a temperatura corporal maior é o número de batimentos.
Prova 10/1.ª Fase  Página 4/ 12
G. A iguana Amblyrhynchus cristatus está bem adaptada a ambientes de água doce.
H. A temperatura da água condiciona o valor da temperatura corporal da iguana.
4. Na resposta a cada um dos itens de 4.1. a 4.4., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

4.1. As iguanas, como … uma temperatura corporal constante, classificam-se como…


(A) têm (…) animais poiquilotérmicos.
(B) não têm (…) animais poiquilotérmicos.
(C) não têm (…) animais homeotérmicos.
(D) têm (…) animais homeotérmicos.

4.2. A variação do número de batimentos cardíacos da iguana é uma … a um fator…


(A) adaptação comportamental (…) abiótico.
(B) adaptação fisiológica (…) abiótico.
(C) adaptação fisiológica (…) biótico.
(D) adaptação física (…) biótico.

4.3. Nos oceanos, como em qualquer ecossistema, …


(A) …a matéria é continuamente reciclada.
(B) …a matéria, tal como a energia, perde-se nas transferências de ser vivo para ser vivo.
(C) …a energia é totalmente aproveitada nas transferências de ser vivo para ser vivo.
(D) …há muita matéria que se perde, não sendo reciclada.

4.4. As algas de que se alimentam as iguanas são seres vivos …, e formadas por células…
(A) pluricelulares (…) que apresentam cloroplastos.
(B) unicelulares (…) em que a maior percentagem do DNA se encontra no núcleo.
(C) pluricelulares (…) cujo DNA se encontra disperso no citoplasma.
(D) pluricelulares (…) que não possuem organelos celulares.

5. Um estudo feito por investigadores do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos da América mostrou que
pequenos peixes que vivem a uma profundidade intermédia do Oceano Pacífico Norte ingerem uma
quantidade estimada entre 12 mil e 24 mil toneladas de plástico por ano.
Explica a razão desta situação e apresenta uma solução para este problema.

Prova 10/1.ª Fase  Página 5/ 12


GRUPO III

Lê o texto seguinte e analisa a figura 3.

O organismo humano é constituído por vários sistemas que desempenham funções específicas,
mas que atuam coordenadamente, de forma a assegurar o bem-estar do indivíduo. Na figura 3 é possível
observar diversos órgãos pertencentes aos sistemas cardiorrespiratório e digestivo.

2
3
4

5
6
7

Figura 3: Órgãos constituintes do organismo humano.

6. Faz corresponder cada uma das descrições seguintes ao respetivo número da figura 3. Utiliza cada
letra e cada número apenas uma vez.
A. Órgão produtor de insulina.
B. Neste órgão ocorre a absorção da maioria das substâncias resultantes da digestão.
C. A principal função deste órgão é permitir as trocas gasosas entre o sangue e o ar alveolar.
D. Os alimentos sofrem digestão física e química, a pH ácido.
E. As substâncias não absorvidas formam as fezes.
F. Responsável pelo bombeamento do sangue.
G. Músculo que contrai durante a inspiração.
H. Órgão por onde o ar é encaminhado até aos brônquios.

Prova 10/1.ª Fase  Página 6/ 12


7. Na resposta a cada um dos itens de 7.1. a 7.4., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

7.1. Após a refeição feita à base de proteínas, hidratos de carbono e lípidos, a análise de uma amostra do
conteúdo alimentar de um determinado órgão do sistema digestivo indica a presença de moléculas de
aminoácidos, ácidos gordos, glicerol e glicose. Podemos admitir que a amostra foi retirada…
(A) …do intestino delgado.
(B) …da boca.
(C) …do estômago.
(D) …do intestino grosso.

7.2. A digestão de proteínas inicia-se...


(A) …na boca.
(B) …no estômago.
(C) …no intestino delgado.
(D) …no intestino grosso.

7.3. Na figura 3 o algarismo 5...


(A) …assinala um órgão anexo do sistema digestivo.
(B) …indica um órgão onde se inicia a digestão do amido.
(C) …indica um órgão que faz parte do tubo digestivo.
(D) …assinala o órgão onde se forma o quilo.

7.4. O fígado participa na digestão, ao produzir…


(A) …a bílis, constituída por diversas enzimas que atuam na digestão de hidratos de carbono.
(B) …uma secreção rica em enzimas que digere as gorduras.
(C) …diversas enzimas que atuam na digestão de proteínas.
(D) …a bílis que facilita a digestão de gorduras.

Prova 10/1.ª Fase  Página 7/ 12


GRUPO IV

O sangue percorre o organismo humano, em circuito fechado, movimentado por um órgão


propulsor (figura 4).

Figura 4: Morfologia interna do coração humano.

8. Na resposta a cada um dos itens de 8.1. a 8.2., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

8.1. Os algarismos 1, 2, 5 e 9 da figura 4 correspondem, respetivamente…


(A) …à veia cava superior, artéria aorta, aurícula direita e ventrículo esquerdo.
(B) …ao ventrículo esquerdo, aurícula direita, artéria aorta e veia pulmonar.
(C) …à veia cava superior, aurícula direita, artéria aorta e ventrículo esquerdo.
(D) …ao ventrículo esquerdo, artéria aorta, aurícula direita e veia pulmonar.

8.2. No organismo humano, circula sangue venoso…


(A) …no ventrículo direito, nas veias pulmonares e nas veias cavas.
(B) …na aurícula direita, nas artérias pulmonares e nas veias cavas.
(C) …na aurícula esquerda, nas veias pulmonares e na artéria aorta.
(D) …na aurícula esquerda, nas artérias pulmonares e na artéria aorta.

9. Ordena as letras de A a E de modo a reconstituir, parcialmente, a circulação que permite a oxigenação


renal. Inicia a sequência pela letra A.
A – Ventrículo esquerdo
B – Veia cava inferior
C – Aurícula direita
D – Artéria aorta
E – Rins

Prova 10/1.ª Fase  Página 8/ 12


10. O colesterol elevado é um dos principais fatores de risco das doenças cardiovasculares.
Explica de que forma este fator contribui para a ocorrência de um enfarte do miocárdio ou ataque
cardíaco.

Prova 10/1.ª Fase  Página 9/ 12


GRUPO V

Analisa a figura 5 que ilustra a resposta do organismo perante uma situação de stresse.

Figura 5: Resposta do

11. Na resposta a cada um dos itens de 11.1. a 11.3., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.
Escreve, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

11.1. O estímulo foi recebido por células sensoriais localizadas na … e conduzido por nervos … até ao
sistema nervoso central.
(A) músculos das pernas (…) sensitivos
(B) retina do olho (…) sensitivos
(C) músculos das pernas (…) motores
(D) retina do olho (…) motores

11.2. A integração da mensagem no sistema nervoso central ocorreu ao nível … e a mensagem nervosa
para os órgãos efetores foi conduzida por nervos….
(A) da medula espinal (…) sensitivos.
(B) da medula espinal (…) motores.
(C) do cérebro (…) sensitivos.
(D) do cérebro (…) motores.

Prova 10/1.ª Fase  Página 10/ 12


11.3. A ativação da musculatura esquelética na situação de stresse ilustrada na figura 5 resultou da
transmissão de mensagens nervosas via sistema nervoso periférico … uma vez que se trata de uma
ação...
(A) autónomo (…) consciente e voluntária.
(B) somático (…) consciente e voluntária.
(C) autónomo (…) inconsciente e involuntária.
(D) somático (…) inconsciente e involuntária.

12. O curare é um termo genérico para o veneno das flechas usado pelos índios na América do Sul. Este
veneno pode causar a paralisia total do indivíduo e conduzir à morte por asfixia e paragem cardíaca. O
modo de atuação do curare está relacionado com o fato de competir com a acetilcolina (péptido
neurotransmissor) pelos receptores das células musculares impedindo, deste modo, a ação deste
neurotransmissor (figura 6).
O curare impede, assim, a ligação da acetilcolina aos recetores das células musculares, impossibilitando
a contração do músculo.

Figura 6: Ligação da acetilcolina aos recetores das células musculares (A) e ação do curare (B).

12.1. Explica por que razão os indivíduos envenenados com curare acabam por morrer por asfixia e
paragem cardíaca.

FIM
Prova 10/1.ª Fase  Página 11/ 12
COTAÇÕES

Grupo I
1.1. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
1.2. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
1.3. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
1.4. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
2. …………………………………………..……………………………………………. 4 pontos
20 pontos
Grupo II
3. ………………………………………………………………………………………… 4 pontos
4.1. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
4.2. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
4.3. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
4.4. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
5. ………………………………………………………………………………………… 4 pontos
24 pontos
Grupo III
6. …………………………………………………………………………………………
4 pontos
7.1. ………………………………………………………………………………………
4 pontos
7.2. ………………………………………………………………………………………
4 pontos
7.3. ………………………………………………………………………………………
4 pontos
7.4. ………………………………………………………………………………………
4 pontos
20 pontos
Grupo IV
8.1. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
8.2. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
9. ………………………………………………………………………………………… 4 pontos
10. ………….…………………………………………………………………………… 6 pontos
18 pontos
Grupo V
11.1. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
11.2. ……………………………………………………………………………………… 4 pontos
11.3. ……………….…………………………………………………………….……….. 4 pontos
12.1. ……………….…………………………………………………………….…….…. 6 pontos
18 pontos

TOTAL 100 pontos

Prova 10/1.ª Fase  Página 12/ 12

Você também pode gostar