Você está na página 1de 51

1

LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL


Dados Internacionais de Catalogação Publicação Digital livro

LIVRO BATALHA ESPIRITUAL

São Paulo 21/10/2012

51 Páginas

As citações bíblica utilizadas neste livro foram extraídas

Da versão Almeida revista e corrigida (ARC), salvo

Indicação especifica, e visam incentivar a leitura das Sagradas Escrituras.

É proibida a reprodução total ou parcial do texto deste

Livro por quaisquer meios (mecânicos, eletrônicos,

Xerográficos, fotográficos etc ) indicação da fonte bibliográfica.

Este livro está de acordo com ortográfica, que entrou em vigor a parti de 2012

Editora Central Digital Books Ltda

1º edição 2012

Escritor : Carlos Alberto c da silva

Celular : (11)95725-5927

Editora books

A Books tem consciência ambiental e só trabalha com empresas que utilizam papel

de reflorestamento, fazendo com que os seus livros não agridam à natureza.

Copyright © 2013 Books

2
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ Capítulo 1) ENTRANDO NA BATALHA

➢ Capítulo 2) A GRANDE BATALHA NAS REGIÕES CELESTIAIS

➢ Capítulo 3) A GRANDE BATALHA ACONTECE NA NOSSA MENTE

➢ Capítulo 4) A GUERRA ENTRE A IGREJA E O INFERNO

➢ Capítulo 5) GUERRA: A VERDADE DO NOVO TESTAMENTO POVO DE

GUERRA

➢ Capítulo 7) LUTANDO CONTRA O INVISIVEL

➢ Capítulo 8) COMBATENDO O INIMIGO

➢ Capítulo 9) AS TRES FORÇAS ARMADAS DO MAL

➢ Capítulo 10) PERIGO ESPIRITUAL

➢ Capítulo 11 ) LADRÃO SÓ VEM PARA ROUBAR

➢ Capítulo 12) A PALAVRA É UM INSTRUMENTO DE DEFESA

➢ Capítulo 13) VENCENDO O DIABO

➢ Capítulo 14) AS PORTAS DO INFERNO TÊM QUE CAIR

➢ Capítulo 15) O CARNAL, INIMIGO DO ESPIRITUAL

➢ Capítulo 16) MINISTÉRIO DA INTERCESSÃO

➢ Capítulo 17) É NECESSÁRIO SER INTERCESSOR

3
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
INTRODUÇÃO:

Neste livro vou fala sobre A BATALHA ESPIRITUAL, podemos notar que as igreja, os crentes

têm ignorado totalmente esta batalha. Por isso nós temos visto que há uma grande queda

na vida Espiritual da igreja.

Guerra espiritual

Vivemos essa guerra no campo espiritual todos os dias, ações acontecem para nos atingir,

muitas vezes usando da nossa própria limitação para nos fazer cair e perder a guerra.

As guerras espirituais acontecem e podemos sentir quando, por exemplo, somos tentados a

cair e viver no pecado ou quando somos atingidos com a indiferença a Deus e ao nosso

próximo porque o inferno não quer que sejamos a expressão de Jesus nesse mundo que já

está nele: “Estamos cientes de que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno”

(1ª João 5.19).

é para alertar a igreja.

Vamos ver segundo a Palavra de Deus qual a causa da Igreja e dos crentes ignorara esta

batalha. ( Lucas.11: 52; Mateus 23: 13. ) Vemos muitas vezes na igreja muitos pregadores

pelas suas palavras de sabedoria humana chamar o diabo de bobo e tentar humilha-lo. Mas

os homens de Deus não agiram assim no passado.( Juda. 9; Zacarias . 3: 1 e 2; 1 Pedro . 2: 11

a 13.)

A Palavra de Deus nos mostra claramente que em momento algum nós devemos ignorar ou

subestimar o inimigo. Pois ele é muito astuto, e mais em uma guerra não se subestima o

inimigo seja ele quem for.( 2 Coríntios 2: 10 e 11.)

A Palavra de Deus nos ensina como vence-lo. Para vencer o inimigo não é com palavra de

sabedoria humana,

mas fazendo a vontade de Deus (Tiago . 4: 7; 1 Pedro. 5: 9.)

O que devemos fazer para que o diabo venha a fugir de nós.

4
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
( Marcos 9: 28 e 29.)

Porque muitos estão dentro das igrejas, ouvem a Palavra de Deus, mas não há nenhuma

Transformação em suas vidas. ( 2 Coríntios 3 e 4.) O que acontece com estas pessoas, como

satanás as impede de crer no Evangelho ( Lucas 8: 5 e 12)

Muitas vezes nos encontramos com alguns que se dizem nossos irmãos mas na verdade não

o são. Pois os seus frutos os negam ( Mateus 7: 18 e 19) Porque existem esses tipos de

irmãos, ou que se dizem irmão. O que devemos fazer? Tira-los do nosso meio? ( Mateus .

13: 36 a 42)

Porque as igrejas e o seus lideres devem tomar muito cuidado para oferecer cargos para

novos irmãos na fé. ( 1 Timóteo . 3: 6 e 7.)

Hoje o que mais vemos é irmãos contra irmãos, uns fazendo contendas de outros, julgando,

perseguindo, e dizem estar lutando contra o diabo

( Efesios . 6: 11 e 12. )

Segundo o que nos mostra a Palavra de Deus o diabo age dentro da igreja com toda a

liberdade, por isso temos que tomar todo o cuidado.

( 1 Pedro . 5: 8.)

A Palavra de Deus nos da um grande exemplo de como temos que vigiar.

Pois um descuido nosso e podemos nos tornar instrumento do diabo.

( Mateus . 16: 20 a 23.)

5
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Ultimamente o que mais temos visto é muitos movidos pela sua própria sabedoria tem se

tornado instrumento do Satanás. ( 2Pedro . 2: 1 a3; 1 João. 4: 1.) Devemos tomar muito

cuidado com os falsos obreiros, pois na verdade são lobos devoradores em pele de ovelha. (

Mateus 7: 15; 2 Coríntios. 11: 13 a 15.)

Atualmente notamos que há um certo liberalismo nas igrejas, não há combate contra o

pecado. E a igreja se torna presa fácil para o inimigo. ( 1 João. 3: 8 )

Se olharmos a vida de Jó, e para a vida de Pedro, vamos ver que em todos os momentos

Satanás está pedindo permissão a Deus para atacar as nossas vidas. Por isto não podemos

ignora-lo.( Jó 1: 6 a 11; Lucas 22: 31 a 32.)

A Palavra de Deus nos ensina que devemos viver uma vida imaculada, irrepreensível diante

de Deus. Por que o diabo é o nosso acusador.( Apocalipse 12: 10. ) Mas Deus não chamou a

igreja para ser derrotada pelo diabo, mas Deus a chamou para ser vencedora. ( Mateus . 16:

18 a 19.)

O Senhor Jesus capacitou a igreja e deu a ela poder.( Lucas . 10: 19 a 20. ) Muitos querem

vencer o inimigo com palavras persuasivas, mas com este tipo de palavras não podemos

vencer. ( 1 Coríntios. 4: 20; I Coríntios 2: 4 e 5.)

Deus chamou a igreja à capacitou para poder tirar, resgatar as almas das mãos de Satanás. (

Atos . 26: 16 a 18.) A igreja do Senhor possui armas para derrotar as forças do inimigo.

Quem nos afirma é a própria Palavra.2 coríntios. 10: 3, 4 e 5. Ex: DANIEL. 10: 2 a 12.

O que podemos esperar do nosso REI nesta batalha. Romanos . 16: 20.

6
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 1

➢ ENTRANDO NA BATALHA

Todo crente deve e tem que entender, que quando ele aceita a Jesus como Senhor e Salvador

da sua vida, ele declarou guerra contra satanás. Por isto ele deve entrar para valer.( Lucas

14: 28 a 3 )

1ª PARTE: COMISSÃO

Para está batalha, ou guerra Jesus tem comissionado discípulos. Assim como Jesus

comissionou os discípulos ele continua o mesmo. Pois ele continua separando obreiro, ou seja

guerreiros para está guerra. ( Hebreus 13: 8; Mateus . 28: 19.)

O primeiro passo daqueles que Jesus comissionou é pregar o evangelho. Pois nesta batalha o

evangelho é uma arma poderosa contra o mau. ( Marcos. 16: 15; Romance . 1: 16.)

Os guerreiros que Jesus comissionou não devem desviar a sua mensagem da cruz. Fazendo

com que o centro da sua pregação seja a Cruz do Calvário. ( 1 Coríntios . 1: 18.)

Pois foi na cruz do calvário que foi a derrota de Satanás. Foi lá que Jesus venceu a Satanás. (

Colossenses 2: 15.)

Aquele que foi comissionado por Jesus para está batalha não deve ter a sua pregação

baseada em sabedoria humana. Mas a sua pregação deve ser dada pelo Espírito Santo. ( 1

Coríntios . 2: 4,5.)

2ª PARTE: VESTINDO AS ARMADURAS

O crente deve estar nesta batalha como um soldado está em uma guerra. Preparado para

atacar e defender. ( Efésios 6: 1 a13.)

7
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Para atacar, o crente estar preparado com as armas. E as nossas armas são espirituais:

1ª ARMA: O NOME DE JESUS. IJO. 3: 8; Fp. 2: 8 a 10; Mc. 16: 17, 18; Jõ. 14: 12a 14.

2ª ARMA: A PALAVRA DE DEUS. Hb. 4: 12; Is. 15: 23; Mt. 24: 35; Lc. 4: 10 a 13.

3ª ARMA: A ORAÇÃO. II Cr.7: 14; Sl.65: 2; Mt. 21: 22.

Para defender é necessário que o crente esteja vestido com os equipamentos de defesa. Ef. 6:

14 ao 18. É necessário que nesta batalha o crente seja verdadeiramente um novo homem.

Pois somente um novo homem pode atacar e defender com autoridade e segurança. Ef. 4: 22

a 32. Nesta batalha o crente deve sempre lembrar que ele é uma nova criatura, e que as

coisas velhas já passaram. E Deus já não se lembra dos tempos da ignorância. IICo 5:17;At.17:

30; Is. 43: 25.

3ª PARTE: A BATALHA

O crente anda em seu corpo físico, o corpo carnal, mas está batalha é travada no mundo

espiritual. Portanto somente os crentes espirituais podem entrar nesta batalha e sair

vencedor.Ef. 6: 12; Rm. 8: 1.

As armas desta guerra não são carnais. Portanto os que são carnais não saberão manejar

estas armas que são: O nome de Jesus; A Palavra de Deus e a Oração. ICo. 10: 34.

As fortalezas a ser destruídas são as obras que o diabo vive arrumando para derrubar o

crente. 1joão. 3: 8. Embora muitos crentes ignorem as armações do diabo, ele está a todo o

momento tentando derrubar o crente. IPd.5:8.

O crente para vencer o diabo nesta batalha, ele não precisa fazer muita coisa. É só estar

sujeito a vontade de Deus e resistir firme na fé usando as armas espirituais que o diabo tem

que bater em retirada. 1 Pedro . 5: 9; Tg. 4: 7.

O crente que é espiritual, verdadeiramente crente, está debaixo da vontade de Deus, o

crente pode entrar tranqüilo nesta batalha.. Pois está é a única batalha que nós já entramos

vitoriosos. ICo. 15: 57; Rm. 8: 37.

8
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 2

➢ A GRANDE BATALHA NAS REGIÕES CELESTIAIS (EF. 6:10-12)

A Batalha Espiritual é uma realidade, e ela acontece nas Regiões Celestiais. Se os nossos olhos

pudessem contemplar esta batalha, íamos ficar tremendamente impressionados. Mas só

podemos ver através de uma vida Espiritual, somente vivendo em Espírito poderemos

entender o que acontece nas Regiões Celestiais. I Co. 2: 6 ao 15.É obrigação das igrejas

ensinar sobre a Batalha Espiritual, pois ela faz parte das doutrinas do Evangelho do Senhor

Jesus. Lc. 22: 31 e 32; I Pd. 5: 8. Talvés as igrejas não ensinem sobre a Batalha Espiritual

porque seus líderes tenham mais conhecimento das coisas deste mundo, por exemplo:

Prosperidade, doutrinas das aparências humanas, ou doutrinas fundamentadas nas emoções

e não na Palavra Verdadeira, não tendo nenhum conhecimento do Reino Espiritual. OS. 4: 6a;

II Co. 4: 3 e 4; Jr. 2: 12 -13 e 14.

Alguns podem até ter conhecimento, mas por medo preferem fazer aliança com o inimigo e

vindo assim a ter paz com o inimigo. Tipo nós não o incomodamos, e vocês não nos

incomoda. IS. 28: 15; Lm. 1: 16. Pode ser que os líderes prefiram mais o descanso, pois a

Batalha Espiritual da um grande cansaço. Pois têm que orar, jejuar, evangelizar, e trás muita

luta. Bobagem é melhor ficarmos sossegados. Zc. 1: 7 ao 15; Ez. 38: 11. Ou dormindo Rm. 13:

11 e 12; Ef. 5: 14 e 17.

ESTUDANDO INIMIGO:

Para falarmos de batalha temos que estudar o inimigo, ver onde e como ele age. Em primeiro

lugar o inimigo ao contrário do que muitos dizem, é muito organizado e respeita hierarquia.

SATANÁS:

Líder máximo, conhecido o Lúcifer, anjo de luz, controla o mundo inteiro. Alguém pode

perguntar: Como o mundo, o mundo não é de Deus? Deus deu aos filhos dos homens, mas

por causa do pecado e a da rebeldia do homem, o controle está nas mãos de Satanás. Ele que
9
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
faz de tudo para atingir o reino de Deus. I Ts. 2: 4; I Jõ.5:1 Jõ. 14: 30. OBS. Satanás não possui

corpo humano.

PRINCIPADO:

São vários e ocupa o segundo lugar na escala hierárquica. São príncipes designados por

Satanás para comandar Nações, e grandes regiões. Dn. 10: 1 ao 3; Ap. 12: 1 ao 7. OBS.

Principado também não possui o corpo humano. O Principado tem como marca nos seus

domínios, através da religião predominante no país, nações de maioria idolatra, e também

outras religiões que dominam o país; Por exemplo, o Brasil é controlado por um principado.

Ou não? Qual a religião que predomina no país? A religião no Brasil está de acordo com a

Palavra de Deus? Sl. 33: 12. Então podemos dizer que o Brasil está contra Palavra de Deus! IS.

44: 9 ao 20; Rm. 1: 18 ao 32; Dt. 32: 21 ao 24; Sl. 9: 17.

POTESTADES:

Demônios que tem autoridade e poder, e que ocupa o terceiro lugar na hierarquia de

Satanás. OBS. Potestade não possui o ser humano. I Co. 15: 19 ao 25. A Potestade está

debaixo da liderança do Principado. E segue as mesmas marcas do Principado. Controla

regiões, cidades e bairros. Como reconhecer se o lugar é controlado pelas potestades? As

marcas são rebelião contra a Palavra e contra o Senhor. O lugar é marcado com grandes

templos da idolatria, uma grande imagem em montes, ou na entrada das cidades, terreiros

de macumbarias, e grandes pontos de tráficos de drogas. I Sm. 15: 22 e 23; Ed. 4: 15.

PODERES DESTE MUNDO:

Estes possuem o ser humano, são demônios que tem poder através de vidas que ocupam

cargos de poder como: Lideres religiosos, políticos, pai de santo e chefe de trafico de

drogas.Na Bíblia estes demônios além do próprio Satanás estiveram o tempo todo atrás de

Jesus tentando destruí-lo. E hoje ele tenta o tempo todo por ordem da potestade destruir a

igreja e os crentes. Ap. 12: 1 ao 5; Mt. 2: 13 ao 16; At. 12: 1 ao 5.

HOSTES ESPIRITUAIS DA MALDADE:

10
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
São demônios que agem em pessoas comum, principalmente para tirar a vida, são

conhecidos como ladrão. Jõ. 10: 10. As suas marcas são: a violência, as tragédias, e as

doenças. Recebem ordem para agir em templos, terreiros e através de seitas. E agem

também através de pactos do passado, pactos de maldições. (Possuir ser humano).

PAPEL DA IGREJA NESTA BATALHA:

Cabe a igreja se levantar contra estes inimigos, é papel da igreja anular e destruir estas

forças do mal, pois a força da igreja é maior. Mt. 16: 18 e 9; Mt. 18: 18. A igreja tem força,

porque somente a comunhão, e a união dos irmãos podem vencer estes inimigos, e empurra-

los para fora do nosso bairro, cidade e de nosso país. Sl.133; At.12: 1 ao 12. Cabe a igreja se

levantar com um forte evangelismo, entrando pelos becos e valados, resgatando as vidas das

mãos de Satanás. Mc. 16: 15 ao 17; Lc. 10: 19 e 20; Lc. 14: 15 ao 23. A igreja deve fazer vigílias

de guerra, e não de festas, vigílias de oração com clamor a Deus, para que Deus envie seus

anjos para prenderem os demônios, dos nossos bairros, cidades e até do nosso país. II Cr. 7:

14 ao 16; Jr. 33: 3.

NOSSO PAPEL NESTA BATALHA:

Se a nossa igreja e as outras igrejas não estão fazendo nada, talvés nós individualmente

poderemos fazer algo. Ez. 22: 30. Talvés você possa dizer: Eu não vou me levantar sozinho

contra: Satanás, Principados, Potestades, e todas estas quantidades de demônios. Mas você

nunca estará sozinho. II rs. 6: 8 ao 16; I rs. 19: 1 e 18; Jr. 20: 11; I Jõ. 4: 4. Alguém tem que se

levantar, Daniel entendeu muito bem o nível da Batalha. Dn. 10: 1 ao 12.

Entre nesta batalha, você não vai se arrepender. Você vai estar do lado vencedor. E tendo a

certeza de que estará vivendo o verdadeiro Evangelho. I Co. 2: 4 e 5; II Tm. 2: 1 ao 7. E pode

ter certeza, se em algum momento nesta batalha, você se sentir fraco e oprimido, não

desanime, os nossos irmãos do passado passaram por isto, mas foram vitoriosos, e você

também será mais um vitorioso no nome do Senhor Jesus Cristo. Amém! I Pd. 4: 12 ao 16; Tg.

1: 12; I Pd. 5: 8 e 9. I Co. 15: 57.

11
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 3

➢ A GRANDE BATALHA ACONTECE NA NOSSA MENTE_

➢ 2 CORÍNTIOS. 10: 3. 5

Para os sábios deste mundo, a força de um homem é medida pelo corpo, pelos

músculos, pela capacidade dele no levantamento de peso, ou pela potência de seu soco.

Mas para nós cristão que temos o Espírito Santo de Deus, a força do homem está na sua

mente. II Co. 3: 5. Pois é na mente que está a capacidade de raciocinar, a velocidade no

pensar e poder decidir.

A nossa mente dirigida de forma humana, controlada pela sabedoria humana, nos torna

fraco nesta batalha. Mas quando nós substituímos o conhecimento humano, a sabedoria

humana, a forma humana de pensar, pela presença de Jesus, e pela fé em Jesus, a nossa

mente é substituída pela mente de Cristo. Ai sim nós nos tornamos fortes.ICo.2:12 _ 16.

A BATALHA COMEÇA NOS OLHOS: A porta desta batalha é os olhos, é pelos olhos que

entra tudo o que é necessário para está batalha. Pois os olhos são a Porta da nossa

mente. Mt. 6: 22 e 23; Mt. 18: 9.

Os olhos adquirem as informações e envia para a nossa mente. A mente recebe a

informação e tem inicio a batalha. II Sm. 11: 1_5; II Sm. 12: 1_11.

Os nossos olhos estão voltados para o mundo, nos fazendo cobiçar tudo que venha a

mexer com a nossa vaidade, com o nosso ego, riquezas, carros, dinheiros, beleza e

aparência. Tg. 4: 1 ao 4; Mt. 16: 24 e 26.

Os olhos trazem armas que abastecem a nossa carne na luta da carne com o Espírito.

Tornando a carne forte, e como conseqüência nos afasta de Deus. Gl. 5: 16 e 17; Mc. 14:

38; Rm. 8: 1 _8.

Os olhos atraem o pecado para dentro de nós. O diabo atrai o homem e a mulher pelos

olhos, fazendo com que o desejo do pecado seja um laço na mente do homem e da
12
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
mulher. O desejo do pecado acaba sendo realizado e como conseqüência, morte na

batalha da mente. Tg. 1: 13 _ 15; Gn. 3: 1_6; II Co. 11: 3. O diabo passou anos

observando Eva, ele sabia que a fraqueza dela era os olhos. Da mesma forma ele nos

observa e conhece os nossos pontos fracos. I Pd. 5: 8.

Não é só o diabo que nos observa. Os nossos olhos são observados pelos homens, pelos

anjos e pelos demônios, ou seja, a uma multidão nos observando para ver onde estão os

nossos olhos. Ou para quem, ou para onde nós estamos olhando. Hb. 12: 1 e 2; Is. 45: 22.

Os nossos olhos têm que ser olhos de fé, olhar sempre com olhos espirituais. IICo.5: 7; II

Co.4: 18.

A BATALHA NA NOSSA MENTE: É na nossa mente que surgem as duvidas, é na mente

que entra coisas que põem duvida a respeito de Deus e da Palavra. É na nossa mente

que decidimos se servimos a Deus, ou ao mundo, ou se servimos no Espírito ou na carne.

É na nossa mente que decidimos se somos santo ou profano, é na nossa mente que está

o poder de decisão. I Rs. 18: 21. É na nossa mente que o inimigo age. É na mente que ele

põe medo, que ele nos oprime, é onde ele nos acusa.Sl. 116: 3; Ap. 12: 10.

Vemos como exemplo o que aconteceu com Paulo antes de entrar na batalha. Ficou

durante três dias cego, com os olhos fechados para o mundo, para a carne e para o

pecado. Passando por um processo de purificação na sua mente. Ou seja, Paulo estava

substituindo tudo o que era de demônios, da carne, e do mundo na sua mente, pela

mente de Cristo.Atos 9: 1-9_17_22.

Vemos na Bíblia um exemplo interessante de um homem forte, cuja força era só física,

mas não na mente. No momento em que ele ia vencer a batalha na mente, ele foi

derrotado. A força física não o livrou da morte.Jz. 16: 1_20. O interessante é que Sansão

caiu pelos olhos, pois os olhos dele cobiçaram a Dalila. A causa da derrota dele foi os

seus olhos, e como castigo ele perdeu os olhos antes de morrer. Jz. 16: 21.

13
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Sansão foi derrotado porque deixou que os seus olhos levassem para a sua mente aquilo

que desagradava ao Senhor. Quantos estão levando para a sua mente só coisa materiais,

ídolos, flor, rosas, mantos, sal grosso e outras tranqueiras. Mt. 6: 25_33; Cl. 3: 1 e 2.

Somos tentados em todos os momentos, tudo o que agrada a carne entra pelos olhos

para a nossa mente, criando está batalha. Mas Cristo na nossa mente é o escape

infalível. Sansão não tinha Cristo na época, mas nós temos o escape. I Co. 10: 12 e 13.

No momento em que os demônios e o inferno acham que estão nos derrotando, Cristo

fala a nossa mente através do Espírito Santo: A minha graça te basta. É nessa hora que

nós vemos que a força não está no físico, mas na mente daqueles que confiam em Jesus

Cristo. I Co. 12: 7_10.

Para que derrotemos o inferno e os demônios na nossa mente, é só substituir tudo que

não presta, por tudo o que é bom. Ódio por amor, soberba por humildade, inveja por

simplicidade, guerra por paz, e usando o perdão como arma, substituindo o mal pelo

bem. Fp. 4: 8. Um homem forte, mas de mente fraca vai sucumbir, mas um homem fraco

fisicamente, mas forte na mente, vai encontrar vitória em Jesus Cristo até o transbordar

das muitas águas. Sl. 32: 6; Is. 43: 2.

A força de um homem está na sua mente, e não no seu físico. Porque um homem forte

no físico quando estiver em trevas vai sucumbir. Mas aquele cuja força estiver na sua

mente quando se encontrar em trevas ele verá a luz, ele vai clamar por Jesus, pois Jesus

Cristo será a sua luz. Sl. 139: 11 e 12, Dn. 2; 22; Sl. 18: 28; Sl. 112: 4.

A MENTE E A PALAVRA: Nesta batalha para vencer temos que ocupar as nossas mente

com a Palavra, e te-la conduzida pela própria Palavra de Deus. Sl. 119: 105; Hb. 4: 12.

Ocupar os espaços vazios das nossas mentes meditando na Palavra de Deus. Pois muitos

ocupam os espaços vazios da suas mentes com: novelas, filmes e muitas outras coisas

que não edificam. Pois somente a Palavra de Deus concede vitória as nossas mente. Sl. 1:

1 a 3. A Palavra de Deus é a arma mais importante nesta guerra. Ef.6: 17;

Lc.22: 36; Hb. 4: 12.

14
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Exercitando, praticando, vivendo e obedecendo a Palavra de Deus, seremos: Tg. 1: 22-24.

Pregar a Palavra falando de Jesus o tempo todo, é para todos, pois a Palavra de Deus

não é só para os Pregadores e nem só para os Púlpitos. Todos temos o dever de pregar,

pois fomos comissionados por Jesus para faze-lo. II Tm. 4: 1 e 2; Mc. 16: 15; Atos 1: 8.

Cristo é a Palavra. Tendo a mente ocupada pela Palavra, pregando, vivendo, exercitando,

meditando na Palavra é ter a mente ocupada por Cristo. Gl. 2: 20.

A MENTE E A ORAÇÃO: Outra maneira de ter vitória na batalha da mente é ter uma vida

de continua oração. I Ts. 5: 17; Atos 10: 1-4; Atos 12: 1-11.

Outra forma de ganharmos a batalha na mente é ter uma vida de intercessor, orando

pelos outros.Pois não só nós ganhamos, mas outros ganham através das nossas orações.

I Tm. 2: 1-3; Ap. 5: 8.

A vida de oração nos dá vitória na mente. Ela ocupa os espaços vazios, mas são tão

poucos os que vivem uma vida de oração, que a espaços vazios nas Regiões Celestes.

Espaços estes que podem ser ocupados por nós. Ez. 22: 23-30; Gn. 18: 20-33.

Todo o homem de oração é um soldado de Deus. Todo o homem de oração é um

guerreiro, vivem as batalhas em suas mentes, e vivem as batalhas nas Regiões Celestes.

Dn.10: 1-12; II Tm. 2: 1-3. Temos que seguir os exemplos Bíblicos, um bom exemplo para

nós é o Rei Davi, cuja força não estava no físico, mas na sua mente, pois os olhos e os

pensamentos de Davi estavam no Senhor. Sl. 121: 1.

Qual a formula que Davi usava para vencer estas batalhas, as dos olhos e da mente? Ele

olhava firmemente para o Senhor, através de uma vida na Palavra e de oração. Sl.119:

11; Sl. 55: 17; Sl. 5: 3.

15
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 4

➢ A GUERRA ENTRE A IGREJA E O INFERNO

➢ (Mateus . 16: 18)

Jesus disse que não veio trazer paz mas sim guerra.E esta guerra está declarada e é real. Ap. 12:

1 a 7. A igreja e o inferno são inimigos declarados. Por mais que os homens queiram fazer paz

entre a igreja e o inferno, não tem jeito. Não existe paz entre um e outro e nunca haverá.

Segundo o que Jesus falou, cabe a igreja atacar o inferno, cabe a ela invadir o inferno e saqueá-

lo. Mt. 12: 22a 30.

Se a igreja não atacar o inferno com certeza o inferno vai invadir a igreja e vai saqueá-la.

1º PARTE: A IGREJA SAQUEANDO O INFERNO

A palavra pregada na igreja é uma das formas que há para ela saquear o inferno. A palavra

pregada como ela é, ela traz espírito e vida para quem a ouve, fazendo com que todas as obras

do inferno na vida dos que ouve caiam por terra. Jô. 6: 63.

O poder de Deus na Sua Palavra, palavras com autoridade, palavra profética, palavra revelada é

fundamental para desvendar as obras do inferno oculta na vida de quem ouve, trazendo assim

a libertação. ICor. 2: 4, 5.

A palavra acompanhada dos sinais trazendo cura libertação, sinais e prodígios, são outra arma

para saquear o inferno. Sarando os enfermos, e libertando os possuídos por espíritos

maliguinos. Vencendo assim o inferno na vida daqueles que participam dos cultos. Lc. 10: 19 ,

20; Mc. 16: 15 a 18.

A palavra de ensino, capacitada para destruir os raciocínios libertando assim quem ouve dos

entendimentos maliguinos. A palavra de Deus em seus pensamentos é outra forma de saquear

o inferno. IICor. 10: 3 a 5.

16
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
O ensino da palavra de Deus liberta quem ouve fazendo com que ele tenha mudança de vida.Ele

deixa de ser carnal e tornando-se Espiritual. Vindo assim a ter uma experiência pessoal e

inesquecível co o Senhor Deus. Rm. 8: 1; ICor. 2: 9 a 16.

Os ensinos das doutrinas bíblicas levam ao arrependimento, ao batismo nas águas; a libertação

e a cura pela imposição das mãos, são fundamentais na vitória da igreja contra o inferno. Hb. 6:

1,2.

O evangelismo é a maior forma da igreja mostrar ao inferno que ela não está para brincadeira,

e que as portas do inferno não vai prevalecer contra ela. Lc. 21 a 23; At. 8: 4 a 8.

Ensinos que levem o crente a levar uma vida de jejum, oração e a ler muito a palavra de Deus é

imprescindível;

para libertar o crente das obras do inferno. ITess. 5: 7; Sl 119:11; Sl. 35: 13.

Levar o crente de volta aos tempos apostólicos, tempo em que a igreja atropelava o inferno. Jr.

6: 16

2ª PARTE: O INFERNO INVADINDO A IGREJA

O inferno possui a suas armas e os seus meios para invadir a igreja._MUNDO_ Cada vez que a

igreja deixa o mundo e as suas obras entrar dentro dela o inferno entra junto. O mundo tem

que ser invadido pela igreja e não ao contrário. IJõ... 5: 19; IJõ.2: 15.

A igreja hoje em dia vai muito atrás do Marketing, atrás das estratégias do mundo, usa os meios

do mundo para encher. Quando ela deveria depender somente do Espírito Santo para fazer a

obra. Jô.14: 25, 26; Is. 30:1 a 3.

As pregações para agradar o crente, pregar o que o crente quer ouvir, isto é pregação humana,

não salva e não trás mudança na vida de ninguém. Isto é o inferno dentro da igreja. Mt. 15: 8,9;

Mt. 16: 6, 11,12; IICor. 4: 1,2.

17
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Doutrinas que não trás mudanças, que mais é um jugo pesado. Doutrinas que seve mais para a

satisfação da carne, isto também é o inferno dentro da igreja, pois o jugo do Senhor é suave, e a

doutrina do Senhor é para satisfazer o espírito. Mt. 11: 25 a 30; Cl. 2: 20 a 23.

Culto irracional, sem a direção do Espírito Santo, onde se tem tempo para tudo e para todos,

menos para a Palavra. A medida em que estamos tirando a Palavra do culto, estamos abrindo

espaço para o inferno entrar. Mat. 4:1 a10; Hb. 4:12,13.

Neófitos na direção, pessoas sem chamado ministeriais, Sem unção de Deus, pessoas que não

foram provadas e nem aprovadas por Deus. Hoje se compra até unção para pastor. È Deus

quem ungi e separa. À medida que pessoas ocupam estes lugares sem a unção de Deus, isto é o

inferno dentro das igrejas.ITm. 3: 1 a7; IITm.2: 15.

Hoje as igrejas têm muitos sinais, mas estes sinais não são os sinais que a Palavra fala. Os sinais

que acontece nas igrejas precisam testificar com a Palavra, se não testificar é o inferno dentro

da igreja. Jô. 15: 26; ITm. 4: 1._ A igreja não faz trabalho de cura e libertação. O trabalho agora

se limita só em palavras persuasivas de sabedoria humana. A falta dos sinais já mostra o

domínio do inferno dentro da igreja. ICor. 2: 4,5; At. 16: 16 a 18; At 14:7 a 10; Is. 28: 15; Is. 3: 12.

As igrejas estão acomodadas, a falta de evangelismo, vigília, reunião de oração com autoridade

repreendendo as obras do diabo. Tudo isto mostra que a igreja está descansando , acomodada,

não quer saber de lutar com o inferno.

O descanso e a acomodação são o inferno dentro da igreja. Zc. 11: 7 a 15; Mq. 2: !6(a).

A falta de ensino sobre as atuações do maligno, já mostra o agir do inferno dentro da igreja.

Pois a igreja tem a obrigação de estudar o inimigo, porque estudar o inimigo é sabedoria. Pois

se não estudarmos podemos ser surpreendido Por ele. IPd.5: 8; Ef.6: 10 a 20;Ef. 4: 27; IICor.11:

12a 15.

18
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
CAPÍTULO 5

GUERRA: A VERDADE DO NOVO TESTAMENTO

( 2 CORÍNTIOS .4:1-4)

Há muitas doutrinas circulando no meio evangélico como: Doutrina da prosperidade das

emoções; do triunfalismo. A doutrina do Triunfalismo passa que se você está doente,

desempregado, é pobre porque você não tem fé.

É uma doutrina em que tudo é fácil, onde se você está passando por lutas, perseguições,

tribulações, e aflições, é porque você está em pecado, ou seja, eles pregam um evangelho de

engano, tem como objetivo desviar o crente do Verdadeiro Evangelho. Pois o verdadeiro

Evangelho, na verdade é um Evangelho de vitória, mas não de paz, e sim de guerra. Você já

viu em uma guerra tudo ser fácil, tudo ser paz? Mt.10: 34; Jr. 28: 1-9; Jr. 13: 14.

Acredito que este que pregam este evangelho de triunfalista, onde tudo é fácil, estão mais

preocupados em inchar as suas igrejas do que povoar o céu. Estão na verdade mais

preocupados com a quantidade co que com a qualidade. Jr. 23: 13; Ez. 34: 1-4; Jr. 7: 11.

Como podemos acreditar que uma pessoa que está doente, desempregada ou é pobre não

tem fé. Isto é um absurdo, enquanto vivemos neste mundo seremos sujeitos as doenças,

desempregos e seremos ou teremos pobres em nosso meio. Dt. 15: 7-11.

Como pode alguém imaginar viver um evangelho fácil, tranqüilo, se nenhum daqueles que

viveram no Novo Testamento tiveram. Como podemos ter paz se estamos em guerra contra

Satanás. Temos um inimigo que o tempo todo está tentando tirar nossa paz. I Pd. 5: 8;

Lc.22:31 e 32; Ap. 12: 10.

A medida em que nós procuramos fazer a vontade de Deus, vivendo o Verdadeiro Evangelho,

nós declaramos guerra contra o diabo podemos esperar os ataques dele, vamos sofrer

ataques de todos os lados. Ap. 12: 12.

19
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
REINO DE DEUS: A LUTA E A RECOMPENSA.No momento em que você decide buscar a Deus,

ou seja, entrar em dimensão Espiritual, alcançar o invisível, você vai encontrar muita luta. O

Reino de Deus é um reino de guerra, e com certeza para entrar e permanecer nele é luta o

tempo todo. Mt. 11: 12; Mt. 13: 24 e 25; Ef. 6: 10-12.

O Reino de Deus é invisível Lc. 17: 20, e por ser invisível poucos o alcançam Mt. 22: 1-4. E

estes poucos que alcançam passam por muitas lutas, pois estes poucos conseguem ver as

armadilhas de Satanás que age no mundo invisível.

Mas aqueles eu conseguem alcançar o Reino de Deus terão lutas, mas terão uma grande

recompensa: Terão experiência Pessoal com o Espírito Santo. Terão também revelações

tremendas de Deus. Jõ. 14: 15-17; I Co. 2: 9-12.

VIDA EM EPIRITO: TRAZ TENTAÇÕES, MAS TRAZ TAMBÉM PODER DE DEUS: Se alguém

resolve ter uma vida de oração, jejum é colocar em prática a Palavra de Deus na sua vida,

pois com certeza viver uma vida em Espírito, vai ter como conseqüência, vai ser tentado. Pois

a única forma que Satanás têm para fazer o homem parar de orar, jejuar e colocar a Palavra

de Deus em prática na sua vida é lançando sobre este homem ou mulher a tentação. I Co. 10:

12e 13. A tentação enfraquece o homem.

A tentação vem mexer com a nossa carne, ela vai agir na área dos desejos, por isso o melhor

é fugir da tentação. I Tm. 6: 11; I Tm. 2: 21 e 22; Tt. 2: 11 e 12; Gl. 5: 16 e 17.

A vitória sobre a carne, através da oração, jejum, e muita Palavra de Deus, com certeza a

experiência com o Poder de Deus será uma realidade. Lc. 10: 19-24; Lc. 9: 1 e 2.

MARCAS DE CRISTO: TRAZ PERSEGUIÇÕES, MAS TAMBÉM TRAZ A ALEGRIA: A medida em que

vamos entrando no Reino de Deus, e vivendo em Espírito, as marcas de Cristo começam a

aparecer em nossas vidas. At.11: 26; Gl. 2: 20; 15: 49; Gl. 6: 17.

As marcas de Cristo em nossas vidas, nos faz sermos reconhecidos no mundo Espiritual, e isto

trás perseguições. II Co. 4: 9 e 10; II Tm. 3: 12.

20
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Mas as marcas de Cristo em nossas vidas nos trás alegria a medida em que somos

perseguidos. Porque Cristo está nas nossas vidas estamos alegres. At. 13: 50-52.

FÉ TRÁS PROVAS: MAS TABÉM TRÁS PACIÊNCIA E ESPERANÇA. Como podemos dizer que

quem é pobre, ou têm problemas com doenças, ou está desempregado não tem fé, se a fé

trás provas. Tg.1: 1-4; Is. 19: 10; Gn. 22: 1-12.

A fé tem que ser provada, se tudo o que nós quisermos e Deus der, vai trazer para as nossas

vidas comodismo. Destruindo assim a paciência, tirando da nossa vida a salvação das nossas

almas. Lc.21: 19; I Pd. 3-9.

A prova desenvolve em nossas vidas a paciência a esperança, fazendo com que nós

venhamos a ter uma grande confiança em nosso Deus. Jr. 17: 5-8.

Como podemos tirar das nossas vidas as lutas, as tentações, as perseguições e as provas. Elas

fazem parte da vida cristã, se foi através delas que os Apóstolos obtiveram as maiores

experiências pessoal com o Poder de Deus, e com o Senhor Jesus Cristo. At.12: 1-17; At 16:

19-31; At.18: 1-11; At.23: 1-11; At.27: 13-25.

TESTEMUNHO: TRÁS ÓDIO, TRÁS GUERRA: Quando carregamos as marcas de Cristo em

nossas vidas, não conseguimos falar de outro assunto, só conseguimos falar de Jesus Cristo.

Lc. 6: 45; I Co. 2: 2. Quando falamos de Jesus, começamos a divulgar o no me de Jesus, com

certeza o inferno vai partir com tudo para cima de nós. Falar de Jesus trás guerra para as

nossas vidas, trás ódios, divisões para as nossas vidas. Lc. 21: 17; Lc. 12: 49-53.

Mas aqueles que estão o tempo todo testemunhando de Jesus Cristo, Jesus está o tempo

todo intercedendo por ele diante do Pai. Mt. 10: 32; Lc. 24: 46 e 47; Ap. 3: 5.

21
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
SANTIDADE TRÁS: SEPARAÇÃO, PERDA E RENUNCIA. A Santidade faz com que deixemos de

praticar muitas coisas que nós gostamos. Faz com que nos separemos de coisas que nos

agrada, mas é necessário deixar. Pois sem Santidade ninguém verá o Senhor. Hb.12: 14; I Ts.

5: 23.

A Santificação trás luta pessoal, você passa a ter um combate na sua mente contra você

mesmo e contra o seu raciocínio. Rm.7: 15-24; II Co.10: 3-5. Mas a Santidade nos dá a

garantia de que somos povo de Deus, a certeza de que não somos daqui. I Pd. 2: 9 e 10; Fp. 3:

20. Hb. 11: 16.

FIDELIDADE TRÁS: TRIBULAÇÃO E AFLIÇÃO, MAS TRÁS VIDA ETERNA. A fidelidade é não

negar seja qual for a situação o nome de Jesus Cristo, muitas vezes vamos sofrer coisas

estranhas, mas não podemos negar. Ap.2: 8 a 9; I Pd. 4: 12-18; Jõ. 16: 33.

A fidelidade nos faz morrer por causa de Cristo, mas com certeza a fidelidade nos levara a

viver com Cristo para sempre. Sl. 101: 6; Ap. 2: 8-10, 25 e 26; Ap. 3: 21. A visão do Novo

Testamento é uma visão de guerra, por isso ele fala o tempo todo em quem quer vencer, não

é um jogo, não é uma brincadeira, e sim uma guerra declarada. Ap. 2: 7-17-26; Ap. 3: 5-12-21.

Quando nós desejamos verdadeiramente viver está guerra fazendo a vontade de Deus,

vivendo as verdades do Novo Testamento, com certeza esta guerra nós já vencemos. Não por

nossa capacidade, mas porque o Senhor estará ao nosso lado. II Rs.6: 8-17; II Cr. 20: 15-20; Jr.

20: 11; Lc.10: 21.

22
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 6

➢ POVO DE GUERRA (Jl. 2:1–11)

Aproxima-se vinda de Cristo, e por se aproximar a vinda de Cristo, Satanás está furioso, e tem

usado todos os meios para impedir as multidões de crentes de subir com Jesus. Por isso ele

tem confundido o povo, fazendo com eu o crente pegue o caminho da religiosidade. Mt. 7: 13

e 14.

Mas Deus tem levantado um povo individualmente, que não só vão subir, como vão ajudar há

muitos a subir. Is. 35: 1 ao 4; Lc. 10: 25 ao 35; Jl. 3: 10.

É um povo que vem para fazer a diferença, que vem para guerrear, atacar o reino do inimigo,

saquear o inferno, invadir o mundo resgatando almas das mãos do diabo. A diferença deste

povo não esta´no conhecimento humano de Deus, nem na sua maneira de falar ou de se

vestir. A diferença deste povo será vista pela sua atitude diante de Deus, e diante dos

homens.

MARCAS QUE SEGUEM ESTE POVO:

1ª MARCA: TEMOR DO SENHOR: o temor do Senhor é uma das marcas deste povo. Pois o

temor do Senhor faz com que este povo tenha zelo das coisas de Deus. Faz com que o homem

pensa muito antes de cometer um pecado. Faz com que o homem tenha daquilo que se trata

de Deus. Ou seja, o temor do Senhor faz que o homem seja mais sábio. Pr. 9: 10; Jó. 28: 28; Is.

33: 6.

2ª MARCA: DEPENDENCIA DE DEUS: a DEPENDENCIA DO Senhor é fundamental para o crente

ser vitorioso. Se o homem não depender do Senhor, com certeza ele vai depender de alguém,

ou ele vai depender dele mesmo. Ou ele ai depender do dinheiro, de outra pessoa. Mas este

23
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
povo , é um povo que esta aprendendo a depender totalmente do Senhor.

Jr. 17: 5 ao 9; Jõ. 15: 1 ao 5.

3ª MARCA: FÉ NO SENHOR: Muitos dizem ter fé, mas é uma fé falsa, por que quando esta fé é

provada pela Palavra De Deus, ela é reprovada. Por que a fé verdadeira é crer em Deus e na

Sua Palavra, que é o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Por que se você, na hora em

que a sua fé for colocada em prática, ela não estiver de acordo som a Palavra de Deus, nesta

guerra você vai ser derrotado. Jõ. 7: 16 e 17; Rm. 16: 17; I Co. 2: 1 ao 5; Gl. 2: 16 ao 20.

4ª MARCA: OBEDIÊNCIA A PALAVRA DE DEUS: Este é um povo que ouve o homem, escuta a

pregação, mas obedece a Palavra. Se pó homem que ensina ou prega não passa pela Palavra

de Deus ele não obedece. Porque que este é um povo que tem o Espírito Santo de Deus e a

Palavra e a pregação tem que testificar com a Bíblia. Jõ. 15: 26; At. 17: 10 e 11; Jõ. 17: 16 e 17;

II Co. 10: 4 e 5.

5ª MARCA: AMOR A OBRA DO SENHOR: Este povo ama a obra do Senhor, ele não é apenas

um simples membro de banco, é alguém que vem para trabalhar. Ele não está fundamentado

em placa de igreja famosa. O negocio dele é trabalhar para o Senhor. Ele ama a obra do

Senhor, e sabe que Deus o chamou para trabalhar independente da congregação que ele

estiver. Mq. 2: 10a; I Co. 16: 14; I Jõ; 3: 18.

6ª MARCA: FIEL AO SENHOR: Povo fiel, responsável, pessoa que não nega, não entrega o que

Deus lhe dá. Zela de tudo o que Deus lhe dá. Está disposto até a morrer por causa da obra do

Senhor. Estes são os fiéis. Sl. 101: 6; Lc. 12: 35 ao 48; Ap. 9: 9 a 17.

7ª MARCA: ADORADOR: Muitos servem a Deus nas emoções, se alegra, grita, pula, dança, cai,

mas quando sai da igreja não há mudança. Mas o povo que Deus procura para fazer parte

deste exercito,

24
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
é um racional, que serve a Deus em Espírito, que não vive nas emoções, mas tem prazer na

Palavra de Deus e deixa-a produzir mudança na sua vida. Sl. 1: 1 a 3; Jõ. 4: 23 e 24.

8ª MARCA: GUERREIRO: Corajoso, valente, não tem medo, está sempre disposto a enfrentar o

inferno, não tem vergonha, é ousado. Está sempre pronto para cumprir o IDE. Mc. 16: 15; Mt.

10: 28 ao 22; Mt. 16: 18 e 19.

9ª MARCA: PERSEVERANTE: Um povo perseverante, que continuamente está na presença do

Senhor através de uma vida de oração. Lc.21: 19; I Ts. 5: 17; Sl. 32: 6; Sl. 54: 17; Dn. 6: 10.

Este é o povo que ganha a confiança de Deus, pela sua maneira de agir, e pelas suas atitudes

diante de Deus e os homens.

Para Deus serão semelhantes aos homens da Bíblia

. Dn. 10: 11 e 12; At. 13: 17 ao 22; At. 10: 1 ao 4; Jó 1: 6 ao 8.

Este é um povo que se colocou como servos, mas se tornou tão intimo do Senhor, que

passaram a ser amigos.Jõ. 15: 15. 16.

Você pode fazer parte deste exercito, aliste agora mesmo, deixando o Espírito Santo agir em

sua vida. Pois só o Espírito Santo pode fazer você possuir estas marcas, e transformar você

em verdadeiro soldado de Cristo. Jõ. !4: 15 ao 26; II Tm. 2: 1 ao 7.

Não tenha medo de fazer parte deste exército, pois na frente deste exercito vai o Senhor dos

Exércitos, o Rei dos reis, e Senhor dos senhores. Jr. 20: 11; I Sm. 17: 1 e 51; I Co. 11: 1 e 9; Ap.

19: 11 e 16.

25
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 7

➢ LUTANDO CONTRA O INVISIVEL:

➢ EFÉSIOS 6: 12

A visão do invisível é o objetivo do Evangelho. O Evangelho é um ensinamento Espiritual, que

veio trazer luz para iluminar o que está oculto nas trevas, ou seja, na escuridão. II Co. 4: 3 e 4.

O Evangelho vem revelar aquilo que não podemos ver, o que está oculto aos nossos olhos,

ele traz a luz.

Os Judeus da época de Cristo esperavam o Messias como um Rei, semelhante ao Rei Davi. Um

Rei poderoso, guerreiro, vencedor de batalhas que pudesse liberta-los das mãos dos

Romanos. Ou seja, eles queriam um Rei guerreiro, mas para vencer batalha contra a carne e o

sangue. Mas Jesus veio para reinar e guerrear e vencer as guerras no mundo espiritual. Jõ. 18:

33-36. Mas eles não entendiam isto, pois estava oculto aos olhos deles. Mc. 4; 11. Eles não

entendiam nada deste mundo espiritual. Pois eles na verdade não estavam cativos dos

Romanos, mas sim de Satanás e seus demônios. Estavam em trevas e não sabiam. Mt. 4: 12-

17; Jõ. 8: 12. Jesus conquistou a vitória na Cruz. Cl. 2: 13 –15; Ap. 1: 17-18.

O REINO INVISIVEL: O Evangelho é luz, para mostrar o que os nossos olhos carnais não podem

ver. O Evangelho tem como objetivo nos mostrar e a nos ensinar a lutar neste mundo

invisível. Lc.17: 20; Jõ. 18: 33-36; II Co. 4: 18.

O QUE ESTÁ OCULTO: Fica fácil para os nossos inimigos nos atingir, nos usar, causar danos a

nossa vida. Pois não podemos vê-los. Mas quando nós começamos a entender os

ensinamentos de Jesus, ai sim nós começamos a dificultar as coisas para os nossos inimigos.

Nós começamos a ver o que ninguém pode enxergar em nível espiritual. Começamos a ter

visão espiritual e enxergar o que nos está no oculto. I Co. 2: 9,14 e 15. Lc. 12: 2.

26
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
LUTANDO CONTRA O INVISIVEL: Tendo a visão do invisível, podemos ver quem está nos

atingindo, perturbando as nossas vidas. I Pd. 5: 8; Ap.12: 9 e 10.

Agora que já sabemos quem nos atinge, que nos acusa e que em todos os momentos quer

nos derrubar, passamos a usar as armas que a Palavra de Deus nos dá para lutar e vencer este

inimigo invisível, neste mundo invisível.Ef. 6: 10-18.

APRENDENDO COM O EVANGELHO: Quando Jesus falou a respeito, de alguém bater na sua

face direita, e você oferecer a esquerda, muitos teólogos interpretam como sendo espiritual,

mas não é. Esta Palavra é literal, o diabo incita uma pessoa a te agredir, esperando que você

reaja da mesma forma, ou seja, olho por olho, dente por dente, mas se você oferecer a outra

face, vai frustrar todas as intenções do diabo.Mt. 5: 38 e 39.

O diabo usa muitas pessoas para nos agredir, tentando fazer que através de nossas reações,

nós venhamos a manchar imagem e a semelhança de Deus em nossas vidas. Tirando de nós a

capacidade de perdoar, pois nós carregamos a imagem e a semelhança de um Deus

perdoador. Quando nós perdoamos aqueles que nos ofende, nós atingimos em cheio os

planos do diabo. E mostramos a ele que verdadeiramente carregamos a imagem e a

semelhança do nosso Deus. Mt. 6: 14 e 15, Ef. 4: 32; Cl. 3: 13.

O diabo, nosso inimigo no mundo espiritual, faz com que venhamos a ter muitos inimigos no

mundo físico. Fazendo com que o ódio venha a dominar os nossos corações, atingindo assim

a imagem e semelhança de Deus em nossas vidas. Pois o nosso Deus não é um Deus de ódio,

mas sim é um Deus que é amor. Porquê nós fomos inimigos de Deus por causa do pecado,

mas Ele nos amou. Ao em vez de odiar os nossos inimigos nós devemos ama-los. Quem perde

nesta batalha é o diabo. Porque quando amamos os nossos inimigos ficamos cada vez mais

parecidos com o nosso Deus. Mt.5: 43-48; I Pd. 2: 20-25.

27
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Nos dias de hoje, há algumas doutrinas que levam as pessoas a querer só receber, a buscar

mais os seus próprios interesses. I Co. 10: 22-24; Rm. 12: 16; Atos 20: 35. O Evangelho nos

ensina ao contrário. Para o Evangelho o melhor é dar e ter para oferecer. Pois o inimigo tem

como objetivo nos atingir, fazendo com que nós venhamos a pensar mais nos nossos

interesses pessoais. Mas quando nós fazemos ao contrário, em vez de pensarmos mais em

nós, passamos a pensar mais nos necessitados, fazemos o que Deus fez por nós, pensou mais

em nós do que NELE. Quando entregou o seu Filho por nós. Dt. 15: 9-11; Rm. 5: 5-8. Fazendo

assim, frustramos os planos do inimigo.

Faz parte do caráter do diabo, criar guerras, fazer com que vivamos em guerra. Guerra em

nosso lar, no trabalho, na escola, com os amigos. Mas quando nós em vez de vivermos

guerra, passamos a viver em paz com todos, nós frustramos mais uma vez os planos do

inimigo. Ef. 6: 15; Rm. 12: 18.

O inimigo também procura introduzir em nossas vidas pequenas coisas que não tem nada a

ver com o Evangelho. Pequenas mentiras, pequenas corrupções, coisas que não são honestas.

Dizendo sempre assim: Não tem problema, é tudo por uma boa causa. Mas quando nós

damos um grande NÃO a estas pequenas coisa, nós quebramos as pernas dele e

conquistamos a vitória no mundo espiritual. Rm. 12: 17.

Ele também procura nos influenciar a oferecer o pior para Deus. A pior hora para as orações,

pouco tempo para orar, pouco tempo para ler a Palavra, pouco tempo para ir a igreja, o que

sobra para as ofertas. Quando fazemos ao contrário, atingimos em cheio o inimigo no Reino

Espiritual. I Pd.2: 1-5; Lc. 22: 17-20; Ml. 1: 6-8.

28
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 8

➢ COMBATENDO O INIMIGO

Temos notado que os ensinamentos sobre a Palavra de Deus nas igrejas nos nossos dias

ajudam muito pouco os crentes na luta contra o nosso arquinimigo, o diabo. E como

conseqüência a vida da maioria dos nossos irmãos é de sofrimento , por isso neste estudo

nós vamos ver na Palavra de Deus como combater o inimigo.

Em primeiro lugar o crente tem que saber se ele tem uma vida no temor de Deus. E se ele

esta passando por muitos problemas na vida dele é obra do diabo. O que ele deve fazer? Tg.

4: 7.

Alguém pode dizer: Como você tem de que é o diabo que está causando os problemas? É só

olhar a Palavra de Deus, e ela vai confirmar. I Pd. 5: 8 e 9; Ef. 6: 10 a 12; Jó. 1: 6 a 12.

Uma das armas do diabo contra a nossa vida é colocar pessoas para nos fazer mal. E a nossa

arma contra é pagando mal com bem.Mt. 5; 38, 39 e 41. Na nossa caminhada o que mais o

que nós mais arranjamos é inimigos, é mais ma arma do diabo.Como nós podemos atingir o

inimigo. Lc. 6: 27 28 e 32.

Muitos crentes encontram muita dificuldade em suportar os fracos. Isto é mais uma das

armas do diabo. Como devemos bombardear o inimigo? Rm. 15: 12; Jó 4: 3 e 4.

Uma das maiores armas do diabo é esfriar o amor no coração do crente.Mt. 25: 12. Mas

como o crente deve lutar para aniquilar esta arma? Mc. 12: 30 e 31. Satanás também tem

usado como arma o fazer com que os crentes venham a se ensoberbecer. Mas o crente pode

combater esta artimanha do inimigo. Mt.11: 28; Fp. 2: 5 a 11.

29
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Ele também tem feito com que muitos crentes sejam humilhados, mas o crente de combater

e não aceitar. I Pd. 5: 6. Há muitos crentes tem passado por provas difíceis, mas o crente

pode ter certeza é o inimigo que quer vê-lo cair. Is. 54: 15. Como o crente deve combater

estas provas.II Co.6: 4; I Pd. 2: 18 a 21; Rm. 12: 12.

Além de sermos paciente nas provas e outro meio para combater o inimigo é nos alegrarmos.

Tg. 1: 2 a 4.

Outra arma que o inimigo usa para enfraquecer o crente é nos afastando das orações

colocando desanimo. Como deve o crente combater. I Ts. 5: 17; Lc. 22: 39 e 40.

Outra arma do inimigo é colocar desanimo no crente para ele não ler a Palavra de Deus.

Como o crente pode e deve combater esta arma. Is.34: 16; Ap. 1: 3; At.17: 10 e 11; At.18: 24 a

28.

Satanás também tem usado de artimanha para impedir o crente de pregar a Palavra de

Deus.Como o crente deve combater? II Tm. 4: 2. Satanás tem introduzido na vida do crente

muitas coisas do mundo. Como o crente deve combater esta tentação. Lc. 4: 5 a 8; Tg. 4: 4 e

5; Tg. 1: 27.

Satanás tem levado os crentes que acredita ter um profundo conhecimento da Palavra de

Deus a discutir ou debater a Palavra. Como combater isso? II Tm. 2: 14 a 16.

Satanás tem usado como arma a língua, isto é o costume do crente de falar demais.Tg. 3: 2 a

8, o que devemos fazer para combater esta arma do inimigo, a tagarelice infindável do

crente. Ec. 5: 1 e 2; Pv. 13: 3; Pv. 21: 23. Tomar decisões sem esperar no Senhor é mais uma

arma de Satanás. Como devemos combater e evitar que se repita? Sl. 27: 14; Ec. 3:1

30
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Hoje Satanás usa como arma afastar o crente da igreja. Como devemos e precisamos

combater esta arma. Sl. 122: 1; Sl. 84: 10.

Satanás tem falado para o crente que ele não precisa jejuar. É mais uma arma do diabo para

enfraquecer o crente. Como devemos lutar contra isso? Jõ. 2: 15; Lc. 5: 33 a 35. Porque

Satanás não quer o crente jejuando.Mt. 17: 14 a 26.

A vergonha é mais uma das armas de Satanás, o crente envergonhado não testemunha o

Senhor Jesus. Como o crente de agir contra esta arma. Rm. 1: 16.

➢ CAPÍTULO 9

➢ AS TRES FORÇAS ARMADAS DO MAL ( 2Pedro 5:8)

Muitos dizem que o reino de Satanás é desorganizado. Pensando desta forma, nós podemos

dizer que uma Nação que tem as três forças armadas lutando unidas em uma guerra é uma

Nação desorganizada?

Pois se satanás comanda três forças armadas de demônios, que estão a todo o tempo em

estratégias diferentes, tentando destruir o povo santo de Deus.Sabendo que as três forças

armadas de um país são: MARINHA: No comando está o Almirante; O EXERCÍTO ; no comando

o General e na AERONÁUTICA; o Brigadeiro.

As forças armadas do mal têm no seu comando O Dragão, que é o próprio Satanás. Ap.12: 9;

A besta; Ap. 13: 11. O Falso Profeta; Ap. 19:20; Ap.16: 13, 14, isto mostra as forças armadas

do mal preparada para a guerra.

31
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
O livro do Apocalipse nos mostra que ele é um livro de acontecimentos e guerras espirituais.

Que iriam ocorrer nos últimos dias ou seja após a primeira vinda Cristo (nascimento). Ap. 1: 3;

Ap. 12:1; A mulher é a IGREJA.ef. 5: 31 32.

As doze estrelas são os APÓSTOLOS que dariam inicio aos trabalhos da IGREJA. At. 1: 15 a 26.

O primeiro ataque a Igreja foi feito pelo Dragão, que é o próprio Satanás. A função do dragão

é perseguir e matar o povo Santo de Deus.Jõ. 8: 37, 38 e 44; Ap. 12: 15, 16 e 17. Rm. 8:36;

ICo.4: 11;At. 12:1a5.

Como já vimos a função do dragão é destruir o povo de Deus. Ele já havia tentado matar o

Senhor Jesus antes da vitória na cruz. Vejamos como: Ap. 12: 4,5; Como aconteceu Mt. 2: 1

a7, 16.

Os ataques do Dragão com suas forças armadas continuam até o dia de hoje. Lembrando

mais recente o ataque de Ritler contra os JUDEUS. Ap.2: 10, 11; Ap.6: 9 a11; Ap.12: 12.

Que mensagem nós podemos encontrar na Palavra de Deus sobre este ataque do Dragão e

suas forças armadas contra o povo de Deus, feito por Ritler. Mt. 24: 22; Ez. ; Lc. 21: 22, 23;

Mc. 13: 19. Porque o povo de Deus não foi destruir Mc. 13: 20; Rm. 11: 4 e 6.

Mas o Dragão não tem conseguido derrotar o povo de Deu. Então ele convocou a Besta, e deu

a ela a autoridade para entrar na guerra. Veremos a seguir como aconteceu. Ap.13: 2 a 4;IITs.

2: 9,10.

Porque o Dragão e as suas forcas armadas não conseguiram vencer o povo de Deus. Is. 45: 2;

Jr. 20: 11; Mt. 28: 18 a 20. Qual a missão da besta nesta guerra? È se opor a Deus e seu povo,

levantando religiões e nações anticristã. Ap. 13: 5,6;IITS.2: 4;ITm.4 1a5.

No livro de Apocalipse fala claramente do reinado do ANTICRISTO, que está se aproximando.

Está besta ou está forças armadas muito em breve vai travar um combate com o povo Santo

de Deus,

32
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
e por um espaço de tempo ser vitoriosa.Ap. 13: 7 a 10; Dn. 7: 21; Ap. 13: 11 a18.Mas a Bíblia

nos mostra que a besta já vem atuando desde o começo da Igreja. IJõ. 4: 3.

A Bíblia diz que faria grandes sinais, quantas religiões têm feito grandes sinais, desde o

começo da Igreja. IITs.2: 9; Ap.13: 13. Mt.24: 24. A Palavra de Deus nos dá grande exemplo.

Ex. 7: 17 a 22. Porque a besta com seus sinais e prodígios, se possível fosse enganaria até os

escolhidos Mt. 23: 24. Mas os escolhidos não seriam enganados , porque para os escolhidos

um sinal basta e a Besta não tem este sinal. Mt.16: 4, Jõ.2: 18,19. At.1: 1 a3.

Mas a terceira das forças armadas do mal tem a função de se infiltrar no meio do povo de

Deus. Com o intuito de usar a Palavra de deus para disfarçar e esconder quem ele

verdadeiramente é. Mt. 7: 15; IJõ. 4: 1; II Pd. 2: 1, 2; II Co.11: 13, 14, e 15; At. 20: 29, 30. Estes

espíritos enganadores, que estão infiltrados nas igrejas evangélicas, são comandados por

que? Ap.19: 20; Ap.16: 13,14; Mt.13: 39, 40.

Muitos crentes hoje estão preocupados com o reinado do anticristo, que se aproxima. Mas a

bíblia nos mostra que desde o começo da Igreja, ela já vem sofrendo bombardeio das forças

armadas do mal. I Pd.5: 8, 9; IITs.2: 7; Ef.6: 1, 12; Ap. 12: 12; At. 26:16 a 18.

A Bíblia também nos mostra claramente que está guerra, que vem desde o começo da Igreja

terá um fim.E qual será este fim? Ap.19: 20, 21;Ap. 20: 10; Ap. 12: 10.

33
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 10

➢ PERIGO ESPIRITUAL

Resolvi fazer este LIVRO para servir de alerta para os cristãos. Devido a vários

entendimentos, doutrinas e seitas que tem surgido, muitos crentes têm deixado de confiar

na Palavra de Deus e seguindo enganadores, tendo como consequência a morte espiritual.

Hoje podemos ver que existem algumas seitas que pregam que podemos chegar a Deus sem

intermediário. Vejamos o que diz a Bíblia. Jõ. 10: 7 e 9; Jõ. 14: 6; Fp. 2: 9 e 10; I Tm. 2: 5.

Também podemos perceber que as igrejas não estão fazendo questão de ensinar sobre o

Espírito Santo. Vejamos o que dia a Bíblia. I Co. 3: 16; Rm. 8 14 ao 16; Rm. 25 a 27. Quando

uma igreja não se preocupa com o ensinamento sobre o Espírito Santo, o entendimento dela

é carnal. E qual a conseqüência de uma igreja carnal? Rm. 8: 6 e 7; Rm. 8: 12 e 13; Gl. 6: 8.

Também podemos ver que muitas igrejas não acreditam nos sinais. Dizem que os sinais

aconteceram somente no tempo da primeira igreja. Vejamos. Mt. 1o: 1; Mc. 16: 17 e18;

Jõ.14: 12.

Algumas igrejas pregam que a cura e expulsar demônios não são de Deus. Vejamos o que diz

a Palavra de Deus. Lc. 11: 14 ao 20; Mc. 3: 28 e 29; Mt. 10: 25. Hoje também podemos ver que

muitos crentes deixaram de buscar a sabedoria de Deus e procurado em outros homens.

Jõ.14: 26; Is. 48: 17; Jõ. 6: 45; I Tm. 6: 20.

Muitos crentes também têm deixado de ler a Bíblia para buscar em outros livros. Vejamos. Is.

34: 16; Ec. 12: 11 e 12; Jõ. 5: 39. Vamos ver o que dizem os homens de Deus a respeito de nós

buscarmos a sabedoria. Tg. 1: 5; Pv. 2: 3 a 5; O que diz Deus. Jr. 33: 3;

34
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Quando estamos buscando a sabedoria através de homens, faculdades e livros, estamos

fazendo ao contrário da Palavra de Deus. II Pd. 1: 20 e 21; I Co. 2: 6 e 7; I Co. 2: 12 e 13; Pv.14:

12.

Hoje em dia podemos notar que muitos crentes têm procurado pagar estudos caríssimos,

alegando que Paulo foi chamado por causa do seu estudo. Vejamos o que disse Paulo. Gl. 1:

11 e 12; Fp.3: 4 ao 8; I Co. 2: 1 ao 5.

Muitos pregadores para embelezar suas pregações e agradar os ouvintes, têm procurado

acrescentar algumas coisas que não estão na Bíblia. Vejamos o que diz a Bíblia. Gl.1: 8; Ec. 3:

14; Ap. 22: 18. Muitos pregadores e líderes têm subido no púlpito sem o menor preparo,

firmado em sua própria sabedoria. Vamos ver o que diz a Palavra de Deus. Ex. 3: 5; Jr. 48: 10;

Lc. 6: 39.

Hoje podemos ver muitas doutrinas sobre dias. Mt. 12: 8; Sobre aparência exterior. Mc. 7: 3

ao 8; Sobre comida Cl. 2: 16; I Tm. 4: 1 ao 5. Muitas igrejas não têm se preocupado com as

influencias do mundo, nas pregações nos louvores e na vida do crente. Vamos ver o que diz a

Bíblia. Lc. 4: 5 e 6; Tg. 4: 4; I Jõ. 5:19.

O que recomendamos para os cristãos se livrar destes perigos espirituais é a oração e

humildade. Mq. 6: 8; Sl. 55: 17 e 18; I Ts. 5: 17.

35
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 11

➢ O LADRÃO SÓ VEM PARA ROUBAR

Deus nos mostra através de sua Palavra que o diabo é o ladrão e ele veio para roubar matar

e destruir. Mas vamos ver na Palavra de Deus como ge este ladrão na vida do homem.

Vamos ver realmente o que ele quer roubar de nós.

A Palavra de Deus nos exorta a sermos cuidadosas, principalmente os que estão no

caminho, pois o ladrão está pronto pra roubar. Ap. 2: 25. Satanás sabe que se o crente

permanecer fiel ao Senhor até o fim, o Senhor tem para este crente um a coroa. Mas

Satanás quer roubar está coroa. Ap. 3: 11.

Hoje o que mais vemos é o povo perdendo a esperança. Satanás tem conseguido roubar a

esperança do povo.. Mas o povo de Deus não deve deixar isto acontecer. At. 26: 1 a 7; Fp.3:

20 a 21; Ef.2: 11 a 13.

O ele também tem conseguido roubar dos homens é a paz. Mas o crente tem de fazer de

tudo para que ele não consiga este intento, que é tirar a paz do crente. I Co. 7: 15.

Quantos hoje dizem: Eu queria voltar ao primeiro amor? Estas pessoas perderam o primeiro

amor, o diabo já roubou o amor do seu coração. Aquele que tem o amor seja cuidadoso,

vigilante pois o ladrão veio para roubar. Ap. 2: 4 e 5.

A Palavra de Deus nos mostra que no final dos tempos esta seria a obra predileta do diabo:

roubar o amor. Mt. 24: 12 a 13. Jesus nos mostra que no final dos tempos, Satan ás também

estaria preocupado em roubar a fé do povo. E de fato roubaria porque no final dos tempos

poucos teriam fé. Lc. 18: 7 e 8; I Tm. 4: 1.

O ladrão veio para roubar a paciência, mas o crente não deve deixar isto acontecer. Tg. 5: 11

36
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Muitos acham que estão salvo, e não há mais perigo. Mas o ladrão veio para roubar a

salvação, quem está em pé que se cuide para não cair.I Co. 10: 12. Quantos já não

perseveram, pois o ladrão veio para roubar a perseverança de muitos crentes. Lc.21: 19;

Tg.1: 2 a 4.

Quantos hoje têm ignorado o combate entre a Carne e o Espírito, e com iso passam a

viverem uma vida carnal. Esses que vivem este tipo de vida, Satanás já roubou a vida

espiritual desses crentes. G. 5: 16 e 17.

Muitos crentes começaram fervorosamente no Espírito, mas com o passar dos tempos

passaram a viver na carne. Satanás já roubou fervor e a vida espiritual destes crentes. Gl. 3:

3; Rm. 8: 7 e 8; . Gl. 3: 3; Rm. 8: 7 e 8; m. 8: 13.

Hoje o que mais Satanás tem roubado dos crentes é a comunhão com Deus e com os irmãos.

At.2: 42 a 47; I Jõ. 1: 3 a 7. O que Satanás procura roubar do crente é a humildade, fazendo

com que o crente fique soberbo, que só ele é o dono da verdade. Não convém que o crente

ande assim. Mt. 11: 29; Mq. 6: 8.

Satanás tem procurado roubar da igreja a união entre os irmãos, lançando dentro da igreja

contenda. Fp. 2: 1 a 3; A contenda divide os irmãos e a igreja. Gn. 13: 8 a 11; Pv. 6: 16 a 19.

Quando o crente vive em santidade, Satanás quer roubar a santidade fazendo com que o

crente venha a si contaminar com o mundo. O crente que vive em (comunhão), santidade

precisa se cuidar e muito.I Jõ. 2: 16 e 1

Muitos crentes não sabem se conter, não tem domínio próprio, como já foi citado muitas

vezes neste estudo: Satanás veio roubar, portanto vigie. Pv. 25: 28; Gl. 5: 23.

37
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 12

➢ A PALAVRA É UM INSTRUMENTO DE DEFESA

Por não ler as escrituras à maioria dos crentes tem ficado sem defesa alguma diante dos

ataques de Satanás. Mas neste estudo nós vamos ver como é importante ler a Palavra e

guardar os versículos.

Em primeiro lugar o crente precisa tomar um banho na Palavra, ou seja, deixar com que a

Palavra venha lavá-lo, tirar dele todas as imundices e sujeiras e fazer dele um novo homem.

Limpo e lavado pela Palavra. Ef. 5: 26 e 27; Hb. 10: 22; I Pd. 1: 23.

Após sermos lavados pela Palavra de Deus, podemos passar a usar com confiança o Escudo

da Fé que é a própria Palavra de Deus. Ef. 6: 16.

A Palavra de Deus é um instrumento contra todas as armadilhas do diabo, contra todas as

contendas que se levantarem em contra nós. Is. 54: 17.

A Palavra de Deus também é um instrumento de defesa contra todos os tipos de

enfermidades. Sl. 103: 3; Ex. 15: 26; Is. 57: 18 e 19; I Pd. 2: 24.

A Palavra de Deus também é um instrumento de defesa para os crentes no momento em

que estiver passando por dificuldades financeiras e necessidade materiais. Lc. 4: 1 a 4; Sl.37:

23 a 25.

A Palavra de Deus também é um instrumento para o crente se defender nos momentos em

que ele estiver passando por grandes perigos e precisando de um livramento. Sl. 91: 1 a 12;

Sl. 23: 4.

38
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Se o mundo oferece riquezas, bens materiais para o crente se desviar do caminho, em

contra partida a Palavra de Deus, é a arma para que o crente se defenda. Mt. 6: 19 a 20; Mt.

6: 33.

A Palavra de Deus é um instrumento maravilhoso de defesa nos momentos de grandes

tristezas para o crente. Sl. 30: 5; Is.35: 10. Ne.8: 10. Quando o crente está com medo,

inseguro a Palavra de Deus é um instrumento de defesa de grande precisão, pode usar que

não falha nunca. Fp. 4: 13; Is. 41: 10; Is. 45: 2.

Nos momentos de grandes lutes e provas a Palavra de Deus é um instrumento

poderosíssimo de defesa para o crente vencer está situação.I Co. 15: 57; Rm. 8: 37.

Se em algum momento crente se considera fraco, ou seja, abatido, a Palavra de Deus é se

duvida nenhuma um instrumento de defesa. II Co. 12: 9. Quem tem Jesus não é fraco e

muito menos abatidos. Jl.3: 10; II Co.12: 10.

Se algum crente tem algum pecado que não consegue esquecer, é porque o acusador que

não o deixa esquecer acusando em todo o momento. Mas a Palavra de Deus também é um

instrumento de defesa contra o acusador. I Jõ. 1: 17; I Jõ. 2: 1; Mq. 7: 18 e 19; Is. 43: 25.

A Palavra de Deus é um instrumento de defesa quando o crente sente ou acha que Deus não

ouve mais as suas orações. Is. 59: 1. Quando o crente não sabe orar ou como pedir a Palavra

de Deus é um instrumento de defesa infalível. Rm. 8: 26.

A Palavra de Deus é um instrumento de defesa para o crente, quando o Satanás quer

destruir a sua família. Sl. 128: 1 a 6.

39
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 13

➢ VENCENDO O DIABO (1Pedro 5.8)

Na verdade o diabo não é o nosso maior inimigo, e sim um dos maiores. O diabo é o mais

astuto e perigoso, ele usa a nossa derrota para entrar em nossas vidas. Se quisermos vencer

o diabo temos que levar uma vida de vitória sobra a carne, o mundo e o pecado, que são os

inimigos diretos da nossa vida. Inimigos que a todos os momentos em guerra contra eles.

Melhor exemplo Bíblico de como vencer o diabo é a tentação de Jesus. Lc. 4: 1 ao 3.

Jesus quando foi para a batalha com o diabo Ele se preparou, primeiro Ele se preparou para

vencer os seus inimigos íntimos. Pois Jesus sabia que se não tivesse total domínio sobra à

carne, o mundo e o pecado Ele seria presa fácil para o diabo. CARNE: Rm. 8: 1; Gl. 5: 16 e 17.

MUNDO: I Jõ. 2: 14 a 17. PECADO: I Jõ. 3: 1 e 9.

Alguém pode até dizer que é radicalismo, mas segundo o meu entendimento Jesus não

lutou somente com o diabo no deserto. Mas Ele lutou também contra a carne o mundo e o

pecado. E ninguém pode lutar e vencer esses inimigos se não estiver cheio do Espírito Santo.

Lc. 4: 1; Ef. 5: 8.

Outra coisa, porquê Jesus ficou quarenta dias em jejum? O jejum é uma arma poderosa para

vencer a carne, o mundo e o pecado, e principalmente para vencer o diabo. Lc. 4: 2; Mt. 17:

14 ao 21; Mt. 2: 36 e 37. A CARNE: O diabo sabendo que a carne é um dos maiores inimigos

do homem, sabendo que o homem nos desejos da carne é um derrotado diante de Deus. Ele

lança o seu primeiro ataque a Jesus. Lc.4: 3; I Co. 2: 14.

40
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
O diabo sabendo que Jesus estava com fome, ele tenta Jesus a realizar o desejo da carne, no

caso aqui é o pão. Mas sexo, prostituição e outros desejos nos derrubam diante de Deus.

Abrindo assim brechas para o diabo entrar em nossas vidas. Gl. 5: 19 a 21; Rm. 8: 7 e 8;

ICo.3:3.

Jesus venceu a carne e o diabo, nesta primeira batalha no deserto. S e nós quisermos vencer

o diabo na batalha da carne, temos que fazer como Jesus, cheio do Espírito Santo com muito

jejum, e muita Palavra de Deus.Lc. 4: 4; Ef. 6: 17; HB. 4: 1.

O MUNDO: Como o diabo não conseguiu derrubar Jesus através de seu inimigo mais intimo,

a carne, ele tentou outro inimigo: O MUNDO. Lc. 4: 5, 6 e 7. O diabo sabe que os olhos são a

nossa porta para o mundo entrar em nossas vidas. Com a entrada do mundo, já caímos

diante de Deus e trazemos o diabo para a nossa vida. I Jõ. 5: 19; I Jõ. 2: 16 e 17; Tg. 1: 14 e

15.

O mundo nos afasta de Deus, o mundo mexe com a nossa vaidade humana, o mundo nos

leva a buscar coisas que agrada o nosso ego. O mundo nos tira da presença de Deus. Mt. 13:

22; Mt. 6: 25- 33.

A nossa vida como crente em Jesus tem que ser guiado pela Palavra de Deus. E na batalha

contra o mundo e o diabo temos que seguir o exemplo de Jesus, cheio do Espírito Santo com

muito jejum e Palavra de Deus. Lc. 4: 8; Sl. 119: 105- 11; Sl. 1: 1 e 2.

O PECADO: O diabo já tinha sofrido duas derrotas para Jesus, pois Jesus era um vencedor

contra a carne e o mundo. Como o diabo não conseguiu derrotar a Jesus através da carne o

mundo, agora ele tenta vencer a Jesus através do pecado.. Ele tente levar Jesus pelo

caminho da soberba. Lc. 4: 9 a 11; Mt. 11: 29.

41
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
O fato de sermos crentes e até ser muito usados por Deus, não nos dá o direito de entrar em

campo que Deus não nos permite entrar. Usar o nome de Deus para falarmos coisas que

Deus não mandou, fazer coisas que está contra a Palavra de Deus é pecado, e nos derruba

diante de Deus, trazendo para as nossas vidas o diabo. Dt.29: 29; Is. 59: 1 e 2.

As coisas que parecem tão simples, pecadinhos, e muitas vezes estes pecadinhos são

brechas para o inimigo agir em nossas vidas. Não devemos varrer para baixo do tapete o pó

do pecado, e sim colocar no lixo e lançar fora das nossas vidas. Js. 7: 1 – 26; Is. 28: 15; Lc. 12:

2.

Não podemos deixar o pecado reinar em nossas vidas. Se vencermos o pecado em nossas

vidas , venceremos o diabo também. Rm. 6: 12 – 14; Sl. 19: 13.Temos que seguir o exemplo

de Jesus, ser cheio do Espírito Santo, muito jejum e muita Palavra, para vencer o pecado.Lc.

4: 12.

No livro de Lucas sobre a tentação não fala de oração, mas com certeza nos quarenta dias

Jesus ficou em oração. Oração, jejum e Palavras nos deixam cheio do Espírito Santo. Sl. 55:

17; Sl.35: 13; Sl.119: 105.

A batalha contra o diabo é todos os dias. Por isto todos os dias têm que vencer a carne, o

mundo e o pecado, fazendo isso venceremos o diabo todos os dias. Lc. 4: 13; I Pd. 5: 8.

42
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 14

➢ AS PORTAS DO INFERNO TÊM QUE CAIR

➢ (Mateus 16:18)

A Palavra de Deus nos mostra claramente que as portas do inferno não prevalecem contra

Sua Igreja. E nós temos a certeza disto, mas parece que as maiorias Evangélicas ainda não

tomaram posse desta Palavra. Por isto é que temos visto tantos problemas no mundo, mas se

tomarmos posse desta Palavra, nós vamos ver as portas do inferno caírem por terra.

Hoje o que podemos ver nas igrejas, é que a grande maioria dos crentes quer ser pregadores

e pastores, esquecendo de fazer a vontade de Deus. E qual é à vontade de Deus? Mc. 16: 15;

Is. 6: 8 e 9; Mt. 28: 19.

Também vemos que há muitas igrejas e denominações, mas vemos que poucos estão fazendo

evangelismo de rua. O que diz a Palavra de Deus? II Tm. 4: 1 e 2; Rm. 10: 15; Is. 52: 7.

Podemos ver muitas pessoas nas ruas, na miséria, sem ter onde morar, ou o que comer. O

que a Palavra manda fazer? Mt. 22: 9 e 10; Mt. 25: 34 ao 40. O Senhor Jesus nos deixou um

grande exemplo. Lc. 16: 19 ao 25.

Hoje o que mais temos visto é órfãos oprimidos e viúvas. Vemos as igrejas fazendo muito

pouco ou quase nada por estas vidas. Is. 1: 17; Sl. 68: 5; Sl. 10: 17 e 18.Se muitas igrejas ou

denominações, não estão nem um pouco preocupadas com a causa deles, o que está

acontecendo com eles? Jr. 5: 27 e 28; Rm. 1: 22; Ap. 3: 17.

A Igreja tem por obrigação ou mandamento, incentivar o crente a ler a Bíblia, mas não fazem

isto. II Tm. 3: 16 e 17; II Pd. 1: 19 -10 e 21; Sl. 1: 1, 2 e 3.

O que vemos hoje é uma invasão de melodias mundana no meio dos louvores dentro das

igrejas e não é só nos louvores. Mas em todos os costumes da igreja. O mundo está dentro

das igrejas. Vamos ver o que diz a Bíblia. Tg. 4: 4 e 5; I Jõ. 2: 15 e 16; I Jõ. 5: 19; Gn. 1: 4.

43
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Há muitas igrejas preocupadas em preparar doutrinas de homens, ao invés de seguir as

doutrinas do Senhor Jesus. Mt. 15: 9; Cl. 2: 22 e 23; II Jõ. 9 ao 11.

No nosso país aumentou grandemente o numero de seitas heréticas. O espiritismo está

crescendo, a idolatria está aumentando e as igrejas evangélicas se dividindo, enquanto a

Bíblia manda se unir. Mt.12: 25; Mc. 10: 9; Ef. 2: 14.

Se as igrejas ao invés de se dividirem fossem unidas em oração, as forças malignas cairiam

por terra. Sabem por quê? Mt. 16: 19; Mt. 18: 19 e 20; II Cr. 7: 14; Sl. 8: 2.

As igrejas deveriam incentivar os crentes a colocarem faixas em frente as suas casas para

exaltar o nome do Senhor Jesus. Porquê? Sl. 99: 5; Sl. 34: 3; Sl. 57: 5.

Hoje podemos ver que poucos crentes contam o que Jesus tem feito na vida deles. Mas o

Senhor não nos chamou para ficar calado. IS.44: 8; At.26: 22; Lc.8: 38 e 39; Jõ.15: 17; Sl.66: 16.

Diante da grandeza de nosso Seus e das suas maravilhas, o que temos que fazer? At. 18: 9; Sl.

106: 2; Sl. 118: 17.

A Palavra de Deus nos diz que as portas do inferno não prevaleceriam contra a Igreja do

Senhor. O que a igreja tem que fazer para isto acontecer? Mt. 6: 33; Lc. 11: 9; I s. 55: 6.

Se as portas do inferno estão prevalecendo contra as igrejas, é porque elas não estão

buscando ao Senhor Jesus, e sem Ele nada podemos fazer.

Jõ. 15: 5; Cl. 1: 18; Hb. 13: 8; Ap. 1: 8.

Quando o homem sair da frente da igreja, e permitir que o Senhor peleje as portas do inferno

cairão, a Terra vai ficar cheia da Glória do Senhor. Is. 6: 3; Nm.14: 21; Sl. 72: 19; Hc. 2: 14.

44
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 15

➢ O CARNAL, INIMIGO DO ESPIRITUAL (JOAO. 3:6)

Fizemos este estudo para servir de alerta para os crentes, que procuram viver uma vida

carnal. Para mostrar a eles o perigo que é ser carnal. O crente carnal serve de instrumento de

Satanás na luta contra a obra do Espírito Santo.

Vamos ver o primeiro combate entre o carnal e o espiritual. Aconteceu por que Abel oferecia

o melhor para Deus do que Caim. Gn. 4: 3 e 4; Hb. 11: 4.

Deus se agrada do homem espiritual, pois ele sempre oferece o melhor para Deus. Assim

como Deus se agradou da oferta de Abel. Caim homem carnal deixou entrar a inveja em seu

coração. Conseqüência da inveja. Gn. 4: 8; I Jõ. 3: 9 e 12; Pv. 27: 4.

Podemos ver que a inveja é um fruto da carne. Gl. 5: 21.

Podemos ver que Jesus Cristo, homem nascido do Espírito foi vitima da inveja. Mc. 15: 9 e 10;

Mt. 27: 17 e 18. Vemos também como Ismael filho da carne perseguiu a Isaque filho da

promessa, nascido do Espírito. Assim é agora Gl. 4: 28 e 29. Porquê existe esta perseguição.

Gl. 5: 17.

A Palavra de Deus nos mostra que todos os que são nascido do Espírito Rm. 8: 1. Padecerão

perseguições. II Tm. 3: 12; I Pd.4: 14.

Podemos ver que como Jacó e Esaú brigavam no ventre de sua mãe. Gn. 25: 21 e 22.

Assim existe esta briga entre o carnal e o Espiritual. Gl. 5: 17; I Pd. 2: 11 e 12. Muitos crentes

que nasceram no Evangelho, e que são carnais tem que ver o exemplo do que aconteceu a

Esaú e Jacó. Gn. 25: 27 ao 34; Hb. 12: 16 e 17; Mt. 19: 30; Mt. 20: 16.

45
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Uma das coisas que mais acontece na igreja, é que o crente espiritual se torna importuno.

Por isto ele passa a ser rejeitado pelos seus irmãos.

Veja o exemplo de José e seus irmãos. Gn. 37: 19 ao 28; At. 7: 9. A exemplo do próprio Jesus.

Mt. 21: 42; Is. 53: 3.

Quando os crentes carnais começam a rejeitar os crentes espirituais, na verdade quem eles

estão rejeitando?

I Sm. 8: 7; I Sm.10: 19; At. 4: 11; Lc.10: 16. A rejeição ou acepção de pessoas é armas carnais

para combater a espiritualidade. Tg. 2: 9; Pv. 14: 21; Cl. 3: 11; Gl. 3: 27 e 28.

O crente carnal anda segundo as aparências.

O que disse Paulo? II Co. 4: 18; I Co2: 9; I Co. 1: 27 e 28. Vamos ver como Deus escolheu a

Davi. I Sm. 16: 5, 6 e 7. Por que o crente carnal e o crente espiritual são tão diferentes? Rm.

8: 5. Qual o significado da inclinação do Espírito? Cl. 3: 1 e2; Mt. 6: 33.

O que acontecerá com o crente carnal que persegue o Espiritual? I Co. 3: 16 e 17; Mt. 12: 31;

Mt. 24: 50 e 51. Esta luta entre o carnal e o Espiritual durará para sempre? Gn.6: 3; II Ts. 2: 7;

I Ts. 4: 16 e 17.

O que diria o Senhor para o crente que vive segundo a carne, quando Ele vier na Sua Glória?

Dn. 5: 27; Ap. 3: 15, 16 e 17.

46
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
➢ CAPÍTULO 16

➢ MINISTÉRIO DA INTERCESSÃO ( 1 Timóteo . 2:1)

As Igrejas evangélicas têm se levantado com muitos trabalhos e muitos crentes com muitas

horas de orações. Mas vendo a situação do Brasil financeira e principalmente Espiritual,

observamos que pouquíssimos crentes têm se entregado ao Ministério da Intercessão. Pois

tudo que está acontecendo no país são obras de Satanás. Necessitamos de guerreiros de

orações, intercessores ferrenhos que repreendam este mal que assola o país. Vamos falar

sobre a necessidade do Intercessor.

Segundo a Palavra de Deus, o Espírito Santo têm nos mostrado que Deus têm pleno

conhecimento do que está acontecendo em nosso país. E o que Deus quer que façamos?

IICr.7: 14; Ed: 10; II Cr. 20: 3 e 4; Jõ. 8: 5 e 6.

Como podemos ter a certeza de que Deus quer que se levante neste país intercessor. Sl. 53:

2; Ct. 3: 2; Sl. 9: 9 e 10. Podemos ver segundo a Bíblia que os grandes homens de Deus eram

intercessores. Moisés: Ex. 32: 22 ao 3; Jeremias 7: 16; Daniel 10: 12; Neemias 1: 6 ao 9.

Hoje podemos ver que muitos não querem ser intercessores. Mas está chamando intercessor

em todo o mundo. Is. 13: 3; Naum. 2: 3; Jl. 3: 10 e 11.

O que diz o Senhor para aqueles que querem ser intercessor. Jr. 33: 3; Jr.29: 13; Ed.8: 22.

Qual é a função do intercessor? Sl. 105: 4; I Ts. 5: 17; Cl. 4: 2.

Talvez algumas pessoas (crentes), possam dizer que os homens de Deus, não tinham uma

vida de oração; Vejamos o que diz a Bíblia. Sl. 55: 7; Dn. 6: 10; Sl. 5: 3; Is. 26: 9.

Para que um homem venha a um intercessor e tenha as suas orações respondidas, como lê

precisa ser. I Pd.1: 16; Rm. 12: 1; Ef.1: 4. Porquê nós temos a certeza de que as orações dos

homens santos são respondidas? Sl. 32: 6; Pv. 15: 29; At.10: 1 a 4.

47
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Se olharmos para a Palavra de Deus, veremos que foi no momento em que se levantou

intercessores que Deus deu vitória a Israel. Ex. 2: 23; Ex. 3: 7; Sl. 99: 6.

Quando o intercessor clamar, o quê Deus vai fazer? Lc. 18: 7; Ap. 5: 8 e 9; Ap. 8: 3 a 5. Porquê

é necessário que se comece a levantar intercessores neste país, o mais rápido possível? Gn.

6: 5; Rm. 3: 11 e 12; Gn. 18: 20.

Porque nós temos a certeza que quando começar a levantar grandes quantidades de

intercessores as situações do povo vai mudar. II Co.10: 4; Ef.6: 12; Sl. 8: 2.

Em quê palavra está firmada a nossa certeza de que a oração de intercessão é respondida?

Lc.11: 9 e 10; Mt. 21: 22; Mt. 6: 33.

➢ CAPÍTULO 17

➢ É NECESSÁRIO SER INTERCESSOR

: Hoje vivemos tempos difíceis. II Tm. 3: 1; e por estarmos vivendo tempos difíceis, tem sido

necessário levantar intercessores. O intercessor é um guerreiro que se levanta em oração

para combater contra o reinado das trevas.

Vamos ver conforme a Palavra de Deus o que é ser um intercessor. O Espírito Santo é um

intercessor, Rm. 8: 26, 27; Jesus Cristo é um intercessor. Hb. 7: 22 a 25; I Jõ. 2: 1,2; Ap.5; 1

a10; Rm. 8: 33, 34.

Intercessor é um sacerdote ou um sumo sacerdote. É aquele que se coloca entre deus e o

homem. Intercedendo a favor do homem.Sempre pedindo a Deus para perdoar os pecados

dos homens.. Lv. 4: 13 a 20.

48
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Hoje diante de tantos pecados que o povo tem cometido. Diante de tantas brechas que esta

nas igrejas e no mundo, Deus anda a procura de intercessores para tapar as brechas. Ez. 22:

30; Is. 59: 16. É preciso que as igrejas tomem consciência e venham a levantar intercessores.

Pois o trabalho da igreja é ministrar entre Deus e os homens, ou seja a igreja foi levantada

por Deus para interceder. A função da igreja é sacerdotal. Ap. 1: 5, 6; I Pd.2: 9.

Se a igreja começar a clamar, se o povo tomar consciência de que deve ser um intercessor, as

brechas do muro vão ser fechadas. Is.62: 6, 9; Lc. 19: 37 a 40.

A igreja tem que fazer o trabalho de um intercessor, pois o Espírito Santo é intercessor, Jesus

Cristo é um intercessor. Sendo a igreja o corpo de Cristo, logo o ministério da intercessão tem

que estar na igreja. Rm.12: 5, I Co. 10: 16, 17.

Diante de tantos pecados e problemas que a nossa nação tem, a Palavra de Deus nos exorta a

se unir em oração e interceder Poe ela. II Cr.7: 14. A Palavra de Deus nos garante se nós nos

levantarmos em oração de intercessão. Deus irá fazer uma obra tremenda em nossa

Nação.Mt. 18: 18 a 20; t. 16: 17 a 19; Jõ. 14: 12 a 14.

Podemos ver que quando Deus ia destruir Sodoma e Gomorra, Ele ia destruir tudo. Mas por

causa do intercessor Deus preservou a vida de Ló. Gn. 18: 20 a 23; Gn. 19: 12 a 17.Abrão

limitou o numero de justo. Se ele rogasse por um justo Deus não destruiria.

Podemos ver também que pretendia destruir todo o povo no deserto. Por causa da rebelião,

mas por causa de :Moises ser um intercessor Deus não destruiu. Nm. 16: 16 a 24. Podemos

ver outro grande intercessor, Daniel, que esteve por vinte e um dias intercedendo pelo povo

na Babilônia. Dn. 10: 1 a 3.

A intercessão tem um grande poder no mundo espiritual, Pois durante os vinte e um dias de

intercessão de Daniel se travava uma grande batalha no reino espiritual. Dn, 10: 1 a 3.

49
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
Podemos ver que a Bíblia nos dá exemplos de vários homens que foram grandes

intercessores,. E através das suas intercessões mudaram a história. Olhar para estes exemplos

e nos levantar como intercessores é ter conhecimento.Sl. 53: 2. Para que os homens, as

nações, os povos venham a ter paz, é preciso que venhamos a ser intercessores.I Tm. 2: 1 a 4.

Podemos ver que os dias em que estamos vivendo são como os dias de Jó.Assim como Jó

clamava por um intercessor, muitos homens no mundo estão esperando que alguém se

levante para interceder por ele diante de Deus Jó 9: 33; Lm. 2: 19.

ASSEMBLÉIA DE DEUS

AGRADEÇO A DEUS

50
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL
51
LIVRO A BATALHA ESPIRITUAL

Você também pode gostar