Você está na página 1de 9

INTRODUÇÃO

A gestão de pessoas auxilia as organizações a construírem suas


equipes de colaboradores, procurando, por meio de um processo
eficaz de recrutamento, pessoas com o perfil adequado para
assumirem cargos vagos nas organizações. Por acreditar na
importância de compreender essa relação, procurou-se
fundamentar com diversos autores da área de Administração esse
tema, além de se desenvolver uma pesquisa exploratória e
descritiva que se buscou aprofundar o conhecimento em relação ao
recrutamento e suas fontes, como também utilizar o referencial
teórico para a realização das questões do questionário.
Fontes de recrutamento
Definição : As fontes de recrutamento podem ser vistas como vários
meios de conectar os candidatos a uma organização que possui
vagas adequadas. Em palavras simples, serve como um meio para
comunicar ou anunciar vagas na organização para obter uma
resposta dos candidatos em potencial.
O que é uma seleção?

A seleção é a etapa na qual o profissional será escolhido para o


preenchimento da vaga. Desde o início do recrutamento até o final
da seleção, existem inúmeras ações e atividades que visam
encontrar os candidatos que estão alinhados ao perfil desejado e
com maior potencial de envolvimento com a cultura organizacional.
Os recrutadores devem ter muito cuidado ao selecionar qualquer
fonte específica de recrutamento. A seleção de uma fonte
específica de recrutamento depende do número de pessoas a
serem recrutadas, do custo envolvido em cada fonte, da
acessibilidade dos candidatos, do nível de escolaridade dos
funcionários a serem contratados, da política da empresa etc.

Fontes de Recrutamento
As várias fontes de recrutamento podem ser amplamente divididas
em três tipos, que são explicados em detalhes abaixo:
Fontes internas
Fontes externas
Fontes mistas

Fontes de recrutamento internas:


As fontes internas de recrutamento referem-se à busca de
funcionários de dentro da organização para preencher a vaga.
Muitas empresas consideram o recrutamento interno uma ótima
opção, pois é rentável e tendem a contratar funcionários com um
conhecimento melhor da organização e de suas políticas.
O recrutamento interno pode ser realizado através dos
seguintes meios:
Candidatos anteriores : preencher as vagas imediatas, telefonar
ou enviar por e-mail os candidatos que se inscreveram
anteriormente na organização é a fonte mais rápida e barata de
recrutamento.
Funcionários atuais : O recrutador pode exercer a promoção (para
uma posição mais alta) ou a transferência (transferência entre
departamentos ou entre agências) dos funcionários atuais, em vez
de recrutar os novos funcionários.
Referências de funcionários : Às vezes, a organização contrata
os candidatos indicados pelos funcionários existentes, assumindo
que esses candidatos são mais confiáveis.
Ex-funcionários : algumas organizações oferecem a opção de se
associar novamente aos ex-funcionários. Eles até consideram os
funcionários aposentados que estão dispostos a prestar seus
serviços de período integral ou meio período à organização.
Méritos das fontes internas de recrutamento:
As fontes internas de recrutamento são benéficas para as
organizações de pequeno porte que lidam com a linha de produtos
limitada, que não requer muita experiência. A organização não deve
ser frequentemente exposta a mudanças tecnológicas.
A seguir, são apresentados alguns dos pontos positivos das fontes
internas de recrutamento:
O recrutamento interno motiva os funcionários a terem um melhor
desempenho e serem promovidos.
Os funcionários tendem a ter uma associação de longo prazo e a
desenvolver lealdade para com a organização.
Essas fontes não envolvem muito custo e baseiam-se em
propaganda interna e publicidade boca a boca.
Não requer muita experiência e é um processo mais direto.
A organização pode confiar na força de trabalho recrutada, pois é
pré-conhecida pela empresa.
Isso economiza tempo gasto na análise de aplicativos, treinamento
e orientação posteriormente.
Deméritos de fontes internas de recrutamento
Embora existam vantagens, também existem algumas
desvantagens no recrutamento interno. Estes serão vistos abaixo:
O recrutamento interno torna desafiador a introdução de novos
recursos que pensam de maneira diferente na organização.
Os funcionários às vezes testemunham parcialidade na promoção
ou transferência, o que leva à insatisfação.
Isso também pode gerar conflitos ou inveja quando um funcionário é
promovido e o outro não.
Fontes de recrutamento externas
Fontes externas de recrutamento significam a contratação dos
funcionários que nunca foram associados à organização antes.

O que é recrutamento externo?

Este é o tipo de recrutamento caracterizada pela busca de


profissionais qualificados, para o preenchimento de uma vaga em
aberto, fora do quadro de funcionários presente na empresa. Em
vez de fazer uma seleção interna, essa procura é realizada entre
pessoas que estão buscando um novo emprego. A organização
precisa incluir novos talentos para obter sucesso e sobreviver na
competição. As grandes organizações dependem principalmente de
fontes externas de recrutamento.

A seguir, estão as várias fontes externas através das quais a


organização adquire novos recursos:

Anúncios : A organização anuncia vagas de emprego em jornais,


media, boletim da empresa, sites de redes sociais (postar vaga no
Facebook, LinkedIn, Twitter, portais de empregos etc.

Recrutamento no campus : A organização colabora com os


institutos e faculdades de ensino para contratar seus alunos para as
vagas disponíveis, realizando o processo de recrutamento no
respetivo campus da faculdade.

Recrutamento eletrônico : a organização usa o software baseado na


Web como fonte de recrutamento, envolvendo triagem eletrônica de
candidatos, teste de habilidade online, verificação de perfil online e
entrevistas em videoconferência.
Troca de emprego : A organização se registra na troca de emprego,
ou seja, uma agência afiliada ao governo que possui um banco de
dados de muitos candidatos em potencial. Esses candidatos se
registram nessas trocas de emprego em busca de melhores
oportunidades de emprego.

Consultorias de terceirização : algumas consultorias privadas estão


trabalhando profissionalmente para recrutar funcionários em nome
da organização. A organização contrata esses consultores com
base em comissão para adquirir o recurso humano desejado.

Empreiteiros : a organização contrata um contratado que fornece


trabalhadores temporários temporariamente, especialmente para
um projeto específico, e esses trabalhadores não existem nos
registros da empresa.

Aquisição e Fusões : No momento da fusão ou aquisição de uma


empresa; tem que demitir alguns de seus funcionários, bem como
recrutar novos talentos. A estrutura da empresa muda
drasticamente.

Associações profissionais : as associações profissionais facilitam a


organização a preencher a vaga, anunciando-a em seu diário ou
revista. Também oferece oportunidades de emprego aos recursos
altamente instruídos, qualificados ou experientes, especialistas em
seus campos e que são membros de tais associações.

Méritos e deméritos de recrutamento externo

O recrutamento externo é o melhor meio de recrutamento para


organizações de médio ou grande porte, diversificado em várias
linhas de negócios e realizando a contratação em massa de
funcionários.

Para entender a necessidade de recrutamento externo, vamos


analisar seus benefícios:

O recrutamento externo oferece uma chance justa aos candidatos


de competir e garantir sua posição na organização.

Não é um processo confidencial e garante transparência.

O recrutamento externo promove e incentiva a entrada de novos


talentos na organização.
É amplamente aplicável a vagas em todos os tipos de
departamentos para diferentes processos de negócios.

Os funcionários recrutados terão idéias novas e inovadoras e


conhecerão novas tecnologias e habilidades. Tudo isso inicia o
sucesso organizacional.

Deméritos de fontes externas de recrutamento

As fontes externas, também apresentam algumas desvantagens,


como veremos abaixo:

Os funcionários existentes podem se sentir menos valorizados e


derrotados e podem até deixar o emprego.

O recrutamento externo é um processo demorado, desde a


identificação dos requisitos de recursos humanos até a análise dos
aplicativos.

Envolve um enorme custo incorrido em anúncios, troca de emprego,


consultoria, etc.

Os funcionários que já trabalham na organização se sentem


insatisfeitos e desmotivados se um cargo sênior for preenchido por
alguém de fora.

Os funcionários existentes temem a perda do emprego ou a


substituição por não cumprir os padrões de desempenho.

Alternativas ao recrutamento

O recrutamento tem algumas desvantagens; por exemplo, é um


processo demorado e menos econômico. Portanto, muitas
empresas optam por outras opções, em vez de contratar, para
realizar o trabalho, embora algumas dessas alternativas sejam uma
solução temporária.

Vamos agora aprender sobre algumas das alternativas de


recrutamento em detalhes:

Terceirização : quando a organização desenvolve uma vaga,


terceiriza o processo de contratação para terceiros especializados
em serviços de recrutamento.
Horas extras dos funcionários : durante o horário de pico, quando
a produção aumenta gradualmente, a organização exige horas
extras dos funcionários em troca de salários adicionais.

Funcionários temporários : às vezes, a organização contrata


funcionários temporários por meio de agências de emprego para
lidar com a carga de trabalho nos horários de pico. Esses
funcionários podem ser técnicos, profissionais ou executivos e
possuem pessoal experiente disponível a salários mais baixos.

Leasing de funcionários : As empresas de leasing contratam os


serviços de seu pessoal para a organização. Eles são responsáveis
por manter a folha de pagamento dos funcionários e, em troca,
recebem honorários da organização.

Recrutamento Misto
De forma sucinta e objetiva, recrutamento misto é um método que
une o recrutamento interno e o externo, ou seja, aquele que opta
por dar oportunidade de concorrer à vaga em aberto aos
colaboradores que já fazem parte da empresa e também a
candidatos que estão no mercado, que ainda não fazem parte do
quadro de funcionários da organização.
O intuito é aproveitar as vantagens destes dois tipos de
recrutamento e minimizar, ou até mesmo eliminar, suas
desvantagens no processo de seleção. Com o recrutamento misto,
abre-se a possibilidade para que duas situações surjam durante o
processo seletivo.
É importante destacar que o recrutamento misto não interfere na
metodologia de seleção escolhida por cada empresa. O
fundamental é que cada uma faça a avaliação de qual processo
mais se adequa ao seu estilo, bem como à sua forma de
funcionamento.

As desvantagens do recrutamento misto estão localizadas na


possível dificuldade em encontrar o equilíbrio para que o público
interno e externo tenham as mesmas chances. Aqueles que vêm de
fora costumam acreditar que estão em desvantagem e muitas vezes
não se dedicam tanto a mostrar o seu potencial durante a
entrevista.
O recrutamento misto torna a busca mais econômica para a
empresa, pois possibilita encontrar o profissional ideal em menos
tempo e com um número maior de candidatos qualificados.
A agilidade e o poder de alcance fazem com que os custos sejam
menores, otimizando assim o uso da verba para contratações.
Se houver mais de uma vaga disponível para o mesmo cargo, é
possível adotar dois caminhos diferentes no recrutamento misto.
Como já explicamos, é possível aderir à concorrência equilibrada ou
por cotas.
A concorrência equilibrada é aquela na qual os candidatos são
avaliados com os mesmos critérios, levando em conta apenas suas
competências técnicas e comportamentais. Nesse modelo, pode
acontecer de todas as vagas serem preenchidas por candidatos
externos ou internos, dependendo dos resultados do processo
seletivo.
O segundo é a concorrência por cotas, na qual uma parte das
vagas é destinada ao público interno e a outra é preenchida por
profissionais externos. À primeira vista, isso pode não fazer muita
diferença, mas essa distribuição é extremamente vantajosa. E
agora vamos explicar o porquê!
Ao mesmo tempo em que dá oportunidade de crescimento aos
funcionários internos, a organização consegue trazer gente nova,
com ideias e posturas diferentes, sem vícios adquiridos ao longo
dos anos.
Esse equilíbrio é fundamental para manter a equipe sempre
produtiva e inovadora, fazendo com que a empresa cresça e se
diferencie no mercado.
CONCLUSÃO
No mundo de hoje, todo mundo quer ser empregado, o avanço
tecnológico simplificou ainda mais a procura de emprego.
O surgimento da era digital facilitou os candidatos a encontrar
novos empregos, a qualquer hora e em qualquer lugar facilmente.
Até empresas têm acesso a uma melhor aquisição de talentos e a
um escopo mais amplo de busca de novos talentos em todo o
mundo.
As organizações precisam selecionar sabiamente uma fonte de
recrutamento para tornar o processo eficaz.