Você está na página 1de 3

Aprendizagem Industrial de Mantenedor de

Curso: Turma: AI MSAI


Sistemas de Automação
Unidade
Aprimoramento profissional Data: 12/08
Curricular:
Professor: Cristian Leonir Gaedtke
______________________________________________________________________ Nota/Conceito
Estudante:

Conhecimentos Habilidades Atitudes

Analisar prospecção de tendências Zelo no manuseio dos equipamentos e


tecnológicas instrumentos
Inovação tecnológica
Pesquisar inovações em produtos e serviços Adoção de normas de saúde e segurança
Processos de Fabricação
Identificar avanços tecnológicos em circuitos do trabalho, trabalho em equipe
industriais Responsabilidade sócio ambiental

Revisão Eletricidade Básica

Os átomos são constituídos de nêutrons, prótons e elétrons. O átomo pode


ser divido em eletrosfera e núcleo. Na eletrosfera se encontram os elétrons
que circulam o átomo, os elétrons possuem carga negativa e estão fracamente
ligados ao núcleo podendo ser removidos ou adicionados facilmente. No
núcleo temos os prótons e o nêutrons, os prótons possuem carga positiva,
enquanto os nêutrons não possuem carga, ambos estão fortemente ligados
núcleo.
A carga é definida a partir da unidade Coulomb, sendo a carga do próton
igual a carga do elétron, porém de sinal contrário.

é = −1,6 × 10
ó = +1,6 × 10

Os materiais naturalmente possuem a mesma quantidade de prótons e


elétrons, portanto, não possuem carga. Para carregar algum objeto
positivamente ou negativamente utilizamos processos de eletrização como os
citados a seguir:
 Eletrização por atrito;
 Eletrização por contato;
 Eletrização por indução.

Ao movimentar cargas elétricas, de forma ordenada, temos a corrente


elétrica que é definida pela equação a seguir. Sendo ‘i’ a intensidade de
corrente elétrica, ‘Q’ a carga em Coulomb e ‘t’ o tempo em segundos. A
unidade de intensidade de corrente elétrica é o Ampere.
Aula remota
Eletricidade Automotiva

A corrente elétrica produz diversos efeitos, sendo os principais:

 Térmico
 Luminoso
 Químico
 Magnético
 Fisiológico

Para realizar o deslocamento da carga é necessária uma diferença de


potencial entre os dois pontos que se deseja a circulação da corrente. Essa
diferença de potencial também é chamada de tensão elétrica. A unidade da
tensão elétrica é o Volt.
Além da tensão elétrica é necessário um meio para que tenha corrente
elétrico, através de experimentos foi verificado que cada material possui uma
grandeza elétrica definida como resistência elétrica. A resistência elétrica é a
força que se opõe à corrente elétrica, e sua unidade é Ohm, utilizando o
símbolo Ω. A partir da tensão e da resistência definimos a corrente a partir da
equação a seguir, também conhecida como a 1ª Lei de Ohm.

A resistência elétrica de um objeto pode ser definida pelo seu tamanho


(comprimento e área transversal) e pelo seu material (resistividade elétrica),
com isso temos a 2ª Lei de Ohm.

Com a aplicação da tensão elétrica em uma resistência, obtendo uma


corrente elétrica, temos uma potência elétrica, definida pelo produto da
tensão elétrica pela corrente elétrica, tendo como unidade Watt (W).

= ×
Aula remota
Eletricidade Automotiva

Exercícios

1. Indique o valor da corrente em uma carga de 15W conectada em uma


bateria de 12V.

2. Indique a resistência de uma lâmpada de 10W/24V.

3. Indique as grandezas elétricas faltantes em cada uma das situações:

a. U=12V, i=2A, R= e P=
b. U=24V, i= , R= 18Ω e P=
c. U=15V,i= , R= e P=65W
d. U= ,i= 10A, R= e P=120W
e. U= ,i= , R= 100Ω e P=20W

4. Pesquise a resistividade dos materiais utilizados para fiação em


automóveis.

5. Pesquise a bitola (área dos cabos) dos principais cabos utilizados em


um automóvel.

Você também pode gostar