Você está na página 1de 14

HISTÓRIA

TEMA GERADOR: FAMÍLIA (1º trimestre)


TEMAS DE PLANO DE ESTUDO: 1º ano: A minha família, 2º ano: A história da minha família, 3º ano: A nossa moradia, 4º ano: Minha
comunidade, 5º ano: A cultura camponesa.
OBJETIVOS: Identificar e analisar as mudanças e permanências ocorridas em determinadas relações sociais, políticas, culturais e
econômicas, partindo da realidade das famílias camponesas.

TEMAS DE AVALIAÇÃO
ENFOQUE E CONTEÚDO METODOLOGIA
ESTUDO

MOTIVAÇÃO: 1º ao 5° ano OBJETIVO:


Eu, a Conhecendo nossa história, - Levantamento e exposição de diferentes Identificar e
família e a compreendemos nossa realidade documentos que registram a história da família e compreender as
comunidad presente, em vista de transformá-la. da comunidade: certidão de nascimento, cartão de diferentes formas
e em nossa vacina, carteira de identidade, certidão de de organização
1º ao 3° ano
relação casamento, carteira de trabalho, carteirinha de social e temporal
histórica. - A criança: nome, sobrenome e apelido. filiação sindical, fotos, objetos familiares. das famílias da
Concepção histórica e afetiva do nome. comunidade.
- Enterrar um objeto relevante para a criança e
- A criança e a família: a família biológica e desenterrar no final do ano (concepção do metier CONTEÚDO:
social. do historiador: fosseis, relatos sobre o objeto, Origem da família,
- Documentos históricos: Diferentes formas levantamento de hipóteses referentes a história da diferentes
família que possuía o objeto, ideia de
de registro das famílias e de seu cotidiano, estruturas
temporalidade).
Carteirinha Escolar, carteirinha do SUS, familiares, os
cartão do bolsa família; - Análise de fotos antigas e atuais diferentes
documentos
- Levantamento da origem das famílias.
- A origem (história) das famílias; históricos e
- Confecção de diferentes calendários: lunar, de temporalidades
- Organizações administrativas: rua, bairro, produção, de datas importantes para a criança, históricas.
comunidade, córrego, patrimônio, distrito, para a família e/ou para a comunidade e etc.
assentamento, sede.
- Temporalidade histórica: diferentes formas - confecção de Diferentes instrumentos utilizados METODOLOGIA:
de a família contar o tempo. para marcar e medir o tempo na História: Avaliação dos
ampulheta, relógio de sol, de água, etc.
- O tempo do campo e o tempo da cidade: trabalhos
diferentes instrumentos utilizados para medir - Montar um diário da família. elencados na
o tempo. metodologia
1º ao 3° ano
coletiva e
- unidades de medição do tempo: os anos, as - A história do nome por meio de entrevistas;
individual:
décadas, os séculos, as estações, etc.
- Produção de autorretrato e desenho da família entrevista,
- Calendário Gregoriano: nosso calendário. produção de
biológica e social.
4º ao 5° ano autorretrato e
- Observação da certidão de nascimento, desenhos,
- A relação família e comunidade: o que é enquanto: documento de nacionalidade, levantamentos de
comunidade? documento histórico e de temporalidade. documentos e
- Documentos históricos: Diferentes formas - produção de croqui da comunidade: ênfase na dados, produção
de registro das famílias e de seu cotidiano. moradia das famílias dos estudantes. de cartazes e
croqui e, a
- Organizações administrativas: rua, bairro, - Produção de cartaz: Levantamento de diferentes participação
comunidade, córrego, patrimônio, distrito, instrumentos e técnicas de medição do tempo nestes trabalhos.
assentamento, sede, município, estado e utilizadas pela família
país. 4º ao 5° ano
Temporalidade histórica: diferentes formas - Levantamento das diferentes famílias que
de contar o tempo na história. existem na comunidade.
- Diferentes instrumentos utilizados para - Localização, no mapa, da localidade de origem
marcar e medir o tempo na História: sino, das diferentes famílias dos estudantes.
ampulheta, relógio de sol, de água,
analógico, etc. - Produção de texto: comparando a forma de
marcar e medir o tempo da sua comunidade
- Os diferentes calendários: cristão, judeu, camponesa, das comunidades indígenas,
mulçumano, asteca, lunar, de produção, etc. quilombolas e pescadores.
- unidades de medição do tempo: os anos, as
décadas, os séculos, as estações, etc.
- Como os indígenas contam o tempo?

Os MOTIVAÇÃO: 1º ao 5° ano OBJETIVO:


diferentes A compreensão das mudanças e - Análise de fotos antigas e atuais: Debate sobre Analisar as
espaços e permanências no modo de organização da as mudanças e permanências. mudanças e
tempos que nossa comunidade é importante para
nos - Apresentação da pesquisa proferida pelos 4º e 5º permanências nas
entendermos outras formas de organizações
constituem anos e produção de um abaixo assinado relações de
políticas e sociais.
enquanto solicitando para a comunidade, os espaços gerações, gênero,
sujeitos 1º ao 3° ano públicos que a pesquisa demonstrou que esta não étnicas e de
trabalho, na família
históricos. possui acesso.
- A moradia: espaço familiar; e em diferentes
- Produção de cartaz de combinados e sistema de relações
- As relações familiares: regras da escola e
auto organização: na sala, nos momentos de societárias.
da família.
alimentação, nos conteúdos vivenciais, na entrada
* A importância dos valores nas relações CONTEÚDO:
e saída.
humanas (integrar com Ensino Religioso – 1º
- Produção de um teatro para discutir as relações Relações de
trimestre);
de poder tanto na família como em nossa gerações, gênero,
- Relações de gerações, gênero, étnicas e de étnicas e de
comunidade camponesa.
trabalho, na família. trabalho, na família
- Organizar, com todos os estudantes, eleições e suas regras de
- Meios de comunicação e transportes para as instâncias executivas e legislativas. convivência; o
utilizados pela família e sua função. (Integrar
- Organizar a turma para proferir o papel dos espaço familiar e
com geografia);
representantes dos três poderes, nos diferentes outros espaços
4º ao 5° ano espaços da escola. comunitários.
- O espaço familiar e outros espaços - Visita de estudo a Câmara Municipal. METODOLOGIA:
comunitários;
- Leitura de imagens para perceber os diferentes Avaliação dos
* A importância dos valores nas relações meios de transporte do município; trabalhos
humanas (integrar com Ensino Religioso – 1º elencados na
- Análise de cartas antigas; metodologia
trimestre);
- Intercâmbio de cartas entre os estudantes e entre coletiva e
individual:
- Relações políticas: Organização política do as escolas; produção de
Município; - Análise sobre a linguagem utilizada nas redes história em
quadrinhos, de
- Poder Executivo, Legislativo e Judiciário. sociais da internet;
desenhos, cartas,
- As relações societárias: regras que regem o Exposição de objetos antigos utilizados na pesquisas,
Estado e o País. comunidade: rádio, jornal, televisão, vitrola, discos cartazes,
- Os diferentes meios de transporte e de vinil, telefone; apresentações,
comunicação na História. (Integrar com - Confecção de telefone com latinhas e barbantes teatro e
geografia); (telefone sem fio). participação dos
estudantes na
- Produção de relatório sobre o funcionamento do organização das
transporte escolar nas/das comunidades. eleições e,
1º, ao 3° ano confecção de
telefone e
- Produção de história em quadrinhos referente avaliação de
aos direitos da criança e do adolescente. habilidade e
- Produção de desenhos; cartas e/ou e-mails; convivência dos
estudantes.
- Pesquisa sobre as regras utilizadas no trânsito.
4º ao 5° ano
- Pesquisa sobre os diferentes espaços públicos
que existem na comunidade ou a ausência destes:
escolas, praças, postos de saúde, quadras e etc.
- Pesquisa sobre a função dos cargos delimitados
aos três poderes.
- Produção Escrita (utilizando diferentes gêneros
textuais) sobre as relações de poder da legislação:
Constituição, Estatuto da Criança e do
Adolescente, e demais documentos.
- Produção de Cartaz com diferentes meios de
comunicação e transporte. Análise das mudanças
e permanências.

HISTÓRIA
TEMA GERADOR: TERRA (2º trimestre)
TEMAS DE PLANO DE ESTUDO: 1º ano: A terra onde moro; 2º ano: Atividades do Campo; 3º ano: As diversas formas de vida
na terra; 4º ano: O cuidado com a terra; 5º ano: Distribuição das terras na comunidade.
OBJETIVOS: Compreender nossas relações de trabalho e nossas relações com a terra, a partir das formas de resistência e
organização popular que ocorreram em nossa História.

TEMAS DE AVALIAÇÃO
ENFOQUE E CONTEÚDO METODOLOGIA
ESTUDO

Somos produto MOTIVAÇÃO: 1º ao 5° ano OBJETIVO:


e produtores de Nossas relações de trabalho e - Apresentação da pesquisa proferida pelo 1º, 2º e Analisar o processo
nossa longa com a terra são produtos de um 3º anos histórico de divisão da
história. processo histórico, processo - Análise de fotos antigas e atuais: comunidade, terra e do trabalho nas
este que também produzimos. município, estado: percepção das mudanças e comunidades
camponesas.
1º ao 3° ano permanências.
Identificar as
Ocupação da terra: Apresentação da pesquisa proferida pelo 4º e 5°
contribuições sócio-
- A história de constituição da ano. culturais das diferentes
Comunidade; - Debate sobre o trabalho assalariado e as outras etnias na conformação
- As diferentes etnias que formas de organização do trabalho camponês: cultural da família
ocuparam a nossa comunidade; trabalho e exploração. camponesa.

- O que é ocupar? O que é - Análise de vídeos que retratam o trabalho CONTEÚDO:


escravo, assalariado e outros.
colonizar? O processo de divisão
- Análise de vídeos que retratam o trabalho da
- Contribuições sócio-culturais família camponesa. da terra e do trabalho.
das diferentes etnias na - Apresentação de pesquisa referente aos As diferentes etnias que
conformação cultural da família elementos sócio-culturais das diferentes etnias na contribuíram na
camponesa. conformação da cultural capixaba e, conformação cultural da
Divisão/distribuição da terra: especificamente, do povo camponês. família camponesa.
- Divisão da terra e do trabalho - Debate sobre as mudanças e permanências do METODOLOGIA:
na comunidade; modelo econômico agroexportador (sistema de Avaliação dos trabalhos
- Relações de trabalho da colonização/exploração português) em nossa elencados na
família camponesa: meeiro, comunidade, município e estado. metodologia coletiva e
diarista, comodatário, vaqueiro, - Intervenção/palestra de uma pessoa da individual: pesquisas,
assalariados, artesãos, comunidade para contar a história da comunidade; produção de desenhos,
pescadores e outros. produção de história em
- Pesquisa com a família sobre sua origem.
quadrinhos, de quadro
- O que é o trabalho escravo? 1º ao 3° ano comparativo e de mapas
- O que é trabalho assalariado? - Pesquisa sobre a comunidade desde sua e, participação
4º ao 5° ano formação até os dias atuais; apresentação das
pesquisas e debates.
Ocupação da terra: - Pesquisa bibliográfica, fotográfica e entrevistas
- A história de constituição do sobre as mudanças e permanências na
Município, do Estado e do comunidade (monografia da comunidade).
Comparando as diferentes fontes.
Brasil;
- Os sistemas de Colonização: - Produção de desenho das diferentes etnias que
ocuparam a comunidade.
povoamento e exploração.
- A vida dos povos indígenas - Pesquisa: Contribuições das diferentes etnias
para a produção da cultura camponesa: festas,
antes e depois da colonização.
comidas típicas, vestimentas, organização do
- A vinda dos africanos em trabalho, formas de comercializar, de produzir o
situação de escravidão. alimento e artesanato e outras.
- A vinda dos imigrantes - Produção de história em quadrinhos sobre a
europeus com a promessa de divisão da terra e as relações de trabalho na
uma vida melhor. comunidade.
- Contribuições sócio-culturais - Produção de quadro comparativo das profissões
das diferentes etnias na e o modo de produzir de antigamente com as da
conformação da cultura atualidade (novas ruralidades);
capixaba e brasileira. 4º ao 5° ano
Divisão/distribuição da terra: - Produção de Mapa do Espírito Santo: Pesquisa
- Capitanias Hereditárias e o sobre a posse da terra pelos indígenas, africanos
modelo econômico e imigrantes europeus. Localização dos
agroexportador (sistema de Quilombos e Aldeias Indígenas em nosso Estado.
Colonização/exploração - Pesquisa: Contribuições das diferentes etnias
português): Latifúndio, para a produção de uma cultura capixaba plural:
Monocultura e Trabalho festas, comidas típicas, vestimentas, organização
escravo. do trabalho, formas de comercializar, de produzir o
- Relações de trabalho no alimento e artesanato e outras.
modelo econômico - Produção escrita (com diferentes gêneros
agroexportador: trabalho textuais) que abordem a relação entre a extensão
indígena, africano e os e posse da terra no sistema das Capitanias
imigrantes europeus; Hereditárias com os dias atuais.
- Mapas históricos e gráficos - Produção escrita (com diferentes gêneros
textuais) que abordem a relação do trabalho
indígena, africano e dos imigrantes europeus no
Sistema de colonização/exploração português,
proferindo comparações com o sistema de
trabalho contemporâneo: a qual classe social
pertencem tais etnias? Como sua força de
trabalho é explorada hoje?

Nos MOTIVAÇÃO: 1º ao 5° ano OBJETIVO


organizando, Em diferentes períodos - Avaliação do sistema de auto organização dos Identificar e reconhecer
lutamos pela históricos a questão da terra foi estudantes, demonstrando sua importância para a as diferentes formas de
terra, lutamos objeto de disputa social. organização e convivência da comunidade. resistência e
por nossos organização populares.
1º ao 3° ano Apresentação da pesquisa proferida pelo 4º e 5°
direitos, ano, referente aos Movimentos de luta pela terra CONTEÚDO
lutamos por Resistência e Organização
que existem em nosso estado.
nossas vidas. social: Processos de
- Produção de um teatro para discutir a luta pela mobilização/organização
- Processos de
terra na História. social na comunidade;
mobilização/organização social
na comunidade; - Organizar uma eleição com uma plataforma Sistema Governamental
política pautada nas necessidades da escola e da e Sociedade civil
- Espaços de organização organizada; Movimentos
comunidade.
social: sindicatos, igrejas, sociais de luta pela terra
escolas, associações, 1º ao 3° ano
METODOLOGIA
cooperativas, movimentos - Pesquisa sobre os diferentes espaços de
sociais camponeses e outros. organização social que as famílias participam, Avaliação dos trabalhos
elencados na
Organização Política: procurando investigar o porquê de sua ausência
metodologia coletiva e
nestes espaços.
- O que é Sistema individual: pesquisas,
Governamental e Sociedade - Produção de uma tabela com as organizações e apresentações,
civil organizada? espaços de mobilização social da comunidade. produção de tabelas, de
- Organização política de nosso - Produzir desenhos, panfletos e informes para desenhos, de textos, de
Município. uma campanha eleitoral: compreendendo a panfletos e informes
importância do voto em um sistema democrático para a campanha
- Democracia representativa. eleitoral.
representativo.
4º ao 5° ano
4º ao 5° ano
Resistência e Organização
- Pesquisa e Apresentação: os movimentos socias
social:
que lutam pela terra em nosso estado –
- A resistência indígena e Movimento Indígena, Movimento Quilombola,
africana ao trabalho escravo; Movimento dos trabalhadores rurais Sem Terra,
- A abolição da Escravatura; Movimentos dos Pequenos Agricultores e outros.
- Movimentos populares na - Produção de texto escrito (com diferentes
história do Espírito Santo e do gêneros textuais) referentes a leis eleitorais de
Brasil; nosso país.
- A luta pela terra: As ligas
Camponesas e o Movimento
dos Trabalhadores Rurais Sem
Terra - MST.
Organização Política:
- Os diferentes modelos
governamentais na História do
Brasil: Monarquia, Ditadura e
República.
- Produção dos conceitos de:
Democracia, democracia
representativa, partidos
políticos, presidencialismo,
parlamentarismo.
- Organização política de nosso
país.

HISTÓRIA
TEMA GERADOR: SAÚDE (3º trimestre)
TEMAS DE PLANO DE ESTUDO: 1º ano: Higiene do nosso corpo; 2º ano: Nossos alimentos; 3º ano: Os cuidados com o meio
em que vivemos; 4º ano: Os cuidados com a saúde; 5º ano: Nossa alimentação.
OBJETIVOS: Compreender que as modificações no processo de produção e comercialização dos alimentos produzidos pelos
camponeses são fruto da disputa territorial entre o campesinato e o agronegócio.

TEMAS DE METODOLOGIA AVALIAÇÃO


ENFOQUE E CONTEÚDO
ESTUDO

Uma MOTIVAÇÃO: 1º ao 5° ano OBJETIVO:


alimentação Nossa alimentação é fruto do - Montar uma vendinha para comercialização Analisar as
saudável trabalho do camponês que luta dos produtos produzidos pela comunidade: permanências e
depende de contra o avanço do latifúndio e do comércio proferido por dinheiro, por escambo, transformações na
nossas famílias agronegócio. por cartas de crédito e outros (pautados nos produção camponesa e
camponesas. princípios da Economia Solidária). sua comercialização a
1º ao 3° ano
- Debate sobre o avanço do trabalho partir da mecanização
Ciclos Econômicos:
assalariado e a perda da gestão da terra pela que vem ocorrendo no
- As atividades econômicas na família camponesa. campo.
família, na comunidade e no CONTEÚDO:
- Pesquisa nas famílias sobre a utilização de
município.
Agrotóxicos, produção de tabelas. As transformações das
- Crescimento do Comércio e da atividades econômicas
Indústria: impactos na - Produção de panfletos de sensibilização: não na família, na
uso de Agrotóxicos pelas famílias camponesas.
comunidade; comunidade, no
- Produzir um espaço para germinação de município e no estado.
- Transformações Tecnológicas no
Campo: permanências e sementes crioulas (na escola, na família, ou em METODOLOGIA
transformações na produção local coletivo da comunidade).
camponesa e sua comercialização. - Produção de cartaz demonstrando todos os Avaliação dos trabalhos
elencados na
produtos industrializados consumidos pelas
- O que é escambo? metodologia coletiva e
famílias camponesas.
- O que é compra e venda direta? individual: pesquisas,
1º ao 3° ano produção de desenhos,
- O Agronegócio e os Agrotóxicos. cartazes e mapas e
- Pesquisa oral e fotográfica sobre as mudanças
- Produção de alimentos na família e permanências na comunidade, a partir das participação dos
e comunidade. transformações tecnológicas empreendidas no estudantes na
4º ao 5° ano campo: formas de produção e comercialização organização da
dos produtos; vendinha e do espaço
Ciclos Econômicos:
para germinação de
- Produção de cartaz com os instrumentos
- Os ciclos econômicos brasileiros; sementes crioulas.
utilizados pelos avós e/ou imigrantes, e/ou
- O Espírito Santo neste processo: indígenas e africanos, na atividade agrícola.
as principais atividades
- Produção de desenho e texto escrito (com
econômicas do estado hoje. ;
diferentes gêneros textuais) discorrendo sobre
- Crescimento do Comércio e da as diferentes formas de produção de alimentos
Indústria: impactos no município e na História.
estado;
4º ao 5° ano
- Transformações Tecnológicas no
Campo: mecanização e - Pesquisa oral e fotográfica sobre as mudanças
modificação nas relações de e permanências na comunidade, a partir das
transformações tecnológicas empreendidas no
trabalho.
campo: formas de produção e relação de
- Migrações. trabalho;
- A produção de Alimentos: a luta - Produção de um mapa enfatizando as
do Território Camponês contra o migrações que ocorreram na comunidade, no
Território do Agronegócio. município e no estado.
- Produção de alimentos no - Produção de texto escrito (com diferentes
município e no estado. gêneros textuais) discorrendo sobre as
diferentes formas de produção de alimentos na
História.

Campo e MOTIVAÇÃO: 1º ao 5° ano OBJETIVO:


cidade: espaço Reconhecendo os nossos - Relato de um morador que vive ou viveu na Identificar o acesso ou
de integração. espaços, compreendemos nossas cidade: debate sobre relações sociais e acesso não, das comunidades
relações. a políticas públicas. camponesas, as
CONTEÚDO: - Visita a sede do município para análise do políticas públicas
acesso de seus moradores aos diferentes vigentes.
1º ao 3° ano
serviços públicos. Reconhecer a
Urbanização e políticas públicas:
- Pesquisa sobre saída e chegada de importância da cidade
- As cidades e sua influência na moradores na comunidade. (data, motivo, como espaço de
vida da comunidade. destino, etc.) comercialização.
- A história de construção da sede - Visita à feira livre. CONTEÚDO:
do município: porque sede?
1º ao 3° ano Acesso a políticas
- Acesso a políticas públicas de públicas de lazer,
lazer, educação, saúde, - Produção de uma tabela contendo os pontos educação, saúde,
segurança, transporte e outros que o educador e os estudantes consideram segurança, transporte e
primordiais para uma vida saudável e o que a
pela comunidade. outros pela comunidade
comunidade possui ou não.
4º ao 5° ano e pela população
4º ao 5° ano camponesa em geral.
Urbanização e políticas públicas:
- Produção de texto discutindo o acesso as METODOLOGIA:
- As primeiras vilas e cidades no políticas públicas: no campo e na cidade. Avaliação dos trabalhos
Estado. elencados na
- Estudo sobre preconceito racial: origem e
- Acesso a políticas públicas de consequências; metodologia coletiva e
lazer, educação, saúde, individual: produção de
*Estudo sobre os conceitos de preconceito, tabela e de textos e,
segurança, transporte e outros
racismo e discriminação; participação dos
pela população camponesa.
*Bulling na Escola e na comunidade; estudantes na visita a
sede do município e a
- A comercialização: Instrumento O bullying como atividade agressiva, violenta, feira.
da relação campo e cidade intencional e repetitiva é executado dentro de
uma relação desigual de poder entre crianças e
adolescentes, tanto no ambiente escolar como
no seu entorno. Apresenta-se em diversas
situações: colocar apelidos, ofender, zoar,
humilhar, discriminar, excluir, isolar, ignorar,
intimidar, perseguir, assediar, aterrorizar,
tiranizar, dominar, agredir fisicamente, ferir,
roubar, quebrar pertences, espalhar rumores e
fofocas, fazer chantagem, comentários
depreciativos sobre a família da vítima, o local
de moradia ou de proveniência, aparência
pessoal, orientação sexual, religião, raça, nível
de renda, nacionalidade. O bullying pode se
manifestar de quatro diferentes formas: verbal,
físico, psicológico e cyberbullying. Pode afetar a
autoestima e a saúde mental das vítimas,
desencadeando problemas como anorexia,
bulimia, depressão, medo frequente e até
mesmo o suicídio.

Metodologia: pesquisa sobre os tipos de


bullying; entrevista com a família e pessoas
mais velhas da comunidade para realizar
comparação entre as formas de bullying no
presente e no passado. Refletir sobre a
banalização da violência no ambiente escolar e
na comunidade, relacionando-a à frase de
Nelson Mandela (“Ninguém nasce odiando outra
pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou
ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas
precisam aprender, e se podem aprender a odiar,
elas podem ser ensinadas a amar”.) Integrar com
Língua Portuguesa e Ciências Naturais.

- Reflexão, produção de textos e elaboração de


cartazes com a frase de Nelson Mandela, citada
acima.

OBSERVAÇÃO:
MONOGRAFIA DA COMUNIDADE – É um documento que deve ser atualizado anualmente, ou sempre que houver necessidade

Itens que podem ser explorados na pesquisa da monografia da comunidade:

1. Atividades econômicas
 Listar quais atividades são desenvolvidas na comunidade;
 Descrever a atividade econômica mais importante e como seus produtos são comercializados.
2. Atividades culturais (descrever cada uma delas)
3. Atividades religiosas (descrever cada uma delas),
4. Organizações sociais (nome dos membros e histórico),
5. Saneamento básico,
6. Energia,
7. Saúde,
8. Transporte,
9. Sistema de comunicação,
10. Distância até a sede do distrito
11. Distancia até a sede do município,
12. Quantidade de famílias (histórico das famílias mais antigas com registro de fotos e depoimentos dos membros atuais),
13. Croqui (mapa) da comunidade com a localização geográfica e limites.
14. Número de habitantes: crianças, jovens, adultos e idosos.
15. Número de pessoas analfabetas e grau de escolaridade
16. Hidrografia: Córregos e rios
17. Relevo da comunidade
18. Pontos turísticos e área de lazer