Você está na página 1de 23

Fundações em solos especiais I

Licuación de suelos
Alberto Martinez (2001)
Alberto Martinez (2001)

Evidencias geologias de movimentação de


sedimentos podem indicar o sentido de fluxo e
explicar diversos fenômenos acontecidos no
passado. Este é um exemplo da identificação de
fluxo ascendente de sedimentos que explica o
fenômeno de liquefação de solos.
Fundaciones en suelos aluvionales con
% de boleos mayores a 70% Foto: Alberto Martinez (2001)

Muitas regiões em América Latina, e em especial os


andes costeiros. Apresentam uma enorme concentração
de sedimentos de origem aluvionar com partículas de
solos maiores a 3% em um porcentagem acima de 70%
(em peso). Localizas nas partes medias e baixas das
diferentes microbacias.
Fundações para edificações leves e de mediano porte,
estão apoiadas nesses tipos de solos, não tendo-se
reportado problema (recalque, capacidade de suporte)
algum nesse tipo de solo. Pelo contraio as escavações
nesse tipo de solo são muito demoradas por que se tem
que quebrar a rocha. Técnicas artesanais para quebrar
rochas (granito, granodiorita) são aplicadas desde há
muito tempo nas regiões andinas.
Alberto Martinez (2001)

Como a porcentagem de matacões “boleos” é maior a 50%,


predominam, assim antecedemos a classificação Bo.
SOLOS COLAPSÍVEIS
Inicialmente no estado não
saturado. A inundação e ou
saturação, ocasiona que as
estruturas quebrem
produzindo-se um forte
deslocamento vertical
denominado recalque por
colapso.
Ensaios de laboratório

a) Ensaio de uma amostra não saturada, e inundada em uma determinada carga

Recalque brusco com a inundação.


Teste verificado no laboratório
utilizando uma amostra de solo
residual de basalto típico de Foz de
Iguaçu.
b) Ensaio de duas curvas de compressibilidade (inundada e não saturada independentes)

(BRAJA, 2000)
Esquema de Teste de campo por carregamento de placa ´´in situ´. Houston et al. (1995)
PROJETO FUNDAÇÃO

CODUTO, 2000
Leonardo Zeevaert (1972)
Solos expansivos
A formação Moquegua apresentam argilas expansivas, que Leonardo Salas (2002)
vem ocasionado problemas na cidade de Moquegua (Sul do
Peru). Estas argilas conseguem levantar edificações de até 4
andares, mesmo que apresenta um baixo potencial de
expansão livre, sua pressão de expansão é muito elevada.
O mineral Montmorillonita é a que ocasiona a expansão do solo, absorve a água e aumenta seu volume.
Aumento de volume do
mineral com a hidratação
(presença de água)
Ensaios de expansão (expansão livre e pressão de expansão)

Um solo pode apresentar uma moderada expansão


livre, e uma elevada pressão de expansão. Exemplo, a
formação Moquegua no Sul do Peru.
(MIT)
Também para determinar a
pressão de expansão.

Pressão de
expanssão
Todo solo expansivo (ao umedecimento é contrativo (a secagem). A contração das
argilas expansivas esta caracterizado pelas enormes trincas de tração que apresentam.
Efeito da expansão e contração no tempo curto e longo.
Efeito da sucção no crescimento de uma arvore.
Fundações em solos expansivos

Você também pode gostar