Você está na página 1de 2

Alunos:

1. Caroline Feitosa dos Santos


2. Gessica da Silva Pereira
3. Jaira Michele Santana Silva
4. Mateus Guedes Correia Gonzaga
5. Pedro Henrique da Silva Ferreira
6. Renata Santana Santos

Atividade de Sociologia: Estudo Dirigido


4-Captura da Subjetividade operária sob o Toyotismo em tempos de
pandemia.

QUESTÃO: Com base na discussão empreendida nos textos indicados,


explicite a compreensão de Ricardo Antunes a cerca da Captura da
Subjetividade operária sob o Toyotismo em tempos de pandemia.
RESPOSTA:
Como dito em aula, o Toyotismo é baseado na automação, na
fragmentação sistêmica e na subsunção da subjetividade do trabalhador ao
capital (que seria a captura da subjetividade operária abordada na questão).
Então, respectivamente, tem-se cada vez menos participação de trabalhadores
nos processos industriais; tem-se uma divisão das fases do trabalho, com
terceirização de algumas etapas necessárias para a criação do produto final; e
tem-se a difusão do pensamento de que o trabalhador é parte da empresa, o
que faz com que a vida deste esteja mais ligada ao trabalho, aumentando a
exploração do indivíduo pela empresa.
Com a pandemia, muitos trabalhadores estão exercendo suas funções
de forma adaptada remotamente (como diz no texto, fazendo ​home work em
seu ​home office​). Com o trabalho sendo realizado de casa, o indivíduo, bem
como a empresa, não consegue separar o momento de trabalho do momento
de descanso, o que faz com que o indivíduo acabe trabalhando muito mais do
que na normalidade. Esse fato decorre devido à subsunção da subjetividade do
trabalhador ao capital (captura da subjetividade operária), difundida pelo
Toyotismo, estar enraizada nas relações de trabalho atuais, sobretudo em
empresas grandes. Como o trabalhador se sente responsável pela empresa, e
a empresa faz com que o trabalhador se sinta cada vez mais imerso nela
(através de brindes e publicações com homenagens em redes sociais por
exemplo), as pessoas tendem a trabalhar mais para bater as metas impostas e
gerar mais resultados positivos. Essa situação é muito conveniente para as
empresas, como dito no texto, visto que o serviço prestado pelo trabalhador
está desproporcional ao valor custeado pela empresa, o que pra ela é muito
lucrativo.
Além disso, muita das vezes o ambiente dentro de casa não é
totalmente apropriado para o trabalho, “Home office”. Isso porque com a
pandêmia as crianças tiveram que se adaptar ao estudo dentro de casa, e os
pais acabam tendo que cuidar dos filhos e dar um suporte nos estudos online.
Tornando a rotina do trabalhador, dentro de casa, mais cansativa e seu
rendimento acaba caindo.

Você também pode gostar