Você está na página 1de 15

Semana 1

Percebendo o poder da mente

de
a

4
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Percebendo o poder da mente

Vídeo 1
Criando uma nova realidade pessoal - Parte I
Acreditas que a tua forma de pensar afeta a tua vida e que os teus pensamentos
criam a tua realidade?
Em média, tens seis a sete mil pensamentos por dia. Noventa por cento desses
pensamentos são os mesmos que tiveste no dia anterior. Estes pensamentos
iguais originam decisões iguais e as mesmas decisões produzem sempre os
mesmos comportamentos. Estes, por sua vez, produzem as mesmas
experiências e levam às mesmas emoções e sentimentos, o que origina os
mesmos pensamentos.
A tua personalidade é feita de pensamentos, ações e sentimentos. A tua
personalidade atual criou a tua realidade atual. Se queres criar uma nova
realidade pessoal, deves primeiro pensar no que pensas – e alterá-lo.
Temos, literalmente, que nos transformar em outra pessoa porque as células
nervosas que são ativadas em conjunto, reagem também em conjunto. Então,
ao repetir pensamentos, decisões, comportamentos e experiências, estás a
forçar diariamente o teu cérebro a ativar as mesmas sequências, os mesmos
padrões nas mesmas combinações. E, ao ativar consecutivamente o teu cérebro
da mesma maneira, crias repetidamente o mesmo padrão mental e programa-lo
de uma forma tão restrita, que apenas lhe permites as mesmas velhas
movimentações. É como se houvesse um armário de gavetas no teu cérebro.
Abandonar este “pensamento de gavetas” significa forçares o teu cérebro a
ativar novas sequências com novos padrões e novas combinações. Ao alterar o
funcionamento do teu cérebro, alteras, consequentemente, a tua mente, pois a
mente é o cérebro em ação. E o único ingrediente de que necessitas para este
processo é informação, conhecimento, porque cada vez que aprendes algo
novo, estás a construir uma nova ligação cerebral. Isso é aprendizagem.
Aprendizagem significa que novas ligações sinápticas são formadas; recordar é
nutrir e manter essas ligações. Quando repensas o que aprendeste, ativas o teu
cérebro de uma forma nova e diferente e, através disto, mudas a sua mente..

Que comportamentos e hábitos inconscientes tens?


Indica três de que espontaneamente te lembres.

5
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Os hábitos que mencionaste são úteis?


Se os quisesses mudar, como os descreverias?

Que pensamentos evocam que emoções em ti?


Que gaveta é aberta e em que situações?

Novos pensamentos devem levar a novas decisões. Estas, por


sua vez, devem levar a novos comportamentos, que criam
novas experiências, que criam novas emoções e sentimentos.
Novos sentimentos criam novos pensamentos.
E isto é chamado evolução ou desenvolvimento pessoal.

Vídeo 2
Criando uma nova realidade pessoal - Parte II
É o teu ambiente que controla o teu pensamento ou é o teu pensamento que
controla o teu ambiente? A tua personalidade cria a tua realidade pessoal ou a
tua realidade pessoal cria a tua personalidade?
O teu cérebro está organizado para refletir tudo o que conheces na vida. O teu
pensamento corresponde ao teu ambiente. Pode dizer-se que a tua realidade
pessoal cria a tua personalidade. E o teu ambiente faz-te pensar e sentir de
acordo com o que conheces.
Mudar significa crescer além do ambiente, das condições e circunstâncias da tua
vida.
Quando o teu cérebro e corpo mudam como se algo já tivesse acontecido,
podes relaxar, pois esse algo irá ao teu encontro de uma maneira totalmente
inesperada.
O modelo quântico da realidade indica que o ambiente exterior é uma extensão
da mente. Espírito e matéria estão tão intimamente ligados que é difícil distingui-
los.

6
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Consegues acreditar num futuro que ainda não viste ou viveste com os
teus sentidos, mas que idealizaste frequentemente na tua mente?
O teu cérebro consegue mudar para acreditar que determinada
experiência já aconteceu?
Como seria a sua vida futura?

Apaixona-te pelo potencial que existe no campo quântico!


Aceita emocionalmente esta realidade futura mesmo antes dela se
manifestar, ao ponto de, tanto o teu corpo, como a tua mente inconsciente,
acreditarem que esse futuro está a acontecer no momento presente.
Envia genes novos, sinais novos e o teu corpo irá mudar.

Qual é a experiência já aconteceu na tua mente?

O teu ambiente é uma expansão da tua mente!


Vais mudar a tua mente de modo a que isso se mostre na tua
vida?
Algo vai acontecer no exterior porque mudaste no interior!

Vídeo 3
Atravessar o rio da mudança
Quando alguém se envolve no processo de mudança e já não pensa como
costumava pensar, desistindo das emoções que o definiam constantemente,
está a pôr o pé no rio da mudança.
Atravessar o rio significa a morte biológica, neurológica, química, hormonal,
genética dos vícios do ser antigo; o teu antigo eu morre literalmente.
Quantidades enormes de energia são investidas na construção de uma
identidade que está relacionada com o ser antigo. Se removeres a tua atenção
do ser antigo, estás a largá-lo porque retiras daí a energia e investes num futuro
novo.
O modelo quântico da realidade vai além dos sentidos, ou seja, aceita o
acontecimento mesmo antes da sua manifestação. Podes convencer-te
emocionalmente de que o futuro já aconteceu. Estas emoções criam novos
pensamentos. O teu cérebro e corpo já não estão no passado: estão
literalmente no futuro.

7
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Quando expressas gratidão, quando entras num estado de gratidão, o teu corpo
e a tua mente inconsciente acreditam que o acontecimento pelo qual estás
grato já aconteceu. Gratidão é o estado final da receção.

Do que te queixas? Quem culpas? Do que te convenceste a deixar?


Quando sentes pena de ti?

Como te faz sentir a gratidão? Entra num estado de gratidão, permanece


nele e repete-o várias vezes por dia.

Conjuga um intenção clara com uma emoção superior. Entra


num novo estado de ser. Envia genes novos, sinais novos
antes de determinado evento acontecer e o teu corpo irá
mudar como se já tivesse acontecido.

Vídeo 4
Medindo a transformação
Há uma inteligência que nos dá vida. Esta inteligência organiza as nossas
funções corporais e mantém o ritmo cardíaco. Quando pedes a esta
inteligência para fluir dentro de ti, através de ti e ao teu redor, estás a bater à
porta das possibilidades.
Se analisares a tua vida, mas ficares preso às emoções que interiorizaste,
nunca encontrarás uma resposta. As emoções são registos do que já
aconteceu e, quando as analisas, ficas preso numa gaveta do passado.
Se tentares usar o teu cérebro para mudar o teu cérebro, apenas vais piorar
tudo. Se tentares mudar o ego com a ajuda do ego, estás a apoiar o ego. Se
tentas alterar o programa, usando o programa, apenas o reprogramas
consecutivamente. Se tentares alterar a matéria com a matéria, apenas te
transformas em mais matéria. Apenas quando tens verdadeira consciência,
estás em controlo e podes mudar o teu cérebro e a tua vida e recrear o teu
futuro.

8
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Há uma inteligência que nos dá vida. Consegues tirar um tempo do teu dia
agitado para interagir harmoniosamente com ela? Mas não como uma
vítima ou como uma pessoa com medos; não, aqui tens de agir com a tua
divindade. Como é que isto te faz sentir?

Estabelece uma relação com esta inteligência e interage com ela.


O que queres dizer a esta inteligência?

Não é a matéria que a muda matéria, é a energia que


muda a matéria.

Vídeo 5
Da informação à transformação
Retira-te da tua vida por um dia, eliminando os estímulos constantes que nos
lembram de quem achamos que somos. Deixa de fazer sempre as mesmas
coisas ao mesmo tempo, deixa de ver as mesmas pessoas ou de ir aos mesmos
sítios e dá ao teu cérebro e ao teu corpo uma pausa desta constante
identificação com o mundo que conheces. Aprende a incutir novas informações
no teu cérebro e a criar novas experiências.
Se repetires as novas experiências vezes suficientes, estas transformam-se
numa nova competência. Quanto mais as praticares, mais competente te tornas.
Retira-te do mundo exterior e vai para DENTRO DE TI!
Quando analisas o teu pensamento, as tuas ondas cerebrais não alteram e,
basicamente, estás a fazer o que habitualmente fazes de olhos abertos, mas
com os olhos fechados.
Intensifica as tuas novas competências e irás colher e viver os novos frutos dos
teus esforços. Reserva tempo para isso. Consegues prometer-te tirar tempo
suficiente para o teu precioso eu?

Começa o que queres mudar a partir de dentro.


Começa agora! Quando tempo por dia consegues dar-te para isto?

Conhecimento é poder, mas autoconhecimento é auto-


empoderamento.

9
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Vídeo 6
O segredo por trás das Remissões Espontâneas
Todas as pessoas que já experienciaram remissões espontâneas superaram-se
de tal forma e ficaram tão felizes consigo nesse momento, que nem sequer se
importaram se estavam doentes ou não. E, nesse exato momento, a doença
desapareceu.
Quando és o teu eu total e tens uma ligação a uma visão ou futuro, isso irá
acontecer-te também.
Se tentares criar algo a partir de polaridade, de dualidade, não estás num estado
em que milagres acontecem, pois este não é o estado do teu ser. Para imitar o
divino, para ser um criador, tens de ser divino.

O que leva à remissão espontânea?

Para imitar o divino, para ser um criador, tens de ser divino.


Expansivo, invencível e ilimitado. Se consegues criar esta
emoção, envias novos sinais aos teus genes.

Vídeo 7
O Ciclo de pensar e sentir
A cada pensamento, é produzido um composto químico.
Assim que sentires o que pensas estar a sentir, então pensas o que sentes. O
cérebro monitoriza constantemente o corpo e, através deste processo, são
produzidos mais químicos que te fazem sentir da forma que achas que estás a
sentir. Este ciclo perpetua-se por anos.
Com o decorrer do tempo, este ciclo de pensar e sentir e de sentir e pensar
torna-se um estado do teu ser. Mente e corpo trabalham juntos, pensamentos e
sentimentos estão focados num destino.
Assim que disseres: “eu sou alguém!”, comandas a tua mente e o teu corpo para
se dirigirem a esse destino.
Quando o corpo sabe algo tão bem como a mente, um chamado hábito surge.
Então, o corpo torna-se mente. Aos 35 anos de idade, 95% da tua vida consiste
em comportamentos interiorizados, reações emocionais, crenças, perceções e
atitudes que funcionam como um programa de computador. Então,
subconscientemente, tornas-te um fantasma dentro de uma máquina.
Sentimentos e emoções são o produto final de experiências passadas.
Lembramo-nos de experiências porque nos lembramos dos sentimentos que a
elas estão associados. Quando tens uma experiência, pões os teus cinco
sentidos em ação - ligando-os a tudo o que vês, cheiras, saboreias, sentes e
ouves. Estás no meio disso e toda esta informação bombardeia o teu cérebro
através de diferentes canais sensoriais.

10
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Assim que esta informação chega ao cérebro, uma verdadeira selva de


neurónios organiza-se em redes. Assim que estes neurónios são inseridos
nos seu sítios corretos, o cérebro produz uma substância química e isto é
entendido como um sentimento ou emoção.

Repara quantas vezes por dia dizes ou pensas automaticamente “Eu


sou”. E vai um passo adiante e verifica que sentimentos crias com essa
afirmação.

O corpo torna-se mente inconsciente. Não distingue entre uma


experiência real da vida que origina uma emoção ou uma emoção
produzida apenas através de pensamentos. Para o corpo é tudo
uma e a mesma coisa.

Vídeo 8
Duas mulheres, dois resultados muito diferentes
As mudanças químicas que ocorrem no corpo quando reage a algo ou a
alguém na vida é cientificamente chamado de período refratário. A nível
químico, subitamente sentes-te diferente e não sabes como controlar a tua
reação emocional a um determinado evento.
Essas emoções duram horas ou dias e são chamadas de humor, estado de
espírito. Quando a duração do mesmo período refratário se estende por
semanas ou meses, desenvolve-se o chamado temperamento, feitio. E,
quando dura anos, então torna-se uma característica da personalidade.
Quando te libertas dessas emoções, libertas energia. Assim, o corpo já não é
um escravo do passado. Isto não tem nada a ver com o que realmente
acontece! Como tal, não analises o que aconteceu, simplesmente liberta-te
das emoções.
Uma memória sem carga emocional chama-se sabedoria. Se queres viver
com a mesma emoção dia após dia e programaste o teu corpo para se tornar
o espírito dessa emoção, então estás a olhar para a vida através dos óculos
do passado. Quando libertas o teu corpo das amarras destes vícios
emocionais, quando o corpo participa do momento presente e liberta energia,
isso chama-se alegria. E, nesse momento, consegues ver as possibilidades
que nunca viste antes porque não estás a olhar para elas duma perspetiva
passada..

11
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Recorda um acontecimento da tua vida e repara se essa memória tem uma


carga emocional. Se sim, qual é?

Camada após camada, as pessoas carregam as suas emoções e


pensam que isso equivale ao que são. Para mudar a
personalidade, tens de olhar para as emoções que interiorizaste e
que se tornaram parte da tua identidade.

Vídeo 9
Batendo à porta da genética:
"tudo é proteína"
Este corpo é uma máquina que produz proteínas. Para que ele possa produzir
proteína, é necessário que um gene seja ligado ou ativado. Assim que o
organismo muda e se comporta de uma nova maneira, deve também ter uma
nova experiência. Esta nova experiência produz informação química nova e esta
informação química envia sinais aos genes. Ao enviar repetidamente o mesmo
sinal, baseado na mesma experiência nova, estás a bater à porta da genética e,
de repente, este gene liga-se e produz uma nova proteína. Tal significa que o
organismo se adapta a uma nova experiência, produz feedback químico através
da experiência e envia sinais ao gene.
Se aceitarmos que as emoções são o resultado final de experiências passadas e
que consecutivamente vivemos o mesmo ciclo de pensar e sentir, concluímos
que são sempre ativados os mesmos genes e que os restantes permanecem
inativos. Desta forma, estás a ir ao encontro do teu determinismo genético.
Mas, quando entras num novo estado de ser e crias emoções superiores novas,
consegues ativar novas expressões genéticas. Esta expressão ou a expressão
destas proteínas são a expressão da tua vida.

O que acontece quando nada de novo acontece na tua vida?


Que genes são usados nesse caso?

Que mudanças genéticas queres criar para o teu corpo?

Quando alguém muda o seu estado mental interior, dentro de


apenas momentos, envia novos sinais a genes novos.

12
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Vídeo 10
Os três cérebros
Há três cérebros: o neocórtex, o sistema límbico e o cerebelo. Eles atuam como
um só e permitem passar do pensar ao fazer ao ser.
O teu cérebro que pensa é o neocórtex. É o lugar da perceção consciente. O
neocórtex liga-te ao mundo exterior e gosta de aprender nova informação.
Experiência e aprendizagem fornecem o hardware e atualizam os circuitos do
cérebro que pensa.
O segundo cérebro é o sistema límbico. Este cérebro é ativado pela aplicação
do conhecimento, ou seja, novos comportamentos. Novas experiências reforçam
os circuitos de cérebro que estão relacionados com a compreensão intelectual.
Mistura todo o tipo de substâncias químicas para que não apenas percebas as
experiências filosoficamente, mas para que comeces a entendê-las
instintivamente. Estás a ensinar emocionalmente ao teu corpo que ele entendeu
intelectualmente. O sistema límbico produz, então, sentimentos ou emoções.
Mas não basta ter uma nova experiência uma única vez. É necessário que sejas
capaz de repetir a experiência, de a viver várias vezes, tão frequentemente que
condiciones também o teu corpo e mente consciente a um nível neuroquímico.
Se fizeres com que a tua mente e o teu corpo trabalhem em conjunto, o corpo
torna-se uma mente com compaixão e corpo e mente fundem-se, o que o leva a
um estado elevado de ser, ativando o teu terceiro cérebro. Este é conhecido por
cerebelo e é o lugar do teu subconsciente.
Assim que tiveres praticado uma nova experiência com tanta frequência que já
não tenhas que pensar nela conscientemente, interiorizaste-a. É o que és agora.
Torna-se a tua segunda natureza. Uma vez atingido este nível de competência,
também se pode dizer que interiorizaste uma nova organização neuroquímica,
que nada e ninguém e nenhuma experiência podem retirar-te. Chamamos a isto
mestria.

Descreve os três cérebros usando as tuas próprias palavras:

Neocórtex (córtex cerebral):

Sistema límbico (mesencéfalo ou cérebro médio):

Cerebelo:

13
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Em que área do cérebro surgem as emoções e sentimentos?

O que queres pensar e sentir acerca de ti mesmo?


Que experiência queres interiorizar?

Assim que percebes os teus vícios emocionais, já não és o programa,


mas a consciência que observa o programa, e começas a objetivar o
teu ser subjetivo.

Vídeo 11
O que estás a transmitir?
Quantas pessoas conheces que são mestres do sofrimento?
Com a ajuda dos supracitados três cérebros, também interiorizamos estados de
ser altruístas. O campo quântico apenas reage a quem tu és, e não ao que
pensas ou sentes.
Os teus pensamentos são como carga elétrica no campo quântico e os teus
sentimentos irradiam nele carga magnética. Os teus pensamentos e
sentimentos emitem um sinal eletromagnética que afeta todo e qualquer átomo
na tua vida. O pensamento envia sinais e o sentimento atrai o acontecimento.
Quando começas a pensar de uma forma nova e diferente e estás tão envolvido
na sua visão interior que os teus pensamentos se tornam uma experiência na
tua mente e o teu corpo produz emoções mesmo antes do acontecimento
ocorrer, então atingiste um novo estado de ser. Os teus modos de pensar e de
sentir criam um estado de ser e agora envias uma nova assinatura
eletromagnética para o campo.
O corpo é o animal, é o servo do espírito. Mas, quando o corpo se torna o
espírito, o servo torna-se o mestre. A maior parte das pessoas pensa que toma
todas as decisões conscientemente, ou seja, com a sua mente consciente. A
verdade é que tomam essas decisões com o corpo-mente.
Todas as vezes que o teu corpo quer voltar ao passado porque está emocional
e frustrado, ou quando quer antecipar o futuro, é preciso que o tragas de volta
ao momento presente. Cada vez que fazes isto, estás a condicionar o corpo a
uma nova mente e a libertar energia, afastando-te da partícula e caminhando
em direção à onda.
Quando te levantas da tua meditação, envias um sinal eletromagnética nova e,
a propósito, a tua tarefa é manter este alterado estado mental e físico ao longo
do dia.

14
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Que sinais envias todos os dias?

O que já não queres ser?

Qual é a maior expressão de ti que podes começar a ser hoje?

A tua tarefa é manter este estado alterado independentemente das


tuas condições externas, dos vícios e hábitos do teu corpo e
independentemente do tempo. Se conseguires isto, prepara-te,
porque algo invulgar vai acontecer na tua vida. É a lei natural!

Vídeo 12
Amor próprio e alegria interior
O amor-próprio desenvolve-se quando te sentas e o teu corpo enfurece-se e diz-
te que não é capaz, mas continuas sentado e a trabalhar com ele. Mais tarde ou
mais cedo, ele acalma e rende-se à tua mente. No momento em que o teu corpo
é liberto desse jugo, começas a olhar para a realidade a partir de uma perspetiva
completamente diferente. Quando te levantas, tendo-te superado e tendo
libertado o corpo das correntes do passado, criaste o futuro. Já estás, de facto, a
viver nesse futuro.
Nada material nos traz verdadeira felicidade. O propósito da vida é olhar para
as mesmas emoções que nos ancoraram ao passado, olhar para os hábitos que
nos definem repetidamente da mesma forma, e remover essas camadas dentro
de nós que bloqueiam o fluxo do divino.
À medida que vais retirando essas limitações - as máscaras - camada por
camada, essa inteligência aparece e a vida penetra em ti. A sua natureza torna-
se a tua natureza, o seu espírito torna-se o teu espírito, a sua vontade torna-se a
tua vontade. Quando isto acontece, experiencias um tipo de alegria que vem de
dentro. Deixas de ser tentado por circunstâncias externas.

Como viverias a tua vida se soubesses que as tuas preces já foram


atendidas?

15
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Cada um de nós fez algo grandioso na vida. A tua vida é a tua


iniciação. As tuas condições de vida e desafios, as dificuldades e
contrariedades estão lá para te fazer enfrentar as circunstâncias
com uma nova atitude na mente.

Vídeo 13
De contranatura a sobrenatural

Como é que alguém se torna sobrenatural?


Primeiramente, fazendo algo contranatura. Demonstrando coragem quando
todos têm medo. Dando quando todos têm carência. Mostrando compaixão
quando todos julgam. Sendo calmo e presente e em cima do acontecimento
quando todos estão histéricos e ainda a caminho. E, se continuares com este
comportamento contranatura, mais tarde ou mais cedo, tornas-te sobrenatural.
Há uma assunção inconsciente de que todas as grandes personalidades
acabam, eventualmente, por ser obrigadas a regredir pela vida. Então, a maior
parte das pessoas pensa algo como: “Oh, prefiro não mostrar o meu valor e não
dar muito na vistas”. Mas, e se toda a gente estivesse a liderar? Afinal, não
podem ser todos eliminados, pois não?
Não digas que queres abundância e riquezas, mas que sentes carências. Uma
pessoa rica não sente carência, sente abundância. Ouro apenas atrai ouro.
Chumbo não atrai ouro. Temos de demonstrar tudo o que queremos no mundo.
Quando ultrapasso os meus medos, as minhas frustrações e fúria, quando me
trabalho e tu te trabalhas, então estamos todos com vontade de realmente servir
e dar e começamos a conectar-nos a um nível mais profundo.
Assim que começamos a remover estas camadas que bloqueiam o fluxo do
divino dentro de nós, tornamo-nos mais divinos. Damos mais. Preocupamo-nos
mais. Servimos mais. Queremos fazer a diferença na vida das pessoas.
À medida que, aos bocadinhos, vais percebendo isto, consegues ver para além
da ilusão e do véu que separa as pessoas umas das outras, deixando-as com
medo, num estado de competição e de hostilidade, porque esta é uma excelente
forma de controlar as pessoas. Mas quando eu e tu renunciamos ao que usámos
toda a vida para alcançar o que queremos, para que algo grandioso assuma o
poder, permitimos aos outros que façam o mesmo. Esta é uma era notável na
História porque pessoas como tu estão a fazer o contranatura.

Quando fizeste alto contranatura na tua vida? Quando demonstraste


coragem e grande generosidade? Como te fez sentir?

16
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

Quando é que o contranatura se tornou sobrenatural?

Quando nos propomos a remover as camadas que


bloqueiam o fluxo do divino em nós, tornamo-nos, nós
mesmos, o divino.

Vídeo 14
A mulher da Holanda
O processo de mudança requer desaprender algo e aprender algo novo, cortar
com o costumeiro velho ego e inventar um novo ego. As ligações sinápticas
devem ser diminuídas, novas ligações devem brotar. As emoções armazenadas
no corpo devem ser apagadas da memória e o corpo deve ser condicionado a
uma nova mente e a novas emoções. Não devemos continuar a enviar os
mesmos velhos sinais aos mesmos genes, mas novos sinais devem ser
enviados a novos genes. Devemos apagar velhos programas e programar
novos, abandonar a velha mente e criar uma nova mente, tirar a energia do
passado e pô-la no futuro.
A palavra meditação significa, literalmente, familiarizar-se com algo. Tornas-te
familiar com os teus pensamentos inconscientes, comportamentos e emoções
ou fazes com que eles fiquem familiarizados contigo, o que significa que já não
és o programa, mas a consciência que está a ver o programa.
Se decidires todos os dias o que queres ser assim que abras os olhos e
começares a ensaiar os pensamentos que irás pensar, os comportamentos e
atitudes que irás demonstrar, estarás a enviar sinais aos novos genes mesmo
antes da experiência ter ocorrido. Quando começas a praticar como irás viver o
dia, e ensinares emocionalmente ao teu corpo como é a nobreza, como é o
empoderamento, como é a invencibilidade, como é a força e a coragem, então
irás ativar e religar estes circuitos no cérebro. Se fizeres isto várias vezes, ficará
familiar para ti. Se aceitares a experiência emocionalmente numa base diária,
acreditarás mesmo antes de se manifestar. E se pensares e sentires de forma
diferente, entras num estado de ser diferente, o que significa que tens uma nova
personalidade e esta personalidade cria uma nova realidade pessoal. Nesta
nova personalidade, a doença já não existe, pertence à personalidade antiga.

Começa por te levantares todas as manhãs e apaixonar-te de novo pela


vida. Como isto te faz sentir?

Todas as emoções que experienciamos –


Não são, de forma alguma, o que nós somos.

17
Semana 1 · Percebendo o Poder da Mente

O teu plano para a semana 1

Como será o teu novo futuro?

 Acredita tanto neste futuro que a tua mente inconsciente


acredita que este futuro já está a acontecer no momento
presente.
 Visualiza experiências na tua mente como se já tivessem
acontecido.
 Deixa o teu velho eu morrer. Remove a energia do teu velho
eu e não lhe forneças mais energia.
 Sente como o teu corpo, os teus sentimentos e as tuas
emoções já entraram num novo futuro.
 Sê grato pelo teu novo futuro. Sente profundamente a
gratidão no teu coração.

Exercícios para a semana 1:

Começa com 30 minutos diariamente e acrescenta mais 10 minutos por


dia. Durante este tempo, já estás a viver o teu novo futuro, vives o teu
futuro no teu quotidiano presente.

Age, fala, sente e interage como se o teu futuro fosse o presente.

Invoca a inteligência que te dá vida, interage com essa inteligência e


aceita tudo com gratidão. Aproveita isto ao máximo.

Sente-te no teu futuro – torna-te o teu futuro.

Exemplo:

Estás sozinho e à procura de alguém. Age como se esse alguém já


fizesse parte da tua vida. Põe dois pratos para o pequeno almoço, por
exemplo.

18

Você também pode gostar