Você está na página 1de 19

HABILIDADES

SOCIOEMOCIONAIS
Como as habilidades socioemocionais impactam a nossa capacidade
de aprender e de se desenvolver plenamente
O que são habilidades?
O conceito de habilidade provém do
termo latino “habilitas” e refere-se à
capacidade e à disposição para (fazer)
algo. Podem ser:
*motoras
*cognitivas
*socioemocionais
O que são habilidades socioemocionais?
São capacidades individuais que se
manifestam nos modos de pensar,
sentir para se relacionar consigo
mesmo e com os outros, estabelecer
objetivos, tomar decisões e enfrentar
situações adversas ou novas.
Estão relacionadas aos sentimentos e
emoções e as relações humanas.
Entre outros exemplos, estão a
persistência, a assertividade, a
empatia, a autoconfiança e a
curiosidade para aprender.
Exemplos de competências híbridas
são a criatividade e pensamento
crítico pois envolvem habilidades
socioemocionais e cognitivas.
Instituto Ayrton Senna
QUAL A IMPORTÂNCIA DAS HABILIDADES
SOCIOEMOCIONAIS?
O indivíduo do século XXI não
precisa apenas das suas habilidades
cognitivas e produtivas, mas
também das suas habilidades
socioemocionais, visto que as
interações acontecem de uma
maneira mais rápida e dinâmica.
Ao adquirir as habilidades
socioemocionais o a pessoa passa
entender e adequar as suas emoções a
cada situação. Aprende a lidar com a
frustração, com a tristeza, com o tédio,
com a ansiedade, entre outros.
A pessoa passa a se conhecer melhor e
como lidar com o próximo.
Entende como as emoções e sentimentos
podem influenciar a sua vida.
COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS EM
MOMENTOS DE CRISE
Algumas habilidades são ainda mais
essenciais em momentos de crise,
como essa de pandemia que todo o
mundo está vivendo, quando temos
que lidar com um quadro de
isolamento social, ansiedade, medo
de contaminação, adaptação a novas
rotinas etc.
Muitos estão tendo que se
virar entre trabalho remoto,
afazeres domésticos e ainda
acompanhar o ensino a
distância, ferramenta que as
escolas encontraram para dar
continuidade ao aprendizado
dos estudantes.
É preciso ter muita
resiliência, muito foco,
muita gestão do tempo,
muita abertura ao novo e
muita criatividade, entre
outras competências, para
seguir em frente com esses
novos desafios.
COMO DESENVOLVER COMPETÊNCIAS
SOCIOEMOCIONAIS?
As habilidades socioemocionais
são adquiridas da mesma forma
que se adquiri a habilidade de
calcular, andar de bicicleta, por
exemplo. Vamos pensar: como
você pode adquirir a habilidade
de organização, por exemplo?
É importante que paremos para
refletir sobre esses aspectos
nesse momento, e debater com
os nossos colegas, familiares,
professores e amigos. Isso
também faz parte do nosso
autoconhecimento.
Podemos controlar os nossos
sentimentos? O estresse e
ansiedade por exemplo?
ATIVIDADE - LEVANTA, SACODE A POEIRA E
DÁ A VOLTA POR CIMA
Competências em foco:
❖ Confiança: Ser capaz de perceber que outros têm boas intenções e
de perdoar aqueles que cometem erros; evitar ser ríspido e categórico,
dar sempre uma segunda chance.;
❖ Iniciativa social: Ser capaz de abordar e se conectar com outras
pessoas, tanto com amigos como pessoas desconhecidas, iniciando,
mantendo e apreciando o contato social; ter habilidade em trabalhos
de grupo, incluindo expressividade comunicativa, como falar em
público.
1) Qual a importância da resiliência para a vida dentro e fora da
escola? Segue uma definição de resiliência do pedagogo Antônio
Carlos Gomes da Costa, estudioso da Educação:
“A qualidade que explica o fato das pessoas serem capazes de resistir e
de, em certos casos, até mesmo crescer na adversidade. (...) A
resiliência pode ser aprendida. (...)E, em vez de nos fixarmos nos
danos, fixamos-nos naquilo que nos restou de força, de capacidade de
crescimento, de energia para levantar-se da queda e de disposição
para seguir em frente.
(trecho retirado da pág. 59 do livro Encontros e Travessias, de autoria de Antônio Carlos
Gomes da Costa, publicado pelo Instituto Ayrton Senna em 2001).
2) Além da expressão “Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima”,
você já ouviu expressões como: ○ Com crise se cresce; ○ Fazer do
limão uma limonada; ○ Depois da tempestade vem a bonança.
a) O que essas expressões querem dizer? Qual a relação com o que
estamos vivendo atualmente com a pandemia do Coronavírus?
b) Como você, todos fomos pegos de surpresa e estamos
aprendendo a lidar com tal desafio sem deixar a peteca cair. Entre
as ações de prevenção você e seus colegas deixaram de ir à
escola. O que tem feito nesses últimos dias? Como tem se
organizado para continuar estudando?
c) O que está dando certo? O que precisa cuidar?
3) É importante controlarmos os nossos pensamentos e
mantermos o foco para que não fiquemos doentes
emocionalmente.
a) Você tem cuidado das suas emoções? Tem conversado com
as pessoas próximas sobre esses sentimentos?
b) Quais situações tem te preocupado? O que tem feito para se
sentir melhor?
c) Quais lembranças você tem da escola que te deixam feliz?
4) Uma das formas de nos sentirmos melhor emocionalmente é
desviarmos nossa atenção do conflito para situações e
pensamentos que nos deixem esperançosos, e nos expressarmos
seja: falando, desenhando, cantando, dançando, etc.
Leia o texto a seguir e faça um desenho para expressar as
sensações e sentimentos que você teve ao ler.
ERA UMA VEZ
Era uma vez A riqueza contra a simplicidade
Um lugarzinho no meio do nada Uma mostrando pra outra
Com sabor de chocolate e cheiro de terra molhada Quem dava mais felicidade
Era uma vez Pra gente ser feliz
A riqueza contra a simplicidade Tem que cultivar as nossas amizades
Uma mostrando pra outra Os amigos de verdade
Quem dava mais felicidade Pra gente ser feliz
Pra gente ser feliz Tem que mergulhar na própria fantasia
Tem que cultivar as nossas amizades Na nossa liberdade
Os amigos de verdade Uma história de amor
Pra gente ser feliz De aventura e de magia
Tem que mergulhar na própria fantasia Só tem a ver quem já foi criança um dia
Na nossa liberdade Uma história de amor
Uma história de amor, De aventura e de magia
De aventura e de magia Só tem a ver quem já foi criança um dia
Só tem a ver quem já foi criança um dia Uma história de amor,
Uma história de amor De aventura e de magia
De aventura e de magia Só tem a ver quem já foi criança um dia
Só tem a ver quem já criança um dia Uma história de amor,
Era uma vez De aventura e de magia
Um lugarzinho no meio do nada Só tem a ver quem já foi criança um dia
Com sabor de chocolate e cheiro de terra molhada
Era uma vez
OBRIGADA E ATÉ A PRÓXIMA!

Você também pode gostar