Você está na página 1de 1

Marcador cromossómico Só há amplificação de fragmentos

Identifica alterações no número e se houver 2 primers , os locais de


estrutura dos cromossomas. união do primer têm que estar em
Marcador molecular direções opostas.
Deteta polimorfismos a nível de Marcadores polimórficos: aparecem
proteínas ou a nível de sequencias num individuo.
de DNA. Marcadores monomórficos:
Proteínas de reserva: reservam aparecem em tds os indivíduos.
nutrientes, são sintetizadas na AFLPs (Amplified Fragment Lenfth
semente Polymorphism):
Isoenzimas: formas moleculares Mistura de enzimas de restrição e
distintas de uma mesma enzima PCR.
que apresentam idêntica ou similar Aumenta o nº de loci detetáveis no
especificidade para o mesmo PCR.
substrato e que se encontra no São dominantes
mesmo organismo ou numa mesma Combinam características dos RFLPs
célula. e dos marcadores baseados em
Indoenzimas: PCR.
 Variabilidade tissular: diferentes Testam a presença/ausência de
tecidos do mesmo individuo locais de restrição de enzimas em
apresentam isoenzimas combinação com sequências
diferentes. polimórficas, adjacentes a estes
 Variabilidade ontogénica: o locais.
mesmo tecido em momentos
diferentes do desenvolvimento
apresenta isoenzimas diferentes.
 Variabilidade populacional:
diferentes indivíduos da mesma
população, apresentam
isoenzimas diferentes.
Marcadores de DNA:
Por hibridação
RFLPs (Restriction Fragment Length
Polymorphisms):
Marcadores moleculares, cuja
deteção depende da existência de
variação nucleótidicas, em
endonucleases de restrição
reconhecidas por endonucleases
específicas.
Marcador co-dominante
Para caracterizar um locus tem que
se indicar a enzima de restrição e a
sonda. Enzimas de Restrição:
Por PCR: Fazem parte do mecanismo de
VNTRs (Variable Number of Tandem defesa de DNA exógeno de entrar
Repeats): na célula. Destroem DNA não
Variações muito grandes de pessoa protegido.
para pessoa, sequência em tandem. Palíndromas: capicuas do DNA
O nº de repetições leva a alelos Corte assimétrico:
diferentes. Não corta no meio, deixa
Minissatélites:> 5 extremidades coesivas.
Microssatélites: <5 Corte simétrico:
SSRs (Simple Sequence Repeats); Corta no meio, extremidades cegas.
PCR múltiplo: Sequenciação:
Pode se estudar varios Método químico;
microssatélites (SSRs) Método didesoxi:
simultaneamente com uma única DNA molde de helice simples
mistura de reação. Primers Nucleótidos: falta um H no 3´
marcados por flurocromas. Método de sequenciação
RADPDs (Random Amplified automática:
Polymorphic DNA): Usa se fluorescência em vez de
Não é específico. Amplificação radioatividade.
aleatória, onde se usam primers
universais.
Método para produzir cópias de um
segmento de DNA especifico
(clonagem in vitro)
Numa única reação com 1 primer, é
possível identificar os alelos.