Você está na página 1de 5

CLASSIFICADORES NA LIBRAS

Os classificadores na Libras são sinais que usam as mãos e estão


associados com categorias específicas (classes), tais como tamanho, forma,
uso, ou significado, dentro outros. Tendo os classificadores a grande finalidade
de facilitação na hora de contar alguma história, além de dar um realce melhor
a certos detalhes específicos e também fornecer uma maneira eficiente de
transmitir informações.

Para muitos pesquisadores os surdos precisam de muitas técnicas para


conseguir se comunicar melhor com as pessoas, nas palavras dos estudiosos
americanos KLIMA e BELLUGI:

Para descrever completamente um sinal e distingui-lo dos outros, é


necessário especificar as informações em três dimensões segundo o
uso da mão: região de contato ou foco, orientação e arranjo da mão.
Essas dimensões na formação sinal são denominadas de parâmetros
menores, desde que sejam subclassificações da configuração da
mão; Considerando que os parâmetros principais classes de
distinguir muito grandes de sinais, os parâmetros de menores
distinguir conjuntos limitados de pares mínimos, ainda mais
diferenciar sinais.

Após essa análise, podemos afirmar que os classificadores podem ser


usados para:

1. Descrever o tamanho e a forma de um objeto.


2. Representar o objeto em si.
3. Demonstrar como o objeto se move.
4. Transmitir como ele se relaciona com outros objetos e ou pessoas

Importante ressaltar que os classificadores possuem várias siglas para


determinar as categorias específicas (classes), como podemos demonstrar
abaixo:
CL-D (Classificador Descritivo): São usadas as mãos para reproduzir
formas simétricas e assimétricas, contudo não sendo usado para denominar
posição e movimento. Ou seja, é usado para denominar tamanho e forma.

CL-ESP (Classificador que especifica o tamanho e forma de uma parte


do corpo): As mãos neste caso são usadas para denominar o tamanho, textura
da pele, e a forma dos animais em geral e pessoas. Porém, não serve para
denominar posição ou movimento.

CL-PC (Classificador de uma parte do corpo): Serve para especificar


uma parte do corpo através de uma determinada posição ou ação. A mão é
usada para determinar a forma de uma parte do corpo, descrevendo a posição
e o movimento.

CL-L (Classificador Locativo): Denomina um objeto em um determinado


local, a mão retrata uma parte de um objeto ou o objeto todo de forma irônica.

CL-I (Classificador Instrumental): É usado para mostrar como é usado


alguma coisa, ou seja, como se deve usar um objeto.

CL-C (Classificador do Corpo): É semelhante ao CL-L (Classificador


Locativo), contudo, não mostra a manipulação e nem o toque dos objetos.

CL-P (Classificador Plural): São usados para o movimento ou a posição


de um número, tanto determinado ou indeterminado de objetos, pessoas e
animais.

CL-E (Classificador de Elemento): Denominado para descrever os


movimentos dos elementos ou coisas que não apresentam a forma sólida.

CL-Nº / CL-NOME: Esse tipo de classificador é utilizado para configurar


as letras ou números, contudo, não são partes de uma descrição.
Um classificador eficaz imita a forma geral do objeto ao qual ele está se
referindo de forma natural, os classificadores, muitas vezes funcionam bem
com outros classificadores para fornecer detalhes específicos sobre uma
situação, evento, pessoa ou coisa.
Assim, os classificadores apresentam uma importância imensa na
LIBRAS, tendo em vista que é uma forma bem específica de ajudar os surdos a
se comunicarem melhor, seja entre eles, ou seja com qualquer outra pessoas,
histórias e descrições ficarão ainda melhor de serem entendidas.

REFERÊNCIAS:

FELIPE, A. T. “Os processos de formação de palavras na Libras”. Artigo.


Estudos linguísticos Grupo de Estudos Surdos e Educação. Campinas, jun.
2006.
GESUELI, Z. M. A criança surda e o conhecimento construído na introdução
em língua de sinais. 1998. 172f. Tese (Doutorado em Educação) Faculdade de
Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1998.

LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS: CLASSIFICADOR. Disponível em:


<http://guarulibras.blogspot.com.br/p/classificador.html>. Acesso em: 25 Março
2016.
“A menos que modifiquemos a nossa maneira
de pensar, não seremos capazes de resolver
os problemas causados pela forma como nos
acostumamos a ver o mundo”.
Albert Einstein

Você também pode gostar