Você está na página 1de 7

Prefeitura Municipal

de Jardim de Piranhas/RN

Professor Geografia

Instruções

01 – Este caderno de provas contém 40 questões de múltipla escolha.


02 – Para cada questão existe apenas uma resposta correta.
04 – Marque as respostas com canet a es ferográfica a zul ou preta preenchendo todo o retângulo da
Folha de Respostas.
05 – As respostas à grafite ou rasuras serão consideradas errad as, na Folha de Respostas.
06 – Faça a sua prova em silêncio, para que todos façam também.
07 – Não será permitida qualquer espécie de consulta.
08 – Não será fornecido outro Caderno de Provas, exceto no caso do item 11.
09 – O tempo de duração da prova é aquele anotado na lousa.
10 – Este caderno, conform e disposto no Edital, não será devolvido.
11 – Veri fique se a prov a contém falh as: folhas em branco, má impressão, páginas trocadas, falta de
questão etc. Encontrando falhas, levante a mão. O fiscal atenderá você e trocará o seu caderno.
12 – Ao concluir entregue ao fiscal o Caderno d e Provas e a Folha de Resposta devidamente preen chida e
assinada.

Calendário Previsto
ATIVIDADE DATA LOCAL
Divulgação do gabarito e Prova Objetiva 24/11/2010 www.multsai.com.br
Interposição de recu rsos contra o gabarito da Dias 25 e 26 de
Prova (dev erá s er obs ervado o disposto no novembro de www.recursos multsai@uol.com.br
Anex o VIII do Edital que regulamenta o 2010
concurso)
Resultado do Concurso 10/12/2010 www.multsai.com.br

Demais atividades consultar o Edital regulamentador do concurso ou www.multsai.com.br

Organização e Realização

Candidato
o o
INSCRIÇÃO N SALA N ASSINATURA DO CANDIDATO

www.pciconcursos.com.br
Questões de 01 a 06 = Conhecimentos Gerais. Questões de 07 a 13 = Português.
01- De con formidad e com dados do IBGE, das ► Leia, com atenção, o texto abaixo para respond er às
alternativas abaixo, é conhecido como ilustre e questões propostas.
venerado, nascido no sítio Logradouro que p erten ceu
ao município de Caicó, até quando este distrito, Jardim Na seman a pass ada, comemorei trinta anos d e
de Piranhas, foi ligado aquele; através do seu nom e, casamento. Receb emos dezenas de congratulações de
desejado pel as duas partes em tê-lo como ben feitor e nossos amigos, algumas com o seguinte adendo
figura representativa d essas terras e famílias, travou-se assustador: "Coisa rara hoje em di a". De fato, 40% de
uma colisão sobre tais interesses: meus amigos de infânci a já se separaram, e o filme
A) Padre João Maria de Sena; ainda nem t erminou. Pelo jeito, estamos nos
B) Padre João Maria Cavalcante; esquecendo da essên cia do contrato d e casamento, que
C) Padre João Maria Maia; é a promessa d e amar o outro para sempre. Muitos
D) Padre João Maria Soares de Araújo. casais no altar acreditam que estão p rometendo amar
um ao outro enquanto o casamento durar. Mas isso não
02- De con formidad e com Aristides Siqueira Neto, em é um contrato. Recentem ente, vi um filme em que o
História dos Municípios – Volume III, página 224, a mocinho terminava o namoro dizendo "vou sempre
história do povoamento de J ardim de Piranhas está amar você", como se fosse um prêmio de consolação.
intimamente ligada a d e toda a região do Seridó. Banalizamos a fras e mais importante do cas amento.
Acredita-se qu e os p rimeiros fund adores da Hoje, promete-se amar o cônjuge até o di a em que
colonização tenham ocorrido no século: alguém mais interessante apareça. "Eu amarei você
A) XVII; B) XVIII; para s empre" deixou d e ser uma p romessa so cial e
C) XIX; D) XX. passou a ser simplesmente uma frase dita p ara engan ar
o outro. Contratos, inclusive os de casamento, são
03- De acordo com o site www.idema.rn.gov.br, realizados justamente porque o futuro é incerto e
segundo o Plano Nacional de Combate a Deserti ficação imprevisível. Antigamente, os casamentos eram feitos
– PNCD, que define d eserti ficação como a degradação aos 20 anos de idade, depois de uns três anos de
da terra n as zon as árid as, semi-áridas e sub-úmidas namoro. A chance de você encontrar sua alma g êmea
secas, resultant es de fatores diversos tais como as nesse curto período de pesquisa era de soment e 10%,
variaçõ es climáticas e as atividades human as, o enquanto 90% das mulheres e homens de sua vida você
município de Jardim de Piranh as est á inserido em área iria conhecer p rovav elmente já depois d e cas ado.
susceptível à deserti ficação em cat egoria: Estatisticamente, o homem ou a mulher "ideal" para
A) Não Grav e; B) Grave; você ap arecerá som ente, de fato, depois do cas amento,
C) Muito Grave; D) N.A.A. não antes. Isso signifi ca que p rovav elmente seu
"verdad eiro amo r" estará no grupo qu e você aind a não
04- O domínio lusitano durou até 1634, quando o Forte
dos Reis Magos caiu em poder dos holand eses, que só conhece, e não no grupinho d e cerca de noventa
amigos da adolescên cia, do qual saiu seu par. E aí, o
fo ram expulsos em:
A) 1654; B) 1634; que fazer? Pedir divórcio, separar-se tamb ém dos
filhos, só porque deu azar? O contrato de cas amento foi
C) 1701; D) 1817.
feito para resolver justament e esse probl ema. Nunca
05- Em 2006 foi inaugurado o Instituto Intern acional temos na vida todas as informações necessári as para
de Neurociên cias d e Natal, com sede na capital tomar as decisões corretas. As promessas e os contratos
potiguar. Tal iniciativa, idealizada pelo Neuroci entista preen chem ess a lacun a, preench em essa in cert eza, sem
Miguel Nicolelis (considerado um dos 20 mais a qual fi caríamos todos paralisados à esp era de m ais
importantes neurocientistas em atividade no mundo), inform ação. Quando vo cê p romete amar alguém para
visa descentralizar a pesquisa n acion al, atualmente sempre, está prom etendo o seguinte: "Eu sei que nós
restrita às regiõ es Sudeste e Sul. Em 2009 foi dois somos jovens e que vamos viver até os 80 anos de
inaugurado o chamado "Campus do Cérebro", que idade. Sei que inexoravelmente en contrarei cent enas de
conta com um interessant e proj eto de inclus ão social mulheres mais bonitas e mais inteligent es que você ao
além da part e cientí fica. O Instituto de Neuroci ências longo de minha vida e qu e você en contrará dezen as de
trabalha em fo rte parceria com a Universid ade Fed eral homens mais bonitos e mais inteligentes qu e eu. É
do Rio Grande do Norte na geração de conhecimento justamente por isso que prometo amar você para
cientí fico de qualidade, trazendo um importante fator sempre e abrir mão desd e já d essas dezen as de
de visibilidade para o Estado. Dad as as alternativas oportunidades conjugais qu e surgirão em meu futuro.
abaixo, assinale a cidad e ond e fun ciona o "Campus do Não quero ficar morrendo de ciúme cada vez que vo cê
Cérebro": convers ar com um homem sensual nem ficar
A) Parnamirim; B) Macaiba; preocup ado com o futuro de nosso relacion amento.
C) Currais Novos; D) Mossoró. Nem você v ai querer ficar p reocup ada cad a vez qu e eu
convers ar com uma mulher p rovocante. Prometo amar
06- Rosalba Ciarlini Rosado, eleita governadora do Rio você para sempre, para qu e possamos nos casar e viver
Grande do Norte, nas ceu aos 26 de outub ro de 1952, é em harmonia". Homens e mulheres que conh eceram
Natural de (o): alguém "melhor" e ach am agora que comet eram
A) Rio de Janeiro; enorme erro qu ando se cas aram com o atu al cônjuge
B) Belo Horizonte; esqueceram a premissa básica e o espírito do contrato
C) Natal; de cas amento. O objetivo do cas amento não é es colher
D) Mossoró. o melhor par possível mundo afora, mas construir o
melhor relacionam ento possível com quem vo cê

www.pciconcursos.com.br
prometeu amar p ara semp re. Um dia, vocês terão filhos B) Apontar a falta d e sincerid ade dos noivos ao jurar
e, ao colocá-los na cama, dirão a mesma frase: que irão amor ao marido ou à esposa;
amá-los para sempre. Não conheço pais que pensam C) Mostrar que o casam ento contemporân eo é
em trocar os filhos pelos filhos mais comportados do celebrado com prazo determinado;
vizinho. Não conh eço filho que aceite, de início, a D) Demonstrar que o cas amento requ er compromisso
separação dos p ais e, quando estes se sep aram, não previamente definido.
sonhe com a reconciliação da família. Nem conheço
filho que quei ra trocar os pais por outros "melhores". 11- É correto afirm ar que, entre os recursos
Eles aprendem a conviv er com os pais que têm. empregados no desenvolvimento do texto, NÃO se
Casamento é o compromisso de aprender a resolver as inclui:
brigas e as rusg as do dia-a-dia d e form a construtiva, o A) A exposição de resultados dos contratos de
que muitos casais n ão aprend em, e alguns nem tentam casamento;
aprend er. Obviamente, se sua esposa s e trans formou B) O uso de argumentos b aseados em dados
numa megera ou seu marido num monstro, ou se numéricos;
fi zeram prop agand a eng anosa, a situação muda. Para C) A inserção de pergunt as sem respostas precisas;
aqueles que qu erem ter v antagem em tudo na vid a, D) O emprego de marcas de interação com o leitor.
talvez a saíd a seja posterg ar o casamento at é os 80
anos. Aí, você terá cert eza de tudo. 12- Assinale a alternativa em que o texto transcrito
(KANITZ, Stephen. Ponto de Vista - Revista NÃO apresenta uma opinião.
Veja - Adaptado) A) “ Nunca temos na vida todas as informações
necess árias para tomar as decisões corretas”;
07- Assinale a alternativa em que a palavra destacada B) “ Antigamente, os casamentos eram feitos aos 20
NÃO pode ser substituída pela p alavra entre colch etes, anos de idade, depois de uns três anos de namoro”;
porque essa substituição altera o sentido original do C) “ Obviamente, se sua esposa s e trans formou numa
texto. megera ou seu marido num monstro, [...] a situação
A) “ Recebemos dezenas d e cong ratulaçõ es de nossos muda”;
amigos, algumas com o seguinte ADENDO D) “ Casamento é o compromisso de aprender a
assustador...” [ACRÉSCIMO]; resolver as brigas e as rusgas do dia-a-dia de forma
B) “ Homens e mulheres que conheceram alguém construtiva...”.
"melhor" [...] esqueceram a PREMISSA básica e o
espírito do contrato de casamento” [DEDUÇÃO]; ► Com base no trecho abaixo, transcrito do texto,
C) “ Sei que INEXORAVELMENTE encontrarei responda à questão 13:
centen as de mulheres mais bonitas e mais inteligentes
que você ao longo de minha vida...” “Homens e mulheres que conheceram
[FATALMENTE]; alguém ‘melhor’ e acham agora que cometeram
D) “ Para aqueles que qu erem ter vantag em em tudo na enorme erro quando se casaram com o atual cônjuge,
vida, talvez a saída seja POSTERGAR o casamento até esqueceram a premissa básica e o espírito do contrato
os 80 anos” [ADIAR]. de casamento.”
08- Com base na leitura do texto, é correto afirm ar que
13- No trecho, o termo BÁSICA tem fun ção
a noção de contrato nele defendida é a de:
morfossintática de:
A) Documento formal e o fici al resultante de um acordo
A) Adjetivo e adjunto adnominal;
entre duas ou mais pessoas que se associam;
B) Adjetivo e complemento nominal;
B) Acordo entre p essoas qu e trans ferem uma à outra
C) Advérbio e adjunto adverbial;
algum direito e que se sujeitam a algumas obrigações;
D) Substantivo e aposto.
C) Pacto em que as p artes rev elam inabilidade e
incapacidade de assumir obrigaçõ es recípro cas; Questões de 14 a 20 = Didática.
D) Compromisso assumido por duas pessoas, que 14- A UNESCO, em sua proposta para a Educação,
depende do futuro para se firmar e aperfeiço ar. en fatiza uma escola qu e des envolva a autonomia, a
abertura ao mundo, a tolerância, o respeito por outras
09- Com base na leitura feita, é correto afirmar que o
culturas, o gosto pelo risco intelectual, o espírito de
objetivo principal do texto é:
pesquisa, o senso de cooperação, a solidariedad e,
A) In formar as vant agens d e um cas amento sólido, de
dentre outras fin alidades. Neste contexto, são
muitos anos;
apres entados sete sab eres fund amentais que a escola
B) Demonstrar as razões por qu e as pesso as dev em se
teria a missão de ensinar:
casar;
1- As cegueiras do conhecimento: o erro e a ilusão.
C) Provocar reflex ão sobre o compromisso firmado no
2- Os princípios de um conhecimento pertinente.
casamento;
3- A condição humana.
D) Denun ciar alguns perigos gerados por casam entos
4- A identidade terrestre.
preco ces.
5- O confronto com as incertezas.
6- A compreensão.
10- Considerando-se as info rmaçõ es do texto, é correto
7- A ética do gênero humano.
afirmar que a relação entre cas amento e contrato é
► Assinale a alternativa que indica a autoria destes
apres entada com o objetivo de:
sete saberes:
A) Dizer qu e o amor n ão é mais tão importante nos
A) Philippe Perrenoud; B) Paulo Freire;
casamentos da atualidad e;
C) Edgar Morin; D) César Coll.

www.pciconcursos.com.br
15- A prin cípio, didática e currículo se desenvolv eram ► Assinale a alternativa qu e associ a corretam ente as
de forma p aralela, sem a interferênci a de uma no três fo rmas de ensino e suas definiçõ es:
campo da outra, referindo-se cada uma a conteúdos, (1) Ensino formal
sujeitos e finalidades di ferentes. O currí culo começou a (2) Ensino informal
fo rmar p arte do campo d a didática, alternando-s e sua (3) Ensino não-formal
incumbência s egundo predominav a uma forma ou ( ) É intencional. Em geral é aquel e relacionado a
outra de entender a edu cação e a didática, somente a processos de desenvolvimento de cons ciência política e
partir dos: relaçõ es so ciais de poder ent re os cidad ãos, praticadas
A) anos 30; B) anos 40; por movimentos populares, associações, grêmios, etc.
C) anos 50; D) anos 60. ( ) Está relacionado ao pro cesso de so cialização do
homem. Ocorre durante toda a vid a, muitas vezes até
16- A tendên cia atual considera imprescindível uma mesmo de forma não intencional.
integração entre cu rrículo e didática, esta favorecendo ( ) É aquele praticado p elas instituições de ensino,
o trabalho de aula. Leia com at enção as afirmativas com respaldo de conteúdo, fo rma, certi ficação,
abaixo e assinale a alternativa INCORRETA: pro fissionais de ensino, etc.
A) Os estudos cu rriculares t endem a asp ectos m ais A) 3, 2 e 1;
globais, expondo como se realiza a seleção e B) 1, 2 e 3;
organização do conhecimento, e como esse processo de C) 2, 3 e 1;
seleção n ão é n eutro, favorecendo a certos grupos D) 3, 1 e 2.
frente a outros;
B) O enfoqu e curri cular há de ampliar o "que", o 20- Chamado Construtivismo como corrente
"porque", o "para que" e, em que condições há que pedagógica cont emporân ea, talv ez rep resent e a síntese
levar-s e a cabo o ensino, mas sempre colocando no mais elaborada d a Pedagogia do Século XX, por
centro de suas considerações a didática; constituir-se em uma aproximação integral de um
C) Para que estes cont eúdos curriculares cumpram seu movimento histórico e cultural de maiores dimensões,
objetivo é necessária um a adequ ada s eleção e uso que em seu tempo assumiu uma concepção refo rmista e
acertado das melho res estratégias didáticas, que não uma atitude trans fo rmadora dos pro cessos es colares. O
poderão ser indep endentes do conteúdo, dos objetivos e texto refere-se a:
nem do contexto; A) Pedagogia Progressista;
D) É importante p ara atingir as m etas pretendidas uma B) Escola Renovada;
estreita colabo ração ent re a elaboração do currí culo e a C) Escola Nova ou Ativa;
escolha de estrat égias didáticas. D) Pedagogia Libertadora.
17- A didática é a p arte da(o ) ____________ qu e se Questões de 21 a 40 = Específicas.
ocupa dos métodos e técni cas de(a) _____________ 21- Assinale a alternativa correta.
destinados a colocar em prática as diretrizes da Japão, China, Cingapura, Brunei, Malásia, Tailândia,
________________. Indonésia, Hong Kong, Canad á, México, Chile, Vietnã
► Assinale a altern ativa que p reenche as lacunas e alguns outros países compõem o bloco:
corretamente: A) Nafta; B) MERCOSUL;
A) teoria pedagógica, aprendizagem, pedagogia; C) Comecom; D) APEC.
B) pedagogia,ensino, teoria pedagógica;
C) aprendizagem, ensino, pedagogia; 22- Indique a alternativa correta. Um dos objetivos do
D) ensino, teoria pedagógica, aprendizagem; Mercosul é:
A) Eliminar a concorrên cia entre a América do Sul e os
18- Nesse período, a didática assumiu o en foque Estados Unidos;
teórico numa dimensão denominada tecnicista e deixou B) Diminuir os efeitos da globalização nos países-
o enfoqu e humanista centrado no processo interpessoal, membros do bloco;
para uma dimens ão técnica do pro cesso ensino- C) Aumentar a cooperação econômica e o comércio
aprendizagem. A era industrial fez-se pres ente na entre os países-membros;
escola, e a didática era vista como uma estratégia D) Reduzir a migração interna entre os países-
objetiva, racional e neut ra do p rocesso. O referencial membros.
principal do ensino era a fábrica, e sobre ela se
construiram as práticas edu cativas e as 23- Sobre a globalização, é correto afirmar que:
conceitualizaçõ es referentes à educação. O texto 23.1- Interligação ou interdependência entre todas
descreve a didática no período: as economias e povos do planeta. O mercado
A) Entre os anos 20 e 50; internacional se torna cada vez mais importante,
B) Entre os anos 60 e 80; superando os mercados nacionais.
C) Entre os anos 70 e 90; 23.2- Complex idade de relações em todos os níveis e
D) Dos anos 90 até a atualidade. âmbitos. Informações instantâneas, uso massivo da
internet.
19- O ensino pode ser praticado de di ferentes fo rmas. 23.3- Uma das características marcantes da Nova
As principais são: o ensino formal, o ensino in formal e Ordem Mundial.
o ensino não -form al. Os limites entre essas três 23.4- A produção econômica mundial cresce mais
categori as de educação não são extremamente rígidos, que o comércio internacional.
são permeáv eis, pois estamos aprendendo
constantemente e por di ferentes vias e agentes.

www.pciconcursos.com.br
23.5- Economias nacionais cada vez menos ► Quais estão corretas?
interligadas e sobrepostas pelo turismo em massa, A) Apenas 27.1;
pelas transações financeiras e por economias de B) Apenas 27.2;
mercado. C) Apenas 27.3;
A) 23.1, 23.3 e 23.5 são corretas; D) Apenas 27.1 e 27.2.
B) 23.1, 23.2, 23.3 e 23.4 são corretas;
C) Todas as alternativas estão corretas; 28- Assinale a alternativa que apresenta uma caract erís-
D) 23.1, 23.2 e 23.3 são corretas. tica importante do mundo globalizado.
A) As diferenças entre países ricos e pobres são cada
24- Entre os países árab es citados nas alternativas a vez menores;
seguir, os que NÃO expo rtam p etróleo e possuem B) Há uma grande rapidez na circulação de informa-
economia baseada na agrop ecu ária são: ções;
A) Líbano e Omã; C) Desapareceu totalmente a fome ou subnutrição;
B) Jordânia e Líbano; D) O anal fab etismo está em via de desaparecer.
C) Iêmen e Catar;
D) Bahrein e Jordânia. 29- No Reino Unido e na Espanh a, veri ficam-se
con flitos de cunho separatista. Trata-se,
25- Mais do que em qualquer outra p arte do globo, a respectivamente, das questões separatistas:
água tem um p apel t ão essen cial n esta região qu e se A) Bósnia e Servia;
costuma mesmo falar em “ hidropolítica” ou B) Escocesa e Catalã;
“hidrogeopolítica”. Os problemas geopolíticos ligados C) Irlandes a e Basca;
ao traçado dos cursos d e águ a e às ob ras hidráulicas D) Galesa e Basca.
costumam ser tratados como questões d e sob erania e
quase sempre provo cam con flitos que tendem a se 30- A melhor definição p ara m etrópole é:
tornar cad a vez mais violentos à medid a que a A) Cidade que gera mais rend a por meio da cobran ça
população da região como um todo cresce e n ecessita de impostos e por sua in fraestrutura;
mais e mais de água. B) Cidade que abriga o ponto inicial no qual ela teve
► O texto refere-s e: início. Por exemplo, o Pátio do Colégio no centro da
A) Ao sul da África; metrópole de São Paulo;
B) Ao sudeste asiático; C) Cidade grande que exerce liderança sobre um con-
C) Ao Extremo Oriente; junto de cidades;
D) Ao Oriente Médio. D) Cidade com maior número de habitantes e de maior
circulação de pessoas e mercadorias.
26- A origem do subdesenvolvimento se deu com a
criação de um mundo unificado (1). Este processo teve 31- “ O manejo da terra na Amazônia, quase idêntico ao
início, basicamente, com (2). Os povos colonizados sistema indígena das coivaras, faz com que
estavam subordinados em todos os âmbitos e hoje dificilmente os caboclos ou as autoridades aceitem
guardam essa herança na forma de subdesenvolvi- medidas restritivas ao uso do fogo.” (Texto datado de
mento. 1957). A leitura do texto permite afirmar que ele:
► Assinale a alternativa que completa corretamente os A) Está p arci almente ultrap assado, pois os es fo rços do
números indicados. Governo e da Socied ade Civil têm visado ao controle
A) (1) que representou a colonização; (2) a descoberta da prática de queimadas na Amazônia;
da América; B) Está ultrapassado, graças à instalação de grandes
B) (1) resultado da expansão marítima; (2) a europeíza- projetos agroindustriais e à redução das áreas d e ro ças
ção; que diminuiu os problemas causados pelo fogo na
C) (1) entre os europeus; (2) a conquista da Ásia; floresta;
D) (1) e explorado em suas riquezas; (2) a colonização. C) Está ultrapass ado, pois, hoje, com a integração da
região ao restante do País, associad a à migração
27- Um dos temas científicos mais polêmicos da interna, as antigas práticas agrícolas foram
atualidade são os o rganismos geneticamente abandonad as;
modificados (OGMs), conh ecidos como transg ênicos. D) Ainda é verdad eiro, pois, hoje, as maiores
Nos últimos anos, a área plantad a com OGMs queimadas são realizadas pel as grandes emp resas
aumentou vários milhões de hectares no mundo, agropecuári as instaladas na Região.
inclusive no Brasil. Sobre esse tema, são feitas as
seguintes afi rmaçõ es: 32- Na Áfri ca do Sul, ocorreu uma violenta segregação
27.1- Cinco países são os responsáveis por cerca de racial onde a minori a branca dominava política, social
98% da área total de plantações de transgênicos no e economicam ente a grand e maioria negra. Essa
mundo, entre eles Argentina e Canadá. segreg ação prejudicou as relações econômicas da
27.2- O Paraná, maior produtor de soja do Brasil, é Africa do Sul com os países americanos e europ eus.
também o estado brasileiro com maior área plan- ► Essa segregação fi cou conhecida como:
tada de soja transgênica. A) Afrikand er;
27.3- No Rio Grande do Sul, as lavouras de soja B) Boers;
transgênica são pouco disseminadas em função das C) Apartheid;
abruptas variações topográficas e da acidez dos D) Semitismo.
solos locais.

www.pciconcursos.com.br
33- Nestes últimos anos, a movimentação d a produ ção Um estrangeiro que se encontra morando no Brasil foi
de milhões de toneladas de soja tem requerido cad a vez _________ de seu país e quando aqui chegou tornou-se
mais velocidade com qualidad e e b aixos custos, pois o _________.
frete é um compon ente importante no p reço fin al de A) imigrante – emigrante;
produtos agrícolas. Pode-se mesmo afirmar que a B) emigrante – imigrante;
distribuição seletiva de grandes sistemas de transporte C) emigrante – nômade;
tem provocado pro fund as trans fo rmaçõ es no uso do D) imigrante – colono.
território brasileiro.
► Assinale a alternativa que apresenta um título 37- Considere as seguintes afirmaçõ es sobre o processo
adequado ao texto: de metropolização no Brasil.
A) A organização do espaço geog ráfi co é fator impor- 37.1- Teve início co m o milagre econômico, que, ao
tante para o aumento da competitividade do setor ampliar a internacionalização da economia,
agroindustrial; possibilitou a concentração de capitais em algumas
B) A cadeia produtiva da soja caracteriza-s e pela cidades que foram privilegiadas por investimentos
aliança entre grand es empresas nacion ais detentoras de maciços e, portanto, atingiram o status de
modernas tecnologias; metrópole.
C) O crescimento do agronegó cio tem provocado fortes 37.2- Foi ex tremamente rápido e, por terem as
impactos geoecológicos no espaço nacion al; metrópoles inchado como resultado da migração
D) A necessidad e de aumentar a produtividade agrí cola campo-cidade, estas passaram a concentrar focos de
tem elevado o nível tecnológico dos complexos pobreza, sobretudo nas áreas periféricas.
agroindustriais. 37.3- As metrópoles reproduzem em escala local as
desigualdades socioeconômicas da região que
34- Leia o texto: polarizam, ou mesmo de todo o país, como são
Durante alguns séculos, campo e cidade interagiam ex emplos São Paulo e Rio de Janeiro.
mutuamente, mas com o processo que se inicia com ► Está correto apenas o que se afirma em:
as grandes navegaçõ es e consolida-se com a A) 37.2 e 37.3; B) 37.3;
revolução industrial, não é mais possível fi carmos C) 37.1 e 37.2; D) 37.1 e 37.3.
imunes às mudanças e continuarmos com os mesmos
conceitos e classifica ções hierárquicas. Quando 38- Apesar de o Brasil ter atingido um patamar de
Lisboa, Londres etc. têm relações intensas com áreas cres cimento econômico signifi cativo com o
distantes, de onde vem grande parte de suas riquezas, desenvolvimento do setor secundário da economia, as
é pouco falarmos apenas em uma cidade que tem um condições de subd esenvolvimento continuam
campo do qual depende e vice-versa, ou, antes, é castigando a so ciedad e brasileira. Isso d á ao p aís um
incorreto. perfil de subdesenvolvimento industrializado.
SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado. São ► Com base nas informações anteriores e em seus
Paulo: Hucitec, 1998, p. 54. conhecimentos, é correto afi rmar que:
► Com base no texto apresentado, podemos afirmar A) O Brasil, mesmo não tendo superado a situação de
que: subdesenvolvimento, industrializou-se, apoiado na
A) As relações com as áreas longínquas ao campo iniciativa de milhões de trabalhadores e na extensa
imediato passam a ser uma constante, e mesmo uma abertura do mercado externo aos produtos brasileiros;
necessidad e para as cidad es; B) Imensa parcela da população brasileira continua
B) Como há trinta anos, atualmente é possível falarmos excluída da participação na renda auferida com a
em dicotomias como cidade-campo, agrícola-industrial ampliação da produção industrial e do consequente
etc; cres cimento econômico;
C) Quanto menos modernizada a atividade agrícola, C) O Brasil possuiu o referido perfil apenas no período
mais ampla e dependentes são as suas relações com as pré-industrial, antes que o intervencionismo estatal
cidades; preparasse as bases para a implantação da verdadeira
D) Devido à separação campo-cidad e, hoje o trabalha- revolução industrial brasileira;
dor agrícola é um habitante exclusivo da zona rural. D) A nova industrialização é parcial por causa da atual
vocação agrícola do Brasil, pois o parque industrial é
35- Os fluxos migratórios inter-regionais s ão uma incompleto e está em processo de sucateamento desde
constante na história brasileira. Eles revelam a os meados dos anos 70.
apropriação histórica do território e os sucessivos
deslocamentos espaciais do polo econômico do país. 39- Ocupando a regi ão de fronteira entre a Espanh a e a
Na década de 1950 e 1960, as correntes migratórias França, este povo de origem desconhecida luta por
deslocaram-se prepond erantemente: um Estado independente. Trata-se dos:
A) Do No rdeste em direção a São Paulo e Rio de A) Celtas;
Janeiro; B) Ciganos;
B) Do Nordeste em direção ao Amazon as e Pará; C) Bascos;
C) Do Sul em direção a Rondônia e Mato Grosso; D) Eslovenos.
D) Do Paraná em direção ao Acre.
40- A regionalização do Brasil por regiões
36- Preencha o espaço em branco com a alternativa geoeconômicas divide o país em três áreas principais: o
correta: Nordeste, a Amazôni a e o Centro Sul. Sobre a região
Centro-Sul a alternativa que melhor a classifica é:

www.pciconcursos.com.br
A) A região constituída por áreas de megalópoles,
conurbações e indústrias, priorizando o setor terciário;
B) A região constituída por: megalópole, Zona da Mata
Mineira, Quadrilátero Ferrí fero, Triângulo Mineiro, sul
de Goiás, Belo Horizonte e sul do país;
C) Trata-se da região que concentra o Quadrilátero
Ferrí fero juntamente com a Zona da Mata Mineira e
constitui as áreas mais importantes dessa região por
concentrarem maiores oportunidades de trabalho e
isenção de impostos para exploração de recursos
naturais;
D) O norte do Rio de Janeiro e o Espírito Santo são
áreas de maior crescimento e desenvolvimento atual-
mente, gerando grandes fluxos de capitais e, conse-
quentemente, de pessoas, em busca de melhores con-
dições de trabalho e de vida.

www.pciconcursos.com.br

Você também pode gostar