Você está na página 1de 7

------------------- ---- ---- --- ---- ---- --- ---- ---- --- ---- --- ---- ---- ---

---- ---- --- ---- --- ---- ---- --- ---- ---

UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO


FACULDADE DE ENGENHARIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INFORMÁTICA

AUTORES
ADILSON OLIVEIRA MANUEL
LEODINIO HIHALWA

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO PARA


MARCAÇÃO DE RESERVA PARA OS POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO CIVIL.
CASO DE ESTUDO: KILAMBA KIAXI

LUANDA, SETEMBRO DE 2020


ADILSON OLIVEIRA MANUEL
LEODINIO HIHALWA

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO PARA


MARCAÇÃO DE RESERVA PARA OS POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO CIVIL.
CASO DE ESTUDO: KILAMBA KIAXI

Trabalho de Conclusão do Curso, apresentada


ao Departamento de Engenharia Informática
da Universidade Agostinho Neto como pré-
requisitos da Cadeira - Projecto Final II, para
Obtenção de titulo de Licenciado .

Orientador: Prof. Jorge Perez Fardales, Msc.

LUANDA, SETEMBRO DE 2020


”A experiência dos erros é tão importante quanto à experiência dos
acertos, porque vistos de um jeito certo, os erros nos preparam para
as nossas vitórias e conquistas futuras, porque não há aprendizado
na vida que não passe pela experiência dos erros.”
Pe. Fábio de Melo

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO PARA 1


MARCAÇÃO DE RESERVA PARA OS POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO CIVIL. CASO DE
ESTUDO: KILAMBA KIAXI
INTRODUÇÃO

Antigamente á medida que o homem aprendia e descobria mais sobre o mundo


á sua volta havia necessidade de transmitir seus conhecimentos, essa transmisão primeira
feita em pedras, nas paredes das cavernas com rabiscos (em tabuletas de pedras ou argila).
A forma mais primitiva de escrita era a cuneiforme em forma de desenhos, uma lingua
usada por eles, afim de que suas gerações não se perdessem e seguissem os passos,
orientações de seus ancestrais, como fossem seus guias. Sendo assim o nível de
desconhecimento por parte das gerações seguintes na altura eram quase nulas. Pois o
homem na altura ja pensava no acesso as informações. Esse acesso que deveriam estar
disponíveis e de fácil compreensão para outras gerações. Só 105 anos depois de cristo
(D.C) foi inventado o papel (concretamente na china) que é usado até os nossos dias.
Mesmo com a inveção do papel, num passado não muito longe o acesso a uma
determinada informação era forma limitada. Independemente da natureza das
informações sejam sobre algum determinado serviço ou ocorrência de algum feito, que
muitas vezes eram feitas por anúncios públicos. As pessoas precisavam deixar suas
residências e se deslocar em praças, ou locais usados para o efeito (receberem algum
anúnico, alertas, alguma lei, ou seja, receber alguma informação) e a transmisão de
informação era feita oralmente. Um exemplo prático era na Roma antiga as coisas não
eram tão fáceis. As notícias eram informada por meio da acta diurna Populi Romani
(“Relatos diários ao povo de Roma”). Escrita em placas por ordem de Júlio César e
exposta diariamente em locais públicos de Roma, relatava os acontecimentos do dia
anterior e coisas como os feitos militares, crônicos esportivos e obituários. “Era mais
propaganda do governo do que informação propriamente dita”, diz o jornalista Matias
Molina, especialista no estudo de jornais.
Com o surgimento do computador, sendo ele capaz de processar milhares de dados
em segundo de forma confiáveis, fez com que as informações estejam mais disponíveis e
acessíveis para quem a deseja. Isto é, com ajuda das redes das redes mais conhecida como
Internet, culminando por sua vez o surgimento de um campo denominado como
Tecnologia da Informação (TI).
A Tecnologia da Informação é um conjunto de todas as actividades e soluções
providas por recursos computacionais que visam permitir a obtenção, o armazenamento,
a segurança, o processamento, o acesso, a gestão e o uso das informações. A evolução
das tecnologias e da informática tem crescido bastante principalmente o sector das
Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e tem possibilitado diversos segmentos,
além do próprio computador, como: controles eletrónicos de acesso, automação
comercial, sistemas de gestão empresarial e de negócios, redes de computadores,
comércio eletrônico, controle ambiental, sistemas de comunicação, gestão de
documentos, e até mesmo brinquedos.

A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) - consiste em TI bem como


quaisquer formas de transmissão de informações e correspondem a todas as tecnologias
que interferem e medeiam os processos informacionais e comunicativos dos seres. Este
sector se estabeleceu completa e definitivamente em todos os segmentos, não importando
tamanho ou finalidade das organizações. Desde o escritório residencial até as grandes

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO PARA 2


MARCAÇÃO DE RESERVA PARA OS POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO CIVIL. CASO DE
ESTUDO: KILAMBA KIAXI
companhias têm que estar “par e passo” com a evolução das TIC, que está cada vez mais
frequente nas organizações, como um suporte diário nas rotinas dos negócios.

Segundo Dalfovo e Amorim (2000), os Sistemas de Informação tornaram-se um


elemento indispensável para dar apoio às operações e a tomada de decisão nas
organizações. Isto porque, com sua utilização, é possível obter informações seguras e
precisas, passando credibilidade a quem a utiliza. “O uso eficaz da informação nas
organizações passa a ser um patrimônio, que é considerado um factor chave para o
sucesso das organizações” (DALFOVO, 2004, p. 19).

Para Rezende e Abreu (2000), os sistemas actuam como ferramentas para executar
o funcionamento das organizações e suas abrangências, como facilitadores dos processos
internos e externos, meios para absorver a qualidade, produtividade e inovação
tecnológica organizacional. Estes sistemas são geradores de modelos de informações para
auxiliar os processos decisórios organizacionais e produtores de informações oportunas
como também de conhecimento. Portanto com uso dos sistemas, as organizações têm o
interesse de tornar sua rotina de trabalho mais ágil e produtiva.

Actualmente, atendendo que estamos na era da “informação”, sendo ela capaz de


dar apoio e suporte necessário na sustentablidade de qualquer indivíduo ou Instituição nas
tomadas eficazes de decisões. A informação se encontra disponível para todos. Para ter
acesso a ela pode ser feito de diversas maneiras, quer se deslocar a uma banca, biblioteca
ou livraria comprar um jornal ou revistas quer através de um dispositivo electrónico com
acesso a Internet. Embora assim no nosso país podemos constatar que, para se ter acesso
a uma informação sobre marcação de reserva nomeadamente nos Serviços dos Postos de
Identificação Civil (SPIC), é feita de forma tradicional. Há necessidade de locomução por
partes dos interessados para adquirir informações por mais simples que seja. Provocando
aglomeração de cidadão, desordem, muitos destes acabam nem consiguindo as referidas
informações dando oportunidades a terceiros, em fornecerem informações encarecida em
demasia tirando proveito das situações para benefícios próprio.
Para reduzir essa fraca disponibilidade de informações e também reduzir o
número considerável de cidadão desnecessário nos Postos de Identificação Civil (PIC),
potencializar o atendimento de forma mais simples, segura e fiável, prevenir eventuais
acontecimentos dito acima e eventuais propagação de vírus de pessoas de cuidados
especiais (que não devem estar em aglomeração) com interessse nos serviços prestados
pelos postos referido a cima pensou-se em “desenvolver um sistema web de gestão para
marcação de reserva para os postos de identificação civil”. O presente trabalho
Prende-se com a necessidade de dotar ferramenta com tecnologia moderna, para auxiliar
na divulgação e marcação de reserva de serviços que os nossos PIC dispõe. Por exemplo:
divulgar informações, marcação de reserva de serviços, limite máximo para fazer a
marcação diária, número de cidadãos a serem atendidas por dia, custos dos serviços
prestados, contas bancárias para se fazer um depósito ou transferência de um determinado
serviço, a sua localização dos PIC, às horas de atendimentos em serviços para os cidadãos,
disponibilizar documentos necessário para o efeito, consultas e pesquisas de serviços
relacionados com os PIC do Kilamba Kiaxi.

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO PARA 3


MARCAÇÃO DE RESERVA PARA OS POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO CIVIL. CASO DE
ESTUDO: KILAMBA KIAXI
O objecto de estudo diz respeito a um processo de criação de um sistema web de
gestão de marcação de resevas de serviços mais adequadas com vista a assegurar o
crescimento e desenvolvimento económico e social do país. Isto exige a adopção,
aperfeiçoamento ou modificação de distintos instrumentos utilizados para divulgar
informações e marcação de resevas de serviços com vista a concretizar, de forma
dinâmica e gradual os serviços prestados nos PIC. São os seguintes serviços: Registro
Criminal, Bilhete de Identidade e Certidão de Nascimento etc...
Com este trabalho pretendemos dar respostas as seguintes questões: como estão
disponíveis as informações e as marcações de reserva dos serviços dos PIC para os
cidadãos? O que fazer para reduzir o esforço físico na procura de informações e
marcações de reservas dos serviços dos PIC? O Que fazer para que a divulgação das
informações e as marcações de reservas de serviços nos PIC no Município do Kilamba
Kiaxi estejam de fácil e rápido acesso aos cidadãos?
Em face da quantidade de cidadãos na procura de informações e marcação de
reserva de serviços, e considerando que nos dias que correm os meios electrónicos e
informáticos são os mais recomendáveis para informações de carácter massiva; então,
com a implementação deste sistema web de gestão de marcação de reserva dos PIC
reduzirá o número de cidadãos desinformados e o aglomerado número de cidadãos nas
portas dos nossos PIC. O tema em questão é fundamental para nossa sociedade, visto
que, consiste em melhorar a qualidade, efeciência, eficácia e a comodidade no
atendimento dos serviços prestado nos PIC utilizando as TIC; promover à aquisição de
informações e reserva de serviços aos cidadãos, aumentar a conveniência, reduzir custos
e a satisfação daqueles. Tornar mais transparente, disponível, precisa à informação e os
serviços prestados nessas Instituições; tendo em conta o grande crescimento e a
importância da utilização das TIC.
O presente trabalho esta estruturado da seguinte maneira:
No primeiro capítulo tem-se a introdução ao tema principal deste trabalho com a
apresentação da justificativa, objectos de estudo e objetivos;

No segundo capítulo apresenta-se a fundamentação teórica pesquisada sobre


sistemas de informação e a estrutura do sistema de processamento de transações,
segurança de informação, a gestão de reservas e o sistema atual, além de trabalhos
correlatos;

No terceiro capítulo é apresentado o desenvolvimento do sistema, modelagem,


técnicas e ferramentas utilizadas, a operacionalidade juntamente com os resultados e
discussões;

No quarto capítulo tem-se as conclusões deste trabalho bem como apresentam-se


sugestões para trabalhos futuros.

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO PARA 4


MARCAÇÃO DE RESERVA PARA OS POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO CIVIL. CASO DE
ESTUDO: KILAMBA KIAXI
Programação para Web
Jean Eduardo Glazar

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO PARA 5


MARCAÇÃO DE RESERVA PARA OS POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO CIVIL. CASO DE
ESTUDO: KILAMBA KIAXI